O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 21 de junho de 2014

Afinal o Seixal é uma "fábrica de dinheiro"

Avatar
 ●  72 comentários  ● 
Confesso que "Caixa Futebol Campus" sempre me pareceu um nome talvez demasiado extenso... O que não sabia era que escondia em si a ideia de "Campos de Futebol para dinheiro em Caixa".

Sempre acreditei que a ideia era formar talentos para o SLBenfica e não formar talentos para vender cedo para outros tirarem proveito.

Jesus, em mais um acto de incontinência verbal, falou como gestor, director desportivo, director geral da formação e treinador... E revelou-nos alguns dados que não sabíamos:

- O CFC tem um custo anual semelhante ao da aquisição do quarto central do plantel - 5M pelo Lisandro Lopez.

- A venda do André Gomes, que Jesus potencial em dois anos, deu para pagar três anos do CFC

- Serao brevemente anunciadas as vendas de mais jogadores que, segundo o Jesus, nem sequer chegarão ao plantel principal. Desta vez o nosso mister resolveu fazer também anúncios de vendas em primeira mão - até aqui era mais dado a dispensas em primeira mão (Quim e Oblak).

- Jesus achou assim por bem confirmar a noticia do CM que anunciou a venda do Bernardo, Cancelo e Ivan por 20M para o Valência, via Jorge Mendes. Bolas e agora como diz a malta que o CM inventa.... A CMVM deve adorar estas entrevistas.

Portanto 30M€ pelos três vai ser um negócio da China... 

- O Cancelo, segundo muitos é uma merda! O Ivan segundo os mesmos, também é... E o Bernardo é bom mas "curto" e não tem posição para o sistema de Jesus.

Agora que tipo de negocio pode ser:

Opção a) 10M€ a cada um é absurdo para muitos pois o Cancelo e o Ivan não valem tanto e o Bernardo vale mais.

Opção b) 20M pelo Bernardo e 5M por cada um dos outros, o que avaliará dois ao nível do Kardec ou do Lisandro.

Seja como for, vamos vender três jogadores com elevado, elevadíssimo potencial (o Mendes de parvo tem muito pouco) e que num prazo de dois/três anos podem valer o dobro do que vamos receber agora.

Portanto no Seixal, nas palavras de Jesus, fica claro que o Seixal é para fazer dinheiro e não jogadores.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

O melhor treinador do mundo.

Avatar
 ●  77 comentários  ● 

"Foi-lhe perguntado qual é o melhor treinador português: ele ou se o homólogo do Chelsea? Entre sorrisos, Jesus, de 59 anos, acabou por responder: “O melhor é o JJ.” Segundo ele, a diferença está nas oportunidades. “Mourinho tem a felicidade de treinar equipas que proporcionam a vitória na Champions com jogadores já feitos. Eu tenho a felicidade de transformar jogadores com potencial em melhores do Mundo”, sublinhou." - Record.

O rei da basófia agora a espalhar magia em Angola. 

Pena é que o mestre Jesus dentro desse seu toque de Midas não consiga passar da fase de grupos da Champions mesmo com adversários bem acessíveis.

Pena é que o Midas não tenha conseguido transformar em ouro o César Peixoto, o Carole, o Shaffer, o Balboa, o Fernandez, o Michel, o Luisinho, o Uros Matic, o Emerson, o Cortez, o Patric, o Felipe Menezes, o Djaló, o Filip Markovic, o Nolito, o Urreta, Djuricic, Ola John, Nelson Oliveira, Roderick, Luis Filipe, Sidnei, Airton, Jara, Weldon, Kardec, Moretto, Miguel Vitor, Felipe Bastos, Yebda, Keirrisson, Eder Luis, Luis Martins, Bruno César, Nuno Coelho, David Simão, Rodrigo Mora, Funes Mori, Melgarejo, Miguel Rosa...
Quantos milhões custaram estes jogadores em comissões, ordenados e verbas de aquisição?

Pena é que o tão propalado ranking da UEFA valha tanto quanto um punhado de nada, pois foi à conta de despromoções para a Liga Europa. 
Agora pensem lá: se os eliminados da Champions fossem mesmo eliminados das competições europeias, como deveria ser, onde andava essa basófia do Benfica Europeu?

EDIT (copiado do blog O Meu SLBenfica):


Mr Bazófia is back in town

Avatar
 ●  28 comentários  ● 
Eu estava a tentar resistir à opinião sobre as declarações de Jesus em Angola que enchem hoje as primeiras páginas.

Este é, aliás, um dos grandes motivos para Jesus não sair de Portugal... Onde conseguiria encher três jornais com este contudo desfasado da realidade?

Tal com ja fui lendo algumas opiniões, passado um mês do Triplete, Jesus ainda anda em entrevistas a autoelogiar-se e num caminho cada vez mais perigoso.

Desta vez posicionou-se acima de Mourinho, alegando que faz melhor ou o mesmo que Mourinho, mas com menos recursos e jogadores inferiores.

Será que vale a pena falar do "track record" de Mourinho em títulos conquistados? Ou como outras opiniões ja o destacaram, será que vale a pena falar no que Mourinho fez no FCPorto a gastar menos que Jesus gastou no Benfica este ano?

Enfim, não vou mais uma vez apontar o perigo drástico deste tipo de postura antropocentrica.

Ja vimos este filme em 2010/11 e isso representou um triplete do Villas Boas, que nos deixou a 20 pontos e levou uma Liga Europa para o Dragão.

Ganha juízo Mr Bazófias

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Estás nervoso? Vem jogar FM...

Avatar
 ●  44 comentários  ● 
Lendo os jornais montava-se algo do genero:

GR: XXX, XXX, e Paulo Lopes
DE: Benito e Djavan
DD: Silvio e Maxi
DC: Luisao, Cesar, Jardel e Lisandro
MD: Fejsa, Dawidowicz, Amorim e Almeida
MC: Djuricic, Fariña e Rafa
ME: Ola John, Candeias e Pizzi
MD: Salvio, Marko e Sulej
AV: Lima, Eder, Bebe e Michy

Notem bem que estou, como alguns dizem, só a "emprenhar pelos pasquins".

Então? Ganhavam a Liga com estes bravos? Quem acham que aqui falta? Quem poderá estar a mais? E os GR? Sai um, dois... Ou nenhum? E se sair? Quem é ou quem são os senhor(es) que se segue(m)?

Têm a palavra os nossos leitores...

Condições para o regresso a casa...

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
No Futsal, o Benfica anunciou a saída do Marcão (proposta irrecusável do estrangeiro) do Nenê e... do Joel Queiroz.

Eu diria que estão criadas, numa das saídas, as condições para o regresso do mágico Ricardinho a "sua casa".

Tal como o próprio disse, ele dava-se mal com vedetismos e pouca vontade de trabalhar e que sem algumas saídas não havia condições para o regresso. Será que agora ficou melhor...?

Umas palavras aos jornalistas no Brasil.

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

Parece que se queixaram da forma como a FPF os tem tratado e como tem gerido as questões de comunicação da Selecção.

Não todos, mas alguns jornalistas presentes parecem esquecer que eles têm sido parte integrante do circo que se tornou esta selecção que no fim de contas reflete bem o que é o futebol português.

Têm sido muitos deles que contribuem todos os dias para tornar este grupo de jogadores na 'malta do Ronaldo'. 
Passaram semanas a fio a menorizar o papel dos outros 22 jogadores, como que parecendo que eram quase dispensáveis perante a prestação de Ronaldo.
As equipas estão em campo com 11 jogadores e não com 1. 
Numa época em que a informação está disponível em qualquer lugar, pensam que os outros jogadores não leram as vossas palavras?

Têm sido muitos dos jornalistas presentes no Brasil que, por exemplo durante a crise na Liga de Clubes, nunca questionaram e continuam sem questionar o presidente da FPF sobre o sucedido, sobre qual a sua posição no aparente conflito com a Olivedesportos. São muitos deles que não perguntam a Fernando Gomes se não acha ser-lhe impossível ser imparcial quando, pelo menos até à pouco tempo, andava numa viatura oferecida pela Olivedesportos assim como outros directores da FPF.

Quando são parte do circo, tudo está bem. Quando esse circo vos escapa ao controlo, revoltam-se.

Bem sei que esta selecção do Jorge Mendes têm poucos motivos que atraiam os verdadeiros fãs do futebol.
Mas quando chega a hora do jogo, acabamos sempre por o ver e por estar a torcer por estes tipos.

Os jornalistas têm que refletir sobre o seu verdadeiro papel no dia-a-dia do futebol português.

Em vez de alimentarem o circo, falem de futebol, falem das opções e das tácticas. 
É isso que esperamos de vós e não que sejam uma espécie de imprensa desportiva 'cor-de-rosa'.

Apontem a atenção para o futebol e não para os twitters, os instagrams ou outras palhaçadas.
Estes jogadores estão na competição por selecções mais importante do mundo. 
Sejam exigentes convosco e com os jogadores no desempenho do vosso trabalho.

Todos beneficiarão disso.  

Quem rouba o sonho a estes meninos?

Avatar
 ●  32 comentários  ● 
Corria o dia 16 de Janeiro quando Jesus proferiu a famosa frase: "Na formação para render o Matic? Só nascendo 10 vezes, mas temos de encontrar soluções".

Sem hesitar, houve um jogador dos juniores do Benfica que afirmava no seu Facebook: "Nasceremos mais 9 vezes se for preciso! Ninguém nos rouba o sonho de uma vida"

Esse "menino" chama-se Filipe Nascimento e acaba de sair directamente da última temporada de junior para a 2ª Liga, concretamente para o Académico de Viseu.

O Filipe é, na minha opinião, um dos jogadores que fazia todo o sentido integrar na equipa B e procurar nele o valor que já demonstrara há duas épocas em que era titularíssimo dos juniores e um dos grandes valores da sua geração. Esta época, não sendo titular indiscutivel, ainda fez excelentes jogos pelos juniores - com o Guzzo em grande nível, não era fácil.

Na minha opinião, não faz qualquer sentido dispensar ou facilitar a saída de um jogador de elevado potencial, português e benfiquista. Se calhar era preciso encontrar espaço para o tal Dawidowicz...

Aí vai mais um que o SLBenfica "deixa cair"...

... e não, não vou explicar mais uma vez as diferenças de estes meninos na fase de arranque da carreira profissional andarem integrados em equipas pouco competitivas e pouco ofensivas em comparação com integrarem equipas e planteis que lutam pelos lugares de topo, são ofensivas e trabalham em altíssimo rendimento, rodeados de jogadores de elevadíssima qualidade que "puxam" pelo melhor que o potencial dos jovens tem.

Não vale a pena explicar isso, porque vai sempre haver quem ache que um jogador bom tanto rende o mesmo a treinar ao lado do Aimar como do Fernando Aguiar...

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Analogias...

 ●  31 comentários  ● 
Portugal, 18 de Junho de 2014



Portugal, ou melhor, a Selecção de Jorge Mendes teve uma estreia fantástica no Mundial com a pior derrota de sempre em fases finais, e como é habitual as criticas incidiram no resultado e não na forma como foi concedido. Os adeptos e os tais analistas desportivos (nos quais se incluem Fernando Seara e o Juiz Rangel que não sabem fazer uma lista para as eleições da Liga de Clubes) criticaram o óbvio, a má qualidade do futebol praticado, e não o importante, o processo de selecção dos jogadores que representam a dita Selecção Nacional. 

Adiante.

Perante as más reacções dos adeptos, o desânimo instalado e o perigo de haver uma catástrofe caso Portugal perca com o Estados Unidos, logo vieram alguns com supostas boas intenções, como Scolari lamentar mas lembrar que em 2004 também se começou com uma derrota e depois chegou-se à Final do Euro.

As analogias são algo de natural em futebol, como em tudo na vida, mas tem de se ter cuidado quando se fazem. Nem tudo é análogo apesar de poder parecer que é. E neste caso Scolari e todos os que lembram episódios de Selecções, de Portugal ou não, que começaram mal e acabaram bem ou “assim-assim”, não estão apenas a tentar confortar os adeptos portugueses, mas estão a enganar os adeptos. Porque a analogia neste caso não pode ser aplicada.

Não pode ser aplicada porque em 2004 tínhamos uma verdadeira Selecção, onde os melhores foram chamados e entre os quais se encontravam Luís Figo e Rui Costa. Scolari, contratado para por ordem na Selecção depois do fiasco da Coreia em 2002, deu um murro na mesa e terminou ou reduziu a influência do FCP na escolha dos jogadores, seleccionou quem lhe pareceu serem os melhores, e apesar da derrota no estádio do FCP com a Grécia por 2-1, conseguiu tirar proveito da equipa que tinha ao seu dispor e chegou à Final.


Ora em 2014 estamos muito longe desses tempos. Jorge Mendes é quem controla (muito por culpa da comunicação social controlada), os jogadores escolhidos não são os melhores e como tal não há espírito de equipa mas sim de turma de liceu: são sempre os mesmos! Acresce que também Paulo Bento e Scolari hoje são representados por Jorge Mendes...


Também não temos Luís Figo que deixou a Selecção após o Mundial de 2006 (4º lugar), que a par de Rui Costa, que deixou a Selecção em 2004 (vice campeões da Europa), foram os dois últimos grandes jogadores da Selecção. Jogadores que pensavam o jogo e que não se limitavam a fazer uns arranques e a rematar à baliza, a maior parte das vezes à toa, como faz Ronaldo.


A única analogia que se poderá estabelecer é entre a saída destes dois grandes jogadores e os resultados subsequentes com Ronaldo e patrocinadores como charneira: no Europeu de 2008 ficamos nos quartos de final com 3-0 da Alemanha, no Mundial de 2010 ficamos nos oitavos de final com 1-0 da Espanha, e no Europeu de 2012 ficamos nas meias finais após empate a zero com a Espanha e derrota nas grandes penalidades.

Ou seja, estivemos sempre abaixo dos resultados conquistados com Luís Figo e Rui Costa, e os que, ao serviço do “sistema”, quiserem lembrar as duas vezes que cruzamos com a poderosa Espanha, esquecerão de lembrar que foi na fase de grupos que cavamos essa “sentença”, ao não nos apurarmos em 1º lugar.


Outra analogia que podemos fazer é sobre que Benfica teríamos se prevalecesse a obsessão de uns quantos adeptos do tudo que “é nacional, é forçosamente bom”?


Quando vemos jogar tão mal uma Selecção formada por jogadores que jogam em grandes e médios clubes europeus, jogadores com passes económicos e desportivos de montante exorbitante para as possibilidades do Benfica, jogadores com maturidade competitiva elevada, a pergunta que podemos fazer é “que Benfica teríamos se incorporássemos na equipa, naquela lógica de matraquilho que uns quantos defendem como infalível, uns jogadores da Formação e outros de qualidade que conseguíssemos ir buscar ao Estoril, Guimarães, etc.”?


Fazendo uma analogia entre esse eventual Benfica e a actual Selecção, entre o palco da Champions e a fase final do Mundial, eu diria que teríamos um pior Benfica, menos competitivo, menos mediático, menos valorizado... Se com os jogadores considerados de top, mas que nem todos são, vemos um futebol de Selecção pobre e que só convence os patrocinadores e os adeptos mais fanáticos, imagine-se um Benfica com jogadores da Formação e uma base nacional... É melhor nem imaginar...

Serão eles tão mentirosos?

Avatar
 ●  57 comentários  ● 
A imprensa tem vindo a relatar com recorrência as propostas por Garay e Enzo (e estes acho que poucos têm duvidas que sairão) e as possibilidades de saída de Gaitan e Oblak. Aos que se juntam Rodrigo e André Gomes. Pelo caminho há uma "segunda linha" de jogadores que também é noticia a saída do Benfica que são Cardozo e Artur Moraes.

Ora, mas depois olhamos para as notícias mais recorrentes de jogadores que interessarão ao Benfica, especialmente os que acabam por não ser desmentidos (outros são) e vemos o quê? Djavan e Candeias já fechados tal como os jovens desconhecidos BenitoFriesenbichler Dawidowicz. Do mercado nacional Derley, Ricardo Horta e Tiba estão recorrentemente nos jornais (o que deixa antever que não há fumo sem fogo), a que se juntam os regressos de Fariña, Jara, Lisandro Lopez e Pizzi.

Tenho muitas dúvidas que ocorram todos os regressos indicados destes emprestados, bem como que seja real o interesse em Ricardo Horta e Tiba. Seja como for, os nomes falados para entrar (por muito "fluffy" que sejam) estão efectivamente muitos furos abaixo de qualquer um dos nomes falados para sair, o que é preocupante.

Que os jornais, para vender, transformam sondagens em interesses reais, isso já todos sabemos... o que me preocupa é que as sondagens andam a ser divulgadas, ao contrário de outros anos, relativamente a nomes que me parecem "curtos" para o SLBenfica, especialmente tendo em conta as saídas.

Eu continuo a acreditar que o SLBenfica vai apresentar - caso saiam os três argentinos - um ou dois nomes fortes, que venham a representar um investimento significativo. Só assim se poderão justificar (a confirmarem-se) estas opções mais "low cost".

Nesta mesma linha, no mercado nacional há alguns nomes que me entusiasmam muito mais: dois que acredito que virão para o Benfica (Eder e Rafa) e outros três que entendo que podem ser excelentes opções (Danilo Pereira, Gonçalo Santos e Bebé).

O que é um jogador caro?

Avatar
 ●  63 comentários  ● 

Um jogador caro é alguém que que não tem valor para ser titular.

Um jogador caro é alguém que sendo mais novo não tem grande capacidade de evolução/crescimento como jogador a fim de lutar por um lugar a titular.

Pizzi foi um jogador caro. 6M por 50% foi caro. Ainda para mais que este jogador já caminha para os 25 anos e até agora pouco ou nada provou. Mas nesse como noutras compras, ninguém utilizou a palavra caro.

Siqueira não era um jogador caro. 
Demonstrou qualidade, maturidade, adaptação à realidade Benfica e queria ficar no clube.  Não era um dos 'contrariados'. As lesões fizeram com que demorasse um pouco a encontrar o seu espaço mas assim que estabilizou demonstrou que finalmente tínhamos defesa esquerdo.

Não é por acaso que o Atlético de Madrid, campeão de Espanha e Vice-Campeão Europeu, o vai buscar.

Com a sua idade, poderia dar-nos 2/3 anos no seu melhor. E olhando para a dificuldade que tem sido encontrar um defesa esquerdo depois das pérolas Emerson/Cortez, não entendo o porquê de o Benfica não ter exercido a opção que tinha.

A questão do salário é uma falsa questão. Um clube que paga um dos maiores salários base do mundo a um treinador não pode depois andar a contar tostões para os jogadores, que deveriam ser as verdadeiras estrelas e o verdadeiro investimento. É uma falsa moralidade.

Não se entende esta opção num clube que supostamente goza de boa saúde financeira e que pretende prosseguir um caminho de fortalecimento da sua posição no futebol português e europeu.

Já agora, gostava que Luis Filipe Vieira explicasse um dia quem são os 'contrariados' e afinal porque ficariam 'contrariados'. 
Será que alguém lhes prometeu alguma coisa em Janeiro, como já o tinha feito a Matic no verão passado?   

terça-feira, 17 de junho de 2014

Siqueira

Avatar
 ●  80 comentários  ● 
Pergunto-me porque se fez do Siqueira um assunto...

O Presidente não deveria ter quase que responsabilizado as exigências salariais do jogador pela sua não permanência na Luz, especialmente não sendo essa a situação - segundo diz o jogador.

Agora, para se limpar e porque aparentemente terá gostado de ca estar (pudera, só aqui conquistou títulos), o brasileiro veio esclarecer que o Benfica nunca chegou sequer a negociar a opção de compra junto do Granada, pelo que as questões salariais do jogador nunca sequer foram discutidas.

Diz o Siqueira, em entrevista publicada no Maisfutebol, que teria feito um esforço para ficar se o Benfica o tivesse querido comprar, o que não aconteceu, dando conta que das quatro opções que tinha para o futuro (Granada, Atlético e mais duas) nenhuma delas era do Benfica, por desistência do nosso clube.

Eu cá dispensava bem este "bate boca" do Siqueira com o Presidente... E menos ainda ver o jogador a sentir necessidade de clarificar o que ele diz ser a verdade, depois do que dissera o Presidente.

E o que pensam os nossos leitores? 
Acham que, a fazer fé no que diz o Siqueira, o SLBenfica deveria pelo menos ter tentado ficar com o jogador, algo que segundo ele não aconteceu?

Que papel desempenha o Valência neste defeso do Benfica?

Avatar
 ●  23 comentários  ● 

Oblak, Enzo Perez, Gaitan, André Gomes, Rodrigo, Ivan Cavaleiro, João Cancelo, Bernardo Silva... Até ver são 7 ou 8 os jogadores do Benfica que a imprensa diz estarem na rota do Valência. Calhando, como li num forum de onde "roubei" esta imagem, não tarda levam a águia.

É minha convicção que o Valência está a desempenhar "um papel" que interessa ao Jorge Mendes neste defeso, no que diz respeito à intermediação da venda de jogadores do Benfica, ou seja, interessa ao empresário fazer grande alarido de interesse de um clube com dinheiro fresco, de modo a agitar as águas de potenciais interessados e, com isso colocar os jogadores "no radar" dos clubes que andam a procura de reforçar as fileiras.

Não creio que irão todos parar a Valência (o Oblak e o Gaitan pelo menos estou seguro que saindo não seria para um Valência), ainda que na minha perspectiva receie que acabem mesmo por sair todos - alimento a vontade e o desejo de esta minha opinião estar totalmente errada e pelo menos Oblak e os três miudos ficarem no plantel da próxima temporada.

Se, contrariamente a esta minha perspectiva, o Valência acabar por se constituir o destino de tantos jogadores do SLBenfica, a juntar a um treinador de meio da tabela em Portugal e que já levou para lá um jogador interessante, mas que nunca foi mais que um jogador interessante num clube de meio da tabela em Portugal (Filipe Augusto, Rio Ave), fica provada a tese de alguns que o Mendes efectivamente tem capacidade para ultrapassar todos os sentidos lógicos do mercado e gerir, ao mesmo tempo, vários clubes como se fosse o Director Geral de cada um deles, sem olhar a qualquer sentido de ridículo, como seja o de ir buscar 7 ou 8 jogadores a um clube.

O mercado começa a mexer...

Avatar
 ●  49 comentários  ● 

Ao contrário do que alguns aqui diziam, as transferências não aconteceram ainda mas não foi por causa do Mundial. O que tem que ser é, e não será o Mundial que o impede, aliás se perguntassem aos seleccionadores, eu acho que todos diriam que preferem os jogadores já libertos dessas "distracções" e focados na selecção apenas.

Seja como for Fabregas, David Luiz, Rakitic são todos jogadores que estão no Mundial e que já anunciaram recentemente transferências de destaque no panorama Europeu.

Mas atenção, reparem nos valores: à excepção de David Luiz (50M€), Fabregas saiu por 33M e Rakitic por... 20M€. O mercado está claramente em baixa, sendo que o negócio do David Luiz está visivelmente "insuflado", na minha minha opinião, por questões que ainda viremos a constatar brevemente e deverão envolver outros jogadores.

Ora, dito isto, olhando por exemplo para Rakitic que é um jogador fantástico, que carregava o vencedor da Liga Europa às costas, penso que os benfiquistas têm que começar a por os pés na terra em matéria de criticas ao Presidente pelos valores das transferências.

Se o Rakitic sai por 20M€ (e já com experiencia de uma das melhores ligas da Europa e com um título europeu conquistado com muita dose de responsabilidade dele próprio), então penso ser legítimo dizer que a venda do Enzo por 25M+5M€ é uma venda praticamente ao nível da venda de um craque mundial - Fabregas - e superior à do Rakitic, constituindo portanto uma negociação/venda absolutamente notável.

O mesmo se aplica no caso de Garay. O David Luiz saiu por 25M€ para o Chelsea com 24 anos, salvo erro. O nosso argentino tem apenas mais um ano de contrato e está perto dos 28 anos, pelo que não é expectável que, mesmo voltando a ser vendido, que venha a representar alguma mais-valia. Assim sendo, novamente parece-me, face às circunstâncias, que o SLBenfica fará um excelente negócio vendendo o jogador por valores superiores a 15/17M€.

Rodrigo saiu do Benfica por mais que Enzo Perez sairá e que Rakitic saiu... e André Gomes com 1/100 menos demonstrado que o croata, saiu por apenas menos 5M€.

Vamos aguardar pelo resto do mercado. Eu mantenho a minha opinião de que dos argentinos iremos apenas manter o Salvio, pelo que creio que sairão Enzo, Garay e o mágico Gaitan. Aposto, além de Salvio, na continuidade de Markovic, mas receio de forma muito séria a saída de Jan Oblak e já aqui expliquei várias vezes os motivos da minha preocupação.

Entretanto, não se espera que nada aconteça até ao início, na da próxima semana, mas da seguinte (início de Julho) quando as receitas já contarão para o novo exercício fiscal, permitindo assim apresentar mais-valias no presente exercício e no seguinte.

As eleições na Liga estão feridas de ilegalidade...

Avatar
 ●  4 comentários  ● 

...segundo tantos juristas da nossa praça. 

No entanto, o Seara retirou-se imediatamente. O Rui Alves parece que vai retomar a sua posição no Nacional. 

Aparentemente, nenhum deles foi capaz de preparar um processo de candidatura que cumprisse os requisitos necessários.

O presidente da Académica ou o do Guimarães não têm feito conferências de imprensa nas bombas de gasolina nem em outro qualquer lugar.

Quem seria afinal o verdadeiro candidato dos consensos?

Provavelmente por isso é que não é de estranhar este silêncio repentino no futebol português...

Vedetas e um bandalho.

Avatar
 ●  30 comentários  ● 

Quem acusa o André Almeida do 4ºgolo parece ignorar propositadamente que ele está fora de posição por ter ido safar uma jogada de perigo imediatamente antes.

Não vejo tanta pressa nas críticas a mais uma péssima exibição de Rui Patrício, Bruno Alves ou de um dos flops da Liga Francesa de nome Noddy Moutinho.

Sem falar no Veloso ou no João Pereira, ou ainda no intocável Ronaldo que, apesar de ser um exemplo na maneira como se aplica no seu treino diário nos seus clubes, na selecção tem sempre a mania que é mais que os outros. Não defende nem sequer é um exemplo como capitão como se viu na peitada que deu ao árbitro, que só por ser ele é que não levou logo um vermelho directo também.

Perder com a Alemanha não é nenhum drama pois realmente são uma das melhores equipas presentes.
Mas ter um conjunto de jogadores que se comportam como vedetas, que não perdem uma oportunidade de ostentarem o seu meio de vida aos adeptos e depois, quando colocados nas alturas chave, não dão o litro, que não têm uma atitude profissional de concentração, empenho e enfoque, e parecem mais preocupados com outras coisas que não realizarem o trabalho para que estão a receber prémios, diárias e outras regalias é que é trágico.

Não demonstraram respeito pelos milhares de portugueses que fizeram um esforço financeiro para estar no Brasil a acompanhar esta selecção.

No entanto, os erros estão longe de estar só nos jogadores. Como escreveu hoje um amigo:

"Diferenças da contenda:
- uns estão em campinas com 26 graus e 50% humidade outros estão em salvador com 28 graus e 70% humidade.
- uns treinam a não sei eu horas, outros pelas 13 horas.
- uns vão para o ginásio climatizado num grande resort, outros vão para o ginásio sem janelas na rua.
- uns têm um vice que joga golfe, outros um gestor profissional.
- uns têm um director a quem arranjaram emprego para pagar as dívidas dos divórcios, os outros mais um profissional.
- uns têm um GR para vender, os outros têm uns dos melhores.
- uns têm o melhor do mundo, os outros umas melhores equipas.
- uns não têm goleadores, os outros têm três.
- uns ainda não começaram e já são campeões, os outros já o foram três vezes.
- uns apanham na pá, os outros goleam por quatro."

As mudanças na equipa para o próximo jogo são óbvias. Menos para aqueles que preferem ser teimosos a enxergar a realidade. É que são pagos para massajar o próprio ego e não para obter resultados, pelo visto.

E para finalizar, mais uma que comprova o que venho dizendo desde há muito tempo...


Aposto que se fosse algum intermediário para dar mais umas dicas em fraude fiscal, em como desviar receitas de jogos de solidariedade ou para lhe dar mais uma dose daquilo que agora o faz vomitar regularmente em campo, Messi já o cumprimentava.
Quem faz propositadamente isto a uma criança, como o video comprova que foi, é nada mais que um bandalho. 

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Excitações

 ●  4 comentários  ● 


Portugal, 16 de Junho de 2014

Estive ausente durante uns dias para preparar a minha estratégia de abordagem ao processo eleitoral da Santa Casa da Misericórdia cá da terrinha. Durante este período aconteceram algumas coisas interessantes que merecem registo para a posteridade.

Assim, escreveu-se tanto e gastaram-se tantas energias a discutir o processo eleitoral para a Liga de Clubes, para no final resultar numa enorme perda de tempo. Seara, mandatário da última candidatura de Luís Filipe Vieira, apareceu a liderar a lista mais mediática (não por acaso foi apoiado pelas publicações do grupo Olivedesportos e teve a reunião da praxe com Pinto da Costa). Pelo meio a trapalhada do Juiz Rangel querer um “tacho” a todo o custo e dar-se à pobreza intelectual de apresentar outra lista, com Seara na presidência, mas sem as assinaturas de compromisso dos integrantes. E por último a lista dos “sem abrigo”, como se auto intitulou a lista do ex - presidente do Nacional da Madeira.

Foi tudo em vão porque afinal a única lista que preenchia os requisitos regulamentares, era a lista do criticadíssimo e alvo de várias tentativas de derrubamento, ex – presidente da Liga! Que acabou por vencer as eleições com a participação de 10 clubes, entre os quais o SCP...

Se há exemplo que transmita com fidelidade o que é o futebol nacional, este processo eleitoral é o exemplo quase perfeito. Nas semanas que antecederam o acto eleitoral, existiram encenadas tentativas de demissão do Presidente da Liga e tentativas de assalto à Liga, que pretendiam criar na opinião pública um ónus sobre a gestão desse mesmo Presidente. Como sempre a comunicação social preocupou-se mais com o ponto de vista dos “golpistas” do que com quem estava legitimado pelo voto. A ideia era ganhar a simpatia da opinião pública.

Depois apareceram vários candidatos a Presidente que foram paulatinamente desistindo em favor do que estava pré-determinado pelo “sistema”: Fernando Seara. A ideia era reforçar perante a opinião pública, a vitalidade do movimento de críticos à gestão do Presidente da Liga em exercício e abrir uma “linha de crédito” político, à lista de Seara.

Por último veio a incompetência de quem anda há anos a perorar sobre futebol em programas de televisão, e que afinal – mesmo sendo jurista – não sabe como deve ser organizada uma lista para as eleições da Liga de Clubes. Fernando Seara, personagem do futebol de pechibeque, anda a ganhar dinheiro à custa do futebol desde há anos, mas afinal como se vê, na hora de fazer, pouco soube fazer. E falhou com estrondo...

Como sempre tenho dito aos críticos de Jesus, uma coisa é falar, outra é fazer. A televisão, rádio e jornais, pariram muitos especialistas de futebol, que falam, falam, mas nunca fazem nada. Porque não sabem... Fernando Seara é o último exemplo.

Também pudemos constatar que Jesus, que foi anunciado como novo treinador do Mónaco (Correio da Manhã) e possível novo treinador do Milão (Record), afinal ainda é o treinador do Benfica. Curiosamente essa mesma comunicação social não teve conhecimento das negociações que se estavam a desenrolar relativamente à saída de Jardim do SCP para o Mónaco, da saída de Sérgio Conceição da Académica para o Braga, da saída do Marco Silva do Estoril para o SCP, da saída do Couceiro do Setúbal para o Estoril, e da saída do Luís Castro para dar lugar ao Lopetegui...

Quando se trata de outros clubes o critério da comunicação social tem sido esperar para ver e só publicar quando existir algo de concreto. Para o Benfica continua a valer tudo, tal como tenho referido os últimos anos. 

Entretanto a Selecção de Jorge Mendes está a encaixar 3 secos da Alemanha. O tal que pontapeou violentamente o Granero já foi expulso, o outro que faz publicidade ao Linic e ao BES, anda por ali perdido e pronto, este é o “futebolzinho” que merece os maiores encómios de adeptos e “especialistas”, como Fernando Seara...

Queixem-se do árbitro.

Avatar
 ●  30 comentários  ● 

Não resisto a escrever umas palavras ao intervalo do jogo da Selecção do Jorge Mendes.

Um conjunto de vedetas, cuja cabeça está nas entrevistas, nos anúncios, nos posts no Facebook e no Twitter.

Um treinador que como outros acha mais importante ser 'fiel' às suas ideias do que escolher as melhores opções para a equipa.

Enquanto isso, os alemães concentrados, focados, sempre cientes do sítio onde estão, não desperdiçaram oportunidades.

O Pepe, depois de o árbitro deixar passar em claro o encosto da sua mão, ainda sente vontade de ir encostar a cabecinha ao alemão, nas barbas do árbitro. É claro que iria levar o vermelho.

As opção por João Pereira em vez de Amorim, muito mais seguro a defender perante uma equipa de topo como a da Alemanha foi outro erro que se está a pagar caro. O jogo com a Irlanda tinha deixado claro que Amorim perante uma equipa compacta e de nível superior precisaria de outro tipo de consistência defensiva e até mesmo no meio campo.

E já que falo no meio campo, o trio mais pobre da selecção. Veloso um passador, Moutinho ainda não fez um bom jogo pela selecção nos últimos tempos e até Meireles está muito abaixo do que costuma produzir.

A opção por William Carvalho a 6 era evidente para todos, menos para o Paulo Bento. Isso permitiria outra organização e apoio daí para a frente.

Na frente, tudo previsível e sem grandes oportunidades.

O resultado ao intervalo é uma lição de humildade para esta selecção, cujos jogadores se acham muito mais do que realmente são. É nestes momentos que se provam os melhores. Contra os melhores. Não é com os 'Sevilhas' ou as 'Irlandas' que se demonstra que é de topo. É nas melhores competições e a jogar com os melhores.

domingo, 15 de junho de 2014

Eis o meu receio: OBLAK NA LISTA

Avatar
 ●  89 comentários  ● 
Que capacidade tem o Benfica de segurar um dos melhores do Mundo que, pela idade e cláusula, se pode tornar num negocio da China para quem tenha dimensão e poder para o segurar por muitos anos!?

Quando eu falei nisto diziam que eu estava a sonhar... Veremos se o Atlético Madrid não "bate a nota" para o ter a substituir Courtois. Espero e desejo que não...

PS 1 - Jesus é mesmo um génio. Salvo erro no inicio da temporada dizia que ele não estava preparado para o Benfica, uns meses depois não só foi o suporte dos três títulos do Benfica, como se fala nele para os dois finalistas da Champions. Jesus não só os potencia como o faz em tempo record...
Para quem não percebeu o parágrafo anterior, o que quer dizer é que o treinador do Benfica tem que aprender a ter tento na língua, para não a morder...


PS 2 - Derley desviado de Alvalade?!? WTF?? Agora entretemo-nos a fazer ao Sporting o que o FCPorto nos faz a nós?

Nota final: O exercício deste ano já será financeiramente positivo, com as vendas de Matic, Rodrigo e André Gomes, pelo que as vendas nunca serão anunciadas/formalizadas em Junho, para dessa forma entrarem já no exercício financeiro que se inicia a 1 de Julho!

ranking