O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


22 de abril de 2014

Ele merecia voltar a sentir o carinho dos adeptos

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Felizmente engano-me... E engano-me muitas vezes... Engano-me quando adivinho o melhor e acabo em sofrimento... Engano-me quando espero o pior e a alegria do fim é imensa...

E de facto previ o pior para esta época... O folhetim Cardozo foi caricato, a contratação de Cortês uma comédia, e os traumas do final da época passada um fantasma que pairou na Luz demasiado tempo...

Bem sei que hoje isso não interessa para nada, mas a fronteira entre o sucesso e o insucesso ao mais alto nível é uma linha muito ténue... Esta época tinha tudo para correr mal, mas também tinha tudo para correr bem se tivermos em conta que os intervenientes eram praticamente os mesmos, muitos deles de qualidade indiscutível...

Mas numa altura de balanços, não podemos esquecer que as coisas estiveram negras, que a pré época mostrou um Benfica amorfo incapaz de derrotar um Sporting ou um São Paulo numa Eusébio Cup...

Não podemos esquecer que arrancámos com uma derrota no Funchal, que na segunda jornada perdíamos com o Gil Vicente em casa aos 90 minutos de jogo, e que na terceira empatámos com o Sporting. Não podemos esquecer que à terceira jornada o FCP já ia 5 pontos à frente, vantagem que raramente perde, e que as exibições do Benfica não convenciam ninguém...

Não podemos esquecer que numa época que se adivinhava difícil e com o treinador de futebol com mais azar que conheço, aconteceu o cúmulo dos azares, a lesão prolongada de Sálvio, aquele que se adivinhava o jogador mais importante da época e que em nada ajudou ao folhetim...

Mas felizmente as coisas da bola são muitas vezes imprevisíveis, e tudo muda quando menos se espera: O FCP foi menos competente do que habitualmente e permitiu-nos sonhar, e o Benfica, mesmo sem deslumbrar soube encontrar quase sempre o caminho para a conquista dos 3 pontos...

A viragem dá-se na minha opinião com a morte de Eusébio... A morte do King foi uma demonstração de mística e Benfiquismo como há muito não se via... A morte do King permitiu a alguns recém chegados perceber finalmente a importância da camisola que envergavam... A morte do King uniu tudo e todos em volta de um ideal e fez a todos crer que a emoção e a fé podiam mover montanhas...


E o jogo seguinte, era em casa com o FCP... E nesse jogo especial, nesse jogo que tínhamos forçosamente de vencer, vencemos e convencemos, e a equipa pareceu libertar-se finalmente das teias da descrença que a fustigavam nos últimos meses...

A partir daí a equipa percebeu que era a melhor... Que não havia razão para receios... Percebeu que o FCP fraquejava... Percebeu que os adeptos voltaram a acreditar e o estádio voltou a encher... Percebeu que vencidos os fantasmas da última época, tínhamos do nosso lado o talento e que o destino só podia ser vencer... Bastava acreditar...

Da minha parte, a venda de Matic fez-me desconfiar da sorte... Mas mais uma vez Jorge Jesus foi magnífico... Ninguém notou, essa é que é a verdade... Só um treinador magnífico permite que saia Javi e Witsel e não se note, que saia Matic e ninguém repare... Que entre Fejsa e a equipa fique ainda mais forte... E que num festival de lesões venha ainda Rúben Amorim, André Almeida e André Gomes e a dinâmica da equipa nunca se altere... Bem sei que há aqueles que acreditam em coincidências e obras do divino, mas isto só é possível com um grande, grande treinador.

Ganhámos porque fomos os melhores. Indiscutivelmente. Porque temos os melhores jogadores, o melhor treinador, porque a direção apostou forte e deu condições para ganhar, porque soubemos rentabilizar a qualidade que tínhamos...

Ganhámos também porque finalmente, ao fim de 4 anos, fomos excelentes no confronto direto com os adversários mais diretos: 4 pontos conquistados ao Sporting, 6 ao Estoril, 6 ao Braga, e 3 em 3 ao FCP (falta ainda o segundo jogo).  Não custa pois perceber que o nosso saldo francamente negativo nos confrontos diretos com o FCP, nos impediu por exemplo de conquistar os dois últimos campeonatos... Era decisivo melhorar neste aspeto... e melhorámos.

Falar nos destaques da época seria difícil, porque são muitos... Mas é impossível não falar em Luisão (fantástico), Garay, Oblak (que tão poucos golos sofreu), Enzo (que coração!), Gaitan (parece outro jogador), Markovic ou Rodrigo...

Mas eu destacaria dois a quem não previ nada de bom (também aqui me enganei) e que foram fundamentais ao longo da época: Sílvio e Rúben Amorim. Simplesmente excelentes sempre que chamados à equipa, portugueses e Benfiquistas de coração, e dois que espero que fiquem no plantel para a próxima época... Assim como Siqueira, porque bons laterais são coisa rara, e o Benfica já mostrou por diversas vezes que aquela é uma posição para a qual nunca acerta à primeira...

Jorge Jesus ressuscitou num Domingo de Páscoa, e confesso que rejubilei com tão feliz coincidência. Ele merecia... Jorge Jesus merecia esta vitória... Jorge Jesus merecia que o azar o largasse por momentos... Ele merecia voltar a sentir o carinho dos adeptos...

Na noite da festa do povo, Jesus mostrou que é o povo... Não sei quantos treinadores do mundo aceitariam expor-se de tal maneira reforçando a ligação umbilical às cores de um clube, mais mascarado que qualquer chefe de claque, podendo até comprometer projetos futuros...

Gostei de ver os jogadores atirá-lo ao ar, gostei de ver o abraço de Rui Costa, gostei de ver o policia quase meter o Jesus na choldra, sinal de que Jesus também tem momentos em que desce à terra e não esconde as suas raízes...

Este título é de muita gente mas é sobretudo dele... Por ter sabido ganhar, mais uma vez, sem nunca abdicar das ideias em que acredita.

23 comentários blogger

  1. Não esquecer o Cardozo que nos carregou durante uns jogos e foi o principal protagonista no jogo que começou a dar esperanças (Benfica-Sporting para a taça)

    ResponderEliminar
  2. Tudo dito!
    Uma grande vitória, de um excelente plantel, dirigido por um enorme treinador.

    ResponderEliminar
  3. Foi um ano complicado. Começámos mal o campeonato, tivemos jogadores importantes lesionados durante um longo período, perdemos duas figuras incontornáveis do clube. Sim, foi difícil! Mas demos a volta, mostrámos a garra dos jogadores, do treinador, do presidente e dos adeptos. Mostrámos a força e união deste Benfica. E no fim veio a recompensa...o título de campeão nacional, que tanto merecemos.

    Acho que também é importante destacar os portugueses que têm vindo a ganhar lugar no plantel (em comparação com épocas anteriores). Quando se fala tanto no excesso de estrangeiros no futebol português, vemos Rúben Amorim, André Almeida e Sílvio a jogar excepcionalmente. Vemos André Gomes e Ivan Cavaleiro a ter também algumas oportunidades para dar nas vistas...

    Acho que estamos no caminho certo...
    Benfica sempre!

    ResponderEliminar
  4. Excelente post, parabéns!
    Defendo o que sempre por aqui escrevi, o bom trabalho de JJ e de toda a equipa tecnica e presidente.

    Onde quer que estejam também Eusebio, e o Sr. Coluna (até o meu avo que infelizmente tb partiu) estão felizes por o Benfica vencer, e vai continuar a vencer!

    Cortez acaba tb por ser campeão, ironia do destino, assim como Matic e O. John.

    Pena tenho de ja não termos El Mago Aimar campeão, pois tb merecia...

    Obrigado a todo o plantel, mas em especial, a Luisão (grande capitão), Garay, Maxi (é a raça), E.Perez e Rodrigo.

    Abç.
    Mecca


    ResponderEliminar
  5. RedMoon gostei parebens muito bem visto.
    Eu tambem fui um dos que desconfiei muito no comeco da epoca e vi alguns jogos da pre epoca com um sobrinho que e lagarto que ate me disse tio o Benfica esta pior esta epoca e o Sporting esta melhor acho que a maioria dos Benfiquistas viram isso tambem,no inicio foi mau demais dando continuidade o que tinha sido o final desastroso da epoca finda well todos nos enganamos,mas para mim o ponto de viragem nao foi o desaparecimento do nosso King mas sim desde aquele jogo com o Olimpiakos da Grecia em que perdemos por 1-0 com uma grande exibicao do Benfica como nao se via a muito para mim foi a partir desse jogo que o Benfica embalou o que podera ser uma epoca de sonho se nao acontecer tambem nao esquecer que temos tido imensos contratempos por exemplo a lesao do Salvio e Silvio, que nos pode tramar os restantes objetivos,no Jogo Benfica vs Porto nesse jogo acredito que os nossos rapazes em memoria do King deram tudo e mais alguma coisa para ganharem esse jogo e ganhando ao Porto na Luz e mais facil de conseguir o tao almejado Titulo.

    ResponderEliminar
  6. Segue em frente RED!!!!!
    Está quase a fazer 40 anos que o lápis azul foi mandado às malvas!!!
    Eles não sabem
    Nem sonham
    Que o sonho comanda a vida
    Tão concreta e defenida
    Como outra coisa qualquer
    E o mundo gira e avança
    Como bola colorida
    Nas mãos de uma criança.

    Continua a defender as tuas convidções e ideais contra qualquer tipo de agenda,seja ela qual for.

    ResponderEliminar
  7. Excelente post. A morte do Eusébio foi de facto um momento marcante porque lembrou a todos o que é realmente o Benfica. E o Benfica não tem ódio a ninguém nem tem medo de ninguém. Ora até aqui nós tínhamos simultaneamente medo e ódio ao Porto. Estávamos desviados da verdadeira essência do Benfica. A verdadeira essência do Benfica foi encarnada por Eusébio e voltou a ser vivida pelos benfiquistas. Nós sabíamos que depois do que aconteceu com Eusébio e depois com Coluna, outro exemplo de benfiquismo, de cavalheirismo e desportivismo, iríamos vencer este ano. Agora há que perseverar neste caminho.

    ResponderEliminar
  8. concordando com a generalidade do post discordo em dois pontos, este não é o treinador com mais falta de sorte como referiste, porque grande parte desses momentos são provocados pelo treinador são erros seus.
    depois não percebo como é que num ano a maioria defende a irradiação da equipa de um jogador, carlos martins, e no outro se desculpa outro, siqueira, que sofre do mesmo problema estupidez aguda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Trabalho23 abril, 2014 10:59

      Não te enganaste no blogue? Os erros do nosso treinador, naturais em toda a gente, não se comparam com os "erros" dos árbitros que nos prejudicaram gravemente. Por isso não percebo o remoque.
      Já agora gostava que sua excelência nos explicasse qual é a estupidez aguda de que o siqueira (com s minúsculo?) sofre?

      Eliminar
    2. se não percebes qual é a estupidez aguda do siqueira é natural não perceberes o resto.
      pois mas nem toda a gente ganha 4M ano pormaiores.
      mas já me viste em algum lado dizer que não somos roubados, é só ires procurar e facilmente descobres o contrario, mas eu ao contrario de outros não acho que só este é que foi roubado só gostaria é que tivesses defendido outros treinadores do benfica metade do que defendes este no que se refere ao aspecto dos roubos.
      ainda te digo outra coisa quando se deixa a porta da rua aberta, por vezes escancarada, tens muito pouca desculpa para depois vires dizer que foste roubado.

      Eliminar
    3. Não mistures.Carlos Martins entrou e apanhou dois amarelos por DISCUTIR com o árbitro. Siqueira levou dois amarelos em duas faltas que fez sobre jogadores diferentes. Muita sorte tem CM em que o deixem jogar na equipa B pois por vontade dele (e falta de agradecimento) estaria só a ir treinar e receber o salário no fim do mês. Esqueceu-se do que deve ao apoio dos benfiquistas(principalmente estes) para o grave problema que o filho teve.´
      MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE

      Eliminar
    4. não o carlos martins levou o primeiro amarelo por discutir e o segundo por uma falta estúpida numa entrada sem sentido precisamente no mesmo local em que o siqueira fez a dele, principalmente tendo em conta que ambos já tinham amarelos.
      o siqueira com a agravante de esta já ser a segunda vez que tal acontece em barcelos viu um amarelo por simulação e depois fez uma falta evitável que o expulsou.

      Eliminar
  9. Assino por baixo.
    Dar a mão à palmatória é coisa bonita de se ver. Foram muitos os benfiquistas desencantados com JJ e com a teimosia do presidente em mantê-lo no clube. Afinal, LFV tinha razão e o JJ provou ser o treinador que interessa ao Benfica.

    ResponderEliminar
  10. Parece que ontem, no discurso do Presidente, vocês deste blogue (alguns escribas e alguns comentadores) foram referidos: "«este título é para todos aqueles que sempre acreditaram no trabalho desenvolvido dentro do Benfica, mas é sobretudo uma grande lição para aqueles que só aparecem nas horas más e nunca para ajudar a construir». Ora bem, como vocês quase nunca acreditaram no trabalho desenvolvido dentro do Clube, muitos parabéns pela lição. Espero que tenham aprendido.

    ResponderEliminar
  11. Época extremamente complicado por tudo o que foi o final da anterior, e o que foi esta, com o mau ínicio, com as perdas de 2 figuras que elevaram o clube aquilo que hoje é o nosso clube, um clube de dimensão mundial!

    E por tudo isto é merecido e espero e desejo que não termine por aqui, que esta época ainda traga mais motivos de festejo, mas principalmente que assumam a hegemonia do futebol português que foge à mais de 20anos!

    A título de curiosidade as nossas lendas Eusébio e Coluna no total conquistaram 33 títulos!!! Eusébio (11 Ligas, 5 Taças Portugal) e Coluna (10 Ligas e 7 Taças Portugal) a nível nacional...

    ResponderEliminar
  12. Aproveito o espaço para dar a todos os benfiquistas duas notícias tristes envolvendo adeptos do Glorioso.
    No domingo, no regresso a casa, após o jogo e as comemorações do título no Marquês, um adepto de Setúbal perdeu a vida num acidente na A2, por alturas da Volkswagen. Tinha 45 anos, chamava-se Vítor Silva e trabalhava no Jumbo de Setúbal.
    Em Rio Frio, um adepto sofreu ferimentos graves numa mão, ao lançar um petardo para comemorar a conquista do campeonato.
    Sentidas condolências à família do Vítor, um abraço ao adepto ferido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas condolências à família do adepto falecido, Vítor Silva e as melhoras ao adepto ferido com o petardo, que irá ficar sem uns quantos dedos...

      Eliminar
  13. Quero saudar todos os Benfiquistas pela conquista do 33ºcampeonato nacional de futebol e recordar que ainda faltam competições para conquistar e sendo assim,vamos ter a devida concentração para que elas não nos fujam.
    Ao responsável do Novageraçaobenfica,peço que coloque os comentários infelizes do Pedro Guerra e Jaime Antunes no CMTV os quais devem preocupar a família Benfiquistas.Se mesmo num período ganhador não puxamos para o mesmo lado,o que será num futuro de secura de vitórias?.
    O Sr.Pedro Guerra julga-se dono da verdade e como não aceita o contraditório,entra em litígio com todos e não sei se nesta altura a sua presença em debates desportivos seja benéfico para o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Guerra é um dos muitos lacaios que o Sr.º Vieira trouxe para a Benfica TV; sinal que a BTV não se limita a unir o mundo benfiquista (e a gerar receitas) mas também a entronizar o Sr.º Vieira como o único, o mito, o presidente dos presidentes...

      Quanto ganha o Guerra para fazer essas figurinhas e quanto ganha o Pragal Colaço que passou de adversário de Vieira em 2006 a um inestimável apoiante?

      Eliminar
  14. Eu acho que o momento decisivo foi a entrada de Cardozo ao mn 60 do jogo com o SCP, na 3ª jornada. Até aí o 4-4-2 losango de JJ não funcionava, fizemos uma pré-época decepcionante, perdemos 2-0 (maior derrota) com S. Paulo no troféu Eusébio, as vitórias da pré época eram por 1 golo, etc. Na 1ª jornada com o Marítimo, exibição discreta que o árbitro da final da Taça ajudou a ser derrota, assinalando 1 penalty contra o Benfica na sequência de 1 fora de jogo do adversário, não assinalado, já depois de ter perdoado expulsão do defesa central que agarrou Gaitan pelo pescoço ao mn 22 quando se isolava.

    Valeu que temos Jesus e valeu que alguém na Direcção jogou a última cartada: o goleador Cardozo!

    Em ambos os casos é sinal que as coisas no Benfica simplesmente acontecem... dizer que temos um rumo é uma perfeita anedota...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking