O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 28 de maio de 2010

Ser Intransigente. Necessidade, Capacidade ou Poder?

 ●  5 comentários  ● 
Não! Não vou falar da intransigência do Giorgio em continuar a receber apenas árbitros e delegados da Liga e não abrir a porta para falar com pais de jogadores. A intransigência de que falo hoje é da intransigência negocial que o SLBenfica tem que ter neste defeso e a explicação é óbvia:

Já não vamos às compras com "sacos de caramelos", como no passado, ainda que não tenhamos (nem queiramos ter) capacidade para investir, por exemplo, 15 ou 20M num jogador. Já não somos o clube que "foi grande" e vai aos jogadores dizer que "agora é que vai ser". Não apresentamos apenas uma vontade de fazer algo grande.

O que o SLBenfica tem para apresentar aos sócios, jogadores e ao Mundo do futebol é um percurso da época passada que quebrou recordes que acredito ainda que serão mais superados nas próximas temporadas.

A qualidade do projecto desportivo do futebol do SLBenfica correu mundo. O DiMaria sozinho não o teria feito, o David Luiz também não. O trabalho iniciou-se no ano passado, com Pako Ayastaran e o trabalho físico e fisiológico (na altura pouco valorizado por dirigentes e jogadores) sobre DiMaria, Aimar, Cardozo e David Luiz... com os resultados óbvios... e teve continuidade este ano com a disciplina técnica, táctica e de grupo de Jorge Jesus.

Neste momento o SLBenfica tem para apresentar condições efectivas para lutar pelo título nacional como favorito, um projecto desportivo com visibilidade pela sua qualidade ofensiva e de organização estratégica em campo e, por fim, uma vontade real de ir longe nas competições europeias.

Quantos clubes podem apresentar estas condições? Eu nomeio: Real Madrid, Barcelona, ManUtd, Chelsea, Inter, Milan, Lyon, Marselha, Bayern e SLBenfica. O resto é paisagem, é de "outro campeonato"...

Por tudo isto, é preciso primeiro olhar para aqueles SÃO JOGADORES do SLBenfica! Quando chega o defeso não podemos virar-nos para o mercado e ficar em extase com Huntelaar, Drenthe, Simão, Quaresma, Akinfeev, Victor, Eduardo, seja quem for...

Relevante é olhar para DiMaria, David Luiz, Cardozo, Coentrão, etc. e perceber que estes jogadores, como disse e bem Fábio Coentrão, ao ficarem no SLBenfica não ficarão no "cú da Europa"... continuarão a fazer primeiras páginas em Portugal e nos jornais desportivos de toda a Europa, pois terão mais um ano de trabalho consolidado com Jorge Jesus, com os companheiros... O que fizeram este ano será um mínimo do que podem fazer em 2010/11.

Não embandeiro, contudo, na potencial conquista da Champions! Isso, na minha óptica não acontecerá no próximo ano - a não ser que tenhamos a sorte que Mourinho teve quando a conquistou e apanhar pelo caminho clubes como o Deportivo nas meias finais ou o Monaco na final.

Absolutamente vital é a renovação do título e deixar o nosso "footprint" na Liga dos Campeões, com uma presença nos quartos de final da prova. Como ontem eu partilhava como um amigo, revalidar o título nas próximas duas épocas é comprar um bilhete só de ida de Giorgio para o Brasil e garantir a implosão do Sistema.

Assim, é crítico olhar para os resultados financeiros do Grupo Benfica, olhar para os resultados financeiros da última época, sentar à mesa com a ESAF, sentar à mesa com os jogadores do SLBenfica... e definir os patamares de intransigência.

Os jogadores do SLBenfica que têm mercado são todos jovens, bastante jovens e, como diz Mourinho enquanto tenta utilizar o seu mediatismo para ajudar o Real Madrid a baixar o preço do DiMaria a troco de inclusão de jogadores no negócio, "tem um potencial elevado e destacaram-se bastante num campeonato menor", num colosso... perderão dimensão, pelo menos numa primeira fase (ainda para mais se entrarem "negociados")!

Ao se manterem no SLBenfica e superarem a época passada, no próximo ano manter-se-ão abertas as portas, talvez ainda mais, dos maiores colossos da Europa do futebol. É um pensamento, talvez, impossível o de acreditar que o SLBenfica conseguiria manter esses jogadores, ou pelo menos todos. Mas penso que é importante tentar e sensibilizar os jogadores para não irem atrás, nem forçarem o Benfica a aceitar a primeira oportunidade...

Num cenário de saída efectiva dos jogadores, o SLBenfica deve definir muito bem os seus alvos prioritários, as opções em caso de saída de cada um desses jogadores... E dessa forma, deverão manter-se intransigentes a esses alvos prioritários, não aceitando segundas escolhas para viabilizar os negócios.

Onde quero chegar? Simples... O Real Madrid, por exemplo, pretende a inclusão de jogadores no negócio DiMaria de modo a não ter que pagar 40M€ pelo jogador. Eu admito e aceito esse tipo de negociação, se esses jogadores a incluir constituirem uma prioridade para o Benfica actual e para o enquadramento futuro (potencial de valorização). Caso não sejam... o Benfica deve manter-se intransigente.

As clausulas de rescisão foram aceites pelos jogadores, tal como foi aceite o salário que recebem escrupulosamente todos os meses. Com estes temos que saber gerir a nossa intransigência, se necessário compensando a sua compreensão...

Na prática, se o Real Madrid pretender incluir o Quaresma e/ou o Drenthe no negócio DiMaria, só deveremos aceitar se esses jogadores constituírem efectivamente uma opção prioritária do SLBenfica, caso contrário... o Benfica tem o jogador e está definida uma clausula. O mesmo se deve aplicar a qualquer outro negócio, de qualquer outro jogador.

O percursos da época passada, se for mantida a estratégica adequada, será apenas o início de um percurso longo de sucessos. A valorização dos atletas e demais profissionais deverá ser um factor suficiente de intransigência nas negociações. Olhem para Moratti e vejam como o que alguns achavam que era fácil... se torna num pesadelo, mas que mais tarde ou mais cedo, os verdadeiros interessados acabam sempre por "se chegar à frente".

5 comentários blogger

  1. Muito bem GB. Concordo plenamente com o post. O Benfica não deve transigir nas negociações. Felizmente os jogadores são nossos, as cláusulas são recentíssimas por isso não deve haver birras dos jogadores caso não saiam já. Creio que talvez o único caso em que poderia haver uma pequena revisão no contrato seria o de Di Maria. E como era importante a sua continuidade!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. concordo em td...e em especial..."Absolutamente vital é a renovação do título e deixar o nosso "footprint" na Liga dos Campeões, com uma presença nos quartos de final da prova. Como ontem eu partilhava como um amigo, revalidar o título nas próximas duas épocas é comprar um bilhete só de ida de Giorgio para o Brasil e garantir a implosão do Sistema."

    ResponderEliminar
  3. mais uma na muche tu ultimamente tems acertado 100 no ponto a do Jorge Jesus, o GB e as Contratações tb esta muito bom. continua e um expetaculo verte escrever

    ResponderEliminar
  4. Concordo em absoluto.

    É preciso que alguém lembre aos avençados que os jogadores cobiçados por terceiros já se encontram num colosso europeu e que internamente, como tu dizes, alguém faça os jogadores perceberem que se ficarem mais um ou dois anos, os titulos aparecerão e a sua valorização duplicará.

    Claro que isto poderá obrigar a alguns "ajustes"
    salariais, mas certas cláusulas também poderão subir.

    Este é o momento de investir a sério e, ao contrário de ti, penso que com mais dois ou três
    retoques (ronaldinho era sopa no mel) a CL já no próximo ano é uma possibilidade fortissima.

    ResponderEliminar
  5. joão pereira29 maio, 2010 12:30

    eh´pá é um especatculo do caraças ber-te escreber porque um tipo chega ao fim da linha e fica muito contente.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking