Temos o que merecemos
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Temos o que merecemos

 ●  + 8 comentários  ● 
Foi preciso a selecção nacional sub20 chegar à final do Mundial para merecer honras de capa em dois de três desportivos. Começa aqui a falta de respeito pela formação em Portugal. Os senhores directores avençados dos jornais deportivos gostam muito de criticar a falta de aposta nos jovens portugueses mas são os primeiros a desvaloriza-los. O jornal O Jogo preferiu uma capa com Witsel a dizer que se sente cada vez melhor, do que com os nossos jovens heróis.

Mesmo a blogsfera, passou o campeonato inteiro sem sequer fazer grandes referencias aos jogadores lusos, mas lembraram-se que tinham selecção quando mandamos para casa os argentinos, que são vistos como os astros do potencial futebolístico, a julgar pelos magotes que aterram em Portugal.

Desde cedo que fiz questão de acompanhar a nossa selecção aqui no blog, não tanto pelo patriotismo, confesso, mas pela identificação que tenho pela formação em Portugal. Há qualidade, muita qualidade e só precisam que alistem neles e lhes dêem os minutos de jogo nas ligas principais que, por exemplo, ontem tinham os franceses. Ontem jogámos com jogadores que, sendo da mesma idade que os nossos, quae todos eles são pelo menos opções em equipas de escalões principal do futebol europeu, com muitos minutos de jogo, inclusivamente, nas competições europeias.

Portugal está na final, chegaram lá sem sofrer qualquer golo e a mostrar que podem não ter jogadores que fintam cinco de cada vez, mas têm jogadores capazes de ter muita solidez e rigor táctico, além obvia qualidade futebolística.

Isso continua a pouco interesssar aos portugueses, basta olhar para as caixas de comentários dos blogs que se dignaram a escrever sobre isto... Pouco ou nada se comenta, porque não se trata de um qualquer jovem Sul Americano que está para chegar apelidado de novo craque.

Eu estou muito orgulhoso da qualidade destes jogadores, da qualidade enorme demonstrada pelo Nelson Oliveira, Mika e Roderick, bem como o potencial de Luis Martins (mais jovem), sem esquecer o Mario Rui e o Danilo (como é possível dizer-se que são banais...).

Criaram, claramente, um grande problema aos treinadores portugueses. Todos aqueles que eles mandaram para casa serão apostas, alguns até em clubes nacionais, e eles? Haverá coragem para apostar no Nelson Oliveira, Mika, Rafael Lopes, Alex, etc.? (já não incluo aqui os que já foram despachados para empréstimos como o Cedric, Nuno Reis, Roderick, etc. ou os que já estão no estrangeiro como o Julio Alves, Mario Rui, Sana ou Danilo.

8 comentários blogger

  1. É o que temos! A estupidez dos dirigentes alastra aos adepto, que preferem um argentino de 19 anos a um português de 20! Inexplicavelmente! N há argumento que o justifique! Nem há como preferir sul americanos aos nossos Roderick, Nelson, Mika, mas também Mário Rui Danilo, etc! É a ignorância que vai dando cabo do nosso futebol e os adeptos aplaudem, ao preferir empréstimos dos portugueses para irmos buscar putos brasileiros e argentinos! Mas adoravam o Rui Costa porque era "benfiquista e da cantera"! Quantos anos teve ele emprestado??? Pois!

    ResponderEliminar
  2. E os empresários (parasitas) deixam que se aposte neles?

    ResponderEliminar
  3. No Brasil por exemplo, a sportv só enviou uma equipa para a Colômbia após o Brasil se qualificar para as meias finais!
    Deve-se dar sempre a importância relativa a cada competição e esta tem a que tem!
    Formar jogadores jovens em competição, nada mais que isso...

    ResponderEliminar
  4. De facto começa a ser difícil compreender a comunicação social. Quer os jornais quer as televisões.

    Mas não podemos ser piores que os que criticamos. Um dos males da formação é muitos acharem que os jogadores são "despachados" para empréstimos. Raros são os jogadores que conseguem singrar em grandes clubes sem primeiro rodarem num clube mais pequeno ou na equipa B. E pior é quando os jogadores têm essa atitude. Quando acham que estão a ser despachados em vez de pensarem que faz parte do seu crescimento.

    PS: O Danilo criticou os clubes Portugueses por não apostarem na formação. E eu a pensar que o Danilo foi para o estrangeiro porque lhe ofereceram um contrato absurdo... que as equipas Portuguesas não podem oferecer a um júnior por muito bom que seja.

    ResponderEliminar
  5. Acompanho este blog há muito e se há coisa que não se pode criticar é a vossa defesa pela formação em Portugal em especial pela do Benfica. Parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Se há matéria sobre a qual estamos 100% de acordo é esta da formação e da formação do Benfica em particular.

    Salvo erro em 2007 comecei a interessar-me por ir ao Seixal ver os escalões da formação. Vi todos desde os iniciados aos juniores.

    O primeiro jogo que vi foi de juniores e logo ali comentei que Miguel Vitor não enganava e normalmente daria um excelente defesa central.
    Nesse mesmo ano eram juvenis a malta da geração desta selecção. O Sana, o Pimenta, o Nelson, o David Simão, o João Pereira, o Danilo, etc. Desta equipa de juvenis só não via quem não quisesse que 6 ou 7 jogadores mereciam ser muito bem acompanhados porque havia ali matéria prima de luxo.

    Infelizmente as comissões e as manias de certos treinadores inviabilizam o futuro destes jovens no Benfica, se no clube não houver alguém com olho e que diga ao treinadorzeco: " Meu amigo, os jogadores com que vai trabalhar este ano, são estes e estes". E é pegar ou largar. Quer, quer. Não quer, vai andando. O que não pode é um clube como o Benfica ficar refém de qq parvalhão/treinador que por lá passe e que só aposte naqueles que lhe interessam particularmente por esta ou aquela razão. Por não ser assim no Benfica é que temos as dezenas de jogadores que temos.

    Vi todos os jogos desta selecção até agora. Confesso que julguei ao princípio que não iria muito longe. Lá está. Não tem brincas - na areia! E não tem gajos que fintam 5 vezes o mesmo jogador incluindo a si próprio. É uma selecção de trabalho puro e duro. Parece uma equipa italiana. Rigor táctico e frieza na hora de matar o adversário.

    Aquela defesa: Cedric, Rodrick, Nuno Reis e Mário Rui é excelente. Qualquer destes jogadores vai ter um futuro brilhante, mais tarde ou cedo, aqui ou no estrangeiro.

    Estando-me por princípio a cagar para o Sporting, não quero deixar
    de dizer que aqueles também são cegos ( Não!! São o supra-sumo da formação - dizem os avençados do costume). Andam aflitos por encontrar um defesa central e têm-no dentro de casa. Nuno Reis, para mim, e pelo menos neste mundial, é um defesa central fora-se-série. Dez vezes melhor que o bluff Carriço (este sim uma bela merda. Beto II), não sei igualmente porque emprestaram Cedric, outro excelente lateral, melhor e mais inteligente que João Pereira.

    E nós Benfica. Para além do Roderick que sabemos que é aposta é um crime lesa magestade largar Mário Rui. Este faz-me lembrar Álvaro ou o Artur. Enfim! Mas há mais.

    Danilo e Sana: como é que é possível o Benfica largar estes jogadores? O gajo que autorizou uma merda destas devia ser responsabilizado e devia indemnizar o Benfica do valor de mercado que eles vierem a ter muito brevemente. Danilo está um portento naquele meio campo. Seria interessante saber quantas vezes nestes jogos todos foi ele ultrapassado.
    Sana, apesar da lesão, quando jogou ofereceu perfume ao nosso meio campo sem nunca deixar de ser um trabalhador incansável.
    Nelson Oliveira, evoluiu bastante esta um senhor jogador, deve ficar de caras no plantel e apostar-se nele.

    Por fim uma aquisição deste ano - Mika - grande GR. Há muito tempo que em Portugal não se produzia um fora de série nas balizas.

    O brasil tem uma boa selecção, mas com Portugal a jogar como está podem ganhar, mas vão suar muito para levarem a taça.

    ResponderEliminar
  7. Estas balelas de "não aproveitamos os jovens" já chateiam... Será só em Portugal?

    Olha eu te digo... da selecção de 1991 sairam vários grandes jogadores: João Pinto, Figo, Jorge Costa, Capucho, Abel Xavier e Rui Costa. Outros ficaram por carreiras medianas: Peixe, Rui Bento, Nélson, etc...

    Na anterior foram menos, mas porque eram realmente inferiores, tirando o Paulo Sousa e o Fernando Couto (e o repetente João Vieira Pinto).

    Mas eu te pergunto... quantos jogadores do campeão Brasil 1993 chegaram a ter algum sucesso? Dida, Jardel e um pouco Argel... os outros praticamente nunca se ouviu falar.

    E da Argentina 1995? Sorin... e pouco mais.

    OK... a mesma Argentina em 1997 teve Samuel, Cambiasso, Riquelme e Aimar... mas será que o sucesso deles foi tanto como o de Figo, Rui Costa, João Vieira Pinto e cia?

    E em 95 nós tivemos uma outra geração brilhante, pelo menos nessa altura. Nuno Gomes, Quim, Dani, Beto, Agostinho, Ramires, Bruno Caires, etc... que conseguiu um 3º lugar. Muitos deles tiveram chances logo em grandes clubes... e 4 ou 5 anos depois quase todos tinham desaparecido para o futebol de alto nível, apesar do inegável talento.

    Os jogadores podem ter tudo e nunca conseguirem nada. Não passa só pelos clubes, passa pela cabeça deles.

    Os que forem bons, vão conquistar o seu espaço no Futebol. Os que tiverem força mental para aguentar vão ser BRILHANTES. Mas os outros vão ter carreiras banais, mesmo que tenham todas as condições.

    Um exemplo... Paulo Sousa era suplente na equipa campeã de 1989... Peixe foi o melhor jogador do campeonato de 1991. O primeiro pode ter sido um grande filho da puta mas foi BiCampeão Europeu de clubes... o outro desapareceu antes de chegar aos 25 anos.

    ResponderEliminar
  8. Mario Rui e Danilo são jogadores banais... ao nível de um Jorge Couto, Rui Bento, Paulo Torres, Mario Silva.

    Serão jogadores para clubes de segunda linha e pouco mais.

    Mesmo o Nélson Oliveira é um jogador que tem muito que lutar para chegar a algum lado.

    Comparem-no com o Rodrigo. Qual é o melhor???

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares