Até quando?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Até quando?

 ●  + 8 comentários  ● 
- 1983; Interdição das Antas à entrada de um jornalista devido a declarações;

- 1985; Proibição da entrada de jornalistas do Record nas Antas;

- 20 de Novembro de 1988; Carlos Pinhão é barbaramente agredido em Aveiro, depois de jogo Beira Mar-FC Porto, por elementos ligados ao FCP. Processo judicial viria a ser arquivado por "falta de provas". No mesmo dia em que Carlos Pinhão é agredido, Martins Morim é também alvo da fúria dos adeptos do clube da cidade invicta. Entre os agressores destacava-se Tónio Maluco, conhecido adepto portista. O guarda Abel diz aos jornalistas que «era melhor do que cair por uma ribanceira»;

- Ainda em 1988; Jornalista agredido por um jogador na carrinha oficial do FC Porto;

- 5 de Março de 1989; Eugénio Queiroz, jornalista do jornal Record, é agredido no Estádio do Restelo por seguranças de Jorge Nuno Pinto da Costa. Violentamente empurrado para fora do corredor de acesso à cabine do FC Porto, o jornalista viria a apresentar queixa na PJ mas acabaria arquivada por "não se conseguir identificar os agressores";

- 24 de Setembro de 1989; João Freitas, jornalista de A Bola, é agredido barbaramente perto dos balneários do Estádio das Antas. Foi assistido no Hospital de Santo António e identificou Vergílio Jesus e um tal Armando entre os agressores. A queixa foi arquivada porque a testemunha principal, o agente da PSP Oliveira Pinto, disse que não se lembrava de nada;

- 4 de Outubro de 1990; Na véspera do jogo Portadown-FCPorto, Manuela Freitas do jornal Público foi ameaçada e insultada no hall do hotel por integrantes da comitiva portista;

- 24 de Outubro de 1990; José Saraiva, director do Jornal de Notícias, é agredido à porta de casa por dois indivíduos. O JN tinha publicado uma notícia envolvendo Pinto da Costa no famoso caso "Aveirogate". Nunca chegou a haver queixa judicial;

- Ainda em 1990; João Martins, jornalista ligado ao automobilismo, trabalhava na rádio do filho de Pinto da Costa e "roubou" a namorada ao Alexandre. Agredido à porta de casa por dois indivíduos, acabaria por não apresentar qualquer queixa porque lhe pediram desculpas;

- Santos Neves, jornalista de A Bola, quase que se despista em plena estrada no Porto, por alguém lhe ter desapertado as jantes do carro. Nunca se provou quem foi o autor;

- “Corte de relações” entre o FC Porto e o jornal A Bola;

- 1 de Setembro de 1992; António Paulino, jornalista do Expresso é agredido à porta do seu jornal na redacção do Porto, segundo o próprio, por Pinto da Costa, o filho e Joaquim Pinheiro. Tudo acontece porque queriam saber quem teria sido o jornalista responsável pela notícia sobre um processo de Alexandre Pinto da Costa;

- Ainda em 1992; Proibição da entrada de jornalistas nas Antas;

- Outubro de 1992; Pinto da Costa desvaloriza as agressões a jornalistas;

- 10 de Março de 1993; Agressões à equipa da RTP (Paulo Martins/Pedro Figueiredo) no relvado nas Antas no final do Porto-Famalicão, o jornalista Paulo Martins está no relvado a tecer os comentários finais a um jogo entre o FC Porto 0 Famalicão 1 quando um elemento não identificado do público entrou pelo campo dentro e agride à palmada a equipa da reportagem da RTP. Tudo foi transmitido em directo, toda a gente viu, contudo o jornalista da RTP e a própria RTP não apresentaram queixa à Justiça. As frases de Pedro Figueiredo ficam para a história, «Estou a ser cuspido (...), estão a pôr em causa a minha integridade física»;

- Ainda em 1993; Pedro Figueiredo, jornalista da RTP1, é agredido no Estádio do Bessa no final de um Boavista-FC Porto. Não houve queixa judicial porque a empresa não autorizou;

- 11 de Dezembro de 1994; Marinho Neves, jornalista da Gazeta dos Desportos e autor do livro sobre corrupção na arbitragem "Golde de Estádio" é alvo de uma emboscada à porta de casa por dois indivíduos. Processo judicial vem a ser arquivado na PJ do Porto por falta de provas, apesar de haver cinco testemunhas que nunca foram ouvidas e de acompanhar a queixa com uma fotografia dos agressores;

- 1994; Agressão de um jornalista nas Antas;

Etc, etc. Ainda este ano foi o Marinho Neves que sofreu do mesmo "mal" de Santos Neves no passado, alguém lhe desapertou as jantes do carro, e já ontem Valdemar Duarte foi insultado pelo presidente do FCPorto e agredido pelo staff. Não criaram o monstro? Agora riam-se com a «fina ironia».

8 comentários blogger

  1. Mas o universo dos l+ampiões não tem mais nada com que se entreter a não ser com o grande porto? Deviam ter vergonha na cara cambada de tapados...

    ResponderEliminar
  2. Esta merda de país está bom é para os corruptos.
    Obviamente a Comunicação Social (administrações e escribas) colaboram com a situação para a tornarem possivel.

    Com a conivencia dos governantes das maiorias partidarias. Sem espinhas.

    ResponderEliminar
  3. Caro Bolandas, essa é a sua história, foi na violência e na corrupção que cimentaram o seu crescimento, por isso nada que me espante.
    O problema é que naquela palermo, tudo vale, ante uma liga eleitoralista e que quando teve disciplina a sério depressa os corruptos e aliuados se apressaram a correr com eles.

    ResponderEliminar
  4. ... " Anónimo disse...
    Mas o universo dos l+ampiões não tem mais nada com que se entreter a não ser com o grande porto? Deviam ter vergonha na cara cambada de tapados...

    28 DE NOVEMBRO DE 2011 09:49

    Não consigo perceber como é que os comentários destes anónimos mongos, e azeiteiros ,conseguem passar ?

    ResponderEliminar
  5. BERDADE INDISMENTÍVEL !

    «Quando Pinto da Costa aparece, as coisas mudam»

    Rui Moreira dixt !

    ResponderEliminar
  6. Estás bem documentado..hahahahah. espero que também estejas em relação ao teu clube lampião... Ainda não vi o presidente do meu clube entrar por um estúdio de tv adentro.. telefonar a interromper um programa de desporto na tv... acoitar drogados e terroristas dentro do estádio.. ter uma claque ilegal. financiar livros... reunir com pseudo-jornalistas para inventar noticias, apresentar atestados médicos quando equipa perde para desculpar a ausência em jogos, mandar dar porrada no aeroporto. etc, etc... hahahahahah (quanto ao dito Valdemar foi pena as que cairam no chão...

    ResponderEliminar
  7. Ó annónimo das 16:02
    O teu assumido corrupto presidente não precisa de invadir os estudios da TV, porque estão lá os papagaios amestrados, a fazerem-lhe o frete.

    Os corruptos a ladrarem em drogados...eheheheh...não se enxergam...

    ResponderEliminar
  8. Oh Anónimo, o presidente do teu clube foi acusado de corrupção ativa, mas não foi preso porque não existe justiça em Portugal, pirou-se para a Galiza porque a mulher de Lourenço Pinto lhe mandou um pombo-correio a avisar antecipadamente da visita da PJ.
    Drogados e terroristas legalmente aceites que viajam em aviões fretados pagos com a venda do produto e não só, assaltam lojas free-shop de Aeroportos por essa Europa fora, batem ou mandam bater em jornalistas, e ainda vens mandar patacoadas para uma casa que nem e tua?
    Já ouviste falar daquelas escutas, e duma casa iluminada...

    O teu lugar é na pocilga dos "antilampiões" dos "águiamoribunda" e noutras fossas asséptica semelhantes !

    Pelo teu linguajar deves ser ex-cliente do Futebolar...encerrado pelas autoridades sanitárias devo ao cheiro fétido que exalava ...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking