A diferença entre um clube sério e um clube odioso.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A diferença entre um clube sério e um clube odioso.

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 
Maio de 2010, Estádio do Dragay
Milhares de bolas de golfe são arremessadas para o campo pelos adeptos do FC Porto, colocando em risco a integridade física dos jogadores do Benfica.

Como reagiu o clubezeco corrupto?
Disse em comunicado de vários pontos várias coisas, de onde tiro isto:
"1 – O SL Benfica não tem dimensão moral para apontar o que quer que seja em matéria de comportamento de adeptos e de organização de jogos;
10 – O FC Porto aguarda tranquilamente os relatórios da força policial e dos responsáveis da Liga, seguro de que, dentro do campo, derrotou claramente o seu adversário e que este campeonato será para sempre recordado por túneis e pelas decisões da Comissão Disciplinar."

Dezembro de 2012, Estádio do Man City.
O defesa do Manchester United, Rio Ferdinand, foi vítima da falta de fairplay de um adepto do Manchester City, no derby deste domingo, vencido pelos red devils.
Durante os festejos do 3-2, conseguido por Van Persie já nos descontos, o defesa inglês foi atingido por uma moeda atirada por um adepto dos citizens que lhe abriu o sobrolho.
Ainda antes do fim do jogo, os adeptos do City ainda tentaram uma invasão de campo, mas foram impedidos pelo guarda-redes Joe Hart. 


Como reagiu o clube inglês às acções dos seus adeptos? Aqui está:
"Manchester City FC security officials are co-operating fully with Greater Manchester Police in relation to events leading up to the throwing of missiles onto the field of play, and between the two sets of supporters, during today’s game against Manchester United.
Manchester City wishes to offer its sincere apologies to Rio Ferdinand. The Club unreservedly condemns the actions which led to his being injured. 
GMP’s review of all fan behaviour at today’s match will be fully supported by the Club, through the provision of CCTV footage and eyewitness accounts. Following this review, and any associated police action, the Club will also apply its own disciplinary policies for any fans found guilty of offences."
A grandeza de um clube também se nota aqui. Por isso é que por mais que queiram, certos clubes de bairro nunca serão respeitados. Gentinha medíocre, odiosa e pequenina.

12 comentários blogger

  1. Já se conta espingardas para o clássico?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. Simplesmente nunca é uma má altura para se relevar, por um lado, comportamentos exemplares, e, por outro, fazer a comparação com certos comportamentos....digamos, assim pró nojentos.

      Eliminar
    2. Demonstrar comportamentos elevados e outros mais rasteiros é contar espingardas? Não me parece.

      Eliminar
  2. O Benfica devia jogar em Inglaterra. Já não se via daquilo à muitos anos. Os meus parabéns ao clube inglês que privilegia o fair play e a integridade física dos vários intervenientes diretos e indiretos de um jogo de futebol e mais, especificamente, ao Joe Hart por ter defendido um colega da equipa adversária. O meu enorme respeito _o_

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez alguns dirigentes em Portugal aprendam alguma coisa com isto.

      Gostava era de ver a imprensa portuguesa destacar estes comportamentos.

      Eliminar
  3. http://www.publico.pt/desporto/noticia/dividas-dos-tres-grandes-aos-bancos-ja-superaram-os-400-milhoes-de-euros-1577082

    ResponderEliminar
  4. O Post está correcto, mas e nós? temos uma grande dimensão moral? Não conseguimos saber quem, dos nossos adeptos, anda a atirar petardos, objectos e apontar com lasers para dentro de campo? Não estaremos nós ainda longe destes ideais escarrapachados no Post?

    Já sei que há quem esteja mais longe do que nós, é um facto, mas estaremos nós onde queremos e devemos estar, em função da nossa história?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que os clubes portugueses ainda estão longe destes ideais.
      No entanto, enquanto facilmente encontras um benfiquista ou sportinguista que não se reveria nestes comportamentos, dificilmente encontrarias um portista que os condenasse.

      O episódio das bolas de golfe é o exemplo mais notório. Todos acharam muita piada. Se a memória não me atraiçoa, foi nesse jogo que até um galo apareceu no campo.

      O exemplo tem que vir dos dirigentes. Em Inglaterra todos afinam pelo mesmo diapasão, porque senão serão castigados.
      Cá em Portugal, há sempre um clube impune a tudo. Essa é a diferença.

      Eliminar
  5. A diferença não é entre clubes, é entre culturas. Qualquer clube inglês reagiria como reagiu o Man. City e qualquer clube português reagiria como reagiu o Porto. O resto é treta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, perante a chuva de bolas de golfe daquele jogo, o FC Porto nunca reagiria de outra maneira pois só com o seu consentimento é que os adeptos entraram com aquilo nos bolsos.

      Mas como benfiquista, não me revejo em quaisquer agressões.
      Treta é ignorar ou aprovar estes comportamentos desviantes.

      Eliminar
  6. Nós não somos os ingleses mas também não somos o Porto. Não somos todos iguais. Dizer que somos é uma forma muito simples para desresponsabilizar todas as acções condenáveis. Há um e só um clube em Portugal que INSTITUCIONALMENTE constantemente incita e encobre estes comportamentos selváticos: é o Porto com o seu discurso de guerra aos "mouros". Normalmente até criticam a polícia quando esta tenta por ordem na selvageria.
    Bom post!

    ResponderEliminar
  7. Uma vez corrupto, corrupto para sempre.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares