A opção sobre os direitos televisivos do Benfica vista em Espanha.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 27 de março de 2013

A opção sobre os direitos televisivos do Benfica vista em Espanha.

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 

"El Benfica ha decidido romper el mercado en Portugal. El conjunto de las 'Águilas' ha anunciado que la próxima temporada será el encargado de explotar los derechos televisivos de sus partidos a través de su propio canal, evitando que ninguna otra cadena pueda retransmitir sus encuentros. De esta manera, el conjunto portugués ha abierto una nueva vía para reinventarse y no morir en la eterna lucha por los ingresos televisivos.

El combinado luso ha decidido controlar de manera independiente los derechos de retransmisión de sus partidos. Con esta maniobra, el Benfica ha abierto de par en par una alternativa a los modelos televisivos establecidos en Europa. Ya no habrá ni negociación conjunta ni individual por vender los derechos a un canal de televisión que se encargue de explotarlos, sino que será el propio club el que los gestionea través de su canal.

De esta manera, Benfica TV será la encargada de retransmitir todos los partidos del conjunto luso a partir de la próxima temporada, a cambio de una cuota que se puede pagar por la temporada completa o a través de micropagos por partido. El club portugués ha rechazado una oferta de 20 millones de euros por vender sus derechos a la televisión lusa, al considerar que si se encarga el propio club de gestionar sus encuentros, los ingresos puedan ser mayores.

Con esta maniobra, el Benfica abre una vía nunca antes explorada por un club de fútbol. Primero, Benfica TV se convertirá en un canal de pago para, a continuación, dar lugar a que todo aquel seguidor del club que quiere ver el partido deba pagar por ello, destinando el beneficio completo sólo a la entidad. Además, el club ha llegado a varios acuerdos con plataformas digitales, en especial de países lusófonos, para ampliar su difusión.

Un nuevo modelo que podría imitar España

Esta situación abre una vía nunca antes explorada por un club y que puede servir como ejemplo en España. Los problemas surgidos por la explotación de los derechos audiovisuales en nuestro país ha provocado rencillas entre los llamados 'grandes' y aquellos que ocuparían un segundo escalón. Equipos como Sevilla, Valencia o Atlético de Madrid no han aceptado las condiciones de Real Madrid oBarcelona, y ésta podría ser una gran solución.

Pero ésta no es la única novedad que Benfica TV ha introducido en su programación. Además, el canal ha decidido comprar los derechos de retransmisión de la Premier League en Portugal, por lo que todo aquel espectador que quiere ver fútbol inglés deberá abonarse al canal de las 'Águilas'. Los 380 partidos del campeonato británico sólo se podrán ver a través de esta plataforma, que emitirá la liga inglesa durante las próximas tres temporadas.

El Benfica tiene claro que los beneficios que va a obtener por suscripciones y micropagos para ver los partidos serán superiores a los 20 millones de euros que le ofrecían las televisiones portuguesas, además de tener así en exclusiva los derechos sobre todas las imágenes de los encuentros de su club. El conjunto portugués se inventa una vía para luchar contra la crisis económica, un nuevo camino que otros clubes podrían seguir en breve." - El Confidencial.

14 comentários blogger

  1. Não há volta a dar, o Benfica é realmente ENORME...cada dia que passa tenho mais orgulho em ser Benfiquista...Obrigado Shadows por ter trazido isso à "antena".

    Paulo Thomson - Queluz

    ResponderEliminar

  2. Aí vai o Bruno de Carvalho comprar os direitos de antena do campeonato russo para a Sporting TV, para depois vir dizer que teve uma ideia original e brilhante!
    Se fosse o Futre comprava do campeonato chinês!
    O PortoCanal tentou comprar os direitos dos jogos dos estabelecimentos prisionais, mas a resposta que receberam foi "O nosso objectivo é recuperar e reintegrar os criminosos, e para isso tentamos evitar o seu contacto com o mundo do crime. Por isso, a resposta é Não!"

    Benfica é único!

    ResponderEliminar
  3. Esta questão pode ser analisada de duas vertentes. 1) a reinvenção, a antecipação do futuro feito pelo Benfica ao tomar esta decisão, está na senda das grandes decisões que foram tomadas nos anos 50 com Otto Gloria, quando obrigou os jogadores a optar ou pelo futebol ou pelas profissões que tinham fora do futebol (a implementação do profissionalismo) e nos anos 60 quando Bella Gutman inventou os períodos de estágio antes dos jogos. Estar à frente do seu tempo foi nessas alturas determinante para dominar o panorama competitivo até aí mais repartido com o SCP (e até dominado por eles nos anos 40). Nos tempos que correm vamos ver. É positivo estar nas bocas do mundo e captar assinantes. Dado o numero de adeptos que o Benfica tem no mundo, não é de espantar que as adesões ultrapassem as 200 mil que garantem um bom retorno financeiro e quem sabe, poderão ajudar ao saneamento bancário do grupo empresarial.

    Isto não pode fazer esquecer alguns aspectos tais como a) a SIC em parceria com o Benfica de JVA já vendia em 1999/2000 conteúdos para a América do Norte e estava a desenvolver parcerias na Europa, b) os contratos assinados com a Olivedsesportos em 2003 para um prazo de 12 anos a facturar 8 milhões por época foram ruinosos, uma vez que à data o Benfica podia encaixar esse valor só no ano zero do contrato, c) nunca se soube quais as contrapartidas pagas à SIC pela rescisão - ou rasgar como alguns gostam de dizer - do contrato que JVA tinha assinado com eles que estava em vigor.

    Mas também há outro aspecto, a parte 2) da questão. Seria necessário esclarecer os sócios porque razão Guilherme Aguiar disse lá no programa dos trios que não vejo, mas que me disseram, que o Benfica comprou os direitos a uma empresa do portista Rui Soares, o tal que está envolvo na polémica do Tagus Park e dos patrocínios ao Figo para a campanha de Sócrates. O Dr.º Rui Gomes da Silva não contestou. Pelo que fica por saber quanto recebe a Premier League pela venda dos direitos televisivos à empresa do Rui Soares, e fica também por saber quanto é que efectivamente o Benfica pagou para obter esses direitos. Sendo que se prevê que a Premier League receba muito menos do que o Benfica paga à empresa do Rui Soares, fica por saber porquê essa opção da Direcção do Sr.º Vieira (a opção por um intermediário quando podia comprar directamente) e se por mero acaso, há lugar ao pagamento de comissões por terem facilitado o negócio.

    É que em Portugal só conheço uma pessoa que está milionária a vender apartamentos Os outros abrem falência ou vivem com modéstia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. boa dia meu caro eagle1,

      a resposta a essa questão foi dada por Domingos Soares Oliveira que no programa de A Bola Tv afirmou que o Benfica comprou directamente à Liga Inglesa, o que tambem foi indirectamente confirmado pelo presidente desse organismo quando admitiu que vender os direitos a um clube não criava problemas uma vez que as regras de venda de direitos são claras e uma vez cumpridas, qualquer um é "freguês".

      somando 1+1, leva-me a crer que foi só mais uma posta de pescada lançada pelo sr que criou os regulamentos que permitiram ao porto não descer por corrupção.

      abraço

      Eliminar
  4. A correr mal, podemos estar a assistir ao princípio do fim do Benfica como um grande.. Outros clubes, com maior projecção, nunca o fizeram. Se correr bem, são os maiores, a correr mal, com a crise económica e com um empréstimo obrigacionista de 80 milhões à perna, podem ir fazer companhia ao Sporting.
    Atenção que o Vieira fez fortuna a vender pneus, não é o prémio nobel da economia.

    Cumprimentos,

    Pedro Carneiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. boas Pedro Carneiro,

      em primeiro lugar, há que ver que outros clubes de "maior projecção" nunca o fizeram, porque têm os seus jogos valorizados a um preço muitissimo superior e próximo da sua real valhia. Acresce o facto de que salvo erro, apenas Portugal e Espanha não têm os direitos centralizados... ora se estão centralizados, os clubes não os podem vender nos canais próprios, certo?

      mas no resto partilho da tua opinião. também estou céptico em relação a igualarmos a oferta do oliveirinha ("sistemas^" à parte e nunca fui comprador da SportTV. só me vou debruçar no aspecto financeiro). A oferta do Sr foi, tanto quanto se sabe, 111 milhões para um acréscimo de 5 anos, sendo que esse valor seria dividido pelo total dos 7 anos de contrato (os tais 5 de renovação + a presente época e a época à data da negociação, ou seja 2010/11). Ou seja, para compensar financeiramente, temos que fazer 111 milhões líquidos (lucro) nos próximos 5 anos.

      Para atingir este valor de 111 muilhões líquidos, calculo que tenhamos que facturar cerca de 170/180 milhões (não me vou alongar com as contas que já fiz porque o post ficaria demasiado grande. considero, os resultados da própria Benfica TV, o IVA nas facturas, o investimento na Liga Inglesa e outros). Ora aceitando o valor bruto de 175 milhões, e mesmo assumindo o valor máximo de 10 euros/mês de subscrição, estaríamos a falar de 17,5 milhões de subscrições mensais em 5 anos. O equivalente a 3,5 milhões/ano... 350 mil lares a subscrever durante 10 meses por ano (na realidade a época desportiva) durante os 5 anos!... parece-me muito dificil de atingir.

      Claro que há outros factores como a publicidade estática no estádio, a publicidade na TV, a revenda ao oliveirinha dos direitos dos jogos para o estrangeiro (parece-me evidente) e a exploração de plataformas digitais para a transmissão dos jogos... mas esses não são valores tão altos quanto se pode supor. admito que possam atingir 4/5/6 milhões por ano (são contas muito complexas e impossíveis de simplificar como estou a fazer, mas enfim). Portanto, parece-me que para atingir o valor que recusámos do oliveirinha, temos que fazer cerca de 15 milhões de subscrições, equivalente a 3 milhões/ano... ainda me parece muito dificil. Mas eles lá saberão os estudos que fizeram e se os valores que atingiremos daqui a 3/4 anos chegarão para fazer esta média no conjunto dos 5 anos.

      Mas se atendermos a que recebemos actualmente 7,5 milhões, esses valores serão ultrapassados já este ano. No entanto parece-me que do ponto de vista económico, temos que juntar a esta equação outros factores como sejam:
      - os cerca de 103,5 milhões que o Porto receberá no conjunto dos mesmos 5 anos (2012/13-2017/18),
      - os juros dos financiamentos que teremos que fazer para colmatar nos primeiros anos a perda de proveitos (em relação ao que poderiamos receber do oliveirinha e a diferença para o que recebe a concorrência),
      - as sinergias que se podem alcançar por termos os nossos jogos (plataformas, parcerias, namings, sócios.. tudo isso pode ou não ser potenciado),
      - e principalmente o preço da liberdade de não estarmos atados ao oliveirinha.

      Eu por mim, apesar de céptico em relação aos números neste horizonte de 5 anos, estou completamente de acordo com a decisão tomada. Se aos factores económicos se conseguir ainda juntar o factor financeiro de conseguirmos mais que os 111 milhões líquidos recusados, maravilha...

      Eliminar

    2. em relação ao empréstimo obrigacionista, há uma confusão geral. O que foi aprovado é a a possibilidade de contrair divida até 80 milhões. não precisa ser toda ela contraída e não precisa de ser numa só vez. a título de exemplo, também a administração foi autorizada à emissão de até 50 milhões em papel comercial e na realidade "só" temos cerca de 30 milhões em dívida.

      Isto são os pressupostos teóricos. Claro que na prática acredito que serão mesmo contraídos 80 milhões. duvido é que sejam todos contraídos agora. Serão pelo menos 40 para cobrir o empréstimo que vende em abril... O que foi dito é que seria para restruturar o passivo. ora sempre que se faz um empréstimo para pagar outro, está-se a restruturar... está-se a passar dívida de curto prazo para médio/longo prazo... normalmente com custos mais elevados. E se atendermos aos 8,25% do porto e aos 9,25% do sporting... não contemos com juros mais baixos que 7,5/8%.

      Evidentemente que temos que controlar esta situação e não devemos contrair mais dívida sob pena de sermos asfixiados pelo juro. E já quase que temos que vender um Witsel por ano para pagar juros (gerou cerca de 24 milhões de mais-valias contra cerca de 21 milhões que pagamos em juros).

      Abraço


      Eliminar
    3. O Benfica não precisa de adeptos como tu,para uma atitude tão negativa como essa acho que de benfiquista não tens nada deves ser um azulado ou esverdeado .
      Vai dar banho o cão pá ...

      Eliminar
    4. Acresce que notícia tem uma falha que julgo ser importante corrigir: o Benfica não tem o exclusivo de todos os seus jogos. Faltam 15 do campeonato. Não acredito que alguém que subscreva a Sporttv a vá abandonar para passar para a Benfica TV recorrendo ao streaming para ver os restantes jogos. Neste momento quem tem Sporttv ou desconhece o streaming ou pode dar-se ao luxo de pagar 30 euros para ter os canais de desporto, normalmente, em HD. Assim, um benfiquista que queira ver os jogos com qualidade do Benfica ou tem dinheiro para subscrever os dois canais ou escolhe a Benfica TV com meia dúzia de jogos em SD ou fica pela Sporttv com 15 jogos do benfica para o campeonato e liga dos campeões em HD. Ou então, que é o que é mais comum no momento que o país atravessa, está-se a marimbar para o futebol a pagar na TV, seja na TV do seu coração, seja na Sporttv e acomoda-se bem acomodado em frente ao pc, ao tablet ou mesmo ao smartphone e vê o jogo à moda antiga: grátis!

      Eliminar
  5. Querem ver que somos todos uns espertalhões e que quem gere o Benfica é que é artolas?
    Afinal de contas, os benfiquistas não queriam que Vieira cortasse com o Oliveira? Não queríamos tirar o monopólio à Oliverdesportos, vê-la na mó de baixo?
    Ou não queríamos nada disso e o que pretendiam alguns era mandar mais umas «bocas» contra o presidente e a direção, afirmando que nunca LFV cortaria com o «amigalhaço» Oliveira?

    ResponderEliminar
  6. Caro anónimo 1 obrigado pelo esclarecimento, a sua visão sobre o assunto trouxe dados que desconhecia por completo.
    Caro anónimo 2, não sou benfiquista, sou adepto do Porto mas acima de tudo adepto de futebol e o que menos faz falta é outro grande a afundar-se. Quanto ao cão, não o tenho pois moro num apartamento, mas se estiver disponível e for mulher não me importo se você trocar de lugar com o referido animal de estimação.

    Cumprimentos desportivos,

    Pedro Carneiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei porque existem portistas ou Andróides a partilhar um blog totalmente Benfiquista, eu nunca leio blogs portistas até por ser meramente uma questão de higiene ...
      Acerca de não querer ver outro dos grandes a afundar-se acho que são choros com lagrimas de crocodilo.
      Olha já agora sou Homem e não gosto de homens mas obrigado pelo convite .
      Thanks but no thanks .

      Eliminar
  7. Bom, mais um comentário que não me publicaram!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares