A verdade sobre a morte do adepto do Braga.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A verdade sobre a morte do adepto do Braga.

Avatar
 ●  + 30 comentários  ● 

Comunicado sobre actos de violência após jogo SC Braga e FC Porto

"Na sequência dos trágicos incidentes que marcaram a noite da última sexta-feira, a Associação de Moradores do Bairro das Andorinhas (AMBA) vem através deste comunicado prestar as mais sentidas condolências e pesar à família do nosso morador João da Silva Ribeiro. O bracarense de 39 anos faleceu na passada sexta-feira quando se dirigia sozinho para o Estádio AXA para assistir ao jogo da Taça de Portugal e foi abordado por adeptos, afectos ao FC Porto, da claque “Super Dragões”. O Mico, como era conhecido no Bairro das Andorinhas e na claque “Red Boys”, ao fugir dos referidos adeptos foi violentamente atropelado por um automóvel que circulava na variante que circunda a cidade de Braga, tendo sido decretado o seu óbito ainda no local pelo INEM.

Na sequência da violenta morte do nosso morador, e no final do jogo um grupo de adeptos do SC Braga entrou em violentos confrontos com a Polícia de Segurança Pública (PSP) que acompanhava a claque dos “Super Dragões” tendo estes “barrido” à bastonada cidadãos indefesos que se encontravam no Bairro das Andorinhas, pois este ponto da cidade é um local de passagem para o Estádio AXA. A Associação de Moradores reprova totalmente a atitude da PSP ao entrar no Bairro com cerca de 300 elementos munidos de caçadeiras e disparando centenas de tiros, onde um desses tiros atingiu gravemente um morador de 16 anos que se encontrava no 4º andar na sua habitação. Ainda na sequência deste acto policial vários moradores, que nada tinham a ver com esta situação, foram barbaramente agredidos pela PSP, e alguns tiverem mesmo que receber assistência hospitalar.

Em suma, a AMBA reprova qualquer tipo de violência sobre cidadãos indefesos, apelando ao bom senso de todos os intervenientes para que em situações futuras não se voltem a repetir.

Bairro das Andorinhas, 1 de Dezembro de 2012 " - retirado daqui

Pelo visto a Polícia prefere proteger os maiores vermes arruaceiros que alguma vez entraram num estádio, responsáveis por incontáveis agressões, roubos, e infelizmente mortes, pelo país fora.
A forma como resolvem 'varrer' seja onde fôr revela não coragem, mas a falta de dimensão humana para usarem uma farda de autoridade.
Nada que já não se tenha visto até na Luz com o mesmo lixo.
Totalmente chocante como a comunicação social não dá eco a este comunicado.
Vergonhoso como António Salvador não articula uma palavra publicamente quer para defender o seu clube dos roubos de arbitragem frente ao FCP, quer para condenar os responsáveis pela morte de um adepto do clube a que preside.

Preocupante como o Secretário de Estado do Desporto não toma medidas para nada.
Aos adeptos do Braga, muitos deles com o Benfica também no coração, pensem se querem seguir o mesmo caminho do ódio e do vale tudo, desde que seja para o FCP vencer e o Benfica perder.
É isso que querem para o vosso clube? Mais um vassalo do corrupto?

30 comentários blogger

  1. Porquê está calado o (sr) mesquita machado???

    ResponderEliminar
  2. Meus caros,

    Bom dia.

    Antes de mais faço uma nota: sou um adepto portista.

    Indo ao post em si, não posso deixar de salientar a felicidade de alguns adeptos benfiquistas pela morte deste adepto do Braga, os quais agoram usam isto como arma de propaganda contra o FCP... o que eu não podia repudiar mais veementemente.

    No que se refere a claques ninguém pode apontar o dedo a ninguém, todos temos telhados de vidro e todos deviamos tentar mitigar estes problemas.

    Mas ao invés usam-se estas situações para tentar conquistar uma superioridade moral, que de fantasiosa tem tanto como de inútil.

    Querem que querem que a comunicação social dê eco a isto? Para gerar mais ódio? Para criar mais inimizades entre clubes?

    Deixemo-nos destes apelos à violência e tratemos estes casos como eles merecem ser tratados, apresentando as nossas condolências à família e não vendo cores clubísticas nisto.

    De contrário estaremos só a contribuir para o problema que dizemos repudiar.

    Os meus melhores cumprimentos,

    Rui Amaro

    PS: Ao autor, peço-lhe que mesmo que não deixe passar o meu comentário, uma vez que não comungo a sua cor clubística, que pelo menos reflicta sobre o mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada04 dezembro, 2012 12:20

      Em tese, é assim que se deveria actuar. Mas vindo dum adepto dum clube, cuja direcção e pessoas a ele ligadas promovem a violência e o ódio há mais de trinta anos, não posso acreditar em tão morais palavras. Palavras vindas dum adepto, cujo chefe da claque se dá ao desplante de escrever livros onde descreve os seus crimes e nada acontece, nem ninguém vem repudiar, só dá para desconfiar e verificar que mais não faz que tentar branquear.
      É verdade que todas as claques tem os seus pecadilhos, mas também é verdade que só a claque do seu clube está imune à impunidade e ao silêncio da comunicação social. Rebata-me com dados, se for capaz!

      Eliminar
    2. Caro Rui Amaro,

      Antes de mais quero-lhe dizer que neste blogue todos os comentários passam, desde que venham por bem, e serviam para se debater com elevação.

      No entanto, devo-lhe dizer que começou mal o seu comentário.

      Ficava-lhe bem, como adepto portista, ter começado por lamentar a morte de uma pessoa por causa de um simples jogo de futebol.
      E também por condenar todos os envolvidos nos acontecimentos descritos no comunicado citado neste post.

      No que se refere a claques, os portistas são os últimos que podem apontar seja o que for a alguém.
      Os SD são os únicos entre os 3 grandes que recebem o apoio da direcção do seu clube. São os únicos que têm espalhado a violência pelo pais fora. E que até publicaram um livro a explicar como faziam todas essas coisas.
      Se resides na cidade do Porto, saberás de que vivem a maioria do núcleo duro.

      A superioridade moral, como lhe chamas, advém de outras coisas. Ainda no final da época passada, viu-se no Dragão Caixa a atitude de PC perante a polícia que tinha carregado sobre os 'seus meninos'.

      Temos uma diferença muito grande: é que nós no Benfica queremos que todos os arruaceiros e ladrões sejam punidos, sejam eles benfiquistas, sportinguistas ou portistas.
      Enquanto os portistas preferem assobiar para o lado e generalizar tudo e todos, fingindo que todos são iguais.

      A comunicação social tem a obrigação de contribuir para o esclarecimento da verdade. Se a verdade causar a revolta das pessoas perante a impunidade com que alguns conseguem viver, ainda bem. Talvez assim as autoridades resolvam agir.

      O adepto do Braga morreu por fugir a gente que deveria estar presa.
      Sejam quem forem e que cor tragam no coração.

      Repudio qualquer violência física. Picardias e bocas são típicas da rivalidade futebolística.
      Agressões não. Essa é a grande diferença.

      Eliminar
    3. Caro Shadows e cara Águia Preocupada,

      Boa tarde.

      Antes de mais, quero destacar que obviamente que lastimo a perda de uma vida humana, se não o disse taxativamente, foi porque pensei que o mesmo estaria implícito às minhas palavras.

      Agora, o que eu considero é que a vossa argumenta fica totalmente enviesada por uma predisposição de que uns são os "Bons" e outros são os "Maus". Isso na minha opinião é o erro: Porque somos todos "Maus"!

      E entrar aqui em conversas de "ah, sim, somos todos maus, mas uns são piores que os outros" é não resolver nada, porque no limite estamos todos a sacudir água do capote. Superdragões, No name boys, Juveleo, White angels, o que quiserem, todos têm telhados de vidro, conseguiamos se quisessemos arranjar aqui 10 ou 20 exemplo de violência e criminalidade associados a qualquer uns. Achar que os problemas se resolvem por atacar apenas um lado e ignorar os nosso erros é em si um problema.

      Estou a generalizar a toda a gente, o que é também um enviesamento da minha parte e haverá coisas boas nas claques no apoio que prestam aos clubes, mas isso sai tudo desvirtuado pelo que de mal fazem (e se o meu erro é generalizar a toda a gente, acreditem que não o é generalizar a todas as claques).

      Eu acho é que a reflexão deveria estar mais na base de como o desporto é encarado no nosso país, no tipo de declarações que os dirigentes fazem (e novamente, Todos os dirigentes) e a resolução tem que partir de uma grande mudança de mentalidades.

      Enquanto estivermos todos a achar que somos melhores e temos mais moralidade que os outros não se resolve nada. Da mesma maneira que posso vir a este blog e encontrar argumentações bem construidas e fundamentadas em factos a condenar o FCP e os Superdragões, também posso, por exemplo, ir a um blog portista e encontrar argumentações bem construidas e fundamentadas em factos a condenar o Benfica e as suas claques. Não nos enganemos, em ambos os lados há pessoas suficientemente inteligentes para conseguir argumentar muito bem. E depois, quem está certo e quem está errado?

      Na minha opinião estamos todos errados! Enquanto acharmos que "nós somos bons e os outros são maus" não resolvemos coisa nenhuma, aliás, enquanto assim for, nós somos parte do problema e não da solução.

      Não queria entrar aqui num bate boca muito longo (porque ainda por cima estou pressionadíssimo de tempo no trabalho), mas penso que a minha opinião ficou clara: não acho que se deva fazer destes casos armas de propaganda contra um clube, mas sim contra uma postura social instalada em todo o lado de complacência com as claques. Temos que atacar estes problemas de uma forma não clubística e não nos limitarmos a análises casuísticas que mudam conforme o nosso interesse (isto é, se este caso fosse com a claque do benfica, podem todos afirmar que não estariam aqui a arranjar argumentos para justificar que a culpa foi do condutor, ou que o adepto não devia estar numa autoestrada, ou qualquer coisa que o valha?). Porque se assim não for, estamos a fazer aquele papel ridículo dos comentadores televisivos que numa semana dizem uma coisa e na seguinte dobram a espinha para dizer o contrário porque lhes convém mais no momento (e novamente, são os comentadores de Todos os clubes).

      Espero ter sido claro no meu ponto de vista e não muito massador na argumentação.

      Os meus melhores cumprimentos,

      Rui Amaro

      Eliminar
    4. Seria um bom pronúncio se logo após à nota inicial declarando a preferência clubistíca declarasse o total desacordo quanto à existência de claques.
      Melhor seria ainda se a seguir a este comentário outros viessem de adeptos dos diversos clubes a condenar a existência de claques uma vez que está mais do que provado que não conseguem controlar os elementos criminosos que todas elas albergam.
      A única forma de acabar com este flagelo é se a grande maioria de adeptos verdadeiros não der tréguas a esta minoria, reprovando todas as acções ilícitas. Agora desculpando-os com possíveis medidas policiais porventura desproporcionadas não nos leva a lado nenhum.

      Eliminar
  3. É vergonhoso que num país democrático se assista a tentativas de branqueamento como as que ultimamente têm acontecido, tanto em Braga como no covil do Mal.
    É vergonhoso como as autoridades deste paupérrimo país se deixam manipular por xicos espertos,para quem a vida humana nada vale (métodos mafiosos).
    É vergonhoso como se cala e consente, como toda a CS mais uma vez numa demonstração de subserviencia se fechou perante acto tão horrendo.
    É vergonhoso.

    ResponderEliminar
  4. Águia Preocupada04 dezembro, 2012 12:02

    Houve uma morte! E é a morte de um ser humano que devemos lamentar, seja em que circunstâncias for!
    Seja qual for a verdade dos factos, o que é certo é que há culpas de alguém. Caso contrário, não existiria a necessidade de esconder, branquear, desmentir, de desviar atenções para algo que não corresponde à realidade.
    Lamentável como no norte do país tudo se passa com a conivência de autoridades e policias. Alguém anda a ganhar muito com isso, só pode!
    Não há dúvida que aquilo é mesmo a Palermo portuguesa.
    Mas o que não aceito é que o Ministro da Administração Interna esteja silencioso e inoperante. Acontecesse isto na Segunda Circular e assistiríamos a uma berraria infernal. Da mesma forma que custa a perceber (aliás percebo e bem que é o MEDO ou a conivência!?) da comunicação social. Estes, só são valentes quando sabem que ninguém lhes chega a roupa ao pêlo! Começa a ser necessária uma revolta e fazer que esses senhores entendam que exigimos que se comportem de maneira igual seja qual for o clube em questão!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo, o que se quer é que se dê o destaque que as noticias devem ter.
    E se a PSP e a Direcção do Braga estão a tentar escamotear aquilo que as testemunhas no local viram e relataram (e não me refiro ao comunicado da associação, mas sim às testemunhas que estavam no local e relataram ao INEM) é preciso desmascarar e denunciar. Não podemos pactuar com criminosos, sejam eles activos ou passivos.
    Depois há a questão da igualdade de tratamento dos Media. Um ex-jogador do Benfica, suicidou-se atirando-se para a frente de um comboio, na Alemanha... não foi aqui no rectângulo, foi na Alemanha e foi noticia durante vários dias, incluindo fazendo capa de jornal. Ainda recentemente voltou a ser noticia pois foi editado um livro sobre ele, e os media portugueses voltaram a dar-lhe destaque.
    3 adeptos do Benfica foram impedidos de entrar em estádios de futebol, durante 1 ano e todos os jornais relataram essa condenação, incluindo rádios e TVs.
    O Vale e Azevedo não dá um passo sem que uma TV ou jornal diga ou escreva algo sobre o assunto.

    No entanto, os mesmos medias, não dão destaque a um potencial (e digo potencial, porque há investigações em curso) suicídio dentro das instalações do estádio do seu clube e o seu clube não emite qualquer comunicado de condolências, nem sequer requer um minuto de silencio no jogo seguinte. Passando-se isto tudo na véspera de um jogo para a Liga dos Campeões. Um adeptos do Braga acabou por falecer após se atropelado ao que tudo indica enquanto fugia aos adeptos da claque do seu clube e a PSP diz que nada de anormal se passou (mas no entanto deteve 6 pessoas) e a Direcção do Braga apressa-se a dizer que não haviam adeptos do seu clube envolvido, quando todas as testemunhas no local dizem o contrário e você acha que a solução é calar?

    Calar?? Calar já a Direcção do seu clube fez e faz durante anos seguidos. Acha que era possível uma situação destas acontecer se o clube em causa fosse o Benfica?

    Ainda este ano, saíram várias noticias sobre o adepto do Benfica que foi condenado (esta é a palavra chave em tudo isto) depois de assassinar um adepto do Sporting no Jamor, e no entanto coisas gravíssimas a acontecer e você quer que se deixe de falar?
    Isso é típico de quem se habituou a ver o circo passar despercebido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando é algo relacionado como o Benfica, toda a C.S. tocam trombetas em altos decibeis relatando a coisa da maneira mais mórbida possível.
      Quando esses "algos" se passam com o clube condenado por corrupção desportiva é um silêncio tão estridente que até me rebentam os tímpanos.

      Já imaginaram todas as parangonas nos mérdias e TVs, se um dirigente do Benfica se tivesse suicidado nas instalações da CATEDRAL???

      Se calhar, esse silêncio deve-se ao facto do "falecido" ter sido confortado com o Sagrado Sacramento da Extrema Unção, religiosamente ministrado pelo Padre da Freguesia das Antas...e ter ido na Santa Paz do Senhor a caminho do Além...

      Eliminar
  6. Primeiro que tudo, lamento a morte desse adepto.
    Agora custa-me a perceber como existem pessoas que aproveitam estas ocasiões para dar lições de moral.Muitas vezes fui ver Benfica-Porto à Luz e em quase todas vi confrontos com direito a pedradas e esfaqueamentos.
    Já agora esta é a versão da PSP de Braga "Um grupo de adeptos do Braga apedrejou o autocarro do FC Porto e o atropelamento mortal registou-se logo a seguir. Não se sabe ainda se a vítima fazia parte daquele grupo"
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Faltou dizer quantas bombas assaltaste pelo caminho.

      Eliminar
    2. Caro Hugo, não se dão lições de moral só para um lado.

      Como já escrevi, condeno quais actos de violência, sejam de quem forem.

      Eu já fui ao Dragão e fui muitas vezes às Antas...quer qu lhe descreva o que passaram lá todos os benfiquistas?

      Em vez de se condenarem todos os que fazem da violência um modo de vida, vejo muitos preocupados em desculparem esses actos.

      Já agora, leia:

      "Desmentindo ter feito qualquer emboscada, a claque Red Boys (à qual pertencia João Mico), através do líder, Carlos Cerqueira, diz ter sido informada de que o veículo que transportava adeptos do FC Porto terá chegado a Braga “sem qualquer escolta policial”. “Queremos saber também por que parou na via rápida”, declarou."

      Eliminar
  7. Águia Preocupada04 dezembro, 2012 13:20

    A propósito desta não notícia nos média, já enviei uma reclamação ao Provedor da RTP, exigindo esclarecimento sobre tão ensurdecedor silêncio! É preciso reclamar. O silêncio dos inocentes não é mais que uma aceitação e incitamento ao crime e à violência!

    ResponderEliminar
  8. AnónimoParaNaoLevarNaTromba04 dezembro, 2012 14:07

    Qualquer noticia que vá ao encontro das vossas opinões é que é verdade! Este e outros blogs só servem para incentivar mais a violência e o ódio entre clubes.

    Amanhã há um jogo importante que dita o resto da época e a próxima do benfica e vocês estão preocupados em falar de claques? CLAQUES? Desde das claques do Porto até as claques do Benfica, tirando alguns elementos, são todos personagens que não deviam estar ligadas ao futebol. É triste ver pessoas a morrer no meio de conflitos de claques, ou por um very light lançado no estádio, ou esfaqueado por adeptos contrários... Mas enquanto vocês não criticarem os vossos e procurarem atacar apenas os que defendem outras cores, vai tudo continuar assim.

    Só uma pergunta, porque é que a policia entrou no tal bairro a disparar tiros? Não me digam que lhes deu vontade de andar a caça? Cá para mim os adeptos do Braga também não se andaram a portar bem. Eu tinha o remédio, era apanhar meia dúzia dos azuis e outra meia dúzia dos do Braga e dar-lhes um aninho de prisão. A esses e aos outros do sul.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, as generalizações dão em comentários como o teu.

      Conheceste o Casal Ventoso? Pois eu conheci. Havia muita gente que vivia da droga, mas também muitos mais honestos e trabalhadores. É um exemplo.

      Os assuntos, lá por serem incómodos, aqui não são abafados.
      Lamento que não querias contribuir para este debate.

      Eliminar
  9. incrivel como neste blog sabem mais que a policia.... em vez de lamantarem a morte de um ser humano anda a tentar colocar a culpa no adeptos do porto... incrivel o que a rivalidade provoca nas pessoas... quando mataram um adepto do sporting e colocaram um jogador de hoquei do porto em coma nao os vi tao revoltados....

    em vez de se recriminar a violencia e principalmente a morte andam a fazer se de virgens ofendidas... tenham vergonha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NFM, sabes ler?
      Qual foi a parte em que leste que não condeno a violência, venha de onde vier?

      Não desculpo, como já escrevi claramente, violência seja de quem for.
      No entanto, se me tentar agredir correm o risco de levar.

      Venho que também a ti te interessa branquear o que se passou.

      Esclarecido?

      Eliminar
  10. qundo o autor do texto diz que os adeptos do porto sao os unicos que espalham o terror em portugal esta tudo dito quanto a idoneidade do texto...

    ja vi muitos textos serio e com nexo neste blog mas este nao é um deles... morte no jamor, coma de um jogador do porto, queimaram um autocarro do porto em lisboa, atacaram o carro do presidente do porto qundo este vinha do estoril, a benfica tv apela a que se peguem em armas e se matem os adversarios...

    claro que os SD tb causam disturbios mas aqui nao ha ninguem que possa falar... infelizmente todas as claques têm elementos maus (ainda a pouco tempo foram apreendidos elementos da claque do benfica na posse de grandes quantidades de droga e armas de fogo)...

    lamenta se a morte obviamente mas todas as claques sao assim infelizmente.. agora dizer que sao so os do porto é ser é ser desonesto intelectualmente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NFM, és a favor ou contra as claques?

      Ainda estou para ver um adepto do Porto que seja capaz de condenar a corrupção, a violência e o tráfico de influências.

      Eliminar
  11. o facto de pensar isso de todos os portistas demonstra bem o porque dos teus textos... eu nao penso que todos os benfiquistas sao como o vale azevedo nem como os adeptos da claque que foram presos....

    nao julgo as pessoas pelo clube, raça ou religiao... em todo o lado ha pessoas boas e más... eu vivo o futebol 24 horas por dia mas isso nao me impede de ser racional...

    o porto cometeu erros como outros cometeram no passado... o calabote tambem existiu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que Calabote? Nesse ano em que há um «caso Calabote», o Porto foi campeão. O que é normal. Sempre que há suspeitas de ilegalidade, o Porto ganha. Porque é que será?

      Eliminar
    2. NFM, não há um portista que assuma as escutas como verdadeiras. Não há um portista que admita que o FCP tem sido o principal beneficiado em momentos chave pelas arbitragens!
      Mesmo os portistas que conheço pessoalmente, alguns amigos de longos anos, nenhum é capaz sequer de discutir esse assunto. Quer que pense o quê?

      Essa do Calabote faz-me rir. O NFM viu esse jogo? Esteve lá e pode afirmar que o Benfica foi beneficiado?
      Eu tenho visto o FCP ser beneficiado centenas de vezes nos últimos 30 anos. Ninguém me contou. Eu vi.

      Por isso, querer discutir um assunto sem admitir que à partida a balança está viciada...

      Eliminar
  12. A favor ou contra as claques?

    Mas então condena-se alguém por generalizar dando como exemplo o Casal Ventoso e a seguir pergunta-se se se é a favor ou contra as claques?

    Não será isso generalizar?

    Temos que ser é contra os bandidos e os criminosos (sejam eles pertencentes a grupos ultra, advogados, trolhas ou juízes).

    Temos é que lutar por 1 país com JUSTIÇA. Dessa forma estes problemas tendem a desaparecer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MAc, eu perguntei, não afirmei.

      A minha opinião sobre as claques ainda não a escrevi aqui.

      O que escrevi sempre é que sejam de que clube for: o lugar de criminosos é na cadeia.

      Eliminar
  13. È urgente enviar isto á comunicação social!!!

    ResponderEliminar
  14. Todas as claques têm telhados de vidro...

    ResponderEliminar
  15. Fernando Coimbra05 dezembro, 2012 20:10

    Uma correcção de alguém que vive em Braga e assistiu a parte dos acontecimentos. O adepto fugia de um local especifico, não sozinho mas em grupo. 10 a 15 pessoas. Isto após terem feito uma "emboscada" a uma das camionetas que levava adeptos do Porto. Este comunicado tem factos falsos. E isso parece-me quase tão grave como a actuação da PSP. Aliás quem conhece a zona e o estádio sabe perfeitamente donde o adepto fugia...

    ResponderEliminar
  16. Já lá vai quantos anos, sportinguistas e portistas, continuam a apontar o triste acontecimento no jamor como se fossemos todos iguais. Ainda para mais alguem foi condenado e eles continuam a fazer acusações de impunidade.
    LeBaf

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares