O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Avatar

Rui Gomes da Silva: Terá havido maior aliado de LFV nos últimos anos?

 ●  + 24 comentários  ● 
Eu não comecei a falar do problema da participação de Dirigentes do Benfica em programas de debate desportivo ontem. Não me dirigi a este tema por ser um tema da moda ou porque o Presidente do meu clube saiu um pouco mais emocionado de um funeral e teve uma intervenção pública em que colocou muita coisa em causa.

Eu falo disto há anos, bem antes dos Pedros Guerras, numa altura até em que era praticamente consensual que a Política de Comunicação do Benfica era um desastre (para não dizer inexistente). Já em 2013 eu escrevia neste blogue que Rui Gomes da Silva era o verdadeiro Diretor de Comunicação do Benfica!

Anos houve, naqueles anos em que o Benfica não ganhava nada e éramos constantemente atacados por todos os lados, anos em que os adeptos encarnados ansiavam desesperadamente por uma explicação Presidencialista e tudo o que havia era silêncio, anos em que no Benfica só havia duas pessoas a dar a cara:

João Gabriel, com aqueles tiros de pólvora seca que divertiam a malta mas não atingiam ninguém, e... Rui Gomes da Silva, cujas intervenções à Segunda Feira davam resposta a algumas dúvidas e atenuavam esses silêncios presidencialistas que, sem Rui Gomes da Silva a dar a cara por LFV, se tornariam verdadeiramente intoleráveis!

Ora, um primeiro ponto que quero vincar é que Rui Gomes da Silva é dentro do seu estilo, alguém em cujas posições em relação a diversos dossiers do futebol português me revejo quase sempre. Isto é fatual de facto, independentemente do estilo do nosso Vice-Presidente, esse sim discutível em alguns momentos...

É alguém que sei que ama o Benfica de coração, e que, se um dia se candidatar a Presidente do Benfica terá o voto de muitos pelo consenso de posições MAS...

Aquilo que o pode tramar (e ele sabe-o) é o estilo com que intervém muitas vezes... É a linha de comunicação que seguiu ao longo dos últimos muitos anos na TV e que virou um estilo seu, estilo esse que um dia, num outro cargo qualquer, será importante alterar mas, se calhar também, dificílimo demarcar-se dele...

Trazendo isto tudo agora para a realidade e para o dia de ontem, Rui Gomes da Silva sabia que ia ser tema de conversa no “Dia Seguinte”.

E sobre este tema, Rogério Alves levou o seu angulo de abordagem para o cargo oficial que Rui Gomes da Silva ocupa na estrutura do Benfica e do facto desse cargo ser inconciliável (na sua opinião) com algumas das suas intervenções públicas (na pele de cidadão apenas), e aqui, contra a opinião de muitos, tenho de estar de acordo.

Podia lembrar por exemplo Março de 2015, quando, ANTES de um Benfica X Braga decisivo, Rui Gomes da Silva acusou os jogadores e o próprio discurso diretivo do Braga de terem uma atitude quando jogam com o Porto e outra quando jogam com o Benfica, trazendo à baila um possível penalty sobre Pardo num jogo com o FCP e o silêncio da Direção Bracarense sobre esse lance (aqui), colocando pressão e tensão extra nesse tal jogo decisivo do Benfica que, mesmo sem estas intervenções polémicas e desnecessárias, já seria sempre difícil.

Disse mentiras?! Talvez não mas, não é essa a questão! A questão aqui é Rui Gomes da Silva poder dizer este tipo de coisas em nome pessoal (em que papel estava quando falou à Rádio Renascensa?), e três dias depois estar sentado à mesma mesa como Vice-Presidente encarnado com António Salvador a comer um grande cozido à portuguesa!

Claro que a estas e outras intervenções menos felizes, virão os defensores do estado de coisas atual dizer que o idiota do Redmoon não consegue distinguir aquilo que são intervenções do “Benfica oficial” de outras que são ditas em programas de debate desportivo e que são feitas em nome pessoal!

Essas pessoas que vêm ao texto do Redmoon tentar levar o texto do Redmoon para o enquadramento que ELES próprios querem passar, ainda não perceberam que o burro não é o Redmoon por não ter percebido ainda a ideia deles. O Redmoon já percebeu há muitíssimo tempo a ideia deles... Mas o que esses não perceberam ainda é que essa separação ente “Benfica Oficial” e “Benfica Televisivo” é APENAS e SÓ a interpretação deles, interpretação essa que é altamente discutível!

...Porque na cabeça de outros, dos Sportinguistas principalmente (mas de muitos Benfiquistas também), o que existe é um Presidente encarnado em silêncio para poder dizer que não incendeia ambiente algum, para ter os seus porta vozes a fazer o trabalho sujo por si nos programas televisivos, passando LFV por um ser que paira sobre isto tudo sem ter culpa de nada quando se calhar até é o promotor de muito.

E repito, eu não estou a dizer que é assim. Eu estou a dizer é que da acusação já não se livra, e que esta é a versão Sportinguista que eles usam como justificação à sua forma de retaliação depois, e se nós queremos que este ambiente que atualmente se vive no futebol português melhore, não podemos ignorar que para tal acontecer é importante que se entendam as posições de ambos! Não basta entender apenas o nosso lado!

A não ser que me queiram convencer que as culpas são só dos outros, e que por exemplo as tais SMS de Jorge Jesus escritas aos jogadores do Benfica (e nunca provadas, mesmo depois do desafio público de JJ para que se mostrassem), foram invenções do “Benfica Televisivo” e nunca uma insinuação lançada em consonância com uma posição pública que à Direção do “Benfica Oficial” também interessava passar.

Caramba, se quando o Presidente Sportinguista escreve no seu Facebook pessoal nós o criticamos por ser o Presidente do Sporting, quando é Rui Gomes da Silva a fazer a mesma coisa vamos dizer que não é o Vice-Presidente encarnado mas sim o cidadão?! Mas que raio de coerência é essa?!

Isto tudo para dizer que o que Rogério Alves disse ontem foi em suma isto, que em função das palavras de LFV esta semana pedindo moderação aos seus comentadores, a coexistência dos “dois” Ruis Gomes da Silva (Vice-Presidente encarnado e como cidadão no Dia Seguinte e no Facebook) não são compatíveis.

Mas depois falou Guilherme Aguiar, partindo de outro ângulo de análise, este ainda mais de encontro ao meu: o de que nos deixemos de inocências e de ingenuidades, pois Rui Gomes da Silva foi, bem antes dos Pedros Guerras, uma peça fulcral da estratégia comunicacional de Luís Filipe Vieira, e que por isso a separação entre o Vice-Presidente e o cidadão Rui Gomes da Silva nunca existiu. Rui Gomes da Silva tem sido para Guilherme Aguiar, o tal Diretor de Comunicação do Benfica que eu já aqui em 2013 achava que era, tudo com a benesse (e suporte) de Luís Filipe Vieira.

Todo este texto para dizer o quê? Que Quinta-Feira ficaremos a saber se Rui Gomes da Silva continuará ou não a ser Vice-Presidente do Benfica... Será esta informação vital para o futuro do clube? Claro que não, mas servirá pelo menos para contextualizar melhor as palavras de LFV esta semana a pedir aos Benfiquistas que falem de nós e não dos outros, e percebermos melhor o tipo de discurso que aí vem.

Aquilo que acho? Acho que RGS não continuará como Vice-Presidente, porque acho que o não continuar dará mais força e legitimidade à sua participação televisiva com total liberdade para continuar a defender o Benfica e a ser fiel às suas ideias, sem nunca comprometer a Direção encarnada...

A própria explicação de RGS ontem, a justificar a capa incendiária de “Abola” na última Quarta-Feira como uma intervenção que tinha tido na Terça-Feira ainda antes das palavras de LFV, faz-me pensar que algo está para mudar.



24 comentários via blogger

  1. LFV foi buscar Varandas e Moniz à oposição.
    Vai agora buscar Fernando Tavares, e ainda queria o Rangel que já foi oposição.

    Como a oposição está a ficar com pouca gente, é natural que RGS sendo afastado ... ocupe aos poucos uma vaga de oposicionista :)

    Começo a ganhar a percepção de que algumas pessoas só dizem ou escrevem mal sobre Vieira para serem "escolhidos" ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PS: Vai ser um "erro" para Vieira afastar RGS, mas cá estaremos para comentar os próximos episódios.

      Eliminar
    2. BEnfica Eagle.....isto quer me parecer um "falso afastamento"....muito possivelmente o RGS sairá da direção ficando como comentador, e daqui a pouco entrará no Benfica novamente para a sua área....para o Gabinete Juridico...muito possivelmente até como chefe maior.........o Vieira pode ser muita coisa, mas não é burro para deixar da mão um dos maiores advogados e ligado a um sector da politica muito importante

      Eliminar
    3. Ele já disse que NUNCA se candidatará contra LFV

      Eliminar
    4. Eu estou apenas curioso... Mas nada disto seria assunto se LFV não tivesse dito o que disse a semana passado... depois das palavras, alguns vão lhe exigir que haja de acordo com essas palavras

      Eliminar
    5. Nao me acredito q ele caia no erro de afastar o RGS,ate porque sabe que se o RGS concorresse contra ele probabelmente teria um grande adeversario e serio candidato a roubarlhe o lugar.. e alem disso ele sabe que os benfiquistas gostam do RGS

      Eliminar
    6. Tigre de Pantufas11/10/16, 17:12

      Redmoon: desculpa corrigir-te mas é aja, do verbo agir e não "haja", do verbo haver, como tens escrito.

      Eliminar
    7. Tigre

      Correcção aceite e acertada... No entanto experimenta estar um dia mais de 10 anos fora do país e a falar diariamente outra língua...

      Este blogue ainda é, em grande parte, algo que me mantém em cintacto com a munha língua...

      Mas eu próprio noto que cada vez são mais gralhas e mais dificuldade em encontrar certas palavras :)

      Eliminar
    8. Cintacto e munha são gralhas do teclado :)

      Eliminar
    9. Se RGS for afastado não ficarei admirado. Os únicos a ficar contentes serão os inimigos do clube que tentam por tudo anulá-lo e encontrarão nesse facto, como ontem se viu e ouviu, uma razão para mandar abaixo RGS e atacar o Benfica na figura do seu presidente. Ele terá de os enfrentar com a coragem habitual..
      É saudável haver mudanças na direcção, é útil e necessário, diria indispensável, sangue novo.
      RGS é um aliado fervoroso de LFV e não é pessoa para ficar melindrada, pelo contrário. Conheço a pessoa.
      Nunca concorrerá contra LFV. Esqueçam essas teorias da conspiração.

      Eliminar
  2. "Acho que RGS não continuará como Vice-Presidente, porque acho que o não continuar dará mais força e legitimidade à sua participação televisiva com total liberdade para continuar a defender o Benfica e a ser fiel às suas ideias, sem nunca comprometer a Direção encarnada..."

    Eu honestamente acho que o homem só tem o impacto que tem, precisamente por ser vice-presidente. Acho que se o deixar de ser, vai ter essa liberdade, mas irá deixar de ter o impacto, e isso, meu caro, LFV não quer, porque ele não quer sujar as mãos (nem tem que o fazer). Por isso, eu acho sinceramente que RGS irá continuar, quer da direção, quer na SIC. E conta com um apoiante. Não nos devemos preocupar com acusações de pessoas que fazem o mesmo. Quem é o Sporting para criticar o que diz RGS, quando eles próprios têm os Inácios e os Pinas desta vida? RGS diz o que tem que ser dito, não faz estrilho (não é um Pedro Guerra, e custa-me muito ler as vezes colocarem RGS no mesmo saco de Pedro Guerra, são completamente diferentes), mas diz o que tem a dizer. E acho que é essencial, sem dúvida o comentador que mais defende o Benfica, apesar de o estilo um bocado leviano com que diz as coisas. Sinceramente, gostava que RGS fosse um dia Presidente, se, claro está, fosse capaz de ser mais contido nas palavras que diz (não quero um presidente estilo Bruno de Carvalho), porque uma coisa é fazer o papel de adepto (que é o que ele está a fazer, apesar de concordar que não sendo opiniões vinculativas ao Benfica, o facto de ser vice-presidente de alguma forma compromete o Benfica, mesmo que queiram passar a ideia que não), outra coisa é ser Presidente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho exactamente o contrário. Um verdadeiro erro de avaliação não perceber a força que RGS tem neste momento. Tem duas horas de tempo de antena no programa televisivo com maior audiência do género, tem uma coluna semanal no jornal A Bola, tem mais de 150 000 seguidores no Facebook e portanto é alguém que no mínimo é levado em conta por muitos benfiquistas. LFV normalmente tem a estratégia de colocar na direcção as vozes incomodas e esquece-se que tendo RGS do lado de fora, pode vir a ter uma voz incomoda que nunca teve. Uma que realmente faça "comichão" Alguem que pensa como os Benfiquistas na generalidade, com o dom da oratória e com muito acesso a todos os podres de LFV que seguramente os terá. Nós, comuns Benfiquistas achamos que tem e RGS sabe com certeza deles quase todos. Basta o Benfica começar a não ganhar para percebermos este erro estratégico a dobrar. LFV não só perde a voz que mais o defende como ganha uma voz incomoda, como nunca teve até aqui. Pessoalmente sem margem para duvidas, e apesar do estilo, tenho muito mais respeito e admiração enquanto Benfiquista por RGS

      Eliminar
    2. A minha questão é: saindo RGS da direção, vamo-nos preocupar tanto com ele como com os Andrés Venturas desta vida. E RGS incomoda verdadeiramente os nossos adversários, muito mais que André Ventura por exemplo. Eu temo que a sua saída da direção posso tirar-lhe algum destaque. Vamos ver o que acontecerá.

      Eliminar
    3. @El comilone: "E RGS incomoda verdadeiramente os nossos adversários, muito mais que André Ventura por exemplo."

      Não consigo dizer qual incomoda mais, mas o que RGS faz — essencialmente, dizer mal — fazem muitos. O RGS só diz, o André Ventura além de dizer tem apresentado factos para fundamentar o que afirma/revela.

      Em teoria incomodaria-me muito mais ter alguém como André Ventura, com argumentos e documentos, a falar contra o meu clube mas isto é a minha opinião, não sei se os lagartos pensam da mesma maneira, eu não consigo meter-me na pele deles: não tenho complexo de inferioridade.

      Eliminar
    4. Águia Preocupada12/10/16, 12:43

      "incomodar-me-ia" É assim que se escreve em bom português.

      Eliminar
    5. Obrigado Águia Preocupada por esse reparo importantíssimo e mais valia à discussão.

      Eliminar
  3. Rui Gomes da Silva é, e continuará a ser, o braço armado de LFV na guerra comunicacional com os rivais. Ser ou nao parte integrante da Direção do Benfica é apenas um pormenor comjuntural. Dentro ou fora da Direção, RGS vai continuar a cumprir o seu papel. E muito bem, digo eu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente! Mas há muita gente que não percebe isso e prefere dedicar-as às teorias da conspiração!

      Eliminar
  4. E de repente aparecem todos, não que vão apresentar alternativa eleitoral que disso já desistiram, mas para pelo menos fazerem prova de vida.
    Isto, ou então como diz o BE são como os putos a levantar o dedo, estou aqui ... pulinhos ... estou aqui ... olhem para mim ... para serem vistos, para poderem ser "escolhidos".
    Vergonha alheia. Lamento-os, tão só!

    ResponderEliminar
  5. O Presidente diz uma coisa, o Gabinete de Comunicação segue em sentido contrario, conclusão ou neste momento o Benfica é comandado a duas vozes ou o Presidente já não manda nada, o importante é mesmo a estrutura.

    ResponderEliminar
  6. Só uma questão mudar para quê? Se tem sido com esta política de comunicação que temos tido sucesso.

    ResponderEliminar
  7. Águia Preocupada11/10/16, 18:23

    Falar dos dois - LFV e RGS - é para mim muito difícil. Porque não gosto nem dum nem doutro.
    Mas considerar-se que RGS tem sido o maior aliado de LFV nestes últimos anos, é um absurdo e desprestigiante para toda a comandita que gira à volta do CHEFE! Vieira soube crescer e mostrar-se escolhendo peões de brega que o acolitam e veneram. E é disto que Vieira tem vivido... Todos tentam ser o mais importante e o preferido, como que um concurso que se disputa para se distinguir quem presta os melhores serviços, quais serviçais submissos mas também oportunistas.
    E RGS é a encarnação perfeita do pateta submisso. Não precisaria e acho que até o inferioriza e ridiculariza. Mas ele lá saberá porque age dessa forma.
    Não gosto do estilo de comentador trauliteiro. Tenha ou não ligações directivas, não preenche os requisitos que protagonizo para comentador afecto ao meu clube!
    Mas, também e por uma questão de justiça, não foi com RGS que esta "guerra" começou. Há muitos anos que está no programa e as coisas sempre foram aceitáveis... Até que chegou o chefe de claque e tudo se baralhou e descontrolou. E levou a situação ao ponto perigoso e quiçá sem retorno!
    Se vai ou não pertencer à Direcção, pouco me importa. Não vou votar neles...
    Resta-me continuar a torcer e amar o meu clube, esperando por dias melhores... Ou antes, por gente melhor para o gerir!

    ResponderEliminar
  8. "aquilo que o pode tramar é o estilo"?
    O estilo? Heloooooo? O presidente(?) do Benfica chama-se vieira. Ring a bell?? Anybody home???
    Neste momento, se for pelo estilo, qualquer pinto da costa pode ser presidente do Benfica...
    O único senão é que RGS jamais teria cojones para enfrentar o impoluto do bigode. E é isso que falta a RGS: carácter.

    ResponderEliminar
  9. "Isto é fatual de facto,". Parei de ler aqui. Não há estômago para isto.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes