O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

25 de novembro de 2011

Gaiolas e papagaios

| 15 comentários
1. «Não se percebe o porquê da polémica já que em vários estádios por essa Europa fora, existe a tal 'caixa de segurança’». O parecer do insuspeito subintendente Costa Ramos foi apenas mais um a juntar a muitas outras vozes competentes. Evidentemente, face à pouca ou nenhuma objectividade da algazarra leonina resultam poucas certezas; uma delas que os corredores de Alvalade estão ainda bem vivos e continuam a atrofiar as direcções que ficam obrigadas a patentear uma conduta estapafúrdia com origem num anti-benfiquismo primário; outra, há efectivamente muito nervosismo (como aliás se pôde ler nas entrelinhas das declarações de Schaars); last but not the least, a relação privilegiada que o vizinho da 2.ª Circular tem com a imprensa, da qual põe e dispõe.

2. «Não gosto do Sporting»... Porque... «No meu bairro, era um clube de elite, da polícia, que não gostava das pessoas de cor, era racista». Critique-se ou não o timing das declarações de Eusébio, ponha-se ou não em causa a sua eloquência, o direito de opinião que lhe assiste até foi desta feita devidamente fundamentado. Contudo, muito por via da falta de arcaboiço dos sportinguistas que não aceitam as suas origens, a simplicidade das declarações do Pantera Negra foi mal aceite. É engraçado como após décadas de falácias em torno do tão propalado «clube do regime» com que sempre se justificou a hegemonia encarnada (e que os benfiquistas pouco amiúde decidiram contrariar), uma verdade dê origem a tanta celeuma, cuja aberração "Em matéria de estupidez, Eusébio é king" (do Duarte Moral do Correio da Manhã) apenas representa parte do desvario verde e branco que por aí anda.

Como escrevia brilhantemente Luis Fialho no jornal O Benfica de hoje; «Sporting sempre foi, de facto, um clube genericamente conotado com as elites económicas e políticas, nomeadamente durante o Antigo Regime, fosse em Moçambique, em Lisboa, em Évora, ou em Carrazeda de Anciães. Os primeiros estatutos do clube do Visconde de Alvalade apenas permitiam a adesão a "filhos de boas famílias", e ao longo dos anos, muitas vezes ouvimos sportinguistas manifestarem o legítimo orgulho de pertencer a um clube "diferente”, logo, elitista e restrito. Como será fácil de perceber, na África colonial dos anos cinquenta este elitismo andava frequentemente de braço dado com o preconceito racial. Nem é necessário trazer para aqui os vários dirigentes leoninos ligados à PIDE ou à Legião Portuguesa, nem o facto de os anos dourados do Sporting terem coincidido com os anos de maior vigor salazarista. Bastará, simplesmente, lembrar que a cor (e não só) do Benfica agradava pouco aos senhores do regime, facto que, desde logo, os empurrava para os braços do rival. Ao pendor democrático, popular e interclassista do nosso Clube, sempre se opôs o snobismo sportinguista. Quer queiram, quer não, é essa a matriz genética de cada um dos clubes, os quais, sem elementos geográficos que os possam diferenciar, ancoraram a sua identidade noutros factores - que lhes dão densidade, e os tomam muito mais do que simples abstracções desportivas. De resto, é assim também em Buenos Aires, em Atenas, em Roma, em Milão, em Manchester, em Liverpool, em Viena, ou em qualquer outra cidade futebolisticamente dividida.»
Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL).

15 comentários

  1. No regime salazarista eram 3 campeonatos para o benfica e 1 para o sporting...

    O clube do regime era o benfica...futebol, Fatima e fado.

    Sei que nao é agradavel, mas é a verdade!!

    ResponderEliminar
  2. Isto é dar troco a gentalha com largo passado ligado à ditadura salazarenta. Gois Mota e Cazal-Ribeiro, p.e..

    Mas se eles andam agoniados, porque ainda não apresentaram queixa às autoridades que superintendem a questão.????
    É deixá-los berrar junto dos escribas e pasquins que tudo infectam.

    ResponderEliminar
  3. Ó Anónimo das 01h58, apresenta aqui os números desses campeonatos para discutirmos a coisa. Isso de mandar papaias para o ar é muito fácil.

    Venham daí os números de campeonatos em Ditadura e em Democracia.

    ResponderEliminar
  4. Nas 22 epocas anteriores ao 25 Abril o benfica ganhou 13 campeonatos, 7 o sporting e 2 o FCP (qua ja perdiam jogos sempre que passavam a Ponte Arrabida).
    Vou buscar os ultimos 22 anos pois foi quando apareceu a TV e os meios de comunicação social podiam difundir as "glorias" do regime de forma capaz.

    Se estes numeros esmagadores não (60% vitorias) indicam quem era o "vencedor" no tempo Salazarista então que o pjsimoes me diga quais são...

    Claro que havia muitas figuras Salazaristas sportinguistas e tb por la haveria muitas benfiquistas, mas sem duvida que a Ditadura e as suas figuras "cavalgaram" e defendiam/protegiam o sucesso do benfica, a nivel nacional e internacional...

    Era a forma que tinham de demonstrar alguma superioridade de Portugal (que em termos de nivel de vida era o que se sabia) e projecta-la para o mundo, enquanto o "povo" andava contente e não se preocupava com outras coisas!

    O Salazar ligava pouco a futebol e apenas queria dar ao "povo" o que o entretia...por isso o famoso trio futebol, Fatima e fado.

    São as realidade irrefutaveis !!

    ResponderEliminar
  5. esse grande clube que é o scp só ganhou 4 campeonatos desde o 25 abril de 1974.
    (1979/80, 1981/82, 1999/00, 2001/02).

    tristes, nem a vossa pequena história conhecem!

    ResponderEliminar
  6. Meu caro Salazarento anónimo das 01.58

    Dizes o que sabes.
    Mas não sabes o que dizes.

    Cultiva-te Lagarto
    BENFICA SEMPRE

    ResponderEliminar
  7. Águia Preocupada26/11/11 15:14

    Estes viscondes não se enxergam mesmo!
    Vem este anónimo com conversa tão estúpida quão estúpida tem sido a atitude do seu clube!
    Ó anónimo, explique lá qual o clube que a par do seu tem tetra campeonatos? Se sabe ler, nessa lista não encontra o Benfica! Se era o clube do regime, não se nota nada! Antes de falar e se tem orgulho no seu clube, nada melhor que estudar a sua história! Ou será que tem medo de lhe conhecer os podres?

    ResponderEliminar
  8. Conde de Vimioso26/11/11 16:30

    Para mim este anónimo, aos quais nem costumo responder pois se até os caes têm nome, não é submisso, é sim um comparsa dele, um corrupto, que resolveu assumir as dores.

    Ao contrário de corruptos e submissos o Benfica foi sempre o clube do povo desde a sua origem e é por manter essa matriz que o povo ainda hoje nele se sente representado.

    O Benfica nunca se colou ao regime mas o regime serviu-se sim da grandeza que o Benfica atravêz do seu povo conquistou.

    Nós nunca mudamos nem precisamos de mudar de identidade como eles que navegam conforme os ventos.

    Uns envergonham-se daquilo que os caracterizava noutros tempos como a xenofovia e racismo os outros serviram-se de uma democracia imberbe para comrromper tudo e todos e no fim sobrará o Benfica, cada vez melhor, cada vez maior.

    É isto que doi a ambos, hoje com alma quase gemea e os fígados arreliados de se verem a minguar perante a continua grandeza do clube do verdadeiro Povo.

    ResponderEliminar
  9. Ó anónimo porque escolhes 22 anos antes de 74, quando a TV em Portugal só apareceu em 58, e apenas em lares que tinham posses para comprar a TV? E não era muitos. A TV só se tornou verdadeiramente popular em Portugal com a democracia. És um mentiroso!

    Na força do Salazarismo, entre 1946 e 66 (quando Salazar deixou o poder) o Sporting ganhou 10 e o Benfica 8 campeonatos. (50%)

    De 66 a 74, quando o fascismo já estava na sua fase decadente e já sem Salazar, o Benfica ganhou 6 e o Sporting 3 (33%).

    Nos primeiros 20 anos da fase democrática, de 74 a 94, o Benfica ganhou 10, o Porto 8 e o Sporting 2 (10%).

    Quer isto dizer que a fase ascendente do Benfica foi no fim da ditadura e na 1ª fase da democracia. O Sporting começou a descer desde o fim do Salazar em 1966. Ele caiu da cadeira e com ele o Sporting. LOL!

    ResponderEliminar
  10. As viscondessas da treta que não têm onde cair mortas devolveram os bilhetes daquela coisa que eles dizem ser órgãos sociais, não aceitaram o convite para o jantar! mais barato fica...
    CORTE DE RELAÇÕES COM ESSA MERDA DE CLUBE!!!!

    ResponderEliminar
  11. Ó Anónimo, eu ia para te responder com os números tim por tim mas o caro amigo Manuel já o fez de forma clara!!!

    É tramado um Sportinguista ver aqueles números porque fica bastante claro e não deixa qualquer dúvidas que quem deixou de vencer campeonatos pós Salazar foi o Sporting e não o Benfica. Além do mais, o Benfica até tem umas finais Europeias nos pós 25 de Abril, curioso não?

    ResponderEliminar
  12. No tempo de SALAZAR o nosso hino AVANTE BENFICA foi proibido.

    Assim como foi proibida a cor VERMELHA que passou a chamar-se encarnada.

    Se o Benfica era o clube do regime, vou ali e já venho...

    Mas porque carga dágua, estamos nós aqui a gastar os nossos neurónios com os submissos???

    ResponderEliminar
  13. Realmente a cor vermelha deixa-vos com as ideias confundidas...

    O que eu - Luis - anonimo das 1:58 digo e reafirmo, e os numeros dão-me razao é que o Regime do Salazar serviu-se do benfica...e o benfica dos beneficios do regime...e mais nada!!

    O unico clube que tem 2 Tetras e um Penta é o FCP...
    Agora nao se enganem nem arranjem os numeros que mais vos convem, pois o ciclo de 3 campeonatos-benfica, 1-Sporting FOI BEM EVIDENTE e o regime era o mesmo!

    Sei que custa, mas foi algo que deu jeito a todos...e o sporting tb aproveitou! Alem disso eram os 2 clubes da capital, logo num regime tão centralizado, mais ninguem tinha possibilidade de se "meter", a nao ser por alguma falha do sistema!

    ResponderEliminar
  14. Além da habitual estupidez dos viscondes... a questão da gaiola é lamentável. Não vejo necessidade para tal, e toda a teoria de controle de multidões diz-nos que quanto mais enjaulada mais perigosa se torna uma multidão...
    Enfim, são opiniões.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo das 19:44

    Todos nós sabemos e tu também, como é que esses pentas e tretas foram ganhos.

    COM MUITA FRUTA !!!!!!!
    Já ouviste pelo menos uma escuta???????

    ResponderEliminar

O NGB mantém registo dos comentários. Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL). Seja moderado na linguagem, senão será rejeitado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no contexto do blog.

ranking