O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Eis o que penso:

Avatar
 ●  68 comentários  ● 

Sendo o mais recente reforço do NGB, é natural que ainda ninguém tenha opinião formada sobre o meu ponto de vista sobre o nosso Benfica e outros assuntos relacionados. Assim, e para me “posicionar” no mapa das divergências e concordâncias das opiniões dos vários escribas deste blogue decidi escrever este “pequeno” texto de forma a expor os traços gerais do meu pensamento em relação a alguns temas. Aqui vai:

BENFICA

Ninguém tem dúvidas que é o maior clube português. Nem mesmo os lagartos e os corruptos, não fosse essa a génese do complexo de inferioridade que têm e o ódio (potenciado pelo pinto da costa e amigos) que nutrem ao nosso clube.

É das marcas portuguesas (se não A marca) mas apetecidas comercialmente, mas infelizmente mal aproveitada. Basta dar um exemplo muito rápido para demonstrar este facto: o preço das camisolas. Pessoalmente, tenho uma pequena coleção de equipamentos alternativos que, dado o preço incomportável que é praticado pelo clube, me obriga a adquirir nas bancas que se encontram fora do estádio em dias de jogos o equipamento alternativo de anos anteriores a um preço 70% mais barato. Quem ganha? Eu e o vendedor. Quem perde? O Benfica. Preferia obviamente ajudar o meu clube comprando as camisolas na loja oficial, ou no site, mas fruto dos tempos atuais, e como não sou propriamente rico, esta é a única alternativa que tenho para obter um produto que desejo. Além disso, já ajudo o meu clube pagando religiosamente as quotas, sem qualquer falta.

Dizem que somos 6 milhões. Em tempos afinei pela mesma tecla, mas agora penso de forma diferente. Para mim, como somos 200 mil e tal sócios, somos 200 mil e tal benfiquistas. Todos os outros são meros simpatizantes e representam o potencial de crescimento do clube.

Quanto ao futuro, aguardo por uma política verdadeiramente consistente para o crescimento do clube (dentro e fora de Portugal), aguardo por uma política verdadeiramente incisiva por parte do departamento de comunicação do clube, aguardo por uma política verdadeiramente responsável das finanças do clube, aguardo por uma verdadeira aposta na nossa formação, e aguardo pacientemente pela minha velhice, para passar tardes inteiras a ver os jogos dos putos, das modalidades e de tudo o que mexa no Estádio da Luz… J

Resumindo, o meu clube é um monstro adormecido, com um poder enorme, que atrai um sem-número de oportunistas que só se querem servir dele para proveito próprio. Infelizmente, os sócios deixam…

PRESIDENTE

O que dizer de um ex-sócio do fcp, de um apoiante do “fernando das facturas”, de um amigo do oliveirinha, de uma pessoa que promete e não cumpre? É certo que nem tudo tem sido mau, mas há determinados gestos que são imperdoáveis. Por muitas coisas boas que possa ter feito, qualquer associação a elementos do tal “sistema” torna-o vulnerável a críticas e a determinadas suspeitas. Para mim, essas associações combinadas com o silêncio GRITANTE em ocasiões em que devia ter defendido o clube com unhas e dentes, e não o fez, é sintomático.

Eu ponho várias hipóteses para o caracterizar:
- Ou ele é realmente mercenário e enriqueceu ainda mais à custa do Benfica com os tais negócios do betão e outros mais (acredito mais nesta);
- Ou é simplesmente um mau presidente e é incompetente (não acredito muito);
- Ou tem o rabo preso em algum segredo do conhecimento dos de lá de cima (rezo para que não seja esse o caso) sendo ele próprio instrumentalizado pelo “sistema”;

Seja qual for das hipóteses, estas ou outras que não contemplei, não é claramente o presidente que quero para o meu clube. Eu quero um presidente que, acima de tudo e contra tudo e contra todos DEFENDA ATIVAMENTE OS INTERESSES DO CLUBE e não os seus.

RUI COSTA

Ninguém pode pôr em causa o benfiquismo deste senhor. Eu, admito, já o fiz e não me custa nada a admitir que estava errado. Sempre o admirei como jogador (ao ponto de ser o único jogador que teve a honra de merecer a compra de uma camisola personalizada para a minha coleção), e até nas minhas jogatanas tentava imitá-lo sendo sempre a minha referência.

Lembro-me do golo que ele marcou ao Benfica, pela Fiorentina. Eu estava lá no velhinho Estádio da Luz. Vi que aquilo realmente o afetou. Cada vez o admirava mais nessa altura.

Quando ano após ano se falava do seu regresso ao Benfica, e eu via que não se concretizava, pensava “És igual aos outros! Não passas de um mercenário! Não és benfiquista!”. Obviamente que era a minha frustração a falar e quando finalmente ele regressou, voltei a errar quando disse “Para quê?”. Engoli todas as minhas críticas ao primeiro jogo que o revi com o Manto Sagrado. Foi um regalo para os meus olhos. J

Como dirigente começou muito bem, tendo inclusivamente trazido outro grande ídolo meu – Pablo Aimar. Outro deus com n.º 10 nas costas. A seguir? Não sei o que se passou. Não sei que papel desempenha atualmente. Não sei se realmente o LFV conta com ele. Sei, e não tenho dúvidas, que o LFV se serviu dele quando quis mas suspeito que não o manda embora por receio. Sei que os benfiquistas gostam muito dele. Sei que o trabalho que ele começou, como dirigente, e que suspeito que não o deixaram continuar, daria muitos e bons frutos. Sei que, tal como toda a gente, ele tem defeitos, mas sendo o seu benfiquismo inquestionável, é para mim uma peça fulcral no futuro do clube.

Espero que se mantenha no Benfica e que ajude verdadeiramente o clube com um papel mais ativo no futuro. Duvido é que seja como presidente, como apregoou convenientemente o LFV…

JORGE JESUS

Eis o “mestre das tácticas” que já está “há muitos anos a virar frangos” e que manda “cada macaco no seu mangalho”… lol

Tenho sentimentos contraditórios em relação ao JJ. Digamos que é uma espécie de relação amor-ódio. Se me entusiasmou a primeira época dele, pois vi o Benfica jogar futebol como nunca, já a repetição, na segunda e terceira épocas, do erro cometido na primeira época – falha na gestão do plantel, quer seja por falta de confiança nas opções, quer seja por falta de tomates para apostar na formação – demonstrou o grau de casmurrice e de inflexibilidade no carácter dele.

Pontos positivos:

- Gosto da forma castiça dele, e até me divertem as gafes que comete (língua portuguesa). Isto não é bem um ponto positivo, mas é algo a que acho graça;
- Gosto da capacidade que tem de retirar o que de melhor os jogadores têm, e de consequentemente os valorizar (independentemente da discussão de ele receber, ou não, comissões com as transferências que o Benfica faz, resultado dessa valorização);
- Gosto da forma como pôs o Benfica a jogar. Não me esqueço de como era sofrível ver o Benfica jogar antigamente;

Pontos negativos:

- F#§$-s€ que és CASMURRO como o raio que te parta pá!!!;
- Falta de humildade. A caganeirice chega a atingir valores estratosféricos;
- Falta de tomates para valorizar e utilizar os valores da casa. A árvore das patacas sul-americanas está a secar, tendo em conta que no mercado vão começar a escassear os negócios milionários (pelo menos com a frequência que foram efetuados até agora);
- A forma como descartou, e ainda descarta, jogadores (por vezes até mesmo os contratados a pedido dele) que mereciam mais oportunidades. Se os toma de ponta, já não há nada a fazer…;
- Amizade que tem com o pinto da costa;

O problema principal é que o seu narcisismo o impede de aprender com os próprios erros e já se sabe, burro velho não aprende línguas…

Se o quero ver à frente do Benfica muito mais tempo? Sim, se começar a apostar nos putos e a apresentar títulos no currículo. Não, se nada mudar ou se não começar a conquistar campeonatos sucessivos. O tempo escasseia, e oportunidades já ele teve mais do que suficientes para demonstrar que é capaz.

O que eu não gostava mesmo era de o ver no fcp. Seria demasiado perigoso ter um treinador como ele à frente do clube que, de forma suja, domina atualmente o futebol português. E o velho fedorento está doidinho para o ir buscar.

Alternativas? Gostava de ver o Paulo Bento, o Peseiro ou o Rui Vitória no Benfica. Sim, sim. Já sei que vêm aí os comentários “Peseiro??? Rui Vitória??? Estás doido, ou quê?”. Não. Não estou doido. O Paulo Bento só peca pelo lado tático, mas é fiel aos seus princípios e até conseguiu pôr os lagartos a jogar bem (é um feito! lol). O Peseiro só peca pela falta de autoridade, mas poderia pôr o Benfica a jogar muito bem mantendo a ordem no balneário se fosse devidamente apoiado (além disso, conseguiu pôr os lagartos a jogar como nunca tinha visto antes, o que também é um feito!). O Rui Vitória só peca pela falta de experiência, mas é da casa. Ainda assim, preferia qualquer um deles a uma sumidade estrangeira que venha para cá a ganhar milhões para fazer pouco mais do que aquilo que o JJ está a fazer.

FUTEBOL – EQUIPA A

Nem vou sequer analisar os jogadores. Se o fizesse, estaria aqui até amanhã…
Digo apenas que numa escala de 0 a 10, sendo ZERO o sporting e DEZ o Barcelona, classifico o Benfica atual com nota 7.

FUTEBOL – EQUIPA B

Este é um projecto que me surpreendeu pela positiva. Está aqui muito potencial que só não vê quem não quer, não é assim JJ???

MODALIDADES

É com muito agrado que vejo o meu clube a lutar pela vitória nas diversas modalidades em que participa. Este é talvez o trabalho que mais valorizo na direção do LFV. Não sei apontar exatamente os “culpados”, mas o que é certo é que nós estamos lá na frente, na luta, seja em que modalidade for. Esta semana até a equipa de triatlo foi muito bem reforçada…

FINANÇAS

Ora aqui é que a porca pode vir a torcer o rabo… O nível de endividamento é BRUTAL, e apesar de os ativos consolidados do clube terem estado sempre (em média) a cobrir o passivo consolidado do Grupo Benfica, o que é certo é que é tudo à rasquinha e sem grande folga para erros, com a agravante de termos sempre a necessidade de vender constantemente 1 ou 2 jogadores para equilibrar as contas. É verdade que a situação é comum com a dos outros “grandes” portugueses, mas com o mal dos outros posso eu bem.

A única coisa que me acalma é que os proveitos operacionais do Benfica chegam, segundo li, para cobrir os custos operacionais. Ou seja, é quase o mesmo que dizer que as quotas e as receitas fixas do clube pagam os custos para manter as portas abertas. Já o mesmo não podem dizer fcp e scp…

DIREITOS TELEVISIVOS

Neste tema, não há para mim qualquer dúvida: BENFICA TV!

Pior do que temos atualmente, é quase impossível. Atualmente, sustentamos o “sistema” e ganhamos uma miséria. Se temos canal próprio, se temos os recursos, se temos a audiência, se temos potencial de crescimento, então… QUAL É A DÚVIDA????

Um simples exercício (com alguma margem de erro) supondo que a forma seria pay-per-view por jogo, seria:
Se imaginarmos que 100.000 famílias em Portugal (se considerarmos que cada família tem em média 4 pessoas e que somos 10 milhões de portugueses, fora os emigrantes, a amostra é representativa de 4% da população portuguesa) têm acesso à BTV e que para ver um jogo teriam que pagar 5 Eur, então teríamos:
100.000 x 5 = 500.000 Eur/jogo. Ora, 15 x 500.000 Eur = 7.500.000Eur!!
Fora Taça de Portugal, Liga Europa, Taça da Liga e Pré-Época.

Sim, eu sei que não seria uma receita fixa. Sim, eu sei que é um exercício demasiado simplista. Sim, eu sei que há outras variáveis a ter em conta, mas apesar de saber que muitos outros exercícios diferentes se poderiam realizar, quanto a mim chegar-se-á sempre à mesma conclusão.

Além disso, e em última instância, prefiro ganhar menos dinheiro do que financiar chulos e corruptos.
Será assim tão descabido seguir esta via?? Ou há falta de vontade? Ou há interesses pessoais atrás disto? Infelizmente é o que parece…

SPORTING

Tenho amigos sportinguistas, e conheço lagartos anti-Benfica. Esta é a separação que faço da “raça” leonina.

Sinceramente, tenho saudades do tempo em que era puto e ia para a escola, no início de cada ano lectivo,  conhecer os novos colegas e de lhes perguntar: “És do Benfica ou do sporting?” Agora, e consequência do “projeto roquette”, infelizmente o ódio que os anti-Benfica verdes nos têm uniu-os aos corruptos e a rivalidade saudável que cheguei a conhecer, e que sinto falta, desapareceu. Foi a grande maioria deles que escolheu essa via. Pois então que vão para o raio que os parta! E se isso significar descerem de divisão (nunca acreditei que isso fosse acontecer, na atual crise deles)… tanto melhor. 

Só tenho pena dos meus amigos sportinguistas, que gostando verdadeiramente do seu clube não são anti-Benfica e abominam a merda que vem em tons de azul e branco tanto quanto eu.

Sinto falta da tal rivalidade saudável…

PORTO

Não os suporto. Odeio tudo aquilo que representam: corrupção, violência, intimidação, arrogância. Abomino o ódio que destilam, e cada vez mais incentivam, em relação ao Benfica. Não suporto ouvir o sarcasmo do velho fedorento. Enoja-me a impunidade que têm e o à-vontade que têm para implementar os seus estratagemas. Sinto asco pelo clube. Sinto pena dos ignorantes que os seguem cegamente e digerem todos os mandamentos do “papa”.

Enfim, eles são para mim o alvo a abater e a fonte de quase todos os problemas que o desporto em Portugal tem. E mais não digo que começo a sentir-me enjoado…



Uma última nota. Para mim as opiniões/críticas que realmente valorizo são as dos sócios do meu clube. Quem não é sócio, não tem moral para criticar. Quem não é sócio, não tem o direito de exigir seja o que for. Quem não é sócio, devia passar a ser antes de abrir a boca… J

Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:


PS: Não contem comigo para voltar a escrever um post assim tão grande novamente… É demasiado cansativo! LOL



68 comentários blogger

  1. "Dizem que somos 6 milhões. Em tempos afinei pela mesma tecla, mas agora penso de forma diferente. Para mim, como somos 200 mil e tal sócios, somos 200 mil e tal benfiquistas. Todos os outros são meros simpatizantes e representam o potencial de crescimento do clube."

    Então tu achas que os contratos publicitários (por exemplo) que o Benfica consegue, é porque tem 200 mil e tal sócios?

    Nem todos podemos ser sócios, mas não és tu que diminuis o meu Benfiquismo com frases dessas que nada ajudam à união. Queres o quê? Que peça desculpa por não ser sócio? Queres que diga aos meus filhos que os iogurtes este mês estão suspensos porque tenho de pagar as quotas?

    Fico por aqui porque estamos todos em "família" e em todas as famílias à sempre uma tia rica que faz o frete de no natal cumprimentar o resto dos pobretanas....mas mesmo assim é da família!

    Saudações "não sócias" Benfiquistas


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Os iogurtes estão sempre primeiro. E as fraldas.

      Mas não é a isso que o Riccardo se refere.
      Fala sim daqueles que tendo condições para pagar os 12 euros da quota, não o fazem mas são rápidos no gatilho a apontar tudo e mais alguma coisa ao clube.
      E nesse ponto de vista, concordo com ele. Quem pode ser sócio(e assim ajudar o clube) e não o é, perde legitimidade para poder dar palpites sobre o clube.

      Mas em altura nenhuma se afirma que os comentários serão bloqueados aos não-sócios. A riqueza das opiniões neste blogue é que até alguns portistas podem cá comentar. Só os ordinários do costume é que batem com os cornos na porta.(Desculpa a expressão mas eles merecem.)

      Eliminar
    2. Acho que os contratos publicitários que o Benfica consegue são devido aos seus sócios e aos não sócios que “representam o potencial de crescimento do clube”.
      Não quis NUNCA nem diminuir o teu benfiquismo, nem incentivar à desunião. Muito menos quero que peças desculpa ou que sacrifiques o bem estar da tua família para pagar quotas e ajudares o Benfica. Posso não ter sido claro, mas o Shadows percebeu bem o que quis dizer.

      Dois pontos:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas). Mea culpa.

      2. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      queria dizer:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Eliminar
  2. Mas sem os adeptos, não sócios, a marca Benfica não teria o peso que tem (não são apenas os sócios que vão aos jogos, compram produtos licenciados, enchem os cafés para ver os jogos, etc)! A esmagadora maioria da massa adepta do Benfica não é sócia do clube, por uma miríade de razões.

    Quem não é sócio, mas é adepto, não terá, de facto, direito de exigir nada (esse é um direito dos sócios, pagam para isso), mas terá, com toda a certeza, moral para criticar! De qualquer modo, já era tempo de se acabar com este tipo de discurso que apenas serve para dividir... Sócios e não sócios estão todos do mesmo lado da barricada, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, a questão passa por quem pode pagar a quota mas não se dá a esse trabalho. Esses perdem toda a moral.

      Eliminar
    2. Tens razão. A marca Benfica tem o peso que tem, não só pelos seus sócios, mas principalmente pelo “potencial de crescimento do clube” que são os simpatizantes do clube. Só não concordo contigo em relação à moral para criticar. É, para mim, diferente ter direito à crítica (felizmente vivemos numa democracia e temos liberdade de expressão) do que ter moral para o fazer.

      Eliminar
  3. Bem vindo.

    "Ou tem o rabo preso em algum segredo do conhecimento dos de lá de cima (rezo para que não seja esse o caso) sendo ele próprio instrumentalizado pelo “sistema”"

    Podes esquecer completamente esta possibilidade. Repara que em 12 anos ele NUNCA foi acusado de nada, NUNCA o Pinto disse qqr coisa sobre ele. E o que Vieira já disse e insinuou sobre o corrupto mor. Não gosto de Vieira nem um pouco mas nesse campo acho que é inatacável. Se tivesse algum rabo preso já os jornais avençados tinham pegado. Repara q as bocas ao Vieira são sempre sobre pneus algo fora do futebol e a história da escuta que como sabemos nada aponta de ilegal a Vieira. Tiveram que falsificar um dossiêr da PJ para o atacar e rapidamente foram descobertos. Rabo preso não acredito que tenha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então serão os negócios?

      Eliminar
    2. Sim, também não me parece ser esse o caso. Mas no fundo tenho receio que haja essa possibilidade…

      Eliminar
  4. Caro Riccardo Zhora,

    Deixo-te duas questão e uma sugestão.

    Questões: Eu não sou sócio do S.L. e Benfica, mas quando vou ao estádio com bilhete pago, tenho o direito de criticar ou não posso porque não pago cotas? Ou só posso criticar naquele jogo?

    Sugestão: Tira a cabeça do rabo e pensa naquilo que é melhor para ti e para os outros e não só naquilo que é melhor para ti.

    Saudações de um Benfiquista "não sócio",

    Filipe


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respondendo às tuas questões:
      1.Tens o direito de criticar.

      2.Podes criticar nesse e em todos os jogos.

      Quanto à tua sugestão, é fisicamente impossível fazer o que dizes, e se leres bem o post verás que o que quero é mais e melhor para o Benfica, e não para mim.

      Além disso:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas).

      2. Suponho que tenha sido a parte final do post que mais irritou os leitores. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      O que quero dizer é:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Eliminar
  5. BENFIQUISTA DO CORAÇÃO17 janeiro, 2013 11:39

    DIZ-ME COM QUEM ANDAS
    DIR-TE-EI QUEM ÉS

    SÁBIAS PALAVRAS QUE O TEMPO
    E A MILENAR SABEDORIA POPULAR
    INSTITUCIONALIZARAM E VALORIZARAM
    AOS OLHOS DE TODOS
    .....OS QUE PENSAM
    ...E FAZEM DA HONRA E DO RESPEITO
    MODO DE VIDA

    DEPOIS DE ASSISTIRMOS AOS
    LANCINANTES PEDIDOS E APELOS
    À NOMEAÇÃO DE APINTADORES INTERNACIONAIS E LEVANDO EM
    CONTA O ANTERIOR DITADO
    POPULAR
    SE FOSSEMOS APINTADORES
    INTERNACIONAIS FICARIAMOS
    ALTAMENTES PREOCUPADOS

    DIZ-ME COM QUEM ANDAS
    DIR-TE-EI QUEM ÉS

    HÁ COMPANHIAS QUE NÃO INTERESSAM
    HÁ AMIZADES QUE CHAMUSCAM
    HÁ APROXIMAÇÕES PERIGOSAS
    HÁ CUMPLICIDADES PREOCUPANTES

    COMO APINTADOR INTERNACIONAL
    PUNHA-ME AO LARGO

    DEMARCAVA-ME LIMINARMENTE DE APROXIMAÇÕES, MESMO QUE FOSSEM
    DE CHAMAMENTOS PUNGENTES
    FEITOS POR CARENCIADOS DE AFECTOS
    E VICIADOS EM AJUDINHAS

    CARDOSO TEM UMA CLAQUE
    QUE O INCENTIVA

    "ELE É PERIGOSO
    ELE É O TACUARA CARDOSO"

    SE OS APINTADORES INTERNACIONAIS
    NÃO SE AFASTAREM
    NÃO SE DEMARCAREM
    DESTES PEDINTES QUE SEMPRE
    QUE ABREM A BOCA
    APELAM AOS SEUS AFECTOS,
    ARRISCAM-SE UM DIA
    A SEREM RECEBIDOS COM
    CÂNTICOS DE CLAQUES

    "CUIDADO QUE ELE VEM
    POR MAL
    ELE É APINTADOR INTERNACIONAL"

    NINGUEM QUER ISSO
    NOS NOSSOS ESTÁDIOS

    SE OS NOSSOS APINTADORES
    NÃO SE DEMARCAREM
    DEIXARÃO QUE O POVO
    SOLIDIFIQUE ESSE PENSAMENTO
    DE LIGAÇÕES DE UNS COM OS OUTROS

    DARIAMOS UM CONSELHO FINAL
    AOS APINTADORES

    PONHAM OS OLHOS NO GRANDE PROENÇA
    DITO BENFIQUISTA
    QUE PARA MOSTRAR A SUA ISENÇÃO
    XISTRA SEMPRE O GLORIOSO

    FAÇAM TAMBEM O MESMO
    MOSTREM A VOSSA ISENÇAO
    XISTRALHANDO OS QUE VOS IDOLATRAM

    E NÃO TENHAM RECEIOS POR ISSO
    PORQUE SE UM USANDO ESSA TÉCNICA
    É O MELHOR DO MUNDO
    TAMBEM VOCÊS O PODEM SER

    É O QUE ESTÁ A DAR
    DEMARQUEM-SE ENQUANTO
    É TEMPO

    ResponderEliminar
  6. Mas quem és tu, que autoridade tens para te arrogares o direito de dizer quem tem ou não tem direito à sua opinião ? Vou te dizer... quem devia restringir-se a dar opiniões são escribas como tu. Porque toda a tua prosa é um conjunto de lugares comuns, não acrescentas nada. Sinceramente... não te canses tanto.
    Por uma sociedade de homens livres !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. F.L.: lê p.f. a minha resposta ao Bubbles. Mas o Riccardo falará por ele, claro.

      Eliminar
    2. Deixo aqui parte de uma resposta que dei anteriormente:

      Dois pontos:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas).

      2. Suponho que tenha sido a parte final do post que mais irritou os leitores. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      O que quero dizer é:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Não estou a amarrar homens nenhuns, pois não?

      Eliminar
  7. Sejas bem vindo mas acho que começas mal.

    Se para comentar os teus posts, ou se para se concordar ou discordar de ideias que eventualmente tenhas, é preciso ser-se sócio do Benfica, estás no sítio errado. Não devias escrever num blogue, devias pedir a palavra nas Assembleias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres ver que tens mais um com quem andar à porrada neste blogue!? :D

      Eliminar
    2. Parece que sim. Que o começo não foi do agrado de todos... ou de quase nenhum.

      De qualquer forma, e como a questão é comum, a resposta também o é.

      Deixo aqui parte de uma resposta que dei anteriormente:

      Dois pontos:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas).

      2. Suponho que tenha sido a parte final do post que mais irritou os leitores. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      O que quero dizer é:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Eliminar
  8. As 100 pessoas que assinam os jogos pay-per-view também terão de ser sócios do Benfica ou pode toda a gente? Para comprar um artigo do Benfica tenho de ser sócio do Benfica? Quando vou ao estádio ver um jogo posso gritar Benfica e os golos ou só os sócios é que podem?

    Como disse e muito bem o RedMoon, se isso é assim que funciona para ti, então para falares do Benfica terás de fazer duas coisas, criar um blogue teu limitado a inscrições com número de sócio do Benfica de forma a que só sócios do Benfica possam dsicutir o Benfica, o outro sitio que deves falar será nas Assembleias que pelo teu paleio não deves perder uma oportunidade quando acontece, ou não... Entretanto, para ti o Benfica resume-se a 250 mil adeptos, o resto é gente que não pode discutir o Benfica, portanto, não conta como adepto, por isso, o Benfica para ti é pequeno, muito pequeno em massa adepta!!!

    Começas mal, muito mal!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma vez, deixo aqui parte de uma resposta que dei anteriormente:

      Dois pontos:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas).

      2. Suponho que tenha sido a parte final do post que mais irritou os leitores. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      O que quero dizer é:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Eliminar
  9. Ser ou não sócio não determina o amor que se têm ou não pelo clube. Gritamos todos pelo mesmo e o mesmo é o GRANDE SLB.

    Sérgio Teixeira

    PS.: Até certa altura da nossa vida alguns de nós (sócios) ou talvez muitos, não passavamos de simples adeptos que sofriam ou se alegravam com as desventuras e ou feitos do nosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não quis em nenhuma altura medir o amor que cada benfiquista, sócio ou não, tem pelo Benfica. E sim, é um bom argumento o que apresentas.

      Nem vale a pena fazer PASTE indefinidamente das respostas que dei antes. Podes ler lá a justificação das minhas palavras.

      Eliminar
  10. CARA CARO ESCRIBA, O blogue anda mesmo aflito... para irem buscar pessoas como tu, só pode! Só li até aqui: "Dizem que somos 6 milhões. Em tempos afinei pela mesma tecla, mas agora penso de forma diferente. Para mim, como somos 200 mil e tal sócios, somos 200 mil e tal benfiquistas. Todos os outros são meros simpatizantes e representam o potencial de crescimento do clube." Se pensas que só tu podes ser benfiquista por poderes pagar cotas, podes ir bardamerda com esse teu pensamento. E digo mais, a administração do blogue. Todos dias leio o NGB. Mas a partir de hoje e enquanto cá continuar este cromo não abro mais este blogue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Álvaro, sempre foste e és bem vindo.
      Mas alto lá quando vens com essa conversa.
      Queres ver que todos têm direito à sua opinião menos o Riccardo? Podes ou não concordar, mas ele teve a frontalidade de a anunciar.

      Neste blogue todos têm o direito de dizer o que pensam. Doa a quem doer.

      Eliminar
    2. As palavras são minhas, não são de qualquer outro escriba do NGB, nem tão pouco da administração do blogue. Não é justo para eles que deixes de vir cá por minha causa. Não sou assim tão importante... acho eu.

      Quanto à questão que tanto te indignou, não vale a pena fazer PASTE novamente das respostas anteriores. Podes ler lá a justificação das minhas palavras.

      Eliminar
  11. MEOs
    Está mais que na hora para contratar de vez este ZOHRA...ó senhores do blogue!!!
    Em contra-ciclo com a opinião de alguns comentários de amigos que muito estimo -Redmoon e P.Simões- e estes apenas se referem ao "ser ou não ser sócios eis a questão", a postadela está de 5 estrelas porque, se em dez tiros apenas erra um passa, no exame com 90%

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigalhaço Viriato, a partir do momento que ele divide os Benfiquistas por categoria e não aceita os comentários de adeptos que sofrem tanto como os sócios, para mim está chumbado e escreva o que ele escrever para mim vale zero!!! O Benfica é um clube democrático a aceita TODAS as opiniões e não é um cartão de sócio que faz alguém ser mais Benfiquistas que outro ou que não possa discutir o Benfica!!!

      LIMITAR O BENFICA AOS SEUS SÓCIOS É DIMINUIR O BENFICA NA SUA GRANDEZA HUMANA!!!!

      Eliminar
    2. Ao Pedro já respondi anteriormente.

      Ao Viriato, agradeço muito o comentário e peço que leia também a justificação para as palavras que tanta polémica parece ter levantado. Não tenciono atingir os 100% no exame, mas gostaria de clarificar o que porventura posso ter escrito de forma mal entendida.

      Eliminar
  12. Não faço juizos sobre ninguem, só porque pelo declaram serem as suas intensões na generalidade.

    Será post a post que os meus juizos assentarão.

    Posto isto restar-me-à classificar este post como uma tentativa de "definitivamente" querer marcar futuras opiniões dos comentadores, quaiquer que sejam os temas postados.

    xico caçador

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xico, agradeço desde já o benefício da dúvida.

      De qualquer forma, poderá ler nas respostas anteriores a minha justificação para as palavras que tanta seleuma estão a levantar...

      Eliminar
  13. Não faço juizos sobre ninguem, só porque pelo declaram serem as suas intensões na generalidade.

    Será post a post que os meus juizos assentarão.

    Posto isto restar-me-à classificar este post como uma tentativa de "definitivamente" querer marcar futuras opiniões dos comentadores, quaiquer que sejam os temas postados.

    xico caçador

    PS - Essa dos benfiquistas é sintomatica.

    ResponderEliminar
  14. O post é bom, só falhou na questão dos sócios/adeptos. O problema é que é um tema quente e monopolizou a discussão por aí, fazendo esquecer o restante que foi (bem) escrito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos problemas da sociedade de hoje. Centram-se apenas num ponto, quando temos tanto a debater.

      Eliminar
    2. Obrigado pelo comentário.
      Parece que sim. Parece que ou fui mal entendido ou expressei mal o meu ponto de vista, nesse ponto.

      Eliminar
  15. Bem-vindo.
    Bom post. Muito extenso para o conseguir comentar agora, mas li-o de fio a pavio.

    Gostei de quase tudo. Posso não concordar com um ou outro ponto, mas no geral revejo-me na maioria das coisas.
    Entretanto, se me permitem, e sem ser uma crítica, dizer que "lol" não me fica bem no meio de artigos.

    Parabéns pela entrada de...águia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, e pelo reparo do "lol".

      Eliminar
    2. Não leves a mal Riccardo Zhora, fi-lo verdadeiramente com boa intenção. Talvez seja eu o desenquadrado, mas em posts/artigos (onde estamos a falar para centenas/milhares de pessoas) acho que devemos evitar esse tipo de linguagem. Mas não passa de opinião pessoal. Humor também faz bem.

      Eliminar
    3. Não levo nada a mal. Acho até que tens razão. Eu é que estou habituado a utilizar estrangeirismos como LOL, FYI, ASAP e afins nos mails... Aqui a escrita deve, sem dúvida, ser diferente.

      Ao que parece, as boas-vindas são também para ti!

      Espero que tenhas tão boa entrada quanto eu. :)

      Eliminar
  16. Mau Benfiquista é exactamente quem tem a ilusão que é com 200 Mil sócios , dos quais se calhar nem 80 Mil têm as quotas em dia , que faz o Benfica apetecível aos Investidores....

    São os 6 milhões que fazem o Benfica ser grande e ganhar bons contracto...

    Realmente não acredito que este blog tenha aberto as portas uma pessoa capaz de Imbecilidades destas...
    Ou se calhar nem sabia , e nesse caso foi bom revelar-se para não deixar os leitores na duvida...

    Tenha vergonha na cara e vá á sua vidinha.

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção, eu não classifiquei ninguém de bom ou mau benfiquista. Nem tão pouco tenho vergonha do que escrevi.

      Dou-lhe a mesma resposta que dei ao Bubbles (1ª resposta ao meu post):

      Acho que os contratos publicitários que o Benfica consegue são devido aos seus sócios e aos não sócios que “representam o potencial de crescimento do clube”.
      Não quis NUNCA nem diminuir o teu benfiquismo, nem incentivar à desunião. Muito menos quero que peças desculpa ou que sacrifiques o bem estar da tua família para pagar quotas e ajudares o Benfica. Posso não ter sido claro, mas o Shadows percebeu bem o que quis dizer.

      Dois pontos:

      1. Obviamente que para comentar/concordar/discordar das minhas ideias não é preciso ser sócio do Benfica. Não era essa a ideia que quis transmitir.
      Reconheço que a frase “Por isso, amigo benfiquista, se queres comentar este post e ainda não és sócio, tens bom remédio:“ sugere isso mesmo, mas foi escrita em tom irónico que, muitas vezes nesta forma de comunicação não passa na mensagem (sendo esta uma delas). Mea culpa.

      2. A tal “última nota” que parece ter sido, ou muito mal entendida, ou muito mal escrita.
      queria dizer:
      - Quem é sócio, tem o direito de opinar, criticar, exigir. Paga e por isso tem moral para o fazer, pois o clube é seu (citando até o LFV), sendo que é a opinião destes que valorizo acima de todos os outros. Quem me dera a mim que fossem os tais 6 milhões (número utópico, é claro), em vez dos 200 e tal mil.
      - Quem não é sócio, tem obviamente o direito de opinar e criticar (felizmente vivemos numa democracia e a liberdade de expressão é uma realidade). Mas, no meu entender, não tem o direito nem a moral (duas coisas diferentes) para exigir seja o que for do Benfica.
      Durante numerosas discussões com outros benfiquistas ouvi muito “eu quero isto, eu quero aquilo”, entre outras exigências, e no fim de contas o que é que esses benfiquistas alguma vez fizeram para ajudar o clube? Zero! Foi por isso que escrevi o que escrevi. Não é uma questão de benfiquismo. E muito menos de desunião. Eu até deixo o link para angariar sócios…

      Eliminar
  17. E se tiver as cotas atrasadas autorizas a comentar ou não?????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando um novo elemento faz um post de ' apresentação ' com a premissa: ' aqui só comenta quem ... está apresentado. É mais um reforço de qualidade.

      Eliminar
    2. Só se for com menos de um ano, Mafarrico!! :)

      Eliminar
    3. Eu não autorizo nem deixo de autorizar. És livre de comentar o que quiseres, como bem sabes.
      Poderás ver a justificação para o que te irritou nas respostas anteriores.

      Eliminar
  18. Concordo com quase tudo, principalmente na questão dos sócios, ser sócio custa cerca 12euros/mês (se não é isto, não será muito mais) portanto, portanto, fumem menos 3 maços de tabaco, bebam menos 2gins, almocem fora menos 1vez por mês e já têm dinheiro para pagar as quotas.

    NÓS SÓ QUEREMOS BENFICA CAMPEÃO!!

    ResponderEliminar
  19. Eu queria... juro que queria não comentar isto.

    Colocando para a lateral a bola, para que o novo escriba seja assistido, pergunto apenas: o seu número de sócio, se faz favor. Seja coerente e identifique-se, quando começa logo por essa batalha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres ver? E o NIF para a factura também?

      Eliminar
    2. Eu não comecei batalha nenhuma. Ninguém aqui é meu inimigo, apesar da agressividade evidente de alguns. :)
      Não publico aqui dados pessoais, mas se há dúvidas sempre podemos combinar ver um jogo do Glorioso na Catedral e comprovares que sou sócio.

      Eliminar
  20. Já agora ser sócio dos mafiosos tambem, pelos vistos confere mais benfiquismo ou não?.


    António José

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente, não estou a ver a ligação entre benfiquismo e ser sócio dos mafiosos... É por causa do LFV?

      Eliminar
    2. Óbviamente. Não será mais criticável SER OU TER SIDO SÓCIO E INTIMO DOS MÁFIOS?(engraçado, esta questão está perfeitamente ultrapassada, água de cu lavado será?.). Pelos vistos não, até tem direito a prémio, ser o presidente com mais anos à frente do Benfica. Desculpem lá mas alguem com este curriculo nunca podia ser PRESIDENTE DO GLORIOSO, ponto final.

      António José

      Eliminar
    3. Nem mais! Completamente de acordo.
      Pessoalmente, estou de consciência tranquila. Não votei nele.

      Eliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. Força Ricardo. Bem vindo sejas e com a força das tuas convicções.

    ResponderEliminar
  23. Ufa, tanto comentario... Começaste e força oh Zhora :) Tens muito tempo apra te redimir. Foste organizado nas ideias embora não concorde com tudo, mas o nosso Viriato tem razão: 1 erro = 90% de acerto

    Porque se valoriza tanto os erros mesmo quando os comentarios dizem que foi ironico e que fez mea culpa... já sei, preferem atacar um benfiquista que se deu ao trabalho de escrever uma porrada de linhas, para se apresentar...

    Srs que se limitam a Criticar porque uma virgula possa estar mal introduzida, digam de vossa justiça e apresentem-se da forma como vêm o vosso Benfica, seria um excelente exercício e sou eu que o digo, podem faze-lo quer sejam socios.. ou não...

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa ideia a tua. Seria realmente um bom exercício.
      Obrigado pelo apoio.

      Abraço

      Eliminar
  24. Em 1996 deixei de pagar as quotas do Benfica, com as quotas em dia, carnet até ao fim da epoca, porque Damasio antes da final de má memoria, não desportiva, contra o Sporting, resolveu catalogar os benfiquistas de 1ª e de 2ª, os bilhetes para a final da taça só seriam vendidos em primeira mão para os detentores de carnet e só depois aos outros, para mim os benfiquistas são todos iguais, sejam socios, adeptos ou apenas simpatizantes, todos eles tem direito a opinião e a opinar, agora em assembleias gerais ai sim, esse lugar pertence apenas aos socios, ai só eles podem discutir os problemas do clube, mas o clube vive e depende de toda a sua massa adepta, como se costuma a dizer somos todos filhos do mesmo pai e da mesma mãe, não terrenos, portanto para mim que sou socio desde 1978 e adepto desde que me conheço, tenho 34 anos de socio, não sou nem mais nem menos do que qualquer benfiquista, e como já o disse varias vezes o Benfica não é a coisa mais importante na vida das pessoas, mas isso não impede que seja adeptos, simpatizantes e possam falar sobre o seu clube, o nosso clube não necessita de ficar mais divido do que aquilo que está há varios anos, já basta a teoria do presidente de quem não é por mim é contra mim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zé, nunca tive essa intenção de dividir ou catalogar benfiquistas. Muito menos de restringir o direito à opinião seja de quem for. Disse, e reafirmo, que valorizo mais a opinião dos sócios do que dos adeptos, pois o sócios (concordando ou discordando eu das suas ideias) pelo menos têm moral para opinar (muito diferente de ter direito, que felizmente toda a gente tem) e também para exigir e barafustar com a política do clube. Os restantes adeptos e simpatizantes são o que eu chamo o real “potencial de crescimento” do clube, pois se não contribuem para o clube da mesma forma que os sócios (sei que contribuem com compras e bilhetes para jogos), podem vir a fazê-lo no futuro e ter papel mais ativo na vida do Benfica. Não é uma questão de benfiquismo, nem de direitos/liberdades. É uma questão de participação.

      E repare, ao dizer que os adeptos não sócios são o potencial de crescimento do clube, estou a dizer que conto com eles, ou não? Não estou a dizer que são melhores ou piores benfiquistas, pois não? Em vez de os dividir, o que espero é que se unam cada vez mais…

      Eliminar


  25. Realmente não há bela sem senão porque essa de só considerares Benfiquista quem é sócio estou a lé-la e nunca a ouvi nos longos anos que já levo.

    Pois eu devo dizer-te que conheço muitos e muitos Benfiquista que mesmo não sendo sócios têm feito muitos mais pelo clube e em muitos aspectos do que possivelmente a grande maioria dos sócios.

    Não é dificil perceber que uma opinião destas só poderia vir de um Lisboeta ((cidade onde adorava viver só para estar próximo do Ninho da Águia)))comodamente instalados nos arredores ou a pouco Kms da catedral e que comoda e economicamente é um privilegiado não imaginado nem de longe os sacrificios feitos que mora a centenas de Kms e ainda se empenha na Casa da sua terra ou região, que contribui com compra de material tanto ou mais dos do que os privilegiados mas a quem é impossível ir ver todos os jogos e usufruir de todas as regalias que o Cartão oferece.

    Para quem conhece o País Benfiquistas e 80% das suas casa e actividade nunca avalizará o Benfiquismo pelo Cartão pois isso é de uma injustiça gritante além de os catalogar de 1ª e 2ª se é que não haverá mais uma 3ª. categoria.

    Não que isso me atinja porque devo ter um numero de sócio mais baixo que a tua idade que penso nem à meia idade chegaste.

    Quanto ao resto louvo o teu poder de sintese, a clareza na simplicidade com que enumeraste e condensaste tantos itens sobre os quais ao longo dos anos neste e noutros blogues, me tenho debruçado e que tu aqui tão bem decalcaste.

    Parabens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, e pelo elogio.

      Efectivamente, e depois de ler a sua resposta, entendo que possa ter sido algo injusto para alguns benfiquistas. É o preço da generalização e de meter todos no mesmo saco (os não sócios). No entanto, em respostas anteriores já expliquei as minhas palavras, pois nunca foi essa a minha intenção.

      Digo-lhe o mesmo que disse ao Zé:

      “nunca tive essa intenção de dividir ou catalogar benfiquistas. Muito menos de restringir o direito à opinião seja de quem for. Disse, e reafirmo, que valorizo mais a opinião dos sócios do que dos adeptos, pois os sócios (concordando ou discordando eu das suas ideias) pelo menos têm moral para opinar (muito diferente de ter direito, que felizmente toda a gente tem) e também para exigir e barafustar com a política do clube. Os restantes adeptos e simpatizantes são o que eu chamo o real “potencial de crescimento” do clube, pois se não contribuem para o clube da mesma forma que os sócios (sei que contribuem com compras e bilhetes para jogos), podem vir a fazê-lo no futuro e ter papel mais ativo na vida do Benfica. Não é uma questão de benfiquismo, nem de direitos/liberdades. É uma questão de participação.

      E repare, ao dizer que os adeptos não sócios são o potencial de crescimento do clube, estou a dizer que conto com eles, ou não? Não estou a dizer que são melhores ou piores benfiquistas, pois não? Em vez de os dividir, o que espero é que se unam cada vez mais…”

      Eliminar

    2. Zhora

      Como tenho andado atrasado no acompanhamento da Gloriosasfera li o teu comentário já tardiamente, como fácilmente poderás confirmar, fiz o meu comentário sem que tenha lido qualquer outro e por isso desconhecer a resposta que deste ao Zé que corrigida aceito de om grado.

      Compreendo o estatuto da cada um mas não é isso que gradua o Benfiquismo nem a dedicação e por isso todos fazem falta e se há sócios que pela proximidade o são por conveniência há outros a quem a falta do Cartão é muitas vezes sómente um agravamento económico e que sendo importante só inibe em actos eleitorais.

      Isto não invalida que não deseje que todos os que tenham possibilidades sejam sócios e se possam afirmar Benfiquistas de corpo inteiro.

      Abraço

      Eliminar
  26. Bem isto está bonito, aqui esta a antítese do outro posto do Luaencarnada... tenho de concordar que gostei de 90% mas a parte do sócio a seco cai mal... mas consigo entender o que foi feito com um reunir das hostes foi entendido como hipocrisia. Desejo boa sorte Ricardo continua a escrever porque foi uma falha de comunicação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, Pimento.

      Houve efetivamente ou uma falha minha na comunicação, ou de interpretação por parte dos leitores.

      Seja como for, já me expliquei. :)

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking