Jovens incómodos
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 14 de agosto de 2011

Jovens incómodos

 ●  + 10 comentários  ● 
Hoje em dia o futebol português está organizado de uma forma tal que todos os clubes portugueses, incluindo os três grandes, servem como plataforma de promoção de "jovens valores" sul-americanos.
 Jovens valores esses que dão comissões chorudas a dirigentes, empresários e técnicos e que assim negligenciam os jovens portugueses que não rendem o mesmo fora-de-campo.

Neste panorama a Selecção de sub-20, que ontem eliminou a Argentina e se encontra nas meias-finais do campeonato do Mundo,  tornou-se um sério incómodo para quem estruturou o futebol português de uma forma que valoriza brasileiros e estrangeiros em detrimento dos portugueses. São uma ameaça para os empresários deste futebol que lucram com importações de camiões de brasileiros e argentinos entre outras nacionalidades.

Os jovens portugueses, e está mais que provado, não são piores que os outros. A justificação para a falta de aposta nestes jovens reside noutros aspectos que não a qualidade dos jogadores.

Para mim a justificação encontra-se nos dirigentes que temos, que são uns paus mandados de empresários que lhes enchem os bolsos para meterem a jogar os seus agenciados.
Exige-se mudança no futebol português. O Governo tem que bater o pé á cambada de parasitas que se servem do futebol para encher os bolsos em vez de apostarem e promover os jovens portugueses.
É essencial limitar o número de estrangeiros de fora da UE que podem jogar nos clubes portugueses tal como é necessário limitar os subterfúgios legais para fazer com que esses jogadores contem como comunitários, impor um limite mínimo de jogadores portugueses por plantel e jogadores formados nos clubes.

Obviamente que não me refiro ao Benfica em particular neste aspecto mas a um mal geral devido ás regras do futebol português.

P.S. - Gostava de perceber os benfiquistas "iluminados" que passam a vida a vir encher-nos a caixa de comentários a atacar JOVENS PORTUGUESES e BENFIQUISTAS como Nelsón Oliveira, David Simão entre outros.
Será que o fazem apenas porque são do contra em relação a tudo o que os escribas do NGB defendem ou será que gostam mesmo de ver chegar camiões e camiões de jogadores estrangeiros todos os anos com o consequente esbanjar de dinheiro do nosso clube?

10 comentários blogger

  1. concordo com 90% deste post. o futebol está cheio de parasitas, e isso tem contribuido para a desvalorização dos jogadores portugueses.

    o problema é que neste blog coloca-se tudo dentro do mesmo saco. se é verdade que existem bons jogadores que estão tapados porque os parasitas ganham mais dinheiro com brasileiros e argentinos, tambem é verdade que há jogadores (refiro-me exclusicamente à selecção de sub-20, cujos jogos tenho acompanhado) cuja falta de qualidade é gritante.

    entre esses estão alguns do benfica obviamente mas não só.

    dou o exemplo do jogador do fcporto, sérgio oliveira, que me parece ter um grande futuro assegurado na competitiva liga do chipre, juntamente com o mario rui que tem por aqui muitos fãns!

    se voces repararem, o barça, que neste momento tem a melhor escola de futebol do mundo (o nolito jogava na equipa b meu deus...) não deixa de gastar todos nos anos uns belos milhoezinhos de euros em jogadores!

    mas repito que no geral concordo com o teor do post e com o que se escreve neste blog. e parece-me evidente que um dos clubes que está cheio de parasitas é o nosso...

    ResponderEliminar
  2. Um post interesante e que toca na "ferida" do nosso SLB! Enquanto uns batem palmas com as contratações "que não se podem explicar", vemos que o nosso clube nada faz (mesmo que tentem dar a parecer que sim) em relação a uma estratégia futura das nossas camadas jovens!
    Reparem que os juniores perderam com o Setubal, olhando ao passado das nossas camadas jovens e atendendo ao evoluir do futebol vemos que mesmo assim é anormal para o SLB, e o mais preocupante ainda é no ano passado termos perdido com o Braga! Algo vai mal na estratégia de formação! Ou não?

    ResponderEliminar
  3. Meus Caros BGB

    Exigimos aqui um esclarecimento: Se efectivamente o Aimar foi substituído por lesão. Se foi por lesão muscular, como disse o JJ, não pode estar em condições para Twente, há mentira e mau carácter do JJ, fez merda e justificou com mentira,sendo verdade a convocação do Aimar, o JJ não está mais em condições para continuar à frente da equipa técnica do glorioso Benfica. Uma lesão muscular não se cura em 4 dias nem com injecção de proteínas. E viva o verdadeiro Benfica.

    Os meus cumprimentos
    Paulo Thomsom

    ResponderEliminar
  4. http://olheirodesofa.blogspot.com/2011/08/httplateral-esquerdo.html

    ResponderEliminar
  5. Não exageres!

    Há 20 anos atrás fomos bi-campeões mundiais de Sub-20. Em virtude disso a aposta em jovens jogadores foi total. Mais numa do que noutra equipa existiam jogadores de imensa qualidade e incomparavelmente melhores que os actuais, com a excepção de alguns como, por exemplo, Nelson Oliveira!

    Essa aposta não impediu que muitos dos que foram figuras de proa dessas selecções nunca passassem de jogadores médios sem categoria e classe para jogarem nos três grandes e outros houve que nunca se conseguiram impor na 1ª divisão.

    De Brassard, Paulo madeira, Valido, Morgado, Tozé, Resende, Folha, Jorge Couto, Hélio, Tozé, Abel Silva, Paulo Alves, Xavier e Operário, pouco reza a história e apenas João Pinto, Fernando Couto e Paulo Sousa (este nem titular era) conseguiram ter uma carreira de sucesso que se traduziu em mais valias para os clubes formadores!

    Na selecção de 91 a qualidade era tremenda, e se o trabalho desenvolvido por Carlos Queiroz pode ter tido grande influência a qualidade estava lá e mais tarde ou mais cedo viria ao de cima. Não foi por o Benfica ter apostado, muito cedo, em Paulo Madeira (este de 89), e Rui Bento que estes não se tornaram grandes jogadores ou trouxeram grandes dividendos ao clube. Simplesmente não tinham grande qualidade (para o Benfica) e viveram muitos anos do que fizeram nesses mundiais!

    É óbvio que a aposta em jovens melhora a qualidade dos mesmos mas não garante nem equipas nem um futebol competitivo. Depois de Nani foi Coentrão quem foi vendido por um grande clube e não foi formado nem foi aposta de nenhum grande até dar nas vistas. E isso é o que fazem os clubes, tirando alguns casos, apostam nos jogadores que lhes perecem promissores independetemente da sua nacionalidade. Depois é sua qualidade e não só que faz o caminho. Coentrão esteve quase para se perder e Sílvio demorou tempo demais para vingar no Benfica. Os grandes clubes têm todos este problema: a necessidade de ganhar títulos não permite fazer o mesmo que o Arsenal que, apesar de apostar forte em jovens, não olha a nacionalidades.

    O Benfica, como todos, tem contratado muito estrangeiros mas também tem apostado em jovens portugueses como Fábia Faria, David Simão, Luiz Martins, Roderick, Miguel Vitor, Nelson Oliveira, Miguel Rosa e tantos outros. O problema é que se se quer ganhar não se pode jogar com todos ou te-los a todos no plantel e mesmos os melhores não teriam hipóteses de se impor a Cardozo, Aimar, Luisão ou Garay.

    A questão não é se os portugueses são piores que os outros, o problema é que quando colocados no mercado global a sua oferta é muito pequena e de pouca qualidade e se se gasta muito dinheiro com estrangeiros também e ganha muito basta pensar em Di Maria e David Luiz!

    Como hipócritas que somos queremos que o clube aposte em jovens, seja campeão e se bata de igual com os grandes da Europa!!!

    Não era com jogadores portugueses que conseguiríamos estar em quintos do ranking da UEFA, mas enfim...

    ResponderEliminar
  6. João Couto foi só com portugueses que fomos bi-campeões europeus. Foi só com portugueses que o Benfica conseguiu alguns dos seus maiores feitos. Aprende alguma coisa de história do clube que apoias.

    Os jogadores portugueses não ficaram pior de um momento para o outro. Pura e simplesmente deixou de se apostar neles.

    ResponderEliminar
  7. O problema desta malta é não perceberem que o Mundo mudou!

    Quando se diz que fomos bi-campeões só com portugueses é uma de duas coisas: Analfabetismo ou má-fé! Porque a verdade é que se fosse hoje estaria este blog revoltado pela contratação de mais estrangeiros como o Coluna ou Eusébio!

    ResponderEliminar
  8. Excelente caríssimo, como habitual alias

    ResponderEliminar
  9. João Couto, tens razão no que dizes mas se a formação passar em juntar os jovens aos jogadores de maior qualidade do nosso plantel certamente terão uma melhor aprendizagem e acima de tudo uma identidade com o clube (SLB)! O Costinha que foi despedido do Sporting pelas razões que conhecemos, disse algo que provávelmente foi a coisa mais importante que ouvi nestes ultimos anos num dirigente de futebol, do tipo, " o Sporting além de fazer jogadores tem de fazer homens e sportinguistas"! Eu partilho dessa linha de raciocinio, e á que ser um pouco inteligente nessa matéria!
    Ponham-se na pele de um jovem jogador de 18 anos que sonha fazer parte do plantel do SLB, acaba o seu ano de junior, é lhe oferecido um contrato profissional e dzem-lhe que "muito bem tens futuro aqui no plantel vais para estágio conosco pois contamos contigo para a futura época", acaba a pré época e achas que fizeste bom trabalho e até na posição em que jogas não existem melhores, do dia para o outro dizem-te que vais ser emprestado a outro clube pois não tens espaço no plantel...é fodido não é?? Imaginem como um jovem se sente e como sente o clube que o rejeita!! Já não falo no caso dos que ficaram no SLB esta época e que não são convocados ou no dia do jogo vão para a bancada! Imaginem por mais que sejam profissionais o "amor" ao seu Benfica vai diminuindo...
    No Barcelona as camadas jovens (juniores) têem um trabalho especifico para cada jogador e para cada posição de campo, os jovens são instruidos de acordo com o que a equipa sénior faz, isto é, cada jogador tem em sua posse videos dos jogadores do plantel principal para se identificarem a nivél tecnico, táctico e dinâmico! Por isso é que existe jovens que asendem ao plantel principal com semelhamças com os seniores!

    È facil reconhecer os que serão emprestados e os que fazem parte integrante do SLB, o David Simão, Nelson Oliveira e o Coelho não me venham dizer que não têem lugar ou a titular ou no banco!!! Já o Roderik nunca dará um grande central para o SLB...

    ResponderEliminar
  10. Vermelhusco, é mesmo de história que se trata e é preciso saber aprender com ela. Que eu saiba a maior parte dos grandes jogadores que o Benfica teve não foram formados no clube. À cabeça Eusébio, mas também, coluna e Humberto Coelho que foi do Ramaldense para o Benfica e não estou a ver que aposta poderia este pequeno clube fazer na formação. E muitos outros que, como sabemos, faziam o viagem do Barreiro para a Luz. Os poucos bons jogadores que apareciam desaguavam em grande parte no Benfica.

    Isso mudou! Agora eles vão com 18 anos para o estrangeiro e depois de formados e com valor não ficam muito tempo por cá! A realidade é outra e são os três grandes que monopolizam a formação em Portugal! Mas mesmo que não tenham espaço nos grandes clubes, a questão principal é não se imporem nos pequenos! Por exemplo, João Pereira e Sílvio fizeram o seu caminho e chegaram à selecção. Não foi o facto de o Benfica não ter apostado neles que impediu isso. Outra questão foi idade com que se impuseram: depois dos 23 anos. Até essa idade nem um nem outro teriam grandes hipóteses e um clube "aguentar" todas as promessa dos 19 aos 23 anos só se fosse para ter os resultados do Sporting, a não ser que todos os clubes apostassem nisso, mas aí havia o risco de serem eliminados pelos grandes clubes europeus por 12-1.

    Redmind, não concordo contigo relativamente à frase do Costinha. Basta olhares para os corruptos e veres que apesar de toda a cultura "papal", tão elogiada, há anos que ninguém da formação se impõe no clube! Porquê??? Na minha opinião porque não aparecem jogadores com qualidade suficiente! Vejo Hugo Almeida e quando o comparo a Falcão fico completamente esclarecido! Barretes que eles compram são imensos e um dos últimos foi Miguel Lopes (formado no Benfica) que já provou estar bem atrás em termos de qualidade dos estrangeiros!

    David Simão e Nelson Oliveira, assim como outros, estão a fazer o seu caminho e só por disparate se pode afirmar que o Benfica não espera muito deles. Agora não se pode é impor ao treinador que eles devem jogar, a não ser que se mude de paradigma, mas aí somos todos nós que vamos sofrer e imenso!!!

    Honestamente, se olharmos para a selecção de sub-20 são pouquíssimos aqueles que mostram ter realmente valor! Depois, jogar numa selecção que em que se passa a vida a defender e a solicitar Nelson para que ele resolva sozinho é tudo mais fácil. Quando alguém falha há sempre alguém ao lado para o socorrer. Quando inseridos numa equipa que joga sempre para ganhar as responsabilidades são imensas e muitas das vezes não há ninguém ao lado para os acudir.

    Esta selecção portuguesa até pode ser campeã mundial, mas isso não implica que tenha um futebol do tempo das cavernas e os jogadores podem vir como campeões mas em termos de crescimento como jogadores de futebol vou ganhar muito pouco a não ser que passem a vida a jogar nos Olhanenses destes país...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares