O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 3 de maio de 2017

Eu, adepto, confesso:

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 
Estou farto deste futebol português!
Estou farto de gente reles que, devendo tomar a dianteira em dar um bom exemplo, não só dá o exemplo contrário como directa ou indirectamente alimenta um ambiente de latrina no futebol português.

Estou saturado deste ambiente de guerrilha permanente promovido por gente sem lugar no jornalismo sério e de referência procurou no futebol um lugar para destilar veneno e evidenciar a sua falta de qualidades humanas e profissionais.

Estou cansado de ver a facilidade com que se mente perante uma câmara de televisão ou até mesmo aos próprios adeptos e sócios dos clubes.

O futebol que aprendi a gostar tinha nas rivalidades um dos seus principais combustíveis mas a elevação era comum e não invulgar como hoje.

Vivi os tempos dos presidentes “mecenas” que íam para o futebol servir o clube do coração e não servir-se dele para enriquecer.

O futebol que defendo é o futebol em que nós adeptos…gostamos de ver futebol! É um futebol em que os fanáticos são uma minoria e são censurados pela maioria.

Defendo um futebol em que os adeptos podem sentir-se à vontade para ir ver futebol a outros lugares mesmo que o seu clube não esteja em jogo como fiz tantas vezes ao ir ao Restelo, a Alvalade ou até à Reboleira. Já vos disse que gosto de ver futebol?

Defendo e vivi tempos em que o normal era todos torcermos pelos clubes portugueses lá fora.

Por isso, foi com naturalidade que vibrei com a vitória do FC Porto em 1987 frente ao Bayern de Munique. 

Foi também com naturalidade que torci pelo Sporting na final da UEFA em 2005 frente ao CSKA.

Vibrei com aqueles anos em que o Boavista batia o pé a grandes da Europa nas competições europeias.

Como benfiquista, foram esses os valores que me foram passados: de profundo respeito pelos outros.

Só que também reconheço que é cada vez mais difícil encontrar razões para ser assim. 

Felizmente, por cada anormal que ouço ou leio, recordo-me de vários amigos pessoais ou até virtuais aqui do blogue que me provam que ainda vale a pena lutar por um futebol melhor.

O futebol português, infelizmente, está nas mãos de gente sem nível. Nos clubes e nos organismos que gerem o desporto está a raiz deste ambiente nojento.

Há algo que os dirigentes convenientemente esquecem:
O respeito, o bom senso e a educação não se legislam. Cultivam-se.

Enquanto todos esperarem que o primeiro gesto venha do outro lado, nada vai acontecer. 

Lembrem-se todos os dirigentes que andam no futebol que nenhum de vocês é exemplo de virtudes para ninguém. Têm que fazer muito para ganharem o respeito de todos.

Esforcem-se para isso!

22 comentários blogger

  1. Soube agora que vamos jogar com o Barcelona do domingo...
    Vejo as entrevistas dos nossos a dizer que o SLB vai jogar contra o Rio Ave esse colosso...que só o melhor Benfica consegue vencer o Rio Ave...O sr. Toni já está a preparar os adeptos para o desastre? Ou está só a tentar enervar a equipa do SLB? Esta gente se não sabe falar devia estar calada. O SLB só tem que entrar determinado...correr mais que o adversário...tem mais qualidade que o RIO AVE...tem que chegar lá e marcar 2 golos antes do intervalo e gerir o jogo em contra ataque na 2 parte...PORRA...parece que vamos jogar contra o Dortmund ou a Juventus.
    Temos que ganhar e ser convincentes...a desculpa do cansaço acabou....temos a semana para preparar o jogo em conformidade...o SLB só tem que chegar e fazer o seu jogo.

    Farto destes arautos da desgraça.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Toni merece todo o respeito. Se fala é porque sabe, meu caro.

      Eliminar
    2. Não concordo contigo...é um medroso e as Suas últimas intervenções públicas tem sido desastrosas para o clube. Às vezes o silência é bem melhor do que dizer bacoradas.

      Mas obviamente como qualquer sócio ou adepto benfiquista ou ser humano em geral merece respeito...mas estou em total desacordo com a Sua linha de comunicação.

      Eliminar
    3. Temos de correr mais, lutar mais, fazer menos disparates e sobretudo rematar mais . O Benfica nos jogos fora remata muito pouco á baliza contrária. Não podemos tentar sempre finalizar na pequena área ou entrar na área em tabelinhas. Há que variar o futebol ofensivo e Melhorar as soluções em bolas paradas.

      Eliminar
    4. o Toni exagera, parece que tem medo de se asssumir, foi muito mais corajoso em jogador do que agora, respeitar é uma coisa ser coninha mole é outra.

      Eliminar
    5. Mas o Toni, que eu admiro muito, está apenas a dar voz a muitos dos que aqui comentam. Não há aqui tanta gente a dizer coisas do tipo "... a jogar assim, não vamos lá..." e outros disparates semelhantes? Então ele está apenas a ser cauteloso e a por toda a gente de sobreaviso do que se poderá passar nos próximos jogos.

      Eliminar
    6. Dr. Palito,

      Tens razão mas tenho a certeza que se nos fosse dado tempo de antena em tv nacional, mesmo achando isso procuraríamos transmitir uma mensagem de crença, ambição e confiança....
      Desconfiança gera medo, e medo gera mais desconfiança...As pessoas que são chamadas a dar voz devem defender o Benfica e puxar para cima e não ser arautos da desgraça.

      Eliminar
  2. Ler hoje no jornal espanhol El País, uma reportagem sobre o nosso futebol Vergonha de futebol que temos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estavam a pedi-las não estavam?

      Eliminar
    2. Há link na NET? Gostava de ler

      Eliminar
    3. http://elpais.com/elpais/2017/05/01/opinion/1493643065_085772.html

      Eliminar
  3. Shadows não tem nada a ver com o teu post, tu nem gostas dele, eu sempre gostei apesar de ele ter ido para o Sporting, mas foi das melhores coisas que já li nos ultimos tempos.
    Lê esta entrevista do Pacheco (anda Pacheco) que jogou no Benfica no final dos anos 80, inicio de 90, na minha modesta opinião muito bom

    http://observador.pt/especiais/pacheco-benfica-sporting-queiroz-robson/

    Quanto ao futebol português e acrescento eu o internacional, só agora Shadows? há muto que me deliguei, dirigentes, jogadores, empresarios deram cabo do futebol como uma pessoa aprendeu a ama-lo, sou saudosista sou e sou principalmente porque o futebol das ultimas decadas não vale nada e não interessa a ningue, o jogo está completamente desvirtuado.

    Sou o socio 7000 e pouco do Benfica e não vejo um jogo na luz há mais de 4 anos, e eu que andei anos a ver o Benfica, e estive quase 20 anos sem perder um jogo na luz, mais uns quantos fora, e 4 finais europeias ao vivo, mas com esta gente, com estas regras, nunca mais, nem de borla vou, os bilhetes oferecidos ficam lá na bilheteira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zé, não é só agora. A questão é que por mais que não os queira aturar, enquanto escrever no NGB tenho que acompanhar o que dizem todos aqueles anormais e arruaceiros.

      Daí que quando começo a falar em comissões, valores, nomes que recebem notas que os comentários são a massacrar o Shadows e não os que realmente parasitam o clube. E isso vale para todos os outros clubes.

      Vieira até se pode dizer que já tinha vida empresarial com relativo sucesso antes do SLB, mas o BdC ou o PC? Eram zero! E sem o futebol são zero. Por isso fazem tudo para manter o tacho.

      Mete nojo o futebol sem duvida. Irei ler essa entrevista do Pacheco.

      Eliminar
    2. Lê, tenho a certeza que vais gostar, tem lá muitas historias interessantes

      Eliminar
  4. Quem escreveu o post? Isto ando eu a dizer há semanas. Só se lê porcaria na blogosferas nos dias de hoje. Informação versus contra-informação. País triste.

    ResponderEliminar
  5. já agora, comentadores disfarçados de jornalistas, que subrepticiamente influenciam a opinião publica com artigos e comentários carregados de "voz do dono", também já se dispensavam.

    ResponderEliminar
  6. o clima entre adeptos nunca foi muito elevado até era um pouco baixo, sem ser violento, o que até é normal.
    o pior é isso agora ser o discurso dos dirigentes, porque infelizmente só lá vão parar carroceiros e por isso por não é de admirar.

    mas a culpa é dos adeptos, na sua grande maioria, eles é que alimentam a comunicação com audiências e os dirigentes com votos.

    ResponderEliminar
  7. A ganhar vens para aqui bater na equipa e no treinador imagina o que seria da não ganhasses desde o escudo.

    ResponderEliminar
  8. Essa gente so afasta pessoas do futebol, eu como jovem pai nem lhe incuto aquela cena tipo es do sporting ou es do porto ou tens que ser do benfica o pai tb é etc e tal...sinceramente neste momento quero que ele opte por outro desporto!

    ResponderEliminar
  9. Para mim a culpa é da imprensa que promove ou cria as mentiras e descupabiliza os mentirosos e criminosos.

    Se não há cultura desportiva neste país é porque ela não é promovida pela imprensa.

    Os meios de comunicação estão presos a interesses egoístas e também porque se querem salvar só lhes interessa vender nem que seja através da promoção da violência e do ódio como meio de exultação das emoções mais básicas.

    É por isso que espero da blogosfera informação mais ponderada e baseada em factos. E consigo ver mais isso do que em jornais...

    ResponderEliminar
  10. De regresso em forma e ao melhor nível? Este é o Shadows que conheço ;) abc

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking