O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Avatar

Jornal «A Bola» com os problemas do costume em ser imparcial

 ●  + 7 comentários  ● 



Conforme destacou e bem o BbyGB, o jornal "A Bola" publicou um extenso artigo sobre a questão dos supostos títulos do Sporting baseado no que se escreveu no NGB no dia anterior.

Ora, o Benfica Eagle já tinha destacado o tema noutras ocasiões, recolhendo informação por si próprio e juntando os dados por si recolhidos à investigação preciosa realizada pelo Alberto Miguéns e publicada no seu blogue "Em Defesa do Benfica".

E apesar de todas as evidências publicadas, nem assim o jornal "A Bola" conseguiu produzir um artigo imparcial. 

Aliás, não deixa de ser triste que um jornal que até se apelidou de "A Bíblia do Desporto", que durante muitos anos albergou alguns dos melhores jornalistas que Portugal já viu, hoje esteja relegado para segundo plano, sem grandes motivos de interesse.

Por isso, deixo aqui a todos o link para o artigo do Alberto Miguéns que expõe tudo o que "A Bola" tem feito pela desinformação dos seus leitores nos últimos tempos.

7 comentários via blogger

  1. Shadows acho engraçado o Benfica eagle usar a informação do Alberto Minguéns para sustentar a sua pesquisa, mas recusa a informação que o Alberto tem no blog para comprovar que o número de sócio do LFV é forjado. Coerências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Dark Shadow" o assunto LFV já foi debatido na altura, e concordo que um sócio pode recuperar o seu número se pagar tudo o que deve.

      Se não pagar o que deve é atribuido um nº de sócio diferente daquele a que teria direito se pagasse todos anos.



      Quanto ao assunto A Bola, no texto é claro que consideram que o Campeonato de Portugal dá origem à Taça de Portugal e que o Campeonato da I Liga dá origem ao Campeonato da I Divisão.

      Faltou incluir no Jornal A Bola a tabela final do que deve ser contabilizado como Campeonatos e como Taças, já que no texto deixam isso bem claro, e faltou incluir as informações oficiais da LPFP, FPF, UEFA e FIFA.

      O Sporting quer ser reconhecido como campeão numa competição a eliminar, com participantes da 1ª e 2ª divisão (LOL), isto tudo para tentar negar o óbvio: os Campeonatos da I Liga 1934-1938 foram os primeiros campeonatos nacionais em Portugal.

      E isso mesmo o Sporting confirma, ao reconhecer Peyroteo como o melhor marcador da história dos Campeonatos Nacionais. Sem o campeonato da I Liga 1937-1938, e considerando os golos do campeonato Portugal 1937-1938, Peyroteo já não seria o melhor marcador da história dos campeonatos nacionais!

      Gente alucinada e sem espinha dorsal dá nisto!

      Eliminar
    2. Caro DARK
      O Miguéns não diz que o número de sócio de LFV é forjado.
      O que diz, porque tem informação fidedigna sobre o assunto ( ó se tem...) é que, aquando das eleições em 2012, LFV não tinha 25 anos de sócio ININTERRUPTOS, como rezavam os estatutos.
      Claro que tinha 32 anos de sócio, porque pagou as cotas em atraso, mas 25 ininterruptos não tinha!
      A palavra ININTERRUPTO gravada na golpada dos estatutos em 2012, é que estão aqui a atrapalhar.
      Vamos fazer contas? Vamos lá então;
      LFV é sócio desde 1965 e pagou cotas até 1983. De 1983 até 1996 não pagou cotas. Ao que se sabe, em 1985 o nosso Gloriosíssimo clube deu baixa deste associado. Mas voltou a ser sócio em 1996 e, para recuperar o seu número de origem, pagou as cotas em atraso permitidos pelos estatutos, não só a ele, como a todos.
      Agora, gostaria que alguém me dissesse onde estão nestas contas, 25 anos de sócio ININTERRUPTOS?
      Alguém que sabe de leis me diz o seguinte; se um clube permite pagarem-se as cotas em atraso e ficar com os mesmos direitos daqueles que não "desertaram", a palavra ininterrupto nos estatutos, pouco valor tem.
      Então, porque raio lá está? Retirem-na, para não ocasionar dúvidas!

      Eliminar
  2. Li o artigo do jornal A BOLA e dentro do possível está bastante esclarecedor, não deixa margem para duvidas, o jornalista podia ter feito algumas coisas de forma diferente mas está um bom artigo, separou os títulos para ficar tudo muito bem explicadinho, aos 32 adicionou-se mais 3 para um total de 35, tal como no FC Porto dos 26 adicionou-se mais 1 para um total de 27, não tem nada de complicado como aliás está lá demonstrado com provas da FPF.

    A única coisa que podemos questionar é porque razão o Benfica não adiciona mais 3 Taças de Portugal ao seu histórico, passando a contabilizar 28 em vez das 25 Taças de Portugal...
    Saudações.

    ResponderEliminar
  3. alerta vermelho14/11/16, 17:50

    Shadows, mas qual é que é o problema!? Ainda bem que a BOLA publicou! Então não achas útil que o jornal A BOLA venha reforçar o que foi dito aqui!? Então e quem é que esclareceria aquelas pessoas que não dominam as novas tecnologias? Então o jornal reforça o que é dito aqui, e vocês querem competir com o jornal!? Postura pouco inteligente, por parte de quem quer esclarecer algo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esquece, que o Shadows quando crítica algo ou alguém deixa de conseguir discernir o certo do errado sobre essa entidade ou pessoa...

      Eliminar
  4. epá, peço desculpa por dizer isto mas vocês são doentes! quem tem uma ânsia desmedida de protagonismo acaba por ter atitudes que roçam o grotesco, que vos faz perder a credibilidade. e é o que está a acontecer no caso 'A Bola fez o artigo baseado no nosso artigo do dia anterior'. mas cabe na cabeça de alguém que às 4 da tarde de um Sábado, o jornalista António Simões se lembre 'epá não há jogos da 1ª Liga hoje, o jogo da Selecção não é muito atractivo, vou já fazer um trabalho baseado neste artigo do NGB para sair já amanhã!'. quem tem o mínimo de decência e conhecimento jornalístico, sabe que estes trabalhos 'especiais', que exigem pesquisa, confirmação de dados, entrevistas (neste caso não houve) nunca são feitos em meia dúzia de horas! são preparados com antecedência para saírem em dias 'especiais'! 'especiais' como naqueles dias em que o Benfica e o resto dos clubes estão parados e um Portugal-Letónia não cria entusiasmo suficiente para encher o jornal de páginas relativas ao jogo! dou-vos uma dica: já não leram em entrevistas algo como (esta entrevista foi efectuada antes de ...)? talvez isso vos ajude a perceber alguma coisa. por favor, curem-se!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes