O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 30 de setembro de 2015

A escumalha que se diz benfiquista.

Avatar
 ●  + 47 comentários  ● 

A escumalha dos petardos e das tochas mais uma vez mostrou a porcaria que é.

Escusa Luís Filipe Vieira de vir armar-se em santo quanto a eles, pois os privilégios de quem têm usufruído são concedidos pela direção do clube.

O problema não é de hoje, mas preferiram sempre olhar para o lado. Petardos ou tochas merecem carga policial.

Para puxar e torcer pelo Benfica não é preciso nada disso.

Escumalha que é preciso erradicar.

Luís Filipe Vieira que tome medidas em vez de proferir palavras sem consequências.

Emancipado

Avatar
 ●  + 58 comentários  ● 

Uma quarta-feira europeia...à Benfica!

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 

Hoje falei disto no post de lançamento do jogo. Uma quarta-feira europeia das antigas!

Capacidade de sofrimento, concentração e objetividade.

Parabéns rapazes!

Sport Lisboa e Benfica - Atlético Madrid

Avatar
 ●  + 6 comentários  ● 


As quartas-feiras europeias têm uma grande tradição no historial do Sport Lisboa e Benfica.
O jogo de hoje não foge à regra.

A minha expectativa é grande, até porque quero poder confirmar as aparentes melhorias nas exibições do Benfica. Boa exibição acompanhada de uma vitória, bem entendido.

Vamos encontrar uma equipa forte, treinada por alguém com provas dadas como jogador e treinador. Uma equipa que tanto em Espanha como na Europa tem marcado a sua posição.

Não espero alterações na equipa titular, embora tenha lido em vários sítios que se equacionava a troca de Mitroglou por Raúl.

Preocupa-me o problema ainda sem resolução que é a ausência de um número 8 de qualidade, mas pelo menos até Dezembro RV terá de inventar soluções.

O objectivo é ganhar. 3 pontos fundamentais para uma campanha positiva na Champions.
 

Football Leaks: Toda a Verdade sobre as negociatas do Sporting!

Avatar
 ●  + 60 comentários  ● 



Football Leaks: Toda a Verdade sobre as negociatas e propostas do Sporting!

ANTIGO LINK:

NOVO LINK:

Visite e leia os documentos oficiais, disponibilizados no site:

Ainda sobre Cervi... (29/09/2015)

Mitroglou (29/09/2015)

(Actualização)

O complexo negócio Doyen/Benfica por Ola John (01/10/2015)

O documento que Carrillo se recusou a assinar antes do Sporting-Nacional... (01/10/2015)

Doyen vs Sporting (CAS 2014/O/3781 & CAS 2014/O/3782) (01/10/2015)

Doyen/Vela: ‘Project Imbula’ (01/10/2015)

Caso Marco Silva / SCP (02/10/2015)

Defour & Mangala: FC Porto/Doyen (02/10/2015)

Apresentação dos resultados da Auditoria à gestão do grupo Sporting 1995-2013 (02/10/2015)

Clausula anti-rival na transferência de Bruma (02/10/2015)


Confirmam-se as "ligações" a capitais Angolanos que estão a financiar o Sporting.
Confirma-se o contrato milionário de Jorge Jesus.
Confirmam-se as propostas feitas a Danilo Pereira, Cervi e Mitroglou.


Os Poderes Fantásticos: da Amarelinha... e o da Competência!

Avatar
 ●  + 83 comentários  ● 

A Amarelinha:
Quem olha para a disponibilidade física dos jogadores do CRAC (Clube Regional Assumidamente Corrupto) no jogo com o SLBenfica e no jogo hoje com o Chelsea é impossível se esquecer das histórias públicas contadas por ex-jogadores a relatarem os comprimidos naturais que tomam lá naquele clube, produzidos por um tal administrador da SAD que faz vida precisamente do trabalho com componentes químicos que influenciam o metabolismo humano. O Doutor só tem que perceber o mecanismo de não ter que intervalar as doses para não acontecerem as quebras brutais depois das "doses de cavalo".



A Competência:
Por oposição, Marco Silva já não chegava dar cartas na Grécia, depois de ter oferecido um título ao Sporting, que "já não via o padeiro" há séculos,  agora o português brilha na Champions e hoje "arrumou" o Arsenal... em Inglaterra.
Não deixa de ser curioso que alguém que despediu um treinador destes para ir buscar um que nem na Champions entrou, venha apelidar os actos dos antecessores de "gestão danosa". O que será que se pode considerar do despedimento do Marco Silva?

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Rui Vitória: claro e conciso.

Avatar
 ●  + 28 comentários  ● 

Taraabt está sob alçada disciplinar.
Assunto clarificado e sem margem para especulações.
Fossem todos os assuntos tratados no Benfica com esta transparência.

Não deixo de estranhar é a aura que este jogador tem com alguns adeptos.
Nunca provou nada, nem aqui nem antes de vir, é um mau profissional mas leio muita gente a pôr paninhos quentes.

Se fosse um dos putos da formação, o que diriam...! Aliás, o que disseram no consulado do senhor anterior.

E os reparos de que ganha dois milhões... brutos!  Não é isso que é relevante? O que o Benfica gasta com um inútil?

Esta contratação tem que ser bem explicada.

Taarabt afastado devido a noitada?

Avatar
 ●  + 70 comentários  ● 

"Taarabt afastado devido a noitada

VIEIRA DECIDE FUTURO DO JOGADOR E SAÍDA DOS BICAMPEÕES NACIONAIS É CENÁRIO EM CIMA DA MESA."

Esta notícia é avançada pelo Record.
O que deve fazer o Benfica?

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Emissão Especial "O Dia Seguinte", a partir do Museu CR7.

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 
O programa vai ser hoje transmitido do Museu itinerante CR7, no Marquês de Pombal.

Depois da polémica da passada semana e dos resultados da última jornada, este especial anunciado pela SIC Notícias tem tudo para ser interessante.

Estou especialmente interessado em ver como Rui Gomes da Silva vai lidar com a questão da "bomba amarela" bem como se vai reconhecer que teve um momento menos feliz com o comentário que envolveu André Almeida e André André.

Também quero assistir à análise de Rogério Alves ao discurso de BdC e ver como Guilherme Aguiar vai justificar mais umas invenções do treinador basco.

Muito para ver logo!


É preciso apoiar Vieira. Já o fez?

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 

2 milhões?!

Avatar
 ●  + 68 comentários  ● 

domingo, 27 de setembro de 2015

BdC continua com a mira errada. Andam todos.

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 

Bruno de Carvalho comete o mesmo erro em que tantos sportinguistas têm caído desde a chegada de Pinto da Costa: achar que o Benfica é o seu inimigo.

Daí que o seu discurso na AG do Sporting revele um azedume enorme para com o nosso clube. É um erro do presidente do Sporting hostilizar o Benfica. É um erro hostilizar toda a gente.

Mas não é um exclusivo do presidente do Sporting ou dos sportinguistas. Aliás, parte do azedume de BdC para com o nosso clube nasce da postura do presidente do Benfica nos vários momentos mais recentes nos bastidores do nosso futebol.

E por isso, nascem também anti-sportinguistas entre os benfiquistas.

Entretanto, os verdadeiros inimigos da verdade desportiva passam descansados entre os tiros desta guerra. 
E porquê? Porque enquanto temos otários e lambe botas no Benfica e no Sporting, o FC Porto faz a corte a Pedro Proença que, com os árbitros na mão, está rapidamente a marcar o seu território para se tornar a breve prazo o líder do futebol português.

Os mesmos que esta semana se queixaram de Artur Soares Dias são os mesmos que não fizeram caso das decisões deste senhor no jogo do Dragão na semana passada.

Quem está a proteger este árbitro? Quem influenciou a sua escolha para 2 jogos importantes seguidos?
Perguntem ao Fontelas, o estafeta de Proença.

De Luis Filipe Vieira já não se pode esperar qualquer posição contra o FCP e Pinto da Costa. Será que não há ninguém no futebol português capaz de criar uma alternativa credível?

Leiam o que Ricardo Costa disse sobre a entrada de Fernando Gomes na Liga. Abram os olhos!

O Choradinho que já irrita...

Avatar
 ●  + 77 comentários  ● 

Já não há pachorra para os "Calimeros do Campo Grande"... não há jogo onde consigam perceber e admitir que todo o dinheiro que andaram a gastar em aumentos de salários, na contratação de staff e na contratação do mais bem pago treinador de sempre e um dos mais bem pagos do Mundo... isso não os faz jogar bem à bola.

Este ano talvez não tenhamos ainda visto um jogo que fosse do Sporting que se aproximasse sequer do que se pode chamar de "bom jogo". As vitórias são todas feitas "à mingua" e já devem ser a equipa que beneficia de mais penaltys na Liga.

O SLBenfica está atrás de Sporting e FCPorto, pois está, mas já passámos pela casa de um deles onde jogámos de cabeça levantada e sem os receios de outras visitas ao Dragão nos últimos anos. Perdemos uma Supertaça sem envergonhar ninguém, depois de vir uma "não pré temporada".

O crescimento qualitativo da equipa do Benfica é indiscutível e só mesmo o "haters" que implicam com o treinador e com os jovens conseguem continuar a escrever mentiras repetidamente iludindo-se para não terem que admitir que temos um treinador que pôs a equipa a jogar futebol de qualidade e sem tremer.

As duas derrotas para o campeonato, ao contrário dos deslizes dos nossos rivais, foram jogos que poderiam perfeitamente ter tido outro desfecho e nem era preciso termos alterado nada no nosso jogo, pois jogámos o suficiente para que tal fosse possível.

Pelo caminho Nelson Semedo já consolidou o seu lugar com várias exibições de nível, no mínimo, igual ao seu antecessor. Gonçalo Guedes está a vencer os principais desafios dos jogadores virtuosos e ontem, na primeira exibição ao nível do seu enorme potencial, ficou logo ligado aos três golos do Benfica... e só tem 18 anos. Rui Vitória diz que ainda há mais de onde vieram esses...

Escolham de que lado querem estar! Este ano o NGB vai ser implacável com os "haters" benfiquistas e com os "jihadistas sociais" sportinguistas. Os últimos, a seu tempo verão aqui no blog desmascaradas alguma acções concertadas ao nível da liderança da SAD do seu clube (a lista dos IPs e respectivas identificações continua a ser alimentada). Mas os primeiros, os "haters", não terão outro tratamento, todos aqueles que continuam a destratar o treinador e vários jogadores do SLBenfica verão também as suas posições aqui expostas no blog no final da temporada quando sairmos vencedores do título e quiserem vir celebrar com outros nicknames ou fazendo-se de esquecidos do que andaram a escrever ao longo do ano.

PS - como não gosto de deixar de fora os nossos odiosos portistas, ainda hoje se tiver tempo vou voltar ao motivo porque é relevante ter como Administrador de uma SAD alguém que faz vida da produção de comprimidos para alterar o metabolismo e funcionamento do organismo e da mente. Aliás, este é um tema falado em surdina em todo o mundo do futebol e pelos vistos só Rui Gomes da Silva não tem vergonha de o expor.

sábado, 26 de setembro de 2015

Que raio de jornada.

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 

O clube do melhor plantel não venceu.

O clube do melhor treinador não venceu.

Afinal quem tinha já começado a excluir o Benfica da decisão do campeonato como explica isto?

Não sai da frente, Guedes

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 
Aí está! Depois da estreia a marcar do Nelson Semedo - que continua a jogar que se farta - hoje foi o Gonçalo Guedes, aos 18 anos, a estrear-se a marcar na equipa principal. Parabéns miúdo... O melhor está para vir.

PS- algo me diz que o Jimenez ganhou hoje o lugar ao Mitroglou.

SL Benfica - Paços de Ferreira

Avatar
 ●  + 2 comentários  ● 

ONZE OFICIAL DO BENFICA: Júlio César; Nélson Semedo, Luisão, Jardel e Eliseu; Samaris, André Almeida, Gonçalo Guedes e Gaitán; Jonas e Mitroglou.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Quem é quem no Benfica?

Avatar
 ●  + 59 comentários  ● 

O que fazem no Benfica :

- Varandas Fernandes
- José Nuno Martins
- João Gabriel
- Ricardo Serrado

Algumas pistas:
Um era tão opositor que assim que lhe ofereceram lugar no clube mudou logo de ideias.

Outro tem um tacho como director que lhe permite não colocar os pés durante meses no local que supostamente dirige, mesmo visitando todas as semanas o mesmo piso para ir à BTV.

Um terceiro é um inútil que troçava de quem gosta de futebol e agora até assento nas reuniões da SAD tem.

O último é um sportinguista contratado pelo presidente para escrever a história do clube para o Museu e que queria mudar a data de fundação do Benfica para 1908. Assim como inventou o nome de Júlio para Cosme Damião.

Assim vai o nosso(?) Sport Lisboa e Benfica.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

A apologia da violência e o comentário de Rui Gomes da Silva.

Avatar
 ●  + 97 comentários  ● 


Deu alguma polémica o comentário de Rui Gomes da Silva no programa desportivo mais visto da tv portuguesa, "O Dia Seguinte".

Não há que mascarar a situação. Foi um comentário infeliz e nada adequado a alguém como Rui Gomes da Silva.
No entanto, está muito longe de ser uma apologia da violência ou incentivo a qualquer coisa desse género. Foi um comentário brejeiro, típico das conversas de café. 

Decerto que no próximo programa Rui Gomes da Silva não deixará de se manifestar contra a violência e reconhecer que podia ter evitado este comentário. RGS não pode cair neste tipo de palavreado que em nada o favorece.

Mas quando leio que o Borda D'Água Azul vem atacar o vice-presidente do Benfica por este comentário infeliz, não deixo de me lembrar que estamos em Portugal.

Só assim se justifica que um canal de comunicação de um clube cujo presidente chega escoltado pela escumalha acima identificada possa recriminar seja quem for por incentivo à violência. Certamente que Bruno Pidá está a cumprir uma pena de 23 anos de prisão por ter roubado um chocolate no supermercado.

Certamente que o clube que distribuiu bolas de golfe (conhecidas por serem fofinhas) à entrada do seu estádio certamente não tinha em mente nada que pudesse colocar em causa a integridade física dos adeptos adversários ou dos jogadores em campo.

Concerteza que o clube que empregava o famoso "guarda Abel" tinha tudo em mente menos violência.

A estratégia de comunicação do Borda D'Água Azul pode ser eficaz com alguns cérebros menos favorecidos como aqueles na fotografia acima.

No mundo real, dão pena pois são o espelho de um certo país provinciano, atrasado, em que os Ruis Cerqueiras da vida acham que são uns chico-espertos do melhor que há só porque têm mais um neurónio que o seu público alvo. 

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Qualquer semelhança é pura coincidência!

Avatar
 ●  + 65 comentários  ● 
NOTA MUITO IMPORTANTE: Antes que surjam comentários estúpidos, quero sublinhar que o post é apenas acerca de COMUNICAÇÃO. Foi apenas o facto da propaganda nazi ter tido o impacto que teve na História que me baseei nesse facto histórico. NUNCA foi, é ou será minha intenção comparar ou insinuar qualquer outra semelhança nas práticas da Alemanha nazi e do fcp. NUNCA. Que fique bem claro.

Outra NOTA: Não traduzi de PT-BR para PT-PT.

In wikipedia (adaptado ao futebol português):

Os nazistas portistas acreditavam na propaganda como uma ferramenta vital para o atingimento de seus objetivos. Adolf Hitler, o Führer da Alemanha Pinto da Costa, ficou impressionado com o poder da propaganda Aliada durante a Primeira Guerra Mundial e acreditava ter ela sido a causa principal do colapso moral e das revoltas na frente alemã e na Marinha em 1918. Hitler Pinto da Costa se encontrava diariamente com Goebbels Antero Henrique para discutir as notícias e obter as suas opiniões de Hitler sobre os assuntos; Goebbels Pinto da Costa então reunia com os executivos do ministério seus súbditos e passava a linha oficial do Partido sobre os eventos mundiais nacionais do mundo do futebol. Radialistas e jornalistas precisavam de aprovação prévia antes de seus trabalhos serem divulgados. Mais, Adolf Hitler Pinto da Costa e alguns outros alto-oficiais portistas nazistas como Reinhard Heydrich não tinham dilemas morais em espalhar propaganda que eles mesmos sabiam ser falsa e deliberadamente difundiam informações falsas como parte da doutrina conhecida como a Grande Mentira Ódio ao Sul.

A propaganda nazista pré-Segunda Guerra Mundial visava atingir várias audiências distintas:
Nortenhos Alemães, que eram lembrados constantemente do esforço do Partido Nazista e da Alemanha Nazi contra inimigos (especialmente os benfiquistas judeus) externos e internos do Sul;

(…)

A todos os públicos eram lembradas as conquistas e a grandeza regional do futebol clube do porto cultural, científica e militar da Alemanha.

Até o final da década de 90 Batalha de Estalinegrado, em 4 de fevereiro de 1943, a propaganda alemã portista enfatizava o progresso do clube das tropas alemãs e a humanidade dos soldados alemães para com os povos dos territórios ocupados. Em comparação, os clubes do sul de Portugal os ingleses e aliados eram descritos como os causadores de todos os problemas do desporto português assassinos covardes, e os estadunidenses os benfiquistas em particular como sendo bandidos como Al Capone. Ao mesmo tempo, a propaganda alemã procurou afastar os estadunidenses benfiquistas e sportinguistas os ingleses uns dos outros, e ambos dos soviéticos restantes clubes.

Depois da década de 90 de Estalinegrado, o tema principal da propaganda mudou para afirmar a Alemanha o futebol clube do porto como o maior clube português a única defensora da Cultura ocidental Europeia contra as "hordas do sul bolchevistas". Enfatizou-se a criação das milícias próprias "armas de vingança" V-1 e V-2 para convencer os vários intervenientes no futebol português bretões da inutilidade em tentar vencer o futebol clube do porto a Alemanha.

(…)

Há várias técnicas que são utilizadas para criar mensagens que sejam persuasivas, sejam verdadeiras ou falsas. Muitas dessas técnicas podem ser baseadas em falácias, já que os publicitários usam argumentos que, embora às vezes convincentes, não são necessariamente válidos. A última técnica a ser criada foi uma newsletter chamada Dragões Diário.

A "ambição", segundo alguns.

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Pegando num comentário no post anterior, aqui vai a definição de ambição que alguns defendem ser a ideal:

"De facto, os nossos vizinhos do lado, estão fora da LC, perdem em casa na LE e têm o treinador a aceitar isso olimpicamente, o melhor jogador está em lítigio, mas está tudo na paz do Senhor."

Já na temporada passada passada, em Dezembro, já estava fora das competições europeias e da taça de Portugal.

Este ano tem ganho com as dificuldades e benesses que se conhecem. E com um plantel equilibrado, estruturado e com muitos jogadores de qualidade.

É esta a ambição por que choram?

Comprem uma gamebox e vão para Alvalade, sff. Têm sorte de que nenhum outro clube lhe quis pegar e por isso ficou por perto. Deve ser porque todos lá fora o acham o melhor.

E deixem o treinador do Benfica que agora chegou provar, ou não, o seu valor.
RV não está no Benfica há 6,5,4,3,2 ou sequer 1 ano.

Comparar o que ainda não fez em nem 3 meses com alguém que perdeu 3 campeonatos seguidos e manteve o lugar de treinador é falta de coerência. Comparar com alguém que esteve 6 anos sempre com grande investimento e excelentes jogadores ao dispor com a situação atual é falta de honestidade.

Enquanto quiserem invocar o outro senhor para fazerem o jogo de quem está a tentar desde já queimar o RV estão tramados. A memória por aqui não será selectiva.

Defender Rui Vitória!

Avatar
 ●  + 66 comentários  ● 

Tem sido, no mínimo curioso, verificar nos últimos dias ao ponto que chega o esforço em ir colocando em Rui Vitória o peso de todas as más decisões da temporada, e em sentido inverso, a ausência de referências a Luis Filipe Vieira no que toca a esse processo de decisão.

A preocupação em continuar a desgastar a imagem de Rui Vitória é constante. Por exemplo, comentadores profissionais procuram agora passar a mensagem de que faltou ambição a Rui Vitória no Dragão.
Eu gostava que me lembrassem qual foi a última vez para o campeonato em que o Benfica jogou olhos nos olhos com o FC Porto no Dragão. Aliás, o 5-0 no Dragão deve ter sido também culpa do Rui Vitória ou então do Quique Flores. Ah, pois é! O espanhol que é tão citado como mau exemplo só não venceu no Dragão e saiu de lá líder do campeonato porque Pedro Proença inventou aquele penalty!

Onde estava a ambição quando na temporada passada o Benfica poderia ter sentenciado o campeonato na Luz com o FCP mas resolve jogar à Felgueiras e faz um único remate à baliza na primeira parte?

Já agora, expliquem-me onde andava a ambição quando se sacrificam competições como a Champions para poder jogar no campeonato dos mais fraquinhos só para poder dizer que somos "muita fortes".

A diferença no domingo esteve na diferença de qualidade do plantel. Quando foi preciso matar o jogo, Rui Vitória não teve as mesmas armas para mexer na equipa. Os tais 2 ou 3 jogadores que Luis Filipe Vieira "gostava" de ter dado a RV mas não deu fizeram muita falta nessa altura.

O resultado é mau. Perder com um adversário directo é sempre péssimo. 
Não vi Rui Vitória reclamar qualquer vitória moral, nem espero que alguma vez o venha fazer. O seu discurso tem melhorado e estou certo de que RV continuará a encontrar formas de passar a sua mensagem com menos palavras e sendo mais incisivo.

Quando no princípio da temporada critiquei no NGB a digressão pelas Américas e destaquei como isso retirou 15 dias essenciais de pré-temporada ao plantel, muitos consideraram que lá estava o "ordinário do Shadows" a atacar as decisões de Luis Filipe Vieira.

Hoje, afinal, já é unânime que jogar às 4h da manhã de Lisboa e percorrer milhares de kms num curto período de tempo foi prejudicial ao Benfica e ao trabalho de Rui Vitória. Que enquanto o Sporting preparava calmamente o jogo da Supertaça em Lisboa, nessa mesma semana o Benfica estava a jogar de madrugada a Eusébio Cup no México e isso fez toda a diferença.

A partir da segunda temporada do antigo treinador do Benfica, aquela em que ficamos a 21 pontos do FCP do rookie Vilas Boas, e fruto das suas opções erradas, passei a ser um crítico de Jorge Jesus.

Quando o Benfica era eliminado por um Braga ou levava baile táctico de um Vítor Pereira, quando o Benfica entregou de mão beijada 2 campeonatos seguidos ao FCP e consegue deixar que o clube do Pinto da Costa fizesse mais um tricampeonato, não li dos mesmos que hoje atacam RV o mesmo rigor quanto a JJ.

A grande maioria das minhas críticas, que foram tão atacadas durante os anos seguintes, são hoje verdades que interessa publicitar só porque Jorge Jesus foi treinar um rival. Pois JJ é o mesmo. Assim como Maxi é o mesmo, já agora.

Os mesmos que apelidavam de mau benfiquista quem se opunha à continuidade de JJ após anos de Benfica, são os mesmos que hoje não dão sequer margem a um treinador jovem, acabado de chegar. Afinal quem são os maus benfiquistas? 

Rui Vitória pode nunca vir a ser um Mourinho ou um Guardiola. Espero que sim mas não sou adivinho. Até porque estou à vontade com o nome de Rui Vitória. Relativamente a treinadores portugueses, defendi desde 2013 o nome de Marco Silva para treinar o Glorioso.

Mas Rui Vitória tem demonstrado que aprende com os seus erros muito rapidamente. O arranque de campeonato não foi o melhor, mas desde quando é que o foi nos últimos anos? 

Com tempo, como qualquer outro treinador de futebol precisará, RV terá as oportunidades necessárias para comprovar o seu valor, limitado aos jogadores que tem.

Mas está longe da responsabilidade de Luis Filipe Vieira. 

Não chega plantar notícias nos jornais a dizer que LFV estava na conferência de imprensa. O presidente do Benfica, responsável máximo do futebol, tem evitado aparecer na mesma imagem que Rui Vitória. Nem sequer acompanhar a equipa na pré-temporada o fez. Nem à Eusébio Cup se dignou a ir, preferindo viajar para assistir ao casamento de Jorge Mendes.

Luis Filipe Vieira e os seus conselheiros da tanga enganam-se se acham que fazer a cama a Rui Vitória é não fazer a sua própria cama.

Nota: Maxi Pereira foi igual a si próprio. Não percebo a celeuma pelas suas acções durante o jogo. Só veio comprovar o que defendo desde sempre: não há jogadores ou dirigentes que mereçam mais consideração ou respeito que a verdadeira essência do clube. Os sócios e os adeptos é que são os verdadeiros benfiquistas. Tudo o resto, com raras excepções, são tretas.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Uma mentira contada muitas vezes...

Avatar
 ●  + 53 comentários  ● 


Tudo dito pelo José Marinho... 
Criou-se um mito em torno da potencialização de jogadores que tem sido repetido muitas vezes para ver se é possível transformá-lo numa verdade para tentar fazer de um treinador algo que ele não é...

... depois aqueles que transformam verdadeiros desconhecidos em jogadores que mostram serviço em palcos de extrema relevância, passa-se ao lado.


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A questão Jonas.

Avatar
 ●  + 65 comentários  ● 


Entre as várias discussões sobre como deve Rui Vitória armar a equipa com o plantel que tem, uma das principais passa pelo esquema táctico e pela questão de jogar ou não com Jonas.
Ainda no post anterior penso que alguém comentou isso mesmo.

O jogador brasileiro tem sido fundamental em alguns jogos mas fora deste esquema táctico rende muito pouco.

O que pergunto é:
Deve o treinador abdicar do brasileiro para adequar o esquema ao plantel e a uma maior eficiência em campo ou se será “um crime” fazer qualquer alteração que reduza o rendimento de Jonas ou o retire algumas vezes do 11 inicial?

A decisão não é fácil, seja qual for.
 

Será que não fez falta ontem??

Avatar
 ●  + 26 comentários  ● 

Mesmo que adaptado... Outros também mudaram de posição no passado.

Obviamente que não seria ontem que deveria ser testado numa posição nova, mas não seria de experimentar este rapaz como alternativa a Pizzi e Talisca? Foi caro, tem qualidade e é nosso. Não se perdia nada hein Rui Vitória?

PS: Ou será que este é outro sem cabecinha no lugar?! Hum...

O que fica do FC Porto - SL Benfica :

Avatar
 ●  + 35 comentários  ● 


- Um Benfica organizado e enfocado, desiludindo os que já ansiavam por um enxovalho no Dragão

- Um FC Porto algo receoso, em especial na primeira parte, provavelmente com origem no seu treinador pois foi-lhe lembrado várias vezes que ainda não tinha vencido o Benfica

- Um árbitro que teve medo de agir nos momentos certos, perdoando cartões vermelhos a 2 jogadores do FCP e a um do SLB. No lance de Maicon, e por mais desculpas que Jorge Coroado invente, aquela entrada tem que ser sancionada com vermelho. Por muito menos, João Mário foi expulso e castigado com 3 jogos de suspensão

Analisando os treinadores, Rui Vitória esteve bem na abordagem ao jogo conseguindo ser a equipa mais perigosa na primeira parte e com mais oportunidades de golo. Faltou um pouco de objectividade no pontapé final. A primeira metade foi claramente bem conseguida.

Já na segunda parte, a equipa piorou em todos os aspectos. Isso por culpa das correcções efectuadas pelo FCP quanto ao posicionamento de alguns jogadores e à falta de banco para refrescar a equipa mantendo qualidade.

Este foi um ponto chave do jogo. A diferença de qualidade nas opções. Podem dizer que o resultado não espelhou nada disso, mas é indesmentível de que Lopetegui tinha mais qualidade na escolha.
Daí que quando foi preciso refrescar peças, RV teve que ir aos inevitáveis e inúteis Talisca e Pizzi. A equipa perdeu com a sua entrada.

Outro ponto fundamental é o problema da zona central da defesa. No golo do FCP, falha Luisão e falhaJardel(onde andava?!) deixando Eliseu sozinho e desiquilibrado para fazer face ao jogador do FCP.

Curiosamente, também para pena de alguns, o puto Semedo esteve impecável. Sem medo de defender e atacar, recuperando muitas bolas e resolvendo muitas jogadas.

Também o ataque fez uma boa prestação, mas comJonas mais apagado e um Mitroglou sempre a postos para receber os centros de Gaitan e Gonçalo Guedes.

Eliseu fez um jogo mediano, não fugindo no entanto das suas falhas normais como aquela no final da primeira parte que não deu golo porque não calhou.

Eu diria que faltou qualidade na construção de jogo do Benfica( falta obviamente um 8) e faltou banco para dar um “boost” no último quarto de hora.

Quanto ao treinador do FCP, e como já disse, demasiado receoso do Benfica o que lhe poderia ter custado mais caro na primeira parte. Esteve melhor na segunda parte, quer na reorganização da equipa, quer nas substituições, podem recolher para si o mérito da vitória.

O que fica deste jogo?
Bem, o Benfica continua a melhorar as suas exibições com Rui Vitória. Decerto que este Benfica de hoje não teria perdido com o Sporting.
E o que poderia ter acontecido se a promessa de dar as mesmas condições a Rui Vitória tivesse sido cumprida!

Sim, aquele que ignorou os sócios na última AG e que dormitava na bancada do Dragão, provavelmente mais preocupado com as visitas ao Ministério do Ambiente juntamente com o presidente da CM Seixal. A construção civil é que dá campeonatos, pelo visto.

Acho que teremos um Benfica a discutir o campeonato, mas insuficiente, pelo menos até janeiro, para responder na Europa ao mais alto nível.

Quanto ao FCP, tem bons jogadores mas falta-lhe o que o basco não lhes consegue dar: um colectivo constante.

 

Estes discursos sobre o "futuro" a que já não estava habituado

Avatar
 ●  + 38 comentários  ● 
Nahh, ao contrário de algumas opiniões que ouvi no dia de ontem, não penso que o Benfica tenha feito um grande jogo no Dragão. Também não fez um mau jogo, entenda-se, mas aquilo que para mim acabou por ser a grande surpresa no jogo de ontem, acaba por ser a constatação que este FCP está muito longe de ser uma grande equipa de futebol e o anunciado campeão antecipado 2015/2016.

Não. No grande jogo da época para o FCP, principalmente num ano em que tem forçosamente de ganhar e assumir a sua superioridade desde o início, este FCP foi em grandes partes do jogo uma equipa sem entrosamento, sem raça e sem grandes soluções.

Mérito do Benfica? Sem dúvidas. A entrada de André Almeida deu consistência defensiva e durante a maior parte do tempo o Benfica simplesmente não deixou o FCP jogar...

Mas...

Ofensivamente o Benfica não foi forte e durante os 90 minutos não me lembro de uma jogada do Benfica no meio campo adversário com controle de bola e a empurrar o adversário para trás. O Benfica cria perigo através de dois lances de bola parada (onde Mitroglou representa um perigo extra), e num cruzamento de Gonçalo Guedes para o mesmo Mitroglou.

E foi isso.

Foi como já sabíamos e todos já percebemos, um Benfica dependente de Gaitan e Jonas, e quando não há um grande Gaitan ou Jonas também deixa de haver Mitroglou, e num ápice, ofensivamente são três jogadores e menos.

Como escrevi no meu último post, o grande problema deste Benfica está no miolo, e em abono da verdade, o jogo de ontem foi a prova provada que ofensivamente este Benfica é colocar a bola no Gaitan e esperar que este consiga combinar com Jonas ou Mitroglou para causar superioridade sem qualquer apoio do meio campo.

Porque o miolo do Benfica de facto, não é meio campo para jogar em 80 metros do terreno de jogo. Samaris é um jogador bonzinho, que não compromete mas também não faz a diferença, e André Almeida é jogador para destruir mas sem capacidade para fazer esticar o jogo à frente. De Pizzi e Talisca também já todos percebemos que não podemos esperar grandes brilhantismos ou regularidade.

E por isso também, no aspeto defensivo houve meio campo encarnado e que soube cumprir quase sempre, mas quando a bola chega aos nossos pés, ontem mais uma vez se comprovou que faltam jogadores de qualidade e que a falta de soluções é gritante.

Onde entra Rui Vitória no meio disto tudo? Honestamente, não sou capaz de dizer que perdemos por causa dele. Montou mal a equipa? Acho que não. Foi corajoso ao apostar nos jovens? Acho que sim. O Benfica perde por causa dele? Não creio. Acho que Rui Vitória foi vítima, como qualquer outro seria neste momento, da falta evidente de jogadores de qualidade em algumas posições do terreno, especialmente no miolo e na ala direita.

Poderia dizer, como já disse em outros momento, que acho que um outro sistema de jogo poderia beneficiar alguns elementos do plantel e subitamente podíamos ganhar o meio campo que neste momento não temos, mas isto sou eu que não percebo nada da coisa e é uma opinião evidentemente muitíssimo subjetiva e quiça completamente errada. Não quero por isso entrar por aí.

Mais uma vez, aquilo que acabo por não gostar em Rui Vitória é do discurso no fim do jogo. É fraco, muito fraco, e não adequado a um clube como o Benfica. A não ser que se assuma que este ano o Benfica corre por fora e que estamos a trabalhar para as vitórias futuras e não presentes. Assim entenderia este discurso tão conformado, e o futuro e coiso e tal, e esta falta de exigência a que já não estava habituado.

E por isso também não me revejo por exemplo (embora entenda o seu ponto de vista) na ideia do meu colega de blogue BenficaByGB, que consegue ficar feliz com a saída de Maxi e Jorge Jesus só para poder ver este Nélson Sem Medo.

Acho que é um ponto de partida completamente errado e reflexo dessa tal falta de exigência leonina que espero não ver passar a ser a norma no meu clube.

É verdade que Nélson Semedo faz um bom jogo e que Gonçalo Guedes não tremeu, embora também não tenha desequilibrado ofensivamente ou sido capaz de levar o jogo para a frente como era a sua função.

Mas eu recuso-me a entrar neste discurso de que estamos a trabalhar para o futuro e blá, blá, blá, e que a trabalhar assim o futuro está garantido. Não não está.

O futuro estaria garantido se estes jogadores que hoje se lançam sem compreensivelmente serem capazes de fazer ainda a diferença num grande clube como o Benfica estivessem a salvo de uma venda no próximo Verão assim se revelem os jogadores que todos esperamos que venham a ser.

Mas como não consigo distinguir neste momento um Gonçalo Guedes de um Markovic, e que tal como Markovic foi vendido também Gonçalo Guedes será assim o seu valor justifique, não consigo como já disse milhentas vezes, ver nesta nova política de formação e nestes elementos, apostas em que comprometendo o presente se garanta só por si o futuro. 

Não, eu quero é ganhar já hoje, e amanhã logo se vê. Será este Benfica capaz de ganhar já hoje? Esperemos que sim, é cedo para conclusões definitivas mas, para já, os resultados não são muito animadores e temos de aceitar como natural que em muitos momentos estes jovens que hoje se lançam não serão capazes de fazer a diferença.

E diga-se em abono da verdade: O Benfica sobreviveria à derrota no Dragão com outra alma não tivesse havido uma derrota em Arouca para juntar à festa. O problema acaba por ser Arouca, e convenhamos, que para uma equipa que se diz em crescimento, ver-se com 4 pontos de atraso à quinta jornada e já sem qualquer margem para erros, em nada abona à sua já difícil causa.


domingo, 20 de setembro de 2015

Benfica à Nelson Sem-medo

Avatar
 ●  + 70 comentários  ● 
Gostei de ver o Maxi no FCPorto ou o Jesus no Sporting para poder ver o Nelson Semedo no SLBenfica... e ainda está tão no início. Este rapazinho vai ser um caso sério do futebol português. Até estoirar fisicamente (o jogo do FCPorto foi 85% por ali) o Nelson fez um jogo fantástico, em vários momentos "secando" jogadores como o "fraquinho" Brahimi, entre outros.

De resto, não me vou alongar em demasia sobre o jogo. Não acredito em vitórias morais, mas ao intervalo estava feliz com o meu Clube. Não estava a pensar no resultado e dizia a quem estava a ver o jogo comigo: Acabe como acabar, temos treinador, temos trabalho, não temos a melhor equipa, mas temos uma Equipa e isso vai fazer-nos vencer em Maio.

Se há muita gente perspicaz a saber ver "o dedo de Jesus", espero que sejam honestos a ver não só o "dedo" de Rui Vitória, mas sim a mão, a personalidade... e o cérebro de Rui Vitória.

TEMOS BENFICA! Isto ainda agora começou...

PS- Se tivesse havido coragem para "distribuir cartões" ao FCPorto como foi feito ao SLBenfica... o resultado teria sido outro. Mais do mesmo... quem "devolveu o poder" ao FCPorto que se sinta responsável por isto.

FC Porto 1, SL Benfica 0.

Avatar
 ●  + 104 comentários  ● 

Que leitura faz do jogo?

Performance da equipa?
Performance do treinador?

Destaques?

Pode ser já hoje anunciado...

Avatar
 ●  + 68 comentários  ● 

Um momento de azia generalizada entre os treinadores de bancada especialistas e grande paixão pelo passado. Se, como desejo e acredito mesmo, Rui Vitória fizer o SLBenfica vencer no Dragão, perante um adversário com um plantel mais forte (segundo aqui tem sido várisas vezes escrito por muitos bloggers e comentadores), eu antecipo que é anunciado já hoje um operação humanitária para tratar da monstruosa azia com que vão ficar.

CARREGA BENFICA!

sábado, 19 de setembro de 2015

O Novo Caixa Futebol Campus...

Avatar
 ●  + 20 comentários  ● 

Está a ficar menos poluído o ambiente no Caixa Futebol Campus...

Em Fevereiro deste ano, na sequência de uma "perseguição" do Correio da Manhã ao Director do SLBenfica, eu escrevia isto: O líder da formação do SLBenfica volta à berlinda no CM pela terceira vez. Já foi o alegado "negócio" que fez para colocar um familiar a jogar em Inglaterra ao abrigo de um protocolo do Benfica; já foram as insinuações de pressões sobre jogadores para serem agenciados por um agente com ligações a ele e sobre os treinadores para só jogarem esses... Nas redes sociais falou-se em "castigos" a jogadores como o Rochinha por alegadamente não ter alinhado em ir para o Orlando City...

Em Março, perante a continuidade das situações reportadas pelos jornais, eu voltava ao tema, reclamando da "protecção" que o DDT do SLBenfica assegurava ao seu "protegido".

Parece-me demasiada coincidência que nada tenha sido feito perante notícias tão graves. Não houve desmentidos, não houve defesa do dirigente, nada... Pelo contrário, via-se uma crescente ascendência do Nuno Gomes publicamente. Era demasiado óbvio que algo estava para mudar.

Porém, e é aqui que eu tiro o chapéu à estrutura do SLBenfica, o clube poupou-se à chacota que arrastaria o clube para uma situação que a imprensa jamais esqueceria ao despedir o dirigente e, pelo contrário, alguém terá tratado de o posicionar lá fora ou recomendar-lhe que o fizesse por ele próprio, saindo "pela esquerda baixa" e dando lugar a uma visão muito explorada nas melhores escolas de formação do Mundo: A liderança por antigos jogadores, identificados com o clube, com uma forte imagem e um papel na história do clube. Nuno Gomes é claramente um deles.

Não vou voltar ao tema do Armando Jorge Carneiro porque na verdade não interessa recuperar aqui as acusações. Nem mesmo o facto de eu referir que o Caixa Futebol Campus vai ficar menos poluído é, de forma alguma, uma desconsideração para com este profissional. Simplesmente o facto de ele sair vai afastar estas nuvens e é feito de uma forma que merece o elogio da Direcção. Se a publicação das notícias teve "dedo interno" então esse requinte de malvadez é impossível passar sem merecer uma salva de palmas.

Mais uma vez é importante que os benfiquistas percebam que estamos perante "uma máquina" que está funcionar perfeitamente (claro que tem espaço de melhoria, há sempre) e que virá agora beneficiar de tudo o que atrás referi, irá ter uma pessoa com ideias novas e com formação em gestão desportiva.

Antes de terminar, aproveitando o seu recente aniversário, gostava de voltar mais uma vez a sugerir um nome que o SLBenfica anda a desaproveitar há muito tempo e que tem em si um enorme benfiquismo, respira a mística do clube e tem uma imagem física e mental de grande dimensão que deveria ser transmitida diariamente ao nossos jogadores de qualquer idade, mas especialmente aos mais jovens: Carlos Mozer.

Quem ficaria a perder?

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 

Não sei se o rapaz vem ou pode vir para o Benfica, nem me interessa, até porque neste momento não teria lugar na equipa. Mas é um pensamento interessante, especialmente para todos os que apelidam o "regaste de Jesus" como uma jogada de mestre.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Caixa Futebol Campus: 10 Épocas e 95 Jogadores promovidos a nível Mundial

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 
9 Anos após a inauguração do Caixa Futebol Campus, e no início da sua 10ª Época, o Benfica já promoveu 95 jogadores que estão a jogar em clubes de 1ª Divisão, a nível nacional e a nível internacional.

Algumas conclusões interessantes:
- Por Ano são promovidos cerca de 10 jogadores que passaram pela formação/equipa B, e que têm como destino Clubes de "1ª Divisão" do Campeonato Nacional ou de Campeonatos Internacionais, ou seja, até 2020 é expectável que sejam promovidos mais 50 jogadores!
- Dos jogadores já promovidos, 49 Jogadores estão a actuar em Clubes Internacionais (de 1ª Divisão) e 46 Jogadores estão a actuar em Clubes Nacionais (de 1ª Divisão).
- A qualidade dos jogadores promovidos pelo Caixa Futebol Campus está a melhor imenso, com destaque para Bernardo Silva (15,75M€), André Gomes (15M€ + 25% Mais Valia), Ivan Cavaleiro (15M€), João Cancelo (15M€), Jan Oblak (16M€), Derlis Gonzalez (10M€, Basileia-Din. Moscovo) e Rony/Marcos Lopes (10M€ Man. City-Monaco) ... 7 jogadores que movimentaram cerca de 100M€ em transferências, nas 2 últimas épocas.
- No Plantel Principal do Benfica já existem 8 jogadores promovidos pelo Caixa Futebol Campus (Ederson BRA s23, Nélson Semedo, Lindelof SUE s21, André Almeida A, João Teixeira s21, Gonçalo Guedes s20, Nuno Santos s20 e Victor Andrade BRA s20).
- Se juntarmos Paulo Lopes e Silvio  (anteriores ao Caixa Futebol Campus), aos 8 jogadores promovidos recentemente, o Benfica tem neste momento 10 jogadores no Plantel Principal que foram promovidos pela formação/equipa B.

Vida difícil para a lavagem.

Avatar
 ●  + 15 comentários  ● 

"O Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas não deu razão à Doyen Sports numa queixa apresentada pela empresa contra a FIFA, a UEFA e a federação belga pelo fim da partilha de passes com terceiros, vulgarmente designada por fundos.

De acordo com a informação veiculada pela imprensa belga, a Doyen Sports perdeu o caso na Bélgica porque o juiz do Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas considerou que, "não foi provada violação das leis da União Europeia".

Recorde-se que a queixa apresentada pela Doyen Sports, empresa liderada pelo português Nélio Lucas, e peloSeraing United, clube da 2.ª divisão belga, tinha como propósito demonstrar que havia uma violação das leis da União Europeia ao proibir-se a partilha de passes com terceiros.

A decisão do Tribunal de Primeira Instância de Bruxelas poderá agora influenciar e prejudicar os processos semelhantes movidos pelas ligas portuguesa e espanhola na Comissão Europeia." Sapo, a 25/07/2015.
--------------------------------------
"O FC Seraing, clube belga que suportou aqueixa da Doyen no Tribunal de Bruxelas - contestando a proibição de detenção de passe de um jogador por parte de terceiros -, foi punido pela FIFA por violação das regras determinadas pelo organismo que o futebol mundial. 

«Por infração das normas que regulam tanto a propriedade dos direitos económicos de futebolistas por parte de terceiro como a influência de terceiros nos clubes», a FIFA castigou o FC Seraing com uma multa de cerca de 136 mil euros e o impedimento de realizar transferências durante quatro períodos de transferências, ou seja, dois anos. 

A Comissão Disciplinar da FIFA toma assim uma decisão que pode ser encarada como uma posição de força perante o protesto do fundo Doyen Sports, alicerçado neste clube da segunda divisão da Bélgica." - Maisfutebol.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O cérebro...

Avatar
 ●  + 54 comentários  ● 

Há gajos muito ingratos.

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Soube cravar o almoço no Ritz e afinal não renova?

Uma pergunta:

Avatar
 ●  + 11 comentários  ● 

Já prenderam o assaltante da FPF?  O tal que deixou sangue por todo o lado e de que há imagens claras?

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Uma questão de confiança

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 
Ainda faltam uns quantos dias até aquele que considero ser o jogo mais difícil a nível doméstico nesta época, mas o "cheiro" já está no ar. Considero este jogo como o de maior grau de dificuldade por vários motivos: a rivalidade (doentia da parte deles), a história (cuja malapata quase desapareceu nos tempos de JJ), o timing, a inexperiência do nosso treinador e pelas lacunas do nosso plantel (mais de entrosamento do que de qualidade, do meu ponto de vista).

Mas ainda assim, nenhum destes fatores me desanima. Não me assusta a agressividade e o ódio deles. Continuamos a ser, de longe, historicamente melhores que eles. O timing poderia ser melhor, numa altura em que estivéssemos com os processos mais consolidados, por exemplo. O nosso treinador é inexperiente, mas confio plenamente nas suas qualidades ao ponto de ser o treinador que gostaria que substituísse o JJ (como escrevi aqui no blogue em 2013). E, ao contrário do que muitos defendem, para mim a suposta falta de qualidade/valor do nosso plantel é... um mito.

Só há de facto uma coisa que me deixa alerta. E muito. O que vem faltando desde a chegada de Rui Vitória (volto a dizer, a minha primeira escolha para substituir JJ): CONFIANÇA.

Rui Vitória entrou no cargo nervoso e tímido. Isso nota-se nas suas intervenções na imprensa. Essa timidez e nervoso miúdinho parece ser o que transparece na qualidade de jogo do Benfica, que por sua vez se reflete... nos adeptos. Ainda neste último jogo notei isso mesmo: um jogo tímido em que os adeptos demoraram a apoiar a equipa (puxando por ela a espaços) e acabando numa conferência de imprensa assim, uma coisa sem sal.

Falta agressividade. Falta atitude, mas acima de tudo falta CONFIANÇA!

Rui Vitória tem um papel importante a desempenhar aqui e poderá ser aqui a sua falha, mas eu acredito nele. Se ele conseguir transmitir confiança aos jogadores, teremos boas hipóteses de sair do Estádio do Ladrão com um resultado positivo. Mas mesmo que não o consigamos, não se iludam: os adeptos também têm um papel a desempenhar. A falta de CONFIANÇA dos adeptos também afeta a equipa e sem o apoio destes, bem que Rui Vitória se pode esforçar...

Aviso.

Avatar
 ●  + 76 comentários  ● 

Todos os blogues/sites que promoverem o acesso não legal à BTV serão excluídos da nossa lista de blogues.

Pizzi e Talisca: A raíz de grande parte dos problemas

Avatar
 ●  + 80 comentários  ● 
Este texto não é evidentemente uma tese sobre tática, cheia de fontes e verdades absolutas. É apenas uma opinião, tornada pública neste espaço, e discutível como qualquer outra, para mais quando se trata de um assunto para o qual todo e qualquer Benfiquista julga ter uma opinião válida.

Nunca fui grande adepto do 4-4-2. O 4-4-2 nos dias de hoje não vinga em parte nenhuma. O 4-4-2 sobrevive hoje em Inglaterra e cada vez em menos clubes. Os clubes ingleses, quase sempre os que mais gastam e que por isso os que mais obrigação teriam de ganhar a nível europeu, são clubes que raramente figuram na primeira linha dos favoritos. O percurso europeu de um clube como o Manchester City (ontem mais uma derrota em casa) devia fazer corar de vergonha Pellegrini.

Nos últimos 20 anos temos três clubes campeões europeus vindos de Inglaterra, e curiosamente dois deles foram-no com sistemas de contenção e sempre a apostar no contra ataque: Chelsea e Liverpool. E o terceiro foi o Manchester United, num golpe de sorte, sem jogar pevide, numa célebre final contra o Bayern Munique. A nível de Liga Europa, clubes gastadores como Newcastle, Southampton, Everton, não contam para as conquistas de troféus.

Nos tempos do Benfica moribundo, eliminámos Liverpool e Manchester United duas vezes. Uma outra eliminação histórica, a do Arsenal, isto em tempos em que o Benfica ainda tinha equipa para dar “algumas” cartas na Europa. Mas isto para dizer o quê? Que contra clubes ingleses, daqueles que jogam em 4-4-2, qualquer clube mais pequeno acredita sempre ter uma hipótese: É defender bem, povoar o meio-campo, e no contra ataque damos-lhes a estocada final.

Mas... O Benfica joga em 4-4-2. Joga assim desde Jesus, um sistema que a nível interno mostrou ser eficiente porque jogamos sempre contra equipas muito mais fracas, mas que contra equipas melhores e mais letais, mostrou sempre ser um sistema com tudo para nos fazer sofrer.

Mas ainda assim, com Jorge Jesus havia credibilidade neste sistema: Era o seu, o reflexo das suas ideias, quis implementá-lo, e como ele sempre dizia: “Difícil, difícil é defender bem com poucos jogadores, porque com muitos é fácil.”

Ou seja, Jorge Jesus acreditava no seu sistema, e reconhecia que para o implementar tinha forçosamente de saber defender melhor do que os outros. Reconhecia a sua fragilidade quando não se sabia defender, tal como reconhecia que a defesa começava logo no ataque.

Ora, com Rui Vitória o sistema manteve-se. Não vou dizer que bem ou mal, o tempo o dirá, mas desde já levanto as minhas dúvidas, começando logo pelo facto de que até mesmo para Rui Vitória este é um sistema novo, nunca experienciado pelo próprio em nenhuma equipa sua no passado.

Aqui disse há algum tempo que acreditava que Jonas poderia ser um problema. Um problema porque é um dos poucos grandes jogadores encarnados, mas também alguém que obriga a equipa a jogar em 4-4-2 para ele caber. É um jogador que define o sistema de jogo.

Mas se o 4-4-2 de Jorge Jesus era um sistema em que Lima era o primeiro defesa, este 4-4-2 de Rui Vitória sem Lima é um sistema em que Mitroglou não defende e Jonas também pouco ou nada...

E a juntar a isto, o miolo, a alma da equipa, é um dos setores mais fracos do plantel. E não é de hoje, nem culpa de Rui Vitória. Um 4-4-2 precisa de um miolo forte, precisa de jogadores de passada larga que em poucos passos cubram uma grande parte de terreno. Das 6 épocas de Jorge Jesus no Benfica, quatro e meia fizeram-se com Javi Garcia e Matic, e outra meia com um Fejsa ainda em grande forma. O ano passado, sem um “seis” à Jorge Jesus foram evidentes muitos problemas.

Dos cinco elementos do miolo do Benfica este ano, apenas Samaris parece um jogador acima da média. E acredito que seria ainda mais acima da média se o Benfica jogasse em 4-3-3. O problema do 4-4-2 é que Samaris não consegue ser o “seis” perfeito mas também não é o jogador vertical que por exemplo Enzo Peres era. É um jogador que anda ali a fazer o papel dos dois, quase sempre sem comprometer, sempre com muito empenho mas sem conseguir ser um jogador que faça a diferença, pelo menos muitas vezes seguidas.

E quando se olha para o parceiro de Samaris, o problema é mais grave. Porque notoriamente, e já desde a época passada, nem Pizzi nem Talisca conseguem fazer alguma vez um jogo brilhante, e mesmo quando algum dos dois consegue fazer um jogo melhorzinho nunca o faz dois jogos seguidos. Andamos há 15 meses a meter num jogo um, no outro o outro, depois regressa o primeiro, e não saímos disto: nenhum deles tem categoria para agarrar o lugar.

E Fejsa parece preso por arames, sem a velocidade que a posição “seis” de um 4-4-2 exige, e mesmo que estivesse em grande forma, no mesmo sistema Samaris já não seria o jogador que o Benfica precisa porque é um jogador que joga muito para os lados e pouco para a frente. E Cristante, mais uma vez, parece-me um jogador mais lento e mais cerebral, não talhado para grandes embates físicos e grandes correrias como o 4-4-2 obriga.

Conclusão: Samaris está sozinho a segurar o meio campo encarnado neste momento. Grande exibição contra o Belensenses, grande exibição contra o Astana, mas é incrível a quantidade de km que o grego tem de correr para segurar um meio campo como o do Benfica contra equipas medianas como estas duas. Samaris não só está quase sempre a correr, como está sempre a sprintar para apagar todos os fogos provocados por um meio campo que coletivamente ainda não funciona. Obviamente, não levará muito tempo a dar o estouro.

O 4-4-2 de Jorge Jesus era um sistema que assentava num meio campo forte, jogadores de passada larga, um deles sempre a jogar de forma vertical, e apoiado depois em extremos fortes e rápidos a galgar terreno o jogo todo. As posições para as quais Jorge Jesus SEMPRE pediu reforços foram para as alas. Sempre dois a jogar e outros dois no banco. Porque o futebol ofensivo de Jorge Jesus fazia-se pelas alas. Laterais ofensivos e extremos capazes de transportar jogo e fortes no 1 para 1.

Mas Rui Vitória nem essa sorte neste momento tem. Porque com Sálvio lesionado, o único extremo de elevado gabarito que tem é Gaitan, Gaitan esse que é um jogador fenomenal mas que só está ainda no Benfica porque sempre foi um jogador irregular, que tanto faz 3 jogos brilhantes seguidos como a seguir tira férias durante um mês. Enquanto houver "este" Gaitan haverá sempre esperança num Benfica forte, mas sem ele, aí sim, veremos que tipo de soluções a equipa tem.

Gonçalo Guedes mostra ainda compreensivelmente a sua inexperiência e não faz ainda a diferença pelo seu flanco, e quando não houver ala esquerda em tão grande forma como está neste momento (com Eliseu em Grande), veremos o jogo do Benfica a ter de se construir pelo meio, onde na minha opinião está a raiz do problema.

O Benfica vem hoje de três vitórias seguidas o que é sempre positivo, mas vem também de vários jogos em que já sofreu muito, e sempre a jogar contra equipas muito mais fracas do que a nossa.

O 4-4-2 é para manter? Julgo que sim, tem de ser. Não se contrata Mitroglou e Jiménez para juntar a Jonas e deixar dois deles de fora. Mas acredito que muito em breve Jiménez terá de entrar na equipa para fazer de Lima, e Mitrglou ou Jonas terão de cair.

No miolo não vejo grandes soluções, para mim a raiz de muitos do problemas que o Benfica tem nesta altura, e sem dúvida alguma que o jogo do próximo domingo dará a todos uma ideia muito mais clara das forças e das debilidades do Benfica neste momento.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica