Caixinha: Da incompetência e do servilismo no futebol nacional...
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Caixinha: Da incompetência e do servilismo no futebol nacional...

 ●  + 15 comentários  ● 
Pedro Caixinha, ao que parece, está de saída da União de Leiria, clube que me é caro e quem me conhece sabe porquê. Isto só prova (mais uma vez) que em Portugal muitos treinadores vêem a sua carreira a ser construída artificialmente, com a benção papal e em clube protegidos, onde um penalty ou um vermelho a favor aqui e ali ajudam decisivamente à construção de uma boa temporada! Recordemos que a União já teve o ex-futuro Mourinho Vítor Pontes. Na época passada, com um futebol confrangedor e com um plantel paupérrimo, a União acabou a Liga em 10º lugar! Com 10 pontos a mais que o 15º! Com o 2º pior ataque da Liga e uma diferença de golos que se cifra em... 13 negativos! Caixinha, no Dragão, retirou 8 habituais titulares, com o pretexto de... testar opções alternativas! No Dragão! E na Luz? Não?


Ano após ano, existem em Portugal treinadores, mais ou menos veteranos, que vão perdendo o comboio da 1ª e da 2ª Liga, em detrimento de outros técnicos, totalmente inexperientes, a quem são dados de mão beijada clubes para treinar! E curiosamente todos, mais ou menos, ligados ao lodaçal azul! Pedro Emanuel é a última criação! E a Académica, à 2ª jornada, já era arvorada como a nova sensação da época! Em Barcelos perderam o pio!


Pedro Caixinha pertence à linhagem dos pseudo Mourinhos (Vítor Pontes, J. C. Almeida, José Gomes, Villas-Boas, João Pinto (o bronco capitão dos andrades na década de 90), Domingos, Jorge Costa, etc), autênticas unidades "sleepers" que pululam no futebol português, sempre a jeito de fazer um favor ao patrão e que são colocados com o propósito de "facilitar" e deixar o clube em dívida com a entidade tutelar! Patrão esse que os colocou, por bons serviços, em bons clubes! Para não falar em Vítor Pereira, que antes de regressar a casa para ser adjunto de AVB, andou por fora do Dragão a "fazer pela vida". Fora aqueles que nunca estiveram ligados ao lodo-mãe mas que nunca se coíbem dar um "jeito" aos andrades, colocando-se sempre em bicos de pés quando recebem o Benfica! Não é, mister Manuel Machado e mister Daúto?! Pior: são os clubes que se submetem a isto, pagando caro se não o fizerem! Bem vemos a ascenção meteórica do SC Braga, em detrimento do Vitória de Guimarães, clube com uma identidade mais própria e que tem pago caro certas audácias que não sabemos, mas que lhes custou uma descida de divisão (!) num ano em que haviam saído da alçada dragonesa! Curiosamente...


Já outros treinadores, com resultados interessantes por onde passaram nunca chegam a "arrancar" na carreira, sendo esquecidos... Caso gritante: Álvaro Magalhães! Outro caso giro, Carlos Mozer. No ano passado pegou numa Naval "beyond salvation" e pô-la a praticar bom futebol e hoje está esquecido... Ele que até foi campeão de Angola. Como eu gostava que a União o fosse resgatar! Para o bem de André Almeida e dos demais que lá estão!


O caso de Pedro Caixinha é sintomático e similar a muitos treinadores, ligados umbilicalmente ou por simpatia manifesta ao CRAC, devido aos clubes em que são colocados. São elevados mais alto nível de competência, com métodos (supostamente) avançadíssimos e sempre com a cobertura dos media, mas que espremendo o futebol produzido este não chega a nada! Jesualdo Ferreira foi igual. Saído do CRAC, vejam a sua carreira (Málaga e Panathinaikos, com resultados pouco mais que decepcionantes). J. C. Pereira andou de clube em clube e nada! Vítor Pontes, idem... Ou seja, até podem enganar durante algum tempo, mas chega a um ponto que não dá mais! E como diz RAP a verdade é como o azeite, para além de ser uma excelente forma de temperar alimentos, vem sempre ao de cima! Mais cedo ou mais tarde!

15 comentários blogger

  1. Totalmente de acordo, linha a linha, nome por nome. Incrível como este pinto rei consegue esta façanha de dividir um país tão pequeno e sem grandes diferenças congénitas. Talvez até tenha sido facil demais, atendendo à espinha dorsal deste paísinho.
    isto em relação à Liga tambem se aplica na federação, por isso as proximas eleições na FPF podem ser muito importantes.

    ResponderEliminar
  2. Diz-me uma coisa, Jedivermelho... Quem és tu para dizer que o Pedro Caixinha é incompetente?? Conheces a qualidade e competência da pessoa em questão? Alguma vez acompanhaste o trabalho diário da União de Leiria?? Em que te baseias para dizer que a carreira dele foi construída artificialmente e com benção papal?? Conheces, ao menos, a carreira deste treinador? Não me parece... Sou benfiquista e sócio há mais de 20 decádas, por isso nem tenho razão especial para defender o treinador em questão. Apenas não me parece correcto quando as pessoas escrevem e falam sobre aquilo que não sabem nem fazem a mínima ideia, única e exclusivamente por clubite aguda.

    Cumprimentos.

    Peter.

    ResponderEliminar
  3. Que esperamos nós Benfiquistas do Leiria ???!!!
    Isto ou pior.
    Já agora verifiquem a história de Jorge Alexandre o director desportivo do Leiria e do clube de onde veio, o Tourizense, clube de uma aldeia de 115 habitantes do concelho de Tábua no distrito de Coimbra.

    ResponderEliminar
  4. Uau Peter! Sócio há 20 décadas! Serás certamente o sócio nº1! Não sabem do que falam? Pois bem, leste o texto ao menos? Claro que não. Para quê, não é?? Apenas fiz um comparativo do Caixinha em relação ao demais treinadores que menciono! E menciono factos para me basear quando o acho fraco treinador! Não conheço o trabalho diário dele no Leiria, mas conheço o futebol apresentado pela equipa (fraco, muito fraco mesmo), conheço os números do Leiria no ano passado (deploráveis para quem ficou em 10º), também todos sabem que a União tem sido um "bom porto" dos apaniguados do sistema e por fim conheço que este treinador tem um fraco percurso como adjunto! Contratar Pedro Caixinha para a União é uma decisão da SAD! Mas só o proteccionismo vivido pelo clube, perante tão futebol e números tão pobres é que permitiram a manutenção! Proteccionismo esse demonstrado no Dragão no ano passado? Lembras-te? Se calhar, não! Por isso sim, posso falar de factos, indesmentíveis!
    Olha lá, só por teres 200 anos de sócio isso não te dá o direito de vir para aqui arrotar postas a dizer q o texto foi de clubite! Porque isso indica que não o leste!
    Cumprimentos cordiais!

    ResponderEliminar
  5. E nao te podes esquecer que eles tem mais um ponta de lança. O Luis Miguel, o novo treinador do Paços que é só o cunhado do Vitor tá.

    ResponderEliminar
  6. O Peter anda a beber o quê?
    Não esquecer de ver quem é esse Jorge Alexandre!

    ResponderEliminar
  7. Peter, 20 décadas de sócio!? ehehe És o maior sócio do mundo. LOL

    O Caixinha era adjunto do José Peseiro, e quando se tornou treinador principal, pegou no Leiria e fez o que o JEDIVERMELHO disse.

    É uma banalidade como treinador.

    ResponderEliminar
  8. Peter andas a ganhar a vida por isso dou-te desconto. Deves ser daqueles que mandam sms para o dia seguinte a dizer que o benfica não joga nada, só ganha com ajuda dos arbitros e "até és do benfica".

    Em relação ao post acrescento que o Caixinha como treinador nao vale a ponta de um corno, apresentavam do futebol mais fraco que havia na 1a liga.

    Voltando ao amigo e anciao Peter ele que va ver quantos jogos o Leiria ganhou no ano passado 1-0 de penalty.

    O Jorge Alexandre no ano passado estava no Tourizense (satelite do fcp) e veio para o leiria substituir o sujeito que fez queixa das fotos por debaixo da porta em braga e foi demitido.

    ResponderEliminar
  9. Obrigado Gandaia! Creio que os factos n existem argumentos!

    ResponderEliminar
  10. Para não falar daquele lado direito, entregue a um defesa direito emprestado pelo CRAC, que estendeu uma passadeira vermelha ao James Rodrigues....porque até convinha valorizar este jovem que á muito nao era capa de jornal pela excelente exibição.


    N. Quaresma

    ResponderEliminar
  11. Tenho a concordar com o teu texto excepto no vitor pontes, é de leiria, e o seu clube se não me engano é sportinguista, e ficou pois já tinha ligação à casa assim como ao guimarães para onde ele foi, e onde desceu com ele. O pior erro da sua carreira disse ele. E nunca foi mau treinador, tanto que nunca perdeu contra o benfica, mas o resto é verdade. o Mozer é um caso gritante.

    ResponderEliminar
  12. Jedivermelho: provavelmente nunca te enganaste mas eu faço-o de quando em vez.... O facto é que a equipa do Leiria este ano é bastante limitada e, caso não retoquem a equipa, certamente vão lutar para não descer. Sem ovos não se fazem omoletes. O ano passado, com uma equipa mediana (mas superior a esta, que é claramente abaixo da média), antes do Carlão e Silas saírem o Leiria estava a lutar pela Europa. E repara, quantos emprestados do Benfica tem o Leiria? Se tivessem o nº de emprestados do Porco que têm do Benfica não imagino o que seria dito... Epá, fala do Leiria como clube ligado ao Porco (apesar dos recentes empréstimos do Benfica começarem a indicar o contrário) mas não fales do treinador, simplesmente porque isso não corresponde à verdade. E é apenas a este ponto que queria chegar.

    Peter.

    ResponderEliminar
  13. Depois de ver o caixinha a tirar oito titulares e a mudar a estratégia quando foi ao dragão apenas para "experimentar", não existem argumentos possíveis para defender essa figurinha! Mesmo que fosse competente como treinador no dia a dia, seria sempre um mau profissional e consequentemente um mau treinador pois põe outros interesses acima dos da equipa para quem trabalha.
    Escumalha dessa devia ser toda vetada no mundo do futebol.

    ResponderEliminar
  14. Islander, no ano passado Caixinha não foi o único treinador a mudar a estratégia na visita ao dragão. Inclusivamente, lembro-me de um que acabou por perder 5 a 0 e que, pelo mesmo raciocínio, também poderia ser acusado de vassalagem...
    Parece que o Mozer já está apontado contra o UL. Daqui a uns meses passo cá para confirmar a vossa teoria...

    ResponderEliminar
  15. Quem é que mudou a estratégia e tirou 8 titulares da equipa? Uma coisa é mudar tacticamente para encaixar no adversário(e a coisa pode falhar completamente, como foi o caso do Jesus), outra é tirar os melhores, especialmente num clube da dimensão do leiria que não tem nem de longe 8 substitutos à altura dos que saem....Ou podia estar a poupá-los para um jogo da champions? Qualquer desculpa serve para atirar areia aos olhos...
    Espero que esse caixinha nunca mais treine uma equipa de 1ª, que tenha sucesso na carreira que escolheu: como proxeneta.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares