O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

domingo, 31 de julho de 2011

Tudo na estaca 0 ou o elogio improvável...

 ●  + 10 comentários  ● 
Serei breve. Em 1º lugar, os nossos adversários. Parece que depois da euforia instalada por Alvalade, os mesmos jornais que os elevaram à categoria de vedetas e de favoritos, arrasaram-nos. O CRAC perdeu em França, apesar da "excelente exibição". Ou seja, o titubear do SLB já encontrou paralelo nos principais adversários. Até o Braga já tropeçou... E agora Benfica? E agora CS? Já estamos todos a 0 para o início do campeonato?

Creio que, apesar da teimosia de JJ, dos casos Luisão, Maxi, das supostas contratações falhadas e dos exageros verbais de LFV em certas matérias, tenho apreciado o "tom silencioso" do plantel em geral. Entre os adeptos também me parece que existe alguma apreciável contenção e cuidado com os elogios... Isso é bom! É sinal de realismo! E de seriedade. Eu sou fã da seriedade no trabalho! No rigor. E a equipa técnica e o plantel terão de ser rigorosos! Trabalhar sem limites! Com vontade férrea de vencer.

E agora o elogio improvável! É improvável não por vir de mim, mas porque me parece que a dirrecção do SLB, esta época optou pela renovação e revolução! Mas tem de a fazer render. Num tempo em que crise afecta os clubes, o SLB gastou muitos milhões. E muitos dos jogadores não chegaram a vestir a camisola. Mas isso não é relevante se o Benfica souber perceber que dentro do seu quadro actual de seniores estão as soluções de futuro. Que na próxima época, em caso de vendas, os substitutos já estão lá! Por exemplo, se Emerson vor vendido, já temos Carole ou Luís Martins! Se vendermos o Maxi por 20 milhões, temos o André Almeida! Se o Cardozo sair, está aí o Melgarejo! Para o lugar do Javi, Nuno Coelho! David Simão, Rodrigo, Nelson Oliveira, etc... Temos de fazer "render" esta 2ª equipa que a direcção nos deu! E é este o elogio! Seria óptimo pondermos fazer, em resultado de uma época espectacular, belos negócios, sem ter de comprar jogadores para substituir que sai...

Ah, para finalizar, junto-me ao coro: elejo o Nolito como o meu jogador favorito deste "novo" SLB. É vertical, "brigão", rápido e tecnicista! Tudo para ser um jogador "à Benfica".

O desafio da "cantera"

 ●  + 7 comentários  ● 
Quem tem oportunidade de ver alguns jogos do Barcelona nesta pré-temporada, vê os jogos muitas vezes sem Villa, Iniesta, Xavi, Messi ou Piqué pelos mais diversos motivos e, acredito, acima de tudo porque não é fundamental que uma máquina engrenada acrescente mais minutos nas pernas de jogadores que suportarão mais de sessenta jogos na temporada.

Nesses jogos, tal como nos jogos do ManUtd ou Chelsea por exemplo, temos visto aparecer vários jogadores jovens de 17, 18 ou 19 anos oriundos das camadas jovens desses clubes.

Quando se aproxima, já a partir desta temporada, o controlo financeiro da UEFA na denominada "regra Fair Play", é hora de olhar para estes exemplos e se calhar aproveitar o actual "espírito retro" que está a afectar a moda e os hábitos, para voltar também atrás aos anos em que só se contratavam jogadores que viriam mesmo para fazer a diferença... e mesmo esses tinham que "suar as estopinhas".

Os grandes clubes mundiais têm hoje projectos de formação onde investem milhares de euros, alguns milhões mesmo, sendo que curiosamente esses clubes são os que mais investem também em jogadores... de topo. As contratações "low cost" de valor duvidoso são limitadas ao máximo, o que não quer dizer que não aconteçam... mas são uma excepção que dezenas de profissionais apaixonados pelos seus clubes - e muito competentes - tentam evitar.

As contratações de risco calculado são cada vez menores e apenas são procuradas aquelas que trazem definitivamente valor acrescentado. Por isso olhamos para os clubes com mais sucesso e vemos um crescente investimento na formação, procurando seguir de perto o modelo com mais sucesso no Mundo: FCBarcelona.

Num momento em que olhamos para os clubes portugueses a investir cada vez mais - a média é superior a 30M€/ano - e onde o desperdício desse investimento chega a atingir quase metade desse valor (em alguns casos mais), é hora de repensar o modelo nacional.

É preciso IMPOR regras para a inclusão de jogadores da formação nos planteis - à semelhança do que obriga a UEFA. É preciso também os dirigentes serem vinculados ao investimento de parte do orçamento anual (10%) nos departamentos de formação: Infra-estruturas, Prospecção, Integração Escolar, Apoio às familias dos jogadores, etc.

Sai muito mais barato aos clubes de um país periférico, que se debate com uma gravíssima crise financeira, investir 1.000.000€ na formação do que o mesmo valor num qualquer sul-americano que mesmo com potencial acabará por regressar ao seu país ou passar pelo clube e sair ao cabo de um ou dois anos com pouca ou nenhuma valorização.

É hora de o futebol parar de mudar... para pior! É hora de impor regras e se a Liga não o fizer, que sejam os dirigentes a olhar para os melhores exemplos da Europa.

sábado, 30 de julho de 2011

Está apresentado o LOL de Portugal

 ●  + 15 comentários  ● 
Daqui a um ano iam medir forças com quem? LOOOOOL!

Até 31 de Agosto muito vai acontecer

 ●  + 10 comentários  ● 
Desenganemo-nos se acreditarmos que já podemos começar a fazer conjecturas a partir dos actuais planteis. Faltam cinco semanas para fecharem os mercados de transferências e alguns clubes grandes clubes têm-se mantido especialmente cautelosos.

Os clubes que mais gastaram foram os detidos pelos "Sheik" - Malaga, PSG e City já gastaram mais cerca de 214M€ e em boa verdade apenas Aguero e Pastore são "craques" nestas movimentações.

O Real Madrid continua a espera de Neymar (45M€) e Villas Boas tem "prometido" o pacote Falcão + Moutinho na ordem dos 65M€. O Barcelona contratou Alexis Sanchis, mas andará no mercado por um avançado tal como o rival e uma eventual saída de Eto'o para a Russia (!) ou para o City abrirá também o interesse do Inter no mercado. A Juve ainda não parou e está disposta a aumentar os já quase 60M€ gastos e veremos se o ManUtd, Milan, Arsenal e Liverpool ficam por aqui - especialmente o Arsenal que poderá perder Nasri e Fabregas.

Além de Neymar e Paulo Henrique do Santos (que soma brutal vai fazer o "Peixe" este ano - mais de 100M€ em quatro jogadores), Nasri, Fabregas, Eto'o, Sneijder, Hamsik, Vucinic são nomes que andam na rota das maiores transferências. Mas haverá outros e o mês de Agosto ainda vai tornar alguns alvos complicados, em transferências possíveis.

E Portugal não vai ser diferente e o maior embate aguarda-se nos lados do FCPorto com Alvaro Pereira, Rolando, Guarin, Fernando, Falcão e Moutinho a terem todos fortes possibilidades de sair, deixando marcas muito duras no plantel dos corruptos.

Nesse aspecto, SportingCP e SLBenfica, por motivos diferentes, têm motivos para se orgulhar das respectivas Direcções.

O SportingCP porque atacou bem o mercado e as saídas não haverá muito a registar porque eram muito fraquinhos...

Já o SLBenfica, poderá eventualmente ver sair Cardozo e/ou no limite Saviola, depois de ter segurado - e bem - Maxi Pereira e Luisão, mostrando grande competência na decisão (independentemente de concordarmos ou não com a forma, o conteúdo é o que interessa e esse atingiu o objectivo). Se sairem Cardozo e/ou Saviola, especialmente o primeiro, penso que eventualmente haverá mais uma contratação, pelo que considero de elogiar a preparação e as contratações do SLBenfica.

Como disse há largas semanas. Estou optimista...

Jornalismo de algibeira

 ●  + 5 comentários  ● 
Na imagem da capa, tira-se proveito do que disse Jesus, mas no texto do jornalista o título já é: Jesus CORRIGE Nolito e Emerson.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

À Benfica... com Qualidade

 ●  + 3 comentários  ● 

Uma referência? Luis Filipe Vieira enganou-se...

 ●  + 30 comentários  ● 
Num mesmo dia que ficámos afinal a perceber os devaneios de Jorge Jesus, já que ele nos explicou que compara muito um treinador a um pintor, dado que ambos vêem coisas... que os outros não vêem. Uff... já percebi a cena do Nolito - deve ser daquelas que só ele é vê.

... Mas também ficámos a saber que o SLBenfica tem uma nova referência. No tal patamar quase inatingível onde entravam Coluna, Humberto Coelho, José Augusto e, claro... Eusébio, entra agora também... Maxi Pereira.

Eu quero admitir que o Presidente se entusiasmou nas palavras e que atravessou a linha do "verdadeiro exemplo de um atleta profissional" que caracterizou (e bem) Maxi Pereira, para sem querer lhe chamar referência.

Seja como for, é preocupante que da boca do Presidente, não foi numa conversa de café, saia uma atoarda destas. Óbvio que tenho grande estima pelo Maxi, pela sua dedicação e profissionalismo como o Presidente destacou. Mas porra... Referência???

Será que o Presidente Luis Filipe Vieira já banalizou assim tanto os valores da mística do SLBenfica? Ter-se-á deixado ir a reboque dos entusiasmos que caracterizaram Manuel Vilarinho quando dizia que benfiquistas é ele mais uns vinte ou que preferia os colaboradores da SAD que eram de outros clubes do que os benfiquistas...

O Presidente, entusiasmou-se nas palavras! Só pode, mas se for assim... para quê pagar a tanta gente no Dpt. de Comunicação?

A propósito do disparate dito pelo Luisão, basta olhar às palavras de ex-capitães do SLBenfica, partilharam o que representava ser capitão do SLBenfica noutros tempos, para percebermos que só se pode chamar referência a Maxi Pereira (ou mesmo a Luisão) por engano... ou se não se sabe o que é o SLBenfica.

FCPorto, a Chacota Nacional

 ●  + 16 comentários  ● 
Atentem a esta notícia da Sábado:

Adepto do FC Porto rouba taças do Dragão
"Foi apanhado a ligar à mãe a partir do gabinete de Pinto da Costa: "Estou no céu"

Adepto fervoroso do FC Porto, um homem de 35 anos, natural de Santo Tirso, decidiu cumprir o seu maior sonho: andar livremente pelo Estádio do Dragão.

Conseguiu-o há duas semanas e, além de ter fintado toda a segurança, ainda roubou a Taça Cândido de Oliveira (Supertaça) e a Taça do Campeonato 2010/2011, que estavam no gabinete da presidência.

Com os troféus erguidos, deu seis voltas ao campo e fingiu ser Villas-Boas, dando ordens a jogadores imaginários. Depois voltou ao gabinete de Pinto da Costa, onde dormiu 10 horas.

Foi apanhado após ter ligado do telefone fixo e ter dito à mãe "que estava no céu". A segurança percebeu que alguém estava no local e surpreendeu-o.

A PSP foi chamada ao local, tendo o homem apenas sido identificado. As autoridades não conseguiram chegar ao contacto com a SAD do Porto, pelo que o valor das taças não está quantificado e, como tal, o adepto não pode ser detido.

O incidente ocorreu a 10 de Julho. O adepto entrou durante a noite no estádio e conseguiu chegar ao gabinete de Pinto da Costa, onde se encontravam as taças, devido ao facto de naquele dia ter ocorrido uma cerimónia no Dragão. Ao ver os troféus, o homem não hesitou e pegou neles. Correu para o campo, fingiu que tinha acabado de se sagrar campeão e sentou-se na tribuna presidencial.

Segurança em causa
O facto de o adepto ter conseguido entrar no Estádio do Dragão sem que ninguém o tivesse detectado pôs em causa toda a segurança do local. O mal-estar instalou-se de imediato, e todas as medidas de segurança foram revistas ao pormenor.

Por norma, as duas taças costumam estar guardadas numa sala, ao lado dos restantes troféus ganhos ao longo pelos dragões. No entanto, como tinha decorrido uma cerimónia no estádio, as duas taças tinham sido colocadas no gabinete.

Caso o adepto não tivesse ligado do telefone fixo à mãe, poderia mesmo ter saído do local com as taças. Ao efectuar o telefonema, os seguranças aperceberam-se, através de um sistema, que o telefone do gabinete tinha sido accionado."


**************************
Não sei o que é mais ridículo, se o estado de debilidade mental do grunho portista que fez aquele circo, se a vergonha de naquele clube ser possível passar-se um circo destes. É o que dá ser formado por ladrões e acreditar que se controla a polícia, pelo que não é preciso ter muito cuidado com a segurança.

Eles são avençados e nós pomos a jeito

 ●  + 13 comentários  ● 
Que necessidade teve o Jesus de criar o «frisson-Nolito»? Tinha logo que escolher o jogador que mais tem entusiasmado os adeptos para lhe dar um «puxão de orelhas» em público? Nestas merdas sou obrigado a dar razão aos receios do GB sobre a capacidade de gestão do JJ para um «camião» deste tamanho, como é o grande Benfica. Na primeira época é uma coisa... manter é que é lixado!

Nós sabemos todos que os jornais adoram boas polémicas que façam vender jornal. E o que faz o Benfica? Arranja rastilhos para os jornais transformarem em polémicas... E quem não perdeu tempo foi o jornal do Joaquim Oliveira que hoje vem «rasgar» a teoria do Jesus:

«Nolito tem a escola do tiki-taka
Jorge Jesus terá os seus motivos para tais declarações, mas analisando todos os movimentos do extremo-esquerdo durante os 36 minutos em que ele esteve em campo, é possível constatar que Nolito jogou quase sempre ao primeiro ou ao segundo toque. Nas 15 acções em que a bola lhe passou pelos pés frente à equipa turca, o espanhol apenas por três vezes tentou a jogada individual, optando quase sempre por combinar com Aimar, Saviola e Emerson. No fundo, confirmou aquilo que já se esperava dele: tirou o "curso" na escola do Barcelona, onde o futebol apoiado em muitos passes, o chamado tiki-taka, é quase um modo de vida.

E mais: de acordo com o levantamento feito por O JOGO, a maior parte das acções de Nolito teve um ou dois toques. Com os caminhos quase sempre tapados, também optou algumas vezes por cruzamentos largos para o poste mais distante.»


Temos alguma necessidade de nos por a jeito para estes jornaleiros avençados nos picarem assim?

Empresário de Maxi passa a bola ao Benfica

 ●  + 1 comentário  ● 
«Está tudo certo entre nós e o Benfica, só falta colocarem-lhe o contrato à frente para assinar»

Perante isto a pergunta que se coloca é: Estão à espera este tempo todo porquê?

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Comunicado FCPorto sobre Danilo

 ●  + 13 comentários  ● 
A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários vem, na sequência do comunicado efectuado no dia 19 de Julho, sobre a aquisição dos direitos de inscrição desportiva do atleta Danilo Luiz da Silva, informar o mercado que a FC Porto SAD adquiriu 100% dos direitos económicos do atleta.

Mais informa que esta sociedade celebrou com o jogador um contrato válido por 5 épocas desportivas, ou seja, até 30 de Junho de 2016, tendo acordado uma cláusula de rescisão no montante de 50.000.000 € (cinquenta milhões de euros).

PERGUNTINHA:
Tiveram vergonha de dizer no Comunicado quanto é que pagaram por ele????

Quem ganha? Está à vista...

 ●  + 2 comentários  ● 
Há uns tempos, a propósito da estúpida marcação cerrada feita pelo FCPorto às movimentações do SLBenfica no mercado de aquisições, eu perguntei: Quem ganha com esta Guerra?

Hoje, a propósito do interesse num jogador que o FCPorto quer para o lugar do Rolando e que insistentemente tentam colocar na rota da Luz, diz um Comunicado do SLBenfica:

Tal como é público, e resultou do nosso comunicado do passado dia 20, nunca houve da parte do Sport Lisboa e Benfica qualquer tipo de interesse no atleta Sebastián Coates, do Nacional de Montevideu.

Infelizmente, ontem, em declarações a uma rádio portuguesa de âmbito nacional, que alguns meios de comunicação social transcreveram nas suas edições de hoje, um dirigente daquele clube voltou a envolver de forma abusiva o nome do Benfica, razão pela qual somos obrigados a reafirmar que tais declarações, além de não corresponderem à verdade revelam total falta de ética. Já se percebeu qual é o interesse e o objectivo das mesmas.

Pela nossa parte, lamentamos tal tipo de comportamento, reafirmando o que já tínhamos anteriormente afirmado. Não há qualquer interesse do Sport Lisboa e Benfica no jogador em causa.

A questão que destaquei a bold no comunicado é precisamente muito bem colocada pelo SLBenfica e desta vez visa precisamente o clube vendedor. Principalmente na América do Sul já perceberam que o FCPorto dá o que for preciso por uma boa guerra por um jogador com o SLBenfica e com isso ganham os oportunistas brasileiros e argentinos que vendem jogadores por milhões e querem os flops de volta mais tarde por tostões...

Muito bem esteve o SLBenfica a "não dar para este peditório" e quem quiser extorquir o FCPorto, como fez o Santos com o Danilo e Alex Sandro, que escolha outro "bode espiatório".

Oportuno, incisivo e esclarecedor, este comunicado.

A imprensa anda esquecida

 ●  + 7 comentários  ● 
Algures em Maio, quando o campeonato chegava ao fim, um dos flops do Norte que a imprensa faz questão de esquecer que custou 4,2M€ (mais do que Balboa) falou de um tal Nandinho, sabem quem é?

Aquela posição do terreno do CRAC deve ter ali um problema qualquer de personalidade, porque parece que o Nando resolveu superar mesmo o Paulinho - o tal que cagou para eles e bazou ao abrigo da lei Webster.

Todos se lembram, contudo, que o o outro brazuca foi ameaçado para renovar contrato por aqueles moços educados que fazem de guarda pretoriana do Giorgio. Ao que parece o Nandinho é mais esperto e tem amor às perninhas e limita-se a arrastar uma entorse por toda a pré-época até o Giorgio resolver a sua transferência.

A chatice é que não é saudável para o meio campo sair o Nando e ainda despachar o pacote da Ave de Rapina + o Nody para o "Xelse"por uns 60 ou 70M€, entalando a lagartagem com os 30% a haver do Nody, porque vão alegar que do dinheiro do russo, 45M€ são da Ave e o restinho é que é do Nody... (é que 30% de 40M€ são 12M€... mas 30% de 20 ou 25M€ já só são perto de 6M€).

Nolito! Nolito! Nolito!

 ●  + 4 comentários  ● 
GRANDE FOTO na capa d'A Bola!
Coitados de nós, este joga muito sozinho!
Marca golos, corre que se farta, ganhamos... é uma canseira!

Belo Jogo

 ●  + 2 comentários  ● 
Gostei! Apesar de termos estado meia hora sem jogar nada , gostei muito de o Benfica ontem , deixou me a sonhar para o resto da época quando houver pernas para mais tempo de pressão no meio campo adversário.
Confirmou-se tudo o que eu disse no meu post anterior temos uma excelente equipa , e se o que esta por trás da equipa "deixar" e der condições podemos fazer uma bela epoca.
Uma palavra para o nosso capitão! Voltou a ser um verdadeiro capitão , todos nos sabemos que ele na pré época faz sempre o choradinho para ganhar mais algum , mas não há duvida nenhuma que dentro do campo não fica a dever nada a outros grandes capitaes do passado. Eu ontem tentei seguir a sua atitude , e não há duvida que é um líder por natureza, foi o primeiro a entrar para o aquecimento , dando o corpo as balas, durante o jogo não se calou um minuto , a corrigir , ajudar, incentivar, a motivar, a pedir o apoio ao publico. Mas fica aqui um pedido ao Luisão , fica a ajuda o nosso clube , porque sem ti aquele balneário ia muito abaixo....

P.S. Uma palavra para Maxi , para mim e outro líder desta equipa, tem dentro dele a verdadeira mística benfiquista um muito obrigado deste sócio por tudo aquilo que das ao manto sagrado....

BenficaSempre

É este o rumo, Presidente, sem dúvida!

 ●  + 4 comentários  ● 
Agora é só preciso não "borrar a pintura" e ter coragem.

Venda do "Naming" do Estádio da Luz na ordem dos 5M€/ano, negociação dos direitos televisivos totalmente fora do enquadramento da Olivedesportos e agora... alinhamento com o SportingCP para assuntos estruturantes do futebol português, como é o caso das eleições para a FPF.

ESTÁ TUDO CERTO!

Como eu disse uma vez, se o Presidente tiver a coragem de tomar as decisões certas, pode entrar na história não só do SLBenfica, como do futebol português.

Se SportingCP e SLBenfica se unirem contra esses poderes instalados de Joaquim Oliveira e toda a corja que lidera da FPF e a Liga, sem dúvida alguma que o futebol português passará a ser liderado de novo pelos clubes de Lisboa - e aí que ganhe o melhor, e esse seja o Benfica.

Não é preciso "inventar a roda", basta dar a Giorgio di Bufas a provar o próprio veneno. Ele assentou o crescimento do FCPorto no acicatar da "guerra" Norte/Sul, dividindo o Sul para reinar no Norte. É só responder na mesma moeda, unindo os grandes clubes de Portugal (SLBenfica e SportingCP) e conquistar os mais pequenos ajudando-os a crescer e ser mais fortes.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Desculpa Jorge Jesus

 ●  + 36 comentários  ● 
"Desculpa Jesus" é o que me ocorre quando vi o golo e o impacto positivo que teve a entrada do Nolito, assim como o perigo que causa Gaitan sempre que aparece na zona central, precisamente duas coisas que Jesus teima em evitar.

Porra, Jesus! Que teimosia, (bom, se calhar até é minha a teimosia, admito que haja aí qualquer coisa que eu não perceba), mas Nolito no banco e voltar a insistir em Gaitan na esquerda e dois avançados totalmente desinspirados?

Dá para experimentar com o Arsenal, pelo menos, um 4-3-3 com Gaitan (ou Aimar) ao centro, secundado por Witsel e Javi, com Jara no ataque, Nolito e Perez nas alas? Só testar... não custa nada! Os particulares servem para isso mesmo!

Obviamente que não está aqui em causa nada senão o treinador de bancada que há em cada um de nós. Let the games begin, aproveitando já para agradecer a todos aqueles que acham que isto é atacar o Jorge Jesus. Para esses tenho uma frase:

- O meu maior receio este ano é o banco... mais concretamente aquele primeiro senhor da esquerda. De resto, continuo com a certeza que vamos ser campeões!

Mais do que uma vitória...

 ●  + 2 comentários  ● 
... o resultado de hoje tem de ser inequívoco! Por forma a embalarmos para uma época "à Benfica"! Num ano em que remodelámos o plantel, o que está causa é o investimento feito e o que foi idealizado. Não só para uma época, mas para pender a nosso favor o futebol nacional. Com o grupo de jogadores que actualmente fazem parte do plantel mais os que estão emprestados, temos matéria para fazer um bom 2011/12 e para cimentarmos uma liderança no futebol nacional! Assim, o queiram os jogadores e técnicos, mas que a Direcção saiba "se mexer" nos bastidores para fazer o que lhe compete: impedir a influência do CRAC!

Para logo, o mínimo? 2-0

Recomeço

 ●  + 5 comentários  ● 
Hoje vamos começar os jogos a serio, por isso é altura de esquecer tudo , a pre temporada cheia de erros (na minha opiniao) , e esta na altura de irmos todos a luz gritar ate a voz nos doer.
Sim porque hoje nao luz joga a melhora equipa do mundo, tem o melhor guarda redes do mundo , o nao encontro em lado nenhum melhor que o nosso Artur.
A frente de Artur temos, um campeao da Copa America e 4 lugar no ultimo mundial, no centro aparece o internacional argentino ex-real madrid com valor insuspeito ate para os mais anti-benfiquistas, depois temos o nosso grande capitão , que na pre-epoca e sempre a nossa grande desiluçao mas durante a epoca é dos jogadores com mais mistica benfiquista, e ainda tem tempo para marcar sempre nos jogos importantes, no lado esquerdo temos "apenas" o lateral esquerdo campeao em França.
No meio Javi Garcia nao vou dizer nada sobre este jogador e sabem pq? Porque se o começo a elogiar esta jogador so saio daqui amanha.... Nas linhas temos dois jogadores com uma tecnica acima da media , Gaitan e Enzo , estes jogadores cada vez que tocarem na bola todos nos sabemos que pode sair dali um jogada de figurar na jogada da epoca, e no apoio aos avançados aparece o nosso astro, mas quem sou eu para falar de Aimar????
Na frente temos o genio de Saviola, que depois de uma epoca mais apaga, vai mostrar este ano todo o seu valor , que é muito, para mim a poucos jogadores no mundo tao inteligentes e com tanta tecnica no mundo. Para marcar os desejados golos aparece o Tacuara Cardoso, o melhor marcador estrangeiro de sempre no Benfica , so por isso acho que todos nos so o podemos acarinhar porque este jogador só rende o maximo quando se sente apoiado por isso cada assobio ao Cardoso e quase um auto golo que os adeptos estao a marcar ao Benfica!
Além deste onze inicial magnifico olhamos para o banco e ainda ha mais qualidade. Witsel ,Ruben Amorim, Bruno Cesar, Jara, Nolito...

Sou do Benfica
E isso me envaidece
Tenho a genica
Que a qualquer engrandece
Sou de um clube lutador
Que na luta com fervor
Nunca encontrou rival
Neste nosso Portugal.

Ser Benfiquista
É ter na alma a chama imensa
Que nos conquista
E leva à palma a luz intensa
Do sol que lá no céu
Risonho vem beijar
Com orgulho muito seu
As camisolas berrantes
Que nos campos a vibrar
São papoilas saltitantes.»


BenficaSempre

LoooL.Houve uma oferta de 80 milhões por Hulk,que foi recusada pelo CRAC! Só mesmo para rir!

 ●  + 21 comentários  ● 

terça-feira, 26 de julho de 2011

Ainda os Direitos Televisivos

 ●  + 16 comentários  ● 
Eu admito, por desconhecimento na matéria talvez, que haja aqui qualquer coisa que eu não esteja a ver, mas atentemos à seguinte notícia no Jornal de Negócios:

" Na gobalidade do grupo (Media Capital), a publicidade, cujos proveitos foram de 70,7 milhões de euros no primeiro semestre de 2011, sofreu uma quebra de 4% em relação aos 73,3 milhões de euros do mesmo período de 2010."
"(Só) A TVI, em publicidade, captou proveitos de 62,9 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2011, tendo sofrido um decréscimo de 5% em relação a igual período do ano anterior"

Ora, se o Grupo Media Capital tem receitas de publicidade no primeiro semestre na ordem dos 71M€, dos quais 63M€ são na TVI - um canal generalista líder de audiências, visto por milhões de pessoas. Isso significará receitas totais anuais de publicidade do Grupo na ordem dos 150M€ (estou a considerar que no final do ano as receitas aumentam com o período natalício).

Será expectável considerar que a Media Capital conseguirá, num canal exclusivamente dedicado a desporto, obter mais de 50M€ de receitas publicitárias, ou seja, cerca de 1/3 do que consegue obter em todo o grupo?

As contas em que estou a suportar este raciocínio são simples e conservadoras (porém posso estar a seguir algum "trilho errado"):

Se Paes do Amaral investir mais de 50M€/ano (só 40M para o SLBenfica) em conteúdos, terá que ter pelo menos 50M€ em receitas publicitárias e mesmo assim o canal daria prejuízo, dado que tem um conjunto elevado de custos adicionais a suportar com pessoal, custos operacionais e outros...

Podemos também consideramos que será pay per view, mas olhando a que os outros jogos darão na Sporttv, será aceitável dizer que os clientes pagam mais de 20€ à Sporttv e, nem que seja, metade a este canal pelo resto dos conteúdos?

Há aqui qualquer coisa que ou estou a pensar mal, ou não faz sentido no "plano"...

A pré-temporada - fase 3

 ●  + 7 comentários  ● 
Portugal, 26 de Julho de 2011

Com a realização do jogo da 1ª mão da 3ª pré-eliminatória da Champions League, está terminada a pré-temporada do Benfica. Chamo-lhe a 3ª fase porque o plantel se vai consolidando após cada jogo ou torneio, e houve alguma compartimentação entre o estágio na Suíça, o torneio da Guadiana e a recta final até ao 1º jogo oficial (Trabzonspor), o que permitiu fazer avaliações e encaminhar alguns jogadores, entre cada uma destas fases ou etapas.
Neste defeso e a pensar na próxima época, contratamos 17 jogadores (7 na época passada sem incluir Janeiro): Mora, Wass, Artur Moraes, Nolito, Matic, Bruno César, Melgarejo, André Almeida, Nuno Coelho, Leó Kanu, Enzo Pérez, Mika Domingues, Ezequiel Garay, Axel Witsel, Emerson, Eduardo e Capdevila. Regressaram 6: Freddy Adu, Balboa, Urretavizcaya, Miguel Vítor, Oblak e Rodrigo. Da formação vieram David Simão, Nelson Oliveira, Ruben Lima e Miguel Rosa.
No total dos contratados, investiram-se cerca de 30 milhões de euros (valor idêntico à época passada) e somos detentores da totalidade dos passes com excepção de Garay de que apenas detemos 50%. A ver vamos se vamos vender ao Benfica Star Fund algumas percentagens dos passes destes jogadores.
Por outro lado das 27 caras novas (foram 13 no ano passado), 10 das quais regressos e formação, estão muito longe da quantidade de nomes que se tem falado como interessando ao Benfica, e que já deram azo às brincadeiras dos sportinguistas, como aquela da mesa de matraquilhos da ASAE ou o autocarro de 5 andares para levar todos os jogadores do Benfica. O SCP tem 14 nacionalidades, mas isso não é motivo de brincadeira, porque nós no Benfica não gostamos de brincar com o SCP.
Dos 27 jogadores da equipa do ano passado, 11 já foram colocados e possivelmente mais 4 deverão sair, César Peixoto, Roberto (a pedido da comunicação social) e Júlio César (arrastado pela polémica com Roberto) e Carole. Assim do ano passado transitam 12 jogadores para a próxima época. Ou seja, saíram 15, dos quais só 2 por motivos alheios à nossa vontade: Salvio e Coentrão, e 2 em fim de contrato: Nuno Gomes e Luís Filipe. Saíram 11 por vontade do clube, o que me parece um tiro no pé, pois são 41% do plantel. É muito.
Dos 27 novos jogadores, 5 já estão colocados: Miguel Rosa, Wass, André Almeida, Melgarejo e Léo Kanu. 3 são cartas fora do baralho, Balboa, Adu e Oblak. Ou seja, temos 19 jogadores para escolher 15, de modo a constituir um plantel de 27 jogadores. Na minha opinião, são candidatos a sair, Nuno Coelho, Ruben Lima, Rodrigo e Mora. São apenas palpites, não fico chateado se falhar.
Do jogo de apresentação aos sócios contra o Toulouse, que termina as experiências da pré temporada, resultou uma exibição mais sólida que as duas do torneio do Guadiana, dando já para perceber que os automatismos da equipa serão diferentes da época passada devido às diferentes características dos jogadores contratados, os tais que não passarão tanto tempo a comemorar o título. Cometemos apenas 2 erros que poderiam ter dado golo: uma má defesa de Artur Moraes que deu sapatada para a frente na 1ª parte, um contra ataque aos 85 mn em que Emerson se deixou levar, optando por não fazer falta. Penso que são poucos erros, um deles de natureza individual e outro colectivo.
Penso que a experiência com o Toulouse foi boa porque se trata de uma equipa parecida com o Trabzonspor, isto é, bem organizada, bem equilibrada e pragmática a trocar a bola. Por outro lado alguns vícios dos dois últimos anos, derivados da “pressão alta”, levam a que tenhamos sempre muitos jogadores na frente quando vamos para o ataque. O que gera percentagens de posse de bola elevadas mas sem grande expressão em golos, pois criamos maior densidade no último terço do campo defensivo do adversário, o que prejudica as linhas de passe. Neste aspecto nada irá mudar na próxima época, o que quer dizer que nem Jorge Jesus aprendeu nem Rui Costa e toda a extensão directiva ligada ao futebol.
O ano passado esta tríade de responsáveis pediu um guarda-redes que desse pontos. Esta época a escolha recaiu em Artur Moraes (0,94 golos por jogo no Braga) e Eduardo que leva 4 a 5 frangos por época, segundo o presidente do Génova (sofreram 1,24 golos por jogo), em detrimento de Roberto um dos obreiros da razoável época do ano passado (não vamos perder tempo a discutir, pois defendo que foram os árbitros que não deixaram fazer mais). Daquilo que já vi iremos ter uma época pior, defensivamente. Oxalá esteja enganado. Quero mesmo estar enganado.

Benfica: Onde tudo é polémico: Uma reflexão

 ●  + 3 comentários  ● 
Bem sei que sou dos menos mediáticos escribas deste espaço, mas por vezes também sou mal interpretado devido aos meus textos mais inflamados do início da minha participação neste espaço. De há tempos para cá moderei-me. Optei por analisar mais a fundo o que escrevo, tentando ir só aos factos para depois construir uma opinião mais pessoal. Digo isto, por causa de Luisão e a "tempestade nos jornais blogues. O brasileiro chegou Domingo e muito já se escreveu sobre o capitão do Sport Lisboa e Benfica. E como hoje já é 3ª feira, parece-me uma boa altura para meditar não sobre o central, mas sim sobre o radicalismo a que chegámos...

Os benfiquistas não podem ter orgulho no passado quando convém. Eu orgulho-me do passado do SLB a todos os níveis. E não renego as suas páginas mais negras. E também tenho como referência o facto de há sensivelmente 32 anos atrás o meu clube ter feito uma AG só para aprovar o 1º estrangeiro a vestir a nossa camisola. E se nós, os mais novos, temos orgulho nos adeptos mais antigos do clube, temos de ter como referência aqueles que votaram contra a chegada de Jorge Gomes. E não foram poucos!

Claro está que o futebol em 2011 é diferente, muito mudou! Mas existem aspectos que não podem mudar. A braçadeira é uma delas. O capitão do SLB tem de ser uma eterna referência eterna, um nome imaculado entre os adeptos e jogadores. E tem de medir sempre as suas palavras. Seja ele português, brasileiro ou chinês... Entre os adeptos, uns defendem o jogador "por ser o capitão", outros atacam-no! Mais uma vez todos gritaram, instigados pelas constantes peças jornalísticas! Uns apoiaram Humberto Coelho, outros Diamantino Miranda. Todos opinam. E porquê? Quanto a mim, parece-me desconfiança em relação a quem nos dirige. A inépcia em substituir quem sai. Só um parentesis: aqui manifesto-me claramente contra a política desportiva do SLB (e não contra LFV). Qualquer decisão tomada é sujeita a escrutínio apertado, já que tudo ou se desculpabiliza ou se trata de "um erro grosseiro" de gestão. Ora a culpa é do "sistema" ou de LFV. Não há é confiança na Direcção. E digo isto porquê? Há um paradoxo no Sport Lisboa e Benfica: Se a culpa é do sistema, existe impotência da Direcção, se existe impotência, porquê confiar neles? Mas se é de LFV, porque os Benfiquistas continuam a permitir LFV no cadeirão?

Luisão é uma bela estória de jornal! Ponto! Álvaro Pereira manifestou-se a favor de uma saída da Cedofeita e poucos ligaram. Mas quando toca ao Benfica, tudo muda! Os jornais acendem o rastilho e os adeptos metem gasolina! E até as glórias se metem ao barulho! Humberto Coelho e Diamantino Miranda, figuras consensuais, deixaram de o ser. Eu adopto a corrente do segundo. Apesar das mudanças do futebol, o capitão tem de ser anti-polémica! Porém, Hummberto também tem a sua razão... O que nos leva à admissão do facto que o Benfica já não é tão atraente como já foi! Quando o capitão refere que está connosco há 8 anos e que apenas ganhou dois títulos algo está mal... Ou seja: o cerne da questão Luisão está aí. O pouco atraente SLB da actualidade. Por mais que me custe a admitir...

Luisão: Decisão Importantíssima

 ●  + 18 comentários  ● 
Já ficou claro que o Luisão quer sair, apesar da defesa comovente de um grande benfiquista como o Vermelhusco que não concordo nada mas respeito. Ainda hoje o brazuca do empresário dele confirmou isso.

O que importa agora é tomar uma decisão importantíssima: Queremos manter o jogador, agora que está a esticar a corda mais que nunca e vamos usá-lo na Champions desvalorizando o seu passe para equipas que joguem na Champions também? Ou vamos assumir a perda e resguardá-lo desse jogo, para obter a máxima valorização possível depois do que ele fez?

Já li por aí que o Bruno Alves pode ser o substituto. Depois da conversa do Hugo Almeida para substituir o Cardozo, agora este carniceiro? Quem se segue dos corruptos? O Reinaldo Teles?

Em defesa de Luisão

 ●  + 12 comentários  ● 
«Aquilo que uso no braço é indiferente para mim. A minha preocupação é sempre dar o melhor dentro de campo. Isso de capitão quem tem de avaliar são vocês»
Esta foi a declaração da polémica que pelos vistos fez Luisão cair em desgraça junto de muitos adeptos do Benfica. Pelos vistos ninguém ligou ao facto de ter a mulher grávida de sete meses e de devido aos inúmeros compromissos com Benfica e selecção brasileira já não passar tempo com a sua família á semanas!

Expliquem-me a diferença destas declarações e atitudes em relação ás atitudes de outros jogadores como Simão por exemplo - alguém que também usou a braçadeira durante muitas épocas no clube e que também nunca escondeu que queria dar um salto para o estrangeiro além de ter tido atitudes perfeitamente absurdas como toda a rábula com Hélder. Atitudes essas que nunca causaram tanta indignação.

Acho incrível como tanto adepto e blogger se deixa condicionar, mesmo que inconscientemente pelas capas incendiárias do "Rascord":
- Um jornal que diz que Luisão estava a forçar a saída mas que ao mesmo tempo dizia que este estava incontactável - se estava incontactável como sabem que estava a forçar a saída???

Por isso acho que quem escreve em blogues, incluindo neste blogue devia ter mais responsabilidade em vez de mandar bitaites e tirar declarações do seu contexto com base em notícias encomendadas em pasquins que passaram a pré-época toda a tentar destabilizar o clube com um propósito bem definido (como nas notícias das rusgas por exemplo). Ainda para mais quando é essencial a construção de uma defesa sólida através da manutenção de valores como Maxi e Luisão para o Benfica ter uma equipa com hipóteses de conquistar o campeonato.
Um pouco mais de cabeça fria na altura de reagir a notícias da imprensa são bem-vindas. Um pouco mais de cabeça fria na análise ás atitudes dos jogadores também são.

Depois de 8 épocas vestindo a camisola do clube, e apesar das novelas habituais de pré-época (semelhantes ás do ex-capitão dos lagartos Beto), Luisão merece muito mais respeito e confiança da parte de muito benfiquista que pelos vistos não consegue distinguir o facto de não gostar da maneira que ele joga com a sua importância na equipa.
O jogador tem defendido a camisola e usado a braçadeira de forma irrepreensível, já deu títulos ao clube e agora por uma declaração tirada do seu contexto já querem despachar o jogador???

Não se deixem carregar pelas notícias de pasquins, não liguem a reacções encomendadas de velhas glórias benfiquistas. Alguém leu reacções de "velhas glórias" dos Corruptos aquando das declarações de Rolando, Falcão ou do empresário de Hulk?
O propósito desta novela artificial é bem claro: enfraquecer o Benfica no sector mais importante para se ganhar campeonatos!

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Em defesa de Roberto II

 ●  + 21 comentários  ● 
Portugal, 25 de Julho de 2011

Na passada sexta-feira tentei colocar um comentário no Record online, a propósito da alarmante notícia “Luisão vira costas ao Benfica”. Apenas queria perguntar como é que tendo ele o telemóvel desligado, no Record se avançava que já não regressava ao Benfica. Claro que a minha pergunta não foi publicada, mas dezenas (centenas?) de outras foram. As que desancavam no jogador.
No fundo percebe-se como funciona esta comunicação social há muito conluiada entre as simpatias clubísticas de FCP e SCP dos jornalistas, a que se somam os interesses que a Olivedesportos defende e pratica contra o Benfica. Como não interessa um Benfica ganhador e de olhos bem abertos, há que criar casos no Benfica, casos que ponham as pessoas a pensar e a opinar, casos que dividam os adeptos do Benfica e que suscitem movimentos comportamentais contra este ou aquele jogador, treinador ou dirigente.
O que Luisão disse, “gostava de dar o lugar aos mais novos”, não é muito diferente do que disse Falcao em 10 de Junho, citado pelo Correio da Manhã: “gostava de jogar na Liga Espanhola”. Ou Hulk através do empresário, em 21 de Maio, citado pelo mesmo Record “Hulk sonha jogar no Milan”. Claro que estes assuntos no FCP não são sinal de querer “virar as costas ao FCP”, logo não há opiniões publicadas sobre o assunto. As televisões não aparecem a fazer perguntas incómodas. As rádios não passam nada. Com Luisão já é tudo diferente. Porque é jogador do Benfica. Publicam-se opiniões, fazem-se capas de jornais, enfim, há que dar “alpista aos pardais”.
Como se pode perceber, dificilmente o problema de Roberto foi dar “frangos”, ser espanhol ou ter custado 8,5 milhões de euros. O problema do Roberto foi ser contratado pelo Benfica! Como antes dele, outros, e como depois dele outros serão criticados enquanto forem jogadores do Benfica. Quando estiverem para sair, a perspectiva da comunicação social muda, e até César Peixoto deixa de ser o “patinho feio” para ser mais uma vitima da politica de contratações do Benfica (na época anterior era o tal que não acrescentava velocidade aos processos de jogo do Benfica e o tal que os sócios assobiavam).
Apesar da perseguição cruel e implacável que muita gente da comunicação social dedicou a Roberto, alguns assumidos adeptos do Benfica como João Querido Manha, a realidade é que Roberto sofreu a média de 0,92 golos por jogo da Liga, contra 0,94 de Artur Moraes e 1,04 de Rui Patrício. Melhor que ele, apenas Helton com a inalcançável média de 0,36 golos por jogo. Como se sabe o FCP é o clube que mais beneficia do truque de arbitragem que é não marcar faltas contra nas proximidades da área.
Para além de ser o 2º melhor guarda-redes da Liga, como sublinho, apesar da cruel perseguição que lhe foi movida, Roberto juntou outro feito à sua época, que foi voltarmos, após em 17 anos, às meias-finais da Liga Europa, antiga Taça UEFA.
Poder-se-á dizer que na época anterior, Quim sofreu menos golos (0,67 por jogo). Sim, é um facto. Mas o que mudou de um ano para o outro, para além do guarda-redes? (1) As equipas passaram a conhecer melhor a forma de jogar do Benfica, em pressão muito alta e com pouca compensação entre sectores, o que estimula e permite os chamados contra ataques. (2) Com o título de campeão no bolso, Jorge Jesus optou por arriscar ainda mais, buscando a perfeição no futebol de ataque, vertical e de velocidade. E pedindo um guarda-redes que desse pontos, pedido manifestamente desajustado do que é a dinâmica do futebol, pois não há “milagres” durante 30 jornadas seguidas. (3) As arbitragens selvagens das primeiras 4 jornadas que, utilizando os truques habituais, só nas grandes penalidades não assinaladas impediram que o Benfica vencesse os 4 jogos e não se falasse (tanto) do Roberto.
Ou seja, fosse qual fosse o guarda-redes, iríamos sempre sofrer mais golos que no ano do titulo. Isso era óbvio. Quer então dizer que o Benfica preparou mal o assunto “mudança de guarda-redes”? Sim, claramente. Quem sabe como funciona esta comunicação social enfeudada aos interesses do “sistema”, sempre pronta a criar casos por tudo e por nada (para além de Luisão, já foi tema o número de jogadores contratados e a seguir poderá ser – vamos aguardar - o numero de jogadores novos na equipa base do Benfica), sabendo que o Benfica iria sofrer mais golos pelos motivos que já expliquei e tendo sido campeões parece-me que a melhor estratégia seria ter dado mais 1 ano ao Quim.
Porque esta comunicação social percebe que se mude, quando não se ganha. Não percebe que se mude quando se ganha, mesmo que se queira e possa mudar para melhor. E quando eles não percebem, quem fica a perder é o Benfica ...

Moody's baixa rating de Luisão

 ●  + 10 comentários  ● 
A Moody's baixou mais um rating, desta vez foi o do Luisão para: BAZA INGRATO!

«A braçadeira é coisa que não me assiste»

 ●  + 27 comentários  ● 
Num registo à Hélio Catarino, Luisão quando chegou lembrou-se de resolver o problema da braçadeira de capitão do Benfica ao dizer:

«Aquilo que uso no braço é indiferente para mim. A minha preocupação é sempre dar o melhor dentro se campo. Isso de capitão quem tem de avaliar são vocês»

Só faltou chegar a gritar «Sai da frente Carraça» antes de se estatelar de cornos na secretária do Vieira quando fosse pedir para sair do Benfica.

Este ano se o Luisão ficar, nem devia entrar nas contas para capitão, depois de ter desvalorizado desta forma algo que homens com Humberto Coelho tanto lutaram para constituir ali uma distinção ao alcance de muito poucos privilegiados.

domingo, 24 de julho de 2011

Parabéns Maxi!

 ●  + 3 comentários  ● 
O Uruguai de Maxi venceu a Copa América. Parabéns ao nosso lateral direito! Mais um incentivo para lhe renovar o contrato, pois os "tubarões" vão dar à costa! E se é verdade que Maxi muito deve ao SLB, também não deixa de ser verdade que o lateral merece ver a sua situação resolvida, tornando-se numa referência deste "novo" Benfica!

MilanLab ou... é mais fácil o "Entreposto"

 ●  + 7 comentários  ● 
Acabei de ler uma reportagem especial sobre o MilanLab no jornal Record. Não me vou alongar muito sobre este tema, porque todos conhecemos, relativamente bem, os pressupostos e objectivos do MilanLab (cliquem no link para perceber em detalhe).

Um investimento que começou em 1988 e que deu origem ao MilanLab em 1999. Hoje em dia - e aqui está uma falha da peça jornalística que não explorou essa vertente - o projecto custa ao Milan cerca de 2,5M€/ano... assim de repente custa menos que Eder Luis, que Airton, que Shaffer e Patric ou... Bruno César daria para pagar dois anos e ainda sobrava dinheiro!

No MilanLab os jogadores, ao longo de todo o ano, são tratados como verdadeiros carros de Formula 1, onde todo e cada detalhe é analisado, estudado, interpretado e sobre o qual são produzidas acções com objectivos bem identificados.

Todos os detalhes são importantes e todos são acompanhados, dentro e fora de campo, durante toda a sua ligação ao ACMilan, explicando não só o sucesso histórico do ACMilan, como igualmente o profissionalismo e longevidade de todos os atletas.

Controlo bioquimico, nutricional, físico, até mental, enfim... um investimento gradualmente feito ao longo do tempo, que é hoje o mais sofisticado laboratório bioquimico do Mundo ao serviço de uma equipa de futebol.

Em Portugal, o SLBenfica é o clube que está mais perto desta iniciativa, mas ainda a anos luz de uma realidade sequer semelhante. Começámos essa aposta em 2008 com Quique Flores, Paco Ayestaran e Rui Costa, mas que seja de conhecimento público pouco mais tem sido feito ou investido neste domínio.

Em Portugal e mesmo no Mundo, tudo o resto é um marasmo de falta de visão para estas questões, continuando a preferir-se os camiões de jogadores que satisfazem adeptos a cada página de jornal...

O que acham? Faz sentido, num país como Portugal e num clube como o SLBenfica apostar-se num investimento significativo para perseguir esta linha e ter daqui a poucos anos um laboratório de investigação e análise ao nível do MilanLab, com os proveitos óbvios?

Ou fará mais sentido ter apenas uma aproximação menos exigente em termos analíticos, considerando que Portugal e o SLBenfica não têm as características de "clube de chegada" como o Milan, mas sim de transição para novos e melhores campeonatos?

Luisão: Estou esclarecido, capitão

 ●  + 10 comentários  ● 
"Se ficar não será contrariado. Estou há oito anos no Benfica e considero que chegou a altura de dar o lugar a outros"

Nada que eu não estivesse a espera. Luisão quer sair, mas não se sente acima do clube, em resumo: é um Homem e não um homenzinho... Confirma-se então o que já aqui tinha sido escrito, Luisão gostava de sair, mas não o quer fazer a mal.

Sabe que com respeito pelo SLBenfica e pelos benfiquistas, todos poderemos ficar satisfeitos (Luisão e o SLBenfica) mesmo que ele fique ou saia. Se sair, que o faça a bem como deseja e que o SLBenfica seja bem compensado (10M€). Se ficar, duvido que a motivação seja a de outros anos (e logo com Garay), mas será obviamente uma boa solução também.

PS- Os benfiquistas que andaram aqui no blog a comentar que esta leitura, óbvia, sobre o futuro do Luisão era mau benfiquismo dos bloggers, toca a guardar a viola no saquinho...

Eles estão com medo! Estão mesmo...

 ●  + 18 comentários  ● 
Sim, eles lá em cima estão borrados de medo! Nunca na história daquele clube regional se gastou tanto dinheiro em contratações e não será de estranhar se esse esbanjamento de dinheiro seja igualmente estendido às outras contratações críticas do FCPorto (árbitros, observadores e dirigentes da Liga).

E porque estão com medo e se deixam levar por comportamentos nervosos? Na minha opinião há três factores fundamentais:

1. A qualidade latente no plantel do SLBenfica (e do SportingCP)
2. A saída de Falcão - esperem para ver!
3. A falta de competência de Vitor Pereira

Começando pela casa deles, não tenho qualquer dúvida que Falcão sairá neste defeso, com a pompa e circunstância de quem supera a venda de Coentrão elevando a transacção a 45M€ ou muito perto disso. Lá aparecerão as conversas de ter sido um jogador "roubado" ao Benfica e a capacidade negocial fantástica de Giorgio di Bufas que passou a clausula dele para 45M e ainda assim vendeu o jogar.

Nada de mais errado! Quando a clausula subiu... o jogador possivelmente já estaria vendido (ou "apalavrado") e Giorgio não fez mais do que é habitual: distribuir riqueza, qual bom samaritano. Aumentou a clausula do jogador, recebe os mesmos 30M no clube, mas os demais milhões são depois alegremente distribuídos pelo jogador, empresários, emissários, dirigentes compradores e dirigentes vendedores. Quem, neste mundo podre do futebol, rejeita isto?

Para a história fica a transferência record de Falcão! Para o futuro ficam as "mãos untadas" a muita gente que voltarão a dar jeito num futuro próximo. "É um prazer negociar consigo Giorgio..."

Substituir Falcão está longe, muito longe de ser fácil. O FCPorto já vai tentando "passar a mensagem" na imprensa, com alguns jornalistas amigos a insistirem nas perguntas a Kleber sobre ser o substituto de Falcão - isto dá moral ao jogador, mas não lhe dá a qualidade que ele não tem.

E depois há um problema ainda maior: Quem ouve e vê Vitor Pereira quase que tem pena do homem. Quem lhe disse que ele podia ser treinador principal de um clube da primeira divisão, enganou-o. Vitor Pereira é daqueles que depois de uns joguinhos como treinador, podia muito bem aparecer como comentador da Sporttv... mas como diz um amigo meu, tem a sorte de ser portista.

Obviamente que é fácil de imaginar o nervosismo que vai para o lado do Dragão, que motiva algumas das atitudes irracionais que temos visto.

E se olharem para Lisboa e virem que o SportingCP, com Duque e Freitas, deixam de ser o cordeirinho amansado que Giorgio tem mantido amestrado nos últimos anos, tendo até feito algumas contratações interessantes, das quais destaco o espanhol Diego Capel.

Mas não são esses que lhes doi! Quem dá a volta à cabeça de Giorgio é mesmo o potencial de Witsel, Capdevilla, Artur, Nolito, Gaitan e Companhia. E esses têm tudo para dar certo!

Aparte de todas a questões de gestão desportiva em que discordo do que se faz no SLBenfica, não é justo dizer que o SLBenfica, globalmente, dentro e fora de campo, não estará melhor. Está! Bastante melhor...

Claro que haverá ainda muito para melhorar, especialmente fora de campo, onde continuo a dizer que ao nível da gestão empresarial a equipa de Luis Filipe Vieira tem feito um excelente trabalho, mas ao nível desportivo têm sido cometidos muitos erros perfeitamente evitáveis e continua muito por fazer em matéria de organização, do meu ponto de vista.

Mas olhando para dentro de campo, Jorge Jesus é o que me deixa mais inseguro - não que o considere pouco competente, mas porque entendo que a sua teimosia e atitude sobranceira na relação com os jogadores poderá por em causa o trabalho (bem) feito pela SAD. É importantíssimo Jorge Jesus ser apoiado para melhorar esse aspecto e aí Carraça e Manuel Sérgio têm um papel importantíssimo.

O plantel estará praticamente fechado e as dúvidas pairam apenas sobre se as saídas de Luisão, Cardozo e Saviola acontecerão e o SLBenfica não ficará a perder com as respectivas permanências - talvez antes pelo contrário.

Este ano temos excelentes possibilidades de sermos campeões! Não podemos estragar tudo...

sábado, 23 de julho de 2011

Ricardo Costa no Benfica?

 ●  + 14 comentários  ● 
Já que estamos numa de papar tudo o que vem nos jornais, que tal esta notícia do mesmo jornal que disse que vamos receber 40 milhões pelos direitos do Pais do Amaral:

Ricardo Costa apontado à Luz
Imprensa espanhola noticia interesse do Benfica no defesa-central do Valência. Internacional português, antigo jogador do FC Porto, chegaria à Luz por empréstimo de uma época.

A contratação de Adil Rami e a provável incorporação de outro central – fala-se de Pareja e Coloccini – deixam Ricardo Costa com pouco espaço no plantel che, e poderão abrir caminho à saída do português do clube espanhol.

De acordo com a Imprensa do país vizinho, o Benfica poderia pagar 500 mil euros pelo empréstimo do jogador, de 30 anos, até ao final desta temporada. Os encarnados ficariam com direito de opção a troco de 1,5 milhões de euros.

O treinador do Valência, Unai Emery, seria o principal obstáculo ao negócio, visto pretender contar com quatro centrais no plantel.


O Pinto da Costa ia adorar ter um bufo destes na Luz. Por mim, NÃO OBRIGADO

Esmiuçar os números

 ●  + 11 comentários  ● 
Acordámos hoje com duas notícias, uma no Expresso (da qual o SLBenfica demarca-se sem contudo a desmentir) e n'A Bola a propósito da venda dos direitos televisivos a Paes do Amaral por 45M€/ano. Outra notícia, desta feita no Correio da Manhã dá conta da venda do naming do Estádio da Luz a troco de uma verba na ordem dos 5M€/ano.

Naming do Estádio
Para os mais jovens pode parecer algo irrelevante, mas acreditem que é um tema sensível para os mais velhos habituados desde sempre ao Estádio da Luz. Recentemente o ManchesterCity vendeu o naming do estádio à entidade que já tinha o naming das camisolas, num contrato global a 10 anos no valor record de 150M€, ou seja, 15M€/ano. Já antes o Arsenal tinha feito um acordo semelhante (estádio + camisolas) por 100M€.

Domingos Soares Oliveira sempre teve esta ideia de gestão, muito antes de o António Salvador vender o naming da "pedreira" à Axa, ou antes de SportingCP e FCPorto nos copiarem o naming das bancadas e pavilhões. Em declarações recentes, avaliou a receita justa no limite inferior a partir do valor recebido pelo patrocínio das camisolas (aproximadamente 5M€).

Ora, feitas as contas, a confirmar-se a notícia do Correio da Manhã (não podemos considerar o jornal credível só quando nos apetece), estamos a falar de um valor na ordem dos 10M€/ano (camisolas + estádio), ou seja, 2/3 do que conseguiu o Manchester City e o mesmo... que conseguiu o Arsenal (e num contrato a 15 anos, mas com a atenuante de ter sido obtido em 2006).

A confirmarem-se estes números não há dúvidas que o SLBenfica volta a surpreender na gestão empresarial do Grupo Benfica, conseguindo resultados muito próximos de clubes com outro posicionamento de mercado e de ligas muito mais mediáticas que o SLBenfica.

Fora deste "campeonato" apenas Manchester United, Liverpool, Real Madrid ou Bayern com contratos só para as camisolas na ordem dos 20 a 25M€/ano, em contratos na ordem dos 4 anos.

Direitos Televisivos
Um assunto bem mais complexo. Inglaterra, França, Alemanha e agora Itália utilizam já o método de venda/negociação colectiva dos direitos televisivos. Em traços gerais, a distribuição dos valores é feita de forma teoricamente justa, ou seja, olhemos ao exemplo da Liga Francesa (assim evitamos exemplos com clubes de top mundial):
- A Liga disponibiliza um montante global de 517,8M€ em 2010/11
- 48,9% desse valor é distribuído em partes iguais por todos os 20 clubes da Ligue1 (12,6M€)
- 24,4% desse valor é distribuído em função da classificação nessa temporada (o primeiro recebe a maior fatia e os que descem não recebem nada)
- 5% desse valor é distribuído em função da performance desportiva (classificação) nas últimas 5 temporadas
- 21,7% desse valor é distribuído de acordo com as audiências nas últimas 5 temporadas

Na prática representa que o 1º classificado pode não ser o que mais ganha, porque as audiêncais pesam quase tanto como a classificação e além disso há também uma pequena fatia para a regularidade desportiva que, por consequência, dá mais visibilidade e audiências - logo mais valor.

Nas outras ligas há diferentes ponderações, mas andam todos à volta do mesmo conceito de performance e audiências.

Em Espanha a divisão é mais "leonina" com Real Madrid e Barcelona a receberem a maior faria dos mais de 600M€ (22%), correspondentes a quase 150M€ enquanto os outros clubes recebem bastante menos.

Curiosamente, as ligas Francesa, Inglesa, Alemã e Italiana que partilham métodos analíticos de distribuição de distribuição, têm cada vez mais equipas a crescerem e a aparecerem nos topos das classificações, tornando as suas ligas mais apelativas a melhores jogadores e patrocinadores.

Num exercício semelhante, a Liga Nacional vale cerca de 200M€ que é quanto a Olivedesportos receberá pelos direitos que compra aos clubes por cerca de 50M€. Curiosamente, quem mais lucra neste negócio é precisamente o intermediário ao contrário dos clubes.

Olhando a distribuições semelhantes às que se aplicam, por exemplo, em França teríamos os 200M€ a serem divididos em cerca de 49% pelos 18 clubes, ou seja, cada clube receberia 5,4M€/ano. Curiosamente um valor não muito longe dos 7,5M€/ano que recebe o clube com maior potencial de retorno em Portugal - o SLBenfica.

Se depois aplicarmos 25% em função da classificação da temporada anterior teremos 50M€ para distribuir por 14 equipas (se o primeiro receber mais de 10% estamos a falar em 5,5M€ para o primeiro, decrescendo até cerca de 500.000€ para o 14º). E com isto o primeiro da temporada passada já vai em 10,9M€ e os clubes de fundo da tabela em praticamente 6M€/ano.

Podemos continuar com as restantes ponderações da Liga Francesa para distribuir 20% pelas audiências dos últimos 5 anos, onde o SLBenfica recebia mais cerca de 5 ou 6M€ a juntar aos anteriores 10M€ que já viriam das demais ponderações e aos quais ainda juntaria mais 1 ou 2M€ dos últimos 6% a distribuir pela performance dos últimos 5 anos.

Na prática estaríamos a falar de um valor na ordem dos 17/18M€ por ano. Dirão alguns de vós que isso representa menos de metade do que as notícias dizem que o SLBenfica vai receber pelos direitos televisivos. E eu concordo em absoluto com essa análise que, numa primeira abordagem, seria muito penalizador para o SLBenfica.

Contudo...
... os clubes mais pequenos receberiam bastante mais, passariam a ser mais competitivos e menos sujeitos às jogadas corruptas sobre as quais o FCPorto tem sustentado toda a sua existência e sobre as quais tem assente a submissão que o clube do Norte tem imposto a esses clubes com dificuldades que não vêem alternativas à sua subsistência senão alinharem nesses jogos de interesse.

Teremos como contabilizar os milhões que perdemos devido a essas jogadas de bastidores que envolvem pagamentos, aquisições de jogadores, empréstimos de jogadores de forma obscura, aliciamento de presidentes, treinadores, etc? Quantos milhões vale acabar com esta situação?

Quantos milhões valerá ao SLBenfica que todos os clubes mais pequenos tenham interesse em obter vitórias, deixar de vir à Luz jogar apenas para prejudicar o SLBenfica, nem que isso implique cartões vermelhos ou ficarem de rastos nos jogos seguintes, cedendo pontos a rivais directos do SLBenfica?

A competitividade da Liga portuguesa iria forçosamente que subir, com isso o aumento de poder de desenvolvimento dos clubes e a aposta nas condições para formação e também na dotação dos respectivos planteis com jogadores com mais qualidade. Também mais recursos financeiros para melhorar as infra-estruturas e com isto começar a tornar a Liga portuguesa mais apelativa não apenas para "jovens em trânsito" ou jogadores em fim de carreira... e apenas nos três grandes.

Com tudo isto, a Liga de Clubes possivelmente em cinco anos passaria os 200M€ de receita para perto do dobro (ou mesmo mais) desse valor e com isso, os clubes passariam também a ganhar o dobro ou mais que isso em direitos televisivos e aí está estaríamos a falar de perto de 40M€/ano. Torna-se claro que o aumento da competitividade da Liga passaria a interessar a todos e os clubes e dirigentes mais dados à corrupção passariam a estar mais isolados fora do seu habitat, restando-lhes os árbitros...

Obviamente que esta não é uma análise linear. Claro que é perfeitamente viável olhar com indiferença para tudo o que gravita em redor do SLBenfica e dizer que se alguém der 30 ou 40M€ pelos nossos direitos televisivos nos tornamos (ainda mais) incomensuravelmente maiores que a Liga em que jogamos.

Isso é tudo verdade! Como também é verdade que só conseguiremos desenvolver e manter projectos desportivos duradouros e com profissionais de qualidade, quando tivermos uma Liga Portuguesa muito mais competitiva, com mais visibilidade e capacidade de atrair talentos de forma mais sustentada. O SLBenfica não existe sozinho em Portugal... e é exactamente o contexto onde nos inserimos que tem "minado" o futuro do Maior de Portugal.

Quanto às notícias recentes, pelo "status quo" instalado no futebol português, continuo céptico não só que o Paes do Amaral invista 40M€/ano em 15 jogos do SLBenfica, porque me custa perceber que isoladamente se consiga rentabilizar 2,67M€/jogo no actual contexto televisivo em Portugal; mas também mantenho algum cepticismo perante a "dormência" de Joaquim Oliveira neste processo, sabendo todos nós que Luis Filipe Vieira mantém uma relação de respeito com o magnata dos media, ao mesmo tempo que tem um contrato "armadilhado" até 2016.

Posto isto, obviamente que ficarei muitíssimo feliz por ver o meu cepticismo cair por terra perante a confirmação de um futuro acordo do SLBenfica com uma entidade que assegure os 40M€/ano pelos direitos televisivos dos 15 jogos do campeonato do SLBenfica.

Contudo, olhando numa perspectiva mais de longo prazo e resolução de problemas estruturais do futebol português e que afectarão o SLBenfica de forma inquestionável, talvez gostasse que houvesse vontade política para seguir o caminho das ligas francesa, inglesa, alemã e mais recentemente a italiana..

No entanto, se há cepticismo da minha parte em relação ao abandono de Joaquim Oliveira e a um contrato da dimensão de 40M€/ano por 15 jogos... mais ainda céptico fico sobre a vontade política de avançar para uma solução de negociação conjunta. É pena...

Seja como for, mesmo que isto acabe tudo no Joaquim Oliveira outra vez, o Presidente do SLBenfica está a fazer o que se exige: Pressionar e criar necessidade de reacção a Oliveira.

Oxalá eu esteja enganado e o Presidente do SLBenfica demonstre, como já fez noutras circunstâncias, que eu estou errado a este respeito. Esta devia ser a função/aposta do Presidente e deixar o futebol para quem tenha maior sensibilidade de gestão desportiva.

SLBenfica demarca-se da notícia do Expresso

 ●  + 4 comentários  ● 
O Sport Lisboa e Benfica ou qualquer outra empresa do Grupo Empresarial Benfica nada têm a ver com a notícia publicada na edição de hoje do semanário Expresso, com chamada na primeira página, sob o título "Sport TV perde jogos do Benfica". Comunicado Site Oficial SLBenfica

As notícias são positivas, mas não passam ainda de informações e não de concretizações como começa a ser confundido. Recordo que Joaquim Oliveira tem direito de preferência por este contrato até 2016. Os indícios são positivos, mesmo para os mais cépticos, como eu, neste assunto. Paes do Amaral - até há uns meses fora desta equação - poderá ser um indicador importante, mas é preciso aguardar pela clarificação de posições e valores. Para já, notícia positiva, mas apenas isso, contudo sem qualquer confirmação por parte de ambas as partes - nem é suposto que aconteça brevemente.

A confirmar-se (é importante percebermos que por agora são apenas notícias), no SLBenfica, um negócio desta magnitude teria que ser comunicado à CMVM, portanto este desmentido é perfeitamente normal por esse prisma enquanto não houver definições mais efectivas.

Mais que uma boa noticia, muito mais!

 ●  + 13 comentários  ● 
De uma assentada, o jornal A Bola apresenta hoje três notícias que - a confirmarem-se - são merecedoras de rasgados elogios à Direcção do SLBenfica e em particular ao seu Presidente, Luis Filipe Vieira.

Esta é talvez a que tem menos impacto, dado que ninguém acredita que Maxi tenha vontade de sair do SLBenfica, contudo é importante que o próprio jogador transmita a ideia da importância da sua ligação ao Clube, funcionando como um facto importante para o fecho rápido das negociações com o Paco Casal.

Em entrevista ao jornal, o brasileiro afirmou que está em Lisboa no Domingo, dizendo que não faz sentido alguns dos disparates que se têm escrito. Ainda ontem eu tinha reforçado isso mesmo, que Luisão jamais desrespeitaria o Clube e é importante que se pare com essas notícias de que o jogador se recusava voltar, etc. Atenção! Isto não quer dizer que o jogador sairá ou que fique, mas é importante para acalmar o teor de algumas notícias que dava conta de uma clivagem irreversível.

O Expresso e A Bola alinham ambos numa notícia que esta sim, para mim, coloca Luis Filipe Vieira na história do SLBenfica pelos melhores motivos e poderá significar um grande ponto de viragem no futebol português, num assunto onde sempre me tenho mostrado céptico que o Presidente o consiga.

Afirmam ambos os meios de comunicação que está por um fio o acordo com Paes do Amaral pelos direitos do SLBenfica, por um valor na ordem dos... 40M€, explicando A Bola um conjunto de indicadores que quase tornam impossível a Joaquim Oliveira subir a parada para acompanhar - nomeadamente aumentar para 32M€ o valor pago ao FCPorto, o que representaria dois valores incomportáveis para Joaquim Oliveira, que se tem debatido com dificuldades financeiras no grupo de media.

Obviamente que os próximos dias, talvez muitas semanas até, serão mais esclarecedores sobre o teor destas notícias, mas numa primeira análise estamos a falar de grandes notícias, que podem colocar o SLBenfica e o seu Presidente na história do futebol português pelos melhores motivos, infligindo uma machadada imensa no Sistema corrupto.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Daniel Wass oficial no Evian

 ●  + 9 comentários  ● 
O Evian já oficializou o empréstimo de Wass. Senhor que se segue?

Luisão. Pegar ou Largar?

 ●  + 13 comentários  ● 
É muito fácil vir para os blogs "mandar postas de pescada" sobre o tema Luisão. Pudera... agora é fácil e à distância, sem ter o ónus da solução ainda é mais fácil.

Para mim é um ponto assente que o SLBenfica não quer vender Luisão - o mesmo já não posso dizer de Cardozo e Saviola que me parece que aguardamos uma boa oportunidade e já temos o trabalho de casa feito nesse aspecto. Aliás, mesmo com Luisão o trabalho de casa também está feito.

De um modo geral, penso que podemos estar confiantes no que diz respeito à "construção do plantel, tal como já tive oportunidade de escrever esta manhã. O que falha, sempre e mais uma vez, é a capacidade de gestão e antecipação, típica de uma organização... pouco organizada e com gente a mais e competência a menos.

O "problema Luisão" só virou problema por culpa do SLBenfica que deixou o jogador sair de férias sem a situação devidamente acautelada, sem chegar a um acordo com o jogador sobre o seu futuro de forma clara e habilmente "passada" à comunicação social de forma a vincular o jogador.

No final da temporada, conhecendo o perfil do jogador, era impensável deixá-lo ir para a Copa América sujeitos a que acontecesse precisamente isto que aconteceu. Além da definição prévia, deveria o SLBenfica ter garantido um apoio constante ao jogador através do Rui Costa junto do jogador e António Carraça junto do empresário.

A "fórmula" a utilizar com Luisão é precisamente a que advogo para Maxi Pereira, cuja ausência de renovação já cheira mal pelo arrastar enorme que já traz.

Não estou com isto a advogar a permanência de Luisão ou de Maxi, sendo que me parecem óbvios os benefícios desta situação. Mas o SLBenfica não pode nem deve ter a ambição de controlar o futuro dos jogadores, tal como percebe que os outros clubes também não controlam quando começamos a fazer a cabeça aos jogadores que queremos comprar. Infelizmente, deixamo-nos a nós próprios "provar do mesmo veneno". Isso é incompetência!

A sair, mesmo que só saísse agora após a Copa América, o Luisão e os responsáveis do SLBenfica já deveriam ter todo o processo controlado há muito tempo, não dando azo a este tipo de conversas de jornal que, independentemente do resultado final, acaba sempre por abalar a estrutura e marcar mais uma vez o jogador e o defeso.

Há mais de dois anos que neste blog tenho feito repetidos apelos à reestruturação e reorganização da SAD de forma mais competente e, acima de tudo, com mais competências no que é fundamental para garantir que não voltemos a cometer erros que, genericamente, são quase sempre organizativos.

Luisão (e Maxi) poderiam sair ou ficar no SLBenfica sem esta novela! É desnecessária... é transtornante para os adeptos que percebem que a estrutura da SAD se permite a si própria ficar vulnerável a este tipo de situações, o que num clube com a dimensão do SLBenfica e com a quantidade de gente que recebe dinheiro no SLBenfica... é absolutamente inaceitável.

Nesta altura, no que diz respeito a Luisão, eu não acredito em "fumo sem fogo". Obviamente que o jogador deseja sair para um último (?) grande contrato aos 30 anos e depois de seis temporadas na Luz. Esse desejo não é novo e, como já disse, é compreensível.

Posto isso eu não acredito que este assunto seja resolvido de outra forma que não seja a venda do jogador por valores abaixo do que desejaríamos ou, forçar o jogador a permanecer. Luisão, sendo um jogador respeitador para com o SLBenfica ficará, obviamente, contrariado... mas dará o seu melhor a cada jogo. A minha dúvida é se nos interessa ter mais uma vez "esse Luisão".

Reforço que a próxima "novela" do género será com Maxi Pereira se não nos apressarmos a resguardar o jogador, a nos mostrarmos dispostos ao que for necessário para o manter e garantir o acompanhamento permanente ao jogador até resolver o processo.

Com a chegada de Garay, um jogador com a experiência da mais competitiva liga do Mundo, a sucesso do comando da defesa não se coloca, pelo que a saída de Luisão não assume contornos de gravidade, num cenário de substituição pelo jovem Mangala, também ele com experiência de primeira equipa e primeira divisão, ainda que no campeonato belga.

O que sinceramente me custa a sério neste processo, quer saia ou permaneça o Luisão, é a forma como o processo foi mal conduzido. O mesmo já tinha acontecido com Nuno Gomes, o mesmo pode acontecer com Maxi Pereira, o mesmo acontece com muitos assuntos diariamente na gestão desportiva do Sport Lisboa e Benfica.

Não está em causa o resultado final da decisão, se fica ou se sai o jogador A ou B. O que está em causa é a forma pouco cuidada e pouco profissional que muitas decisões são tomadas, expondo o Clube, a SAD e os adeptos a situações perfeitamente evitáveis.

A gestão desportiva e a gestão de recursos humanos não é igual à gestão de "qualquer coisa" ou "qualquer negócio", é preciso estar rodeado de pessoas com elevadíssima sensibilidade para um conjunto de matérias muito delicadas que, se pouco cuidadas (como tem sido o caso), acabamos expostos ao desnecessário.

A explicação de perder jogadores para o Porto

 ●  + 9 comentários  ● 
"Estou muito feliz com essa nova etapa da minha vida que se inicia em janeiro, pois é um grande clube, habituado a ganhar títulos também. Mas até lá continuarei a dar sangue pelo Santos e quero, com os meus colegas, ser campeão brasileiro e do Mundial de Clubes em dezembro", afirmou Danilo

Quer queiramos, quer não, esta é a verdadeira explicação. Os jogadores já não fazem finca pé para ir para o Benfica, quando têm a oportunidade de ir para o clube do mesmo país que ganha mais títulos e lhes dará mais exposição a esse nivel, deixando a sua imagem associada a títulos e vitórias.

Podemos esconder-nos atrás de muitas teorias de subornos e outras coisas, mas a dura realidade é que eles nem precisam de subornar os jogadores ou empresários para ter a vontade dos jogadores e empresários do lado deles. Enquanto o Benfica não criar uma cultura e organização de vitória constante, isto não vai mudar e vamos continuar a perder jogadores.

Desmentir ou não desmentir...

 ●  + 1 comentário  ● 
O que leva o Benfica a apressar-se a desmentir o Record, como se fosse um brinquedo para o director de comunicação andar entretido, mas deixa constantemente de fora desta palhaçada que são os desmentidos, as investidas feitas pelo O Jogo ou Sporttv. Porquê?

E já agora que credibilidade têm estas atitudes quando a seguir outros orgãos de comunicação aparecem com confirmações dos empresários sobre o interesse do Benfica?

Urreta

 ●  + 2 comentários  ● 
Urreta fora da pre-eliminatoria para ser para rir ou quem sabe chorar.... Um dos atletas em melhor forma do Benfica fica de fora....

BenficaSempre

Aí está o SLBenfica 2011/12

 ●  + 22 comentários  ● 
Com a apresentação de Capdevilla (que jogador!), acho que podemos dizer que (salvo alguma saída não prevista de Luisão ou Cardozo) o plantel do SLBenfica está fechado quanto a entradas.

Como já aqui tenho escrito, aparte de uma habitual desorganização característica de um clube que tem gente a mais, com protagonismo a mais... e com competência a menos, a direcção do SLBenfica fez um excelente trabalho na construção do plantel para 2011/12.

Claro que podemos sempre questionar porque não o jogador A em vez do jogador B, isso é óbvio. Acho que até com Messi, Ronaldo, Xavi e companhia ia haver dúvidas em porque não antes Fabregas. Mas aparte disso e procurando esquecer por agora o desnorte que foi de contratar mais um camião de gente, muitos deles a pensar no futuro é certo, mas outros que sabemos que nunca jogarão no SLBenfica.

Podemos também lamentar a ausência portugueses no plantel ou a falta de aposta de Jorge Jesus nos jovens da nossa formação, especialmente nos que apresentam mais competências para "pegar" no plantel: David Simão e Nélson Oliveira.

Podemos ainda alertar para a teimosia e falta de capacidade de liderança de Jorge Jesus que colocam em causa muito do investimento feito nesta temporada onde, reforço mais uma vez, a Direcção fez apostas muito fortes, inteligentes e seguras.

Mas não é hora de apontar a isso, feita a apresentação do plantel, gostaria de partilhar a minha leitura do referido plantel, ao mesmo tempo que enquadrar o que na minha opinião podem ser as ambições comparativamente à época anterior e aos rivais.

BALIZA
Todas as grandes equipas têm uma estrutura composta por dois guarda-redes de grande qualidade, dois potenciais titulares, e um jovem com valor. Olhamos ao plantel do SLBenfica e está lá tudo: Artur Moraes, Eduardo e Mika. Dois portugueses e um brasileiro que justifica a aposta. A baliza do SLBenfica tem tudo para dar certo, seja Artur ou Eduardo o titular e é importante que Mika seja a aposta para a Taça da Liga.

DEFESA
Que luxo ter Garay e Capdevilla na mesma equipa. O primeiro é um central que faz lembrar Gamarra ou Ricardo Gomes - que saudades de ter um central assim, que só não foi titular no Real Madrid por ter no plantel grandes defesas como Sérgio Ramos, Pepe ou Ricardo Carvalho pela frente... e um bocadinho de teimosia do Mourinho.

A compor o quarteto, a "contratação" que falta é a renovação de contrato de Maxi Pereira. Este vale quase um "quanto é queres, Paco?". É mesmo assim... acabar com o folhetim, mesmo que nos custe muito mais dinheiro que justamente deveria. O Maxi vale, o Maxi justifica. E já vamos, atente-se numa defesa composta por Maxi, Garay e Capdevilla! Um luxo...

Fica a faltar o companheiro de Garay, sim o companheiro, com o argentino acho que temos um verdadeiro "patrão". Eu tenho muita fé neste jogador se ele não se acomodar e chegar com vontade de mostrar o seu valor - é aqui que Jorge Jesus deveria ter um papel fundamental, mas não sendo possível (porque não tem capacidade para isso) deveria ser Carraça a gerir isto.

Esse companheiro deveria ser, no ideal, Luisão. Mas sinceramente percebo a posição dele ao cabo de sete anos, 30 primaveras e cada vez menos brasileiros no "gang do chopinho". Isto para já não falar na potencial perca de estatuto de "patrão" da defesa. Não podemos censurar esse desejo do capitão Luisão, mas o jogador e o Bertolucci também têm que o fazer da forma correcta e encontrar uma grande proposta para o SLBenfica poder abrir mão do seu capitão, logo numa temporada onde Moreira e Nuno Gomes também saíram, tornando talvez Maxi Pereira e Cardozo nos jogadores com mais tempo de Clube... 4 temporadas (vão para a 5a).

Não podendo ser Luisão, que este não saia por uma proposta na ordem dos 10M€ que nos permitissem o investimento em Mangala, um jovem de elevado potencial e com já muitos minutos de futebol europeu nas pernas.

Na retaguarda destes jogadores que oferecem todas as garantias, Jorge Jesus deveria aposta (a meu ver) em jovens de elevado potencial e preferencialmente portugueses. Miguel Victor tem tudo para ser uma boa aposta para suplente, tal como Roderick. Seriam as minhas duas escolhas e optaria pela saída do Jardel. Alternativamente, manteria o Jardel e emprestaria o Roderick a um clube da primeira divisão onde jogasse com regularidade. Nos centrais penso que estamos bem servidos e é importante que o Jesus saiba promover a rotatividade, especialmente nos jogos mais acessíveis e nas Taças nacionais.

Essa máxima é valida também para as laterais. Na esquerda Emerson será a alternativa a Capdevilla, com muita pena minha não foi feita a aposta no Mário Rui. No flanco oposto Wass parece fora do baralho, pelo que haverá a expectativa para ver se o lugar de opção a Maxi será para Ruben Amorim - que já manifestou que não é o que mais lhe agrada - ou mesmo a permanência de André Almeida. Esta última opção não me agrada porque o André é um médio direito e não um lateral. Nem todos os médios podem dar bons laterais.

No meio campo defensivo, vão perdoar-me mas o Matic não me enche assim tanto as medidas como a muitos de vós. Entendo a sua permanência, até porque Jesus gosta de jogadores possantes para aquele lugar, mas eu apostaria em Nuno Coelho para alternativa a Javi Garcia e, no 4-3-3 também não seria Matic a alternativa a Witsel (excelente jogador), mas sim Carlos Martins. Ainda assim, seria pouco sério dizer que Matic não é bom jogador ou não tem o espírito de luta que é necessário - tem! Mais uma vez, em 4-4-2 ou 4-3-3 é importante que Matic possa ir servindo de alternativa a Witsel ou Javi Garcia.

Neste sentido, Nuno Coelho e Carlos Martins são para uma incógnita no que toca à sua permanência. Ficam... saem! Estou apreensivo quanto às oportunidades que terão se ficarem, contudo acho que se Jesus fizer o que raramente é capaz de fazer - rotatividade bem planeada - que o SLBenfica tem a ganhar (e muito) com a permanência deles.

Já no meio campo de ataque, com Witsel, Aimar e Gaitan para o centro do terreno (sim, Gaitan para o centro do terreno) parece-me que Bruno César tem um espaço de manobra muitíssimo reduzido! Não é seguramente um médio ala que sirva de alternativa a Nolito, como David Simão pode servir (mesmo sendo nº10), não é um interior como o David também pode ser. Ele é um puro 10, pouco habituado a um futebol rápido. Acho que teria tudo a ganhar em ser emprestado um ano em Portugal, até - um clube tipo Guimarães, por exemplo.

Nas alas, Nolito e Enzo Perez são craques e serão donos e senhores dos lugares, devidamente apoiados por dois jogadores que podem fazer as duas alas, Urreta e Gaitan, mas também David Simão ou mesmo Ruben Amorim, Carlos Martins e até Jara. Não faltam soluções seja para 4-4-2 ou 4-3-3.

Na frente de ataque, Cardozo parece-me "deslocado" deste filme de um futebol veloz de "passa e desmarca". Se jogarmos com dois avançados, fará muitos golos de encosto porque sabe estar no sitio certo. Eu sinceramente gostava de ter um jogador mais móvel... um Nolito, mas não estou com isto a tirar qualidade a Cardozo, apenas a dizer que precisávamos de outro tipo de avançado, talvez com outras características e com isto dizer que me agrada muito a ideia da contratação de Soriano.

A contratação de Soriano reveste-se ainda num factor complementar muito interessante: Sendo um jogador de grande qualidade, a sua capacidade de entendimento de longa data com um jogador que será um diferenciador de qualidade no plantel este ano - Nolito.

Contudo, o quadro actual de avançados, só faria sentido a entrada de Soriano, se houvesse uma proposta muito tentadora por Saviola, como acredito que possa vir a aparecer. Não saindo Saviola ou Cardozo, parece-me que estamos servidos no que toca à frente de ataque, dado o complemento assegurado por Rodrigo, Jara e Nélson Oliveira - e há ainda a hipótese Rodrigo Mora que poderá não ser um dado adquirido que saia.

Hoje o jornal O Jogo fala ainda que na Turquia, fontes próximas do Besiktas dão conta de uma proposta por Hugo Almeida - não me desagrada em absoluto - até por ser português. Soriano e Hugo Almeida só fariam sentido se acontecesse a saída do Cardozo e do Saviola.

Mangala se sair Luisão, Hugo Almeida se sair Cardozo, Soriano se sair Saviola. Será esta a ideia de Luis Filipe Vieira?

recentes

ranking