O labiríntico mundo dos donos dos jogadores.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 6 de março de 2013

O labiríntico mundo dos donos dos jogadores.

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 
Notícia de 06/03/2013: "A venda da totalidade do passe de dois jogadores do Benfica B - o avançado João Mário Fernandes e o médio Luciano Teixeira, ambos de 19 anos - passou despercebida em Portugal.


A referência à "alienação em dezembro de 2012 de 100% dos direitos económicos" dos dois atletas, incluída na página 47 do recente Relatório e Contas (1º Semestre 2012/13) da Benfica SAD, no entanto, despertou a curiosidade de vários órgãos da comunicação social inglesa.

Segundo aquele documento, o adquirente - por Meuro 0,5 (ou 250 mil euros por cada jogador) - foi a sociedade britânica Robi Plus Limited, com sede em Londres. "O Benfica vendeu os direitos de dois adolescentes oriundos de um dos países mais pobres de África [Guiné-Bissau] a uma empresa britânica", lê-se num despacho da agência financeira Bloomberg, posteriormente retomado por vários jornais ingleses.


"Vendas deste tipo são proibidas pela Premier League e pela Ligue 1 francesa. Grande parte destes negócios é nublosa e pouco transparente e trata os jogadores como mercadorias, com os jovens atletas africanos e sul-americanos a serem particularmente vulneráveis a pressões", acrescenta. 

Contactado pela agência, o Benfica não fez qualquer comentário. O proprietário da Robi Plus, Maurizio Delmenico, afirmou, por sua vez, não estar em condições de acrescentar qualquer nota relativamente à operação. Esta sociedade, recorde-se, detém igualmente 10% dos passes dos jogadores do FC Porto Eliaquim Mangala e Steven Defour."  - O Jogo.

Notícia de 31/01/2012: "European soccer ruling body UEFA is asking U.K. authorities to investigate two so-called letterbox companies that helped Porto (FCP) fund a player transfer.

For Gool Co. and Pearl Design Holding Ltd. provided finance for the two-time European champion to sign Brazilian striker Walter da Silva for 6.2 million euros ($8.1 million) in 2010, according to Porto’s latest quarterly statement.

UEFA officials said this increases the risk of money laundering because it’s unclear who owns the letterbox companies, which have mailing addresses in the U.K. and seemingly nothing else.

Rochdale-based For Gool provided a 2 million-euro loan for Porto to sign Da Silva from Uruguay’s Club Atletico Rentistas and London-based Pearl Design bought 25 percent of the 22-year- old’s future transfer rights for 2.1 million euros, according to the Porto statement. Porto spokesman Rui Cerqueira didn’t return two e-mails and two telephone calls seeking comment.

Mark Quirk, a co-owner of For Gool’s parent company Kirkdelta Ltd., didn’t respond to letters sent to three business addresses on Jan. 11. Mario Queiroz, the only listed shareholder of Pearl Design, didn’t respond to an e-mail.

U.K. law allows small businesses to “completely hide” from view what they’re doing, said Richard Murphy, director of Norfolk, England-based Tax Research LLP and co-author of 2009 book “Tax Havens: How Globalization Really Works,” which describes how some companies conceal financial transactions.

Another U.K. company, Robi Plus Ltd., owns 10 percent of the transfer rights of two Porto players, Eliaquim Mangala and Steven Defour, the team said in a Dec. 27 statement.
Robi Plus is a so-called bearer share company whose director is Maurizio Delmenico, according to Companies House filings. The holder of the share certificate of a bearer-share company is the recognized owner. It’s a way of shielding the ownership structure, Murphy said.

Delmenico, a player agent and tax adviser, said by telephone from his office in Lugano,Switzerland, that the company is his own and he set it up in the U.K. because some of its affairs, including brokering player trades, are based there.

Stock market-listed Porto reported a profit in each of the past five fiscal years, partly by trading players it developed to bigger clubs. It had net income of 534,000 euros on sales of 89.8 million euros in the year ended June 30, according to a financial statement.

Letterbox companies raise the possibility of a conflict of interest, according to Andrea Traverso, UEFA’s head of club licensing. Traverso oversees so-called financial fair play rules that UEFA is introducing to stop clubs from overspending and also to increase transfer-market transparency.

Who is actually controlling these players?” Traverso said. “Is it the club or the companies? It would be very interesting to know.
” - in Bloomberg.




23 comentários blogger

  1. E apergunta mantém-se: quem pode acreditar qd se diz que os empresários ñ ditam regras no SLB??
    A vinda de guineenses para o SLB sempre fez uma certa espécie... Como aparece Norton a treinar os B's? E porquê? E Guiné?? Que potência representa esse país para vir de lá tanto jogador?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas selecções e clubes os empresários cada vez mais mandam e desmandam. Os fundos apenas lhes colocaram uma máscara. Podem mandar sem dar a cara. O que ainda é mais preocupante.

      Eliminar
  2. Bom post! Realmente tinha passado despercebido.
    Este mundo dos fundos e raio que os parta tem de acabar. É só negócios obscuros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Eu dei hoje com a notícia e preocupa-me que também o Benfica, apesar das receitas enormes com vendas, esteja envolvida com as mesmas entidades que também financiam compras do FC Porto. Preocupa-me muito.

      Eliminar
  3. Estes fundos e empresários e todos os sanguessugas do futebol só estragam este desporto. Não os gosto de ver associados ao Benfica :/

    ResponderEliminar
  4. Vítor Pereira: «Engana-se quem pensar que o título já está atribuído» (Desporto)

    Depois do empate a zero em Alvalade na última jornada,
    que comprometeu o primeiro lugar do campeonato nacional,
    o treinador do FC Porto prometeu luta ao Benfica,
    líder com mais dois pontos.

    Vítor Pereira: «Engana-se quem pensar que o título já está atribuído»

    ORA QUE NOVIDADE
    HÁ 30 ANOS QUE ESTAMOS CARECAS DE SABER

    SE NÃO FOSSEM OS APINTADORES
    ESTE JÁ ESTAVA QUASE ENTREGUE

    2 PONTOS GAMADOS CONTRA O BRAGA
    2 PONTOS GAMADOS EM COIMBRA
    E OS PONTOS QUE TERIAM PERDIDO COM AS MÃOS
    DO ALEX SANDRO

    JÁ ESTARIAM A DEZ PONTOS 10

    SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER

    ResponderEliminar
  5. Acerca dos passes do Defour e do Mangala, não era a Doyen Sports que tinha comprado parte dos direitos desportivos destes jogadores...

    " Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD comunica a venda de 33,33% dos direitos económicos do defesa central, Eliquim Mangala, e de um parte igual dos direitos económicos do belga Steven Defour."

    Não achas que estas noticias já estão desactualizadas ?

    Se é para transversalmente tentares atingir o responsável principal pelas contratações dos dois jogadores guineenses, acho que desta vez erraste o alvo, e só dás azo a que alguns benfiquistas aziados que tem andado bem escondidinhos, "porque a propalada quebra no mês de Fevereiro já era" tenham oportunidade de vir largar uns pingos de veneno para cima dos seus ódios de estimação ...


    A silly season ainda vai demorar um bocado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desactualizadas? O último R&C dá conta da venda da totalidade dos passes do Luciano e do João Mário a uma empresa obscura. Queres mais actual do que isto?

      Eliminar
    2. M.Silva, o MC não gosta de debater nem analisar. Lembra-me o eco. É sempre a voz de alguém.

      Eliminar
    3. " MC não gosta de debater nem analisar. Lembra-me o eco. É sempre a voz de alguém."...

      Estás enganado, eu gosto de debater e de analisar, só não estou habituado é a participar nos "Muppet Show " principalmente quando do outro lado está alguém que tem princípios muito pouco ortodoxos !

      Eliminar
  6. ... " European Soccer Ruling Body Asks U.K. to Probe Funding of Porto Purchases
    By Alex Duff & Tariq Panja - Jan 31, 2012 10:35 AM GMT+0000 " ...

    Bem que eu tinha razão .... 15 meses depois ? ? ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MC, fico convencido de que não só não sabes ler, como não pretendes debater nada.

      Mas mesmo assim eu explico-te: se leres COM OS OLHOS ABERTOS, verificarás que no início do artigo que transcrevo está lá a DATA DE PUBLICAÇÃO NO BLOOMBERG!

      Satisfeito? Sabes o que é enquadrar o que se está a escrever com situações idênticas anteriores?
      Volta quando quiseres participar numa salutar discussão sobre os temas. Se é para vires apenas fazer esta figura, fica calado.

      Eliminar
    2. Tu cantas bem, mas é de ouvido, tentaste enfiar essa história dos míudos da equipa B mas mexer com outros casos, e resolveste enquadrar situações que não tinham rigorosamente nada a ver uma com a outra e ainda por cima com um ano de atraso.
      E como fico a saber que não gostas de Agentes, como é que sugeres que se contratem jogadores... por ajuste direto ???

      "Se é para vires apenas fazer esta figura, fica calado."

      Já não é a primeira nem a segunda vez que vens com essa conversa para cima de mim!
      Será que eu tenho que te pedir autorização para comentar, ou será que os meus comentários tem ser concordantes com os teus ?

      Que eu saiba o NGB ainda não é uma oligarquia.. penso eu de que.

      O Rui Gomes da Silva, é que tem razão quando respondeu ao
      burgesso do SCP ...

      Eliminar
    3. Além de não saberes ler, parece que queres tapar alguma coisa.
      Se reparaste, o que duvido, existe um link para uma notícia de agora também no Bloomberg acerca deste tema.
      E resolvi trazer a notícia do ano passado pois a empresa envolvida é a mesma.
      Se para ti não interessa, a mim interessa.
      Nada tenho contra agentes, mas sim contra agentes que não conheço e que se refugiam na legislação de outro país, e também fazem negócios com os corruptos.
      Percebeste agora ou continuas a fingir que não entendes?

      E virei as vezes que forem precisas. com a mesma conversa, enquanto insistires em vir para aqui fazer dos outros de parvos.
      O que o NGB é ou não é não te diz respeito.


      Eliminar
  7. Tanta parra e tão pouca uva.

    O relatorio e contas foi apresentado à CMVM, a entidade que aprova ou não as contas dos clubes. Portanto...

    é de bom senso não dar saída a quem faz da especulação um meio ou tentativa, para atingir objectivos que não têm coragem para, abertamente, apontarem.

    Mais estranho é, em certos meios benfiquistas, colocarem a jeito estas tentativas tenebrosas para embaciar a imagem do Glorioso.

    xico caçador

    ResponderEliminar
  8. Uma questão apenas:

    Acham que a verba envolvida no negocio dos jogadores em causa justificaria um negocio mais ou menos obscuro que pudesse manchar a credibilidade do Glorioso e seus dirigentes?

    Seria caso para dizer, um tostão não dá para comprar um pão.
    Entretanto grandes negociatas de milhões são omitidas em abono dos abutres, como a Filó ex-mulher de PC (duas vezes) afirmou ter conhecimento.


    xico caçador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xico, em teoria tens razão. Mas devolvo-te a pergunta com outra: o Benfica gastou 250 mil euros num protocolo com o Varzim que nada trouxe de lucro ou vantagem ao clube. Pelo contrário, tinha opção sobre jogadores, um deles o Neto, que até internacional já é.
      O protocolo/cooperação acabou. Para que serviu?

      Como vês as coisas não são assim tão claras.

      Eliminar
  9. Carlos Pereira06 março, 2013 20:36

    A "estória" dos 250 mil euros ao Varzim, foi simplesmente para ajudar o clube. Se é contra esta ajuda tudo bem. Cada um tem a sua opinião. Eu, por exemplo, gostei que o Benfica tivesse dado aquela ajuda ao Varzim, pois só com estas "operações de charme" é que conseguiremos quebrar o domínio do FC Porko em Portugal. Começando pelos clubes a quem o polvo estende os tentáculos.

    Mas entrando no assunto do post, acho de muito mau tom encavalitarem-se notícias, como dizem os Ingleses, 'just for the sake of the argument'.

    O Benfica alienou os passes dos jogadores a esse tal fundo. É contra isso? Tudo bem. Cada um acha o que deve achar mas não confunda (ainda) mais os benfiquistas (já confundidos o suficiente pela CS).

    Também sabemos que o caro Shadows prima por nunca desistir ('never give up, never surrender') de elencar os vários problemas da "governação" de LFV. Mas uma coisa lhe digo. Uma coisa que aprendi com os anos de Benfiquismo e com vários Benfiquistas (que sempre me souberam dar uma lição de humanidade), há o defender um clube e o ser contra uma figura.

    Eu sou daqueles que defende o clube até ao fim. Porque não é uma figura como LFV que me vai transviar os pensamentos em relação ao amor de uma vida, como é o Benfica.

    É bom às vezes reflectir antes de falar ou escrever. E esta última passagem não tem tom moral, antes que pense isso, é apenas um desabafo. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos,

      Percebo o seu ponto de vista. Eu não concordo com esse tipo de ajudas porque, na minha opinião, é trilhar um caminho parecido com o que o FCP trilhou. Dar dinheiro em troca de apoio.

      Nada tenho contra fundos de investimento em que possamos perceber de onde vem o dinheiro. E neste caso, além da notícia de agora do Bloomberg, a que pode aceder pelo link, resolvi transcrever a outra do ano passado pois trata-se de um artigo que enquadra a actuação muito nebulosa de alguns fundos, e no qual vem mencionado este que agora adquire estes jogadores.

      É o mesmo que também fez negócios recentes com o FC Porto. E incomoda-me que nos financiemos nos mesmos lugares que os corruptos, não sendo esses fundos claros na sua origem. Não é por acaso que estão todos sediados no Reino Unido.

      Dizem alguns que o dinheiro não tem cor clubística. Não tem mesmo. Mas não gosto de ver o nome do Benfica no meio destes negócios.

      Eu sou acima de tudo é do Benfica, Carlos.
      LFV tem feito muitas coisas boas a favor do clube, sem qualquer dúvida.
      Mas a falta de transparência em algumas situações e a falta de vontade em as esclarecer é que fazem surgir as dúvidas.

      Abraço!

      Eliminar
  10. If you wish for to grow your familiarity just keep visiting this web page and be updated with the
    newest news posted here.

    Have a look at my web-site chaturbate tokens hack mac

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares