O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Penalties!!

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 

Irrepreensíveis.

Parabéns!!!!!!!!!!

Aos 90 minutos...

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 

...Fernando Santos resolveu apagar o Renato na segunda parte encostando o miúdo à linha.

Nani uma nulidade. João Mário idem. Adrien já estava esgotado e com cartão amarelo. O Moutinho veio acrescentar zero. Ronaldo é uma anedota.

Salve-se o grande Patrício, o Pepe e o enorme Fonte.

Venha o prolongamento.

Ao intervalo...

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 

...Renato.

Portugal - Polónia.

Avatar
 ●  + 6 comentários  ● 

ONZE OFICIAL DE PORTUGAL: Patrício; Cédric, Pepe, Fonte e Eliseu; William, Adrien, João Mário e Renato Sanches; Nani e Ronaldo.

O "Record" errou...

Avatar
 ●  + 41 comentários  ● 

...quando só fala na Juve Leo ou nos Superdragays no apoio à selecção nacional.

A própria foto deixa evidente a presença dos NN Boys.

Certamente foi lapso que será corrigido. Fica a indicação.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Enquanto muitos continuam a olhar para os outros...

Avatar
 ●  + 42 comentários  ● 

... deste lado continua o martelar da história do Benfica sem qualquer rigor ou preocupação com a verdade.

Mas o que esperar de quem nem sequer é benfiquista?

O Alberto Miguens conta tudo no seu blogue. Nem é preciso dizer mais nada.

Depois do Brasil, a Argélia também avança no Euro

Avatar
 ●  + 49 comentários  ● 

A pré-época do Sporting já começou e Islam Slimani foi das ausências mais notadas. O argelino ainda não chegou a Lisboa e, apesar de ter regresso marcado para esta terça-feira, Slimani ainda está no seu país mas está devidamente autorizado pelo Sporting a apresentar-se mais tarde. 
in Noticias ao Minuto

Não há época do "Tolinho das Aldrabices" onde os jogadores mais influentes não se sintam... aldrabados. Este ano é o Slimani que, enganado pelo ex-gordo, está em rutura com o Sporting e se recusa a apresentar-se porque quer ser transferido para longe de AlvaLIDL.

Obviamente que o "Tolinho das Aldrabices" já garantiu que, tal como fez quando o Teo ficou na Argentina na praia em Janeiro, o Slimani está autorizado a chegar mais tarde para descansar da sua participação no Euro, onde a sua seleção irá à final com o Brasil, num jogo que só o Jesus vai ver.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Dias negros para os valores do benfiquismo.

Avatar
 ●  + 92 comentários  ● 

A escolha de Luis Filipe Vieira para substituir João Gabriel é mais uma decisão que coloca no lixo todos os valores que construíram o Sport Lisboa e Benfica.

Por isso é que a escolha de Luis Bernardo assenta como uma luva em Luis Filipe Vieira. O novo director de comunicação do Benfica é “cão que não conhece dono”. Quem paga(enquanto pagar) tem a sua lealdade.

Por isso é que já serviu Guterres, Sócrates, Seguro, Manuel Maria Carrilho, todos ligados ao PS, mas também ainda em Outubro “rasgava” António Costa do mesmo PS clamando pela sua demissão após as eleições e exaltando a coligação PSD/CDS num artigo no “Observador”. Curioso vindo de um militante do PS.

O DN de 08 de Abril de 2007 dizia que Luis Bernardo é incapaz de compreender o jornalismo sem o ligar a interesses. Normal em alguém que era jornalista na TVI. Um artigo curioso que descreve o percurso de Luis Bernardo como um típico assessor político.

Claro que “a cereja no topo do bolo” desta escolha é que Luis Bernardo até ao final de Maio era coordenador de comunicação e “public affairs” do Sporting, cargo que ocupava desde Fevereiro de 2015.

Ainda em Outubro passado andava a oferecer em Timor camisolas do Sporting autografadas por Bruno de Carvalho.  

A questão é: precisa o Sport Lisboa e Benfica de alguém com este perfil?

A minha opinião é que não.

Este senhor e a sua empresa foram responsáveis pela comunicação do Sporting durante toda a temporada passada.

Onde anda a indignação dos benfiquistas agora?

Tanto se revoltaram com os ataques do Sporting e agora nada dizem perante a entrada no nosso clube de um dos principais responsáveis por esses ataques?

Pela campanha que andou na comunicação social durante todo o ano?

Para que precisa o Sport Lisboa e Benfica de um assessor de polítiquices?

Isto não é mais do que confirmar que infelizmente o Benfica de hoje não se distingue em nada daquilo que se critica nos adversários.

Em vez de procurar um benfiquista, imparcial, e capaz de assumir a comunicação do Benfica com profissionalismo e com a noção do que é servir o Benfica, Luis Filipe Vieira mais uma vez traz para o nosso clube um mercenário como já o tinha feito quando trouxe o responsável da comunicação do Braga. Já só falta trazer o Rui Cerqueira para o círculo ficar completo.

Parece que em mais de 14 milhões de adeptos mais ninguém serve para ser presidente do Benfica ou sequer assumir um cargo de relevância no clube.  

Não me surpreende que Luis Filipe Vieira proponha no futuro a substituição da Águia no símbolo por um Camaleão. 

Arrancou a temporada 2016/2017!

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 




segunda-feira, 27 de junho de 2016

Finanças: Sporting e Porto com prejuizos de 70M€, dentro de 3 dias!

Avatar
 ●  + 96 comentários  ● 
Sporting e Porto, sem a vendas de jogadores até 30 de Junho, irão acumular mais de 70M€ de Prejuízos na época de 2015/2016.

Neste mesmo exercício, considerando o registo das vendas de Renato e Gaitan, o  Benfica poderá obter Lucros superiores a 30M€ na época 2015/2016.


O Sporting já tinha obtido 17,1M€ de prejuízos nos primeiros 9 meses da época, e o prejuízo anual poderá superar os -20M€! Este prejuízo, a concretizar-se, irá colocar o Sporting em maus lençóis com o acordo que assinou com a Banca, onde se comprometeu a apresentar lucros em cada época.

O Porto já tinha obtido 38,0M€ de prejuízos nos primeiros 9 meses da época, e nos 12 meses o prejuízo anual irá superar os -50M€. Este prejuízo, a concretizar-se, irá colocar o Porto em maus lençóis no Fair-Play Financeiro da UEFA.


De referir também que o Prémio de acesso directo à Champions League do Sporting, pelas regras da contabilidade, deverá ser registado no momento do licenciamento da UEFA, ou seja, no 1º Trimestre de 2016/2017. Espera-se que não exista "contabilidade criativa" em Alvalade ao tentarem registar o Prémio no 4º Trimestre de 2015/2016 ... tal como fizeram no passado com a "ausência" de provisão do caso Rojo/Doyen.


Quanto à situação do Porto, a concretizar-se este colossal prejuízo, é quase certo que o Porto "Clube" terá de aumentar o capital social da SAD para compensar os prejuízos acumulados, transferindo os restantes 53% do Estádio do Dragão (EuroAntas SA) para a Porto SAD, de forma a tentar convencer a UEFA a não penalizar o clube.


Por fim, é importante lembrar que Bruno de Carvalho tentou lançar insinuações falsas, em Março de 2016, de que o Benfica estaria supostamente "falido". 

A eterna tentação de destruir tudo o que faz de bom, por Luis Filipe Vieira

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 

Segundo o Correio da Manhã (pois, vale o que vale), o futuro substituto de João Gabriel, mais do que ex-assessor de José Sócrates, foi ex-consultor de Bruno de Carvalho na estratégia anti-Benfica levada a cabo pelo "Tolinho das Aldrabices".

Ou seja, não chegava andarmos a investir, alegadamente, 4M€ num jogador sem valor para o SLBenfica (Benitez), agora ainda vamos buscar para a comunicação um tipo que fez passado recente a achincalhar o SLBenfica a torto e a direito... recebendo como prémio a chegada à Luz?

Realmente, não sei quem anda a aconselhar o Presidente nestas decisões, mas sugiro a Luis Filipe Vieira deixar de ouvir essa gente, pois destruir tudo o que de bom tem estado a ser feito (e é muito), não faz qualquer sentido, apenas para poder comprar uma guerra com gente sem valor.

Vá lá, Presidente! Ainda vai a tempo de evitar estas asneiras. Deixe lá o rapaz adormecer todas as noites agarrado à sua fotografia e trate só do Benfica.

Não é vedeta quem quer...

Avatar
 ●  + 3 comentários  ● 

...mas quem se esforça para tal.

As vedetas que acham que basta jogar em grandes clubes e apresentar um vencimento de milhões para vencer jogos cada vez mais estão enganados.

Não são bons jogadores quem a imprensa quer.

Parabéns Islândia pois o vosso esforço e foco merecia isto.

O entreposto de jogadores não pára.

Avatar
 ●  + 66 comentários  ● 

" Ivan Zlobin , guarda-redes russo que o Leiria tinha cedido ao Benfica em janeiro - esteve no plantel dos Sub-19 e da equipa B dos encarnados - foi comprado à formação da cidade Lis, segundo revelou o presidente do clube, Alexander Tolstikv, ao jornal russo 'Sovsport'.

"O Ivan esteve emprestado ao Benfica nos últimos seis meses, onde provou ser um guarda-redes muito promissor nos encontros que disputou, tanto nos juniores como na equipa B."

Zlobin, de 19 anos, fez apenas dois jogos pelos juniores e foi convocado para seis partidas da equipa b, mas não saiu do banco de suplentes." - O Jogo.

domingo, 26 de junho de 2016

Benitez é para benefício de quem?

Avatar
 ●  + 52 comentários  ● 
Não se percebe porque motivo poderemos contratar Benitez. Ou é para satisfazer algum empresário ou pra satisfazer alguém que queira entrar na guerrilha de roubar jogadores ao Sporting, só porque sim.

Oxalá o Presidente resista a estas influências 

Mudança na equipa técnica do Benfica.

Avatar
 ●  + 29 comentários  ● 

Afinal parece que não era só eu que achava que o Hugo Oliveira não servia.

" Luís Esteves é o novo treinador de guarda-redes do Benfica, assumindo o lugar que, até agora, era de Hugo Oliveira. A sucessão está a ser feita de forma pacífica no interior da SAD, faltando a Oliveira entender-se com os responsáveis encarnados em relação ao futuro. Com contrato válido por mais duas épocas, o técnico até pode continuar no clube, num outro projeto, mas esta questão não está ainda clarificada.

Certo é que Hugo Oliveira deixará a equipa principal. A partir de terça-feira é Luís Esteves quem se apresenta a Júlio César, Ederson e Paulo Lopes para treinar. O técnico, de 40 anos, trabalhou com Rui Vitória no V. Guimarães desde 2012/13, e acompanhou o treinador benfiquista durante três temporadas.

É um dos homens de confiança de Vitória, sendo normal, por isso, esta transferência para o Benfica. Com um vasto currículo para a idade, Luís Esteves esteve ligado ao V. Guimarães até dezembro último.

Com a chegada de Sérgio Conceição ao clube acabou por sair, e só agora volta ao ativo. Na cidade minhota, aquele que será o novo elemento técnico do campeão nacional assumiu a coordenação da academia de guarda-redes, um projeto do qual se orgulha, por ter sido uma aposta sua.

Miguel Silva, guarda-redes vitoriano e uma das revelações do campeonato, nasceu na academia de Luís Esteves, de onde apareceram outros nomes como Miguel Oliveira e Miguel Palha. A partir de terça-feira conhece outra realidade. 

Doutorado em Ciências do Desporto
Luís Esteves tem o doutoramento em Ciências do Desporto e o mestrado de alto rendimento em treino de guarda-redes. Antes de regressar ao V. Guimarães – foi ali que começou em 2003 nas camadas jovens – trabalhou na federação espanhola, nomeadamente nos sub-17, e teve passagens pelo Al-Samiyah e Al-Kuwait, ambos do Kuwait, e também pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Agora vai assinar pelo campeão português." - Record.

Esta equipa é para manter, Fernando Santos.

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 

Patrício teve uma falha mas continua a dar segurança.

Cedric muito acima de Vieirinha. Seguro a defender e a apoiar o ataque. Bom jogo.
Pepe finalmente fez um jogo limpo, concentrado e quando assim é torna-se num pilar da equipa. Talvez dos melhores em campo.

José Fonte impecável. Merecia esta oportunidade e justificou-a.

Raphael Guerreiro também ao seu nível. Onde andaram os olheiros dos grandes portugueses que não viram este jogador? Já sei, andavam na América latina.

William Carvalho foi novamente o pêndulo em frente à defesa. Falta-lhe soltar-se um pouco mais para fazer uso da sua capacidade de passe. Mas ter pela frente Modric e Rakitic não é fácil.

Adrien foi com Pepe e Renato doa melhores em campo. Tem um pulmão sem fim, corre o campo todo e liberta o outro médio para dar mais apoio ao ataque. Grande jogo.

João Mário não esteve tão bem mas tem feito todos os jogos e o cansaço pode ter sido determinante.

André Gomes é um grande jogador mas também o cansaço terá determinado que saísse mais cedo.

Nani continua a fazer bons jogos. Teve menos bola por o jogo ter sido muito calculista por ambas as partes mas como se viu no lance do golo está a jogar prático. E ainda bem.

Ronaldo também teve pouca bola. Exagera naqueles rodriguinhos e por vezes perde tempo de passe por isso. Ontem fez um jogo de sacrifício e merece ser destacado por isso.

Renato Sanches é fantástico. Ele entra e o proprio adversário fica com as marcações trocadas pois ele tem essa capacidade de fazer todo o meio campo. É dele parte da jogada do golo. Um dos melhores.

Quaresma foi igual a si próprio. Faz falta quando entra com a crença de que depende dele o resultado. Mereceu ser ele a empurrar a bola.

Danilo cumpriu o que FS lhe pediu. Segurar e refrescar a capacidade defensiva do meio campo.

Espero que Fernando Santos tenha aprendido a lição.

sábado, 25 de junho de 2016

E quando Fernando Santos aposta nos melhores...

Avatar
 ●  + 47 comentários  ● 

...Portugal passa frente a uma grande selecção.

Parabéns!!

Portugal - Croácia.

Avatar
 ●  + 4 comentários  ● 

 Rui Patrício; Cédric, Pepe, Fonte e Guerreiro; William, João Mário, Adrien e André Gomes; Nani e Ronaldo.

Por falar em Sporting...

Avatar
 ●  + 28 comentários  ● 

Por falar em Sporting, a história recente de dirigentes e colaboradores do Benfica que fazem “uma perninha” em situações ligadas ao clube de Alvalade não deixam de surpreender.

É comum nesta era de Luis Filipe Vieira ter adeptos de outros clubes no Benfica. Mas a trabalharem ou fazerem negócios em ambos os lados da barricada é que é uma inovação.

Há o senhor que afirmou que o FC Porto era para ele uma religião e a quem se pode agradecer muitos craques terem sido desviados do Benfica para o FC Porto.

Há o anjo que agora vai sair que enquanto estava remunerado no Benfica também alimentava a TVI.

Tivemos ainda recentemente Luis Lemos, o da BTV e que veio para o Benfica pelas mãos de Vale e Azevedo, a trabalhar na campanha de José Couceiro como candidato à presidência do Sporting. Isto enquanto continuava a falar de “benfiquismo” na BTV.

Mas se puxarmos mais atrás, encontramos o vice-presidente do Benfica Alcino António a participar juntamente com José Veiga, como “amigos” segundo o próprio, no negócio que levou João Pinto para o Sporting, conforme ilustrado na foto. E todos sabemos como esse negócio correu bem…

É o novo-benfiquismo de hoje, que até permitiu que o actual presidente do Benfica fosse sócio do FC Porto até 2009.

O novo-benfiquismo que exige aos sócios mais de 25 anos de sócio de clube para poder ter 50 votos mas entrega os mesmos 50 votos a quem só precisa de ter UM ANO de sócio desde que seja presidente de uma Casa do Benfica.

O novo-benfiquismo que só vê virtudes no seu lado e defeitos nos outros. Como no passado era comum apontar aos adeptos do FC Porto.

Viva o novo-benfiquismo!

O Sporting está de parabéns! Está mesmo...

Avatar
 ●  + 13 comentários  ● 
Não, não tem a ver nem com os 5 milhões que tem que pagar ao William por terem entrado diretamente na Champions, nem tem a ver com a destruição da moral e motivação do melhor avançado que têm...

... estão de parabéns porque ontem terá feito 93 anos que conquistaram o seu primeiro "Campeonato de Portugal", trata-se de uma competição que para todos os clubes portugueses é a origem da Taça de Portugal, mas para o Sporting é muito mais que isso... é a origem da Taça de Portugal, mas também do Campeonato Nacional e por isso mesmo... vale por dois. Reparem na lista de titulos publicada por aqueles meninos:


Não só consideram essa competição, como a voltam a considerar no somatório dos campeonatos conquistados. É brilhante!

Eu nem sei se lhes hei-de dar os parabéns pelos 93 anos desta conquista ou se pela aldrabice com quem brindam oficialmente os seus acéfalos adeptos. Como referem os nossos amigos do BnRB, que partilharam esta foto, possivelmente deveremos dar-lhes os parabéns por outro elementos ainda: Por serem o clube mais estúpido do mundo.

Fica ao vosso critério, mas eu acho que talvez seja mesmo melhor dar-lhes o título pela estupidez na medida em que depois desta divulgação do BnRB, os tipos lá correram para a página oficial ontem têm o palmarés de títulos e foram corrigir esta vergonha... mas nem assim o fizeram bem feito, porque para provarem a tal teoria do "Tetra do Bruno em 5 minutos", apagaram a competição "Campeonato de Portugal" e deixaram a nota que incluem esses quatro títulos no Camponato Nacional. São tão ridículos!

Aproveito então a oportunidade para lhes dar uma sugestão: Porque não optar por algo do género:

Campeonato Nacional (38): 1923 1934 1936 1938 1941 1944 1947 1948 1949 1951 1952 1953 1954 1958 1962 1966 1970 1974 1980 1982 2000 2002 *inclui 4 Campeonatos de Portugal e 16 Taças de Portugal.

É que desta forma não só ficava mais coerente, porque se consideram a competição que dá origem à Taça de Portugal como um Campeonato Nacional, então também podem considerar a respetiva Taça da mesma forma... mas também passavam a atingir a brilhante marca de clube com mais Campeonatos Nacionais (38). Ficava qualquer coisa deste género que faria do nosso potencial 36 uma brincadeira de crianças:

sexta-feira, 24 de junho de 2016

"Brexit"- uma boa oportunidade para o futebol.

Avatar
 ●  + 24 comentários  ● 

Ontem à noite quando as tv’s se precipitaram com uma sondagem à boca de urna a dar a vitória ao “remain” não deixei de me lembrar de que nos últimos anos tudo o que é sondagem apelidada de “credível” erra sempre. Mesmo no Reino Unido nas últimas eleições davam a vitória à tangente aos trabalhistas e afinal os conservadores tiveram maioria absoluta. E desta vez também não fugiu à regra.

Quem compra estudos ou sondagens ainda não consegue comprar votos suficientes em papel. Por isso é que sou contra votos electrónicos. Há quem não consiga evitar “produzir” resultados e não há nada mais fácil que controlar um sistema de votação electrónico.

Achei até curioso alguém da campanha do “remain” que por volta das 2h já tinha uma listagem enorme com a garantia que as coisas estavam a correr bem. Não correu.

No que diz respeito ao futebol, ninguém pode ainda adivinhar o que vai acontecer. O processo e o tempo em que se processará o “brexit” é uma incógnita. Se até lá mais países procurarem seguir o mesmo caminho do Reino Unido como já se fala na Holanda, Suécia e outros então a incógnita será ainda maior.

Numa perspectiva simplista, penso que é uma excelente oportunidade para o futebol britânico e uma machadada enorme nos especuladores/empresários que têm canibalizado o futebol em seu proveito.

Sempre fui contra a rebaldaria que a lei “Bosman” criou no futebol europeu. Destruiu ou reduziu à insignificância países e clubes com grande história no futebol em troco de rios de dinheiro e da promoção dos clubes do costume como se fossem só eles que eram o futebol.

Se antes “escravizar” um jogador era errado, hoje o jogador não respeita contratos e sai quando lhe apetece porque senão faz birra.

O futebol britânico antes da lei “Bosman” aproveitava o seu estatuto e promovia os jogadores escoceses, galeses e irlandeses. Assim como outros promoviam jogadores das suas ex-colónias. Tudo isso terminou com a abertura das fronteiras e com a lei “Bosman”.

O “brexit” traz consigo oportunidades para o futebol europeu repensar as suas regras. Mesmo que não o façam, o futebol britânico terá a oportunidade de abrir espaço aos seus jovens jogadores em vez de importar jovens sul-americanos. É algo que os jogadores britânicos reclamavam e que o “brexit” possibilita.

Os clubes ingleses devido ao mais recente contrato de direitos televisivos continuarão abastados para se poderem reforçar. O período de transição certamente não será reduzido. Mas se há sector que sai a ganhar com o “brexit” será o futebol britânico.

Falemos de modalidades...

Avatar
 ●  + 26 comentários  ● 

Sim, bem sei que para muitos foi uma época de falhanço, pois Volei, Futsal, Andebol e Basquete perderam as respetivas finais para os adversários, salvando-se o Hoquei entre as modalidades de pavilhão.

Mas sem me alongar muito em dissertações sobre o tema, gostava só de chamar a atenção para um detalhe: O SLBenfica consegue ser O ÚNICO CLUBE que consegue ter um investimento sustentado e competitivo em TODAS AS MODALIDADES de pavilhão, integrando desta forma os momentos de decisão em TODAS AS MODALIDADES, ou seja, o SLBenfica foi esta temporada - penso que pela primeira vez - a única equipa capaz de discutir o título em TODAS AS MODALIDADES.



No Volei forçou a negra com um clube que vive para a modalidade e tem um orçamento quase do tamanho do nosso e jogadores de grande qualidade. 

No Futsal, não houve qualquer humilhação ou queda aos pés do Sporting que tinha, indiscutivelmente a melhor equipa (e investimento) em Portugal este ano. 



No Andebol, pela primeira vez estivemos na decisão FINAL da Challenge (a Champions da modalidade) eliminando "apenas" FCPorto (7x campeão nacional) no caminho para essa competição e para a final do campeonato onde, tal como no volei, levámos à negra um clube que vive e respira para a modalidade, com mais titulos que o Benfica e com orçamento próximo do nosso.

E no Basquete, à semelhança do Futsal, apanhámos o FCPorto claramente como a melhor equipa em Portugal esta temporada e ainda assim discutimos o título até ao fim, sendo que esta é, porventura, a única modalidade onde penso que talvez comece a fazer sentido olhar para a visão estratégica de construção da equipa e, por isso, talvez Carlos Lisboa deva ser apenas diretor e não treinador.

No Hoquei, bom o que dizer destes bravos! Limparam tudo... num fim de semana de sonho, com 65.000 na Luz foram bi-campeões nacionais e venceram a Champions do Hoquei. Brilhante!

Dizer que foi uma temporada de falhanço quando um clube chega à decisão em todas as modalidades sem excepção, demonstrando ser CLARAMENTE O CLUBE MAIS ECLÉTICO DE PORTUGAL, é porventura uma tremenda injustiça.

PS- Bem sei que o povo gosta é de épocas atamancadas e com nomes nas capas de jornais todos os dias, mas lamento desiludir-vos sobre isso... parece que o plantel estará completo, salvo alguma saída que o Benfica não consiga evitar entre os jogadores fundamentais - onde não estou a incluir Salvio e Talisca. Aumenta a expectativa para saber quem são os jogadores que Rui Vitória fará questão de integrar da equipa B e, porventura, dos juniores e/ou emprestados.

Ter treinadores que não se alimentam de transferências dá jeito nestas alturas!!!

Homenagem.

Avatar
 ●  + 4 comentários  ● 

Jornalista Joaquim Costa Martins.

Daqueles à antiga que tanta falta fazem hoje.
Um abraço à família e amigos.

A bênção chamada Euro2016.

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 

O Euro2016 está a ser uma bênção para a direcção do Sport Lisboa e Benfica.

Não há quase especulação com compras de jogadores, nas vendas também não se fala de muita coisa e mesmo quanto aos falhanços das modalidades não se discute muito.

A época está quase a começar(dia 28) e até lá as coisas deverão continuar assim, calminhas.

Por isso espero que a direcção aproveite para até lá reforçar o plantel com reais mais valias, em especial quanto aos lugares de defesa esquerdo, central e meio campo.

Veremos se este ano teremos mais um episódio triste de ver Luis Filipe Vieira em digressão pelo mundo a tentar vender jogadores com a equipa já em estágio. Espero que não e que as últimas épocas tenham servido de lição.

Para já, pelo menos quanto ao estágio de pré-época não se vai obrigar o plantel a viagens enormes e desgastantes.

Quanto às modalidades, é importante perceber porque apesar do grande investimento muitas falharam nos momentos chave.

A nota menos positiva é a marcação da Eusébio Cup para uma quarta-feira. Sendo um troféu organizado pelo nosso clube, mandava o bem senso e a intenção de encher o estádio, como bem disse Alberto Miguéns, que se marcasse para um fim de semana. Mas também como no caso das AG’s, a intenção não deve ser facilitar a vida aos benfiquistas.

Bem, deixemos correr o “defeso” e logo veremos em que condições é que Rui Vitória vai arrancar os trabalhos com a equipa. Se vai ter reforços significativos ou se mais uma vez lá terá que procurar soluções nos “putos”.

Mas até lá de certeza que a maioria da blogoesfera benfiquista vai acordar se aparecer mais um “vídeo motivacional” a autocontemplar o nosso tão belo umbigo. Os “vídeos motivacionais” fartam-se de marcar golos… 

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Mais Mercado: Guillermo Celis e Ádám Nagy no Benfica

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 
Depois da contratação de André Horta (20 Anos, Internacional Sub-20), que pode jogar a "8", o Benfica no mesmo dia praticamente assegurou a contratação de mais 2 médios centro:

- Guillermo Celis (23 Anos, Internacional A da Colômbia) 
- Ádám Nagy (21 Anos, Internacional A da Hungria).

Estes jovens tanto podem jogar a 6 como a 8, e representam investimentos de 2,5M€ / Cada.

O Colombiano esteve em destaque na Copa América e o Húngaro tem estado em destaque no Euro 2016.
Se nada de extraordinário acontecer, os 2 jogadores estão praticamente garantidos para a próxima época. O acordo com os clubes está fechado.

Os 2 jogadores estavam a ser negociados com o Sp. Braga, e agora foram negociados com o Benfica. Resta saber se algum dos jogadores poderá entrar nalguma troca de jogadores com o Sp. Braga.


ADENDA: Nagy preferiu o Bolonha, em detrimento da proposta do Benfica.

A Croácia não é a Hungria.

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 

Ao contrário do que Fernando Santos quis fazer passar, o clima no final do jogo com a Hungria não era de alegria na comitiva da selecção, em especial junto dos jogadores. Era de alívio no máximo.

Foi incompreensível para quem estava em campo a instrução de Fernando Santos de segurar o empate.As justificações dadas pelo seleccionador na sala de imprensa não só foram insuficientes como reveladoras de um treinador medroso e com limitações na forma de ver o jogo.

Mas o pior do encontro de ontem foi mesmo a forma de abordar o jogo por parte de Fernando Santos.

Depois de 2 jogos iniciais em que as escolhas de Fernando Santos falharam, só mesmo um treinador limitado é que iria insistir no mesmo. Pois FS não mudou.

É claro para todos que João Moutinho não está em forma. É evidente que Vieirinha pode ser muito esforçado mas a defender é fraco. Na minha opinião,Pepe é outro ponto fraco da defesa pois não joga concentrado no jogo.

Só por motivos extra-futebol é que se percebe que FS não escolha Cédric, Fonte e Renato ou Adrien.

A vontade de promover Moutinho, de não abrir o precedente para que Pepe perca também o seu lugar na defesa do Real Madrid e o fetiche por Vieirinha só podem explicar as escolhas.

No primeiro jogo, a entrada de Renato mudou tudo. Ontem a entrada de Renato tornou a mudar tudo. A disposição das peças, com Renato em campo, solta os criativos. A permanência de Moutinho em campo prende o jogo e até atrapalha William Carvalho pois Moutinho não sabe jogar com um trinco fixo atrás de si.

O próximo adversário de Portugal, a Croácia, é tudo menos um adversário acessível. Só o melhor Portugal será capaz de seguir em frente.

No miolo dispõem de 2 criativos de topo: Modric e Rakitic, sustentados numa equipa forte fisicamente e com jogadores competentes em todas as posições.

Um meio campo com a nulidade Moutinho será um paraíso para estes jogadores.

Daí que se Portugal quer mesmo passar a eliminatória, o onze não poderá fugir de algo assim:

Rui Patrício, Cédric, José Fonte, Ricardo Carvalho, Raphael Guerreiro, William Carvalho, Adrien, Renato Sanches, João Mário, Nani e Ronaldo.

Defesa: refrescar com mais competência como no caso de Cédric, dar a Ricardo Carvalho um parceiro concentrado e de qualidade como tem provado no campeonato inglês, devolver a titularidade a quem esteve bem nos primeiros 2 jogos como Guerreiro.

Meio campo: dar a Portugal um meio campo combativo face à criatividade alheia e ao mesmo tempo soltar João Mário para poder apoiar o ataque como tão bem o fez na segunda parte do jogo com a Hungria. William é o melhor para jogar a trinco, Adrien está fresco, tem qualidade e faz muito bem a ligação com o ataque e Renato Sanches pelo seu posicionamento e qualidade desconstrói  qualquer esquema mais rígido que encontremos do outro lado. Tanto ajuda na recuperação como se integra muito bem no jogo ofensivo do grupo.

Com este esquema tanto Nani como Ronaldo estarão soltos para poder fazer estragos em vez de estarem presos a um esquema fraco e sem resultados.

Continuo com dúvidas que, mesmo apesar do que se viu nos 3 primeiros jogos, Fernando Santos faça o que é preciso para dotar o 11 inicial com os melhores.

Estou certo de que se não mudar, domingo os jogadores estarão a aterrar em Portugal. 

P.S.: Só mesmo de gente facciosa ou culambista é que pode vir a teoria de que Renato é boicotado pelos colegas na selecção. Esta doença que é o clubismo faccioso é que devia ser irradiada do futebol.

Os benefícios de termos um Engenheiro como treinador

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 
Vocês repararam como ontem se jogou com tudo controlado para evitarmos até à Final equipas como Alemanha, Espanha, França e Itália? Brilhante Sr. Eng!

Mais a sério, há gente entre os portugueses - se calhar mal habituados com a ambição dos clubes como o Benfica, mas também Sporting e FCPorto - que quer mesmo ganhar jogos, gente que quer mesmo que joguem os melhores, os que querem ganhar e os que querem entrar em campo para deixar lá a pele pela seleção.

É bem verdade que há vários jogadores que chegam ao Euro com largas dezenas de jogos nas pernas, massacrados por lesões e menores momentos de forma... mas isso só quer dizer uma coisa: se não estiverem em condições melhores que outros, simplesmente não devem jogar - e nem vou entrar em nomes para não ferir susceptibilidades.

Não sei se os mais apaixonados pela causa da seleção já perceberam, mas até à pouco tempo o Euro neste formato alargado era mau para equipas com ambição de vitória final... essa questão ganhou ainda mais expressão quando "nos calha" o grupo mais fraco da 1ª fase e que levou muitos a dizer que era mau para a competitividade do Euro e dos objetivos da seleção para quando apanhassem os "tubarões".

Curiosamente, Portugal só não está a chegar agora à Portela precisamente porque o Euro foi alargado para dar espaço e oportunidade de ascensão a equipas mais fracas que o habitual.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Hungria - Portugal.

Avatar
 ●  + 48 comentários  ● 


Quando vi o 11 inicial, ficou claro para mim que seria mais um jogo de sofrimento. E foi.

Fernando Santos é um treinador fraco, sem ideias para além daquele seu esquemazinho do costume. É medroso porque prefere a fraqueza das suas ideias do que arriscar e apostar na mudança.

Daí que a primeira parte tenha sido o sofrimento do costume.

Rui Patrício – Fez o que podia. Defender bolas que ressaltam é quase impossível. Continua com nota alta no Euro 2016.

Vieirinha – Nem serve para defender nem para atacar. Passes ou centros de qualidade: zero. Injustificável a sua permanência no 11.

Pepe – Continua desconcentrado, inquieto e é mais um factor de desestabilização da defesa. José Fonte deve estar com uma azia enorme. Eu estaria.

Ricardo Carvalho – Continua assim como Patrício a ser um bom elemento da defesa. Não tem é parceiros à altura na equipa titular de Fernando Santos.

Eliseu – Não é por ser a selecção que vou mudar de ideias. Eliseu perdeu quase todos os duelos directos que teve com jogadores da Hungria. Sempre atrasado face à bola, ficou a anos luz das prestações de Raphael Guerreiro.

William – Claramente prejudicado pela falta de posicionamento e ajuda por parte de Moutinho, revelou algumas dificuldades quando ficava sozinho frente a 2 ou 3 hungaros. Ainda assim dá fluidez ao jogo e é claramente superior a Danilo.

Moutinho – Ora chuta para o lado, ora falha passe, ora foge da bola. Não acrescenta nada e pelo contrário rouba velocidade e espírito ofensivo à equipa.

André Gomes – Foi o pior jogo dos 3 que fez. Ainda assim é claramente um bom elemento que procura levar o jogo para a frente e com qualidade. No entanto visto que temos no ataque jogadores que em jogo corrido não defendem acaba por se prejudicar.

João Mário – Assim que ficou solto, foi o João Mário que se viu no campeonato. Distribui jogo e com bastante mobilidade. Custa tanto a Fernando Santos perceber isto?

Nani – Tem sido uma boa surpresa no Euro. Não é o fução dos últimos tempos e até parece estar a fazer um esforço para descomplicar aquilo em que costuma falhar. Merece o golo assim como merece a titularidade.

Ronaldo – Na primeira parte foi o egoísta do costume. Um exemplo de como desperdiçar talento em nome de um ego gigante. Na segunda parte foi o grande jogador que podia até ser mais vezes na selecção. Quando deixa o seu egoísmo de lado e procura servir a equipa as coisas mudam logo.

Renato Sanches – Só o burro que treina a equipa é que ainda não tinha querido perceber a diferença. Mas mais uma vez quando precisou lá lançou o puto. Mexeu com a equipa e deu aquele empurrão tão importante.

Quaresma – Entrou e mexeu. Talvez seja o ideal para que tenha mais efeito na equipa.

Danilo – Não tem a culpa de ter entrado. Só faltou tirar o Ronaldo para meter mais um trinco.

Fernando Santos é um treinador ridículo. Com o historial do jogo, manda um recado para jogar para o empate correndo o risco de levar o 4 em vez de procurar matar o jogo e indo para o lado mais difícil do torneio em que apanharia os piores!

Em vez de utilizar os jogadores em melhor forma insiste nos jogadores de Jorge Mendes até não dar mais. É um palhaço que hoje teve uma sorte enorme. Desculpem a linguagem mas não dá para aturar estes teóricos sem sal.

O terceiro lugar é uma vergonha num grupo com algumas das selecções mais fracas. Hoje Fernando Santos pode falar de “galo” mas a favor de si.

Mais um 11 inicial destes e com a Croácia será limpinho, para eles.

Só quando a permanência está em risco...

Avatar
 ●  + 60 comentários  ● 

...é que alguma coisa mudou.

Renato em campo, João Mário a jogar solto, até Ronaldo a passar a bola aos colegas.

Mas Fernando Santos não deixa de ser um medroso, um fraco que quase sacrificou Portugal no Euro só para manter as suas ideias.

E que tal o recado para jogarem para o empate?

Ridículo.

11 inicial. Como tem corrido bem até agora...

Avatar
 ●  + 30 comentários  ● 

... fica tudo na mesma.

Patrício, Vieirinha, Pepe, R Carvalho, Eliseu, William, João Mário, Moutinho, Gomes, Nani e Ronaldo.

Vergonhoso é estar-se num Europeu e andarem a ver se matam o homem

Avatar
 ●  + 32 comentários  ● 
Insinuarem que o homem é gay está bem...

Anunciarem o facto dele estar à espera de um segundo filho e nada, também está bem...

Anunciarem que o namoro acabou porque Irina se recusou a comparecer à festa da mãe de Ronaldo também está certo...

Acusarem-no de assediar uma americana menor de 16 anos também está bem e é uma acusação menor...

O Ronaldo ter em tribunal vários processos contra o Correio da Manhã por difamação também não pesa nada nesta questão...

Ronaldo já ter recusado numa conferência de imprensa responder a perguntas do Correio da Manhã e ter tornado claro que não fala para esse jornal também não pesa nada...

O crime MAIOR nesta relação "atravessada" entre jogador e Correio da Manhã que já vem de trás, é afinal o microfone ter voado para o lago e do mau exemplo que isso é para as criancinhas...

Hipocrisias...

Quem não se sente não é filho de boa gente, e ao contrário do que diz a Bíblia, o bom exemplo não é levar uma chapada e dar a outra face a seguir...

Tivesse sido o Ibrahimovic, voava o microfone e voava o repórter a seguir...


Mas aí sim, já estaria aqui a malta a aplaudir o Bad Boy, porque esse sim tem-nos no sítio e com ele não fazem farinha!  

Memória curta ou selectiva.

Avatar
 ●  + 28 comentários  ● 

"Coitado do Ronaldo! Tem sido tão maltratado pela CMTV! "

Gostava de ter lido ou ouvido as mesmas pessoas que atacam o critério do CM para defender mais este acto de criança mimada quando Ronaldo fez o abaixo ilustrado pela imagem.
O "crime" foi ter sido assobiado por muitos que até o idolatram.

Coitadinho é um exemplo.

Será que podemos...

Avatar
 ●  + 46 comentários  ● 

...agarrar no Ronaldo e atirarmos o gajo ao rio quando não estivermos satisfeitos com o seu trabalho?

Grande exemplo que dá o capitão de equipa aos milhares de miúdos que o seguem.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Ronaldo, os Fernandos e as responsabilidades.

Avatar
 ●  + 52 comentários  ● 


Pegando no post do Redmoon e também noutro publicado hoje no “Artista do Dia”, é óbvio que ninguém que observe de perto o mundo do futebol diz que o Ronaldo trabalha pouco ou que é preguiçoso.Isso é ridículo.

Se há jogador que melhorou as suas qualidades em grande parte graças ao seu trabalho árduo foi Ronaldo. Quer nos treinos nos seus clubes quer na exigência consigo próprio, Cristiano Ronaldo é um modelo de trabalho para os seus colegas e qualquer jogador de futebol que queira chegar mais além.

Mas isso é o Ronaldo, versão clube. Já o Ronaldo, versão selecção, é outra coisa.

Cristiano tem 50% das responsabilidades por na selecção ter tratamento diferenciado.

Por ter mais dias de descanso que os outros( que poderia recusar), por em jogos “a feijões” normalmente não lhe ser pedido mais que 45 minutos (que poderia recusar), por lhe dar jeito não respeitar os colegas de equipa ao desprezar as suas capacidades quando lhe “apetece” ser ele a marcar os livres ou os penaltys por exemplo, por lhe ser conveniente receber visitas da família ou do empresário fora dos horários estabelecidos para o grupo, por até poder ter um preparador estrangeiro e exterior à selecção nacional dentro do grupo de trabalho, Ronaldo não tem razões para se queixar de quaisquer críticas que seja alvo.

Aliás, como capitão de equipa(cargo para o qual nunca teve capacidades de liderança) deveria ser ele a dar o exemplo em todos os aspectos, em especial no grau de compromisso com os trabalhos da selecção.

Se como capitão de equipa, Ronaldo não consegue(ou não quer) ser esse exemplo, é obvio que depois não podem esperar que os jogadores sejam de facto um colectivo uno.

Mas os outros 50% repartem-se por Fernando Gomes e Fernando Santos(como antes por Paulo Bento).

O seleccionador, se não fosse o mole banana que realmente é, nunca permitiria tratamentos diferenciados dentro do mesmo grupo de trabalho que não fossem definidos por si e entendidos por todos. Ao permitir isso limita a sua autoridade e raio de acção dentro do grupo de trabalho que dirige. O seleccionador, ao permitir até que as suas escolhas sejam claramente limitadas pela acção de um empresário, deixa a sua autoridade no grupo fragilizada de forma quase irrecuperável. Já olharam para quem é o empresário dos jogadores mais utilizados e o dos menos utilizados? É acaso?

Mas em primeiro lugar a responsabilidade recai sobre Fernando Gomes, que é quem permite que indirectamente Jorge Mendes condicione a forma como a selecção nacional trabalha.

Fernando Gomes é especialista em desaparecer do mapa em alturas mais críticas. Assim foi também no Brasil. Cria o circo em torno da selecção, como também na campanha para o Brasil, e depois foge das câmaras para não ser confrontado com a sua responsabilidade.

A selecção nacional serve nos últimos anos os propósitos de toda a gente, menos os desportivos.

Como tem sido muito bem lembrado nos últimos dias, a última vez que a selecção empolgou e foi realmente um grupo fortíssimo foi no Euro2000. Todos os jogadores do grupo foram valorizados, utilizados e todos estiveram à altura da chamada. Quem liderava o grupo na altura? Humberto Coelho. Foi corrido por Gilberto Madaíl para lá colocar o irmão de Joaquim Oliveira, António Oliveira.

Desde então, e mesmo no Euro2004, nenhuma outra selecção nacional conseguiu ser aquilo que no Euro2000 vimos. Jogadores felizes por ali estar e comprometidos com o resultado do grupo.

Víamos um Figo, um Rui Costa e tantos outros que davam o litro. Que eram “mais um” e não o “centro” de tudo.

Querem proteger o Ronaldo do Real Madrid? Merece.

Mas o Ronaldo da selecção não merece tal deferência. Actua como um egoísta e nem tem sequer tem a humildade de assumir que outro poderá desempenhar melhor o papel de capitão ou de ser capaz de “resolver” um jogo.

Não chega aos calcanhares de um Eusébio, um Coluna, um Jordão, um Fernando Gomes, um Nené ou tantos outros que vestiram as camisolas de clubes diferentes, foram grandes jogadores e sempre olharam a ida à selecção nacional como um privilégio.

Para Cristiano Ronaldo ir lá é um frete, um fardo que só é amenizado pelas vantagens em termos de imagem e ganhos financeiros adicionais que lhe traz e à selecção nacional.

Tanto ele como os Fernandos, Santos e Gomes, são igualmente responsáveis por tudo isto.

Como nos clubes, a postura é sempre a mesma. Quando ganham todos gostam de aparecer. Quando as coisas correm mal, são os outros que “colocam o autocarro”, os árbitros que são todos uns mauzões, a falta de sorte(ou galo), tudo menos assumir as suas próprias opções e escolhas. 

11 milhões o c$%alho, que eu já saltei fora!

Avatar
 ●  + 55 comentários  ● 
...E não, não foi só o meu amigo a declarar ao mundo que saltava fora após o jogo de anteontem... Foi o meu amigo e tantos outros amigos e desconhecidos, bastando ligar as TVs ou passar pelas redes sociais para perceber o nível de frustração que anda por aí...

Quando um dia perguntarem a Ronaldo o que ficará dele depois de deixar o futebol, eu espero que ele diga a verdade, ou melhor, que saiba já hoje a verdade e se prepare para ela antes mesmo de tudo acabar: Não ficará nada Cristiano, realmente nada para além das estatísticas e dos números, e de uma ou outra memória cada vez mais dissuadida no tempo...

Esquece o amor, a paixão, o reconhecimento por tudo aquilo que fizeste, não te iludas... Não serás mais do que o Figo, do que o João Pinto, do que o Eusébio até, pó dos museus, alguém por quem se passa na rua e se diz: “Olha ali o Ronaldo”, mas passa-se a correr e com indiferença até, porque atrás vem a nova Coca-Cola do deserto, a quem fazemos juras de amor, àqueles de quem depende agora a nossa alegria, àqueles a quem nos dedicamos devotamente até ao dia em que chutam um penalty contra o poste e o sonho de um povo se desmorone...

És amado enquanto dás algo em troca, é esse o nosso compromisso, amo-te enquanto me dás golos, vitórias, boas exibições... Amo-te enquanto fores uma peça útil na minha engrenagem e um veículo promotor de algumas alegrias na minha vida... 

Mas não é a ti que amam Ronaldo, é ao teu futebol, e quando não houver futebol meu caro, enterram-te como tantos foram enterrados antes de ti... Não leves a mal, é a lei da vida, não penses nunca que será o facto de saberes dar uns toques jeitosos na bola que fará com que o número de pessoas que te ama de verdade seja maior do que os sete ou oito que me amam de verdade a mim...

Eu sempre fui apologista da ideia de que quem está preparado para os aplausos tem de estar preparado para os assobios. São duas faces da mesma moeda. Mas na verdade sempre tive muita dificuldade em perceber os assobios, a gente que joga porque alguém os põe a jogar, a gente que dá sempre TUDO o que tem, a gente que é 100% comprometida com a causa, a gente absolutamente obcecada pela vitoria, gente que não tem medo de tentar uma, dez, cinquenta vezes se preciso, e que para além disso tem uma qualidade tremenda...

Espero que não te acusem também das expetativas tantas vezes irrealistas com que os portugueses encaram estas competições! Que não te acusem do que os jornalistas escrevem, da altura a que a fasquia é tantas vezes colocada, das vezes em que sentas em frente ao microfone e te perguntam: “Vamos ser Campeões Europeus ou Mundiais?” E tu pensas “Foda-se” mas dizes: “Vamos pensar jogo a jogo e tudo é possível.”, mas por dentro sabes que não estás bem e que sem ti o sonho é impossível! Pior, sabes de antemão que não vão conseguir e que é em ti que o país inteiro irá descarregar toda a frustração!

Eu olho para os últimos 10 anos e vejo uma seleção mediana, uma seleção a que só não chamo de fraca porque sempre lá teve um dos dois melhores jogadores do mundo... E ainda assim, uma seleção mediana que sempre sonhou alto e que nas últimas campanhas em europeus e mundiais sempre conseguiu campanhas bem satisfatórias, sempre a ser Ronaldo e mais dez…

Sim, o Ronaldo e mais dez, com o Ronaldo às vezes a 100%, noutras a 80%, noutras a 70% e outras a menos de 50% mas, sempre o Ronaldo e mais dez, o Ronaldo sempre presente mesmo quando fisicamente está longe do seu melhor!

Lembraram-se agora até, vê lá, depois de 10 anos a carregares uma Seleção mediana às costas e a mantê-la sempre no topo dos rankings, de recordar o Figo, esse sim um verdadeiro Senhor e que até tinha o dom de passar a bola ao João Pinto, ao Rui Costa, ao Paulo Sousa, ao Pauleta e ao Sérgio Conceição mas... essa gente esquece-se que há 10 anos atrás assobiava o Figo como hoje te assobia a ti... Lembras-te Figo, como foi quando regressaste do Mundial da Coreia?! Está-nos no sangue Ronaldo, nós Tugas adoramos um bom assobio e um bode expiatório, e está-nos no sangue escolher como alvo da nossa ira quase sempre os melhores! Considera isso um elogio Cristiano: É sempre aos melhores que a malta assobia!

Lembraram-se até, vê lá tu Ronaldo, de te acusar de teres tratamento especial na Seleção, que há gente que não está contente, que tu treinas menos do que os outros!

Vê lá tu Ronaldo, acusarem-te, A TI, de treinares menos do que os outros! Vê bem ao ponto a que chegámos! Tu, aquele que toda a gente reconhece como um dos maiores profissionais de todos os tempos, um daqueles que trabalha, se prepara e se cuida como ninguém... Um daqueles que apesar do estatuto que tem,  é o primeiro a chegar aos treinos e o último a sair... Realmente, há gente que quando é para “marrar” não olha a meios...

Não admitem sequer a hipótese de que se calhar quando não treinas é mesmo porque não podes, e que se calhar é a única forma de gerires o esforço e as lesões e chegares aos jogos apto a jogar a 60% do que vales, porque mal ou bem és a peça da cristaleira que não pode partir e da qual ninguém abdica! Tu fazes tudo para lá estar! Sempre! Há 12 anos seguidos!

O que vale é que eu sei que enquanto a malta marra, e tecla, e anda pelo Facebook a destilar verborreia e a ocupar o tempo a mais que tem na vida, tu estás a preparar-te para já amanhã responderes às criticas no lugar em que sempre o fizeste: no campo!

Como já aqui referi muitas vezes, só me interessa resultados e performance e estou-me absolutamente marimbando para a personalidade de pessoas que não conheço ou para o número de carros que têm... Mas acabo reescrevendo um parágrafo de um texto que li esta semana e no qual me revejo completamente:

Claramente que as pessoas têm uma noção de humildade retorcida. É como achar mais humilde aquele aluno que aquando da auto-avaliação diz que merece um "17" quando teve 20 em todos os testes, só para parecer bem, do que o aluno que diz confiante que merece "20". Esta é a noção triste de humildade que temos em Portugal. Para mim, humildade máxima é seres considerado o melhor do mundo, achares-te o melhor do mundo, e mesmo assim no dia a seguir seres o primeiro a chegar ao treino e tentares melhorar apesar de tudo e todos te considerarem o melhor do mundo. Isso é humildade. É ser-se o melhor, sabê-lo, e ainda assim tentar melhorar todos os dias.

recentes

ranking