As voltas do Recurso
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 21 de julho de 2012

As voltas do Recurso

 ●  + 24 comentários  ● 

Portugal, 21 de Julho de 2012

Pela primeira vez em meses, o Benfica viu deferido um recurso que apresentou ao CJ da FPF visando revogar a decisão tomada na Liga de Clubes, pelo fim dos empréstimos de jogadores a clubes da mesma divisão. Julgo que este CJ da FPF que apreciou e deferiu as pretensões do Benfica, em tempo recorde, ainda não se pronunciou sobre o recurso do Benfica contra os 2 jogos de sanção aplicados a Aimar no jogo contra o Olhanense. Note-se que desta forma, Aimar não pôde jogar em Alvalade, o que teoricamente enfraqueceu a nossa equipa que precisava de ganhar para não descolar do FCP.

Na mesma reunião estavam agendados outros recursos, alguns mais antigos, como o recurso de Bruno Paixão contra a classificação que a Comissão de Arbitragem lhe atribuiu, depois de Vítor Pereira ter diminuído a nota que lhe havia sido atribuída no jogo entre Gil Vicente e SCP, clube do qual Vítor Pereira continua a ser sócio. Parece-me um caso mais fácil do que aquele que o Benfica recorreu.

Independentemente do que cada um possa pensar sobre a questão em si mesma (para que conste, sou contra os empréstimos de jogadores a clubes da mesma divisão), interessa perceber as voltas que o tema deu até chegar ao Recurso apresentado pelo Benfica.

Em 28 de Junho a Liga Profissional de Futebol Profissional aprovou o fim dos empréstimos para apresente época, contando nomeadamente com os votos a favor de Nacional e SCP, e com os votos contra de Benfica e FCP.

Pelas 00:18 de 7 de Julho, o jornalista Eugénio Queirós, adepto do FCP, escreveu um post no RECORD intitulado “CJ vai chumbar fim dos empréstimos”.

A 9 de Julho o Benfica interpôs Recurso contra essa decisão, antecipando-se a FCP, o principal prejudicado, a par do Benfica, dos efeitos dessa decisão.

A 19 de Julho, o CJ da FPF anuncia que deu provimento ao Recurso do Benfica. Em tempo recorde tinha sido contrariada uma decisão da Liga, que em teoria era desfavorável ao Benfica, e que estranhamente não mereceu da parte do FCP (o outro clube/SAD prejudicado) qualquer tipo de recurso. O que só se compreende porque eles depositavam muita “confiança” no Recurso do Benfica.

Como? Se calhar temos de perguntar ao Eugénio Queirós...

A propósito da temática dos empréstimos e tomando como base a época anterior, a Benfica/SAD foi quem teve mais jogadores emprestados: 30. Destes 30 apenas 8 eram portugueses!

Nomes: Melgarejo, Carlos Martins, Jara, Oblak, Júlio César, Carole, Shaffer, Wass, Roderick, Sidnei, Enzo Pérez, Miguel Rosa, Urreta, David Simão, Coppetti, Léo Kanu, Fábio Faria, Airton, Felipe Menezes, Yartey, Elvis, Felipe Bastos, Leandro Pimenta, Romeu Ribeiro, Nuno Coelho, Fernández, Éder Luiz, Kardec, Alípio, Ruben Amorim.

Rui Costa: “Benfica fez um recurso dessa decisão (da Liga) e como diretor e ex-jogador vai prejudicar o jogador português, que terá de jogar na segunda divisão ou ir para o estrangeiro” – BOLA online, 5 de Julho. Cada vez percebo menos esta “sumidade” futebolística. O Benfica tem 8 jogadores portugueses, em 30 emprestados, como é possível dizer que estamos a ser prejudicados?

Dos 30 jogadores emprestados, 18 foram emprestados a clubes estrangeiros e 12 a clubes portugueses. Destes apenas 6 eram portugueses. Por último, destes 30 jogadores, 15 (50%) nunca foram incorporados na equipa, sendo emprestados de imediato. Como é Rui Costa?

Vamos falar claro. O Benfica não tem uma política de valorização do jogador português, mas sim uma opção por ser entreposto de contratação de jogadores que nem alinham na equipa principal (50%) e que não são portugueses (73%). O Benfica apareceu neste tema, como aliado do FCP, possivelmente cumprindo um papel que mais interessa ao “sistema”: que a opinião pública não perceba que a FPF está totalmente controlada pelo FCP (se fossem estes a recorrer e a ganhar o recurso, era o que se pensaria).

Notícia CM de 6 de Abril último: “o CM sabe que a seguir ao jogo entre encarnados e blues houve uma conversa telefónica entre os líderes da FPF e o do Benfica. Gomes elogiou a exibição da equipa portuguesa e lamentou a actuação do árbitro. Só depois de incentivado é que Luís Filipe Vieira se prontificou a criticar publicamente o juiz Damir Skomina”.

Possivelmente alguém voltou a incentivar o Sr.º Vieira a apresentar o polémico recurso contra as decisões da Liga...

24 comentários blogger

  1. Antes de mais, gostaria de salientar a vitória do Benfica frente ao campeão polaco, com uma exibição sólida e até algo perdulária. Destaque para o afinamento do sistema táctico 4-2-3-1 que nos permite ser mais equilibrados e contrariar uma tendência dos últimos anos, que é atacar sem ter consciência dos buracos que se criam na defesa.

    Depois, e acerca do tema Recurso que alguns colegas já haviam abordado, penso que havia mais a dizer e eu disse-o. Temos de pensar cada vez mais pela nossa cabeça e não ir no folclore que infelizmente tem estado por trás do actual projecto empresarial de Benfica.

    À conta desse folclore, da credibilidade, etc, somos hoje um grupo nas mãos dos bancos, sem capacidade de decidir o nosso futuro, a nossa estratégia mais próxima. Porque não criamos dinheiro suficiente para sermos independentes dos bancos e não somos capazes de pagar os juros que devemos.

    Este exemplo do Recurso, na minha modesta opinião, prova que o Benfica não tinha assim tanto a perder caso a decisão da Liga fosse para a frente. Porque fomos nós fazer o papel do FCP, que é de facto, quem mais beneficia desportivamente desta situação?

    A mim, no actual projecto empresarial, já nada me surpreende ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O CJ so aprovou o recurso do Benfica porque o mesmo interessava ao seu patrao PC. Podem ter a certeza que foi isto que aconteceu. Se PC nao o quisesse o recurso era indeferido. Abram os olhos pf.

      Eliminar
    2. Mas eu tenho-os abertos há 12 anos .. alguns é que ainda não perceberam este Benfica ...

      Eliminar
    3. Então e o que é que o Benfica faria os 50/60 jogadores a mais que tem, em uma ou duas semanas? Emprestar e vender jogadores, leva o seu tempo. Eu concordo com o Benfica em ter recorrido. Não se muda as regras do jogo pouco antes do campeonato começar e onde tem de se decidir rápido a vender ou a comprar. Mas esta é a simples opinião de um sócio.

      Eliminar
    4. E é a minha opinião também, caro Manuel Serra !!!

      Eliminar
  2. Esta situação dos empréstimos é vergonhosa! E é incrível que o Benfica tenha ficado do lado dos defensores dos empréstimos (ou das comissões?!).
    Basta apenas destacar:

    "Cada vez percebo menos esta “sumidade” futebolística. O Benfica tem 8 jogadores portugueses, em 30 emprestados (...) Dos 30 jogadores emprestados, 18 foram emprestados a clubes estrangeiros e 12 a clubes portugueses. Destes apenas 6 eram portugueses."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assim meu caro .. o Rui Costa é um bom rapaz, vaidoso quanto baste e muito ignorante. Até algo rude. Como quando há 2 épocas era sistemáticamente multado por estar em zona não permitida, mas todos os jogos na Luz ele estava no mesmo lugar. E o Benfica pagava ...

      Estes dados dos jogadores emprestados foram coligidos do site RELVADO.PT que dizem ser do Rui Santos.

      Eliminar
  3. eagle puseste o dedo na ferida: os benfiquistas estao completamente manipulados e ainda aplaudam. Cheguei à conclusao que a nossa estratégia dita "de marca" passa por comprar camioes de jogadores de nivel médio num primeiro tempo. no segundo a estratégia de marca faz com que esses mesmos jogadores quando chegam ao Benfica VALORIZAM LOGO, so por ter vestido a camisola do Glorioso e, terceiro, permitam negociatas cà na Europa ou na àmerica latina e o plantel principal do Benfica quase nao muda de ano para ano. Portanto jà viram, é como se a adidas ou a nike comprava sapatos de qualidade duvidosa, pusava là o seu logo e vendia isso à preço de ouro simplesmente aproveitando da notoriedade da sua marca. Se passa a mesma coisa com o Benfica, e a continuar assim os mais chulados pelo reisol e a sua banda somos nos os proprios benfiquistas que continuamos a alimentar essa estratégia. ISTO TEM QUE ACABAR, O BENFICA NAO é ISSO!!! Os benfiquistas têm que saber descortinar o que se esconde atràs de certas opçoes diremos contrasensuais (apoio ao nandinho das faturas, silencio sobre arbitros, discursos inflamados para acalmar as hostes, maquina de propaganda e censura, recurso sobre os emprestimos, declaraçoes de cervan lamentando o fim do basket dos corruptos, questao dos direitos televisivos que devia ser resolvido antes do fim de fevereiro...). Enfim alguem brinca connosco e Se nao acordamos é o fim do Benfica que conheci miudo e que conheceram os meus pais, avos e bisavos.... a empresa benfica continuarà mas o clube desaparecerà de vez. Viva o (clube) Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo meu caro. Estes dados que coligi do RELVADO.PT (creio ser do Rui Santos), apenas explicam que o Benfica não tem grande interesse no empréstimo de jogadores portugueses entre equipas do mesmo escalão, porque só tinhamos 8 e desses 8, 6 estavam emprestados cá em Portugal. O Miguel Rosa na 2ª liga e o Romeu Ribeiro julgo que também. Ou seja, sobravam 4 emprestados a equipas da 1ª liga ...

      Foi por isso que votamos contra o fim dos empréstimos?

      Não quero ir tão longe como tu, mas a questão da valorização dos jogadores por ter a camisola do Benfica vestida, mais alguns negóicios que não sabemos como são feitos (ver o caso do Alipio que custou 5 milhões, é representado por Jorge Mendes e foi embrulhado no negócio do Di Maria ...)

      Mas claro que tenho dito que este Benfica é o Benfica do BES e do Joaquim Oliveira, puseram lá este "lapardeiro" na presidência, fazem-lhe uma campanha de valorização descomunal, e os adeptos acreditam que isto é tudo verdadeiro ...

      Eliminar
  4. Eu acho engraçado que desta feita a Polícia do Benfiquinha esteja calada!
    É uma vergonha o SLB apoiar esta conduta! Andamos há anos a reclamar dos empréstimos do FCP e agora ficamos do lado dos corruptos?? Mas LFV defende quem afinal? Só for a sua própria incompetência, para poder assim escoar os camiões de jogadores que o SLB contrata!! E Rui Costa, essa figura decorativa do SLB, a falar no jogador português e sua protecção? Só pode ser para rir esta! Ele que se dê por contente, pois se tivesse nascido 20 anos mais tarde, nunca chegaria a envergar o manto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo a achar que alguém soprou ao ouvido do Sr.º Vieira que deveriam avançar com o Recurso. Até o Eugénio Queirós já sabia que o CJ ia votar contra a decisão da Liga ...

      Espera só até à apresentação das contas consolidadas do grupo empresarial, e depois falamos mais um bocado ...

      Eliminar
  5. esqueceste do recurso sobre o botafogo
    abraço

    j0aquim pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, ah, ainda há esse ... os tipos queimaram a bancada e não há decisão da FPF obrigando o SCP a pagar as despesas .. o Sr.º Vieira quer lá saber: pede mais dinheiro aos Bancos, eles agradecem, quem sabe até o favorecem na vida das suas empresas, e os sócios do Benfica que paguem a factura ...

      Eliminar
  6. Pois o Rui estava mesmo a referir que apenas os actuais jogadores saíam prejudicados pois a lei aplicar-se-ia apenas este ano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas, eu de facto fiz questão de referir os números do ano passado. Não tenho outros. A sua observação é técnicamente correcta, mas depois de analisarmos os casos deste ano (quantos portugueses estavam fora da equipa B e fora das opções do Benfica A?) possivelmente vamos concluir que se trata de um numero residual que não merecia esta opção de alinhar com o FCP, porque o FCP não fez recurso por alguma razão. É aí que eu quero chegar ...

      Eliminar
  7. Nesta triste manobra, como noutras ao longo dos últimos anos e por muito que L.F. Vieira não queira ou não se dê conta, há uma, que resume tudo: Fantoche. Resta-me lamentar, digo,... profundamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há uns tempos em conversa telefónica com o amigo Conde de Vimioso, disse-lhe que estava para escrever uns textos sobre Vieira e ia associá-lo a um "tigre de papel". O seu "fantoche" é um pouco mais duro, mas se calhar está mais próximo da realidade ...

      Eliminar
    2. Será realmente mais duro, mas como adjectivar alguém que não é capaz de aprender com erros passados, sendo constantemente manipulado, mesmo à distância,...???

      Eliminar
  8. No caso dos empréstimos temos que fazer uma distinção entre emprestados que já jogaram na equipa principal e aqueles que nunca o fizeram.
    No primeiro caso noventa por cento desses jogadores já não interessam ao clube e só são emprestados porque não os conseguimos vender, a estes a proibição ou não dos empréstimos em nada nos afecta já que na vasta maioria dos casos estes jogadores são emprestados ao estrangeiro de modo a não se desvalorizarem e podermos vende-los, na minha opinião é aqui que o clube tem falhado não só na quantidade de jogadores que tem nesta situação como no tempo em que eles ficam nesta emprestados já que muitos jogadores se arrastam nesta situação um ou dois anos, as vezes até mais, para alem de que é aqui nestes jogadores que o clube tem investido muito dinheiro que somado dava um grande jogador.
    No segundo caso jogadores jovens e com pouca experiencia o fim dos empréstimos vinha acabar com a possibilidade que o clube tem de por um lado de ver as potencialidades dos jogadores num ambiente mais duro e competitivo que a segunda liga por outro exercer influencia junto dos clubes nacionais que perdemos desde o inicio da década de noventa. O tema não é consensual mas basta ver o que aconteceu no período que vai desde o inicio da década de oitenta até ao inicio da década de noventa, em que praticamos uma politica igual á que estamos a começar a praticar agora de muitos jogadores emprestados aos quais junto vários treinadores com ligação ao clube, e o que por contraponto aconteceu desde o inicio da década de noventa e os últimos dois ou três anos em que por razões financeiras deixámos de ter um numero elevado de jogadores emprestados, esta politica tem custos elevados mas tela experiencia não a praticar tem na minha opinião mais custo ainda.
    Se no primeiro caso não posso estar mais em desacordo com esta direcção e é um erro que ela sempre cometeu não tem conseguido corrigir e até tem vindo a piorar com o tempo, já no segundo caso não podia estar mais de acordo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aprecio a sua opinião, mas não esqueça que os jogadores jovens que e precisam de tempo para adquirir competências futebolisticas, têm agora o Benfica B.

      Se reparar nos nomes dos 8 portugueses que o Benfica teve emprestado no ano passado, verá que são jogadores com traquejo e que só não jogam no Benfica, porque NUNCA vão jogar (excepção a Carlos Martins). Rodem quanto rodarem ...

      Aliás só não são desvinculados definitivamente porque o Sr.º Vieira quer alimentar a ideia que o Benfica continua apostado na Formação e no jogador Português, honrando assim a historia do clube ...

      Portanto o Recurso do Benfica continua a ser para mim, um "favor" feito ao FCP que esse sim, precisa desta "arma" para boicotar os adversários directos, já que os jogadores emprestados jogam bem contra Benfica e SCP e não jogam contra FCP. Ajudam uns e prejudicam outros ...

      O Benfica do Sr.º Vieira concorda ...

      Eliminar
  9. É inacreditável como este blog já não tem um post sobre futebol desde dia 17 de Julho...

    É que assim deixo de cá vir, não gosto de política, gosto é de futebol... mas parece que neste blog os gostos são mais ao contrário, não gostam de futebol, gostam é de política...

    Os meus melhores cumprimentos,
    Miguel Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já leu o meu texto "prétemporada: a fase Gama"?

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares