O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Um dia os clubes-brinquedo chegam a Portugal... E quem vier depois que feche a porta

Avatar
 ●  + 54 comentários  ● 
Certo e seguro que Neymar dirá muito em breve quando se apresentar em Paris que não vai pelo dinheiro. Vai sim pelo lindo e maravilhoso e aliciante projeto do PSG, e até porque o PSG era um sonho desde pequenino quando andava a jogar à bola descalço lá pelas favelas no Brasil;

Aliás, tal como Fábio Coentrão que chegou este ano a Alvalade e imediatamente disse que o coração é verde, que sempre foi verde, se bem que fizesse juras ao vermelho não vai há pouco mais de 24 meses;

Já Pepe também anunciou em alto e bom som para quem o quis ouvir que teve propostas de Espanha, Inglaterra e Itália mas... Escolheu o Besiktas, sensibilizado que ficou com mensagens que recebeu do adeptos turcos a pedir-lhe que ingressasse no clube;

Ou Maxi Pereira, que após tantos anos a defender o vermelho com unhas e dentes, aterrou no Dragão já com sangue azul e ainda vem jogar à Luz e provocar os adeptos que sempre o acarinharam, apenas e só porque não quer que fiquem duvidas a ninguém sobre o seu profissionalismo e que causa defende ele neste momento.

São sinais dos tempos com certeza, que não me chocam, diga-se.

Mais do que ser-se Benfiquista, ou Portista ou Madrilista a 100%, o que esta gente é, é acima de tudo profissional de futebol a 100%... E enquanto se é profissional de futebol não há cá clube de coração nem paneleir*#es dessas!

Não há cá misturas nem pode haver! Primeiro a vidinha deles, os carros novos e as piscinas, dos jogadores e das suas famílias, e depois sim o clubismo, os clubes de coração (se ainda os tiverem quando tudo termina), para voltarem um dia aos estádios como adeptos quando já tiverem pendurado as chuteiras! (mas quantos voltam realmente aos estádios como adeptos, a não ser que como convidados de uma tribuna presidencialista qualquer com direito a champagne e croquetes?)

Já aqui escrevi mais do que uma vez, para aqueles sempre saudosos dos tempos do amor à camisola e que nunca hesitam em lembrar referências do passado como exemplos desse amor, que se Eusébio tivesse nascido 50 anos mais tarde tinha jogado na Luz seis meses e hoje tinha uma estátua em Madrid.

Ele e tantos outros, hoje símbolos e lendas vivas de clubes portugueses no passado, mas que andam a treinar nas Arábias em clubes que não querem, ou nas TVs a arrastar-se como comentadores e a prestarem-se a papéis que só escolheram para não terem de morrer de fome.

Acho que se perguntassem a esses, aos tais símbolos do passado que tanto nos orgulham, se trocavam todo esse simbolismo e amor à camisola e as carreiras inteiras num só clube dos seus tempos pela vida de luxo que se vive hoje nem que fosse ao serviço de 10 clubes diferentes, não haveria nenhum que hesitasse por um minuto sequer.

E por isso a nós adeptos resta cada vez mais aproveitar o momento, não exigir aos jogadores nada emocionalmente porque não existe emoção na hora de falar o dinheiro, e compreender também que aquilo que se pode e deve exigir a cada jogador dos nossos clubes é profissionalismo a 100% enquanto cá estão. Cumprido isso, pouco mais há para exigir.

Para Neymar, diz-se, contas feitas e se o brasileiro cumprir o seu contrato em Paris, em verbas de transferência e ordenados, serão em 5 anos 500 milhões de euros!! E só para o pai de Neymar são 40 milhões, a juntar aos 25 que ainda nem há pouco recebeu pela renovação de contrato do seu filho com o Barcelona! Pornográfico? Acho que sim! Tenho dificuldade em aceitar que se pague tanto dinheiro para dar uns chutes na bola, especialmente porque, para quem paga é apenas mais um brinquedo.

Se fosse o futebol a gerar esse dinheiro, os sócios e as receitas do clube, nada a opor. Mas como não é, como são apenas uns quantos magnatas que fartos da vida aborrecida que levavam decidiram que iam comprar uns clubes e estoirar fortunas a brincar ao futebol, não aceito tão bem porque desvirtua todas as competições e mina o espaço da paixão clubística que é aquele em que me movo.

De positivo, apenas perceber que, em tempos em que o futebol ameaçava falir em alguns países com tradição, foram estes magnatas a financiá-lo e a permitir que a roda continuasse a girar. É difícil por exemplo imaginar o Benfica e outros clubes a realizar tanto dinheiro em transferências nos últimos anos, não fossem estes magnatas a perder a cabeça nos seus caprichos e a permitirem que tanto dinheiro role de clube para clube.

Talvez a nós Portugueses, num país onde esta moda dos clubes-brinquedo ainda não pegou, continue a ser fácil olharmos para esta moda com algum distanciamento e a achar que para nós é sempre bom.

Mas acho que nem para nós é... É também por causa destes clubes-brinquedo que para nós portugueses, competir e ambicionar algo na Europa é cada vez mais uma miragem, e pelos quais se calhar é tão mais fácil focar-nos mais nas folhas contabilísticas de excel em vez de em objetivos futebolísticos ambiciosos.

Last but not the least, o que aconteceria se amanhã chegasse a Portugal um desses brincalhões magnatas do petróleo e fizesse com o Sporting por exemplo o que o outro fez com o Paris Saint German?

O que seria?! Seria o óbvio! Imediatamente se acabaria com a conversa sempre tão linda para os adeptos de que o Benfica continuaria a ter a maioria da SAD, e que se f?#esse a maioria da SAD porque os Benfiquistas querem é vitórias!

E depois, claro, íamos fazer igual e vender o clube e mais de 110 anos de história a um qualquer maluco que nos alimentasse o sonho durante uns tempos... E quem viesse depois que fechasse a porta!


54 comentários blogger

  1. Esses já existem há uns anos em Portugal.

    Clubes para as mafias brincarem com apostas e lavagem de dinheiro. São maioritariamente de divisões inferiores e com donos chineses, russos, etc. (ex. Atlético, Leiria, Olhanense)

    A Liga Portugal com o rolha brilhantinas é o grande promotor destes esquemas na II Liga.

    Nas divisões inferiores, a FPF do Tiago Craveiro dá uma ajudinha.

    Luis Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente sim, mas enquanto os clubes grandes não se sentirem afetados no seu status, ninguém dá por nada.

      Eliminar
  2. Bom texto. Apenas estou em desacordo no ponto em que jamais o Benfica será vendido e no ponto em que nem Porto, nem Sporting são desejáveis para este tipo de investimento, porque não valem nada. Apenas o Benfica poderia ter algum interesse comercial e, mesmo assim, enquanto competir neste país, pouco.

    Venha a EuroLiga, com 24 equipas top, a única portuguesa o Benfica. Aí, teríamos com certeza mais interessados e caber-nos-ia a nos garantir que o clube não seria vendido.

    Zé Pincel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que o Sporting se prepara para ser o primeiro clube grande a não pertencer aos sócios do Sporting.

      E depois tudo depende dos termos, do projeto, e de como isso afetará os outros clubes e o panorama desportivo em Portugal.

      Eliminar
    2. Concordo Redmoon.

      O Sporting será o primeiro dos três grandes. recordemos a conversa gravada do Ricciardi com outros ilustres Sportinguistas. Foi a preparação.

      Estes investimentos abruptos dos últimos 2 anos indicam também que os tais investidores já lá estão (muito pouco recomdaveis). E somente ainda não se avançou pois o objectivo é levar o clube ao limite do desastre financeiro para que haja uma única solução na hora da decisão - alienar 100% SAD sem que os sócios se possam pronunciar. Está para breve. Típico das empresas que são descapitalizadas para depois se oferecer o controlo a outro accionista

      Digo o primeiro dos três grandes pois podemos ter surpresas. Muito recentemente houve rumores do interesse de investidores no Braga e Guimarães. Para além disso, há o investimento da Fosun no Rio Ave que mais cedo ou mais tarde resultará no controlo da SAD.

      O Porto irá pelo mesmo caminho do Sporting. Quando Peido da Costa sair. A questão será. Quando o Peido e suas bufas saírem de lá, que lixo se encontrara debaixo do tapete, restará alguma coisa interessante para um investidor?

      No caso dos SAPOS e PORCOS prevejo a entrada de acionistas abutres que usarão o futebol para outros negócios pouco claros (que já acontece) em proporções de verdadeiros cartéis internacionais

      Quanto ao Benfica, penso que o caso será diferente e espero sinceramente que sim. Salvaguardando as devidas dimensões, penso que o perfil de um possível investidor do Benfica será idêntico ao que vemos nos clubes Ingleses.

      Aguardemos

      João Sereno

      Eliminar
    3. Aposto no lagartedo como os primeiros a entrarem nessa.
      Aparentemente, pela surrelfa, já está a ser!
      E por uns artistas que só pensam em lavandarias ou eu não tivesse vivido quase 5 anos por lá!
      Gostaria de ser mosca para saber quantas vezes Vieira já terá sido abordado para um esquema desses.
      Porque o SLB é o único Clube nacional com base sustentável para um mohamed qualquer esbanjar umas notas valentes e ter algum retorno.
      Também não se pode excluir o antro devido à falência em que vivem.
      Mais um campeonato ou dois a "roer guizarros" (vocabulário Alentejano) e uma saída dessas seria apresentada como a única possível para continuar a "alimentar" o ego dos desdentados.

      Eliminar
  3. Há aí um clube que recebe dinheiro angolano e que é comandado por um Ricciardi, e que parece que tem 160.000 sócios e é o maior do mundo e arredores. Mas é dos 'sócios'. Se calhar era a melhor coisa que podia acontecer, quando vierem magnatas para o nosso campeonato periférico, deixo de ver a bola.Mesmo o nosso Glorioso. Talvez fosse melhor o pessoal borrifar-se para a bola.500 milhões por inúteis que apenas sabem dar chutos num objecto esférico?Temo pelo dia em que tenhamos de escolher se queremos um SLB dos sócios ou um clube ganhador, espero que esse dia não chegue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada03 agosto, 2017 19:47

      Absolutamente de acordo. No dia em que o Benfica ou grande parte dele deixar de pertencer aos sócios - por enquanto ainda o é embora só no nome - para mim acaba-se o futebol! Alimentar agiotas que por terem umas contas bancárias recheadas podem dar-se ao luxo de ter uma equipa de futebol e alardeiam dessa forma a sua riqueza conseguida sabe-se lá como... Jamais! Mesmo como estão as coisas, pela minha parte já faltou mais para colocar fim nesta brincadeira que se tornou num passatempo caro e pouco recomendável!

      Eliminar
  4. Jogar quando se tinha as cotas em dia e no fim do jogo ter direito a uma sandes e um pirulito, já era!!!

    Assino esta prosa.

    ResponderEliminar
  5. Mas algum adepto confrontado com a possibilidade de uma progressão de carreira estratosférica como a possível no futebol escolheria ficar a trabalhar na empresa do bairro quando poderia estar numa multinacional com carro, despesas de saude e transporte e ordenados pornográficos?

    Acredito que haja jogadores que crescem adeptos e até outros que acabam por sentir afeição ao clube onde chegam de terras distantes, que gostem do clima, das pessoas e dos adeptos, mas no fim do dia o que conta é o comer na mesa e no futebol come-se bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. argumento nhurro pois o futebolista só ganha muito por ser escasso (os de qualidade) e o cidadão comum só ganha pouco por ser comum, ou seja se fossemos todos ricos o bem de prestígio seria ser pobre, a riqueza nada traz se não trouxer distinção social e é disso que se trata.O ordenado pornográfico só serve se puderes mostrar que ganhas bem, de forma a obter validação social, comparar isso com o cidadão comum é tão estúpido como o Redmoon a bloquear posts.

      Eliminar
    2. Tulio, o Redmoon não bloqueia posts nem comentários a posts, só para que fique esclarecido.

      Eliminar
  6. Galinha de Carnide03 agosto, 2017 11:21

    Sobre os jogadores, por mais que custe vê-los partir (muito pior se forem para os pseudo-rivais), o que não «admito» é cuspirem no prato em que comeram.

    O Mini Pereira quis ir ganhar duas vezes mais para os porcos? É a vida dele e é muito guito. O que não lhe perdoo foram as entrevistas a falar sobre o Benfica e a forma como festejou na Luz. Claro que, como Deus não dorme, já dizia a minha avó, esses festejos na nossa casa foram os únicos que teve, pois no final ficou no sofá a assistir à nossa festa.

    Outros exemplos (como os do Coentrão ou do Nelson Évora) são do mesmo tipo.

    No fundo, é malta que não tem verticalidade, que lambe os sapatos do dono só para cair nas boas graças. Não são homens, são gelatina.

    Não me custa, por exemplo, ver Rui Águas na Luz, mas não engulo, de forma nenhuma, as aparições de Pacheco.

    Em contraponto, cito o exemplo de João Vieira Pinto. Foi empurrado por essa ignomínia que presidiu aos nossos destinos, foi jogar para o rival do outro lado da rua - a sapolândia - e nunca cuspiu no prato.

    Sobre os maluquinhos que injetam dinheiro nos clubes, venha um que nos faça sonhar com a LC e fecho os votos e assino de cruz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os jogadores que mencionaste estão-se cagando de bem alto para as tuas opiniões e para as minhas também !

      São ou foram profissionais que defenderam a camisola que lhes pagava a casa, o carro, o leite e o cerelac das criancinhas, as férias no Algarve, em Ibiza ou na Republica Dominicana, e que com mais ou menos facilidade tentaram levar a carreira a bom porto...digo eu !

      Eliminar
    2. Os maluqeuinhos injetar dinheiro nos clubes é muito bonito enquanto dura. O problema é quando se fartam do brinquedo, da merda que deixam e do que virá a seguir.

      Ou achas que 500 milhões ao Neymar mais prêmios não mexe com as outras vedetas do plantel fazendo disparar os custos ainda mais?

      Eliminar
  7. Mas tu tens neste momento dois clubes a serem "financiados" por agiotas dos futebol. Um deles já caiu, sem problemas, fcporto, as dividas e somos porto t~em origem onde?? Prémios de assinatura elevadíssimos, sustentados no qûe???, deixamos de ver porto a roubar jogadores ao Benfica e o fcporto a perder campeonatos, não é verdade??!!Somos Porto!!é sinónimo de má gestão, ladroagem,... OLHEM O PADRÃO E VEJAM OS JORNAIS À ÉPOCA. O outro é controlado não em Lisboa mas em Inglaterra, Luanda e.....no Porto! Contudo esta gente é perigosa, escondidos ainda são mais perigosos.

    ResponderEliminar
  8. Já há uns tempos que comento entre amigos que o SCP, a ser verdade o que se fala das finanças deles com vmocs e outras dívidas, será o primeiro clube dos três grandes a ter um dono privado.
    Na prática parece que já é o Ricciardi que manda naquilo. No entanto não é inócuo o posicionamento da Holdimo na SAD do SCP.

    A bem da seriedade desportiva e financeira, creio que teremos que mais uma vez usar as metodologias que os americanos usam. Já o fizemos no VR.
    A FIFA terá que impôr tectos salariais por equipa e exercer um grande controlo financeiro sobre todas as transferências.
    Já não coloco a hipótese de podermos vir a ter listas de jogadores para transferência nem o dar preferência aos clubes com pior ranking. Na MLS, MLB, HNL, NBA e NFL isso é feito com o intuito de dar maior equílibrio à liga.
    Na MLS há tectos salariais mas também há, por equipa, dois jogadores que podem ter ordenados acima desse tecto.

    Resumindo, ou a FIFA encontra uma forma de colocar mão nas transferências ou cada vez mais vamos assistir a estes devneios financeiros. Vamos também assistir ao acentuar do fosso entre os clubes brinquedo e os demais.

    Mesmo assim há problemas que neste momento me parecem insolúveis, devido à realidade de cada país, que é o caso dos valores dos direitos televisivos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato ,pode ser o futuro do futebol.

      Eliminar
    2. É também o que acho que vai acontecer ao Sporting. Mais tarde ou mais cedo vai deixar de ser dos sportinguistas.

      E depois logo se verá como isso afeta o panorama futebolístico português. E os outros grandes adaptam se conscientes que não podem deixar de ganhar nem de ter meios para o conseguir.

      Eliminar
  9. Águia Preocupada03 agosto, 2017 12:05

    "Os clubes brinquedo" como lhe chamas, não têm qualquer futuro a longo prazo. Esta esquizofrenia, esta doideira, esta ofensa a tantas necessidades que existem no mundo, vão acabar por matar o espectáculo futebol!
    Anda tudo louco! O futebol nunca foi tão alienante como está a ser hoje em dia... São as transferências vergonhosas, são as fraudes fiscais, são as manobras das entidades que o regem, são as paineleirices que as tv's promovem e que mais não são que geradores de violência! Está-se a atingir uma situação de cansaço que está prestes a atingir a náusea. É assim noutras vertentes da vida e o futebol não fugirá à regra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo do princípio ao fim.

      Eliminar
    2. Concordo em parte.

      Concordo no que respeita aos clubes da Europa continental (exceção ao Bayern Munique) dado o perfil dos seus acionistas

      Discordo no caso da Premier League, por questões culturais, regulatorias. A Premier league foi criada precisamente para tornar o futebol numa verdadeira indústria à imagem do que se passa nos Estados Unidos. Não é totalmente fiel pois tb tem de se adaptar às regras da FIFA, UEFA, e demais federacoes para poderem competir mano a mano na Europa e assim cativar os investidores.

      As federações do continente europeu dificilmente lá chegarão. São campeonatos fracos, sem qualidade, onde ganham sempre os mesmos.

      Resta a Superliga Europeia. E se for esse o caminho, em menos de 10 anos 50% dos clubes serão ingleses

      João Sereno

      Eliminar
    3. Meu caro, infelizmente concordo completamente consigo, é impossível não pensar em determinadas coisas ou fingir que não existem. Como alguém uma vez me disse, as lutas de gladiadores também foram um fenómeno de entretenimento para as massas mas... acabaram. Actualmente as coisas mudam da noite para o dia...

      Ricardão

      Eliminar
  10. Por causa de gentinha sem vegonha na cara é que depois Eusébio é vilipendiado nos blogues do inimigo. Não vale tudo para fazer valer uma opinião. E escarrar na memória de um dos maiores símbolos do Glorioso ou usar e deturpar o seu exemplo apenas para encher de figuras de estilo uma prosa de ocasião, é típico de outras gentes.

    Quanto ao resto do texto, não li.

    Para refletires(m).

    ResponderEliminar
  11. «E depois, claro, íamos fazer igual e vender o clube e mais de 110 anos de história a um qualquer maluco que nos alimentasse o sonho durante uns tempos... E quem viesse depois que fechasse a porta!» O Jorge Mendes deve ser um filantropo ou coisa que o valha certamente...

    BF

    ResponderEliminar
  12. "Talvez a nós Portugueses, num país onde esta moda dos clubes-brinquedo ainda não pegou"

    Oh red, das duas uma: ou estás a gozar ou não vives neste mundo. O Jorge Mendes que põe e dispõe no Benfica, o sobrinho que põe e dispõe nos lagartos, são o quê? Mecenas? Poupa-nos.

    O adepto é o maior responsável: muitos preferem não comer para ir encher a barriga aos pançudos.

    Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quem consiga sempre dobrar a realidade de acordo com o seu mundo alternativo...

      Eliminar
    2. Jotape - Paulo do Entroncamento

      Não mistures Sporting e Benfica

      Sei que é difícil para vocês Sapos mas não há comparação

      Benfica /Jorge Mendes: é uma parceria explicada pelo próprio presidente LFV mais que uma vez, onde o empresário ganha ATÉ 10% de comissão nas vendas.

      Como PARCERIA que é todos têm de ganhar. Só numa cabeça de Sapo existe uma parceria onde um dos lados ganha e o outro perde.

      Sporting/ Sobrinho: o Sobrinho através da Holdimo é o mais accionista da Sporting SAD. Depois do Sporting clube e dos bancos que tem em seu poder as VMOCS. No dia em que as VMOCS não forem pagas pelo Sporting clube este perderá o controlo da SAD, ficando com menos de 50%.
      Nesse dia, os bancos, que tb já são donos da Academia Alcochete, venderão tudo. Quem se perfilará para comprar as acções da SAD? O Sobrinho e Ricciardi, cumprindo tudo o que veio a público nas gravações de 2014.

      VÊS A DIFERENÇA SEU SAPO?

      João Sereno

      Eliminar
    3. Não deixa de ser interessante ler benfiquistas cheios de certezas sem saberem absolutamente nada. Os clubes em Portugal, pelo menos os 3 grandes, mesmo que não detenham a maioria das acções da sad nunca perdem o seu controlo. Apenas o clube pode deter acções do tipo A, que são aquelas com poder para nomear ou vetar a administração da sad. Isto está nos estatutos. basta ler. Por exemplo, durante uns anos, e nunca foi sequer assunto, o Fc Porto não teve a maioria das acções da sad e, é claro, isso nunca permitiu q o clube perdesse o controlo da sad. Qualquer acção do tipo A que seja adquirida por uma entidade que não o clube, passa de imediato a acção tipo B.

      Eliminar
  13. Sinceramente aqui em Portugal ninguém vem investir este tipo de dinheiro. o mercado é muito pequeno e nós nunca exportamos os nossos clubes e competição para África como França e Inglaterra fizeram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode não ser este tipo de dinheiro. Mas mesmo muito menos dinheiro num país onde não há dinheiro pode fazer a diferença.

      Eliminar
    2. Também pensava o mesmo mas começa a ser evidente que alguns clubes/donos não esperam ter compensação do investimento...

      Eliminar
    3. Isso mesmo Tiago. Está mais do que provado que quem compra estes clubes não é para ter retorno financeiro. É para brincar, brilhar e alcançar prestígio com isso.

      Estes clubes dão sempre prejuízo.

      Eliminar
    4. No caso de investidores do médio Oriente ou russos sim.

      Quanto à Americanos a história é outra.

      João Sereno

      Eliminar
    5. O unico clube em Portugal que poderá ser atrativo para investidores estrangeiros com muito, muito dinheiro é o Benfica. Não há outro por muito que se matem à procura!
      Os outros serão atrativos para pequenos (relativamente) investidores.

      Eliminar
    6. Águia Preocupada03 agosto, 2017 19:58

      Será como dizes? Já pensaste que um clube português, mesmo o Benfica que é o maior e quiçá o que está em melhor situação financeira, custa muito menos milhões e será muito mais fácil engrandecer e levar ao nível de um grande inglês ou espanhol e assim colocá-lo a ombrear com esses colossos?
      É verdade que o mercado português é mais pequeno, mas gastando menos na compra, ficam mais milhões para outras compras...
      Vamos ver no que isto vai dar!

      Eliminar
  14. Madrilista? Lol, madriDista. Se escrevem posts para milhares de pessoas aprendam a escrever crl.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse crl no fim não fica bem. Há crianças a ler.

      Eliminar
  15. Entre os grandes já existe um caso destes, ou acham que se não fossem os milhões do Sobrinho o desportivo do lumiar conseguia investir o que tem investido?

    ResponderEliminar
  16. E o culpado disto tudo segundo JotaPê é:... Jorge Mendes! Quando este desaparecer de cena arranja-se outro. Chame-se ele 'Tio', Sobrinho ou qualquer outra coisa.
    Mais do que praticar o desporto favorito (vilipendiar) não seria útil por uma vez propôr soluções exequíveis?

    ResponderEliminar
  17. se o ivan cavaleiro valia 15 milhões... os 220 do neymar estão mais que justificados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os não sei quantos do Ruben Semedo?

      Eliminar
    2. 15M vale o plantel inteiro do zbodê.

      Eliminar
  18. ...tanta ladainha para justificares porque o PSG,cagou no bola de ouro(como se comprova, com facilidade compravam o tretas Ronaldo)mas compraram o "menino NEYMAR"....é que os FRANCESES, já perceberam que é o Jorge Mendes que compra as "bolas "...mas pelos vistos isso vai acabar....o FISCO,já fez o cerco...abraço(Afonso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor filho, da melhor dolores do mundo, da melhor irmã labrega, mais cana rachada do mundo, deve estar cá com um par de cornos.

      José Seed

      Eliminar
  19. Que grande postada, Redmoon. Do melhor que li nos últimos tempos.

    ResponderEliminar
  20. Achas que o Horta tem lugar no 11 ou mesmo no plantel sabendo que ele é benfiquista dos 7 costados? E já te esqueceste que cagámos para o Eusébio quando ele deixou de render como rendia? Isso que acusas nos jogadores aplica-se aos clubes.

    ResponderEliminar
  21. Até quando vamos continuar que estes seres rastejantes continuem a manchar o nome do Benfica? Agora sao gnomos ? ..
    Vale tudo onde anda amiga liga agora , agora não os vejo a querer apaziguar nada. Quando e q Dao dois murros nos cornos do gnomo lagarto. É isto não vale a pena swr em blogues tem quee ser alguém oficial do Benfica a falar para ter eco nas notícias e ter direito a manchete!!

    Já agora viram a parcialidade do record passa do gnomo guerra para o Ventura mas esquecedo gnomo Octávio.. , devem ter medo de agitar as águas.

    ResponderEliminar
  22. Filha da putice off-topic:

    Abrindo o pc e indo a uma página sobre finanças que aparece no ecran, leio em parangonas gordas:

    "Construtora do presidente do Benfica está falida e deixa Estado "a arder"!

    Ops!, digo eu, deixa lá ler...
    Mas mais abaixo, no meio da lengalenga, leio:

    "Em 2001, 15 anos depois da fundação, Luis Filipe Vieira, actual presidente do Benfica afastou-se da empresa"!

    Será que o dragartão que escreveu uma me&da assim merece o pão que come?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueci de pôr entre "Será que o" e "dragartão" a palavra "fdpt do"!
      Sorry!

      Eliminar
  23. Interessante lirismo. Temos o clube entregue a um ditador e aos amigos, mas os outros é que vão ser vendidos ao diabo...

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica