O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Eleições na FPF: Porquê não escolher Fernando Gomes

 ●  4 comentários  ● 
Desde que se começou a desenhar o cenário de eleições na FPF, desde logo muitos benfiquistas e eu incluído destacamos a importância das mesmas para o futuro a médio prazo do futebol português, bem como em particular para o Benfica e para a sua luta contra todo o polvo que tem viciado os resultados nos últimos 30 anos.

Impunha-se que o Benfica agregasse vontades e apoios e patrocinasse uma candidatura forte, capaz de criar uma vaga de apoio, e que convencesse a maioria dos delegados às eleições que havia ali alguém em quem podiam apostar, aproveitando o facto de o voto ir ser secreto. Entre muito ruído criado dentro e fora dos círculos do futebol, o Benfica não quis ou não soube ser essa força motriz da mudança. Talvez um dia o Presidente do Benfica se dê ao trabalho de explicar aos benfiquistas o porquê disso. Pelo contrário, assistimos à ida do Benfica na onda de apoio a um candidato que emergiu repentinamente, assumindo ser a face de uma reacção do sistema vigente a uma possível candidatura que se falava ser possível surgir, patrocinada por Benfica e Sporting.
Esvaneceu-se essa possibilidade e a onda de apoio 'unânime' dos clubes da Liga a Fernando Gomes começou a ter proporções reais. Quer através de Associações, quer por declarações de apoio de clubes. O Benfica foi um deles, através de uma declaração sem margem para dúvidas de LFV.

Tem Fernando Gomes mérito e capacidade demonstrada para assumir este cargo?

Se tivermos em conta o seu mandato incompleto na Liga de clubes, não. Grande parte do seu programa não foi cumprido. Aliás, de medidas com impacto público conhecem-se muito poucas. Talvez a mais visível tenha sido a mudança do local da Taça da Liga para o centro do país, retirando assim às gentes do Sul a possibilidade de assistirem ao vivo a uma competição que já ganhou o seu espaço. Também a transformação do troféu da Taça da Liga numa coisa preta horrenda pertence aos méritos de Fernando Gomes.
Quanto ao resto, foi um Presidente da Liga quase invisível, escusando-se de aparecer durante os momentos mais quentes da época passada onde se impunha uma posição firme e de liderança por parte do Presidente da Liga. Não o foi. Nem de perto. Apareceu agora para justificar, qual técnico de luz, as falhas da iluminação do Estádio de Braga no jogo frente ao Benfica.
É alguém demasiado discreto, não conhecido por ser capaz de assumir publicamente as suas posições, e com pouca capacidade de motivar a opinião pública, algo essencial para o futuro líder do futebol português.

Mas a história de Fernando Gomes não é só esta. Durante anos, foi a cara das finanças do FCP. E quem tem essa responsabilidade naquele clube tem obrigatoriamente um conhecimento privilegiado de tudo o que se passa lá. Tudo.
Não ficou fora das escutas publicadas no Youtube, surgindo em conversa comprometedora com um dos piões de PC no fornecimento de fruta. E isto implica-o em tudo o que se passa e passou no âmbito do Apito Dourado.

As suas ligações ao universo da Olivedesportos também não são pontos a seu favor. É alguém demasiado comprometido com o 'sistema' que tanto prejudicou o futebol português e o Benfica. Alguém que esvaziou a Liga de Futebol de qualquer papel na regeneração do futebol.
Apesar de ter com ele alguém que foi importante no surgimento do processo Apito Dourado (Hermínio Loureiro) e um homem que considero que devia ser o responsável máximo pelo futebol do Benfica desde à muito (Humberto Coelho), não vejo condições para que Fernando Gomes deva ser escolhido para presidir ao orgão máximo do futebol. É um ser demasiado nebuloso e sem qualquer garantia de que seja desta que vai mudar.

Dirão muitos: E que garantias dá Carlos Marta? Conheço pouco do seu trabalho. Mas entre alguém que foi braço direito de PC e outro que não tenha estado envolvido nesse mundo, desculpem lá mas eu nem hesito. E o facto de ele até ser benfiquista é secundário. Também Fernando Martins era benfiquista e foi ele que abriu muitas portas a PC no futebol. Também Manuel Damásio se dizia benfiquista e quase destruiu o clube permitindo a destruição de um plantel campeão, trocando internacionais de qualidade por 'Nelos e Tavares'.

Os nomes para os diversos orgão são secundários. Como se viu no passado. Quem lidera é quem dita o rumo. E para um benfiquista que está completamente farto da falta de jogo limpo, o apoio a alguém que esteve na estrutura que mais mal fez ao Benfica é algo que nem se põe.

Nota: Primeiro lugar na Champions, fantástico! Mas atenção pois temos que apresentar melhor futebol na Madeira.

PUBLICADA POR SHADOWS

4 comentários blogger

  1. devia ser o responsável máximo pelo futebol do Benfica desde à muito (Humberto Coelho)?
    Escreve-se "há muito"!

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Sr.Viriato de Viseu, é sempre um prazer ler os seus post's, mas permita-me desta vez discordar consigo acerca deste tema.
    O Benfica não deve apoiar nem o Fernando Gomes nem o Marta, simplesmente não se deve meter nisso.
    O Fernando Gomes é um servidor do sistema, um adepto assumido do corrupto, e para mim essa jogada dele sair a mal do porto e ter-se enfiado logo na liga traz agua no bico, foi uma jogada de laboratório.
    Ou alguem é assim tão anjinho para pensar que se o FG saísse a bem do porto teria a vida fácil e as opiniões unânimes como presidente da liga?
    Para mim, nem gomes, nem martas nem o raio que os parta, o silencio nestes casos vale ouro.
    Algum deles falou do que se passou em braga? Não
    Algum deles falou do que se passou na luz com os adeptos do sporting? tambem Não
    Em ambos os casos um preferiu multar o Benfica quase tanto como quem protagonizou tais actos, o outro limitou-se a condenar a ja tão famosa rede protectora da luz, dizendo que jamais iria ver o jogo numa jaula e nem se dignou a condenar os actos criminosos dos incendiários adeptos do sporting.
    Dos dois venha o diabo e escolha. . .
    Mas meus caros, atendendo ao que se tem passado lamento informar-vos que seja qual for a escolha, continuaremos no meio dos bichos.
    Para mim serão sempre duas marionetas movidas por pinto da costa!

    União rapazes, o que é preciso é a nossa união!

    JB

    ResponderEliminar
  3. Caro JB
    Esta soberba postadela não foi escrita por mim (pois para tanto me falta a arte e o engenho) mas sim pelo SHADOWS.
    Eu apareço no final por causa de um "interim" que houve por causa de uma sobreposição de postes já que os escribas deste blogue, fizeram postes uns atrás dos outros na última noite.

    Concordo que o nosso GLORIOSO não devia ter INEQUIVOCAMENTE apoiado ninguém, até porque não vota nestas eleições, segundo consta e sendo assim era escusado aquele compromisso com o Facturas.

    ResponderEliminar
  4. Epa então as minhas desculpas Sr.Viriato, realmente fiz aqui alguma confusão consigo e o nosso amigo Shadows.
    Mas reitero o que disse sobre os seus post's e honra-me saber que nesta matéria estamos de acordo.

    Um abraço e bom fim de semana desportivo!

    JB

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking