O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 26 de outubro de 2013

A Nova Luz.

Avatar
 ●  34 comentários  ● 



O antigo Estádio da Luz marcou todos os benfiquistas que tiveram o privilégio de entrar lá.

Vê-lo desaparecer, ver desaparecer toda aquela envolvência, aquele recinto impregnado de história e glória, erguido pelo amor dos benfiquistas pelo seu clube, foi como perder algo de nós. 

Apesar disso, vi a construção do novo estádio como uma oportunidade de ouro de modernização do clube, de se poder dotar a complexo da Luz de novas estruturas que pudessem originar receitas permanentes e crescentes para os resultados financeiros do Benfica e também para proporcionar aos adeptos condições de conforto inéditas.

A nova Luz, por dentro, é de facto um estádio lindo. Imponente. Com um ambiente fantástico para o Benfica, quando cheio, e atemorizante para os adversários em iguais condições.
Uma aposta ganha, nesse aspecto.

O complexo da Luz nem tanto. Foi criada uma área comercial, mas onde falta a diversidade de espaços como oferecia a antiga Luz.

O complexo da Luz ainda não oferece aos benfiquistas as condições ideais para a convivência diária. É algo a melhorar. A criação de mais espaços gastronómicos, por exemplo, ao alcance da bolsa do português médio, é essencial para que mais gente se desloque à Luz durante a semana como acontecia no passado.
A Catedral da Cerveja já foi um desses locais. Hoje continua a ser, e com qualidade, mas fora do alcance de muitas bolsas.

Também a 'beleza' do betão, embora impressionante, poderia ser melhor composta para que pelo menos em noites de jogo, luzes e côr dessem outro brilho ao Estádio da Luz.
Têm havido várias propostas neste sentido e espero que algumas delas possam ter bom acolhimento naqueles que decidem. Certamente os patrocínios associados a essas propostas cobrirão o investimento inicial.

O Museu do Benfica, embora com um custo exorbitante(13M), contribuirá decerto para que o complexo da Luz possa ter mais diversidade de actividades e continuar a ser um local de 'peregrinação' diária. 

A Nova Luz, a Catedral, é um motivo de orgulho para todos os benfiquistas.

Manuel Vilarinho, Mário Dias e Vítor Santos merecem todo o reconhecimento por essa obra marcante.

34 comentários blogger

  1. Mas então a Catedral não se deve ao LFV?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O lançamento da obra e sua idealização, que é o que destaco, não. Foi o Vítor Santos quem o convidou e o apresentou ao Vilarinho.
      Resolveu os imbróglios com as tranches posteriores, mas também foi ele que os arranjou.

      Eliminar
  2. É isso que aparece na propaganda do presidente.

    ResponderEliminar
  3. Sei o que digo, pois era diretor bancário na altura, que sem o aval pessoal de Luis Filipe Vieira , o crédito de dois dos bancos consórcios do investimento não era libertado . Portanto vamos ser verdadeiros. Foi peça importante na construção do Estadio da Luz.
    Carlos Moura - sócio 6.814

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Moura, não mistures as coisas. O financiamento que foi libertado por aval de LFV foi já com as obras em andamento e por ele próprio ter gerido muito mal os pagamentos à construtora, o que motivou o impasse da altura.

      Eliminar
  4. O aspeto exterior do Estádio da Luz, podia, também a meu ver, melhorar muito. Para além dos arranjos luminosos, por que não mobilizar artistas benfiquistas para pintarem o betão, à semelhança do que foi feito no túnel de aceso? Se a direção fizesse um apelo nesse sentido, fornecendo os materiais, dando algumas compensações, teria muita gente a querer colaborar, estou convencido.
    Manuel Vilarinho, Mário Dias e Vítor Santos merecem todo o reconhecimento pela obra com que brindaram o orgulho dos benfiquistas e a inveja dos inimigos. Mas é injusto que não lhes associemos LFV. Obrigado a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu falo do projecto, da visão de futuro. Não falo de LFV pois a sua intervenção foi a nível financeiro, durante a obra, e por erros próprios. Guerras entre construtores civis, digamos assim.

      Eliminar
  5. Que não gostes do LFV ou da sua gestão é uma coisa. Que expresses reconhecimento pelo erguer da nova Luz apenas a MV, MD e VS, deixando (ostensivamente) o nome de LFV de fora é incompreensível. Se tens dúvidas acerca do relevo do papel de LFV no desenvolvimento do novo estádio, vai perguntar ao Diogo Vaz Guedes se, sem a ação de LFV, teria existido nova Luz.

    RFD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se perguntasses ao Diogo naquela altura sobre LFV, verias o que ele te diria. Eu além de memória, não os conheço de hoje, meu caro.

      Eliminar
    2. Agora aparecem os revisionistas. A história já foi contada mil vezes por quem a viveu.
      Não conheces o Vaz Guedes mas eu conheço. Já fui seu vizinho durante vários anos.

      Eliminar
    3. A minha resposta é para o Shadows e não para o RFD.

      Eliminar
    4. Não conheço? Sabes lá tu quem eu conheço, caro anónimo. Revisionistas da história são aqueles que querem dar a LFV méritos que não tem. Eu não aprecio paraquedistas.

      Eliminar
  6. "A criação de mais espaços gastronómicos, por exemplo, ao alcance da bolsa do português médio, é essencial para que mais gente se desloque à Luz durante a semana como acontecia no passado." - Creio que a proximidade do Colombo dificulta bastante este aspecto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão. Mas não me refiro a Mac's ou coisas desse género. Refiro-me a mais 2 ou 3 restaurantes de cozinha portuguesa, que bem promovidos e com oferta do estacionamento, poderiam trazer mais vida de forma regular. Como acontecia no estádio antigo.

      Eliminar
  7. Dá vontade de rir. Vítor Santos? O ódio ao atual presidente é tanto que até vos cega. Então a história contada pelos intervenientes, nomeadamente o Mário Dias, quando à saída de um reunião de direção, o próprio até diz que vinha quase a chorar, e então se cruzou com LFV e este ao ficar a saber do que se tinha passado, incentivou-o/demoveu-o a continuar(almoço no Barbas) e no dia seguinte o LFV reuniu-se com o presidente do BES? Será que foi o Vítor Santos?
    Enfim, tanto ódio, tanto ódio....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José, acreditas no que queres. Mas confesso-te que nem quando era miúdo gostava de histórias da carochinha.

      Eliminar
    2. Mas então há uma reunião importante sobre o estádio e o LFV não é chamado? O BC não precisou de dar avales para os bancos baixarem a bolinha. E o SCP não se compara ao SLB.

      Eliminar
    3. Propaganda, caro Ramalhete.

      Eliminar
    4. Pois, enfim, chama-lhe o que quiseres, mas foi o Mário Dias em pessoa que a contou. E a reunião com Salgado do BES foi o Manuel Vilarinho ainda esta semana. Factos são factos.

      Eliminar
  8. Gosto e costumo seguir os V. posts e comentários neste blog. Mas devo reconhecer que, por vezes, as questões de ordem pessoal tendem para uma cegueira difícil de descrever e aceitar! Referir os nomes das pessoas e dirigentes que estiveram na base da construção do novo estádio e omitir o nome de Luís Filipe Vieira dessa mesma lista é algo que demonstra a falta de imparcialidade, de justiça e de isenção! Este presidente terá muitos defeitos mas continua a ser o presidente eleito, apesar da ausência de resultados desportivos condizentes com a grandeza e prestígio do clube, precisamente porque é reconhecido nele e no seu trabalho, um conjunto de "obras" que engrandeceram o património dos benfiquistas e que pareciam impossíveis de realizar e alcançar. O Estádio da Luz só foi possível pela vontade e persistência de Mario Dias e Luís Filipe Vieira, esconder ou omitir isto é algo demasiado baixo e dispensável de qualificar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, acreditas nisso e fazes tu muito bem porque isso te faz feliz.
      Já a mim não me peças para acreditar em propaganda jornalística, ok? É que uma coisa é ler sobre alguns assuntos. Outra é ter vivido os mesmos. Ok?

      Eliminar
  9. Já que o Manuel Vilarinho e Mário Dias (esses sim os verdadeiros mentores do estádio) merecem o reconhecimento, porque não ao Vieira, esse sim o autoproclamado deus do Benfica e o único autor do estádio, segundo o mesmo) ? Só come a propaganda do Vieira quem quer....além de ser claramente uma manobra para distrair os adeptos cegos do lodo em que caiu o Benfica !

    RG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na carta aos sócios sobre o 10º aniversário chega a agradecer ao Vilarinho o apoio que lhe deu na obra do Estádio. Inverte completamente os papéis.

      Eliminar
  10. Não esquecer um facto importante. Vieira teve mérito na construcção do novo Estadio mas tem sobretudo deméritos!

    Em 2007 foi-nos garantido que o estadio estaria pago em 2013.

    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/benfica_paga_estadio_da_luz_ate_2013.html

    Entretanto, não apenas o Estadio deixou o clube e passou para a SAD, como no Relatorio e Contas, mas como o pagamento do Estadio apenas estarà completo, segundo o Relatorio e Contas 2011-2012, em 2023.

    Deve ser porque o Vieira é um excelente gestor que deixàmos de poder pagar o Estadio em 10 anos, para passer a ser 20 anos. As contas estão muito boas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será porque ele retirou o aval de que tanto se gaba?

      Eliminar
    2. Mas isso deve ser por causa do investimento necessário que levou à conquista de sucessivos campeonatos, quebrando a hegemonia dos corruptos, relegando-os para o lugar de "outsider" na luta pelos lugares de apuramento para a Europa e financeiramente falidos.

      Eliminar
  11. "Entretanto, não apenas o Estadio deixou o clube e passou para a SAD, mas como o pagamento do Estadio apenas estarà completo, segundo o Relatorio e Contas 2011-2012, em 2023."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter-se-ão feito outras prioridades? Investir na equipa?

      Eliminar
    2. Pagar o sítio onde 'vives' não é prioritário, Anónimo? Essa é boa.

      Eliminar
    3. Oh anonimo, é isso é suposto ser um argumento em defesa do Vieira? é que se foi por isso que o Estadio não foi pago no tempo previsto mais valia terem ficado quietos : estaria o Estadio pago e apenas se perderiam duas ou três Taças da Liga.

      Não sejas anti-Vieira, anonimo. União é precisa!!!!

      Eliminar
  12. Boa tarde.

    Julgo que também seria pertinente, para abrir os olhos a muitos benfiquistas e apaixonados do futebol em geral, uma vez que todos os grandes clubes em Portugal padecem do mesmo desvario, crónico e insustentável, falar as contas do Benfica.

    Como se passa, em 10 anos, de uma dívida de 80 milhões de euros, para mais de 400 milhões de euros?
    Como se faz um empréstimo obrigacionista de 80 milhões de euros, sendo que o próximo será maior, uma vez que irá pagar os 80 milhões iniciais + juros de 7,25% ao ano? De quanto será o próximo? 110 milhões de euros?
    Como um clube que chega longe na Liga dos Campeões e na Liga Europa, apresenta prejuízos? Para não falar nos anos em que faz má figura, como será este ano o caso...
    Como em 10 anos no novo estádio, o Benfica tenho sido campeão apenas 2 vezes campeão nacional e tenha ganho 1 Taça de Portugal?
    Como é possível sustentar cerca de 100 jogadores profissionais, quando no plantel estão apenas 28?
    Como se paga os salários a dezenas de jogadores, nacionais e estrangeiros, que estão emprestados, muitas deles, sem fazer um jogo oficial pele Benfica?

    Sendo os clubes atualmente autênticas empresas, haverá alguma empresa assim gerida?
    Os fanáticos do Vieirismo responderão de imediato com a venda de ativos, em que o clube consegue fazer entre 25 e 40 milhões de euros por ano, certo, mas qual a % desse valor que chega efetivamente aos cofres do clube? 60%? 50%?

    Quem escreve, é um ex-sócio e ex-espectador do Estádio da Luz, que não dá o seu dinheiro para desvarios, mentiras e gestões sem raciocínio. Já basta os políticos…

    ResponderEliminar
  13. Boa tarde.

    Julgo que também seria pertinente, para abrir os olhos a muitos benfiquistas e apaixonados do futebol em geral, uma vez que todos os grandes clubes em Portugal padecem do mesmo desvario, crónico e insustentável, falar as contas do Benfica.

    Como se passa, em 10 anos, de uma dívida de 80 milhões de euros, para mais de 400 milhões de euros?
    Como se faz um empréstimo obrigacionista de 80 milhões de euros, sendo que o próximo será maior, uma vez que irá pagar os 80 milhões iniciais + juros de 7,25% ao ano? De quanto será o próximo? 110 milhões de euros?
    Como um clube que chega longe na Liga dos Campeões e na Liga Europa, apresenta prejuízos? Para não falar nos anos em que faz má figura, como será este ano o caso...
    Como em 10 anos no novo estádio, o Benfica tenho sido campeão apenas 2 vezes campeão nacional e tenha ganho 1 Taça de Portugal?
    Como é possível sustentar cerca de 100 jogadores profissionais, quando no plantel estão apenas 28?
    Como se paga os salários a dezenas de jogadores, nacionais e estrangeiros, que estão emprestados, muitas deles, sem fazer um jogo oficial pele Benfica?

    Sendo os clubes atualmente autênticas empresas, haverá alguma empresa assim gerida?
    Os fanáticos do Vieirismo responderão de imediato com a venda de ativos, em que o clube consegue fazer entre 25 e 40 milhões de euros por ano, certo, mas qual a % desse valor que chega efetivamente aos cofres do clube? 60%? 50%?

    Quem escreve, é um ex-sócio e ex-espectador do Estádio da Luz, que não dá o seu dinheiro para desvarios, mentiras e gestões sem raciocínio. Já basta os políticos…

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking