O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Filipe Augusto:

terça-feira, 23 de maio de 2017

Luís Filipe Vieira: Os últimos remates têm ido todos ao ângulo

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 
Ah e tal, já sei que é de mau Benfiquista, mas confesso que torci pelo FCPorto de Mourinho na Europa em 2003 e 2004 quando conseguiu conquistar a Taça Uefa e a Liga dos Campeões Europeus. 

José Mourinho, que saiu do FCP para embarcar numa carreira fabulosa em clubes de topo europeu, conseguiu aí alguns feitos extraordinários mas, ainda assim, nada tão extraordinário como aquilo que foi feito no Porto desses dois anos, naquela que era uma equipa literalmente de tostões, de Derleys, Paulos Ferreiras, Nunos Valentes e afins.

Acontece que, embora tenha torcido pelo FCP europeu nesses anos, o que se seguiu a isso fez-me lamentar esse apoio. Porque a verdade é que não se tratou apenas de dois títulos europeus para um clube português. Foi também a valorização extraterrestre de um plantel de tostões que rendeu em vendas muitos milhões, e esses milhões que em abono da verdade foram bem aplicados na contratação de outros extraordinários jogadores que voltaram a ser valorizados e a render mais milhões e assim sucessivamente.

Foi contra este Porto que o Benfica teve de travar muitos anos uma luta desigual. O Porto ganhava, o Porto vendia, o Porto comprava bem e continuava a ganhar, e o Benfica, que não ganhava e vivia com a pressão de ter de ganhar, tinha bem menos margem de manobra na venda dos seus (poucos) grandes jogadores e, ao não vender, claro, não tinha dinheiro para grandes contratações nem bons plantéis, impedindo assim a consumação dos seus objetivos desportivos e financeiros. O Benfica corria sempre atrás...

Claro está, que o senso comum diz-nos que o que importa nos grandes clubes são títulos desportivos mas, queira-se ou não, os títulos desportivos são quase sempre a consequência de um bom ou mau desempenho no mercado e da política de transferências dos clubes... Obviamente é ótimo ganhar um campeonato nacional, mas a festa dura dois dias ou três e rapidamente o foco dos adeptos se transfere para a época seguinte, onde é fundamental continuar a sonhar.

E para sonhar, e para sonhar mais alto como se deseja, é preciso saber que se tem jogadores para vender e render 70 ou 80 milhões em cada final de época, e que existe know how para investir 30 desses 80 na contratação de três jogadores com grande potencial de valorização. A fórmula em Portugal tem de ser sempre esta, aliás, continua a ser esta mesmo nos dias de hoje, ao contrário desses famosos anúncios de que as contratações de 6 milhões iam acabar e agora tudo o que era reforço seria Made in Seixal.

A inversão do ciclo para o Benfica iniciou-se pois em 2008, quando o Benfica apostou literalmente tudo no ano de Quique Flores, onde se investiram muitos milhões em alguns jogadores de inegável talento e até com projeção internacional. Está certo que esse ano correu mal mas no ano seguinte, já com Jorge Jesus, o Benfica, não só ganhou desportivamente, como, ao fim de muitos anos sem presença no mercado de transferências, começou a vender também muito bem em cada final de época, dando-lhe assim a possibilidade de começar a recuperar terreno em relação ao FCPorto.

Contas feitas, e comparando 2004 com 2017, percebe-se hoje claramente que os papeis se inverteram e hoje é o Porto (e já não falo no Sporting) quem corre atrás do Benfica, aliás, bem atrás.

O ciclo Lopetegui, onde se vendeu o melhor que o Porto tinha para contratar jogadores medianos que não se valorizaram e não permitiram manter a roda a girar, quebraram a fórmula ganhadora do clube por completo. Indiscutivelmente, quatro anos sem ganhar (que podiam ser mais tivesse o Benfica sido mais feliz em alguns anos em que até merecia sê-lo), são também o reflexo de um plantel mediano.

Mas ao mesmo tempo, esses quatro anos sem ganhar num clube com a grandeza do Porto, tornam mais difícil justificar agora perante os adeptos a venda dos poucos grandes jogadores que tem, sendo no entanto evidente que o esforço gigantesco para manter esses jogadores numa tentativa desesperada de chegar ao título este ano tornaram a folha financeira insustentável, e nem assim os títulos voltaram.

Enquanto isto, o Benfica, embalado por um Tri encarou o ano do Tetra tranquilo sem alterar o rumo e a ser fiel à sua filosofia, a vender bem e a comprar bem, cuidando, ao que se julga, da sua saúde desportiva e financeira.

E isto foi o que transpareceu para mim da grande festa Benfiquista neste Tetra-Campeonato, para mim a festa mais bonita dos últimos quatro anos. Foi a festa de um grande clube e de um mar de adeptos, uma festa de uma felicidade extrema da parte dos jogadores (como tinha de ser) mas, ao mesmo tempo, de uma sobriedade a nível diretivo e de treinador que não vi nos últimos anos, e que me fez perceber que o hábito de ganhar se enraizou, trouxe maturidade e já muito pouca euforia.

Enquanto o Porto se depara com um defeso problemático, tentando conciliar a urgência de vender para equilibrar contas, pouco dinheiro para investir e a ter de recuperar o título desesperadamente; e um Sporting que apesar de algumas melhoras, continua a partir muito de trás, a sensação que passa é que a hegemonia do Benfica tem tudo para se manter nos próximos anos, assim não sejamos nós a cometer os erros que se verificaram no Dragão.

A juntar a isto, parece-me também que o Benfica conseguiu algo nestes últimos anos, que é, se assim lhe quisermos chamar, a parte positiva de algo que por vezes é negativo:

É que o Benfica assumiu-se claramente como um clube vendedor, um clube que aposta na juventude, um clube que projeta os seus jogadores e não lhes corta as pernas, e por isso a ponte perfeita para tanto grande jogador em potência que precisa de uma porta de entrada na Europa do futebol num clube que lhe permita jogar com regularidade.

Isto é algo que já perceberam os jogadores mas também os seus empresários e o mundo do futebol e, nos dias de hoje, e ao contrário do que acontecia há dez anos atrás, a escolha óbvia para qualquer James Rodriguez, Rafa ou Falcão é o Benfica e não o Porto.

Nestas coisas da bola, um remate que bate no poste e entra e outro que bate no poste e sai, é a diferença entre ser levado em ombros ou atirado lá de cima da escadaria do Jamor cá para baixo... E aqui também, é justo dizer, os últimos remates de Luís Filipe Vieira têm ido todos ao ângulo, e alguns deles eram remates de um ângulo quase impossível de darem golo...

E tem de ser para ele, evidentemente, que têm de ir todos os louros deste extraordinário momento que o Benfica tem vivido nos últimos anos.

27 comentários blogger

  1. Sem palavras. Excelente leitura da realidade e do passado recente do Benfica e dos futebol português. Embora eu apenas queira acrescentar uma pessoa que regra geral nos passa despercebida e que talvez tenha sido o grande tutor de Futebol para LFV. O nosso Rui Costa! Com ele toda a estrutura desde a direcçao, passando pelas contratações (avaliação do potencial) até à formação melhorou significativamente. Desde então o Benfica passou a olhar para si mesmo, exemplo disso foi para mim houve uma grande quota de responsabilidade em deixar Jesus ir através de Rui Costa. Penso que Rui Costa de alguma forma não enquadrava com JJ e o Benfica iria sempre ganhar sim mas de uma forma alternada e sem consistência. E sinceramente Rui Costa viu isso no famoso momento contra o Tottenham onde JJ tratou tudo e todos abaixo de cão. Ass. BC

    ResponderEliminar
  2. O JJ incompatibilizou-se com o Rui Costa nas contratações. Basta relembrar o que aconteceu ao Nolito e Capdevilla, ambos contratados a custo zero sem o aval do génio da tática. O Capdevilla então foi surreal, encostado para jogar o...emerson!!

    ResponderEliminar
  3. Agora só falta dar o próximo passo que será criar uma equipa capaz de nos fazer sonhar (como fez o Mónaco esta época) na Liga dos Campeões... Para isso, terá que ser feito um esforço financeiro para contratar bem e ficar, pelo menos uma época, com os melhores jogadores.

    Avante SLB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com lfv o Benfica será sempre uma equipa pequenita Europeia.Prepara-te para levar mais umas humilhações quando apanharmos equipas médias boas Europeias.Basta apanharmos um Nápoles que levamos 4 no bucho e não foi mais porque os Italianos não quiseram.Idem aspas com o pior Dortmund dos últimos anos.

      lfv gosta é de ir comprar o bagaço do entulho do entulho todos os anos do Atlético de Madrid que ninguém quer mas o Benfica compra a preço de craque Mundial.Qual será o suplente do suplente no Atlético de Madrid que vamos comprar a preço super mega valorizado?

      Além disso vamos comprar como é habitual uma catrefada de jogadores para emprestar imeditamente e nunca mais ouvirmos falar deles.

      Até queremos suplentes do Nacional e do Estoril.

      Por isso esquece lá isso de boas campanhas na Champions.Até pode acontecer mas será sempre uma exepção.Um milagre.

      Com lfv as prestações na Liga dos Campeões tem sido miseráveis ( com algumas pequenas excepções ) e vai continuar assim.

      A incompetência de lfv ainda se esconde pelos bobis nas competições portuguesas agora na Champions não dá para esconder.

      Este ano só não levamos uns 7 ou 8 do Dortmund pk não calhou.

      Eliminar
    2. Marquês da praia e monforte23 maio, 2017 17:30

      Com lfv isso é uma utopia.Digo-te já com lfv isso é impossível.

      O que lfv gosta é de comprar todos os anos 1 refugo aos espanhóis do Atlético de Madrid pelo dobro do seu real valor de mercado.

      Junta a isso as tipicas "negociatas " de trazer uns jogadores que nem na B tem lugar para emprestar imeditamente e esfumarem-se com o tempo.Alguém sabe onde anda o brasileiro Luís Filipe?Só para te dar um exemplo.

      Contenta-te em passares algumas vezes a fase de grupos ou ires para a Liga Europa e não sermos goleados por um Nápoles qualquer.

      Só ganhamos este campeonato pk correu mal a razia que lfv queria fazer em Janeiro.Queria vender 4 titulares.Tivemos sorte que ele não conseguiu.Uns pk não quiseram sair em Janeiro outros pk se lesionaram.Foi a sorte do Benfica.Pk senão hoje estavamos aqui todos lixados por o Porto ser campeão com ajuda de lfv ao seu Padrinho no futebol.

      MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE

      Eliminar
    3. O Dr. vermelho de monforte marquês da praia, bem que podia ir pentear madureiras. Não?

      Eliminar
    4. Se o jorjum não se tivesse borrado todo nas 2 finais europeias, estes 2 cabeçudos de cima estavam no seu devido lugar.No canil.

      Eliminar
    5. Dr. Vermelho por fora mas dragarto por dentro! No tempo dos camachos e fernandos santos, talvez este tipo de discurso colhesse. Agora, após um tetra inédito é simplesmente ridículo. Olha, fala com o jotapê que ele explica-te aquilo da pimenta...

      Eliminar
    6. Sim, refugo como o Pizzi essa merda de jogador ou o Salvio que nunca jogou nada nos mais de 250 jogos pelo Benfica!

      E o Jimenez? Mexicano do caralho.. nunca marcou golos.. e os que marca não são importantes!

      porra como é possível ser tão cego?

      E somos maus na europa porque este ano apanhamos 4 do Dortmund e do Napoles? Fomos bons quando?

      Quando fomos 2 vezes há final da Liga Europa? Eliminando equipas fracas como Juventus, Totenham, Besiktas, Everton, etc...

      Perdemos na mesma e então? Perdemos quase todas as finais europeias da nossa história, mas não foi por causa do LFV e das compras ao Atlético Madrid!

      Acho muito engraçado falarem das vendas e compras ao Atlético.. é pena é quando eles não saiem, nem veem do ATM ou dos "clubes" do Mendes porque assim ficam sem argumento..

      Explica lá ai Renato Sanches para o Bayern e o Guedes para o PSG?

      Eliminar
  4. Boas!

    É exactamente a visão que tenho.

    Apenas discordo com a parte inicial em que apoiaste o fcp europeu em 2003 e 2004, deves ser ainda bem jovem :)
    No último ano que apoiei o fcp europeu foi em 1987, e eu era ainda um jovem inocente :) (16 anos)

    Sabes, sou Benfiquista de Gaia, e aqui sofremos muito com estes adeptos cabeçudos, sofri muito mesmo.

    Ass: A. Lopes


    N.B.: O know-how não se investe, adquire-se ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disse "know how para investir 30 desses 80 milhões"... Sim, porque para gastar 30 milhões não é preciso know how... para fazer desses 30 milhões investimento é que já é preciso know how :))

      Eliminar
  5. Agora é fácil apoiar a politica seguida pelo LFV, dificil foi ( tu bem sabes do que estou a falar), apoiar o presidente quando ele mandou o cérebro ir pensar para o outro lado.
    Tu meu caro eras um daqueles que pensava que o Benfica era o JJ e que sem ele seria o descalabro, mudaste?
    Conclusão, tu pertences àqueles que estão sempre do lado certo sabes porquê?Estás sempre com um pé dentro e o outro fora, dito de outra forma, estás sempre do lado de quem ganha,assim é fácil!
    Compara o que dizes hoje com o que dizias no ano passado, tanto sobre o presidente como sobre o Rui Vitória, já para não falar sobre as loas ao JJ que de tão ridiculas me escuso a referi-las.
    De um Benfiquista que festejou as vtórias dos corruptos não poderiamos esperar melhor!
    BENFIQUISTA QUE NÃO VIRA CASACA 
    O

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente o problema dos portugueses. Pouca atenção e falta de memória.
      Maltratam-nos, humilham-nos e gozam-nos mas passado pouco tempo qualquer discurso manso e bem "escanhoado" os põe a produzir elegias a quem nem já se lembram de abominar!
      Este lua avermelhada vê-se que sabe disso. Não é nem será a ultima vez que adapta e converte o discurso à maré.
      Sempre à tona e sempre em pé!

      Eliminar
  6. Exactamente, concordo, nem mais...

    Um abraço

    Rumo ao P3N7A :)

    Ass: A. Lopes

    ResponderEliminar
  7. Eusébio Ferreira - Pantera Negra23 maio, 2017 17:51

    lfv é um dos maiores flops do futebol nacional.O que não faz uma campanha publicitária bem montada.Parabéns às empresas que conseguiram isso.São das melhores do mundo.Conseguiram transformar um real flop uma imagem de bom Presidente e credível lol Pena é que ele minta um bocadinho aos Benfiquistas mas o que isso interessa.Interessa é ter boa imagem.

    lfv tem a imagem que tem graças à excelente empresa de consultoria de imagem que contratou e à panoplia de cartilhantes nos vários blogs e sites desportivos e na comunicação social que usa para ter boa imagem e intoxicar o pensamento dos Benfiquistas.Um método usado por Hitler, Mussolini, Salazar e outros ditadores.Nada de novo nessa estratégia.Infelizmente as massas caiem sempre na esparrela.Aqui neste blog existem bons exemplos de cartilhantes profissionais.Depois basta percorrer alguns programas desportivos e lá estão mais uns belos cartilhantes que tem como função defender lfv e depois talvez defender o Benfica.Mas isso de defender o Benfica é acessório.

    E assim se faz um bom Presidente.

    Vale Azevedo tb começou assim com imagem de um grande Presidente mas Felizmente nunca montou uma linha de bobis cartilhantes.Foi a sorte do Benfica.Senão ainda seria o Presidente do Benfica.

    Que Domingo a Taça de Portugal seja nossa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes atrasados mentais, metem um nick de um jogador/ex jogador/lenda do Benfica e pensam que toda a gente acredita que são benfiquistas a sério.

      Ó parvinho. Não tens nada mais interessante para fazer? Que tal mais uma enrrabadela num quarto de hotel?

      Eliminar
    2. Este "pantera verde"(que nojo), devia dizer as mesmas coisas do jorjum quando treinava o Benfica. Se o LFV fosse presidir o clube das cadeiras às cores, até se vinham do cu. Se levasse o mendes então eram bem capaz de ficar sem adeptos..morriam todos de emoção.

      Não enganam ninguém estes doentes mentais. Pena o aborto ser ilegal no ano em que nasceram. Podia-se ter evitado tanta merda.

      Eliminar
    3. Às 20 h e pouco e os anónimos submissos profissionais a mando de Vieira já estão com sonhos húmidos com o seu dono.

      José não sei das quantas dr Pablito etc etc e as suas variadas personalidades anónimas por favor não contes em público as tuas fantasias.Tem decoro.

      Eusébio disseste o que eu penso de Vieira.

      Se não tivesse a seu mando os paus mandados a lavar as suas borradas e à muito que não era Presimente do Benfica ( isto se ele se pudesse candidatar.Assunto que ficou sempre mal esclarecido).

      Eusébio elogio a tua paciência ao lidares com o que foi aqui apelidado no blog como o gang dos ratos de esgoto - submissos de lfv

      Parabéns pela coragem.

      Eliminar
    4. Sem falar na mudança de estatutos, quase à revelia dos sócios/clientes... foi à "grande" presidente!
      e sim festejei o tetra "comó" caralho e lembrei-me do 5o ao 9o mamar com o penta...!

      SLB 1904

      Eliminar
    5. Anónimo, o atrasado mental é sempre o mesmo, o emplastro neves do NGB. É tão despudoradamente burro que pensa que engana alguém. ..

      Eliminar
    6. Ahahha, o idiota insiste! Que comédia!...

      Eliminar
    7. Os Presidentes também podem ser Flops? haha

      Eliminar
  8. O Benfica tem que seguir o caminho do Bayern Munique se quer um dia almejar a Champions. Formar jogadores, mantendo os mesmos até que se possa ter um plantel consolidado em termos de maturidade. Em vez de despachar 3, 4 jogadores cada época, procura-se vender um jogador fulcral por ano. Não temos necessidade de investir 100 milhões cada época, para ter um plantel competitivo. O facto de jogarmos numa liga mediana, dá-nos, pelo menos, o privilégio de poder lançar miúdos, sem grandes consequências negativas nos resultados.
    Quando não houver passivo que nos chateie, não haverá razões para vender metade do onze titular, cada época que passa. O jogador também, hoje por hoje, valoriza o Benfica como um dos grandes na Europa. Fora o Oblak, não vi um jogador a exigir a saída do Benfica nos últimos tempos. Foi sempre o Vieira, o primeiro, a abrir a porta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "...sem grandes consequências negativas nos resultados" se a nossa liga fosse limpa. Sabes que temos sempre que lutar contra forças ocultas. O Vieira vendeu apenas 3 jogadores e num ano em que fomos Tetra.

      Eliminar
  9. Admito que parei de ler no "Confesso que torci pelo FCPorto de Mourinho na Europa em 2003 e 2004".
    Agora que já vomitei, vou continuar com a leitura que, nota-se, não ser de um Benfiquista nortenho.

    ResponderEliminar
  10. Grande texto, Red Moon!

    Só não subscrevo o teu apoio de 2003 e 2004 ao Fruta Corrupção Pancadaria. O meu primeiro clube é o Benfica, o segundo é qualquer clube que jogue contra o Fruta Corrupção Pancadaria, nem que seja do Arzebeijão!

    Só descanso com o hexa de 2019.

    Carregaaaaaa!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica