O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Jorge Jesus, o novo Manuel Cajuda: "Em terra de cegos quem tem um olho é rei!"

Avatar
 ●  43 comentários  ● 


"Foi campeão no Brasil. Ganhou a Taça Libertadores. É vice-campeão do mundo de clubes.
O treinador de 65 anos, nascido na Amadora, decidiu emigrar e chegou ao reconhecimento mundial." - RTP.

------------------------------

Quando li esta notícia, pensei que fosse 1 de Abril ou coisa parecida.

Desde que Jorge Jesus saiu para a Arábia que se assiste a uma campanha sem precedentes para fazer do Rod Stewart da Amadora aquilo que não é: um treinador com reconhecimento mundial.

Jorge Jesus conseguiu algum reconhecimento no SL Benfica, e mesmo aí com resultados limitados. Lembro que mais nenhum treinador do SL Benfica dispôs do investimento em jogadores de qualidade que foi feito durante os anos que treinou o nosso clube.

Mesmo assim, Jorge Jesus teve um primeiro ano bom mas que depois foi seguido de um tricampeonato para o FC Porto, dirigido por 2 treinadores rookies. Logo ele, um mestre do futebol...

O percurso de Jorge Jesus no SL Benfica não correspondeu ao investimento realizado, por mais que digam o contrário.

No Sporting repetiu-se um primeiro ano forte, com o maior investimento dos últimos anos no plantel, mas ainda assim perdeu para um treinador inexperiente em equipas grandes e em início de carreira ao mais alto nível: Rui Vitória.

Foi preciso ir para a Arábia Saudita pois na Europa ninguém o quis. E mesmo lá, perante a chegada de Rui Vitória e Helder ao Al-Nassr, preferiu não continuar até ao fim do campeonato pois percebeu que estava em risco de não vencer o título...contra Rui Vitória, como se verificou.

Lá veio o Flamengo, com um investimento gigantesco e contratando vários jogadores com experiência de Europa. Claro que, como diz o ditado, "em terra de cegos quem tem um olho é rei".

Bastava ter acompanhado o futebol brasileiro, o seu campeonato e até a selecção canarinha, para perceber como o futebol lá está muito longe dos tempos em que tinham jogadores para construir ao mesmo tempo 2 selecções que podiam ser campeãs do mundo.

É óbvio que Jorge Jesus, falando em português(mais ou menos) e com métodos de trabalho rigorosos(que os tem) iria estar muito acima dos outros no campeonato do Brasil.

Como teria facilidade em ir longe na Libertadores, onde contam-se pelos dedos de uma mão as equipas de qualidade superior. Bastou ver a final em que o Flamengo enquanto o River teve "canetas nas pernas" não tocava na bola nem causava qualquer perigo.

Depois invocar um jogo de uma competição sem qualquer valor ou prestígio como o Campeonato Mundial de Clubes como o mais importante da carreira é cair no ridículo que só Jorge Jesus consegue.

Faz lembrar Manuel Cajuda, o antigo treinador que andou anos a dizer que "já merecia treinar um grande"...

Jorge Jesus continua a falar de clubes como Real Madrid, Barcelona, Bayern Munique ou outros desse calibre como se alguma vez essas portas estivessem abertas a um tipo que não fala uma palavra de qualquer língua estrangeira e que, com 65 anos, apenas tem no currículo na Europa uma passagem pelo SL Benfica com um sucesso relativo.

Jorge Jesus pode dar as voltas que quiser: não vai treinar qualquer grande da Europa, SL Benfica incluído.

Atualização:

"É com orgulho que recebo esta condecoração. Sei o significado dela, sei bem quem é o Infante D. Henrique, porque todos os dias no Brasil tinha de atravessar a Avenida Infante D. Henrique."

43 comentários blogger

  1. Shadows nao compares esse ser despresivel ao manuel cajuda por favor! Tem mais respeito pelo homem que diz que em casa dele ate o cao é Benfiquista!

    ResponderEliminar
  2. "não vai treinar qualquer grande da Europa, SL Benfica incluído."

    Certo, Shadows, até porque a grandeza do homem já não cabe no (que tornaram pequeno) Benfica.

    Deixa-te de dor de corno, de seres o tacanho tuguinha complexado e invejoso do sucesso dos outros. JJ já não volta, somente porque ele não quer, por isso não te preocupes.

    Não tarda vais chorar e ter de engolir o teu último parágrafo. És muito melhor que isso, cresce naquilo que escreves e desejas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toma e embrulha, Shadows! "Cresce naquilo que escreves e desekas".

      Eliminar
    2. Se alguém tem de crescer és tu. És a chacota do blog. heheh

      Eliminar
    3. Muito bem. Totalmente de acordo com o seu post. A inveja é dor de corno é uma qualidade tuga.

      Eliminar
  3. Xiii, foi preciso chegarmos quase a 2020 para concordarmos a 100% em algum assunto que envolva o Benfica! Um grande bem haja e que continues a ter opiniões esclarecidas como esta daqui em diante são os meus votos para ti para o ano novo.

    ResponderEliminar
  4. Eu gostava de o ver no real madrid ou no manchester united por curiosidade.
    Mas n tenho sdds dele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Inglaterra....isso é que era.
      Qual Scolari qual quê....

      Eliminar
  5. "Depois invocar um jogo de uma competição sem qualquer valor ou prestígio como o Campeonato Mundial de Clubes......
    Sim sim a gente já sabe que o campeonato Mundial de Clubes não tem qualquer prestígio porque em Portugal só um clube o conseguiu por duas vezes e chama-se Futebol Clube do Porto, tudo o resto é comentário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. taça toyota, mundial de clubes é outra coisa.

      Eliminar
    2. Tenho três dúvidas, quando o Benfica em 1961 levou 5 em Montevideo do Penarol, e no ano seguinte levou mais 5 do Santos na Luz, o Benfica disputou a Taça Toyota ou a Taça Intercontinental? Qual das duas provas não é reconhecida oficialmente pela UEFA? O Mundial de Clubes sucedeu à Intercontinental?

      De uma coisa eu tenho a certeza, o FC Porto, é o único clube Português que conquistou todas as competições internacionais de Clubes, Taça dos Campeões Europeus, Champions (neste século, o único fora das Ligas Top 4 a vencer a Champions neste século XXI), juntou T UEFA, L Europa, Supertaça Europeia, Taça Intercontinental (para os despeitados Taça Toyota), e a última, os Sub-19 do FC Porto sagraram-se campeões europeus ao conquistarem a UEFA Youth League, ainda este ano, mas nem foram premiados como a melhor Academia do ano na gala dos Globe Soccer Awards, no Dubai ... Como dizem os outros, é lidar!

      Janela_Opaca

      Eliminar
    3. Os troféus ganhos pelos Porkos no estrangeiros desde os anos 80 - foi um fartar vilanagem!! - foram todos, sem excepção, ganhos graças ao doping. E já não falo nos campeonatos.
      Já aqui foram publicados inúmeras, dezenas, provas desses factos.
      Não é necessário repeti-las.

      Eliminar
    4. O glorioso andou lá e foi despachado das duas vezes com 5 cabaças dor de corno é jodida como diria o Pablito...

      Eliminar
  6. Cheira me a azia, vice campeão do mundial de clubes onde só perdeu por 1 a 0 com o Liverpool não foi mau.
    Jesus a bom treinador, chegar a um grande da Europa ainda pode ser, basta ver os treinadores anteriores quando um Solari treina um Madrid ou um Tata Martino um Barcelona um Kovac o Bayern, porque não Jesus?? Espero ver a treinar um grande na Europa, opinião pessoal.. Bom Ano Shadows, para ti e para todos incluindo avençados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "chegar a um grande da Europa ainda pode ser"

      Pelas mesmas razões que enumeras e não que o Benfica se possa chamar um grande europeu, mas na mesma dimensão se Bruno lage treina o Benfica não vejo porque JJ não possa treinar um Barça ou um PSG...

      Eliminar
    2. A definição de grandeza para o JotaPê é o PSG. Está tudo dito. heheh

      Eliminar
    3. So perdeu com o Liverpool mas também só ganhou um

      Eliminar
  7. VERGONHA! Quando ganhou títulos pelo Benfica ninguém disse nada!

    ResponderEliminar
  8. Uma televisão publica portuguesa escolher um cidadão português para "personalidade do ano", concordo. Mas a escolha (independentemente dos méritos de JJ), só revela a total pobreza de ideias que vai naquela casa (entenda-se, na direcção da RTP), para não dizer pior.

    ResponderEliminar
  9. "no Benfica com resultados limitados"

    É só o treinador com mais troféus do Benfica. Não é do Amora, do Penela ou Estrela de Vendas Novas. É o treinador com mais troféus na história do Benfica!

    Só esse registo já lhe garante um lugar na história do mais glorioso clube português, gostes ou não.

    E mais importante que isso, a actual hegemonia do Benfica no futebol começa com ele. Depois de anos a fio de um futebol amorfo tivemos finalmente espetáculo no Estádio da Luz, onde a dúvida era por quantos ganhávamos.

    JJ tem muitos defeitos como homem, imensos, mas ninguém apagará o nome dele da história do Benfica.

    Dizes que teve um primeiro ano bom (campeonato e taça da liga) e depois perdeu. Esqueces dizer que depois ganhou tudo, foi o primeiro a ganhar taça, liga e taça da liga no mesmo ano. No ano seguinte a termos perdido tudo.

    E só não vencemos o Sevilla por causa dum roubo grotesco do Félix Brych.

    Podes contar a narrativa enviesada como bem quiseres, mas as pessoas não são tapadas, vêem o bem e o mal que o Jesus fez aqui. Como vêem no Pizzi ou Grimaldo (mais dois ódios de estimação parvos).

    O Benfica não precisa dizer mal de quem nos ajudou a ser maiores. Obrigado por tudo e boa sorte.

    E oxalá seja o Lage a conquistar a glória europeia que Jesus não conseguiu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comment devia ser elevado a post. Uma vénia.

      Eliminar
    2. Deve ter sido lapso mas confundir este blog com o Benfica... "O Benfica não precisa dizer mal de quem nos ajudou a ser maiores".

      Ed Bat

      Eliminar
    3. Eh pá... já começo a gostar do JotaPê!

      Eliminar
    4. Pá, não sei quem és e não gosto do teu bigode, mas concordo plenamente contigo.

      Acrescento o seguinte: Jesus engrandeceu o ser português no Brasil, por pouco que isso possa significar. Já deu para sair um pouco do tipo do padeiro e das piadas sobre tugas.

      Eliminar
    5. Ora bem! Subscrevo tudo.

      Benfiquista Primário

      Eliminar
    6. Subscrevo a 100%.

      Eliminar
  10. Completamente de acordo Shadows...
    Com o final do ano, vemos um Shadows mais sereno e esclarecido nos seus comentários...
    De facto Jesus, é muito limitado... Porque razão só quando saiu do Benfica, é que a imprensa avençada o pintou como fantástico? Querem fazer dele um Deus para poder entrar em grande no dragom...
    Verdadeiro Benfiquista nunca o voltará a ver como um dos nossos!!! O JVP, o nosso menino de ouro, foi parar ao Sporting, mas manteve sempre um enorme respeito pelo Glorioso!!! Ao invés, este abutre do Judas, cuspiu logo no único clube que lhe deu uma oportunidade de treinar um Grande!! Imaginem se tivesse ganho o que Mourinho já venceu, o que seria... Talvez um lugar no Panteão... Enfim... Triste país...
    Carrega Benfica!!

    Carlos

    ResponderEliminar
  11. Benfica contrata médio Julian Weigl ao Dortmund
    Médio dos alemães vai rumar aos encarnados por 20 milhões de euros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que o Jorge Amaral já sabe?

      Eliminar
    2. Não sei se já repararam, mas já toparam a azia dos dragartos sobre esta noticia? Nem os alegados jornalistas conseguem esconder a azia.

      Eliminar
  12. Bem dito! Apenas acrescento o baile na meia final do troféu no Quatar, até aí não fosse a falta de canetas...
    As viúvas é que estão inconsoláves.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero levar baile todos os jogos, ser campeão nacional e chorar uma derrota na final do mundial de clubes.

      Quero, queres tu, quer o Shadows... Só não quer o JotaPê.

      Eliminar
  13. Caro Shadows, o seu ódio pessoal para com JJ, que já roça a obssessão, não justifica um post, é um problema que você tem que resolver sozinho, ou com ajuda especializada. É que muito sinceramente, não copreenodo qual a razão de vir á procura de apoios, para o seu ponto de vista, ou, ponto de cegueira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como o ódio ao Luís Miguel, salvio, Jonas, Luísao etc

      Eliminar
  14. Esdsa do atravessar a Av. Infante D. Henrique é mesmo verdade? JJ no seu melhor...

    Quanto ao texto, concordo, sou daqueles que pensa que devemos muito a JJ, mas entre nós benfiquistas sentirmos gratidão pela passagem de JJ pelo Benfica, e esta bajulação ou culambismo vai um Mundo de distância. Menos, por favor.

    Vale o que vale, e muito, mas quanto a mim o sucesso de JJ está ao nível dos feitos continentais de Manuel José no Egipto, ou de Artur Jorge na Arábia Saudita, são confederações de continentes com menos história no futebol? São com certeza, mas ganharam títulos continentais, e os continentes não se "medem aos palmos", aliás se se medissem África e Ásia até ganhavam, quer em dimensão, quer em população, quer em número de membros das confederações.

    Um dado curioso, os três passaram pelo Benfica, (JJ, Manuel José e Artur Jorge), e se os dois últimos não tiveram qualquer sucesso como treinadores, ambos foram também jogadores do clube e inscreveram o seu nome em equipas de sucesso pelo Benfica.

    Já agora, enquanto Manuel José foi um daqueles campeões "administrativos/estatísticos", pois só fez um jogo na época 68/69, já Artur Jorge foi bem mais sucedido com 4 campeonatos, 2 taças de Portugal, e duas vezes melhor marcador do campeonato, na mesma equipa que o Eusébio, atenção. Uma outra curiosidade, Artur Jorge e Manuel José, apesar da (quase) contemporaneidade no Benfica, na realidade não se cruzaram pois Manuel José sai em 69 e Artur Jorge chega nesse mesmo ano. Por fim, até tendo em conta o prémio recebido ontem pela Academia do Benfica, convém referir que Manuel José também foi um fruto da formação do Benfica.

    ResponderEliminar
  15. O jesus no benfica ao menos chegou a duas finais europeias, jogou um futebol que ja nao se via há 30 anos, ganhou um bicampeonato que ja nao se via há 30 anos antes dele era tudo uma grande miséria lembram se? Nao percebo estes labregos que vêem para aqui dizer mal do jesus! O bruno panda é melhor? Tenham juizo! Feliz 2020!!

    ResponderEliminar
  16. Não há que comparar o BL com o JJ. O BL qd se deixa de rotações é um excelente treinador e tem melhor discurso que o JJ. Oxalá tenha o sucesso que merece.

    O JJ é talvez o melhor treinador português da actualidade, já que o Mourinho há mto que perdeu o toque de Midas que possuía. JJ deu mto ao Benfica e merece todo o nosso reconhecimento. Merece tb a condecoração que hoje recebeu pelo que fez pela imagem de Portugal no Brasil.
    Não saber reconhecer isto é triste e dá do Benfica uma imagem patética.

    Este post podia ter sido escrito pelo Pedro Guerra, esse vulto do benfiquismo.

    ResponderEliminar
  17. E escrever todos os recordes que JJ bateu no flamengo, não dá jeito pois não? E lembrar que só o Santos de Pelé venceu brasileirao e libertadores? É tão fácil o que JJ fez que só aconteceu uma vez em cem anos até ele chegar. E todos os jogadores que chegaram da Europa ou estão em fim de carreira ou foram flops aqui. Aceita que dói menos.
    Cunha

    ResponderEliminar
  18. o mestre da porcalhota mal fala português quanto mais outra língua qualquer.
    e os clubes importantes querem treinadores que respeitem o clube e o seu passado e ele não faz nem uma nem outra por onde quer que ele passa.

    a coisa anda de tal modo que com a estoria do homem ser o único treinador português a ser finalista da competição querem fazer passar a mensagem que é o melhor treinador portugues, é só alucinados coitado do mourinho.

    ResponderEliminar
  19. Infante D. Henrique: És tu o Jorge Jesus?
    Jorge Jesus: O próprio,
    Infante D. Henrique: Então dá cá um abraço.
    Jorge Jesus: Mas quem és tu? Não te conheço!
    Infante D. Henrique: Fui navegador em tempos, mas isso agora não vem para o caso. Fui enviado pelo presidente da República de Portugal para te entregar uma comenda.
    Jorge Jesus: Deve ser engano. O que eu encomendei há 10 minutos foi uma pizza de rodízio.
    Infante D. Henrique: Brincalhão como sempre... Mas já agora também alinho na degustação. Que isto de andar à tua procura dá cá uma fome...
    Jorge Jesus: Então senta-te aí no banco de suplentes, que também estou à espera do Deus, que convidei para o repasto.
    Infante D. Henrique: O Deus, também está aí? Bem já me tinham informado que Deus era brasileiro, agora ser do Flamengo nunca tal pensei!
    Jorge Jesus: Não é esse que estás a pensar. Este trouxe-o de Portugal, mais concretamente, da Europa, e é de carne e osso como nós.
    Infante D. Henrique: Nem me fales em ossos, que os meus estão todos derreados com a humidade que apanhei a atravessar o Atlântico...
    Jorge Jesus: Mas não vieste de avião?
    Infante D. Henrique: Se eu ganhasse o que tu ganhas até vinha de foguetão, mas já te esqueceste que sou um navegador?
    Jorge Jesus: Bem sabes que a história não é o meu forte. Eu sou mais de futebol...
    Infante D. Henrique: Ora vamos ao que interessa. Fui enviado como emissário pelo Marcelo para te tornar comendador. Deves conhecer o professor!
    Jorge Jesus: Acho que não! Bem sabes que já deixei a escola há muito tempo, e naquela altura, se bem me lembro, tinha uma professora velha e gorda.
    Infante D. Henrique: Deixa lá. Mais importante que conhecer-se a pessoa é saber-se a intenção dela. Ele costuma dar uns mergulhos no Tejo e tirar muitas selfies.
    Jorge Jesus: Peço imensa desculpa mas não conheço. E depois já aqui estou há 7 meses no ninho do urubu e estou completamente deslocado da realidade portuguesa. E sabes, a natação também não é o meu forte, sou mais de futebol.
    Infante D. Henrique: Bem sendo assim, a minha missão está concluída por aqui, só me resta por as pernas a andar de volta ao passado, que ainda é um caminho longo que tenho por fazer.
    Jorge Jesus: Um abraço amigo Infante. E agradece também ao rei Marcelo.
    Infante D. Henrique: Rei não, Presidente da República. Portugal já não é uma monarquia!
    Jorge Jesus: Também estão sempre a mudar! É como aqui com os treinadores...
    Infante D. Henrique: Vê lá se um dia também te calha essa mudança...
    Jorge Jesus: Já estou a deixar crescer o cabelo para o dia da minha crucificação. Até lá, bola...

    Namouche

    ResponderEliminar
  20. Sê rigoroso....eu até gosto da maior parte das tuas intervenções....no ultimo relatorio e contas o SLB apresentou custos operacionais de 165 milhões...o maior da historia do clube....no brasil em termos de vencimentos o flamengo, palmeiras, gremio e o santos tem valores muito próximos....rigor!!!!!

    ResponderEliminar
  21. Treinador muito limitado, mas com grande parte da incomunicação social portuguesa do seu lado (só por ter passado pelos lagartos).

    anti-antis

    ResponderEliminar
  22. "taça toyota, mundial de clubes é outra coisa"
    Por acaso no mundial de clubes já algum clube da Asia ou África ganhou o campeonato do Mundo de clubes? Só clubes do continente europeu e da América continuam e continuarão a ganhar sempre essa competição. Tudo o resto é comentário.A gente já conhece o argumento quando são os outros a ganhar.
    Se o Benfica tivesse ganho a intercontinental aí já seria o mais melhor do mundo.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking