Afinal quanto custou Matic ao Benfica? 0€? 5M€ ou... 9M€?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Afinal quanto custou Matic ao Benfica? 0€? 5M€ ou... 9M€?

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 
A 31 de Janeiro de 2011, com a venda de David Luiz, o SLBenfica anunciava em comunicado à CMVM o seguinte:

A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que chegou a acordo com o Chelsea Football Club Limited, da Premier League, para a alienação a título definitivo dos direitos económicos e desportivos do atleta David Luiz Moreira Marinho, pelo montante de € 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de euros).

Mais se informa que o referido acordo prevê ainda a cedência a título definitivo da totalidade dos direitos económicos e desportivos do atleta internacional Nemanja Matic.

Ora, essa ideia de o Matic ter "custado" 5M€ é um mito, na verdade o Matic custou ao SLBenfica ZERO! Ok... não terá sido zero porque há sempre os prémios de assinatura e as comissões, mas a título de transferência foi zero.

O jogador foi então VALORIZADO na operação de transferência em 5M€ para "transformar" uma venda de 25M€ em 30M€.

Depois seguiu-se ano e meio onde Matic jogava na sombra de Javi Garcia e pouco justificou. Como já aqui li no blog, pouco mais foi que competente e em muitos jogos nem isso conseguiu - mais uma prova, para quem ainda duvida que a regularidade de jogos é que permite a um jogador crescer (olhem para o Rodrigo!).

Na época seguinte (2012/13), com a venda de Javi Garcia para o City, deu-se a ascensão de Matic, até aí um jogador absolutamente banal e que ninguém dava nada pelo seu crescimento ou sequer pela capacidade deste para substituir Javi Garcia. Responsabilidade de Jesus, claramente! Foi ele que o "fez", só tenho pena que não tenha vontade de "fazer" outros, nomeadamente portugueses. Assim talvez não lhes acontecesse o que poderia ter acontecido ao Matic... que possivelmenta andaria por um qualquer "Vitesse"...

Finda essa temporada, adivinhava-se a saída do jogador! A SAD, ou melhor o Presidente, faz o quê?

Reage em vez de Agir, como quase sempre nestas matérias:

Manda vir o irmão de Matic para o "adoçar" (o rapaz é pouco mais que esforçado!) e ainda traz mais uma comunidade sérvia: Sulejamani, Djuricic, Markovic & Irmão Lda e ainda Fejsa. Cria-se um erro crasso ao fazer chegar mais 6 jogadores que falam uma lingua que ninguém percebe e que, na prática, formam o seu "clã" - querem ver?
A foto é do aquecimento no jogo SLBenfica x FCPorto. Uma peladinha para os sérvios e outra para os portugueses e o brasileiro.
Portanto, estava tudo tratado para segurar Matic, certo? ERRADO!

Ainda era possível fazer mais e então lê-se no Relatório e Contas da SAD do 1º Trimestre desta época, na página 31, o seguinte relativos a uma dívida de 4.000.000€ para com a entidade Reina BBVA:

A mesma é então "com a sociedade Reina BBVA relacionados com a renovação do contrato de trabalho desportivo do atleta Matic".

Muito bem, o que será isto então? Prémio de renovação de contrato de 4M€? Não! Recuemos ao R&C anual de 2012/2013 e encontramos na página 21 o seguinte:

De referir que na renovação de contrato do atleta Matic, a cláusula de rescisão passou de 15 para 40 milhões de euros, e que a Benfica SAD adquiriu os remanescentes 15% dos direitos económicos do atleta. Já no mês de Março de 2013, foi efectuado um novo acordo com o atleta Matic, em que se estabeleceu uma nova cláusula de rescisão de 50 milhões de euros.

Como é? Comprámos mais 15% do Matic? Ficámos com 115% do Matic ou... está a escapar-me algo?

O SLBenfica em Janeiro de 2013 premiou Matic com uma renovação contratual, com correspondente aumento da cláusula de 15 para 40M€ e... "adquiriu os remanescentes 15% dos direitos económicos do atleta". Portanto os 4M€ em dívida à tal sociedade Reina BBVA no âmbito da renovação seguramente devem-se a estes 15% adquiridos.

Portanto, 15% do Matic foram avaliados em 4M€, o que corresponderia a uma valorização total de... 26,7M€! Certo?

Ora bem... mas no comunicado da aquisição não dizia que na transferência do Chelsea, o "acordo prevê ainda a cedência a título definitivo da totalidade dos direitos económicos e desportivos do atleta internacional Nemanja Matic"???

Isto levanta-me três dúvidas:

1. Por quanto vendeu o SLBenfica os 15% que comprou do Matic por 4M€ à sociedade Reina BBVA? Ou nunca comprou e não chegou a ter a totalidade do passe do jogador, como diz o comunicado inicial?
2. Se em Janeiro de 2013 ou Março quando a clausula subiu para 50M€, o SLBenfica pagou 4M€ por 15% do Matic, então ele foi  nessa altura avaliado em 26,7M€! De lá para cá desvalorizou-se - dada a transferência por 25M€?
3. Afinal quanto custou Matic? Zero? 5M€ (valorização na transferência de David Luiz)? ou 9M€ (5+4M€)?

... Se eu estou a interpretar mal os dados dos Relatórios e Contas, fico ao dispor para me explicarem esta siutação, pois como é bom de ver isto deixou-me confuso!!!

Ou seja, eu gostaria de perceber se a minha interpretação dos dados está correcta (e nesse caso tenho estas dúvidas) ou se estou a interpretar algo de forma errada.

25 comentários blogger

  1. Que venha o diabo e descubra,mas não só, também todos aqueles que votaram no actual presidente do SLB, pois aqui há gato escondido com o rabo de fora. E para bom entendedor meia palavra basta

    ResponderEliminar
  2. Pessoal sobre o Matic e futuras saídas não há mais nada a dizer. Temos um passivo de 500 Milhões fruto de uma péssima gestão, estamos fora da Champions, e o BES enquanto nosso credor quer ver o dinheiro e já não papa das vieirices. O Chelsea não é ninguem, é um clube de merda sem histórico nenhum que teve a sorte de ter um investidor multimilionário por acaso. Para mim, ainda falta muito para serem considerados dos melhores clubes do Mundo, porque um clube com esse estatuto tem de ter um palmarés a nivel histórico respeitável e discordo quando dizem que hoje em dia Benficas e Portos servem de plataforma para esse tipo de clubes que em dois anos passam de clubes de meio da tabela para «colossos mundiais». O benfica tem mais de 6 milhõesde adeptos, tem 5 finais europeias (de 1º linha) e 32 campeonatos. Infelizmente, neste momento o Benfica continua refém de uma péssima gestão, de um treinador «limitado» e de uma estrutura incompetente e enquanto essa situação não mudar, não teremos razões para sorrir tão cedo. E cheira-me que o Vieira apesar de ter sido reeleito há pouco tempo, está a preparar a sua saída prematuramente pois sabe que os adeptos não aguentam mais um ano sem cheirar o titulo e que a próxima cabeça a rodar não será a de Jesus, mas a dele mesmo, e portanto está numa de vender a saldos para ver se cobre o «buraquinho». Porém, o Benfica tem dos melhores adeptos de Portugal, adeptos esses que enchem estádios pelo País fora, adeptos esses que mostram o seu descontentamento frequentemente, fruto da exigência lógica que se pede a um clube com a quantidade de titulos do Benfica. Tou me a cagar para o Matic, para se o Garay ou Rodrigo saiem (embora não se esqueçam que só detemos metade dos passes destes). O Benfica a conquistar qualquer coisa tem de ser puxado pelos adeptos pois neste momento a par do palmares, é isso que nos diferencia de clubes de merda como citys e chelseas. O Benfica é dos adeptos e dos sócios e é preciso muito mais que um Presidente incompetente, corrupto, limitado e hipocrita para que o deixe de ser. Força Benfica! Ricardo

    ResponderEliminar
  3. Muito pertinente, esta questão. A bem da transparência, e se fossemos um país nórdico, isto ja teria sido mandado explicar pelas entidades comoetentes (leia-se, CMVM).

    ResponderEliminar
  4. Os 4M pode não ter nada a ver com os restantes 15%.

    Agora, pertinente seria sim saber por quanto foi vendido esses 15%, ou se afinal no negocio do D. Luiz apenas foi cedido 85% do Matic.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que podes dizer, nos dados apresentados (e atenção que pode haver algo adicional que desconheço) que os 4M€ não têm a ver com os 15%? Então têm a ver com o quê? Um prémio escandaloso de assinatura? Pago a uma sociedade espanhola? Não me gozes...

      Eliminar
    2. Eu não estou a afirmar estou apenas a supor. A clausula subiu dos 15 para os 50, é natural que o jogador queira uma compensação razoável para tal se concretizar. Como o Benfica sabia que o jogador poderia ser vendido por bem mais que 15M achou que se justificava pagar esse valor.

      Por exemplo, fala-se que o Fernando vai renovar e passar a ter uma clausula de 15M, mas a ser repartido pelo clube, empresario e jogador por partes iguais. o Clube fica a perder 10M, mas sempre é preferível ganhar 5M do que não ganhar nada.

      O processo Matic pode ter sido algo semelhante. Mas como disse, estou apenas a supor, pode ter sido como pode não ter sido, só mesmo alguém do Benfica poderá esclarecer.

      Eliminar
    3. Portanto a tua teoria é que devemos 4M€ a uma entidade espanhola como prêmio de assinatura de um novo contrato?

      O rapaz foi aumentado e ainda lhe pagaram 4M€?

      Nesse caso, por quanto terá sido recomprado os 15% do passe? Não há informação disso em lado nenhum

      Eliminar
    4. Sim, é isso que estou a dizer.

      Quanto à tua outra pergunta, também gostava de saber!! E atenção, não diz lá que foi recomprado, ou diz? É que se diz que foi recomprado então é porque primeiro foi vendido.

      Eliminar
  5. Para comecar. em quaquer transferencia feita para Inglaterra o clube vendedor tem de ter obrigatoriamente os 100% do passe o que valoriza a partida qualquer fracao minoritaria porque Inglaterra e talvez o principal mercado. Ja em relacao a ultima questao facilmente chegaria-se a conclusao de que Matic teria custado 4M mas temos um pequeno problema em Inglaterra e proibido transacoes de jogadores com o passe fracionado.
    Esta e a minha pequena contribuicao com vista a desatar este no,so espero nao seja gordio.

    Carlos palma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo a tua teoria, mas repara:

      O Benfica pode ou não ter cedido 15% do passe a "alguém" depois da aquisição dos 100%? Sim pode, só não sabemos por quanto.

      Sabemos que a recompra dos 15% valeu 4M, o que avaliou há um ano o jogador em 26,7M€.

      Ora, se compraste 100% onde está a referência à venda de 15%? Se não compraste... Não faz sentido, pelos motivos que referes.

      Seja como for: quanto custou Matic e porque não se valorizou financeiramente no ultimo ano?

      Eliminar
    2. O preco dos passes nao e como os productos no supermercado mas mesmo ai temos promocoes ;) enfim o que quero dizer e que numa dinamica de oferta e procura quem tem o dinheiro e quem faz o preco ate porque a procura como ficou demostrado era reduzida, possivelmente fruto da impossibilidade de utilizar o jogador na Liga dos Campeoes.
      Isto areditando na seriedade de todos os envolvidos.

      Carlos palma.

      Eliminar
    3. Isto são apenas teorias, porque me parece que poderão faltar dados, mas como gosto de teorias também vou dar a minha.
      A) "Mais se informa que o referido acordo prevê ainda a cedência a título definitivo da totalidade dos direitos económicos e desportivos do atleta internacional Nemanja Matic." fazendo fé no comunicado, no mercado de inverno da época 2010/2011 o Benfica fica com a totalidade dos direitos económicos do jogador, portanto 100% do passe...
      B) "De referir que na renovação de contrato do atleta Matic, a cláusula de rescisão passou de 15 para 40 milhões de euros, e que a Benfica SAD adquiriu os remanescentes 15% dos direitos económicos do atleta." Ou seja, algures na época 2012/2013 o Benfica compra 15% do passe do Matic (não refere o valor o que é estranho)... Ou seja, até este momento o que podemos concluir é que se o Benfica no 1º comunicado transmitiu informação verdadeira à CMVM e realmente ficou na posse da totalidade do passe, então no periodo correspondente a estas duas acções que publicaste tem de estar presente no R&C que o Benfica cedeu 15% do passe do atleta por determinada verba... Se não constar essa cedência o que eu concluo é que o primeiro comunicado não reflecte a verdade e o Benfica fica apenas com 85% do passe que foram avaliados em 5 milhoes de euros... "Já no mês de Março de 2013, foi efectuado um novo acordo com o atleta Matic, em que se estabeleceu uma nova cláusula de rescisão de 50 milhões de euros." Na mesma época o Benfica renova o contrato ao Matic duas vezes. Optima gestão
      C) divida de 4 milhões "com a sociedade Reina BBVA relacionados com a renovação do contrato de trabalho desportivo do atleta Matic"... Em nenhum lado diz que estes 4 milhões são o pagamento pelos restantes 15% do passe, mas com base na informação que forneceste parece-me ser essa a hipotese mais plausivel... Sendo assim temos duas hipoteses... 1ª ficamos com 100% do passe do jogador quando veio do Chelsea. Algures entre esta acção e a primeira renovação o Benfica vendeu a alguem 15% dos direitos economicos do jogador e depois recompra novamente esses 15% por 4 Milhões, faltando apenas saber por quanto o Benfica vendeu esses 15% e se ficou a ganhar ou não durante esse processo de venda/recompra. 2ª hipotese na qual não quero acreditar porque implicaria que o Benfica mentiu à CMVM, o Benfica fica apenas com 85% do passe do jogador quando ele veio do Chelsea por 5 Milhões e cerca de um 2 anos depois compramos os restantes 15% do passe de um jogador que durante esses dois anos passou 1 ano e meio no banco e 6 meses como titular por 4 Milhões, o que por si só seria mais um óptimo acto de gestão.
      Conclusão: Com base nestes dados concordo com quase tudo o que disseste... Mais um negócio à Vieira, com muita falta de informação
      VR

      Eliminar
  6. Acho que a questão está em perceber se o Benfica ficou com 85% quando ele veio ou se vendeu entretanto 15% do passe a uma espécie de fundo de investimento. Só procurando por essa informação. Parece-me mais plausível a segunda opção. Só espero que essa vasculha toda em relatórios de contas não tenha servido apenas para levantar suspeitas.

    ResponderEliminar
  7. É esta falta de transparência que eu reclamava no artigo que escrevi hoje:

    http://o-guerreiro-da-luz.blogspot.pt/2014/01/o-jogo.html

    ResponderEliminar
  8. Não custou nada.... tecnicamente!!!

    O Dinheiro que custou é um dinheiro virtual.. pois o Chelsea não pagaria mais do que 25M€ pelo David Luiz, o Matic vem para nos calar.

    O Matic até podia ter sido avaliado em 20M€ na altura da venda do David Luiz.... pouca diferença fazia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entao e os 4M onde os colocas neste negocio?

      Carlos palma

      Eliminar
  9. Se a minha memória não me atraiçoa, desde que o Matic passou a ser um activo do Benfica nos R&C sempre dizia que detínhamos apenas 90% do seu passe. Achei muito estranho quando nesse referido ultimo R&C afinal já afirmam termos adquirido 15%. Foi a primeira vez que ouvi falar em 15%, ao invés dos 10% que tinha na ideia.

    Voltando atrás, as informações que tinha é que esses 10% (ou 15%?) seriam respeitantes ao prémio de assinatura dele e comissão do agente, quando chegou cá, pela primeira vez. Imaginemos que ele pediu 1M€ de prémio de assinatura, nós recusámos e demos-lhe 10% (ou 15%??) do seu passe.

    ResponderEliminar
  10. a minha teoria: o SLB fica com 100%do passe do matic, aquando da 1ªrenovação o SLB cede 15% do passe ao Matic que, por sua vez (talvez para camuflar um premio de assinatura chorudo), vende esses direitos à Reina BBVA (por valor inferior a 4M) e na 2ªrenovaçao o SLB volta a adquirir os 15% do passe pelos tais 4M. a confirmar-se isto, esta alienação funcionou como um "emprestimo" cujo (parte do) dinheiro foi usado na renovação do contrato do Matic.

    ResponderEliminar
  11. Também me parece que o que se passou foi que na(s) renovações o matic ficou com uma parte do proprio passe, e quando finalmente se subiu a cláusula a ultima vez pagou-se ao rapaz para o clube voltar a ficar com os 100%, e assim poder ser vendido para inglaterra. Sinceramente não me parece que haja grande mistério, e ao contrário do que já foi sugerido, não acho que "se isto fosse um pais sério a cmvm investigava", acho é que "não se passou nada de estranho PORQUE a cmvm investigou e não achou nada de estranho" - ou por acaso acham que só aqui é que se percebe disto, e na cmvm são todos uns nabos e deixavam passar uma coisa destas?

    ResponderEliminar
  12. Os 15% quase de certeza que foram o prémio de assinatura do Matic/empresário. Se isso mais tarde custou 4M ao Benfica é que me parece um grande abuso.

    Neste momento qualquer proposta louca que surja por um jogador é de vender logo pq mais tarde ou mais cedo todos querem sair mesmo renovando contratos um mês antes.

    ResponderEliminar
  13. Está aqui a explicação do negócio: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/benfica/matic-valorizacao-de-43-milhoes-em-apenas-dois-anos. Podem questionar muita coisa (oportunidade do negócio, valorização do atleta, preço, etc.) mas transparência não… Já chega de dizer mal por tudo e por nada.

    ResponderEliminar
  14. Isto de saber fazer contas é complicado... e errado, porque não se deve duvidar do que o presidente diz! Haja vergonha, de quem lá está e de quem não tem coragem de se assumir como alternativa válida

    ResponderEliminar
  15. Benfica by GB: ao ler o teu texto fui ficando com a nítida ideia de que Matic foi adquirido pelo mesmo valor por que foi vendido David Luiz. Foram trocados, ela por ela. A explicação está nas frases oficiais que tu reproduziste; só faltava à segunda (a que não era obrigada) quantificar em euros ou libras ou dólares de vanuatu a "totalidade dos direitos etc.". Nunca se soube exactamente quanto valia Matic nessa altura. Anunciar "vendo A por X mas adquiro a totalidade de B" pode bem equivaler a dizer: "foi ela por ela".
    (mediante um pequeno gesto pela porta das traseiras, claro... que o gajo não é parvo)
    José Simões

    ResponderEliminar
  16. matic costou 5 M , 15% do passe foram vendidos por 4 M e adquiridos por 4 meses mais tarde

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares