Os jogadores do SL Benfica foram os maiores...
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 29 de abril de 2019

Os jogadores do SL Benfica foram os maiores...

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 

...mas na segunda parte.

É isto que o BbyGB não entende. 

Quem viu o jogo ao vivo e mesmo pela TV parecia que estava a ver uma repetição dos jogos da Taça de Alvalade e de Frankfurt, por muito que o BbyGB queira obliterar a primeira parte.

Uma equipa que faz um único remate a primeira parte inteira e aos 44 minutos é uma equipa que está a jogar para ganhar, num jogo em que isso era mais que obrigatório?

O BbyGB não viu que um dos problemas que foi corrigido na segunda parte teve a ver com a distância enorme entre os jogadores do meio campo e os avançados?

E que a postura da equipa (jogar para ganhar) mudou da noite para o dia na segunda parte?

É aceitável que uma equipa que tem o título ao alcance da mão dê uma parte de avanço? Ou aquela conversa da diferença de orçamentos só serve para sermos enxovalhados na Europa?

Felizmente, tudo foi corrigido na segunda parte e o título, não estando garantido, está ao alcance das mãos!

Atitude, concentração e jogar para ganhar é o que se pede nos jogos que restam!

27 comentários blogger

  1. O adversário não conta?
    Na primeira parte o Braga bloqueou completamente o Benfica com uma pressão imediata à saída de bola.
    Na segunda parte entrou 20 metros atrás.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas qual adversário? O mesmo que foi eliminado por uns mija na escada nas pré-eliminatórias da Liga Europa? O mesmo que apanhou 6 na Luz? O mesmo que tem um orçamento muito inferior? Ou essas teorias só servem quando nos convém?

      E como seria se Tiago Martins não tem assinalado os penaltys como nos fizeram tantas vezes a época inteira? Ontem a segunda parte foi quase perfeita, mesmo nisso. Com um Soares Dias não marcavam nem um penalty a nosso favor ou não viste o que se passou na temporada passada?

      Eliminar
    2. Estou de acoro com o post. A primeira parte foi preocupante. Contra uma equipa mais forte ou com uma arbitragem hostil ( sim porque ontem tivemos uma arbitragem que não nos prejudicou ao contrário do que tem sido corrente este campeonato) teríamos perdido o jogo.
      A equipa não soube reagir á pressão do Braga com personalidade e qualidade. Faltou também voz de comando quer em campo quer no banco. Só ao intervalo reagiram.
      Samaris e florentino mostraram limitações em sair com a bola e permitiram no golo do braga que o fransergio corresse o meio campo todo até á nossa pequena área sem ser estorvado ou parado em falta. Em vez disso o Rubem mais uma vez mostra pouca inteligência e excesso de impulsividade fazendo falta dentro de área. A ter de ser feita deveria ter sido feita pelo florentino fora da área.

      Eliminar
    3. Elementar! Comentário de quem efetivamente viu o jogo como ele foi.
      O primeiro passo para o Braga perder, foi dado pelo seu treinador, que deu a iniciativa ao Benfica. Mudou o que estava a resultar bem...

      P.S.: Vir falar de pênaltis que foram assinalados desta vez e que por norma não costumam ser, ou revela doses massivas de pinga, ou maus fígados.

      Eliminar
  2. O Benfica fez uma primeira parte fraquissima, ao nivel do mais fraco do tempo do RV, na segunda as coisas mudaram, mérito dos jogadores mas também do BL, não esquecer que o Benfica não joga sózinho e o Braga fez uma primeira parte muito boa, o Abel deu o nó ao Lage.
    Ainda bem que temos um bom treinador que não dorme no banco e temos o Pizi apesar de não gostares dele!

    ResponderEliminar
  3. "É aceitável que uma equipa que tem o título ao alcance da mão dê uma parte de avanço?"

    Sim, é. Chama-se estratégia. O Braga esticou muito na primeira parte, o Benfica deu ao Braga um falso controlo do jogo, eles esgotaram-se nos primeiros 45min e nos segundos 45min foi o que se viu.

    Enquanto não perceberem que um jogo tem 90min não vão a lado nenhum.

    Cumps

    ResponderEliminar
  4. Oh Sr. N.T.,

    E porque é que o Benfica, num jogo tão importante e decisivo, não fez ao Braga na primeira parte, o que estes nos fizeram?

    A coisa podia ter corrido muito mal e a esta hora estávamos todos a lamentar e a chorar baba e ranho!

    PS:
    Cá, na Invicta, nota-se uma brisa mais ou menos intensa a azia.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque se o Benfica tem feito o que o Braga fez a 1ª parte, na 2ª estavam esgotados e permitiam ao Braga crescer. Uma equipa só joga o que a outra permite. Esgotar as forças em batalhas desnecessárias e esgotantes é idiota!!

      Eliminar
    2. É isso mesmo. A equipa tem de mostrar personalidade de campeão e abafar os adversários obrigando-os a cometer erros. O Braga não é o bayern de munich

      Eliminar
    3. Nem o Basileia nem o Frankfurt
      . Questão de perspectiva..

      Eliminar
  5. Eu aqui me confesso.
    Depois daquela primeira parte e vindo à memória acontecimentos recentes, rezei para que empatássemos o jogo.
    Como sou católico descrente, ainda bem que ninguém ouviu a minha reza e que nos brindaram com a vitória.

    ResponderEliminar
  6. Eu é que sou o presidente da junta...

    ResponderEliminar
  7. O que acho mais impressionante depois de uma vitória de 4-1, e estarmos lançados para o 37, é estarmos focados em disparar criticas para os nossos... Os jogos nesta fase têm uma pressão brutal sobre os jogadores (eles não são máquinas ao contrário do que muitos pensam e as outras equipas também jogam ;) ) e o importante é irmos ganhado os jogos! Muitos de nós devíamos aprender com os adeptos que foram a Braga, incansáveis no apoio.

    PS: Shadows já há muito que não dizes mal do Pizzi...
    Quando apresentas a tua candidatura a treinador/presidente? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso manter a clarividência. As críticas são necessárias para que eles melhorem os seus pontos fracos.

      Eliminar
    2. Quando é crítica construtiva concordo plenamente. Agora estar sempre com crítica destrutiva qualquer que seja o resultado já não concordo :)

      Eliminar
  8. Só não vê isto quem não quer.

    Aqueles meninos são pagos pelos 30 dias do mês, não por 15. Por isso devem jogar os 90 minutos e não 45.

    Se a primeira parte do braga teria consequências fisicas para a segunda? Sim. Mas se alguma das ofertas da primeira parte, por total displicência, desse mau resultado, poderiamos facilmente ir para o intervalo com uma desvantagem maior.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim todos trabalhassem 8 horas seguidas nas empresas e Portugal não tinha um problema de produtividade...

      Eliminar
    2. Mais um ignorante que acha que o conceito de produtividade tem essencialmente a ver com trabalhar-se mais ou menos horas...
      De uma vez por todas: a produtividade está principalmente ligada ao valor do produto. Se eu trabalhar duas horas a produzir Ferraris vou ter sempre muito mais produtividade do que se trabalhar 20 horas a produzir fósforos.

      Eliminar
    3. Então basta aumentar os ordenados mesmo que não mereçam e somos campeões... Lol

      Eliminar
  9. Discordo.

    Isto da motivação e da confiança tem muito que se lhe diga, sejam os atletas pagos peso de ouro ou não. O que eu vi foi um Benfica muitíssimo nervoso na primeira parte, completamente receoso de sofrer um golo, ainda para mais contra um Braga que entrou a 1000 e, deem-se os aplausos a quem os merece, tacticamente muito bem montado. Não acho sinceramente que o problema tenha sido a distancia entre meio-campo e frente, mas entre defesa e meio-campo. Leituras minhas...

    Para a segunda parte é claro que (1) algo teria forçosamente de mudar, (2) pior do que estar a perder não é possível por isso banzai e (3) nenhuma equipa aguenta o ritmo do Braga durante o jogo todo. Logo é para mim totalmente lógico que o Benfica tenha conseguido muito mais na segunda parte. Não esquecer que os jogos tem 90 minutos e ainda na sexta uma equipa se via a ganhar 2-0 aos 80.

    Lá o Braga ter sido eliminado nas pré-eliminatórias e ter apanhado 6 na luz é irrelevante. É verdade e sabido que muitas equipas fazem os jogos da sua via 2 vezes por época.

    Mas o que vale nos finais de campeonatos, francamente, são vitórias.

    Cumprimentos
    Sérgio Moreira

    ResponderEliminar
  10. Shadows, sabes qual é o problema de excesso de comunicação sempre no sentido negativo?
    è que passado algum tempo já ninguém leva a sério e dá importância. VÊ o que está a acontecer á comunicação do FM (dragões corruptos) já pouco ou nenhum impacto tem...
    Saudações Benfiquistas e o 37 tão próximo...

    ResponderEliminar
  11. Retirado de outro blog:
    (...)O Benfica é uma equipa recheada de jogadores portugueses. Em Braga actuaram oito - cinco oriundos da Caixa Futebol Campus - que deram um autentico recital em, pelo menos, 45 minutos de jogo! Eu, reiteradamente ignorante das tácticas do pirilau, da basculação do jogo interior, controle da profundidade, diagonais vindas de fora para dentro e dos exteriores que atacam a partir do centro e para dentro, confesso estar maravilhado! E até me parece um bocadinho pateta exigir a um grupo em formação que jogue os 90 minutos a 100 à hora, que não cometa erros ou que não deixe o adversário sair a jogar! Uma recuperação fenomenal - em Janeiro o Benfica seguia atrás dos sapos e a sete pontos do clube da fruta - 60 golos marcados desde que Bruno Lage tomou conta da equipa, com vitórias brilhantes no alvalixo, em Guimarães, Contumil, Moreira de Cónegos, Santa Maria da Feira e em Braga, não chegam para acalmar os ases do teclado!

    Porque calculo que os treinadores dos nossos competidores não são um amontoado de nabos que não estudam o Benfica exaustivamente e porque admito que sejam capazes de engendrar uma táctica que o consiga parar...pelo menos numa boa parte do tempo. E por acreditar que os seus jogadores não são um aglomerado de pinos que entram em campo apenas para ver o Benfica jogar... (...)

    ResponderEliminar
  12. Shadows, não enganes os leitores do blog. Primeiro criticas forte e feio o Bruno Lage mas no 2º post apenas falas nos jogadores. Não percebes nada de bola por isso concentra-te naquilo que és realmente bom que são os assuntos à volta do futebol.

    ResponderEliminar
  13. Como outro leitor já aqui escreveu: Ganhámos 1-4, num jogo de tremenda importância, na casa do 4o classificado da Liga.
    Demos a volta ao resultado, depois de estar a perder. A equipa manteve-se serena, corrigiu o que estava errado, fez uma segunda parte brilhante.
    O Braga entrou no jogo com um plano: dar tudo por tudo em todos os lances da primeira parte. Rebentou... naturalmente. Atenção... Poderia ter resultado. Marcando primeiro - como marcou - poderia depois ter fechado linhas atrás e defender com tudo, beneficiando do desnorte e precipitação do Benfica. Já resultou, noutras ocasiões.

    Em suma, o Benfica vence, claramente, no final dos 90 minutos que qualquer jogo tem.

    E este blogue continua a sua saga de criticar, tudo e todos... porquê?
    Porque há uma estratégia de fundo, que visa mudar a direção do Benfica, mesmo que isso obrigue a dobrar a espinha ou criar polémicas junto dos adeptos, que em nada beneficiam a equipa para o que falta jogar.

    É neste ponto fundamental que eu discordo da estratégia de Shadows: primeiro a equipa, primeiro o Benfica, primeiro o título. Depois, só depois, trataremos do futuro da direção do Benfica. Cada coisa no seu tempo. E sempre, sempre apoiando o Benfica.

    ResponderEliminar
  14. Aqui em Braga, é gente dura pa. Aqui há raça. Verdadeiros adeptos do SLB. Do Sul, nem para apoiar servem.

    ResponderEliminar
  15. não existem duvidas que pese embora a grande primeira parte que eles fizeram a nossa estratégia foi péssima.
    mesmo eles jogando o que jogaram tínhamos de ter oportunidades na primeira parte, duas ou três no mínimo, e não apenas uma e já depois de estarmos em desvantagem.

    curioso é que essa conversa de que existe outra equipa e só jogamos o que o adversário deixa jogar também funciona ao contrario eles só jogaram muito porque os deixamos jogar.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares