O campeonato brasileiro é melhor que o português...? Deixem-me rir!
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 6 de junho de 2019

O campeonato brasileiro é melhor que o português...? Deixem-me rir!

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 


Agora que o antigo vencedor do Troféu Tempo Extra assinou pelo Flamengo, assistimos a um ressurgimento das tentativas de valorizar um treinador banal, pelo menos no que diz respeito à Europa do futebol.

A verdade é que ninguém quer Jorge Jesus na elite do futebol europeu. Nem sequer clubes de segunda linha estão interessados num treinador que ganha uma fortuna mas apresenta resultados muito fracos.

Quando dizem que no SL Benfica ele teve uma excelente prestação, estão a querer reescrever a história.

Foi campeão quando chegou, perdeu 3 campeonatos seguidos contra 2 treinadores bebés e depois só conseguiu garantir os 2 títulos finais num deles estando eliminado de tudo em Dezembro.

Como se não bastasse, nem na Arábia aguentou uma temporada. 

Bem que a imprensa vendia entrevistas em directo quase todos os dias, relatos e reportagens especiais em como Jorge Jesus tinha todos aos seus pés...mas a realidade é que foi corrido. 

O mal que este traste fez ao SL Benfica na primeira metade desta temporada não é esquecido, como também não é esquecido quem lhe alimentou o sonho de voltar ao SL Benfica numa altura em que tinha de defender o treinador do SL Benfica.

Agora que foi obrigado a ir para o Brasil, já começam as tangas de que o campeonato do Brasil é um dos melhores do mundo. 

Não há competição no futebol como na Europa. Não é por acaso que os jogadores brasileiros precisam sempre de um tempo de adaptação ao futebol europeu, que é bem mais rápido e táctico que o brasileiro.

Tudo serve para promover um treinador que, fora do regaço do SL Benfica, é apenas mais um...perdedor.

Por isso é que quando voltou a Lisboa sentiu necessidade de diminuir Bruno Lage e até João Félix.

Pois agora vai lá para a maravilhosa terra das Caipirinhas mostrar, mais uma vez, o que (não)vale.

44 comentários blogger

  1. Em 2014, isto é, incluído nos tais últimos dois títulos com o Jesus ganhamos a Taça de Portugal ao Rio Ave em Maio, foi á final da Liga Europa novamente e venceu a taça da Liga também, portanto não estava eliminado de tudo em Dezembro nessa penúltima época e penúltimo titulo.
    Quanto à época seguinte com a venda de 5 titulares no mercado de verão (Oblak, Garay, Siqueira, Markovic, Rodrigo) mais Enzo Perez em Dezembro, isto é mais de 50% do onze inicial da época anterio não seria fácil, além de dois suplentes bastante utilizados (Andre Gomes e Cardozo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdeu também o Matic em Janeiro de 2014.

      Eliminar
    2. Cambada de mal agradecidos.se não fosse ele andavam desde 1994 a celebrar o Toni e o Trappatoni

      Eliminar
  2. Águia Preocupada06 junho, 2019 17:56

    Porquê gastar tanto latim com tão ruim defunto?
    Concordo em parte com o teu post. Ele só foi alguém no Benfica e depois de muitos milhões gastos e deitados ao lixo. Ninguém mais que ele teve equipas de valia superior e a não ser no norte, não poderia ter a protegê-lo uma estrutura como a do Benfica. Viu-se o que não fez nos nossos vizinhos do lado... Porque aquilo era um circo cómico dramático que quase acabava com o clube.
    Não estou por dentro do futebol brasileiro, mas a ver pela selecção gostava de saber se o Flamengo ou outro qualquer clube, seria campeão em Portugal. No tal país em que o futebol é uma porcaria como disse aquele pateta jornalista brasileiro!
    Não gosto do JJ mas ainda gosto menos de ouvir os de fora a ridicularizar e minimizar o nosso país como fez alguém ressabiado, direi mesmo alarve!
    Se é tão importante o futebol brasileiro, não entendo o porquê de todos os grandes jogadores quererem vir jogar para a Europa!
    Enfim! Já o JJ tecer loas ao seu novo clube, é normal e é da praxe!

    ResponderEliminar
  3. Esse traste não aguenta 6 meses

    ResponderEliminar
  4. Eliminado de tudo em Dezembro? Estas enganado ou disfarças muito bem

    ResponderEliminar
  5. Shadows e os seus delírios. JJ no penúltimo ano ganhou supertaça, taça da liga, taca de Portugal, Liga, e foi à final da Liga Europa. Aceita que dói menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ja no último, 4o na champions (1a vez na história gloriosa), taça nos oitavos...

      Eliminar
  6. Claro que o campeonato brasileiro é bem superior ao Português, Shadows. O nosso futebol é um dos mais fracos da Europa e do Mundo. A selecçao é outra coisa. Quase todos estão la fora.
    custa te ouvir a verdade, mas... Ja agora são as nossas mesquinhas mentalidades que para isso contribuem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comparar os dois campeonatos de facto é impossível. Estou no Brasil há alguns anos e sei do que falo.O campeonatô brasileiro tem 20 clubes e dura 7 meses.Se isso juntarmos as deslocacores de milharesponder de Kms,já dá uma idéia da dificuldade.Quem não tem a memória curta é só lembrar dos jogos de apresentação do Benfica há alguns anos atrás,quase sempre com equipas brasileiras e ir.ver os resultados... Na minha opinião 5/6 equipas brasileiras discutiam o campeonato em POrtigão.

      Eliminar
  7. Alerta Vermelho06 junho, 2019 18:50

    Que o Shadows não goste de jj, e que não o queira no BENFICA, posso compreender, agora que o vá perseguir para o Brasil, já é doentio. Shadows, este post além de despropositado, é muito infeliz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perseguir? Nem pensar. Mas o que é que ele fez da Arábia para cá?

      Eliminar
    2. Alerta Vermelho06 junho, 2019 19:19

      Mas se ele não está no BENFICA, que é o que você quer, o que é que ele o transtorna estando no Brasil, ou na China, ou em Marte? É que este seu ódio de estimação, já parece uma coisa pessoal, e muito para além do BENFICA, ou do desporto! Ele é técnico de futebol, e tem o direito de tratar da sua vida! Ou será que o Shadows, caso tivesse poder para isso, o interditava de treinar? Se não está no BENFICA, deixe-o lá estar onde ele quiser!

      Eliminar
    3. Ui, ambiente já ele a ficar pesado...tenham calma.

      Eliminar
    4. Shadows fugiste a frase final dele. Este post não faz sentido nenhum.

      Eliminar
    5. O que ele fez na Arábia foi fugir assim que soube que o bicampeão de Portugal e actual campeão da Arábia ia para lá!

      Eliminar
  8. JJ e LFV, são farinha do mesmo saco, isto é:não têm um pingo de vergonha. LFV só não trouxe JJ outra vez para o SLB porque sabia que perdia a cadeira do poder... E, sem a cadeira...Era uma chatice.... Já pareço o RGS com tantos pontinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São tudo farinha do mesmo saco mas eu acho que LFV é pior treinador do que JJ. E o melhor será não falar no DSO que como treinador não presta.

      Eliminar
  9. Alinhando com o José Manuel Antunes, tenho pena é dos desgraçados dos emigrantes portugueses no Brasil, que, devido às misérias linguísticas (já começou, ao silabar Falamengo) e às outras barracadas do «partantes», irão ser (ainda mais) alvo da chacota dos brasucas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada06 junho, 2019 22:38

      Bom! Na questão linguística estão ambos ao mesmo nível! Ou os brasucas falam português?! As palavras, mais ou menos estão lá... Já a construção das frases, bem...
      Ambos assassinam o português!

      Eliminar
    2. Será? Cá em PT usamos o "mais pequeno" como antónimo do maior. Os brasileiros usam menor, palavra certa. Isto é irrelevante. Vamos deixar a soberba de uma vez por todas.

      Eliminar
  10. Sinceramente considero o campeonato brasileiro superior ao nosso. Cá temos uma meia dúzia de jogos ditos clássicos ou grandes, eles lá têm quase meia liga ou mesmo mais.

    Quanto aos desempenhos de Jesus à frente do Benfica, convém não esquecer que foi com ele que voltámos às finais europeias quase 25 anos depois, e que em 2014 "varremos" tudo o que havia para "varrer" em Portugal. Já em 2015, depois de se ter vendido quase meia equipa, foi com ele que conquistámos o primeiro bicampeonato 30 anos depois, não devemos ser ingratos e os defeitos de JJ são suficientemente evidentes, para não termos que desvalorizar os seus feitos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É competitivo e tem técnica. Fisicamente e sobretudo tacticamente é muito inferior.
      O Jesus foi parar a um dos dois clubes com mais dinheiro da América do Sul. O outro será o Palmeiras onde está o Scolari.

      O JJ mal ou bem ganhou 3 campeonatos mais taças. Valorizou jogadores quando precisámos para começar a equilibrar financeiramente.
      Não soube aproveitar o Seixal e precisávamos de um treinador que o fizesse. Despacharam o JJ e veio o Vitória.
      JJ cumpriu o seu papel e verdade seja dita que tínhamos boas equipas e um futebol que agradava aos sócios.

      Eliminar
    2. O jj foi o primeiro treinador a apanhar orçamentos para transferências superiores a 20M. Na altura do camacho e depois Quique Flores, o orçamento era 3M. Grande diferença.

      Eliminar
  11. Não percebo nem nunca percebi o teu mau agradecimento por JJ.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o Shadows não faz por mal. A sério. Ele ignora (convenientemente) que o SLB teve sempre orçamento inferior ao do FCP nesses 6 anos. O problema foi ter posto a fasquia muito alta no primeiro ano. Jorge Ganboa.

      Eliminar
  12. O campeonato Brasileiro não é dos melhores do mundo porque as suas equipas sofrem constantes razias dos seus melhores jogadores. Reparem que o campeonato já começou. Precisamente no defeso dos clubes europeus. Não sei dizer se é melhor do que o nosso, mas garantidamente é mais exigente. Uma má pré época pode não dar hipótese de recuperação, já que depois não há tempo para treinar. O Paulo Bento já andou por lá e deu-se mal. O JJ se conseguir ser campeão será um grande feito

    ResponderEliminar
  13. "O mal que este traste fez ao SL Benfica"

    O quê? O traste que foi dos treinadores mais titulados da história do clube? Que esteve sozinho e ainda lhe sabotaram a tarefa com as vendas para o gang das comissões?

    Olha, do outro pirata que levou o clube a contas com a justiça e que permanentemente delapida o património desportivo do clube não pedes tu a demissão. Um bocadinho de decoro, ok?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jota Pé a pedir decoro...
      Ihihihihi

      Eliminar
  14. Tragam mas é o Buffon!

    ResponderEliminar
  15. Sigo o Campeonato Brasileiro e acho-o muito superior ao campeonato Portugues,nao se veem estadios as moscas praticamente despidos de publico,comparando melhor os dois campeonatos pela negativa, o brasileiro e mais lento e os jogadores tem muito mais espaço e jogam praticamente a passo,o nosso e mais rapido mais exitante por isso,eles rematam muito bem de longa distancia porque nao sofrem de marcacoes a zona como os nossos jogadores tem mais tempo para pensar,mas francamente gosto mais do futebol europeu acho mais exitante,nao gostei desse jornalista como se referio ao Campeonato portugues de porcaria,gostava que Jesus tivesse sucesso,concerteza que esse jornalista nao ve o Benfica jogar porque ver o Benfica jogar delicia qualquer jornalista mundial,pena que o nosso Benfica la fora por uma razao ou outra claudica sempre mesmo com equipas Brasileiras o Benfica que me lembre perde sempre, o mesmo nao acontece com os nossos rivais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há coisas que não entendo, mas acho que tu próprio não entendes o teu comentário.

      Nas tuas palavras, o português é mais rápido e excitante, o futebol europeu é melhor mas o deles é MUITO superior porque não há estádios às moscas?!

      PARABÉNS pelo comentário mais descabido do ano.

      Eliminar
  16. Perseguição doentia e sem sentido.

    Eu, e certamente muitos benfiquistas, desejo-lhe muitas felicidades no Brasil!

    É um bom treinador, com as suas virtudes e defeitos, como todos os outros.
    Coloca uma equipa a jogar futebol como muito poucos o conseguem.

    Que seja feliz por lá!

    JVP

    ResponderEliminar
  17. agora é que o mestre da porcalhota vai colocar toda a sua inigualável sabedoria do futebol brasileiro em pratica.
    por outro lado aquelas conferências de impressa devem ser um fartote eles já tem dificuldade em nos perceber quando falamos rápido então neste caso deve ser giro.

    existe uma grande confusão entre ser um campeonato competitivo, e é um dos mais competitivos no mundo, com ter qualidade e nisso em relação à europa fica a léguas independentemente do que agora inventem.
    em relação ao português não sei agora uma coisa é certa jogadores que nem no nacional, ou outros clubes afins, resultaram são figuras de proa nos principais clubes locais.

    ResponderEliminar
  18. JJ é um excelente treinador.

    ResponderEliminar
  19. Nem dormi esta noite a pensar qual seria o melhor... Enfim... Vaz

    ResponderEliminar
  20. O Campeonato Brasileiro é mais fraco que o Português? É ver os históricos dos confrontos entre equipas portuguesas e brasileiras... (Podemos começar pelo Santos de Pelé contra o Benfica de Eusébio)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre que usam esse tipo de argumentos dá vontade de rir.

      Quer dizer, limitam-se a ver os resultado e nem ligam as circunstâncias de cada jogo.

      Nada disto serve de desculpa, mas Pelé e Eusébio estavam em formas físicas completamente diferentes.

      Nos anos 1960 criaram a lei dos golos fora porque as deslocações eram muito mais difíceis do que hoje: o futebol da Europa de Leste ainda dava cartas, era extremamente complicado ou impossível estudar os adversários de maior distância, a qualidade dos campos, as horas de voo, etc. Se já era difícil jogar contra equipas europeias fora, ainda muito mais difícil era jogar contra equipas da América do Sul.

      Outra questão que nunca é referida, é que os calendários da Europa e da América do Sul são completamente diferentes. Como se isso não influenciasse.

      É por isso que pelo contrário em 1962 o Benfica até faz um excelente jogo da 1ª mão contra o Santos perdendo no Brasil por 2-3, e foi o seu 1º jogo oficial da época de 1963. O Santos já tinha nas pernas 11 jogos oficiais do Campeonato Paulista que andava a disputar há mais de 2 meses. Só em Agosto o Santos fez 6 jogos oficiais, o Benfica andou entre praias e preparação para a nova época... o andamento era completamente diferente.

      A 11 de Outubro o Santos vai a Lisboa já com a 1ª volta do Estadual completa (15 jogos oficiais e praticamente 2 meses e meio de competição)... o Benfica a 11 de Outubro não tinha iniciado o campeonato e fez 3 jogos da Taça, apenas 1 deles com alguma competitividade, e vários suplentes foram usados nos 3 jogos. No jogo contra o Santos foi o 2º jogo do Coluna que estava parado quase há um mês, tal como o Santana que até estava em dúvida1 para o jogo tal como o Costa Pereira, que se estreia na época, talvez fora de forma... é preciso não ter a noção. E mais... é a época de transição de Águas para Torres, e nenhum deles joga a 2ª mão...

      A verdade é que o Benfica contra o Santos vai para o intervalo a perder por 0-2 mas na 2ª parte não tem pernas para o Santos, simplesmente. Foi um passeio para o Santos e o Benfica "rebentou", sem pernas para a velocidade de Pelé e companhia, nem sequer conseguiu estar ao nível do jogo da 1ª mão.

      Se estes 2 jogos revelam alguma coisa sobre os 2 campeonatos? Não, não revelam nada. As circunstâncias de jogo das 2 equipas eram completamente diferentes.

      Eliminar
  21. Não percebo porque o caro Shadows espanta-se com isso? depois muitos jantares e almoços com muita informação "interna", é normal que a "factura" chega quando mais precisa!!!

    ResponderEliminar
  22. O campeonato brasileiro está tão bom, tão bom, que as equipas são formadas em mais de 90% por jogadores brasileiros, sul-americanos são raros nesta altura, coisa bem diferente há uma década de anos. Depois os jogadores brasileiros reformados da Europa, vão para lá e ainda brilham. Treinadores estrangeiros nem vê-los. Poderio das equipas...Fluminense com mais de 2 meses de atraso. Não é preciso ser um expert na matéria para se concluir que o futebol brasileiro está em crise, ultrapassado, certo que num País com mais de 200 milhões de habitantes, melhor fora que não surjam dois ou três jogadores de real valia, mas os processos estão tão ultrapassados que já nem os clubes europeus pescam muito naquelas paragens.

    Querer por o Brasileirão ao nível dos campeonatos principais europeus e mesmo com o português, é só porque convém aos apaniguados de Jorge Jesus.

    Não há volta a dar, Jorge Jesus é um treinador mediano na Europa e se assim não fosse, certamente que não era para o Brasil que ele nesta fase queria ir.

    Na volta cá estaremos para ver o que vai fazer ele no «Falamengo», exigir jogadores já começou, o resto vamos ver. Oxalá que cumpra lá o ano de contrato, isso quererá dizer, que nem o Bruno Lage nem o Sérgio Conceição lhe deram hipóteses. Mas era o sonho dele quando se desvinculou dos árabes. Os súbditos do homem, assim que viram que o Bruno Lage deu conta do recado, ficaram aziados, Octávio Machado, José Manuel Freitas, Jorge Amaral e mais uns tantos jornalistas avençados que ganham à peça pelos lustros que passam ao homem.

    Com que então, o «Falamengo» um dos maiores clubes do mundo? Isso só se mede no número de adeptos? E o resto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Brasil é na América do Norte, agora? Continuam a ser sul americanos.
      Explica-me como é que o Fluminense tem 2 meses de atraso, não entendi essa...

      Em relação aos brasileiros reformados da Europa que brilham lá, também tivemos uns quantos reformados dos grandes campeonatos que vieram para Portugal e brilharam (e brilham) no nosso campeonato. É preciso perceber as circunstâncias.

      E já não se pesca tanto lá porque houve uma evolução brutal em termos de ordenados, hoje já não se pede 5 milhões por um bom jogador, pede-se 40. É por isso que não vemos os clubes portugueses a ir buscar camiões de brasileiros como há 10 anos, não é por mais nada.

      Eliminar
  23. Que fique por lá muito tempo. Com tanto mar pelo meio é menos uma melga a chatear

    ResponderEliminar
  24. O Flamengo é um dos maiores clubes do mundo, ó lagarto.

    ResponderEliminar
  25. O Flamengo é um grande clube e o JJ sempre disse que gostava e seguia bastante o futebol brasileiro. Não me surpreende absolutamente NADA que ele tenha seguido para aquelas paragens.

    1. Ordenado jeitoso que não teria em mais lado nenhum
    2. Campeonato que conhece perfeitamente
    3. Oportunidade de jogar para ser campeão
    4. Sem barreira linguística (menor do que em Portugal)


    Porque é que não haveria de ir? Que queiram denegrir a história dele no Benfica é convosco mas tenha sido com os melhores plantéis das últimas décadas ou não, a verdade é que é dos treinadores mais titulados do Benfica e lhe devemos bastante. Ajudou a reerguer um Benfica campeão e todos estamos agora a tirar frutos disso. Poderia ter feito melhor? Claro que sim, mas outros poderiam ter feito pior, nunca saberemos. Mais respeito por alguém que já nos deu muito.

    Já não faz parte da família, disse muitas coisas que não devia ter dito e por mim não voltará a meter os pés no estádio senão como adepto pagante, mas não queiramos reescrever a história por não gostarmos dele.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares