O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Guerrilha FCPorto: É possível acabar com isto em Portugal?

 ●  23 comentários  ● 
Já alguém parou para pensar no que se tornou esta "guerra" FCPorto / SLBenfica?

Hoje em dia, não se discute desporto entre benfiquistas e portistas. Nada mais passa entre adeptos e dirigentes destes clubes que não seja ofensas, intimidação, agressões, violência ou terror.

A norte estabeleceu-se uma teia de ligações que envolve política, justiça e desporto num triangulo que torna os mentores deste clima pessoas impunes e acima de qualquer lei e ordem.

Aparentemente, parece tudo ser possível, de forma escandalosa até como se assistiu no Apito Dourado ou nas agressões/ataques às comitivas do SLBenfica... e nada acontece. Nunca nada acontece.

O clima dentro do Estádio é de constante terror e intimidação, com circulação de armas para intimidar dirigentes, com ameaças, com bolas de golf, com alusões e ameaças à familia... tudo isto para "vergar" os adversários a um espectro de inferioridade.

Eles não se superiorizam... eles inferiorizam os demais.

Dito isto, qual será então a solução?

1. Olho por olho, dente por dente
ou
2. Mantermo-nos fieis aos nossos princípios de honra e respeito

A tentação de escolher o primeiro caminho é enorme! Fazer acompanhar sempre as comitivas do SLBenfica com gente preparada para retaliar em dobro aquilo que nos fazem pode sempre ser um caminho...

Porém, ponho-me a pensar que lidar dessa forma com uma organização criminosa organizada, implica ter uma estrutura de liderança capaz de lidar com as consequências dessas via: A retaliação feita na medida de ameaças à familia, por exemplo.

Coloca-se aqui a questão: Precisamos então de ter dirigentes "sem nada a perder na vida"? Precisamos de ter dirigentes dispostos a sacrificar a vida para enfrentar uma organização criminosa protegida pela justiça?

... ou simplesmente aceitamos que vamos fazendo o melhor possível pelo nosso clube, na expectativa de o lider dessa organização suja, corrupta, violenta e marginal um dia abandone e fiquem mais frageis, podendo voltar nessa altura o contexto de vitórias de igual para igual e com as mesmas leis?

Será fácil aceitar situações como as que fizeram ao Viega com o processos em tribunal? Será facil receber ameças de morte? Será fácil ouvir ameaças ao bem estar dos nossos filhos? Será fácil lidar com armas apontadas à cabeça?

... Ou seria muito mais fácil Portugal um dia assumir-se como país que quer mudar o conceito de país marginal e corrupto, como disse e bem José Eduardo do Santos, e procurar condenar os que impõem este tipo de leia suja e sangrenta?


Já que falamos de polítiquices, aproveito para partilhar uma posição de António Costa (Pres da CMLisboa) a propósito da crise e da forma como os portugueses são vistos como culpados da mesma... Se repararem, o problema de fundo é o mesmo: Os Lobbys que se protegem ainda que isso represente "perder o país", como tem representado na escala do desporto perder o futebol nacional: 

 “A situação a que chegámos não foi uma situação do acaso. A União Europeia financiou durante muitos anos Portugal para Portugal deixar de produzir; não foi só nas pescas, não foi só na agricultura, foi também na indústria, por ex. no têxtil. Nós fomos financiados para desmantelar o têxtil porque a Alemanha queria (a Alemanha e os outros países como a Alemanha) queriam que abríssemos os nossos mercados ao têxtil chinês basicamente porque ao abrir os mercados ao têxtil chinês eles exportavam os teares que produziam, para os chineses produzirem o têxtil que nós deixávamos de produzir. E portanto, esta ideia de que em Portugal houve aqui um conjunto de pessoas que resolveram viver dos subsídios e de não trabalhar e que viveram acima das suas possibilidades é uma mentira inaceitável. Nós orientámos os nossos investimentos públicos e privados em função das opções da União Europeia: em função dos fundos comunitários, em função dos subsídios que foram dados e em função do crédito que foi proporcionado. E portanto, houve um comportamento racional dos agentes económicos em função de uma política induzida pela União Europeia. Portanto não é aceitável agora dizer… podemos todos concluir e acho que devemos concluir que errámos, agora eu não aceito que esse erro seja um erro unilateral dos portugueses. Não, esse foi um erro do conjunto da União Europeia e a União Europeia fez essa opção porque a União Europeia entendeu que era altura de acabar com a sua própria indústria e ser simplesmente uma praça financeira. E é isso que estamos a pagar! A ideia de que os portugueses são responsáveis pela crise, porque andaram a viver acima das suas possibilidades, é um enorme embuste. Esta mentira só é ultrapassada por uma outra. A de que não há alternativa à austeridade, apresentada como um castigo justo, face a hábitos de consumo exagerados. Colossais fraudes. Nem os portugueses merecem castigo, nem a austeridade é inevitável. Quem viveu muito acima das suas possibilidades nas últimas décadas foi a classe política e os muitos que se alimentaram da enorme manjedoura que é o orçamento do estado. A administração central e local enxameou-se de milhares de "boys", criaram-se institutos inúteis, fundações fraudulentas e empresas municipais fantasma. A este regabofe juntou-se uma epidemia fatal que é a corrupção. Os exemplos sucederam-se. A Expo 98 transformou uma zona degradada numa nova cidade, gerou mais-valias urbanísticas milionárias, mas no final deu prejuízo. Foi ainda o Euro 2004, e a compra dos submarinos, com pagamento de luvas e corrupção provada, mas só na Alemanha. E foram as vigarices de Isaltino Morais, que nunca mais é preso. A que se juntam os casos de Duarte Lima, do BPN e do BPP, as parcerias público-privadas 16 e mais um rol interminável de crimes que depauperaram o erário público. Todos estes negócios e privilégios concedidos a um polvo que, com os seus tentáculos, se alimenta do dinheiro do povo têm responsáveis conhecidos. E têm como consequência os sacrifícios por que hoje passamos. Enquanto isto, os portugueses têm vivido muito abaixo do nível médio do europeu, não acima das suas possibilidades. Não devemos pois, enquanto povo, ter remorsos pelo estado das contas públicas. Devemos antes exigir a eliminação dos privilégios que nos arruínam. Há que renegociar as parcerias público--privadas, rever os juros da dívida pública, extinguir organismos... Restaure-se um mínimo de seriedade e poupar-se-ão milhões. Sem penalizar os cidadãos. Não é, assim, culpando e castigando o povo pelos erros da sua classe política que se resolve a crise. Resolve-se combatendo as suas causas, o regabofe e a corrupção. Esta sim, é a única alternativa séria à austeridade a que nos querem condenar e ao assalto fiscal que se anuncia."




23 comentários blogger

  1. porra pa’ o Antonio Costa esqueceu-se de incluir o Ex-Primeiro Ministro Socrates e o outro pobre coitado que começou o descalabro , aquele velhinho …como e’ que se chama??? Aaaaahhh acho que e’ Mario Soares…
    Mantem-te atento ao futebol e deixa-te de politiquices , o povo e’ tao culpado como aqueles por quem continua a votar.
    Tivessem os nossos dirigentes desportivos lutado com as mesmas armas desde o inicio e o corrupto do Norte estaria em solitaria ha’ muito tempo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O descalabro teve inicio no (des)governo do sr. silva. Foi o belfo do sr. silva quem encheu os bolsos dos agricultores, dos pesqueiros e dos industriais só para deixarem de produzir a soldo de uns exploradores pseudo-mandatários da UE. O PIB Tuga já está acima dos 131%, apesar de tanto "roubo" ao Zé Povinho. E a culpa é do Sócrates ou do Soares?Actualize-se..

      Eliminar
  2. Geração Benfica,

    Tens toda a razão em vir abordar este tema. Mas, há uma coisa que também devemos ter consciência: quem nos representa terá os nossos valores?

    A questão começa por aí. Só tendo gente que nos representa completamente, que vista na realidade a nossa camisola é que o combate face a eles será mais efectivo.

    Quanto ao António Costa, é muito fácil para ele agora dar numa de virgem, mas a verdade é que ele pertenceu a um dos polos de interesse para que toda essa situação em Portugal ocorresse, não fosse ele militante do partido que está e esteve no poder ao longo destas décadas de Portugal europeu.

    É verdade que lobbies existem, mas também é verdade que há muito chico-espertista que quer é acabar com um lobby para colocar lá outro...

    E é também isso que devemos ter muito cuidado com quem nos representa. Escrevo isto, porque há muitos motivos para desconfiança da nossa direcção... e como só acho que para combater o poder corrupto do Porto é preciso não ter telhados de vidro...

    Por isso é que à tempos, quando escrevi um artigo sobre a comunicação encarnada, disse que o primeiro passo do Benfica teria de ser limpar a casa:

    http://o-guerreiro-da-luz.blogspot.com/2013/10/a-comunicacao-encarnada.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que reflexão à Benfica.
      .
      -A coerência de quem nos representa, o caminho.....

      Um Glorioso abraço Campeão P P

      B T T

      Eliminar
  3. O António Costa não faz parte dessa classe política que ele tanto critica?
    Curioso...

    ResponderEliminar
  4. Não temos dirigentes com "cojones" para assumir a primeira opção, nem valores para optarem pela segunda.

    ResponderEliminar
  5. Seria um texto excelente se o autor tivesse voltado duma daquelas viagens que ainda não se fizeram a Marte!
    Como fala aqui acima o Paulo, num país que foi sendo lentamente conduzido para a fossa, o homem "esquece" que o partido a que pertence foi de longe o que mais tempo governou a manjedoura!
    E que o último expoente de negócios escuros e off-shores e quem teve que pedir ajuda à troika foi um pm do seu partido.
    E, qualquer cidadão que queira ser neutro, que olhe para a administração pública que esteja mais perto de si e veja quantos da côr do Sr Costa lá estão instalados e quantos dos outros partidos.
    Isto não invalida que no psd haja ou houve alguns artistas que quando puderam, quase ficavam com a manjedoura só para eles.
    E ainda há para aí uma classe sem rosto que tenta mandar só para os novos-ricos Angolanos todas as "despesas" da corrupção bem ao estilo do ladrão que grita "agarra que é ladrão!"
    Pondo em risco o trabalho de muitos milhares que tiveram que zarpar se querem continuar a pôr pão na mesa da família que deixaram para trás!
    E depois andamos todos escandalizados porque aquele clubezeco regional está atolado de corruptos!
    Se fossem só eles...

    ResponderEliminar
  6. porke se fala em medo de represalias a nossa familia,eles tb nao tem familia?? olho por olho, dente por dente !!!!

    ResponderEliminar
  7. olho por olho, nao ha outra forma.

    ResponderEliminar
  8. É possivel acabar com isto...até é "facil e dá milhões".
    Já o que não é possivel é ler o meu comentario por quem não está logado no facebook devido a:
    "O seu HTML não pode ser aceite: Tem de ter no máximo 4 096 caracteres"
    Ele é extenso mas nem contei os caracteres assustado com o indicador!
    Aqui vai o link para os interessados em soluções e em verdade, os interessados em má ligua é escusado comparecer.
    https://www.facebook.com/fernando.tomas.10

    Viva o Benfica!...aguenta Portugal!











    ResponderEliminar
  9. Creio que não há outro caminho que não seja o de lhes pagar na mesma moeda...e de preferência "pagar-lhes" antes de nos "pagarem" a nós!!! Infelizmente isso não acontece por dois motivos... Um deles deve-se maioritariamente ao facto de a nossa direcção estar confortável com a forma como "trabalha"! Digamos que "não vale a pensa" esforçarem-se mais para resolver este tema... O outro motivo deve-se naturalmente a um medo que se foi enraizando nas pessoas e quase lhes bloqueia o cérebro !

    Acham normal que na era das tecnologias, em que qualquer pessoa tem no bolso um equipamento que grava som e imagem, vejamos constantemente zun zun’s de que algo se passou em vários campos onde estão os azuis e nada apareça filmado? Áh e tal o presidente da AFL foi maltratado no Estoril…e imagens? Uma porcaria de uma gravação de áudio? Segundo este presidente, o mesmo esteve um jogo inteiro a ser vitima de injurias verbais mas não teve inteligência para meter a mão no bolso, sacar o telefone e mete-lo a gravar som? Não estou a duvidar que ele tenha sido mesmo vitima do que descreveu, mas obviamente que o medo lhe bloqueou o cérebro! Toda esta situação se aplica a milhentos casos que vamos vendo ser relatados (visitas do Benfica ás antas, etc)!

    Sei que a lei no Apito Dourado não foi cumprida e que foi contornada com grande “classe” mas não duvido que o facto de ter havido documentação da pouca vergonha quer se passava (já não passa????) esclareceu muita gente! Hoje toda a gente acredita quando se diz “O Bimbo da Bosta é um corrupto do pior! “. Não há duvidas! E porque? Porque está documentado e as pessoas puderam vê-lo (ouvi-lo)!

    Acho que esta seria a maior arma que se poderia ter! Imaginem o que passaria na cabeça de um daqueles estercos que ameaçam, agridem, etc etc, quando um dia acordasse de manha e estivesse no youtube um vídeo/áudio com a agressão que perpetuou na noite anterior! Muito provavelmente não o repetiria no dia seguinte…

    Entendo que as pessoas tenham medo de os confrontar pois obviamente estão a colocar em risco as suas famílias e a si próprios mas a verdade é que mesmo não o fazendo, quem anda perto deles continua sujeito a sofrimentos!

    Há benfiquistas em todos os cantos, é assim tão difícil que surjam diversos pontos de informação das mais variadas ordens sobre a vida daquela “gente”?

    Se eles se juntam num restuarante para cozinhar um jogo, não haverá um empregado benfiquista? Não haverá um benfiquista á porta que os veja a entrar? Se vão a um hotel, não é igual?

    Deixo aqui a indicação de que, caso alguém tenha em sua posse este tipo de informação, que me contacte pois terei todo o gosto em publicitá-lo no meu blog!

    Carrega Benfica!

    ResponderEliminar
  10. Óptimo post. A minha posição é clara: não podemos ser iguais a eles. Não podemos permitir cenas como a da sopa. DA nossa autoridade moral cai pela base quando episódios desses acontecem. Agora temos que ter outra voz, outro peso nas instituições, coisas que só com coerência no discurso e palavras se alcança. Enfim, são várias questões que não é possível resumir em meia dúzia de palavras. Quanto à citação do António Costa, concordo em absoluto com a substância mas tenho mesmo muitas dúvidas de que tenha sido proferida por ele. Não duvidando da tua seriedade, não haverá aí um equívoco?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O único equívoco que eu vejo é que continuas a engolir a sopa que os nojos do norte te enfiaram pela goela abaixo. A história está mal contada! Chega!


      Eliminar
  11. Na minha opinião a única forma de isto terminar é com uma REVOLTA BENFIQUISTA, porque a justiça á muitos anos que é Azul no Futebol. Gosto muito do meu país, mas é uma vergonha enorme ver este a ser destruído por pessoas gananciosas e pela corrupção em todos os níveis e vertentes.

    ResponderEliminar
  12. se o benfica ganhar dentro de campo é um bom principio para os ordinarios baixarem a bola , ate la , vamos ter de levar com eles , outra boa ideia era no benfica deixarem de ser conas e começarem a portarem se como homens .

    ResponderEliminar
  13. O que é que se pode esperar? Corruptos uma vez...

    Aproveito para deixar o link do meu blog de cinema de terror:
    http://universo-do-cinema-de-terror.webnode.com/<a

    ResponderEliminar
  14. http://universo-do-cinema-de-terror.webnode.com//
    É este o link, desculpem.

    ResponderEliminar
  15. Não defendo processos iguais aos do FCP.
    Mas defendo que chega de sermos anjinhos e de esperar pela justiça.

    Podemos todos fazer muito mais, com pressão e hostilidade. Com a força da nossa presença defendendo os nossos e marcando a nossa posição.

    Como? Estando em massa junto da equipa quando vai ao norte, seja onde for. No hotel, no estágio, na chegada ao estádio.
    Tendo alguém que use de forma correcta a força popular que são os benfiquistas.
    Não temos que atacar ninguém mas temos o direito de defender os benfiquistas, os atletas e os dirigentes das pedradas e dos ataques.

    Quem deveria estar na linha da frente nessa luta? O presidente do clube.
    E aí está o primeira problema. LFV é tudo menos um facto de união dos benfiquistas. E mantém laços bem próximos com essa canalha, como se tem visto com Fernando Gomes.

    Esse cenário de um 'povo' benfiquista em torno do clube e das suas equipas só será possível com outro presidente.
    Este está demasiado preocupado com negociatas para ser esse elemento agregador.

    Se houvesse alguma figura em contrapeso que tomasse esse lugar agregador, a coisa teria pernas para andar. A questão é que falta uma figura dessas que se assuma como alternativa a LFV. Os que o poderiam ser ou são cobardes ou estão a seguir o caminho mais fácil que é o de esperar pelo 'cair de maduro' de LFV.

    Perde o Benfica acima de tudo e ganham PC que continua apenas com uma ou outra figuras menores que lhe batam o pé.

    ResponderEliminar
  16. No dia que joga o Benfica nem um post sobre o jogo... Preferem falar dos outros que falar do glorioso. Tenham vergonha, fdx.

    ResponderEliminar
  17. Luiz - Portista23 outubro, 2013 17:46

    Boa tarde,

    Claro que existem "atrasados mentais" violentos em todos os clubes...ou os NN e Diabos não foram presos por terem DENTRO das instalações do clube material que o justificou (não estou a dizer que a direcção sabia)...Nao foram esses mesmo que agrediram jogadores, queimaram camionetas e tb apedrejaram carros e adeptos? Foram...
    Tal como no Dragão esses "santinhos" vermelhos deveriam ser simplesmente expulso e proibidos de irem ao futebol apoiar a "sua" equipa... que por serem uma minoria apenas mancham a imagem do Clube!

    Quanto à grande maioria, posso dizer que ontem no Dragao, ao minuto 85 varios russos (nem me tinha aprecebido que havia tantos espalhados por varias zonas junto ao meu lugar) se levantaram a festejarem o golo e NADA se passou, absolutamente nada! Celebraram, gritaram , abraçaram-se e passado um pouco sentaram-se a ver o final do jogo... Não houve uma boca, uma ameaça ou qq comportamento que os fizesse sentir incomodos...

    Tenho a certeza que esse é o comportamento da quase totalidade dos adetos de todos os clubes... o mal são os tais "atrasados mentais", que estragam o ambiente e deveriams er irradicados!

    Atenção que nao confundo violencia com faltas de respeito ( e o slb no caso do apagão e da rega esteve muito mal...e isso é algo que nunca poderão apagar da historia do benfica - triste direção que deu o aval a esse comportamento)

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  18. certo dia alguém disse isto:

    Nós não falamos para dizer alguma coisa, mas para obter um certo efeito.
    Não importa se os nossos métodos são bons ou maus, mas se funcionam ou não. A questão não é o meio, é o fim.
    A propaganda jamais apela à razão, mas sempre à emoção e ao instinto.
    Uma Mentira contada mil vezes, torna-se uma verdade.

    já agora um excelente blog sobre quem nos tem (des)governado ao longo destes anos:

    http://apodrecetuga.blogspot.pt/p/dos-crimes-de-corrupcao.html

    saudações.

    ResponderEliminar
  19. Tenho que confessar que não li no texto, apenas o início. Mas infelizmente eu sei bem o que é pois vivo "no meio deles". A intoxicação é de tal ordem que vemos putos e pu .... beres (púberes) a destilar ódio sobre o Benfica. Até conhecem a palavra Calabote (claro, não a história verdadeira). Os infantis são PROIBIDOS de falar com os colegas do Benfica, transformados por eles em inimigos! Mas as "autoridades" têm muita culpa ao não minimizar isto. E tanto se teria a falar sobre isto!

    ResponderEliminar
  20. A questão passa por nós adeptos de FUTEBOL. Enquanto a nossa atitude, seja nos estádio, seja aqui atrás de um monitor for de radical no lugar de moderado, de ódio aos rivais no lugar de amor ao nosso próprio clube vai continuar tudo igual com tendência a piorar porque as pessoas no poder assim se querem manter e vão adoptar a postura que acham que os adeptos mais fervorossos e apaixonados esperam deles. Cabe a nós adeptos e principalmente aos que têm voz activa, como vocês bloguer de espaços de influência zelar primeiro pelos valores do clube e depois também pelo humanismo! Porque não há nenhum clube em Portugal ou outro lugar que tenham como lema o ódio! Todos assentam principalmente em valores humanistas que infelizmente estão em desuso na nossa sociedade e por arrasto no futebol. A mim, como adepto e pai preocupa-me que para explicar futebol ao meu filho tenha que abordar temas muito para além do futebol e falar em coisas que para uma criança não fazem muito sentido estar ligadas á coisa que ele mais gosta que é pegar numa bola e ir lá para fora jogar.. mas isto sou eu que devo certamente estar errado... porque mantenho a TV desligada a maior parte do tempo para não ser intoxicado pelo lixo em que xafurda.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking