O homem certo no lugar certo
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 23 de junho de 2011

O homem certo no lugar certo

Avatar
 ●  + 17 comentários  ● 
Aqueles que vão acompanhando o que neste blogue se vai escrevendo, sabem que tenho sido desde o inicio um admirador de Jorge Jesus, continuando a defender a 100% a sua permanência no clube, apesar de alguns defeitos que também tem, nomeadamente a fanfarronice e as limitações do discurso, que muitas vezes o comprometem, arrastando com ele toda a instituição.

Mas este post vem a propósito das dezenas de comentários e de alguns posts que já li, salientando a arrogância de Jorge Jesus, por, vá lá saber-se porquê, não contar com Nuno Gomes nem Miguel Vitor para a próxima época. Arrogante porque, segundo os críticos, sobrepõe a sua vontade à do clube que, tal direcção submissa, não tem tomates para chamar JJ à razão.

Eu quero dizer que neste caso, a minha posição não tem sequer só a ver com o Jorge Jesus. Tem a ver com todos os treinadores de futebol com categoria suficiente para fazerem impor as suas ideias, para terem legitimidade para escolher aqueles com quem querem ir à luta. Sim, porque se há alguém na estrutura de um clube que deve de facto tentar impor ao máximo as suas ideias (porque só isso dará depois legitimidade às direcções para apontar o dedo) são os treinadores, porque são também eles que ao fim de dois ou três resultados negativos são corridos, varridos, muitas vezes destruídos, e culpados de tudo aquilo que a equipa não foi capaz de produzir.

Mourinho foi arrogante quando chegou a Madrid e disse que não contava com Raul nem com Gutti? Adrianse foi arrogante quando chegou ao Porto e disse que num esquema com 3 defesas precisava de um central rápido e que, por isso, Jorge Costa não entrava nas suas contas? Não acabou no Charlton com o aval (talvez contrariado) de Pinto da Costa?

Se um treinador tem as suas ideias, se é seguramente o primeiro responsável pelo sucesso ou o insucesso das equipas, se os treinadores são contratados por direcções, depois de dezenas de reuniões onde as ideias de cada um são conhecidas, se uma direcção entende que confia e deve apoiar esse treinador, estamos a falar de arrogância quando um treinador toma as decisões que são da sua competência?

Arrogância por um treinador se manter fiel às suas ideias, por se ter praticamente recusado a trabalhar com Mantorras que passou na Luz não sei quantos anos a "mamar", transformado (imposto) pelo padrinho Vieira na coqueluche da equipa, incapaz porém de dar três pontapés numa bola?

Jorge Jesus arrogante porquê? Por não abdicar de 4 torres na equipa, dois centrais, um trinco e um avançado, preferencialmente todos com mais de metro e noventa, onde Miguel Vitor não se enquadra? Por precisar das torres para os lances de bola parada onde costuma ser letal e para compensar os outros 5 jogadores de campo que têm pouco mais de metro e sessenta? Podemos discordar mas, não é legítimo?

Jorge Jesus arrogante porquê? Porque futebolisticamente não contava com Nuno Gomes? Tenho muito respeito pelo Nuno mas, caramba, será que o Nuno alguma vez foi um jogador acima da média, um ponta de lança à Benfica, apesar dos seus anos de casa? E não explicou JJ no último sábado, que apostou mais em Kardec do que em Nuno porque Kardec era uma aposta de futuro, e que no esquema em que o Benfica jogava, Kardec era o jogador mais parecido que tinha com Cardozo? Tudo isto não é legitimo? Ele que inclusivamente, fez questão de colocar Nuno Gomes em campo no último jogo da época, ainda aleijado para que recebesse os aplausos do público, sabendo de antemão que essa entrada do capitão talvez nos viesse a custar mais dois pontos como custou?

No país do fado é que há sempre tristezas e dívidas de gratidão, e sentimentalismos levados ao extremo. Vão lá ver se o Zola ficou no Chelsea, se o Raul ficou em Mardrid, se o Jorge Costa ficou no Porto, se o Scholes ou o Nevile ficam agora em Manchester, ou se o Maldini ficou em Milão. Em Portugal é sempre a merda das dívidas de gratidão a gente que chega aos trinta anos milionária... Acaba a carreira, não faz falta ao clube mas inventa-se um posto qualquer na hierarquia do clube onde possa encaixar, de preferência sem atropelar ninguém, para que passe a mística aos miúdos, enquanto o clube continua a pagar. Isto é o que eu chamo amadorismo, porque a mística passa-se de várias formas, passa-se até com estrangeiros como Aimares e Luisões, e passa-se especialmente com vitórias e estádios cheios.

Depois, se se gosta mais do que um jogador do que outro, ou se se gosta mais ou menos de Jorge Jesus, isso é outra questão. Eu pessoalmente gosto, apesar de, como já disse, ter defeitos que pode e deveria fazer um esforço por corrigir. Em dois anos conquistámos três títulos, coisa que já não acontecia há séculos; em ano e meio Jorge Jesus potenciou 80 milhões de euros em vendas que também já não acontecia há séculos, e futebol de qualidade também tenho visto, o que, infelizmente, também já não via… há séculos, exceptuando um período com Fernando Santos.

Tenho pois razão para estar optimista com mais uma época com Jorge Jesus à frente dos destinos da equipa. E já agora, a talhe de foice, já que já li aqui comentários do género de que o “Quique Flores” é que era bom, e que até a explosão do Di Maria, do Cardozo e do David Luiz, foi mérito do trabalho específico do Quique e não de Jesus… Sinceramente, não sei que merda de trabalho específico foi esse já que o David Luiz jogava a defesa esquerdo, o Cardozo não jogava, e o extremo esquerdo do Quique era Reyes que só não ficou na Luz por mais 5 milhões porque o Quique foi embora. Essa de pôr 6 quilos de massa muscular no Di Maria, convenhamos… Esse é trabalho de laboratório, é prática normal nos clubes imediatamente desde o momento que chegam…

Dizer-se que foi Quique que potenciou Di Maria não é justo, porque se houve alguém que assim que chegou a Luz disse imediatamente (até contra a vontade dos adeptos) que não precisava de gastar 5 milhões no Reyes porque tinha Di Maria, foi Jorge Jesus. Dêmos pois o mérito a quem o tem. Não tarda nada ainda vão dizer que o mérito da explosão do Fábio Coentrão é do trabalho específico do... Carlos Brito.

17 comentários blogger

  1. Finalmente um post digno de se ler até ao fim.
    É de Benfiquistas como este, que o nosso clube precisa, e não de gente que não faz mais do que criticar tudo e mais alguma coisa,muitas vezes dizendo só asneiradas.

    Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. bom post. mesmo no ano passado o Benfica teve bom futebol quando venceu 18 jogos seguidos, mas as lesões e a falta de soluções (houve jogadores que não assumiram quando foram chamados) impediram um melhor desfecho. acredito que este ano o Benfica vai voltar a praticar um bom futebol.

    ResponderEliminar
  3. Opa, finalmente uma opinião que casa com a minha.
    Tem muitos defeitos Jesus, mas também tem muitas virtudes, uma delas a de ter sido o melhor treinador que o Benfica teve nos últimos 20 anos, ou era melhor Fernando Santos, ou Quique ou Koeman ou Trap ou Camacho?

    ResponderEliminar
  4. Eu concordo contigo. Mas tendo em conta a epoca passada a margem de manobra de Jesus está muito reduzida.

    Para além disso acho que está a ostracizar estupidamente o Miguel Vitor. Tem legitimidade para isso? Obviamente porque é o treinador.
    Contudo tem que ter a sensibilidade e a inteligência para perceber o potencial dos jogadores e explorá-los. Miguel Vitor é bom central e não é baixo. E basta ver pelo exemplo de Jardel nas meias da Liga Europa que o tamanho não é sinónimo de qualidade.

    E basta também ir ao basquete em que a altura sendo importante, imensas vezes jogadores baixos são melhores que jogadores mais altos nas mesmas posições. Incluindo para poste!

    ResponderEliminar
  5. Mas lá estás tu com o termo "ostracizar estupidamente". Porque não dizer? "Não concordo, gosto do miudo mas reconheço ao treinador legitimidade para preferir outro tipo de jogador?"

    Ostracizar presume má fé, e sinceramente não me parece má fé nenhuma a legitimidade de um treinador preferir um central com 1.98m do que um com 1.83m.

    ResponderEliminar
  6. Discordo em absoluto. Pensava que já tinhas aprendido que há temas que à distância não temos capacidade para os avaliar correctamente.

    No dia que tiveres possibilidades de ir ao Seixal ver uns quantos treinos por temporada... falamos.

    ResponderEliminar
  7. De facto cada vez mais os post´s do RedMoon são a lufada de ar fresco, são o brilhantismo do Blog. Parabens RedMoon mais um post fantástico e certeiro.
    Concordo com tudo assino por baixo.
    Tenho até mais que razão pois no inicio tinha muitas duvidas sobre Jesus. Hoje posso dizer que depois de Erikson é o melhor treinador do clube do Glorioso em 30 anos. Já o disse varias vezes que por mim ficava até ao fim da carreira na Catedral seria o nosso verdadeiro Fergunson que também esteve 6 anos a ver navios até ganhar qualquer coisa e hoje é o que se sabe.
    Tudo o que Jesus fez é impressionante como o caro RedMoon explicou mas mais do que tudo o facto de acabar com 2 mitos do clube é extraordinário. O mito Mantorras e o mito Nulo Gomes (sim não me enganei é mesmo Nulo já há alguns anos e quanto a Benfiquismo enfim... prefiro Luisão). São epocas de muita palminha, muito gritinho, muita revista "Caras" e praticamente 0 de futebol e 0 de titulos. Pouco mais Nuno Gomes deixa.
    Jesus cometeu erros na epoca passada é evidente ainda mais por não ter uma retaguarda bem preparada para os minimizar (entrevistas a despropósito entre outras coisas) mas creio que como grande treinador que é aprendeu pelo que vi acho que o velho JJ de 2009/2010 está de volta assim como o futebol dos nossos herois.
    Por tudo parabens RedMoon.
    E pensar que muitos Benfiquistas estão fartos de JJ, que suspiram por Quique esse genio do treino invisivel, enfim...

    P.S Também não concordo com a dispensa de Miguel Vitor mas confio inteiramente no nosso Mestre Jesus.

    ResponderEliminar
  8. SLBenfica... o clube onde ninguém tem culpa de nada. O mérito do título é do JJ, mas o demérito da humilhação da época passada já é dos árbitros (no campeonato anterior não devia haver árbitros) e, a melhor de todas, a culpa é de "não ter uma retaguarda bem preparada"...

    espetacular!

    ResponderEliminar
  9. Esta a segunda vez que leio o RedMoon e que prazer me da como analiza bem as coisas da gosto ler,claro que existe um oh outro que discorda mas isso e natural Jesus o do Ceu nao agrada a todos quanto mais este o do Benfica, da minha parte Please RedMoon escreve um texto por dia porque eu adoro ler o que escreves.

    ResponderEliminar
  10. Gostei do post, não posso subscrever na integra, porque existiram muitos erros na epoca passada, a maioria dos quais foram pura teimosia.

    Mas quanto ao Nuno Gomes, nada a apontar se nunca foi mais do que 3a ou 4a opcao, ia-se renovar para que? Para pagar 150mil por mes a um suplente? Do Miguel Vitor sempre gostei, mas se o Jesus não gosta, não ha nada a fazer. Gostava que alguem na SAD lhe fizesse ver a importancia de ter mais um benfiquista no plantel, mas se o plano for trazer Dede e Garay, o Vitor ganha mais em ir rodar...

    Agora de uma coisa eu não tenho duvidas, apesar de Jesus estar longe de ser perfeito, não vejo ninguem actualmente que eu gostasse mais de ver naquela cadeira do que ele, porque desde Eriksson que não tinhamos alguem tao forte nas varias vertentes de um treinador.

    Oxala ele este ano corrija os erros do ano passado e que a equipa fisicamente corresponda.

    Ah e o treinador do Benfica, ate podia ser a maior merda, nos so temos que apoiar, enquanto ele ca estiver. O mesmo se aplica aos jogadores, por exemplo Roberto!

    ResponderEliminar
  11. @GB

    Nao gostas do Jorge Jesus, estas no teu direito. Nao te vou dizer que tens de gostar, evidentemente...

    No entanto, em termos de obra feita, garanto-te que terias tu muito mais dificuldade em explicar aos Benfiquistas o porque de gostares de Quique Flores, do que alguem justificar a sua preferencia por Jorge Jesus...

    'E a minha opiniao, Quique Flores foi uma nulidade completa... So tinha uma coisa boa, um excelente discurso, mas no campo era um sacrilegio... David Luiz a defesa esquerdo, Fabio Coentrao dispensado, Aimar a extremo esquerdo, Cardozo no banco, Di MAria no banco, ja deves estar esquecido.

    E chegamos ao fim da eqpoca com Quique e, mais do que as derrotas, nunca ninguem viu um rasgo de genialidade do treinador espanhol.

    No mais, nunca disse que JJ era um treinador perfeito, nem 'e dele todo o merito de quando ganhou nem 'e dele todo o demerito quando perdeu...

    Mas se fossemos mudar de treinador de cada vez que nao se ganha, entao nao havia treinador que servisse...

    A pergunta que faco 'e: ao fim de tantos anos de desilusoes, se tantos tiros no escuro, de tantos "hipoteticos" bons treinadores que na Luz foram um fiasco, se JJ tambem nao serve... quem 'e que vai servir?

    Com franqueza, houve algum treinador no benfica nos ultimos 20 anos que tenha mostrado potencial tao elevado para repetir as coisas boas que ja o vimos fazer?

    Talvez haja, mas eu nao sei quem 'e...

    ResponderEliminar
  12. @Redmoom,

    Escrever posts bonitos é muito fácil! Como sabes não ando nisto há dois dias e sei bem como os fazer, se quiser. Mas não quero...

    O que está em causa, e são erros repetidos da tua parte, é tentares provar factos sem sequer os conheceres. Já aqui tiveste diversas "discussões" (positivas) até com membros do blog e finda a temporada lá apareceste com um tópico a quase reconhecer que tinhas feito uma leitura errada.

    Não está aqui em causa gostar ou não de JJ, está em considerá-lo o homem certo no lugar certo. Não o é seguramente, o que não faz dele um mau treinador e muito menos implica que eu defenda o seu despedimento - acho que não leste em lado nenhum.

    O que está em causa é a meritocracia de alguns "achievements" do SLBenfica e o demérito face a outros. Nem JJ é o único responsável pelos méritos, nem sequer é o único responsável pelos deméritos. Mas uma coisa é certa, é mais responsável pelos deméritos do que afirma... e menos responsável pelos méritos do que apregoa.

    Quanto ao Quique Flores (e mesmo JJ) tenho pena que não tenhas oportunidade de falar com alguns jogadores e ver alguns treinos. E mais não digo sobre isso...

    ResponderEliminar
  13. Bom dia.
    No que ao JJ diz respeito a minha opinião é muito simples.
    Optimo treinador, muito melhor que os seus antecessores, com excepção do velho Trap, que sabe mais a dormir que eles acordados.
    Pessimo gestor de grupo e fraquissimo comunicador.
    E atenção que não estou a classifica-lo pelas calinadas que dá no Português, porque isso nada tem a ver com a capacidade de comunicar, embora fosse um aspecto cuja fraqueza não lhe ficaria mal em assumir e leva-lo a resguardar-se, o mais possivel, de prestar declarações. Porque nós sabemos que vivemos num País de virgens ofendidas e os senhores jornalistas não perdoam as calinadas do JJ, muito embora, em termos de Português, a maioria deles deixe muito a desejar.
    Posto isto o que penso é que JJ tem que ser enquadrado numa estrutura, ao invès de ser o seu expoente, dadas as debilidades que lhe apontei.
    Quanto ao caso Nuno Gomes, e dado o seu comportamento profissional, mais que a sua valia, advoguei aqui a sua renovação contratual.
    Não aconteceu assim, achei que foi um esticar de corda de JJ, que se a coisa começa a dar para o torto lhe vai saír cara. E nós sabemos como o futebol é aleatório.
    Mas, meus amigos, se Nuno Gomes assinar pelo Braga por mim nunca mais voltaria a colocar os pés no Benfica. Nem para aparar a relva !!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  14. Redmoon não é por ostracizar o Miguel Vitor que o JJ perde legitimidade nem eu disse o contrário. E se presumes má-fé pelo meu uso do termo ostracizar ficas a saber que não é essa a minha intenção.

    Agora acho uma estupidez desperdiçar o potencial mais do que demonstrado do Miguel Vitor em jogos que já fez no Benfica para se desperdiçar dinheiro em Jardeis por causa de um critério arbitrário.
    Miguel Vitor com 1,83 não é baixo e o futebol não é basquete nem vólei. Recusar-se a integrar no plantel um jogador identificado com o Benfica e que nunca comprometeu de cada vez que jogou no clube apenas porque é meia dúzia de centímetros mais baixo do que o quer é estupidez.
    Tem legitimidade para ser estúpido tem.
    Tal como tinha o Quique quando pôs o David Luiz a lateral-esquerdo, o Aimar a extremo-esquerdo e o Cardozo e Di Maria no banco além de ter dispensado o Petit.

    Daqui a uns anos se vires o Miguel Vitor vestido com a camisola azul e branca como já aconteceu a muito jogador formado no Benfica e subaproveitado pelos treinadores que passaram no clube se calhar vais pensar porque raio é que o jogador não foi aproveitado.

    ResponderEliminar
  15. Ah que saudades do Trap!

    A fazer omoletes sem ovos há poucos. Infelizmente para nós, deve ter visto alguma coisa que não gostou e deu de frosques.

    ResponderEliminar
  16. Boa Noite

    Em relação ao Jorge Jesus
    Não está em causa a sua competência como treinador que me parece óbvia mas sim a sobranceria que por vezes transpirou durante a época transacta na comunicação e nas conferências de imprensa em que a meu ver não foi feliz ...
    Em relação às opções técnicas claro que o treinador é quem manda mas isso não o iliba de receber criticas desde que tenham um conteudo construtivo e sobretudo uma alternativa à altura ...
    Mas agora é nova época e há que confiar no nosso treinador que decerto aprendeu com alguns erros do passado e espero eu fará um esforço pessoal para os colmatar ...

    Saudações a todos e parabens pelo blog ...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares