O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 13 de setembro de 2014

E agora Jesus?

Avatar
 ●  31 comentários  ● 

Talisca chegou para jogar a 8. O próprio Jesus afirmou que o baiano era 10 no Brasil mas que poderia também jogar na posição de Enzo, onde foi testado até à exaustão na pré época.

Penso ser correcto dizer que como 8, Talisca pouco ou nada mostrou que, por exemplo, João Teixeira, não fosse capaz.

Com a permanência do Enzo, o Talisca subiu para uma posição primeiro de 10 que pouco rendeu - mas aí é uma questão de adaptação à velocidade e agressividade do futebol português e do Jesus por a equipa a jogar com um playmaker, o que não fez. 

Ontem já apareceu mais à frente que na semana passada, porém menos à frente do que também o vimos onde chegou a parecer um segundo avançado. Ontem vimos o jogador a pisar terrenos que faziam lembrar Saviola, o tal 9,5 que Jesus dá sempre como exemplo.

Parece encontrado o espaço mais adequado para Talisca? Bom, ainda será cedo até porque a defesa do Setúbal ontem demonstrou ser imensamente fácil, o que não tira qualidade ao jogo do Benfica.

Porém, se Talisca afinal não é nem 8 nem 10 como dizia Jesus mas um pouco mais avançado numa posição 9,5... Então aparecem duas questões:

1. Quem será o apoio de rotatividade de Enzo Perez? 

Cristante e Samaris, que continuo sem ter opinião porque 20' para um e um jogo para outro não dá para ver nada, nestes o Jesus ja disse que são dois jogadores para lutar pela posição 6. Dificilmente jogarão juntos, excepto para "cumprir o jogo" com aconteceu ontem. A estes dois juntam-se ainda os "reforços" Fejsa e Ruben Amorim, o que poderá abrir espaço para um dos reforços avançar um pouco no terreno e ser alternativa a Enzo. 

Há ainda João Teixeira que mostrou argumentos irrefutáveis para ser opção.

2. Jesus caracterizou Jonas como um avançado "à Rodrigo", que joga nas costas de outro avançado. Ora, obviamente irá jogar até pelo investimento que representa na folha salarial, não se paga tanto a suplentes, além de ser um jogador com qualidade.

Mas essa é a função em que agora Talisca se começa a destacar, obviamente sem que seja justo tomar este jogo como uma caracterização definitiva do Talisca. Para já foi apenas um excelente jogo contra um adversário que também ajudou a que corresse bem.

Ora, perante isto que futuro xadrez será possível ter de base? Sai Lima, Jonas jogará mais à frente e Talisca nas costas de Jonas? Sai Talisca e Jonas joga nas costas de Lima?

Os dois do meio campo, Enzo e Samaris, parecem intocáveis, pelo que o recuo de Talisca parece impossível e há ainda mais soluções para essa função de 8 (e até de 6) que porventura surgirão na frente do brasileiro.

Quem sairá para entrar Jonas, na medida em que Lima, Talisca e Jonas são três escolhas "pessoais" de Jesus? Habitualmente o treinador aposta forte nas suas escolhas, mas no xadrez do Benfica parece faltar espaço para todos como titulares - refiro-me ao 11 base, obviamente, pois obviamente que com uma época tão longa claro que jogarão sempre.

Vida mais difícil terão Fejsa e Amorim a partir de Janeiro, bem como Nelson Oliveira e Jara... E até Derley.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Ops, Domingos...

Avatar
 ●  37 comentários  ● 


Fala agora do Talisca, fala...

Avatar
 ●  62 comentários  ● 

Eis o meu momento masoquista (ou seja, em que gosto que "batam" por as minhas opiniões não se confirmarem): Quando começo a criar uma opinião menos boa de um jogador do Benfica e de repente... tungas... o rapaz faz uma exibição de "encher o olho".

Grande jogo do Talisca! Levei 3-0 do gajo... ehehe!

Vamos a isso, pessoal... batam que eu aguento!

Hoje, aquela linha, a toda a largura do campo e com imensa mobilidade nas costas do avançado composta por Salvio, Talisca e Gaitan... ui ui! Eu bem disse esta tarde que a "nota artística" ia aparecer hoje, só não esperei que incluísse o Talisca ehehe. Sabem o que parece?


PS- Fui só eu que achei que aquele guarda-redes alemão tem muito potencial? Um bocadinho mais de rodagem e uma defesa sólida (que a do Setúbal é fraca!) e ele é capaz de vir a tornar-se grande jogador.

Benfica-TV para leigos

 ●  55 comentários  ● 

A pedido de vários amigos, escrevo finalmente uma pequena nota sobre a BTV e a sua racionalidade económica e de Marketing.

1) Faz sentido a mudança de Benfica TV para BTV. Reduz, um pouco, as resistências ao nome por parte dos afficionados, não fanáticos, do Sporting e do FC Porto.

2) Os números da BTV versus Olivedesportos:

2.1) O Benfica SAD recebia 7,8 milhões de euros ano (isso mesmo, inferior a 8 milhões por ano);
2.2) A Olivedesportos ofereceu pela renovação, por um prazo de 10 anos, um pouco abaixo de 18 milhões ano;
2.3) A Benfica TV, no primeiro ano de subscrição, conseguiu alguns números interessantes:
- número médio de assinantes um pouco acima de 200.000 (número médio, não o máximo atingido);
- receitas da venda de direitos de retransmissão (essencialmente jogos do Benfica em casa) para mercados fora de Portugal: 8 milhões de euros (ou seja, mais que o Benfica recebia da Olivedesportos);
- receitas globais da BTV no primeiro ano de subscrição: cerca de 28 milhões de euros (20M€ em Portugal e cerca de 8 M€, estes últimos essencialmente nos mercados de emigração);
- resultado de exploração da BTV nesse mesmo período: 21 milhões (teve cerca de 7 M€ de custos, incluindo pessoal, direitos da Liga Inglesa,etc).

3) A proposta da Olivedesportos era inferior do ponto de vista estratégico e financeiro:

- ofertava 18 M€/ano e a BTV conseguiu cerca de 21 M€;
- serevia de indexante às propostas que foram feitas e aceites, ao Porto e ao Sporting (90% e 80% do contrato que viesse a ser celebrado com o Benfica) (sem o indexante, Porto e Sporting recebem menos de 15 milhões por ano).

4) Questões para o futuro:

- conseguirá a BTV enriquecer com novos conteúdos a sua programação, de forma a poder continuar a crescer em assinantes e começar a abocanhar o mercado da publicidade?
- conseguirá novos conteúdos, como a Liga Inglesa, que são imunes aos resultados desportivos do Benfica, e como isso mais capazes de assegurar uma base de subscritores mais estável?

5) Notas finais:

- a saúde financeira do grupo Olivedesportos está bastante deteriorada e é duvidoso que sem o BES e a sua visão de domínio da Economia, consiga manter-se....ou seja, os 18 milhões de euros, de oferta da Olivedesportos, dificilmente seriam para cumprir....;

- os conteúdos da Liga Inglesa custaram, à BTV, apenas 2M€ por temporada...tendo apanhado a Olivedesportos desprevenida...para situar isto em contexto....este é o valor dos direitos de televisão de um clube como o Moreirense....(vcs preferem ver os jogos do Moreirense?)


Ganham forma "As Escolhas de Jesus"

Avatar
 ●  14 comentários  ● 
Eis os 18 eleitos para hoje:

Guarda-redes – Artur Moraes e Paulo Lopes; 
Defesas – Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Eliseu, André Almeida e Lisandro López; 
Médios – Enzo Perez, Nico Gaitán, Salvio, Talisca, Ola John, Tiago, Samaris e Cristante; 


Avançados – Lima e Derley

Ora, com excepção da saída do Paulo Lopes e entrada do Julio Cesar; a saída do Ola John ou André Almeida para entrada do Jonas, este deverá ser o 18 habitual de Jorge Jesus nesta temporada. 

Fica bem evidente que Nelson Oliveira e Jara com a chegada de Jonas, só terão oportunidade de ver os jogos do banco se um dos três avançados "de Jesus" se lesionar. 

À excepção dos dois reforços "tardios", o acesso ao 11 a qualquer um dos que não faz parte destes 18, só mesmo em caso de lesão. Benito só quando não houver Eliseu, Sílvio fará a rotação dos laterais juntamente com o André Almeida, Sulejmani duvido que seja opção face a Bebe escolhido pelo Jesus, o mesmo se aplica a César que parece ter Lisandro na frente. Pizzi terá perdido muito espaço com a chegada de Cristante e mesmo Amorim terá a vida complicada se o italiano começar a ir jogando e justificar. Na frente, Jara e Nelson são totalmente cartas fora do baralho, especialmente o último.

Assim sendo, penso que a melhor opção que o Nelson Oliveira, o único realmente "riscado" a 100% deveria ter era a de pedir para integrar as opções da equipa B e nesses jogos dar o que já deu e o que nunca deu para marcar muitos golos na II Liga.

Seja como for, com estes 18 ou quaisquer outros... o SLBenfica vai vencer esta noite a equipa do Setúbal, sem contestação e, na minha opinião (e desejo) com nota artística.

O plantel é melhor ou pior?

Avatar
 ●  21 comentários  ● 
Agora sim o plantel está fechado. Eu já tinha dito que não esperava que esta contratação se confirmasse, mas seja como for, vamos lá ver as alterações:

Saiu Oblak, entrou Julio Cesar
Saiu Garay, ascendeu Jardel e entraram Lisandro e Cesar
Saiu Siqueira, entraram Eliseu e Benito
Saiu Markovic, entrarei Bebe e regressou Ola John
Saiu André Gomes, entraram Talisca e Pizzi
Saiu Matic (em Janeiro), entraram Samaris e Cristante
Saiu Rodrigo e Cardozo, entraram Derley e Jonas, regressaram Jara e Nelson Oliveira

Na minha opinião, na defesa saímos a perder a toda a linha. No meio campo, não conheço o Samaris e o Cristante para ter opinião, mas no que toca ao Talisca e Pizzi serão melhores que o André Gomes, mas não têm futebol para mais do que o André representava na equipa (um jogador de rotação). Nas alas saímos novamente a perder e na frente, descontando Jara e Nelson que creio que serão "para fazer número" o Jonas é um jogador de muita qualidade mas inferior ao Rodrigo e o Derley não tem nada a ver com o jogador de área que é Cardozo, pelo que a comparação seria desleal para o Derley.

Dito isto, eu não creio que estejamos mais fortes, mas com as últimas entradas estaremos mais perto do passado, mas entendo que temos argumentos sólidos para vencer com solidez o título de campeão nacional. E vocês?

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Nomes para seleccionador....

Avatar
 ●  36 comentários  ● 

A RTP adianta os nomes de Vítor Pereira, José Peseiro e Jesualdo Ferreira para substituir Paulo Bento na selecção nacional.

Sinceramente, nenhum destes nomes me convence. Olhando para os nomes disponíveis, Fernando Santos, embora me pareça um treinador demasiado taciturno, seria a opção menos pior. Mas devido ao seu castigo, parece ser um nome excluído.

O grande problema parece-me ser encontrar um nome que não se deixe condicionar pelos interesses que têm dominado as convocatórias desde Scolari.

Talvez um treinador estrangeiro fosse uma opção mais imparcial. Nomes portugueses, excluindo Fernando Santos, só mesmo o de Mourinho. 

Vítor Pereira não mostrou nada fora do ambiente controlado do Dragão. 
José Peseiro não consegue manter a disciplina dentro das suas equipas.
Jesualdo Ferreira é um fracasso pois fora do aquário do Dragão também valeu zero.

Não temos nomes estrangeiros que conheçam o futebol português de tal forma que chegue e agarre já na equipa.

Será que a opção estará dentro da FPF? Rui Jorge?

Que nome indicariam para este cargo? 

Jorge Jesus na Selecção? NÃO acreditem!

Avatar
 ●  39 comentários  ● 
Muitos continuam a não acreditar, mas eles não brincam. Irão ser feitas pressões públicas (comentadores a dar força ao tema, jornais a dar eco, etc mas principalmente os comentadores e "paineleiros) e serão feitas muitas pressões directas sobre o treinador do Benfica para se vergar a um "desígnio nacional" e deixar o Benfica para assumir a Selecção Nacional.

Jorge Jesus, segundo sabemos, está pronto para resistir, mas mesmo não aceitando, essa pressão terá também como objectivo mínimo a desestabilização do Benfica com a possível (que não acontecerá) perda de Jesus!

O plano é que o momento exigiria um espírito de missão, de desígnio nacional para o "salvador" Jorge Jesus.

Portanto, benfiquistas, não dêem eco disso quando surgir nem se ponham a especular sobre essa possibilidade ou a colocar cenários. Jorge Jesus não sairá do Benfica para aceitar a selecção. Se tal acontecesse seria uma tremenda vitoria do Sistema para enfraquecer o Benfica.

Mas não vão ter sucesso, apesar de irem tentar muito... O G5 está em campo, mas nós (todos os benfiquistas que querem um futebol de verdade) também!

O Presidente marcou uma posição forte

Avatar
 ●  76 comentários  ● 
"Não estou com FCPorto porque quero a verdade desportiva". 

... O Presidente, mas não foi o nosso! Foi o deles, do Sporting.

É basicamente isto que defendo que seja replicado pelo Benfica e pelo nosso presidente. Aliás deveríamos ser nós a assumir esta posição, ao invés de nas entrevistas dizermos que nos sentaremos à mesa com gente que tem um historial de corrupção e de jogos de interesses com mais de 30 anos.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Vamos Jara!

Avatar
 ●  10 comentários  ● 
O jogador sofreu um acidente, à partida parece não ser nada de grave de acordo com as notícias, apesar de ter sido hospitalizado.

VAMOS JARA!
Forte!

Recupera, campeão!

Morreu António Garrido.

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

"Quem é António Garrido: 

Garrido foi o primeiro árbitro português escolhido para apitar a fase final de um campeonato do mundo (Argentina 78). Esteve também no Europeu de 80 (Itália) e no Europeu de 82 (Espanha).

A 1 de Abril de 1973, quando faltavam seis minutos para o final do FC Porto - SL Benfica com o resultado em 1-2, inventou uma grande penalidade após simulação do portista Flávio na área das águias. O jogo terminou empatado e o Benfica foi assim impedido de conquistar o campeonato 100% vitorioso (levava 23 vitórias em 23 jornadas num campeonato.

Depois de terminar a carreira 1982 foi recrutado estrategicamente pelo FC Porto. Sim, o FC Porto deve ser o único clube do mundo que tem uma ex-árbitro na sua estrutura. Deve ser por uma questão de transparência. 
A questão que põem é a seguinte. O que fará António Garrido na "estrutura" do FC Porto? Ao longo dos anos fomos tendo acesso a alguma informação (pouca). Garrido é o verdadeiro homem sombra. Desde que terminou a carreira pouco se ouviu falar dele.

Foi uma das pessoas que jantou com o árbitro do Porto - Villarreal. Foi uma das pessoas que estava presente quando Jacinto Paixão, o árbitro da fruta, foi coagido por elementos ligados ao FC Porto na mesma marisqueira. Foi apanhado nas escutas do Apito Dourado a falar com Valentim Loureiro e Pinto de Sousa. Foi identificado pela Polícia Judiciária, no âmbito do processo Apito Dourado, como o “contacto preferencial” do Porto para exercer pressão junto do órgão que nomeava os árbitros.

O FC Porto é dos clubes mais titulados do planeta desde que Pinto da Costa assumiu a presidência do clube em precisamente 1982,aproximadamente na mesma altura em que António Garrido foi recrutado pelo clube azul-e-branco. A maior parte das pessoas atribuem boa parte do mérito das conquistas recentes do clube ao seu presidente, homem que esteve suspenso durante 3 anos por corromper árbitros e que levou o clube a perder 6 pontos pelo mesmo motivo. Talvez os adeptos do FC Porto devessem estar gratos também a António Garrido, um ex-árbitro que entrou no FC Porto aproximadamente na mesma altura o presidente do Porto.

Pinto da Costa e António Garrido (ex-árbitro) conquistaram em quase 30 anos, 17 Campeonatos Nacionais, 11 Taças de Portugal, 16 Super Taças, 2 Ligas dos Campeões e 1 Taça Uefa." 

Artigo completo sobre António Garrido AQUI.

-------------------------------------------------------

O futebol português não sentirá a falta de António Garrido.


Os craques sem bola

Avatar
 ●  21 comentários  ● 
O futebol transformou-se num negócio tal que o "entra e sai" permanente de jogadores ja não causa estranheza a ninguém.

Promover cada jogador por parte das máquinas de propaganda lideradas por empresários (e não só) faz hoje parte do quotidiano e isso está patente nas páginas de jornais.

Talvez por isso perdi o encanto de, como muitos (talvez ainda a maioria), idolatrar os jogadores logo à chegada à Portela. Craques sem bola, não!

Poucos compreenderam quando não fui capaz de chamar craque ao Cristante, não por ele não seja (acredito que o será), mas porque ainda não o vi ser. Não perceberam mas eu também não vou explicar outra vez.

A esses, deixo apenas a recordação de um aviso do seleccionador italiano sub20 - notem bem que não estamos a falar de um momento de transição, mas sim de uma selecção jovem - trazido à capa de um desportivo de hoje:

"Cristante tem que dar mais se quer fazer parte deste grupo".

Pois é! Não chega ser bom, é preciso demonstra-lo a cada treino e em cada jogo. Ser craque não se declara nos jornais ou nas opiniões de quem pouco ou nada os viu jogar. Ser craque não se faz no aeroporto, mas sim no campo. Talvez por isso seja prudente esperar que os jogadores que chegam à Portela comecem a justificar, para depois sim podermos encher-nos de esperança e ambição pelas suas qualidades.

Não confundam as coisas. Nada disto tem que ver com o jogador em causa que, repito, acredito que tenha muita qualidade. Tem que ver com uma necessária atitude de exigência de mais-valia sobre quem chega. Não basta serem bons ou terem sido bons, têm que mostrar ser melhores do que aqueles que ja temos e aí sim, quando isso desejavelmente acontecer, esses jogadores devem entrar na "galeria" dos que admiramos. Até lá, como é o meu caso em relação ao Cristante, não posso dar-lhes mais que o benefício da duvida - esperar para ver.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Temas da moda: Vamos falar de "Transições"

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Ah espera, o que está na moda são as transições que o mister Jesus faz no campo... as que eu vou falar são as transições do mister Tralhão para o mister Cristóvão e do Cristóvão para o mister Jesus.

Olhemos à equipa da Final da Youth League:

Thierry Graça, Rafael Ramos, João Nunes, Alexandre Alfaiate, Pedro Rebocho, Estrela, Gilson Costa, Rochinha, Romário Baldé, Gonçalo Guedes, Nuno Santos. Jogaram ainda Hildeberto Pereira e João Gomes. O Raphael Guzzo não jogou porque estava castigado.

Destes, há excelente potencial já nesta idade no Thierry Graça, Rafael Ramos, João Nunes, Raphael Guzzo, Rochinha, Gonçalo Guedes e Nuno Santos.


Estranhamente, o Rafa acabou dispensado/cedido ao Orlando City, depois de ter sido escolhido como o lateral direito da equipa ideal da Youth League a par de João Nunes, Rochinha e Gonçalo Guedes, ao lado de jogadores como Adama Traoré e Munir El Haddadi (ambos do Barcelona, este último já se estreou na equipa principal e foi convocado para a selecção principal de Espanha a substituir Diego Costa).

Destes todos subiram à equipa B. O Thierry não jogou ainda nenhum jogo, o Rafael foi então dispensado, o João Nunes tem jogado muito pouco na "sombra" do Marcos Valente e do Lindelof e o Nuno Santos esteve lesionado e regressa agora. O Rochinha é um "estranho caso de eclipse" que se diz estar associado à sua recusa em ir para o Orlando City com o Rafael e o Estrela (este chegou onde podia por ser... "catanado") e o Guzzo saiu para o Chaves.

Algo está a falhar nesta transição! De treze (14 com o Guzzo que estava castigado) jogadores que actuaram na final, sete são de grande qualidade e quatro deles foram eleitos como os melhores da competição jovem pela UEFA... e apenas um tem tido espaço efectivo na equipa B, o Gonçalo Guedes.

Bom, se já nem para a segunda divisão os nossos jovens que se destacaram na Youth League têm qualidade de ser aposta segura, bom então... algo está mesmo errado!

Admito perfeitamente, ainda que considere inaceitável face à qualidade e investimento feito na formação, que o processo de transição para a equipa principal esteja deficiente. Agora dos juniores para a equipa B?

De todos os casos, há questões que não se percebem e outras compreensíveis:

O Guedes está n caminho certo! O João Nunes tem muita qualidade, mas tem apenas 18 anos ainda. O Fábio, o Marcos e Victor têm 20 anos e já um ano de experiência de profissional. Entendo que possa "ir entrando". O Nuno Santos obviamente que percebo a ausência pela lesão, mas pela sua qualidade, vai rapidamente dar uma luta feroz ao Helder Costa.

Mas depois não se percebem outras situações:

- Empréstimo do Guzzo ao Chaves?
Para jogar o João Amorim que já leva 22 anos e ainda não justifica mais que a equipa B?

- Dispensa do Rafael Gomes?
E ficarmos apenas com o Nelson Semedo? Esta época já vi o João Nunes a jogar ali...

- A "seca" do Thierry Graça?
A movimentação tardia dos guarda-redes na equipa A impediu que o Varela "vá jogando" pela B e obrigou o Varela descer para a B. Assim, temos o Bruno que tem muito valor e tem que jogar com regularidade e o Thierry que tem muito valor e... tem que jogar com regularidade, mas não joga. Ou seja, o Bruno deveria ter sido emprestado a uma equipa da II Liga para dar espaço ao Thierry também, dado que não iria ser terceiro guarda-redes da equipa A. Esperemos que não seja uma época perdida na B.

- O "eclipse" do Rocinha?
O que se passou para o Rochinha simplesmente não jogar 1 min desde o início da época? Será verdade que foi "castigado" por não ter aceite ir para Orlando? Será isso boato (algo que não estranharia)? Bom, seja como for, foi a par do Bernardo um jogador que foi uma aposta do Benfica numa renovação de longo prazo e que num ano crítico parece... eclipsado. Caso estranho.

Ou seja, entre a triagem já feita entre os principais que jogaram a Youth League, a tal onde fomos exemplo e finalistas, apenas estão a jogar regularmente na B um jogador (outro veremos se depois da lesão lá chega). Há dois casos compreensíveis e... o resto não se percebe.

O Cais do Sodré, o Main e os Meninos do Rio.

Avatar
 ●  17 comentários  ● 


Quem quer ser um jogador de top e dar à selecção nacional um futuro melhor não pode andar a fazer companhia a jogadores que, por gostarem mais dos treinos noturnos que dos diurnos, deram cabo das suas carreiras e que agora treinam no Sindicato dos Jogadores.

Vale para qualquer jovem com nome de árvore, jogue ele em qualquer dos lados da segunda circular. 

Vamos lá fazer escolhas...

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Muito se fala nas eleições passadas e muito se acusa gente de intenções futuras. Ao contrário daqueles que ontem referi, não tenho receio de deixar escritas "na pedra" as minhas convicçoes.

Dito isto, sendo as eleições do SLBenfica em Outubro de 2016, faltam dois anos, em linha com o que aqui tenho escrito, avanço já com a minha opinião: Considero o Presidente Luis Filipe Vieira o melhor presidente (dentro do que conheço) para o Sport Lisboa e Benfica, para o Clube. No dia que mudar a sua concepção para a liderança e estratégia do futebol, porventura será um Presidente mais vencedor. Já aqui escrevi várias vezes que manteria sem qualquer dúvida Luis Filipe Vieira a Presidente, porém gostaria de ver uma nova estrutura para o futebol e penso que o Presidente ganharia imenso com isso e, acima de tudo, o Clube e a SAD ganharia muito. Uma organização semelhante à do Milan, por exemplo.

No plano desportivo, muitos têm "pedido a cabeça" de Jorge Jesus, especialmente aqueles que defendem uma maior aposta na formação, tal como eu. Porém, na parte de "pedir a cabeça" do treinador, não concordo com essas opiniões. Ou seja, entendo como também já escrevi várias vezes Jorge Jesus é, técnica e tacticamente, dos melhores treinadores do Mundo. Tem depois um conjunto de defeitos (ou feitio) que muitas vezes penalizam algumas das suas imensas qualidades. Novamente, a tal estrutura de liderança do futebol como referi acima não só beneficiaria o Clube e a SAD, como o Presidente... como o Treinador.

Para alguns que tentam INVENTAR constantemente em torno do que aqui se escreve, recordo que nada do que aqui escrevo nestas linhas é novidade. Alguns desses, porventura até concordarão comigo, mas duvido que muitos saibam explicar porque acham ser estas as melhores pessoas, além de um simples "porque sim" ou se recorrer a justificações fúteis. 

Eu nunca me escondi desta opinião e continuarei a não esconder. Para quem tem duvidas, para quem não sabia e para quem já tinha lido, cá fica de novo a opinião e que mantenho e manterei, salvo alguma mudança de conjuntura que, à partida, não prevejo até Outubro de 2016 de acordo como que conhecemos.

Mário Figueiredo "sem papas na lingua"

Avatar
 ●  41 comentários  ● 

A Postura e as Ideias:
"Se posso ser acusado de algo é de ter cumprido os objetivos programados em 2012. Cumpri o que prometi e fi-lo com toda a honestidade. Isso pôs em causa um conjunto de equilíbrio de forças que existe no futebol português há mais de 20 anos, causando incómodos em velhas alianças", afirmou em entrevista à RTP Informação.

"Nos últimos 20 anos tivemos um futebol ancorado num conjunto de poderes que dominavam a parte económica, com os direitos televisivos, as arbitragens e a disciplina. São pessoas que desenvolveram uma teia de poder e influência brutal. As interferências do poder executivo não têm tido efeito"

Os Direitos Televisivos:
"Os clubes que me apoiam têm sido crucificados. Há uma pressão muito grande. Eu não tenho inimigos, defendo princípios, os interesses dos clubes e a integridade das competições. Não se justifica que uma pessoa que não tem nada a ver com futebol é que decida quanto paga ao clube A ou B. Há filhos e enteados"

"As contas da Olivedesportos indicam que os ativos são inferiores em um quarto aos seus passivos. O poder da Olivedesportos está a acabar".

Sobre a FPF
"Achei pouco avisada a renovação de contrato do selecionador antes do mundial e os resultados estão à vista. A FPF fez milhões à custa da imagem de Cristiano Ronaldo, foi para os Estados Unidos e não fez a devida preparação para o Mundial".

O dirigente falou depois do presidente da Federação, explicando que o líder também devia assumir as culpas pelos maus resultados. "A máquina da FPF é uma excelente máquina de comunicação e marketing, mas de futebol percebe pouco. Fernando Gomes devia assumir responsabilidades nesta matéria. Afirmar que houve incompetência mas atribuir a responsabilidade ao médico foi tapar o sol com a peneira. Fez-se um relatório e depois iniciou-se o ciclo do Europeu com o problema mal resolvido, com uma bomba prestes a explodir"

Sobre o Benfica
"O Benfica, como clube maior em termos de exposição e de número de adeptos, não devia tentar seguir o exemplo do FC Porto, mas sim criar um sistema mais transparente. Até há 20 anos o Benfica dominava o futebol português e o FC Porto percebeu que tinha de fazer uma mudança brutal. Tem uma estrutura altamente profissional, que não brinca em serviço, e criou uma rede de influências que é conhecida"

Sobre a Arbitragem
Figueiredo recordou o caso do Apito Dourado: "O cerne do Apito Dourado foi a manipulação da classificação dos árbitros. O regime que está a vigorar é o mesmo de 2004, dessa altura. As coisas estão na mesma, nada mudou. Os poderes tiveram o cuidado de controlar e continuar a gerir essa teia de influências. Existe um conjunto de presidentes que escolhe os árbitros. Não pode continuar assim e aí tiro o chapéu ao presidente do Sporting, clube que tem sido o menos beneficiado nos últimos anos"
in Record


Comparando muito do que aqui está escrito com os meus últimos tópicos (Selecção? Enquanto for para servir o G5, vai ser muito disto!O plano avança! Temos avisado... depois não se queixemO que os adeptos não vêem... e O Proença saberá esperar pelo "MasterPlan"?) a primeira coisa que tenho a dizer em minha defesa é que, apesar de muitas das ideias expressas pelo Mário Figueiredo terem estado nos meus tópicos... eu não sou o Mário Figueiredo. LOL

Agora mais a sério, registo que a minha interpretação da realidade do futebol português é, pelos vistos a mais correcta, infelizmente. 

Mais concretamente sobre o papel do Benfica nesta história, quando Mário Figueiredo diz que "O Benfica, como clube maior em termos de exposição e de número de adeptos, não devia tentar seguir o exemplo do FC Porto, mas sim criar um sistema mais transparente.", parece deixar claro que não tem o apoio de Luis Filipe Vieira.

Ora, se ele não tem... alguém terá e de todos os que estão contra Mário Figueiredo, todos querem manter este statu quo que favorece o G5. Isso deixa-me preocupado.

Não interpretem as palavras do Presidente da Liga como querendo dizer que o Benfica está interessado em liderar um sistema corrupto, não é essa a minha compreensão das suas palavras, mas sim que o Benfica quer é fazer parte das "teias de poder" para não ser prejudicado, mesmo que isso implique que se mantenha um Sistema que vai beneficiando uns a custo de outros.

As eleições da Liga é uma história por acabar. Fernando Seara talvez já não avance e, digo eu já aqui, que na minha opinião o nome que será usado para "limpar" o burburinho criado pelo NGB em torno do Fernando Seara será... Hermínio Loureiro.

Ao contrário do que muitos quiseram passar, o problema do Sistema com Hermínio Loureiro não foi com a sua Presidência, mas sim pelo facto de a dada altura ele ter pedido a mão no Ricardo Costa na Comissão de Disciplina. Ninguém contava com isso.

Depois de um duplo apoio ao Fernando Gomes, apoiar o Fernando Seara será a confirmação que "não há duas sem três", e Mário Figueiredo parece ir deixando o aviso que o SLBenfica se prepara para apoiar essa situação.

Aliás, já no final da época passada quando, em entrevista, Luis Filipe Vieira afirmou que não iria comprar direitos de mais nenhum clube para a BTV, na prática o SLBenfica, como unica força desafiante do império do "amigo" Joaquim Oliveira, deu todos os trunfos a este nesta guerra contra a Liga.

Como é sabido, em Portugal neste momento só duas entidades têm estrutura para transmitir os jogos: A Sporttv ou a BenficaTV. Se o SLBenfica se põe à margem e diz que não vai a essa luta... basicamente deixa os clubes e a Liga sem poder contra a Olivedesportos. Ainda hoje eu avisei sobre este tema no tópico (O plano avança! Temos avisado... depois não se queixem): "Não há almoços grátis" e tamanhas demonstrações de gratidão enquanto lhe retirámos o tapete, têm que ter um reverso da medalha. A ruptura definitiva com este membro do G5 não existiu.

Aliás, se pensarmos, não há ruptura com nenhum membro do G5: Um já apoiámos duas vezes, outro vende-nos os jogadores e mete alguns no clube, outro afastámo-nos dele mas nunca assumimos a ruptura e pelo contrário sempre manifestámos a amizade e gratidão, sobra um que pouco se cruza com o Benfica.

Neste ponto, se há quem procure libertar o futebol português deste G5, então na minha opinião é essa via que deve ser seguida por quem quer a verdade desportiva. O que me preocupa é se não se quer a liberdade desportiva, mas apenas a participação no poder (na parte legal do poder). Isto nada vai ajudar o futebol português... apenas irá mudar as peças do jogo, pois quem ceder espaço no poder, vai ter de ir buscar essa influência nos seus pontos mais fortes (a corrupção dos árbitros).

Quem quer ser milionário: Fernando Gomes Edition!

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Quem será o próximo seleccionador português?

A) Fernando Santos

B) Manuel José

C) Paulo Bento fica

D) Nome mistério

Opção escolhida: Ligar a um amigo!


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Selecção? Enquanto for para servir o G5, vai ser muito disto!

Avatar
 ●  4 comentários  ● 

Ficou ontem à vista que, com "Lobby do G5" na FPF... os resultados desportivos da Selecção que parecem ser feita à medida de um dos membros do G5 e não dos interesses do país e do futebol português... não vão passar disto.

Esta liderança da FPF tem, porventura, dos piores resultados desportivos das últimas décadas e não é por acaso. Passo a explicar:

"Renovar" a selecção de um país que, como eu já referi, deixou de formar grandes valores jovens há cerca de 10 a 12 anos, já não ia ser fácil. Uma selecção que criou uma dependência grande de um dos últimos, porventura o último, grande valor formado em Portugal, é uma selecção difícil de renovar.

Ao longo dos anos foi-se permitindo que a selecção fosse, mais um, "mostrador" do CR7 - como se ele precisasse - na verdade é que o único objectivo disso era a promoção do Cristiano para ganhar a necessária notoriedade e dimensão mundial - repito, como se ele precisasse - para poder criar um lobby que o levasse à justa Bola de Ouro que lhe fugia para Messi há vários anos.

Infelizmente, quem manda agora na FPF e quem, no G5, em torno da FPF gravita, vive deste tipo de movimentação - de lobbys. Só que quando chegamos ao campo, esses lobbys caem como um "castelo de cartas" e, salvo apoios externos do senhor do apito, fica complicado ultrapassar as limitações da mesma forma como são ultrapassadas cá no burgo.

Portanto, queremos "renovar" a selecção mas é preciso contextualizar. Actualmente temos:

- A ausência de valores da formação porque grande parte do G5 tem andado ocupado a fomentar o negócio de compra e venda de jogadores, essencialmente estrangeiros, porque é isso que "alimenta" o Sistema e o ajuda a financiar e a beneficiar os "clubes amigos".

- A dependência estrutural e operacional do Cristiano Ronaldo, tendo criado a selecção em torno de um jogador que, quando não está em condições (como no Brasil) ou quando não está disponível (como ontem) então... simplesmente não temos selecção.

- A renovação feita, como até aqui, não em função dos interesses da selecção ou do país ou do futebol português, mas sim feita em função dos interesses de promoção dos jogadores que alimentam ou virão a alimentar a "cadeia de interesses" do G5.

Estes três factores são, na minha opinião, os grandes motivos pelos quais perdemos ontem com a Albânia - e ainda bem que perdemos, porque uma vitória só ajudaria a esconder estas "agendas" de quem manda na FPF, de quem quer mandar na Liga, de quem chegar à UEFA... na verdade de quem se interpõe no caminho da verdade desportiva.

Quem "escondia" isto era o talento incomparável de Cristiano Ronaldo. Foi ele e só ele que evitou que uma seleção de 1+10 jogadores ficasse fora do Mundial de forma escandalosa. Teria sido ele a impedir a derrota de ontem...

Metam isto na cabeça: Não é uma questão conjuntural, é estrutural! Enquanto o lobby do G5 continuar a dominar os centros de poder, vai ser basicamente isto que vai acontecer. Quando CR7 "acabar", será o descalabro porque o futebol português está 10 anos atrasado na criação de valor... e possivelmente teremos 10 anos de estagnação pós-Ronaldo, isto se não for antes, isto se o Ronaldo não se cansar de ser a face deste processo ou se, por exemplo, ele meter na cabeça de uma vez por todas que não precisa de enfrentar o lobby da UEFA com um lobby de Portugal para ter o reconhecimento formal.

Infelizmente, o futebol português está a definhar, a morrer aos poucos e os "loucos" que tanto falam na formação, que tanto defendem que Portugal deveria impor medidas restritivas aos estrangeiros, acabar com o estatuto de igualdade dos brasileiros e fomentar em todos os clubes a aposta central na formação... esses são apenas loucos que só sabem falar de formação.

Talvez um dia quem lhes chama agora loucos, um dia encontre outro desporto em Portugal para admirar, porque o futebol português, a médio prazo, será uma miragem do que hoje se vê, sem estas mudanças de fundo (e outras) que os "loucos da formação" têm vindo a pedir.

Finanças: Benfica investe 29M€ para adquirir a totalidade do Benfica Stars Fund

Avatar
 ●  45 comentários  ● 
COMUNICADO À CMVM

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, vem prestar a seguinte informação relacionada com o Benfica Stars Fund – Fundo Especial de Investimento Mobiliário Fechado:


Tendo a consideração que o referido Fundo terminará a sua atividade a 30 de Setembro do corrente ano, e que o referido fecho implicará a distribuição de parte dos direitos económicos dos atletas detidos pelo Fundo por terceiras entidades, existe um interesse estratégico por parte da Sociedade em recuperar os referidos direitos económicos, de forma a evitar a sua dispersão;


A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD procedeu à aquisição de 85% das Unidades de Participação (UP’s) do referido Fundo, passando a deter a totalidade das UP’s do mesmo, tendo para o efeito realizado um investimento global de 28.911.320 euros;


De acordo com a informação disponibilizada no site da CMVM, à data de 31 de Julho de 2014, o valor líquido global do Fundo ascende a 26.783.737 euros, o qual inclui diversos ativos e passivos, cujo montante líquido equivale a 21.704.300 euros, e ainda a carteira de jogadores valorizada em 5.079.437 euros, que tem a seguinte composição:


Atleta - Percentagem

Airton - 40%
Djuricic - 20%
Franco Jara - 10%
Gaitán - 15%
Maxi Pereira - 30%
Nélson Oliveira - 25%
Rúben Amorim - 50%
Sulejmani - 25%
Urretaviscaya - 20%

Com esta aquisição, a Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD passou a controlar a totalidade dos direitos económicos dos atletas que compunham a carteira de jogadores do Benfica Stars Fund a 31 de Julho de 2014, à exceção dos atletas Nélson Oliveira, relativamente ao qual só controla 70% dos direitos económicos, e Urretaviscaya, que rescindiu o contrato de trabalho desportivo no passado dia 1 de setembro.
O Conselho de Administração

8 de setembro de 2014


 Fonte: CMVM

 
 
Inicialmente, o Benfica Stars Fund representou um investimento de 40M€, tendo agora sido avaliado por 34M€ (28,9M€*100%/85%), e estava avaliado em termos contabilísticos por 27M€, devido à "Amortização dos passes dos Jogadores". Atendendo a esta realidade, o Benfica avaliou o Fundo por um valor intermédio (34M€) entre o valor de custo (40M€) e o valor contabilístico (27M€). Com esta operação os investidores do Fundo aceitaram uma perda de 15% do valor investido.
 
De acordo com a CMVM, a 31 de Julho de 2014 a carteira do Benfica Stars Fund era a seguinte:
 
 
Fonte: CMVM


Se analisarmos a composição da carteira:
- Os Depósitos à Ordem, Activos e Passivos do Benfica Stars Fund representavam 21,7M€
- Os "Outros Activos", percentagens de 8 jogadores ficaram avaliadas por 12,3M€


O Investimento Inicial do Benfica Stars Fund nesses 8 jogadores tinha sido de 13,725M€, e actualmente valiam 5,1M€ em termos contabilísticos devido às "Amortizações":
Airton - 40% (Investimento do Fundo: 3M€)
Djuricic - 20% (Investimento do Fundo: 2M€)
Franco Jara - 10% (Investimento do Fundo: 0,6M€)
Gaitán - 15% (Investimento do Fundo: 2,025M€)
Maxi Pereira - 30% (Investimento do Fundo: 1,35M€)
Nélson Oliveira - 25% (Investimento do Fundo: 2M€)
Rúben Amorim - 50% (Investimento do Fundo: 1,5M€)
Sulejmani - 25% (Investimento do Fundo: 1,25M€)
 
 
Como o Benfica já tinha 15% do Benfica Stars Fund, na prática investiu agora nos restantes 85% dos 12,3M€ (avaliação actual das percentagens dos 8 jogadores), ou seja, existiu um investimento "líquido" de 10,5M€ (85% * 12,3M€) nos jogadores.

 
Uma das questões financeiras do Benfica fica resolvida, esperando-se mais informações, em Dezembro, quanto à reestruturação dos empréstimos bancários e obrigacionistas da Benfica SAD.
 

A isto chamo defesa dos interesses do Benfica! PONTO!

Avatar
 ●  10 comentários  ● 
É com grande satisfação que leio notícias que dão conta de Luis Filipe Vieira querer fazer subir a clausula dos 30M€ que blindará o Gonçalo Guedes quando fizer 18 anos o contrato novo passar a fazer efeito, tal acontecerá a 29 de Novembro.

Eu já aqui referi várias vezes que o Gonçalo pode vir a ser "um caso sério", daqueles que "facilmente" um grande clube com muito muito dinheiro chega e "bate o valor" definido na clausula. Já li algumas notícias que referem que o Presidente irá renovar com o Gonçalo Guedes, outras que dizem que o contrato "blindado" já está em vigor, o que é falso em ambos os casos. Essa renovação está acordada há muito tempo e houve uma antecipação bem feita pelo SLBenfica neste processo. Só não está em vigor porque legalmente não é possível.

Também no bom caminho parece estar Talisca. Tem sido evidente que, em condições normais, o Talisca não teria lugar na equipa principal do SLBenfica. Frágil fisicamente, lento a decidir, enfim... Porém, se no plano tecnico-táctico Jesus terá que trabalhar (como bem sabe) de modo a maximizar a capacidade do jogador em prol da equipa, no plano físico parece estar em marcha um plano físico de reforço muscular do jovem brasileiro.

Há dias eu defendia isso mesmo em relação aos jovens com maior potencial da formação: Se não chegam à formação principal fisicamente preparados, então que tal seja sob a supervisão do treinador principal e respectiva equipa técnica que isso aconteça. Isto foi referido como algo que, se é motivo para Jesus não apostar nos jovens, então está ao alcance dele mudar isso, sob o seu controlo directo, tal como referi em Será por isto que Jesus não aposta na formação?. Espero que estes planos de desenvolvimento físico acelerado na equipa principal, não sejam só para quem vem de fora...

É só Paulo Bento o culpado?

Avatar
 ●  30 comentários  ● 

Na minha opinião, não. 

Paulo Bento é o reflexo de uma estrutura virada para o negócio e não para o futebol jogado, para os resultados desportivos. 

Ora se assim não fosse, seriam os dirigentes a impor desde logo a proibição da entrada de agentes no hotel da selecção. Não só não acontece, como algumas das vezes até são eles que os acompanham.

Se assim não fosse, quaisquer favorecimentos ou deferências especiais dadas a clubes estrangeiros seriam proibidas. O que não acontece.

Se assim não fosse, jogadores com condutas questionáveis não seriam autorizados a integrar os trabalhos da selecção. O que não tem acontecido.

Se assim não fosse, Paulo Bento no final do Mundial do Brasil teria sido dispensado, por incapacidade clara em escolher uma selecção capaz. Paulo Bento não foi capaz de se mostrar imparcial quanto toca a escolher jogadores. 

Na realidade, o comprometimento entre os vários "poderes" do futebol pouco quer saber dos resultados da selecção. A promoção de jogadores na selecção vem desde Scolari e é a única coisa realmente importante quando olham para a selecção.

Tenho muita pena que Humberto Coelho se disponha a dar a cara por isto.

Mas todo este descalabro tem uma face dupla: Fernando Gomes e Tiago Craveiro, a liderança bicéfala da FPF.

Depois de dizer que "fomos incompetentes", o que dirá agora Fernando Gomes? Ou será que está sem tempo, preocupado com as suas ambições pessoais e com o garantir do monopólio do amigo Oliveira, que a Liga colocou em causa?

Paulo Bento tem a sua quota de culpa, sem qualquer dúvida. Mas está longe de ser o único culpado.

Será que há assuntos incómodos?

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Isto da blogsfera tem questões interessantes de serem vistas:

- os tópicos que mais visitas e comentários têm são, habitualmente, os que apresentam opiniões que divergem da direcção ou do treinador do Benfica. 

Nestes, os que comentam são quase sempre os mesmos de forma religiosa e apontam quase sempre uma tentativa de descredibilização do que é escrito, e comentado, recorrendo até ao insulto fácil e quase sempre a teorias que apontam as opiniões como tendo segundas intenções, como sendo até pagas e orquestradas por terceiros. Ridículo!!!

- os tópicos que menos visitas têm são os que referem assuntos estruturantes para os benfiquistas, como o Sistema e os bastidores, por exemplo.

Independentemente das suas posições e opiniões, nestes casos deveriam "remar todos para o mesmo lado" e, mais que isso, se galvanizarem e não permitir que determinadas movimentações de bastidores se movessem para prejudicar o Benfica. Pelo contrario, ninguém intercede. Da ideia que, não sendo temos temas incómodos para "a estrutura" então não é preciso intervir.

Depois há os tópicos "com rasteira", que apelam à opinião não dos bloggers, mas dos leitores e dos que habitualmente comentam. Adivinhem lá se os habituais aparecem nesses tópicos? Claro que não... Nem vê-los.

Estranho? Não! Infelizmente há provas de haver uma "polícia organizada" na blogsfera e nos fóruns que visa previamente tentar descredibilizar algumas opiniões, são os que insultam e os que tentam influenciar os mais distraídos a acreditar que realmente uns quantos bloggers, habitualmente gente jovem entre os 16 e os 40, escrevem não porque gostam ou porque têm opinião, mas sim a cobro de interesses obscuros. Como ja disse, nada de mais ridículo!

Há, então, assuntos que fazem esta "polícia organizada" sair imediatamente para os teclados e "atacar" de forma insistente, sob diferentes nicknames, sob anonimatos, sob um mesmo nickname... O que interessa é "passar a mensagem" de descrédito e tentar que haja o mínimo de opiniões favoráveis. Com tempo, pretende-se instalar uma ideia de que as críticas são por maldade e os elogios com segundas intenções... Na verdade, pretende-se passar a ideia que quem tem opinião, simplesmente está a defender interesses contrários aos do Benfica.

Reparem que raramente as críticas têm opiniões favoráveis dessa "polícia". Só por curiosidade, conhecem alguém ou alguma gestão seja em que sector for, que são absolutamente unânimes? A julgar pelos comentários deles, há uma!

Notem bem que não estou a falar de outros bloggers. Respeito imenso que escreve na blogsfera, mesmo aqueles que têm como desporto criticar o que escrevemos... Esses são, na minha opinião, autênticos benfiquistas como nós, simplesmente pensam de forma diferente e em diversos casos deixam-se levar por essa ideia absurda de uma cabala.

Aqueles a quem me refiro, e faço este tópico com a 2ª intenção de os ver aqui aparecer novamente, são os que comentam aqui com um esquema bem montado, e que comentam também noutros blogs com ideologias diferentes e maneiras de estar diferentes, quase como que recrutando esses bloggers para a causa deles. Esses que além dos blogs "atacam" também nos fóruns.

Não deixa de ter piada constatar que a teoria deles é que os "jovens" que criaram blogs, que escrevem nos fóruns, ou que usam o Twitter, o fazem a cobro de alguém e para preparar um golpe de estado. Hummmm onde é que eu já vi isto, sr. Passos Coelho e sr Portas? Hummm quem os acompanhava?

Engraçado ver que a teoria é que esta malta dos blogs onde, e cito, "é só mentiras", faz aquilo que, na verdade, quem faz são eles. Curioso... Acusam quem nada faz daquilo que fazem os acusadores. Boa técnica, admito!

Esta estratégia não é nova. Há pouco tempo uma reportagem de uma revista de actualidade, "desmontava", com o depoimento de um desses "policias", a forma como Passos Coelho se posicionou para ganhar o PSD primeiro e  o país, depois. Esta estratégia é muito utilizada na política (dizem que o CDS tem "mestrado" nisto) e chegou ao Benfica desde que algumas pessoas da política lá chegaram também e começo a acreditar que tenham chegado com esta missão.

Eu quero acreditar que esta estratégia profissional é também usada na defesa do Benfica fora do contexto da blogsfera e dos fóruns e se assim for, espero que seja bem sucedida, como fora antes na política.

A minha recomendação é que virem as forças todas para esse lado, porque as gentes da blogsfera são inofensivas, aliás duvido que haja algum blogger que queira mais do que escrever por prazer, ninguém quer ser ofensivo, nem inofensivo. Apenas livre. Se alguém tivesse objectivos de alguma coisa, não se usavam nicknames, mas sim nomes pessoais de modo a garantir a "promoção pessoal" com vista a futuros ganhos. 

Da minha parte continuarei a "lutar" para que se possa escrever livremente as opiniões na blogsfera. Vou continuar a "lutar" para que os profissionais deixem os amadores em paz. Vou continuar a "lutar" para que não se alimentem climas de guerrilha entre benfiqusitas, continuarei a não insultar o benfiquismo de ninguém, mas jamais permitirei que seja quem for ou que estratégia for me impeça de livre e respeitosamente concordar quando me revejo e discordar quando os factos não vão de encontro a minha forma de pensar.

Este modo de estar aprendi na antiga Catedral da Luz, onde à volta do Estádio diariamente se juntavam grandes benfiquistas, na altura com idade para serem meus avôs e que sempre ali diziam o que pensavam, que como eu ainda hoje faço, pagavam as suas quotas e os seus lugares na Luz, que discutiam e discordavam mas celebravam juntos as vitórias, os tais momentos em que ninguém discordava de nada! 

Arrepia-me a ideia de imaginar alguns destes "policias" a infiltrarem-se nesses grupos de benfiquistas mais velhos e tentarem moldar a opinião deles, evitar algumas críticas mais ferozes... 

Entristece-me saber que esses "policias" estariam no caminho da porta dos balneários da antiga Catedral até ao antigo campo 2, para impedir que estes benfiqusitas, que eram ja quase parte da "vida" da Catedral, aquecessem os ouvidos dos nossos craques que tivessem feito um jogo menos bom, isto ao longo desse percurso que os jogadores faziam a pé, no meio de nós. Alguns dos "policias" se calhar nem se lembram disto, outros porventura ainda não eram sequer benfiquistas... Eu recordo com saudade esse tempo que se "vivia" no estádio.

Essa "polícia" tem hoje via aberta para tentarem dizer que estou a inventar, que nós aqui no blog somos avençados seja lá de quem for (raios parta a conta bancária não há meio de reflectir isso), podem dizer o que quiserem.

Da minha parte, e de todos os que escrevem nos blogs por paixão da escrita e do Benfica, da parte de todos os que "beberam" da mística dos benfiqusitas mais velhos que na Luz discutiam o Benfica com paixão, da parte de quem não tem agendas nem motivos nem nunca quer vir a ter, senti que tinha que fazer este desabafo.

Está feito! Não voltarei ao assunto, se isso preocupa alguém da "polícia" que venha a estar "de serviço" neste tópico.

domingo, 7 de setembro de 2014

O plano avança! Temos avisado... depois não se queixem

Avatar
 ●  13 comentários  ● 

Temos trazido aqui várias vezes a questão da liderança da Liga. Não é um tema de hoje... é um tema de sempre. Hoje em dia anda tudo muito esquecido porque vencemos o último campeonato (o futebol tem memória muito curta), mas nós desde a primeira eleição do Fernando Gomes que denunciámos o G5 - quem não sabe o que é: O que os adeptos não vêem....

Já tinhamos aqui também levantado a questão do "Masterplan": O Proença saberá esperar pelo "MasterPlan"? e a dimensão europeia que tem o "esquema" que o G5 tão bem domina em Portugal e que é tão essencial para que um dos pilares de financiamento do mesmo se mantenha com o "pescoço fora de água" e, assim, a sua capacidade de criar dependência dos clubes, dependência essa a que Luis Filipe Vieira foi capaz de fugir. Mas as declarações de amizade e gratidão nunca sairam da agenda e continuo a espera para ver porque "não há almoços grátis".

Mas adiante... O plano de liderança, na minha opinião claro, está apresentado e tem diferentes pilares como já expliquei:

- A Liderança dos Orgãos de Poder Absoluto (Organização, Regulação, Arbitragem e Disciplina)
- O Dependência dos Clubes por via do Financiamento (na mais importante fonte de receita)
- A Movimentação nos bastidores das Associações (que têm os árbitros)
- O Beneficiado que ajuda depois a garantir as vantagens desportivas aos "Amigos" (Quem sobe e desce e quem recebe os jogadores)
- O "Todo Poderoso" que influencia os negócios mais relevantes e as relações de milhões entre clubes (e quem procura com jogos de influencia e relação garantir o acesso a jogadores melhores para "amigos")

São os tais 5 que falei... não tem nada que enganar. Mas isto é o esqueleto, claro...

... Depois há a influência que a liderança dos orgãos de poder exerce nos orgãos da Liga e FPF com vista aos arranjinhos de calendários, às alterações, aos castigos, às multas, ao acesso a informação... Há os "jogos" de chantagem para fazer chegar as verbas dos direitos aos clubes sob determinadas condições... Há a relevância das "negociações" nas Associações pelos árbitros, pelas escolhas, formação e classificações dos mesmos... Há os clubes que fazem favores a quem tem que ganhar e com isso têm compensações em jogos, jogadores, dinheiro ou "ajudas"... Há os "fundos escuros" que colocam jogadores, que emprestam a este e àquele, que arranjam compradores para quem interessa que saia, etc.

Há tanta coisa...

Isto tudo para vos contextualizar o que recentemente aconteceu no curso de elite de árbitros e que o Antitripa deu a conhecer na sua página do Facebook e muito bem, e que só hoje tive oportunidade de ver e aqui dar o devido destaque.

Reparem bem nos requintes de malvadez com que que arranja forma de colocar fora das escolhas um árbitro que obtém 92% de classificação, para beneficiar dois da AFPorto que nem sequer reuniriam as condições para serem escolhidos para árbitros de Elite. Recomendo a leitura do texto do jornal.


A FPF, claro está, tratou de abafar este tema e não deixar que surgissem demasiadas repercussões, de modo a que o CJ possa manter o benefício dos arbitros da AFPorto e que a contestação da AFBeja caia em "saco roto".

Caso não tenham reparado, na capa da Bola de hoje, que estava no tópico anterior, no canto inferior esquerdo vêm mais capítulos desta história com a revelação que há mais árbitros impedidos de apitar, como é o caso de Rui Costa. (curiosamente esta notícia não está disponivel no site, nem em nenhuma página online).

Eles gostam muito de "dar umas borlas" ao SLBenfica e depois quando andamos todos entretidos a falar de títulos, de conquistas e de vitórias e jogadores... eles vão organizando os bastidores para mais uns anos de "jogadas sujas" que lhes financiam tudo o que precisam...

Nós temos avisado... depois não se queixem!

Segundo Round: Quem tem mais força?

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
ROUND ONE (ontem):
A resposta não tardou... ROUND TWO (hoje):

Quando acabarem de jogar ao "aqui mando eu", avisem....
PS- Eis a minha aposta, que é para poderem vir "cobrar-me" o que escrevo por antecipação: O Jonas NÃO será jogador do Benfica. Mas as apostas alternativas também não serão o Nelson e o Guedes.


Infelizmente, porque gosto pouco dele, razão tinha ontem o Rui Santos que, no Record, escrevia isto:


O "milagre" das ferias!

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
Estava há pouco a ouvir o treinador que lançou os recém convocados para a selecção nacional, Ruben Vezo, Pedro Tiba e Ricardo Horta e retive uma frase importante:

"Seguramente que eles não evoluíram nas ferias"

Curiosamente são todos eles ex-jogadores do Vitoria de Setúbal (ou seja um "não grande") e que saíram este ano para clubes onde o "todo poderoso" teve um papel importante nas suas transferências.

Resultado: com poucos ou nenhuns jogos oficiais disputados, os jogadores que até então nem nos pré-convocados entravam... São agora convocados para um jogo oficial de apuramento.

Sim, a Selecção que continue a despedir médicos e continue a funcionar como plataforma de valorização de jogadores de um dos membros do G5. Vai resultar, vai...

ranking