Quando for grande, o meu sonho é jogar no Benfica B
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Quando for grande, o meu sonho é jogar no Benfica B

Avatar
 ●  + 46 comentários  ● 

Sim, o projeto Benfica B e a Segunda Liga portuguesa talvez sejam um palco interessante para alguém que chega do Real Massamá ou dos escalões de formação do Benfica e dá um passo em frente na sua carreira...

Mas...

Não é definitivamente um passo em frente, é aliás dar 8 ou 9 para trás, para quem chega de um Estrela Vermelha com 18 anos e já realizou 48 jogos e marcou 13 golos ao serviço dessa equipa e já tem meia europa a segui-lo! Este tipo de contratações e por estes valores só faz sentido se há espaço e oportunidades! Se não há, não contratem ou está-se a comprar problemas! E quem não percebe isto, temos pena mas percebe pouco!

Como sempre aqui defendi, o Benfica tornou-se de tal forma num entreposto de jogadores, que é impossível valorizar quem chega na justa medida e dar-lhes o acompanhamento que merecem.

Não há lógica nenhuma por exemplo para que, num contexto de Equipas B e agora SUB23, o plantel principal tenha sempre quase 30 jogadores, que foi o que aconteceu por exemplo nestes últimos dois anos, onde até para a lista da Liga dos Campeões há sempre gente a ficar de fora! O que dá também logo uma motivação do caraças, diga-se!

A lógica seria ter plantéis curtos e competitivos, para que durante o ano houvesse uma porta aberta entre os 3 escalões e aqui e ali alguém fosse tendo uma oportunidade de aproveitar uma vaga e dar o salto. É isso que acontece? Não é!

Alguns poderão dizer, sim, mas o Benfica contrata para o Benfica B numa perspetiva de darem a curto prazo o salto para o Benfica A mas... É isso que acontece?! Vejamos...


Para se ter uma ideia, desde que o Benfica criou a sua equipa B em 2012/2013, NÃO INCLUINDO todos os jogadores da formação que por lá passaram, FORAM CONTRATADOS os seguintes jogadores:

Rafael Copetti
Manuel Liz
Alípio
Evandro brandão   
Lindelof
Derlis Gonzales                     
Gianni Rodriguez
Juan San Martin
Carlos Ascues
Ernesto Conejo
Nélson Semedo
Rui Fonte
Mvom
Wei Huang
Duarte Duarte
Bryan
João Faria
Claudio Correa
Diogo Rosado
Deyverson     
Rojas
Jim varela
Filip markovic
Marcos Valente
Lolo
Harramiz
Uros Matic
Didi Silva
João Amorim    
Pavel Dawidowicz
Elbio Alvarez
Victor Andrade
Kevin Friesenbicher
Serginho
Lystov     
Saponjic
Francisco Vera
Bilal
Alexis Scholl
Alan benitez
Bruno Rodrigues
Ponck
Mandava
Dálcio
Jovic 
Simon Ramirez
Kalaica
Heriberto
Luquinhas
Igor Rocha
Zlobin
Elhouni      
Arango
Carter
Lytvin
Willock
Thabo Cele
Matheus Leal
Igor Rodrigues
Alan Jr  
Benny
Zec
Pedro Soares

Contrataram-se portanto 64 jogadores em 7 anos! Quantos desses 64 chegaram à equipa A? 2 apenas: Lindelof e Nélson Semedo! 2 em 64 para que fique claro, um aproveitamento de 3% para que se perceba a enorme motivação com que um miúdo de 18 anos que chega de 48 jogos pelo Estrela Vermelha encara esse desafio da Segunda Liga do super conceituado campeonato português!

Este texto foi escrito ANTES do texto anterior do BenficaByGB, pelo que não era uma resposta para ele, mas acabo por acrescentar este parágrafo para lhe perguntar em que é que ele se baseia para referir o “trabalho fenomenal da prospeção do Benfica!”? É que para prospeção ser fenomenal como se diz, o treinador tem de ser muito mau para aproveitar tão pouco!

Será que não estamos a confundir aqui Prospeção com Formação?

Quanto aos números desastrosos da equipa B estamos conversados, mas o que dizer quando se acrescenta 44 jogadores contratados para a equipa A nos últimos 4 anos?! E quantos desses 44 se aproveitaram como titulares do Benfica A? O Mitroglou, o Grimaldo, o Cervi e o Rafa aos bochechos, quem mais?! Há mais algum?!

É isto que é um "trabalho de prospeção fenomenal"? Não brinquemos com coisas sérias!

Voltando à equipa B, nos mesmos 7 anos de equipa B do Benfica, quantos jogadores foram contratados para o Real Castilla por exemplo? 28 apenas! E mais de metade desses 28 por empréstimo!

E para a equipa de reservas do Manchester United? Apenas 7! Ou seja, nesses clubes, as equipas B alimentam-se maioritariamente... dos seus jovens, pois claro!

No Benfica foram 64 contratações para a B, e se quisermos acrescentar um número parecido de reforços para a equipa A no mesmo período de tempo, estamos portanto a falar de um número global de 130-140 "reforços" em 7 anos! E já nem estou a tocar nos SUB23!

É razoável?! Quanto custa esta política? Qual é o rácio de aproveitamento que o Benfica faz destes contentores?! E um gajo admira-se que um talento como Jovic que chegou com o curriculum com que chegou não tenha encontrado motivação para ser parte disto?!

O que está aqui em causa não é o Jovic! Erros há em todos os clubes, entenda-se! O que está em causa é esta política desportiva miserável, onde de 140 que se contratam se aproveitam 5 ou 6 e muitos nem chegam a calçar as chuteiras! É assim que um gajo chega e se sente importante e como parte de qualquer coisa com futuro?!

Que há muita gente a ganhar com isto? Ah isso há, mas não é o Benfica certamente!


46 comentários blogger

  1. Não creio muito sinceramente que garantam aos jogadores que, quando chegarem a Lisboa, vão directinhos para a equipa A.
    Não sei até que ponto é que a grande falha, não seja a gestão das expectativas.
    Depois há que salientar que o Estrela Vermelha (no caso do Jovic) já foi um grande da Europa. Hoje é mais um que por aí anda perdido à procura da identidade perdida.

    Só compreendo um tão grande número de compras de jogadores, 95% dos quais passam e saem do Benfica perfeitamente incógnitos, com o intuito de gerar comissões. Nada mais.

    Por exemplo, o Djuricic, que tinha inegável valor para se impor na 1ª equipa do Benfica, entrou em choque com a "estrutura", provavelmente por deficiente gestão das expectativas e foi completamente descartado e até hostilizado.

    Nunca sabemos o que é dito aos jogadores e quais são os cenários maravilhosos com que lhes acenam e que depois eles concluem serem falsos.

    ResponderEliminar
  2. Hoje é tudo uma questão de sorte.
    O valor futebolístico não é determinante.
    Quantos jogadores que jogam regularmente na 1ª equipa do Benfica são verdadeiros craques ?
    Muito, mas mesmo muito poucos. Contam-se pelos dedos de uma só mão e ainda sobram alguns.
    Nem preciso de citar nomes, pois todos os que andamos por este blog sabemos quem são os patinhos feios e que geram não sei quantos post's a malhar-lhes forte e feio, precisamente por não terem qualidade.
    Outros há, porventura muito melhores do que os que jogam e estão a suplentes. Alguns mesmo nem suplentes são.
    O mundo do futebol hoje é mesmo um mundo cão.
    Não me admiram as notícias que ultimamente têm vindo a lume e que dão conta das tendências suicidas e depressivas de muitos jogadores de futebol.
    Temos todos mais ou menos bem presente o final trágico do Robert Enke. A pressão era mais que muita, não podia falhar nem desiludir, constava numa das suas biografias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Não me admiram as notícias que ultimamente têm vindo a lume e que dão conta das tendências suicidas e depressivas de muitos jogadores de futebol."

      Agora imagina quem ganha o ordenado mínimo e tem de trabalhar dez horas por dia e gastar mais 3 a ir e voltar do trabalho.

      Não brinques com coisas sérias. Já dizia Mourinho que "pressão é chegar ao fim do mês e não ter dinheiro para alimentar os filhos".

      Os jogadores de futebol vivem numa bolha, são prima-donas que acham ter direito a tudo. E a culpa não é deles, è dos adeptos que acham que um tipo que ganha 5M € por ano tem desculpa por falhar 5 golos de baliza aberta três semanas seguidas...

      Eliminar
    2. Alvaro Buonaparte16 novembro, 2018 16:19

      Caro JotaPê, sabes pouco ou mesmo nada da vida.
      Para ti a vida, resume-se a dinheiro e nada mais.
      Quem o tem com fartura é felicíssimo, quem o não tem, não passa de um pobre diabo.

      Sem te aperceberes, tens os tiques do Bruno de Carvalho, tens um pó do caraças aos jogadores, achas que ganham muito e são uns mimados.
      Porrada para cima deles.
      Invadam Alcochete, que o que eles precisam é de senti-las no lombo.

      Não fazes a menor ideia da pressão que se tem na alta competição.
      O medo de falhar, o medo de desiludir, o medo de perder a vez, o medo de desiludir tudo e todos...

      És mais um daqueles heróis do teclado, que por aqui vegetam dias e dias seguidos a debitar palermices e à cata de algum troco.

      Eliminar
  3. Excelente artigo!
    Nada melhor que dados concretos para perceber o significado da gestão desportiva/empresarial de Luís Filipe Vieira. Para onde vai o dinheiro ganho/perdido por este modelo de gestão não é difícil imaginar.
    Como é possível um benfiquista admitir que este modelo de gerir o clube é aquele que melhor serve os interesses do Benfica e que, por isso, o torna desportivamente mais forte e competitivo à escala europeia?
    Isto mais parece tráfico de seres humanos. Jovic acabou por ter sorte porque acordou a tempo e fez-se à vida.
    Nada realidade, este modelo, esmaga qualquer treinador. Dificulta muito o trabalho da gestão de recursos humanos em sede de balneário.
    Mas, os benfiquistas terão sempre a última palavra.
    Gostei muito deste artigo. Mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Isto é como tudo na vida : quem tem cunhas, safa-se, quem não as tem, anda por aí a arrastar-se e a pedir por favor que lhe arranjem um clube.
    Por motivos vários, costumo assistir a muitos jogos dos Distritais (não sei se ainda é assim que se chama) e vejo imensos jogadores com um potencial enorme que se fossem bem trabalhados e acompanhados, podiam vir a ser craques.
    Porém, como não têm quem os represente, nem ninguém a assistir a esses jogos, passam completamente ao lado de uma carreira promissora no futebol.
    E ainda há quem jogue e tenha que entregar quase tudo o que ganha ao agente que lhe arranjou clube.
    Se muitos de vocês soubessem a selva em que se tornou o futebol...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica sempre foi buscar jogadores a divisões mais fracas em Portugal e sempre se deu muito bem Toni, Vítor Paneira, Bento e por aí fora..
      Agora nem olhamos para elas olha o caso do Chiquinho muito bom jogador encheu estádio da Luz pôs os três médios do Benfica no polso e agora perguntou eu um treinador a séria não vê isso nos treinos???

      Eliminar
  5. Não se pode comparar a "alhos" com "bogalhos".

    O Real Castilla e as Reservas do Manchester United, ao contrário do Benfica B, não são rampas de lançamento de jovens para a equipa A. Quantos jogadores das equipas B do Real Madrid e do MU chegaram a efetivar-se na equipa principal? Esses clubes compram maioritariamente jogadores já feitos e que entram diretamente na equipa A. Quem leu a entrevista de José Boto percebe perfeitamente que os grandes clubes europeus preferem gastar 30 ou 40 milhões num jogador jovem que já deu provas do que pagar 5 ou 6 milhões por um jovem que ainda não passa de uma promessa.

    Entrevista de José Boto ao Expresso: "Nós sabemos que há jogadores que só dá para ir buscar naquele momento, só que naquele momento eles ainda não estão prontos para jogar na equipa principal e não estando prontos para jogar na equipa principal corres sempre o risco da imprensa e do público achar que são flops: "Então para que é que pagaste €10 milhões por um miúdo de 16 anos que não joga na equipa principal?" Mas se não pagares naquela altura, passa um ano e já não consegues ir buscá-lo. Dou-te o exemplo do Rodrygo, o miúdo do Santos que o Real Madrid comprou por €60 milhões. Um miúdo que nasceu em 2001, atenção. 2001. Esse miúdo, para teres uma ideia, em novembro do ano passado custava €15 milhões. O que, para um miúdo de 2001, já é muito dinheiro, não é? E tu convenceres alguém que tem de pagar €15 milhões por um miúdo de 2001 é complicado. E quando convences, passado um mês ou dois, se calhar esse jogador já custa €60 milhões."

    O Benfica, tal como os outros clubes portugueses, e ao contrário dos tubarões europeus, precisa de correr "riscos" a comprar jovens promessas a preços relativamente acessíveis, para depois conseguir obter mais valias com as suas vendas. Uma coisa é ir buscar o Hazard com 16 anos por 9 ou 10 milhões, outra coisa é pagar por ele 40 ou 50 milhões quando já tem 19 ou 20 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fales na entrevista do José Boto que os trolls que enxameiam a net ficam sem assunto para criticar. Nem menciones as declarações do Jovic porque a questão fica ainda pior.

      Eliminar
    2. Ansensio, Nacho, Carvajal, Lucas Vazquez,Raul,Guti,Cassilas,Hierro, mais ainda???

      Eliminar
    3. Tiago, sabes que tens aí um timespan de uns 40 anos, entre esses nomes?

      Eliminar
  6. Por que é que o Kalaica "desapareceu" ?
    Há 2 anos no final da época, chegou a ser aposta.
    O que é que entretanto se passou ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Kalaica desapareceu? Está na selecção do seu país e eu vejo-o quase todos os fins de semana titular na equipa B.
      Será um irmão gémeo?

      Eliminar
  7. Falta acrescentar que o Benfica B com toda aquela tropa, ia descendo de divisão!!!

    ResponderEliminar
  8. eu acrescento a esta prova dos 9, que NÃO HÁ POLITICA DESPORTIVAS DE ALTA COMPETIÇÃO NO BENFICA! temos muita pena, sóvou por 50M destes jogadores todos + 30/40M do hotel e escola+ 16 campos -PARA Q + 16???- e com 75M COMPRAVAMOS 3/4 DIRETOS À EQUIPA PRINCIPAL e agora façam contas aos titulos que perdemos e ao $$$$$$$ que perdemos não os ganhando e o $$$$$ que deixamos os corruptos ganhar e não se afundarem durante muitos anos! ah grande Vieira, fazes tudo pela competitividade do futebol luso!!! que grande Presidente temos, sempre preocupado com boas causas!!! se fosses hoje já ias muito, muito tarde!!!

    ResponderEliminar
  9. Excepcional texto! Parabéns!
    Infelizmente, nos dias de hoje, não há qualquer meio disponível para discutir de forma séria a política desportiva do Benfica com a sua Direcção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quem queria tu que discutisse de forma séria com a sua Direcção a politica desportiva? Tu e os teus amigos?

      Eliminar
  10. Pertinente o tema e estou de acordo com o teor do mesmo.

    No entanto gostava de fazer uma pergunta, que no fundo é a grande questão quano é formado o plantel da equipa A.

    Normalmente pedidmos 2 jogadores por posição. Atendendo a esta premissa, de que forma se constroi um plantel para tantas competições?

    ResponderEliminar
  11. Acho que nessas contas deveriam entrar jogadores como o Oblak e o Ederson.

    ResponderEliminar
  12. Dos que indicaste, alguns tinham inegável talento / grandes referências / previsível margem de progressão / foram oportunidades e renderam algum dinheiro/ainda podem render algum (faltou Mukhtar):
    Alípio
    Derlis Gonzales
    Rui Fonte
    Bryan
    Pavel Dawidowicz
    Victor Andrade
    Kevin Friesenbicher
    Muhktar
    Saponjic
    Bilal
    Kalaica
    Heriberto
    Willock

    Mas dada a quantidade contratada é normal que se aproveite um ou outro. É um número inexplicável de contratações que expõe a falta de critério e que só pode ter explicação nas comissões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem a ver com comissões, tem mais com o trabalho do scouting que não está parado nem perde tempo a escrever disparates na net.

      Eliminar
    2. Ora que grande disparate que acabas de dizer.

      Eliminar
    3. Pois é...
      Só tem a ver com as movimentações de Milhões daqui para ali e dali para acolá (existe quem lhe chame scouting),è que pelo caminho sempre se podem "perder" alguns Milhões!
      Realmente sem muitas vendas nem compras torna-se muito difícil a justificação da tal suposta perca!

      Eliminar
  13. Excelente post.
    Afinal, quando se olha por detras da propaganda, o panorama que se ve esta retratado na realidade presente. Campanhas miseraveis na Champions, Penta e Reconquista sao miragens. Qualidade e competividade da equipa A a descer.
    O resto e conversa.

    ResponderEliminar
  14. Será que a conta do geração Benfica foi roubada pelo José Marinho?

    ResponderEliminar
  15. Por acaso acho que a prospecção está uns furos acima dos treinadores da A, em termos de qualidade e competência.

    Já a formação, sobretudo Lage, Nascimento e Paiva, é de topo, muito competentes estes 3. O Tralhao destoa a claramente.

    Acho até que Lage assumirá a nau até fim desta época (o chamado pré-JJ) quando os resultados esmagarem Rui Vitória para fora do clube (é inevitável).

    O Svilar só não está na B também (como o Jovic) porque o Mourinho disse que o miúdo era bom.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este anda em campanha armado em troll. O JJ não vem para o Benfica. Esquece!!
      Os resultados não irão esmagar RV apesar de tu o desejares. RV não sai do Benfica. Seremos campeões! Depois quero ver-te aqui a pedir desculpa pela idiotices que escreves.

      Lage está bem na equipa B e não irá subir à equipa A
      O Svilar está bem onde está, na equipa A.
      O que tem Mourinho a ver com Svilar e o que têm as declarações a ver com Svilar quando este foi contratado muito antes?

      Eliminar
    2. Por favor o número do euromilhões ja agora!

      Eliminar
  16. 64 em 7 anos?
    Deixai-os vir, nós pagamos.
    Deve haver por aí muito boa gente com os bolsos a abarrotar.
    E o Tabaraato para a equipa A? E o Francisco Vera?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Francisco Vera esse jogador brilhante - 3 milhões de euros.

      Eliminar
  17. A grande conclusão de vários equívocos na gestão dos jogadores e das suas carreiras é que precisamos URGENTEMENTE na estrutura da SAD DE alguém que perceba mesmo de futebol.
    É verdade, há Rui Costa, é uma referência do Benfica e acho que é importante a sua presença junto da equipa mas apenas isso.
    Precisamos mesmo de preencher essa grave lacuna.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, mas só por acaso, o Rui Costa é o responsável pelo futebol, pelo scouting e nenhum jogador vem sem o sua anuência. E agora?

      Eliminar
    2. (Anónimo, prova!, dizem que é o senhor doutor Vieira que é o responsável por tudo), Ele (Rui Costa) que venha desmentir, ou peça a demissão imediatamente. Seja homenzinho.

      Eliminar
    3. Chama-lhe😂 equívocos, deve aí haver tanto equívoco eurístico que nem imaginamos.

      Eliminar
  18. Não faz sentido nenhum planteis de equipa A com quase trinta jogadores quando se tem uma equipa B e ainda uma sub23!!! É um desperdício de dinheiro em salários e, mais grave, de talento pois é impossível os melhores dos B ou sub23 ter uma oportunidade séria de jogar nos A. Em todo o lado as equipas B são o suporte da equipa principal quer em jogadores aptos a entrar no lote reduzido dos A como rodagem para os A que vem de lesões ou jogam pouco na equipa principal. Em França, por exemplo, os suplentes não utilizados na equipa principal jogam no dia seguinte pelos B para terem competição. Aqui, qualquer jogador da equipa principal que vá aos B jogar está castigado ou não presta... É óbvio que entre tantas compras se acerta nalguns, mas o desperdício de dinheiro e talento não deve compensar uma política mais exigente e profissional de contratação de esperanças. Em França ou Inglaterra nenhum clube contrata para jogar na equipa B...
    José m Andrade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa! Há uns anos Jardel e Miguel Vitor, suplentes de Luisão e Garay na equipa principal, jogavam muitas vezes pela B.

      Hoje, porque os meninos não querem ou quem manda não julga necessário, quando alguém está parado umas semanas arrasta-se em campo dois ou três jogos. A desculpa é clara: esteve parado x semanas.

      Talvez seja só falta de sorte... com aqueles que mandam sejam eles direção ou equipa técnica.

      Eliminar
  19. Tudo se resume a uma só palavra: comissões.

    Tony Montana

    ResponderEliminar
  20. Era interessante fazer o match entre essas 150 compras e as contas bancárias de alguns...

    ResponderEliminar
  21. É GRAVE, INCOMPETÊNCIA COLOSSAL, "GESTÃO DANOSA", IDIOTICE TREMENDA.

    ResponderEliminar
  22. Muitos parabéns, Redmoon, este é o teu melhor post de sempre (entre aqueles que eu li, claro)! Nem eu tinha uma noção tão clara do desperdício desta "estratégia" desportiva antes de ver essa lista, é algo vergonhoso! Muito obrigado por este esclarecimento.

    ResponderEliminar
  23. O facto de esses anos terem sido os da construcao das equipas B e sub 23 e nao haver materia prima internamnete, talvez enviese um pouco, so um pouco a tua analise...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim a nossa formação tem sido fraquinha ao longo dos últimos 6 anos, concordo a matéria prima é muito escassa

      Eliminar
  24. Eram palavrinhas como as deste texto que deveriam ser proferidas nas AG's do Benfica.
    Não a parolagem que habitualmente nelas discursa..

    ResponderEliminar
  25. mas aqui completamente de acordo.
    e como tinha dito no outro post com o svilar foi cometido o mesmo erro.

    mas o teu post de ontem não foi sobre isso foi para exaltar o outro.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares