O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Apresentações feitas. Qual a melhor?

 ●  4 comentários  ● 
Decidi aguardar pela apresentação de ambas as listas para tecer um juízo de valor sobre ambas as candidaturas. Acompanhei pela CS (não podia ir á Bairrada) e fui ver a candidatura de Rui Rangel ao vivo.

Apresentação de candidatura de Luís Filipe Vieira

Devido á longevidade do Presidente no cargo é possível tirar várias ilações sobre o seu projecto. Isto porque o discurso de apresentação da candidatura não trouxe nada de novo! Vieira não apresentou nenhuma ideia nova, nenhum projecto e não fez o mea-culpa sobre as péssimas decisões que tomou no mandato do sucesso desportivo. Pelo contrário, decidiu radicalizar, demonizar os benfiquistas que se organizaram numa lista opositora e usar o discurso estafado que já usa desde á imenso tempo agitando o fantasma de ou ele ou o abismo.
Outro motivo de interesse foi a confirmação da entrada de José Eduardo Moniz e pessoas alinhadas com este na lista de Vieira. Três anos depois de afirmar que Moniz é mau benfiquista, e de ter antecipado as eleições para impedir uma candidatura liderada por este homem (que supostamente iria enfiar "os espanhóis" dentro do Benfica), Vieira capitulou para o ex-director da TVI... Perdeu toda a credibilidade e qualquer réstia de aura de força que ainda pudesse projectar quando deu o dito de há três anos por não dito.
Mais grave do que isso, Vieira passou o tempo mais a defender-se do que a apresentar as suas ideias aos sócios para o futuro? Desistiu de vender de sonhos, a não ser que sonhos seja enfiar JEM no cadeirão do clube fugindo ao crivo dos sócios. E que tal detalhes sobre como sanear financeiramente o clube e a SAD, cujo passivo combinado já atinge os 500 milhões de euros quando em 2002 era de 89 milhões? E que tal detalhes sobre o planeamento desportivo?

Outro ponto negativo no seu discurso foi a hipocrisia. A hipocrisia de apelar á união ao mesmo tempo que fomenta a desunião ao demonizar benfiquistas. Benfiquistas que pagam quotas (e muitos deles á décadas), benfiquistas com Red Pass, benfiquistas que percorreram centenas e centenas de quilómetros e fizeram muitos sacrifícios pessoais para estar com o clube.
A hipocrisia de atacar quem difama e ofende benfiquistas para no dia da candidatura de Rangel comparar o Juiz a Vale e Azevedo. Mesmo que na lista deste estejam várias personalidades que sempre se opuseram a Vale e Azevedo!
Um discurso que ainda mais oco ficou quando se soube hoje da boca do próprio Rui Rangel que Vieira tentou convencer Rangel a integrar uma lista única. Qual a credibilidade de Vieira para atacar agora o Juiz e compará-lo a Vale e Azevedo quando o queria na sua lista??? Qual a credibilidade de Vieira em comparar qualquer candidato a Vale e Azevedo depois de ter blindado os estatutos para que aventureiros como ele não voltassem a tomar conta do Benfica?

Fica já aqui o repto a Luís Filipe Vieira: se Rui Rangel não passa de um Vale e Azevedo então aceite a sua proposta de debate e desmascare Rui Rangel pelo que ele é. Será que é capaz?

Finalmente, é incompreensível que não se tenha disponibilizado o programa a que se vai comprometer nestas eleições. É de uma incompetência atroz assumir-se como candidato e não disponibilizar um programa que possa ser analisado pelos sócios.


Apresentação de candidatura de Rui Rangel:

Rui Rangel fez um discurso forte e inspirado em que atacou Luís Filipe Vieira e José Eduardo Moniz com factos, o que tornou as suas críticas muito mais credíveis do que as de Vieira pois não partiu para a ofensa e difamação: a falta de coluna vertebral de quem se vende pela melhor oferta e não defende os ideais do clube, a grande fraqueza da lista opositora que é o facto de ter um governo-sombra com alinhados de JEM a construirem um cordão de segurança á volta de Vieira, as péssimas decisões do Presidente neste último mandato como o apoio a Fernando Gomes para a Presidência da Liga e FPF.
Além disso Rangel apresentou também as linhas gerais do programa que deseja implementar: apostar mais em jogadores portugueses, lutar para acabar com a hegemonia do Porto nas estruturas directivas do futebol português, equilibrar financeiramente o clube e óbviamente tornar o Benfica o clube mais ganhador em Portugal (algo que curiosamente Vieira não destacou...).
Finalmente, apresentou os membros da sua lista responsáveis pela execução do programa. Uma lista constituída por benfiquistas, mas também bons profissionais com provas dadas tanto no clube como nas suas carreiras profissionais.

Faço duas críticas á organização da candidatura de Rangel:
1 - O péssimo timing para a apresentação da candidatura. Depois da apresentação do OE2013, óbviamente que o destaque na CS generalista vai ser muito inferior e já sabemos que dos jornais desportivos, dois deles (incluindo o mais lido pelos benfiquistas) não morrem de amores por esta candidatura logo não lhe darão o destaque merecido.
2 - Gostei que Rui Rangel tivesse dito que Jesus é para manter até ao final da época mas a sua continuidade para além disso dependerá dos resultados. No entanto, Rangel não devia ter afirmado que não haveriam reforços para a equipa. O próprio Juiz admitiu que houve uma péssima planificação desta temporada logo Rangel devia ter prometido um lateral-esquerdo e um trinco para equilibrar a equipa e dar armas a Jesus de obter o almejado sucesso desportivo.

É também de destacar a disponibilidade total de Rangel em debater com Luís Filipe Vieira em qualquer altura de modo a esclarecer os sócios sobre as diferenças de projecto dos dois candidatos. Se o Benfica ainda é uma democracia espera-se uma resposta positiva do outro lado. O que é que tem Luís Filipe Vieira a temer de um debate com Rui Rangel se o rumo que o clube está a seguir é o rumo certo?

Depois das apresentações os benfiquistas têm que estar atentos ao discurso de ambos os candidatos e se se adequa ao que querem para o futuro do clube. Estas eleições não se tratam de um referendo sobre o passado de Luís Filipe Vieira - esse referendo ocorreu com a reprovação do R&C á umas semanas atrás. Estas eleições são sobre os próximos quatro anos do Benfica. Ambas as listas têm que apresentar os seus programas, os seus argumentos e os seus trunfos nos próximos dez dias. (da lista de Rangel já temos programa).

P.S.- Vergonhosa parcialidade da Benfica TV. Não estava um repórter do canal do clube para noticiar o anúncio de um candidato a Presidente do clube. Bastante grave pois ficam assim os benfiquistas a saber que o canal do clube não tem credibilidade na cobertura das eleições. Ficou comprovado que se trata da Vieira TV e não da Benfica TV.


4 comentários blogger

  1. http://eternobenfica.blogspot.pt/2012/10/era-uma-vez-um-nao-socio-que-e-hoje.html

    GRAVE. Muito grave...

    ResponderEliminar
  2. "Vieira não apresentou nenhuma ideia nova, nenhum projecto e não fez o mea-culpa sobre as péssimas decisões que tomou no mandato do sucesso desportivo. Pelo contrário, decidiu radicalizar, demonizar os benfiquistas que se organizaram numa lista opositora e usar o discurso estafado que já usa desde á imenso tempo agitando ".

    Ta tudo dito...

    ResponderEliminar
  3. É bom que a gloriosaesfera faça esse serviço público ao Benfica porque parece que a Vieiratv, não está muito interessada em o fazer em relação à lista de Rui Rangel.

    Ainda não vi nenhum programa eleitoral de LFV,desconheço página no facebook com alguma informação, o seu às de trunfo foi para o Brasil tratar de assuntos pessoais - começa bem, o soldado que estaria às ordens, mal começa a campanha vai embora do país...

    O discurso de LFV é o mesmo desde que pegou no Benfica, a não ser que alguém lhe escreva umas linhas para ele ler, porque de improviso só se lembra de Vale e Azevedo. Como se o tudo se esgotasse nele e qualquer outro que entre no nosso clube seja como o careca que anda fugido.

    Se estivesse verdadeiramente interessado em deixar cair o apoio a Fernando Gomes e Vitor Pereira já o tinha feito, agora apenas o vai fazer porque a outra candidatura assim o irá obrigar - ou seja vai a reboque...

    Em relação à olivedesportos pelo que tenho lido da relação Moniz/JOliveira, deixa-me desconfiado que a ligação poderá ser mantida e prolongada...

    Parece que João Coutinho o grande vencedor do último mandato é para mandar embora, a porta está aberta a qualquer ex-abutre que deixe de fazer oposição, segundo parece Rui Rangel tem coluna vertebral e irá ser oposição a Vieira...

    Jorge Gomes, Paulo Gonçalves, DSO, é que são grandes exemplos do que é o Benfica. Os verdadeiros benfiquistas são abutres...

    A lista de Vieira pensava que iriam ser favas contadas estas eleições e nem projecto eleitoral ainda apresentou, talvez se juntem todos agora para um jantar e alguém escreva uns tópicos num guardanapo...

    Provavelmente será o mandato do museu e depois da rádio e entretanto os corruptos já nos passaram em títulos e nós contentes por termos um estádio novo, uma academia de treinos, uma tv, um museu e uma rádio...

    Tenho votado sempre em LFV, mas a minha paciência acabou, este era o mandato desportivo e Vieira deitou tudo a perder ao apoiar Fernando Gomes para Liga e fpf sem nunca emendar o erro.
    "Confiem em mim, eu sei o que estou a fazer." disse na altura perante a incredulidade da esmagadora maioria dos benfiquistas.

    Nesta campanha os meus 5votos vão para o Dr. Rangel...

    ResponderEliminar
  4. Não concordo com as 2 criticas feitas a esta candidatura.

    1º Quanto ao timing, creio que foi o ideal, quase "desbaratinou" a Admsnitração de LFV, que bem recentemente quase se vangloriava de ir a eleições sem oposição. Depois, deixou a máquina de comunivação vieirista desprevenida.

    2º Treinador/jogadores. Jesus quanto a mim é bom treinador, mas tem de ter "redea curta", e tendencialmente surge com um discurso enviesado da Admnistração do Benfica, precisa de alguém que lhe defina objectivos claros, e de ter alguem na hierarquia que o coloque no seu lugar, e essa pessoa não é Carraça com toda a certeza. Jogadores? O lateral esquerdo e o trinco. Bom Rangel define como objectivo do seu programa, a defesa do jogador Português e da formação Benfica, assim como tentar sanear e diminuir o passivo. Daí ser entendível esta posição coerente. Lateral esquerdo? Luisinho, Luís Martins, o Carole, e qause certeza Melgarejo, são opções válidas e jovens. Quanto ao trinco, Airton (que sempre apreciei naquela meia temporada de 09/10) poderia regressar, o Nuno Coelho, ou uma aposta mais firme no jovem André Almeida. Logo, estas medidas irão garantir rentabilizar recursos humanos, jovens, oriundos da formação, e com contenção de custos!

    José Vinhas

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking