Baganha anda à procura de quê? O prémio do maior hipócrita?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Baganha anda à procura de quê? O prémio do maior hipócrita?

Avatar
 ●  + 48 comentários  ● 


"Este problema das claques tem muito a ver com a ação dos clubes. Se os outros clubes têm as suas claques registadas, por que é que o Benfica não as tem?", questionou Augusto Baganha" - Record.

O ex-presidente do IPDJ produziu hoje mais estas declarações acerca do chamado "processo das claques" em que o SL Benfica foi castigado com um jogo à porta fechada.

Augusto Baganha é o expoente máximo de um conjunto de hipócritas e burocratas que nada fazem para melhorar o futebol em Portugal.

Augusto Baganha continua a insistir num registo que o próprio IPDJ não faz cumprir a ninguém e que é inconstitucional.

Mas o mais grave é que Baganha, Torres Pereira e outros lagartos fanáticos continuam com o assunto das claques do SL Benfica na boca como se não houvesse algo bem mais grave por resolver: O ATAQUE DAS CLAQUES DO SPORTING AOS JOGADORES EM ALCOCHETE.

Até nisso a lei 39/2009 é uma das maiores cagadas que o "legislador" já produziu. Que raio de lei que procura controlar o fenómeno das claques de futebol só se aplica aos dias de jogo e aos recintos desportivos? 

Em qualquer país civilizado, a Juventude Leonina tinha sido ilegalizada. E o primeiro gesto teria de ter partido do próprio Sporting, que de forma cínica escondeu o assunto dos debates para a eleições do clube. 

Fecha-se uma discoteca meses por seguranças se envolverem em agressões com 2 assaltantes e não se ilegaliza um grupo com 6000 pessoas responsável pelo acto mais violento alguma vez visto no futebol europeu? 

O grande problema não é o que claques ou grupos organizados( que a lei nem define o que é) fazem em dia de jogo ou dentro do estádio. Isso está mais que controlado quer pelas autoridades quer pelo organizador do jogo.

A grande questão é o que se passa fora dos estádios como no caso de Alcochete. Ou como no caso das ameaças aos árbitros na Maia. Como no caso das ameaças a familiares de árbitros. Como no caso dos confrontos combinados e que culminou na morte do italiano adepto da Fiorentina. 

O que diz a lei 39/2009 quanto a isso? Nada!

Portanto, a minha sugestão para esta cambada que usa este tema em proveito próprio e para atacar o SL Benfica é que mudem de disco e abordem a questão com honestidade.

Aliás, quero ver o que será a tal nova lei que será revelada ainda este mês pelo governo de Portugal.

O mais importante é criar legislação específica que puna o adepto violento, pertença ou não a uma claque.

É vital banir dos estádios os adeptos violentos, os adeptos que colocam em causa a segurança dos outros e que afastam as famílias.

É preciso acabar com o espectáculo digno de um Iraque que é a chegada a um estádio de 2 ou 3 mil adeptos escoltados por 300 polícias. Com uma lei que coloque na prisão por muitos anos quem instigar a violência ou a praticar, tudo o que não seja apoiar com paixão e de forma civilizada, será afastado do futebol.

Querem melhor exemplo do que se passou em Inglaterra? Eles acabaram com os incidentes graves. Há ainda escaramuças ou encontros violentos mas a uma escala muito pequena. 

Sinceramente, este senhor Baganha e outros como ele é que estão a mais.

O desporto e o futebol precisa de quem acrescente valor, de quem venha para dignificar o espectáculo. De gente que venha pensar e executar medidas que melhorem as condições para todos os adeptos.

48 comentários blogger

  1. Um lagarto anda-me a lixar a cabeça a dizer que o Varandas Fernandes é filho de um antigo inspetor da PIDE, inspetor Varandas. Alguém me pode confirmar ou infirmar, de preferência?
    Grato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se for qual é o problema? O meu pai era Sportinguista e isso não me faz ser pior benfiquista!

      Jorge Ferreira

      Eliminar
    2. Também já ouvi mas não faço a menor ideia se é ou não verdade. Agora que o homem parece que saiu de um filme do antigamente, lá isso parece.

      Eliminar
    3. Águia Preocupada12 setembro, 2018 20:39

      Frederico Varandas nasceu a 19 de setembro de 1979, em Lisboa, filho de lisboetas, um médico e uma professora, e irmão de um advogado que fez parte da direção de Godinho Lopes.

      Eliminar
    4. Águia Preocupada12 setembro, 2018 21:50

      E... Sendo médico, pode ter sido informador da pide... Qualquer pessoa podia ser! Inspector era uma carreira profissional!
      Não me parece, portanto, que seja verdade o que o anónimo pergunta!

      Eliminar
    5. Padre Hipólito das Neves12 setembro, 2018 21:57

      É verdade que é filho de um inspector da PIDE.
      Mas a mãe era a saudosa D Maria, chefe do bengaleiro ali na antiga sede do Benfica na Rua Jardim do Regedor.
      Estão portanto as contas saldadas.

      Eliminar
    6. E o pai do Vieira era porteiro da AFL (associação de futebol de lisboa) e fazia muitas vezes serviço no estádio de alvalade.

      Eliminar
    7. Ui, até onde chega o desconchavo. Agora tentam atacar as pessoas pelas profissões ou pelo passado do pai e da mãe? Tenham vergonha!!

      Eliminar
    8. O pai do Frederico Varandas, é o médico fisiatra Pedro Varandas, tem uma das clínicas ali ao pé do Estádio da Luz, ao lado dos Maristas. Onde eu já andei a fazer fisioterapia. Inspector da PIDE, não foi.

      Eliminar
  2. Águia Preocupada12 setembro, 2018 19:27

    O futebol está a bater no fundo. E mais dia menos dia, fica mesmo de vez no fundo. E a culpa maior é mesmo destes dirigentes hipócritas que vivem do futebol, que os incham de mordomias e privilégios que em mais nenhuma actividade usufruiriam!
    E são tão hipócritas e tão intelectual e indecentemente desonestos que, depois da barbárie que se passou em Alcochete ainda têm o desplante de falar nas claques do Benfica! Tivessem um pingo de vergonha e jamais teriam o arrojo de falar em claques. Mas enfim, estamos no país de xico espertos, de malabarismos, de todo o tipo de fraudes e fugas à lei!
    Mas acham-se muito importantes, quando não passam de uns patetas que percebem o ridículo em que se colocam.
    Desprezo essa gentalha estúpida, traiçoeira, fanática que nada de educativo, instrutivo ou desenvolvimento traz ao tão pobre futebol português.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada12 setembro, 2018 21:51

      "uns patetas que percebem o ridículo em que se colocam. "

      Queria escrever:

      uns patetas que nem percebem o ridículo em que se colocam.

      Eliminar
  3. Bom post, basta de hipocrisia, ainda mais sustentada numa inconstitucionalidade, mas no fundo no fundo sustentada isso sim no fanatismo clubista.

    OK, os grupos organizados de adeptos do Benfica não estão "legalizados", e? Que nós saibamos, os adeptos do Benfica autores de tragédias foram identificados e presentes às autoridades, tendo um deles até cumprido pena, e não foi preciso serem "legais". Obviamente os "apanhados" não estavam sozinhos e há co-responsáveis.

    Agora grave, quanto a mim bem mais grave é haverem adeptos de claques "legais" que fazem ou fizeram as 1001 tropelias que sabemos, e pelos vistos como são "legais" têm carta branca para actuar à vontade sem consequências para as suas claques.

    ResponderEliminar
  4. A coisa que mais me irrita é defendermos a nossa posição com a porcaria dos outros. Temos claques ilegais, ponto!
    Claques que roubam cachecóis e rasgam camisolas dos adversário. Que destroem postos de abastecimento e autocarros. Que traficar armas e drogas. Que apertam sócios nas AG. Que atiram petardos dentro do Estádio da Luz e que nos valeu multas e repreensão da UEFA. Os outros têm igual ou pior mas não é problema nosso!
    Agora fazer de conta que somos vítimas quando não estamos a cumprir a lei, por favor!
    Baganha e Pataco são dois lados da mesma moeda. E não valem uma pataca...
    Bessa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As claques não estão ilegais. Não pode haver claques ilegais.
      Os membros das claques do Benfica estão todos identificados, ao contrário das chamadas "claques legais", porque são todos sem excepção sócios do Benfica. Os sócios do SLB estão identificados com nome, morada, email, telefone e fotografia.
      O SLB nunca pode ser culpado ou responsável pelo que fazem pessoas em nome individual, seja cá dentro ou lá fora.

      Eliminar
    2. Deixem-se desse “atgumento”’de que não são claques. Vamos ser sérios, são claques e mais nada. Não mudaria nada da atitude deles por se legalizarem. Porque não envia o Benfica uma lista de 10 ou 20 elementos de cada claque?? Se as listas dos outros não estão actualizadas ou completas é porque podíamos fazer o mesmo. O Benfica não precisa das claques para encher estádios. Os outros sim. Nós não. E o Benfica tem de uma vez por todas de tomar uma posição honesta. Ou tem e apoia claques e como tal envia informação das mesmas para quem de direito, ou não tem e deixa de ter lugar para eles. Eu fico abismado quando ouço um benfiquista usar o argumento de que não temos claques mas grupos de adeptos. Isso é um atestado de incapacidade total. Temos de ser primeiro que tudo sérios.

      Eliminar
  5. Há uma grande confusão que fazes e que tem sido repetida com insistência: "algo bem mais grave por resolver: O ATAQUE DAS CLAQUES DO SPORTING AOS JOGADORES EM ALCOCHETE." estás enganado por distração, ignorância ou má fé. O ataque à academia está resolvido, está na mão de quem tem que estar, os intervenientes estão presos, a justiça corre os prazos normais. Não há mais a fazer que o que tem sido feito até ao momento. O QUE É QUE ENTENDES POR RESOLVER?
    Arre que a insistência é chata e quando o insistente não é burro, costuma ser má fé.
    Diogo Henriques

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ataque não está resolvido porque ainda não foi julgado. Só fica resolvido depois de julgado ou arquivado.
      Não se sabe ainda quem foi o instigador ou instigadores nem todos os que invadiram estão presos.
      Faltava aqui o lagarto burro de serviço.

      Eliminar
    2. A maior vergonha não são as claques, a maior vergonha que continua impune é o crime organizado que usa as claques como peões de brega e testas de ferro do crime, que continua a condicionar o futebol em Portugal.


      A Coação da Máfia de Palermo sobre os Árbitros.

      Artur Soares Dias levou a filha e a mulher ao NorteShopping e 3 adeptos do Porto chegaram à beira dele, pegaram no carrinho da filha e disseram… “no próximo jogo já sabes o que tens de fazer senão a boneca aparece sem cabeça.”

      “A este respeito posso dizer que na escola onde anda a filha de Artur Soares Dias estão constantemente 2 capangas da claque legal do Porto.”

      Não culpo os árbitros. Eu culpo as "altas patentes" das autoridades de Portugal. Os chefes das várias forças e os juízes. Culpo os que estão no comando e têm o dever de proteger os cidadãos e não cumprem com as suas obrigações.
      Aprendemos que adeptos do FC Porto foram ao centro de treinamento de árbitros fazer ameaças às suas vidas e às suas famílias. Foi público! Mas há muito que acontece e que não sai cá para fora.

      Ninguém fala sobre visitas às esposas de árbitros no trabalho, lojas desarrumadas e dezenas de calças espalhadas no chão, por exemplo.

      Ninguém fala sobre as esperas à porta das faculdades e das escolas dos filhos dos árbitros. Sem dizer nada ... apenas estando "presente", “mostrando-se” nos dias antes dos jogos. Apenas para ver e ser visto.

      Ninguém fala sobre as dezenas de telefonemas seguidas no meio da noite. Vinte, trinta e quarenta chamadas que, quando respondidas, são logo desligadas e alguns segundos voltam a ligar. Às três, quatro, cinco e seis da manhã.

      Ninguém fala nos restaurantes de irmãos e parentes de alguns árbitros, onde esses criminosos de impunidade vão comer e beber e depois de deixar algum insulto e escrever algumas queixas inventadas no livro de reclamações, dizem com um ar de cara ruim que "seu filho de uma puta o teu irmão irá pagar. E se não te comportares bem, na semana que vem, seremos cinquenta de nós aqui ".

      Os carros com vidro partidos e logo que são substituídos, são novamente quebrados.

      Esperas à porta da casa, apenas para dizer "boa noite e bom jogo", mostrando assim que eles sabem onde as pessoas vivem, quando os árbitros e os fiscais voltam para suas casas.

      O terror total, as pessoas feridas na sua dignidade, tanto assim que ninguém fala. E os árbitros denunciam por quê? Num país em que a polícia paga pelos danos de ladrões ciganos? Eles vão arriscar as vidas daqueles que mais amam para quê? Ninguém quer saber, Portugal é realmente feito para esta escória.

      Não há muito tempo, vimos todos ao vivo na TV os guarda-costas do presidente do FC Porto, Pinto da Costa (agora envolvidos em assassinatos e vários casos de mafia na noite do Porto) dizendo ao chefe da polícia do Porto para calar a boca ...

      Os adeptos do FC Porto durante uma cobertura ao vivo, roubam microfones e outros materiais da CMTV e, em vez de se esconderem, orgulhosamente exibem-se sob um manto de impunidade chocante que assusta e serve de exemplo para todos os outros.

      Sim, roubam, ameaçam e atacam, e mostram o que fazem para servir de exemplo a todos os outros.
      Livros foram escritos e publicados descrevendo assaltos, agressões, consumo e tráfico de drogas e ninguém se importou ... ninguém agiu, polícia, juízes, o governo está com medo ...

      Os árbitros? Eles fazem o que têm para fazer, ter um pouco de paz e proteger quem eles mais amam, e nós só os entendemos se nos arrumarmos. Pensemos nos nossos irmãos, pais, filhos e esposas serem ameaçados e perturbados nas suas vidas diariamente por essas pessoas ... Talvez fizessemos o mesmo.

      Não, os grandes culpados do que acontece e o que vai continuar a acontecer não são os árbitros! É aquele que comanda esta triste "Republica de Banana" uma vez ... "nação corajosa e imortal", chamada Portugal.

      Eliminar
    3. Está nos tribunais da justiça civil. E a desportiva? Então toda a gente sabe quem foi o culpado moral/mandante e não se passa nada? Espancam treinadores, técnicos, MÉDICOS e jogadores e este papalvo diz que tá tudo resolvido.

      À lá lagartgo, varre-se para debaixo da mesa e tá feito.

      Eliminar
    4. Está resolvido? Quando foi o julgamento? Quem foi o mandante? Qual foi a pena aplicada? A quantas pessoas?

      Não há mais a fazer? A sério? Um grupo de verdes invade a academia, espanca vários jogadores e o treinador e aterroriza mais gente.

      O que fez o Sporting? ZERO!

      Eliminar
    5. Diogo Henriques então pela tua forma de ver umas tochas e atraso num jogo dão direito a jogo à porta fechada, e o que aconteceu em Alcochete por ser um caso de polícia (o que por si só espelha a maior geavidade da situação) e estar a ser tratado pelos tribunais já está reaolvido?? O Ipdj não podia e devia tratar dentro das suas competências de castigar a claque e consequentemente o clube envolvido?? A tua “lógica” só faz sentido na tua cabeça. Os tribunais e o IPDJ tratam de assuntos diferentes, se o IPDJ castiga o Benfica poderá também (e deveria faze-lo) castigar outras ações

      Eliminar
  6. O futebol (e não só ) está nas mãos destes acérrimos defensores da «verdade desportiva» deles. A maior parte, lagartos. Como este. Como não ganham nada em campo, arranjam estas entrangeirinhas para tentarem travar o inimigo de estimação.

    ResponderEliminar
  7. O futebol (e não só ) está nas mãos destes acérrimos defensores da «verdade desportiva» deles. A maior parte, lagartos. Como este. Como não ganham nada em campo, arranjam estas entrangeirinhas para tentarem travar o inimigo de estimação.

    ResponderEliminar
  8. O Baganha fez parte da comissão do destituído presidindo ao ipdj. Não encontrou nada de errado nesta atitude?

    ResponderEliminar
  9. Não sei se é ou não é, mas e se fosse? Faz dele uma pessoa igual à dos idiotas que usavam e abusavam da força em nome do nada? Não me digas que eu ou tu, continuamos responsareis pela vergonha da escravidão que impusemos às colônias africanas? Por favor...

    ResponderEliminar
  10. O que este sujeito cheio de banha merece é uma queixa crime por acusações e processos inconstitucionais de forma abusiva

    Nestes processos em concreto deverá ser chamado tambem a justificar porque por em causa os SÓCIOS DO BENFICA e nada fez até hoje quanto às tochas da juveleo contra Patrício, nada fez quanto ao ataque criminoso da juveleo em Alcochete, e aos diversos ataques, agressões, ameacas e coação dos superdragoes contra árbitros, jogadores, treinadores, adeptos

    E terá ainda de provar a lista com os nomes, identificação e registos de todos os elementos da juveleo e superdragoes em todos os jogos da liga durante o seu mandato

    ResponderEliminar
  11. A SANTA ALIANÇA SCP FCP

    o amigo de Baganha na FPF

    o instrutor do processo que levou o CD a castigar o Benfica é um antigo estagiário no escritório de Gil Moreira dos Santos (sócio de Adelino Caldeira administrador da SAD da fruta) advogado de peido da costa que chegou a ser preso pela judiciaria, envolvido noutros quinhentinhos. Recorde-se que o seu pai, também Gil Moreira dos Santos, é o representante do clube da fruta no processo da divulgação dos e-mails do Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A besta chama-se

      SERGIO MOUTINHO ROLA

      aos poucos vamos sabendo quem anda a mamar no APITO DOURADO

      Eliminar
  12. Shadows, não percas tempo com o demitido.

    ResponderEliminar
  13. Bravo! Bravissimo!

    E Pluribus Unum
    A Canadian Benfiquista.

    ResponderEliminar
  14. Tiro-te o chapéu Shadows. Não podia estar mais de acordo.

    ResponderEliminar
  15. Se o Machadez quase vulgarizou a expressão: - «Para mim, na vida, um vintém é um vintém, e um cretino é um cretino..."

    Neste processo IPDJ, poderemos alterar a coisa: "Um pataco, é um pataco, um baganha, será sempre um baganha..."

    Se entretanto o competente e independente Pataco cair, há sempre um Fanha para o substituir ...

    Porque não sei, pergunto, o Zé Augusto de Fafe ainda está detido? O Paulo Gonçalves continua à solta, e a representar oficialmente o Benfica? Consta que o PG está a ensaiar a musica dos duo ouro negro: "vou levar-te comigo", só não sei a quem se refere, será para o leitor de Galamba?

    Janela_Opaca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querias tu... vais muito mais depressa ver a tua casa a arder do que nós!!!

      Eliminar
    2. Não tá na hora de ires brincar com o resto dos macacos, a enfiar bananas na tripa uns dos outros? As chamadas tripas à moda dos andrades.

      Eliminar
  16. Em Inglaterra, convém referir, o fenómeno do holiganismo foi extinto, por força da conjugação de vontades políticas, desportivas e até económicas.

    Convém lembrar que os principais interessados na erradicação do holiganismo, foram em primeiro lugar os clubes ingleses que se viram afastados das provas da UEFA, creio que por 5 anos.

    Cinco anos fora das competições europeias, só não deu cabo do futebol inglês porque a Inglaterra não vai abaixo com qualquer coisa.

    Mas que fez mossa, lá isso fez.Os prejuízos foram imensos.
    Os clubes ingleses habituais nas competições da UEFA, foram os principais interessados em extinguir o fenómeno da violência nos estádios. Arregaçaram as mangas, deitaram mão aos meios tecnológicos já existentes e desenvolveram outros e o que é certo é que o holiganismo acabou.

    Em Portugal, considera-se que este é um problema político e que cabe ao legislador "fabricar" leis para extinguir o fenómeno. Puro engano.

    Cabe em primeiro lugar aos clubes deitar mãos à obra e trabalhar sem contemplações para erradicar o fenómeno.

    O problema é que as claques são o braço armado dos clubes, compostas por uma significativa parte de rufias com cadastro.

    Solução ? Muito simples. Basta quererem.

    Com as câmeras de vigilância instaladas nos estádios, é extremamente fácil identificar os desordeiros e quem provoca e está na origem de desacatos.

    Uma vez identificados, estariam impedidos (conforme a gravidade das infracções) de frequentar instalações desportivas durante 5, 10, 15, 20 anos ou para sempre.

    Forma de controlar isto : todos os dias de jogo, os referidos indivíduos eram compelidos a apresentarem-se numa esquadra da Polícia e lá permaneceriam o tempo necessário até o jogo acabar.

    Isto só não é feito por duas razões :

    1 - os clubes não estão interessados em afrontar as claques, pois elas são uma espécie de guarda pretoriana, além de valerem não sei quantos milhares de votos;

    2 - o poder político tem muito medo de afrontar o futebol, pois vê nele uma força imensa capaz de catapultar vontades e desbravar certos caminhos, muitos deles da treta.

    Por isso, o problema das claques, continuará na ordem do dia durante muitos e bons anos.

    Veja-se por exemplo agora nas eleições do Sporting, quer o candidato vencedor Frederico Varandas, quer o candidato mais votado João Benedito, quanto tempo gastaram eles a abordar a temática das claques ? Que me lembre, nenhum.

    E estamos a falar de candidatos com menos de 40 anos de idade, logo, deveriam ter uma concepção das coisas muito mais arejada, do que as múmias Vieira e Pinto da Costa, estes sim, cheios de vícios, truques e manhas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada12 setembro, 2018 22:11

      "E estamos a falar de candidatos com menos de 40 anos de idade, logo, deveriam ter uma concepção das coisas muito mais arejada, do que as múmias Vieira e Pinto da Costa, estes sim, cheios de vícios, truques e manhas. "

      Eu vejo as coisas de outra forma! Sendo jovens, estão dentro do espírito da escumalha que faz parte das claques, estão "na onda" como eles dizem, concordam e até participam nas mal feitorias que por aí vão sendo praticadas.
      Aliás, Varandas, na onda dessa gente, veio à Luz incluído na caixa da claque... À boa maneira do seu antecessor trauliteiro!

      Eliminar
  17. O ataque à Academia de Alcochete é consentido e foi estimulado para que acontecesse.
    Quantas e quantas vezes também já não houve "ajuntamentos" junto à academia do Seixal, principalmente a seguir a resultados negativos e nunca aconteceu nada ?

    O caso do ataque à academia de Alcochete é matéria de Polícia e esta fez, quanto a mim bem, o seu trabalho até agora.

    Já o ataque ao Rui patrício com very lights, em pleno estádio de Alvalade, diz bem da total falta de controlo das direcções sobre as claques.

    As claques são comparáveis a cães amestrados. Obedecem cegamente aos sinais que lhes são transmitidos pelas direcções. Se as direcções lhes dizem para atacar, elas atacam; se lhes disserem para terem juízo e se controlarem, lá se esforçam e cumprem.

    Lembram-se da interdição que esteve para acontecer ao estádio da Luz nas provas da UEFA ?
    Pois bem, antes dos jogos, através de não sei quantos avisos pela instalação sonora, lá se conseguiu que os jagunços tivessem alguma contenção e não prejudicassem o Benfica.

    ResponderEliminar
  18. "Fecha-se uma discoteca meses por seguranças se envolverem em agressões com 2 assaltantes e não se ilegaliza um grupo com 6000 pessoas responsável pelo acto mais violento alguma vez visto no futebol europeu? "

    Vindo de alguém que defende um clube cujos seus já assassinaram 2 adeptos de outro clube, um deles em pleno estádio .. Não está mau!!! Pareces o GB a escrever
    Lembras-te de como o teu clube reagiu a cada um destes assassinatos? Isto de atirar pedras ao ar com telhados de vidro..

    É já agora, de geografia não entendes muito, mas a Grécia, ainda faz parte da Europa. Ou não sabes o que lá se passou, ou gostas de atirar areia para os olhos dos outros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que o clube reagiu a cada uma dessas mortes? Na 1ª o individuo foi preso passados 2 dias, com ajuda dos próprios adeptos do benfica. Foi no estádio mas foi um acidente, ninguém mata com very lights nem têm uma mira certeira, seu asno, para além de que naquela altura TODOS usavam very lights.

      Pior que o assassino é quem se aproveita da morte de uma pessoa para fazer valer uma ideia.

      A primeira morte num estádio em portugal nem foi esse acidente, foi um espancamento até à morte no estádio das antas. Ninguém foi preso e passou despercebido como quase tudo o que tem a ver com aquela seita.

      O 2º "adepto" nem era do sporting, por mais que se esforcem a passar essa mensagem, mais uma vez, o aproveitamento da morte de uma pessoa para se vangloriarem diz muito. O babalu foi oferecer uma coroa de flores aos "amigos" - que o abandonaram à morte - e dias depois foram detidos e vão ser julgados como culpados morais.

      Está filmado, o presidente do sporting, todo contente por ter mais um motivo para atacar o Slb, a entregar as flores a quem o levou para a morte e o abandonou.

      Antes desse atropelamento houve este - https://www.jn.pt/desporto/interior/adepto-do-braga-morreu-atropelado-antes-do-jogo-com-o-fcporto-2920816.html

      Já foram presos os assassinos?


      Agora volta lá para a gruta com essa conversa de merda e respeita as pessoas, tu e a grande merda que é o teu clube, seja ele o das riscas deitas ou em pé.

      Eliminar
  19. Águia Preocupada12 setembro, 2018 21:58

    Off topic! Por trás dos piratas e criminosos há sempre um Pinto! Porque será?

    ResponderEliminar
  20. Bom Post Shadows. Concordo plenamente.

    Off-topic - O segredo de justiça violado mais uma vez pela Cofina. Sai na capa da revista Sábado o SUSPEITO do roubo dos e-mails do Benfica. Isto está em investigação e mais uma vez os do costume.
    Há aqui demasiadas coincidências, o processo e-toupeira sai a acusação e agora aparece um suspeito de hacker dos e-mails. Humm Está para vir coisas estranhas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A COFINA mais uma vez a fazer o trabalho sujo da Associação criminosa

      Vai intercalando com a IMPRESA

      tudo fumo para amansar o público

      Mas já não resulta

      Também estes terão de responder na justiça e a violação do segredo de justiça é o menor dos crimes deles

      Eliminar
  21. Shadows,

    O Post é bom.
    Agora revela uma contradição é que não achavas existir qualquer cabala contra o Benfica e agora dizes há uma cambada que usa este tema em proveito próprio e para atacar o SL Benfica.
    Ainda não concluíste que existe uma coordenação de gentalha para atacar o Benfica? O que é que me dizes da condenação de um jogo à porta fechada do CD da FPF? Só falta mesmo a CM Lisboa condenar o Benfica por os pombos poisarem no estádio!
    Existe uma ataque feroz ao Benfica e os Benfiquistas têm que se unir.

    ResponderEliminar
  22. alguem sabe quanto tempo de proibiçao de entrar num estadio apanhou o adepto que agrediu o Pizzi?
    para la da unica fronteira desta rep. das bananas tinha de se apresentar todos os fim de semana numa esquadra depois de cumprir varios anos de prisao efectiva, mas aqui parece que foi so uma multinha para a instituiçao do seu agrado!
    E PLURIBUS UNUM

    ResponderEliminar
  23. na globalidade do post certíssimo.

    só não tens razão na inconstitucionalidade da lei, ela até pode ter normas inconstitucionais só que até agora ninguém pediu a fiscalização da mesma ao tribunal competente e só ele é que a pode considerar inconstitucional.
    e esse sempre foi o nosso erro nunca fizemos nada no sentido de ver declarada a inconstitucionalidade da lei.

    ResponderEliminar
  24. Finalmente uma publicação do Shadows que posso dizer: muitos parabéns! Excelente partilha. Uma autêntica vergonha estes ultimos tempos por parte do IPDJ. Caça ao clube. Veremos o que sai na rifa.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares