O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

5 de janeiro de 2022

Com JJ saíram 10% dos problemas do atual Benfica

Avatar
| 44 comentários

 

Jorge Jesus tinha os dias contados no Benfica? Claro que sim! Em primeiro lugar porque obviamente os resultados desportivos não eram bons e só esses podiam servir de contrapeso a um feitio e a um discurso que tem sido simplesmente horrível.

Em segundo porque Rui Costa precisava de se demarcar definitivamente do reinado de LFV e de iniciar um ciclo desportivo vitorioso gerido por si, pela SUA equipa técnica, para que todos os créditos da glória lhe sejam atribuídos a si e não à herança que herdou. JJ sairia sempre, convençam-se disso (e JJ já o percebeu há muito), e  provavelmente até foi tendo "ajuda" de dentro para que o empurrassem para fora o mais cedo possível.

Mas não tenhamos ilusões: Que todos os males do Benfica fossem JJ! Só que infelizmente o mal é a mesmíssima ilusão que levou à sua contratação desesperada há 18 meses atrás, a ilusão de que o Benfica tinha um plantel de luxo destinado a grandes feitos e que só não ganhava por incompetência de Rui Vitória e Bruno Lage em rentabilizar os “diamantes” que tinham ao seu dispor. Para LFV, o Benfica apenas precisava de um treinador conhecido por tirar dos jogadores o seu verdadeiro potencial para que o Benfica conquistasse o mundo.

Infelizmente, a realidade era o que era, e nem JJ foi capaz de operar o milagre... Poucos (para não dizer nenhum) foram os jogadores que o Benfica já tinha que com JJ passaram a jogar o dobro. O que aconteceu foi precisamente o contrário: foi ver JJ a querer riscar cada vez mais nomes do plantel por falta de qualidade (alguns com peso como Pizzi e Samaris), a fazer dentro do plantel cada vez mais inimigos, principalmente porque revoluções pacíficas só acontecem quando assentes em vitórias desportivas e essas muito raramente aconteceram. JJ foi querendo riscar nomes mas nunca teve por quem realmente os substituir.

Alguns dirão: Ah, mas JJ teve 140 milhões para operar a revolução do plantel. Só que isto é uma grande mentira: Não foi JJ que escolheu Weigl, que escolheu Pedrinho, que escolheu Waldschmidt, que escolheu Meitê este ano e, segundo se diz, nem sequer Yaremchuck.

JJ tem grande input nas contratações de Gilberto, de Cebolinha, de Darwin, Lucas Veríssimo e João Mário. Mesmo Ottamendi não foi escolha de JJ mas apenas uma contingência da venda de Rúben Dias.

E as vendas/dispensas?! Sim, porque uma das acusações era precisamente que JJ estava a dispensar do Benfica craques para substituir por outros escolhidos por si que eram medianos...

E quem eram os craques? Comecemos por 2 jogadores mediáticos: Vinícius e Florentino. Vinícius que no Tottenham nunca calçou, e que este ano no PSV tem 5 golos em 21 jogos e uma média de 55 minutos jogados por jogo. E Florentino que o ano passado nunca calçou no Mónaco e que este ano tem jogado pouco num modestíssimo Getafe.

Podemos ainda falar da dispensa de outro “craque” Waldschmidt. Só que não. O alemão voltou ao seu país e ao Wolfsburg  onde tem sido quase sempre um jogador de banco e muitas vezes não utilizado.   

E há Pedrinho, que no Benfica foi sempre um corpo estranho, mais um artista com a bola no pé mas que sem ela era uma nulidade, e que mesmo este ano no Shaktar está longe de deslumbrar. E há Chiquinho que raramente joga no Braga.

Quem são os outros “craques” mandados embora? É o Gabriel? O Samaris? O crónico lesionado Jardel?O Cervi que não joga num Celta de Vigo? De todos aqueles que JJ não quis no Benfica, apenas Jota se tem destacado, e mesmo assim numa liga fraca como a escocesa e onde os avançados têm sempre muito espaço para jogar!

Há de facto esta ilusão em muitos adeptos, que jogadores que em clubes infinitivamente mais fracos do que o Benfica não contam, tinham tudo para ser figuras do Benfica!

Ok, estamos conversados quanto a contratações e a dispensas mas, e a formação? E esta questão é gira porque, meus amigos, então JJ foi “mandado” para a Arábia há 6 anos atrás porque não apostava na formação, e 4 anos depois foi “recontratado” a achar-se que ia apostar na formação?! JJ é aquilo que é (goste-se ou não), e aqui se há erro é de quem contrata um treinador que já se conhece, que não encaixa na filosofia do clube e a quem depois se exige que trabalhe com base em algo em que não acredita, que foi aquilo que aconteceu!

Ainda assim, Nuno Tavares jogou muito no Benfica o ano passado (foram os sócios e os seus assobios que dispensaram Nuno Tavares ou já se esqueceram?), Diogo Gonçalves só não pegou de estaca porque anda sempre lesionado, Gonçalo Ramos (uma das razões da dispensa de Vinícius) teve muito tempo de jogo para um escasso golo marcado e exibições quase sempre fracas, e Paulo Bernardo começou a entrar nas contas e a prometer uma carreira que se advinha de ouro.

Quem são os outros da formação? É o Ferro que esteve em Espanha e nunca calçou? São os titulares do Benfica na Liga dos Campeões de há 2 anos atrás Tomás Tavares e David Tavares?  

É que há esta ilusão na mente de alguns de que o Benfica da formação pré JJ era um Benfica dominante e ganhador e que foi JJ que veio interromper o ciclo! Não meus caros, JJ chegou precisamente porque LFV finalmente percebeu que nem tudo o que sai da formação é ouro, que da formação do Benfica não sai um jogador de jeito desde João Félix, e que era urgente mudar a política porque os resultados desportivos do Benfica Made in Seixal eram catastróficos!

Quero com isto desculpabilizar JJ dos insucessos recentes? Óbvio que não! No fim de contas, JJ não ganhou nada, e como todos os treinadores que não ganham, tinha de sair! Para mais quando os anti corpos já eram tantos.

Mas vejam a floresta toda e não a árvore apenas, e vejam para lá do ódio: Nunca a ausência de um trinco e dois laterais condicionaram tanto no Benfica, até mesmo o sistema de jogo! E quando JJ pediu um trinco chegou Meité. E quanto tempo levou para que chegasse Lucas Veríssimo ao Benfica, claramente o nosso melhor central, e cuja lesão recente precipitou o descalabro?

E quando este ano se pediu um outro central e não se teve, e depois se anda a jogar com André Almeida espera-se o quê?! 

Bruno Lage e Rui Vitória sofreram do mesmo mal? Claro que sim! Mas com uma diferença: é que pelo menos JJ sempre foi capaz de dar murros na mesa e não comia toda a palha que lhe metiam à frente! A sério que ainda acham que este plantel do Benfica dá para muito mais, seja com JJ, com Nelson Veríssimo ou com Mourinho? Acham que quando as duas “figuras” do Benfica são Pizzi e Rafa, dois jogadores que nunca contaram para a seleção nacional, estamos a falar de um grande Benfica? E ainda não perceberam que Weigl é um flop a trinco, um jogador que não é exímio em nada, nem a defender, nem a atacar, e que fisicamente também não é daqueles jogadores que goste de meter o pé, para mais quando já faz parte de um “11” onde à exceção dos centrais e do ineficaz Taarbat ninguém mete o pé?

Oxalá me engane, mas infelizmente JJ saiu mas com ele saíram apenas 10% dos problemas do atual Benfica: os outros 90% continuam lá e são um plantel fraco que não condiz com as expetativas dos adeptos, e uma Direção que há muito tempo que não faz ideia do que anda a fazer em termos de gestão desportiva.

Agora com Nélson Veríssimo vai-se seguramente respirar um ar melhor, que é precisamente aquilo que acontece quando se baixa a fasquia da responsabilidade... Agora se perdermos já não causa tanta mossa porque se está a preparar o futuro e o treinador está a prazo. Agora sim pode-se voltar ao Benfica da formação, pode-se experimentar os putos porque se não der certo este é o ano zero de um Benfica que ainda não se sabe bem o que vai ser.

E esqueçam os reforços de Janeiro, porque no Benfica ninguém vai ser tolo para torrar mais 40 milhões num plantel que nem treinador tem.

Muito cedo na época para se deitar a toalha ao chão, diria eu... Mas isto sou eu que não percebo nada do que é a responsabilidade de um clube com a história do Sport Lisboa e Benfica.

Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL).

44 comentários

  1. O melhor post dos últimos tempos...
    Todos os pontos nos is....

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida que JJ era um personagem adverso e desvantajoso para o SLB, mas o lastro do SLB em factores negativos continua muito pesado.

    A parte mais significativa que resta desse lastro são múltiplas facetas da herança de Vieira, entranhadas no funcionamento do clube sob a forma de estruturas difusas e cargos para fiéis que Vieira tratou de assegurar ao longo dos anos, não sendo simples nem exequível de eliminar no curto prazo por uma qualquer arte mágica.

    O Benfica é o doente que aguarda o diagnóstico necessário e objectivo (Auditoria forense...), para de seguida realizar um tratamento sério e metódico de erradicação da doença por superação das causas que a proporcionam.

    Sem isso o Benfica será somente um doente crónico, com dias melhores e dias piores, em cuidados paliativos...

    ResponderEliminar
  3. Tens razão, como costumas ter nas poucas vezes que aqui escreves, mas não era preciso escrever tanto para argumentar o óbvio, que eu e mais alguns aqui temos escrito nos últimos anos: o Benfica tem um plantel miserável para as expectativas, ambições e responsabilidades de um clube mítico e gigante, com 10 finais europeias.

    Já eu aqui tinha escrito múltiplas vezes: uma equipa que tem como expoentes máximos de qualidade técnica o Pizzi, o Rafa e o Taarabt, como laterais o Grimaldo e o Gilberto, como melhor defesa o Otamendi (que já não calçava em Inglaterra), como médio defensivo o Weigl (que não sabe defender) e como melhor avançado o Darwin (que nem titular é na sua seleção) só pode ter um péssimo plantel que não pode ambicionar mais que lutar com o Braga pela Europa e que nos melhores campeonatos da Europa lutaria para não descer. E como dizes e muito bem a formação perdeu qualidade nos últimos anos não tendo ninguém que entre de caras no 11 e melhore a situação no curto prazo.

    Tudo isto porque tivemos 2 cavalos de Tróia dentro do Benfica (Vieira e DSO) que o transformaram num negócio para alimentar muitas bocas, muitas delas fora do Benfica, acompanhados pelo incompetente do Rui Costa e de muitos lambe botas interesseiros. Recuperar a situação vai demorar muitos anos e pelas últimas decisões ainda nem sequer se percebeu dentro do Benfica a dimensão do problema. Colocar o Veríssimo por 6 meses na equipa principal a ver o que dá e substitui-lo também por seis meses pelo filho do Toni na equipa B é de quem não tem projeto nenhum, nem visão nenhuma, nem sabe o que anda a fazer.

    Mas muitos continuam e vão continuar em negação, virão falar de que ganhámos ao Barcelona, que o Rui Costa é um ídolo e que é benfiquista desde pequenino. Dentro de 2 meses estarão a pedir a cabeça do Veríssimo porque não sabe tirar partido dos "craques" que temos no plantel, para ser substituído pelo António Oliveira...

    Bem vindos ao Vietnam 2.0! "Obrigado" a todos que contribuíram...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão isto, começa na fraca estrutura onde ninguém percebe um boi de futebol e acaba no pior plantel de sempre. E sim, sou do tempo dos Kings, Nelos e Tavares, mas também tinhamos Ricardo, Preud'homne, Cannigia e João Pinto, e agora? É o Pizzi e o Everton?

      Eliminar
  4. Totalmente de acordo com tudo que foi inscrito e sou portista.
    Uma instituicao como o Benfica nao pode ficar assim

    ResponderEliminar
  5. Anónimo5/1/22 14:39

    O Nuno Tavares agora já é bom? Estou admirado! Depois de ter secado quem lhe aparecia na sua faixa de terreno no último porto - Benfica em que jogou, foi um chorrilho de barbaridades e de ataque ao jogador! Muito Benfiquista alinhou na lama lançada ao Nuno pelos corruptos!. Agora o Nuno Tavares já é bom! Estou admirado! É por estas por outras....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem disse que Nuno Tavares agora é bom?! Leste isso no meu texto?

      Nuno Tavares foi mais daquele trio de Tavares (mais o David e o Tomás) que chegaram ao Benfica pós venda de João Félix, e foram imediatamente colocados na montra da titularidade do Benfica na Liga dos Campeões, para ficarem logo no radar dos tubarões para serem vendidos.

      Eliminar
    2. Os Tavares são entulho, como o Ramos e o Paulo Bernardo, esqueçam!

      Eliminar
  6. MEFISTÓFELES5/1/22 14:49

    RedMoon: PARABÉNS. É o texto mais lúcido que aqui li nos últimos tempos.
    Estou totalmente de acordo com tudo. Há muito que eu digo que o problema do Benfica não é nem nunca foi o treinador, são os jogadores que, tirando 2 ou 3, são uma autêntica merda. São o refugo que o orelhas não conseguiu impingir a ninguém.
    E não vamos sair disto nos próximos tempos, é bom que nos mentalizemos disso. Temos uma equipa fraca, estamos destinados a disputar o 3º lugar do campeonato com Bragas e tretas dessas. Agradeçam ao orelhas ter dado cabo da equipa em negócios ruinosos.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo5/1/22 15:08

    O problema qual será, tempo a mais de LFV a frente de tudo? Tempo a menos para RC que ainda anda apagar fogos e tentar criar um caminho para liderar na sua plenitude? De JJ que não conseguiu nunca apresentar quer esquema quer equipa base igual em 2 ou 3 jogos seguidos? Dos nossos adeptos e sócios que já não têm paciência para esperar....Da formação que nesta ultimas fornadas não têm a qualidades da geração de Bruno de Lage..... Talvez.
    Apenas tempo, trabalho e dedicação e escolhas acertadas para nosso plantel. A jogares com qualidade na nosso campeonato que actuam em equipas na nossa liga, temos de apostar em voltar a ganhar a todos e a tudo na nossa liga. E só depois podemos almejar a algo mais lá fora. Agora por favor tracemos um caminho e por favor não cair no erro de voltar a temos de ir a eleições daqui por ano como diz RGS. Esse erro será catastrófico para futuro do Benfica. Porque isso acontecer será o caminho mais fácil para um novo Vale e Azevedo aventureiro tentar tomar conta do nosso Benfica.

    ResponderEliminar
  8. 10%!!??? Mais um leigo!!

    O que faltaría para ser responsabilidade?? ROBERTO, BRUNO CORTEZ, EMERSON, EDCARLOS, KARDEC, JARA E MUITO MAIS...

    Não atirem areia para os olhos das pessoas crlh!!

    Jesus é responsável em mais de 80% da merda que foi a época passada e esta que está a decorrer!!

    Só faltava dizer Jesus estava a ter "dores de crescimento"...

    Palhaçada de posts...

    ResponderEliminar
  9. Águia Preocupada5/1/22 15:15

    Li por alto e do fim para o princípio...
    Prometo que vou tudo - tens o mesmo defeito que eu. Ambos escrevemos textos demasiados longos.
    Mas antes que me esqueça, tenho comentar a frase:

    "formação do Benfica não sai um jogador de jeito desde João Félix"

    Achas mesmo? Tens um nick inglês e penso que vives em Inglaterra... Andas alheado do futebol inglês?
    Bernardo Silva, Cancelo, Rúben Dias, todos eles já considerados os melhores jogadores a jogar em Inglaterra, não te dizem nada? Já para não falar de outros que andam por outras latitudes, Renato Sanches, Jota...
    Há muita coisa má no nosso clube, mas essa da formação pelo menos de um passado recente, desculpa lá mas estás a ser tremendamente injusto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo5/1/22 16:38

      E esses são antes ou depois de Félix? Esses são mais novos ou mais velhos do que Félix? Acho que andas com uma compreensão mais lenta? Talvez algum descanso fizesse bem

      Eliminar
    2. Sim, confirma-se que leste por alto (o que entendo porque de facto o texto é longo:)))

      Mas eu disse que do Seixal nunca saíram jogadores de jeito ou disse que não há nenhum de jeito desde João Félix (e desde o lançamento do Félix já passaram 3 épocas)? Desde o João Félix saiu alguém do Seixal acima da média?!

      Depois invocas uma série de nomes pré João Félix... Sim, o Rúben Dias saiu depois do João Félix mas foi lançado antes do Félix...

      Ainda assim, de todos só o Rúben fez alguma carreira no Benfica... O Renato fez uma época, o Félix outra época, e outros nem oportunidade tiveram...

      Mas essa é outra questão que defendo há muito e que não importa repisar: como é que o Seixal vai alguma vez ser a base do Benfica (por mais ou menos qualidade que tenha), se à exceção do Rúben todos foram vendidos à primeira oportunidade?

      Eliminar
    3. BITORYNO5/1/22 17:15

      "formação do Benfica não sai um jogador de jeito DESDE João Félix"

      Sabe o significado da palavra "desde" e qual o seu sentido na frase ?

      Eliminar
    4. Podes acrescentar o Ederson, Lindelof, André Gomes, Helder Costa, Ivan Cavaleiro, Nuno Tavares.

      Eliminar
    5. Águia Preocupada5/1/22 20:45

      Ok! Aceito as criticas. Mas eu considero que os que mencionei são da mesma geração e talvez alguns tenham jogado juntos nas camadas jovens.
      Mas pronto admito que interpretei mal a questão.

      Mas segundo leio por aqui, há uma fornada muito boa a sair...
      Eusébios, só existem uma vez em cada século!


      Eliminar
  10. Na mouche, volta mais vezes Redmoon que este blog bem precisa de ti.

    ResponderEliminar
  11. Jose Ferreira5/1/22 15:24

    Análise correcta. Porém sem nada de novo, porquanto qualquer benfiquista que não seja vieirista ou que não seja faccioso está farto de saber que os problemas do Benfica (desportivos) não acabaram com a saída de Jorge Jesus. Começaram a acabar com as saídas de Vieira e agora com a de Jesus e irão continuar a acabar (espero eu) com as saídas de muito lixo que prolifera naquele plantel, plantel esse que só era superior aos dos nossos rivais na boca de certa comunicação social e de mais alguns cartilheiros por essas tvs afora. Também acho que não se deve fazer contratação nenhuma em Janeiro, mesmo mandando embora jogadores medíocres (quantos for possivel) os que lá ficarem mais os que virão da equipe B chegam e sobram para fazer frente aos Sporting's e Porto's desta vida. Veja-se a equipa do Porto que é das mais fracas de sempre e ganha ao Benfica só porque há treinador, há cultura de vitória, há meter o pé, há garra, há ratice para provocar o adversário até que ele se auto-expulse (vidé Otávio/Almeida). Desta situação o verdadeiro culpado foi Vieira, deixando esta herança à actual direcção a qual espero vá resolvendo as coisas, assim como espero que N Verissimo consiga pôr uma equipa a jogar tal como a equipa B que lidera um campeonato muito mais feroz que a 1a. liga.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo5/1/22 15:27

    Off topic: três casos de Covid no Benfica, um6 deles é o próprio Pizzidente.

    ResponderEliminar
  13. Respostas
    1. ........eu sou dos que gostaria de saber a opinião, de quem escreve, sobre a qualidade de "pote" "palhinha", que estava em lista de dispensa, "nuno santos" e outros que antes de Ruben Amorim não valiam "cheta............

      Eliminar
  14. Seja bem regressado, caro RedMoon. Bom post que à semelhança de outros anteriores, subscrevo quase na íntegra. Temos um plantel com mais cotação que utilidade ou valor real, e para ajudar à festa somos algo generosos em demasia no que se refere a avaliar os nossos jogadores. Obviamente que Jesus era um problema cada vez maior e que tinha que sair o quanto antes, mas não de qualquer maneira como acabou por ser. Qual é que era o mal de deixá-lo acabar o ano? Ah, já sei desentendeu-se com o Almeida, o Pizzi, e o Rafa. Era abrir um processo de averiguações e talvez um processo disciplinar. Se se constatasse que a culpa era do Jesus, era penalizá-lo, se se constatasse que a culpa era dos jogadores, era penalizá-los. Mas uma coisa nada tem a ver com a outra necessariamente, o despedimento do Jesus tem a ver com maus resultados (consequência provavelmente também do mau ambiente), mas questões disciplinares são questões disciplinares, as desportivas são à parte (em boa parte).


    Aliás, como escreveste e bem, saiu o Jesus, mas continuam quase todos os jogadores que estavam cá. Portanto esperar muito mais do Veríssimo do que do Jesus ainda por cima com os mesmos jogadores, talvez seja demasiado optimismo da nossa parte. Relativamente aos jogadores que saíram talvez no Benfica pudessem ter mais utilidade e melhores desempenhos do que têm tido nos sítios para onde foram, mas é um "se" não é uma certeza.

    Quanto aos jogadores da formação, há talento, há esperança, mas nem todos são vedetas, e alguns nunca chegarão a explodir, sempre foi assim no mundo do futebol, não é só no Benfica.

    Em todo o caso, se houvesse de facto vontade de vencer, iam buscar um treinador com já algum nome, o que passaria uma mensagem para fora e para dentro de que não se atirou a toalha ao chão. E se se pudessem ir buscar 2/3 jogadores para as posições mais deficitárias talvez não fosse mal pensado. Estamos a 7 pontos (mais 8 dada a diferença de golos) de dois adversários é verdade, mas "só" 4 (ou 5 se quiserem) não dependem de nós. Sabendo que no embate entre Porto e Sporting algum perderá pontos, os tais 4 (ou 5) pontos de atraso, "transformam-se" em 1 (ou 2) pontos de atraso para um deles, ou 2 (ou 3) pontos para os dois. Será assim tão irreal admitir que se possam recuperar essa desvantagem nos restantes 15/16 jogos? Digo 15/16 pensando nos 17/18 que faltam menos o jogo entre eles e o de cada um deles com o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com laterais novos, um central rapido e um trinco seria possível. Como estamos é impossível

      Eliminar
  15. BITORYNO5/1/22 17:16

    Muito bem...nota-se que anda a ler outros Blogs...

    ResponderEliminar
  16. Um Benfiquista5/1/22 17:24

    Parabens RedMoon! 100% de Acordo! Os acontecimentos (infelizmente tristes) quase diarios no Nosso Benfica perturbam a razão e perde-se o foco.

    ResponderEliminar
  17. lucas verissimo o nosso melhor central,fdssssss

    ResponderEliminar
  18. Já precisava de um pouco de lucidez este blog, bom texto como quase sempre.
    Agora se o padrão se mantiver, a inveja ou mesquinhez nunca entendi muito bem o porquê, vai provocar um chorrilho de posts dos outros escrivas numa tentativa de contra argumentação meia tímida e disfarçada.
    Não vem muito ao caso mas acho engraçado...
    Parabéns pelo texto cheio de lucidez algo que falta aos restantes bloguers.

    ResponderEliminar
  19. A análise é correta e dá-me um banho de realidade quanto ao plantel, mesmo a análise que fazes ao weigl é muito acertada.
    Este Benfica é o resultado de uma politica desportiva risível, mesmo idiota, muito além de incompetência.

    ResponderEliminar
  20. Redmoon,

    JJ - que eu considero bom treinador - nunca deveria ter regressado.
    Não é só com dinheiro que se ganham títulos. Ajuda sim, mas não é tudo.

    ResponderEliminar
  21. Anónimo5/1/22 20:26

    Concordo com QUASE tudo exceto:
    "A sério que ainda acham que este plantel do Benfica dá para muito mais, seja com JJ, com Nelson Veríssimo ou com Mourinho?"
    Este plantel TEM de dar para muito mais! Vejam pf exemplo o exemplo do FCP, que com meia dúzia de jogadores da formação e outros tantos comprados no mercado nacional, dominou ( e bem, embora com arbitragens "habilidosas") o nosso SLB! Acham mesmo que um plantel que tem Nanu, Manafá, F.Cardoso, Taremi, Martinez, etc é melhor que o do SLB???? O Porto dá-se ao luxo de encostar o Corona (melhor jogador da época passada) para mostrar aos restantes quem é que manda. Os jogadores do plantel do Benfica Têm de dar muito mais, basta, correrem mais, pressionarem mais, concentrarem-se mais.... Não falta qualidade ao plantel, falta ATITUDE, EXIGENCIA e RIGOR e aqui a culpa é da estrutura, desde o presidente ao treinador. Se não aumentarem a atitude competitiva e a exigência no atual Benfica , podem vir Cavanis, Messis, Ronaldos que não passamos disto!
    Bom ano a todos!
    Pedro Almeida

    ResponderEliminar
  22. Anónimo5/1/22 20:32

    Só sei que até à contratação de Weigl o Benfica ia ao dragão com a possibilidade de ficar com 7 pontos de avanço. Algo se passou no balneário seja pela macieza de Weigl seja pelo facto do Sr 20 milhões não valer o dinheiro que se deu por ele. Nunca será um 6

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oh idiota o weigl quando foi contratado estávamos com quatro pontos de vantagem sobre os corruptos vires aqui repetir mentiras não as tornam verdades.

      Eliminar
  23. Anónimo5/1/22 20:36

    Vem cá mais vezes Red. Belos tiros 100% de acordo. Aceita 1 abraço

    (O escriba GB já apaga post's haha não coordenou bem com o Sombras o timming de ataque ao @otalpulha e consequente defesa do amigo Rui..)

    ResponderEliminar
  24. Sr do Benfica5/1/22 21:25

    Parabéns RedMoon! Assim se fala À bom Benfiquista!

    Acrescento que de facto a saida de JJ não resolve a paucidade de jogadores que temos no plantel.
    É preciso um projeto com pes e cabeça. É preciso por os pontos nos I's com Verissimo e deixar CLARO QUE ELE NÃO TEM GABARITO/NOME/PESO/ESTALECA para o Benfica Europeu.
    Por isso tem que sair no final da época e só lá está para termos mais condições de conseguir quem realmente é preciso.
    Porque não começar já a aliciar Ruben Amorim? Porque não começar já a por os Milhoes da Champs do proximo ano a render para um treinador de peso?
    Depois é preciso varrer todo este entulho como rafas e almeidas e pizzi e joao mario e yaremchuck e darwins.
    É preciso ir buscar 5-6 titulares indiscutiveis com urgencia nestas duas janelas!
    É A HORA BENFICA
    É A HORA DE SERMOS BENFICA

    ResponderEliminar
  25. Anónimo5/1/22 22:00

    Na mouche Redmoon concordo quase na totalidade com o que aqui explanaste!
    E sim. realmente depois do que foi revelado no twitter pelo PULHA (https://twitter.com/o_tal_pulha) Jorge Jesus só representava mesmo 10% dos problemas.... os restantes ainda lá permanecem e com ampla aprovação dos sócios.
    A saida do Orelhas foi igual ao golo do Cebolinha contra o Bayern (na própria baliza!!)

    Cumprimentos Redmoon volta + vezes

    ResponderEliminar
  26. Boa noite. Até concordo com a maioria do que escreveu. Mas também recordo apenas que deve haver exigência por parte da cúpula diretiva. Acham que o plantel do SCP é melhor? Com miúdos que ninguém conhece? Qualquer um entra e corre que se farta, não erram tantos passes... Alguém sabia quem era o Vítor Pereira antes de ser o treinador principal dos andrades? Tem é que haver compromisso com o SLB. A qualidade pode nem sempre estar lá - como se vê no plantel do FCFruta, mas deve haver exigência por fazer melhor. Deitar a toalha ao chão? Nunca! Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar
  27. Anónimo5/1/22 23:19

    Parabéns pelo texto, enorme lucidez e discernimento como é apanágio do que publicas é realmente uma pena a tua presença ser tão pontual.
    Eu apenas atribuia menor percentagem à saida do Chiclas no que à resolução de problemas diz respeito. Os verdadeiros culpados passeiam se livremente pelos corredores da luz e desfrutam como ninguém da impunidade que gozam junto de quem os lá meteu. E com novas eleições o fado será o mesmo, engana-se quem pensar o contrário!

    (Então e não é que hoje somos prendados com mais um rol de situações comprometedoras para a cúpula diretiva?? De estranhar ZERO, mas é de salutar a coragem dos envolvidos na defesa do Benfica! Fico deveras incomodado pela forma apressada como o Sombras & o seu parceiro Gb atacaram o conteúdo revelado pelo "Otalpulha". O último até apagou o post,posteriormente.
    É bem revelador do que aqui andam a fazer há anos, são quilos e quilos de feno debitados e na hora "H" mostram sempre o que são e a quem prestam contas)


    Saudações Benfiquistas, bom ano a todos!
    Viva o Sport Lisboa e BENFICA

    ResponderEliminar
  28. o bazofias saiu porque não tinha qualidade.
    sobretudo a qualidade daqueles que andaram cinco anos a chorar por ele.
    aqueles que choraram por ele e que agora vem dizer que no tempo do rui e do lage não existia qualidade, pois não, mas mesmo assim diziam que com o bazofias todos iam brilhar e que a culpa era dos treinadores.

    ao menos tinham a dignidade, já que comeram com a porcaria do bazofias, de não fazer dos outros parvos.

    brincadeira não foi ele que escolheu o meite, nem o yaremchuk a serio, menos muito menos, mas o darwin já.
    sim porque o everton é um exemplo da excelência do bazofia e o novo fabio coentrão.

    o problema do diogo não são as lesões é jogar numa posição para a qual não tem a mínima qualidade e que só o bazofias acha que ele pode render.

    mas só agora é que perceberam que os anticorpos ao bazofias eram muito, não foi por falta de avisos às viúvas.

    andava a jogar com o andre almeida porque queria então não tinha o morato muito melhor que ele.

    que os problemas não se resumem ao treinador, como não o eram no tempo do rui e do lage já todos sabemos, agora o bazofia era mais um problema a juntar aos que já tínhamos e nunca era solução para nada a não ser para as viúvas.

    e se era para vir dizer que não estavas enganado que o bazofias continua a ser o melhor e que foi tramado o melhor eras teres estado calado como andavas, é que assim eras um poeta.

    ResponderEliminar
  29. Caro Redmoon,
    Concordo quase em absoluto com a avaliação feita ao plantel. Há muito que também expresso a mesma opinião: o plantel não tem grande qualidade, muito menos a qualidade que se apregoa. A responsabilidade, na minha opinião, é obviamente de uma politica que nunca teve uma estratégia desportiva como fundação, mas antes a vertente comercial. Isso está bem plasmado no facto do Benfica ser o clube que mais vendeu, a nível mundial, nos últimos 10 anos, com um valor que ultrapassa os 1100 milhões de euros. Obviamente, a nível de comissões, os valores pagos também foram astronómicos. Se por um lado ser primeiro deste ranking revela algumas forças, por outro nunca tal se refletiu em benefícios evidentes para o clube, nomeadamente em matéria de títulos ou aumento de competitividade face aos principais rivais e muito menos na Europa.
    Esta politica "comercial" e não desportiva esteve sempre bem evidente na sistemática falta de critério desportivo nas compras de jogadores que sempre privilegiaram os extremos e pontas de lança, mesmo quando estes já existiam em excesso no plantel e outras posições reclamavam "a gritos" por reforços que nunca chegaram, época após época (defesas laterias, trincos, medio box-to-box, etc.). Outro aspeto onde se torna evidente a falta de critério desportivo é o perfil atlético dos jogadores - o Benfica tem contratado imensos jogadores que, embora demonstrem algumas habilidades técnicas, são o que eu chamo de "pigmeus", com enormes fragilidades físicas (veja-se essa linha esquerda muitas vezes composta por Grimaldo e Cervi). Aliás, quando se compara o perfil atlético dos jogadores do Sporting com os do Benfica, facilmente se percebe a enorme superioridade a que recentemente se assistiu na Luz por parte dos Leões.
    Esta política "comercial" a longo prazo nem sequer é muito inteligente, porque ao não criar as condições para ganhar, a Direção do Benfica também não cria ou não criou as melhores condições para vender, mas se calhar a estratégia foi mesmo a de vender e comprar o mais possível enquanto existiram condições para tal, assegurando-se, assim, a geração de muitos milhões em comissões.
    Não concordo com o "aligeirar" das responsabilidades de JJ. Como muitos defendem, Jorge Jesus é um treinador que beneficia de uma enorme proteção por parte da Comunicação Social. Tem as suas qualidades, certamente que sim - muitos jogadores e ex-jogadores o elogiam frequentemente -, mas, ainda assim, é altamente sobrevalorizado. Relembro que só ganhou títulos com alguns dos melhores e mais caros planteis da história do Benfica e do Flamengo. No nosso querido Clube teve derrotas inconcebíveis tendo em conta os meios que tinha à sua disposição. Nesta segunda passagem, apesar de todas as limitações que reconheço no plantel, não posso aceitar as derrotas sistemáticas contra o Braga na Taça da Liga e Taça de Portugal, já para não falar do PAOK e da miséria que são sempre os jogos contra o FCP, mesmo tendo em conta as roubalheiras do costume. Por outro lado, quem estuda os temas de liderança e os fatores motivacionais das gerações mais jovens à escala mundial, sabe perfeitamente que o estilo de JJ está completamente ultrapassado e que hoje em dia não tem qualquer possibilidade de ser bem aceite.
    Muitos têm uma memória muito fraca ou muito seletiva, mas eu sou daqueles que se lembra bem que na época em que tínhamos Aimar, Saviola, Cardozo, Di Maria, Ramirez, Javi Gracia, entre outros, conseguimos perder no Dragão por 3 - 1, na penúltima jornada, com possibilidade de ser campões nesse jogo, e a jogar contra 10 (!!!), tendo o Benfica sofrido o 2 - 1 e o 3 - 1 a jogar em superioridade numérica (!!!). Depois lá conseguimos ser campeões na última jornada a jogar a medo contra o Rio Ave que cedo ficou reduzido também a 0 jogadores, mas conseguiu estar empatado durante largo período de tempo.

    ResponderEliminar
  30. Não concordando com os 10% (acho que foram bem mais, muito mais) mas muito bom post. Haja alguém neste espaço que saiba do que fala.

    Entretanto, os lunáticos deste blog já começaram a despejar posts (iguais às dezenas de posts que vão fazendo, sem acrescentar nada de novo) para que este bom texto desapareça nos confins da internet. :)

    Carrega, Benfica.

    ResponderEliminar
  31. É a realidade pura e crua, junto apenas à qualidade mediana do plantel a fraquissima intensidade e capacidade competitiva.

    ResponderEliminar

O NGB mantém registo dos comentários. Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL). Seja moderado na linguagem, senão será rejeitado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no contexto do blog.

ranking