O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Avatar

Contra os Grandes, taticamente, Rui Vitória nunca esteve por cima

 ●  + 92 comentários  ● 
Sou o primeiro a dizer: Vale zero aquilo que se dizia há uma semana atrás, de que o Benfica era a equipa que melhor jogava em Portugal.

Como vale zero aquilo que se diz esta semana, de que na hora da verdade o Benfica jogou zerinho à bola!

Percebo evidentemente que para os adeptos estes jogos grandes tenham outro clima, uma outra importância e que sejam até um teste de forças e que constituam um mini-campeonato dentro do campeonato que verdadeiramente interessa ganhar MAS...

Jogadores e treinadores não estão nem aí... Admito que não percam um minuto sequer do seu tempo a pensar nos elogios que receberam há uma semana atrás ou em algumas criticas que recebem agora... Porque nos balneários vive-se de pontos! E esses foram conseguidos! Venha o próximo jogo!

E quando se vê os jogadores do Benfica efusivos ao celebrar um empate ao minuto 92 de um jogo no Dragão, é porque sabem que mais importante do que o banho de bola que levaram em grande parte do jogo, é os cinco pontos de distância a que se mantém o FCPorto (bem diferente de ficar a dois).

São esses cinco pontos que se levam do Dragão para os próximos meses em que não haverá jogos com o FCPorto, mas sim os Aroucas e os Tondelas e os Nacionais e todos os outros jogos da Liga que importa ganhar e que valem os mesmíssimos três pontos deste jogo do Dragão...

A exibição do Dragão, boa ou má (e neste último jogo foi má) fica na memória apenas até ao próximo jogo... A exibição, boa ou má, pode ser retificada já no jogo seguinte... As boas e as más exibições, no mês de Maio valerão zero em pontos... O que interessa, como todos sabemos é os pontos que se levam de cada estádio, e mal ou bem, com ou sem justiça no marcador, saímos do Dragão com o sentimento de missão cumprida! Foi isso que se celebrou!

Quero eu dizer que me estou a borrifar para os resultados destes jogos GRANDES, desde que no fim seja o Benfica o campeão?!

Na verdade não, se bem que se me disserem que nos próximos cinco anos o Benfica ganha cinco campeonatos sem somar um único ponto contra Porto e Sporting, eu assino já por baixo!

Mas na verdade, eu também quero ganhar aos Grandes! Eu quero celebrar em Maio sim, mas também quero celebrar antes de Maio, também quero celebrar aos fins de semana após vitórias esmagadoras sobre Sporting e Porto!

Eu não quero o ah e tal, de que somos bons é contra os Mija na Escada!

E isso é a única coisa que Rui Vitória ainda nos deve:

Deve-nos uma vitória e uma exibição esmagadora sobre Porto ou Sporting.

O ano passado, em seis jogos contra os grandes perdemos cinco e vencemos um, com a única vitória conseguida a ser para muitos apenas um rasgo de sorte como a sorte que ainda esta semana tivemos no Dragão! Pior, mesmo nos jogos em que o resultado nos sorriu, taticamente estivemos sempre por baixo!

E nesta nova época, no primeiro jogo Grande da época, conseguimos um ponto importante mas, exibicionalmente, fomos uma equipa “esmagada” em muitos momentos do jogo...

Nestas coisas, claro, gosto sempre de ver mais do que a árvore e olhar também para a floresta, e acho que Rui Vitória teve uma missão dificílima o ano passado, e certos milagres eram quase caricatos de se lhe exigir... Rui Vitória foi campeão, era tudo o que se lhe exigia, com ou sem vitórias sobre os grandes!

Já este ano, Rui Vitória, no seu primeiro jogo contra os Grandes, esteve mal taticamente no Dragão (levou também demasiado tempo a emendar a mão), mas também aqui, e olhando para a praga de lesões que tem assolado o plantel praticamente desde Agosto, tem de haver uma certa condescendência e compreender que o onze que subiu ao relvado no último Domingo pode até estar bem longe do onze ideal que Rui Vitória tinha na cabeça para este ano (e está de certeza absoluta). E taticamente é seguramente dificílimo trabalhar sobre tanta incerteza!

Mas... Há um jogo com o Sporting dentro de muito pouco tempo, jogado na Luz por sinal, e é imperativo inverter esta tendência!

E esse é um jogo em que seria IMPORTANTÍSSIMO ganhar, preferencialmente GANHAR A JOGAR BEM, PREFERENCIALMENTE GANHAR A ESTAR FINALMENTE NUM JOGO GRANDE TATICAMENTE POR CIMA... Rui Vitória deve-nos isso!

Estes últimos 18 meses de Rui Vitória no Benfica já serviram para perceber que com os pequenos somos melhores do que os adversários, e que esse saldo tem servido para ganhar campeonatos! São vitórias que valem três pontos como qualquer outra! E não há demérito nenhum nisso, bem pelo contrário!

Mas urge acabar o mais cedo possível com esta crença que reina no balneário do Porto e Sporting de que os seus seis pontos em disputa contra o Benfica são favas contadas, que desde que o Benfica não fuja muito pontualmente estará sempre fácil de ser alcançado, devido a essa banalidade exibicional (e tática) que temos quase sempre exibido sempre que defrontamos os outros dois Grandes de Portugal!


Que o jogo com o Sporting dentro de três jornadas não sirva pois e mais uma vez para o adversário corrigir o prejuízo, mas sim para o Benfica QUASE arrumar, de forma categórica, com as contas do campeonato!

92 comentários via blogger

  1. Alô está alguém ai? Quem foi que levou um banho de bola na época passada nos 2 jogos com o Porto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos dois jogos com o FCP? os dois que perdeste?! Sim na Luz tiveste várias ocasiões e globalmente até estiveste por cima (na primeira parte especialmente), mas a ganhar 1-0 foste perder 1-2.

      Em sete jogos contra grandes tens 5 derrotas, um empate e uma vitória.

      Esta tendência tem de ser invertida, isso parece me óbvio

      Eliminar
    2. O que me parece óbvio é que não gostas de jogar bem e perder, nem de jogar mal e ganhar. Há remédios para isso. Se fores tão exigente contigo como és com o Benfica e RV, deves estar muito bem na vida. Aposto que tens um historial de promoções no trabalho e medalhas de mérito, nem te cabem nas gavetas.

      Tia Alzira

      Eliminar
    3. O ano passado esmagaste na luz o porto taticamente... Tivemos mais do dobro das ocasiões de golo que eles tiveram nesta jornada. O resultado usado é sempre os história. Dominar não é vencer!

      Eliminar
    4. Se usas como exemplo um jogo que ganhamos por um rasgo de sorte também tens que aceitar um que perdemos mas em que fomos sempre melhores que o adversário... E relativamente à questão táctica, se o Benfica venceu o que venceu por um rasgo de sorte também à que dizer que esteve tacticamente quase perfeito... O Sporting teve mais posse de bola mas ocasiões de golo... Bola! E não esquecer os dois jogos com o pequeno Bayern em que o Benfica esteve tacticamente brilhante. A tendência tem que ser invertida mas não me parece que seja a questão táctica que esteja a impedir isso.
      Lights

      Eliminar
    5. RedMoon, peço desculpa pois normalmente até gosto do que escreves... mas o jogo do ano passado na Luz contra o Porto estivemos superiores a eles taticamente. Perdemos, é verdade... tal como este fim-de-semana ninguém diz que estivemos equivalentes por empatarmos.

      Sim, RV esteve mal nas opções iniciais, mexeu mais ou menos bem (e os tripeiros mexeram mal) e acabou por resultar.

      Mas se é pelo resultado, vamos ver que RV esteve bem contra o Zenit o ano passado e até contra o sporting fora (fazendo o jogo possível).

      Também é verdade que as derrotas com o sporting do ano passado foram todas acompanhadas de maior equilibrio do que querem fazer crer (com penaltis roubados e tudo) embora admita que o sporting esteve um pouco melhor.

      Não vamos dizer que estivemos sempre por baixo porque está longe de ser verdade mas concordo quando dizes que é algo que precisamos de melhorar um pouco.

      Eliminar
    6. Prefiro perder os jogos com os grandes e chegar ao fim e ser campeao do que os ganhar e chegar ao fim e nao ser campeao.. e claro q se desse pra ganhar aos grandes e ser campeao no fim inda melhor

      Eliminar
    7. É verdade que a análise estatística de um jogo não diz tudo sobre o que se passou em jogo... mas diz muito. As estatísticas na realidade servem bem para esclarecer e perceber que num determinado jogo em que alguém pensou que foi a equipa A que dominou o jogo, afinal não foi isso que aconteceu.

      Então vamos lá ver algumas das estatísticas do jogo de Domingo, que demonstram que afinal o Benfica não foi dominado, como alguns crêem e querem fazer crer. É bom analisar o porquê do golo do Porto, e após as substituições efectuadas por ambos os treinadores as estatísticas acabaram por se inverter como se demonstra a seguir e onde as duas equipas chegaram ao fim empatadas, com posse de bola - 50/50; remates - 12/17; cantos - 7/9; faltas - 13/15.

      Isto tudo num jogo que o Porto tinha que fazer tudo por o ganhar, enquanto o Benfica se apresentava sem 5 a 6 unidades nucleares, uma delas lesionada no jogo anterior, e ainda perdeu logo no inicio do jogo somente o CAPITÃO da equipa.

      LR

      Eliminar
    8. Mas isto é um campeonato,para ver quem ganha dos 3 grandes?

      Ou é um campeonato de pontos?

      Eliminar
  2. Lembras-te bem dos jogos? Olha que vi todos ao vivo, menos o de domingo, e faço uma passagem rápida por cada um: supertaça, ainda eramos um esboço de equipa, fomos dominados; no dragão jogámos bem melhor que o porto na primeira parte, na segunda eles recuperaram e no fim pressionaram bastante; em casa com o sporting, nada a dizer, perdemos sem espinhas; em alvalade para a Taça, entrámos bem melhor, mas depois de marcarmos não soubemos o que fazer e acabámos por perder com alguma justiça; em casa com o porto, eles ainda hoje não sabem como não levaram 4 ou 5, foi um jogo aberto, mas só perdemos por falhas na finalização; em alvalade para o campeonato estivemos claramente por cima, sobretudo a nivel táctico, a primeira parte foi nossa, e na segunda eles jogaram o que nós deixámos. A única ocasião é a falha clamorosa do ruiz e mais uma tentativa de chapéu do mesmo jogador. Domingo nem se fala, empatámos com sorte.

    Mas daí a dizer que Rui Vitória nunca esteve por cima vai uma grande distância.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 7 jogos, 5 derrotas, um empate e uma vitória.

      Na vitória em Alvalade, muita sorte

      No empate no Dragão, muita sorte

      Na derrota em casa com o Porto, algum azar também, mas uma equipa que começa a ganhar 1-0 se táticamente estiver bem dificilmente perde o jogo.

      Claro que o "nunca" é uma palavra forte... em 660 minutos de jogo em alguns teremos estado por cima...

      Mas globalmente, quer os resultados quer as exibições teem sido sofríveis.

      É importante melhorar... como disse há atenuantes

      Eliminar
    2. Afinal queres é resultados, pois já vincaste várias vezes que são 5 derrotas, uma vitória e um empate.
      Eu também quero o Euromilhões, os 3 primeiros andáva o Benfica à procura de uma equipa, para a Taça perdeu-se no prolongamento, na Luz com o Porto foi um massacre que nos saiu a fava, em Alvalade ganhou-se com uma atitude super competitiva e uma estratégia inteligente, no domingo com meia equipa titular de fora fez-se o que se pode.

      Eliminar
    3. Quando dizes que o Rui Vitória nunca esteve por cima dos outros grande é extremamente redutor... Mas vou dar-te apenas o exemplo deste último jogo: primeiro o Benfica contra o Porto não jogou com as mesmas armas. O porto jogou com a equipa na máxima força; No Benfica não estavam disponíveis: Jardel, Jonas, Fejsa, Rafa ou Grimaldo e perdemos Luisão aos 20 minutos... imagina o Barça sem Messi, Neymar, Busquets, Piquet e Jordi Alba e depois ainda se lesiona o Mascherano. Como seria esse Barça contra o Real Madrid na máxima força em casa do adversário? Depois todo o envolvimento do jogo, para eles era imperioso ganhar, outro resultado seria sempre considerado negativo face ao atraso pontual que já têm. Claro que entraram com tudo e o treinador do porto leu muito bem as faltas no Benfica principalmente ao nível do ataque ao puxar o otávio para o centro do terreno, onde estava Samaris. No entanto a partir do golo do porto e das mexidas de Rui Vitória na equipa o Benfica equilibrou o jogo, passou a jogar-se mais perto da área do porto. O Benfica foi crescendo e o porto recuando motivado muito pelas alterações que os treinadores foram fazendo e aqui houve uma clara superioridade na leitura do jogo por parte de Rui Vitória. O empate surge com muita sorte? Fogo isso é do mais redutor que pode haver, quer dizer se na Inglaterra os jogos são disputados até ao fim e elogia-se as equipas que nunca desistem nem perdem o foco e que conseguem resultados positivos, por vezes épicos nos instantes finais e todo o mundo enaltece isso, porque não enaltecer a entrega, o empenho, e a dedicação dos nossos atletas na conquista de 1 ponto que na realidade são 3 pontos, sim 3 pontos naqueles instantes finais (eu digo três porque 5-2=3, ou seja em vez do segundo ficar a 2 pontos ficou a 5, então há uma diferença de 3 pontos). Não sejas tão redutor nas tuas análises, principalmente sobre uma equipa que deixa tudo em campo....

      Eliminar
    4. Ricardo Mendes09/11/16, 11:58

      Em Alvalade estiveram claramente por cima?! Com um único remate à baliza?! Ahahah Tu não és nada doente :)

      Eliminar
    5. Quantos remates teve o zmerdas? Um foi tão alto que acertou num pombo, outro foi à trave, não conta como jogada de golo (se não conta para o samaris no domingo, também não conta para o jogador que se peidou na conferência de imprensa e calou o gordo), o que é que o zmerdas fez mais para além disso? Andaram ali a correr de um lado para o outro, feitas baratas tontas e o Benfica a olhar e a rir-se lol Isso é que é jogar bem? A tromba do atrasado mental de parvalho valeu por tudo no fim. Só tive pena de não ter visto o espectáculo de fumos ahaha Andaram 1 mês a preparar a festa e esqueceram-se de preparar o jogo. Se fosse o Benfica a por no relvado as letras (rugido de campeão) sem ser campeão há 14 anos, caia-nos tudo em cima. Mas como é o coitadinho de portugal not lisbon, vai de lhe fazer festinhas. O sporQuem(?) é o clube mais mimado do país, é mesmo isso que são, uns mimadinhos pelos merdia, choram por tudo e por nada, depois quando vão à europa até dão pena, até em futsal levam no pêlo lá fora, com árbitros estrangeiros o zmerdas não passa de um arouca.

      Eliminar
    6. "em alvalade para o campeonato estivemos claramente por cima, SOBRETUDO A NIVEL TÁCTICO".

      E, para além do golo, o Renato também rematou.

      O sporting....Jefferson e dois do Ruiz certo?

      Acho engraçado passarem a ideia de que tanto em 2015 como em 2016 o Benfica levou em grande baile em alvalade, quando ambos os jogos foram muito tácticos, sem espaços, com pouquissimas oportunidades de golo.

      Mas no fim o que interessa, ganhou o mesmo (o empate de 2015 serviu perfeitamente).

      Eliminar
    7. Ricardo Mendes10/11/16, 19:20

      Gus e o banho de bola táctico, só travado com muito anti-jogo encarnado e entradas assassinas à mistura? Vocês, realmente, são um autêntico case-study. Mesmo quando são humilhados, está sempre tudo bem. Ahahah É só rir com o estado lampiânico :)

      Eliminar
    8. A táctica é sobretudo posicionamento, noção do espaço e movimento....se souberes fazer isso porquê estar sempre a atacar? Ataque constante leva a maior probabilidade de contra-ataque. O futebol actual está muito diferente e Rui Vitória sente-se bem neste contexto. Sabe que assim terá maiores probabilidades de nos levar à vitória.
      Os 3-0 foram duros e claro que aí ninguém estava contente. Somos um clube exigente. Mas também soubemos unir-nos e apoiar.
      Os resultados estão à vista.

      Eliminar
  3. É mentira! O ano passado na Luz podíamos e devíamos ter dado 4 ou 5 ao Porto que não jogou nada. Jogámos muito bem!
    Memo quando perdemos com os lagartos o Xistra não marcou 2penaltis claros como água que condicionou o jogo todo. Nunca estivemos por baixo!
    Isto de mentir para tentar provar uma falsa teoria tem muito que se lhe diga e até já é hábito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a tua forma de ler o jogo e respeito :

      Contra o Porto na luz tiveste uma meia hora muito boa em que podias ter marcado três ou quatro golos. Concordo

      MAS a segunda parte é do Porto, que a perder 1-0 chega ao empate ainda na primeira parte, e na segunda empurra o Benfica psra tras e vai à procura do golo da vitória que conseguiu. E o Benfica só volta a reagir após o 1-2.

      Uma equipa que fosse competente em todos os momentos do jogo, a ganhar 1-0 não permite a reviravolta.

      Mas tb n me quero focar num jogo só.

      O que sei é que 7 jogos já mostra uma tendência que tem de ser invertida já com o Sporting

      Eliminar
    2. Uma equipa que fosse competente em todos os minutos do jogo..não era deste planeta. É incrível ao ponto que chega esta gente. Funda um clube e vai treinar.

      Dá-te jeito esquecer um pequeno pormenor...desde que o RV entrou, o Benfica está em guerra com o coiso not lisbon. os árbitros entram super condicionados. O Benfica a jogar aberto no ladrão e com vigor, não tinha acabado com 11 a 1ª parte sequer, quanto mais o jogo. O RV é muito inteligente e joga como tem que jogar para garantir pontos. Deves ter saudades de ver um fanfarrão a comer 5.Mas correram que se fartaram. UAU!

      Eliminar
  4. é pà redmon nao compreendo entao o ano passado o porto levou um banho de bola na luz e ganhou o porto meteu tudo ambiente de merda arbitragem muito compremetida com o clube da fruta etc etc......quando vejo a repartiçao de posse de bola é 50% mais cantos a favor 9 mais 2 que o porto num anbiente hostil o SLB é um orgulho eu prefiro que o Slb jogue mal e ganhe do jogar bem e chorar porque perdemos as tais vitorias morais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse jogo com o Porto na luz é o único em que estivemos por cima mais tempo. Podíamos ter matado o jogo e não fizemos.

      Mas a ganhar 1-0 fomos perder 1-2, e repito, dificilmente uma equipa bem táticamente permite uma reviravolta destas.

      Como disse tb, n é grave pq as contas fazem se de 34 jogos e não de 4, mas o saldo é bem negativo contra os grandes (com ou sem atenuantes) e é importante corrigir este aspeto

      Eliminar
  5. Também pudera, o homem só ainda defrontou um grande, desde que treina o Benfica: o Bayern Munique...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ia acrescentar esse paragrafo ao texto mas ia ficar longo e apaguei.

      Contra atlético e bayern o Benfica provou saber jogar contra os grandes, o que me leva a uma de duas conclusoes:

      Ou é o porto e o Sporting que teem a fórmula de nos dominar quase sempre a meio campo, e consequentemente o jogo

      Ou há um estigma qq (desaprendemos) sempre que há jogos grandes em portugal

      Eliminar
    2. Redmoon. Mete lá as ideias no sítio, estás quase lá. Contra Bayern e Atlético não temos árbitros tugas, não temos foguetes durante a noite, não temos macacos a incendiar e ameaçar tudo e todos. No dia que o Slb apanhar o clube do porco e o coiso que não é de lisboa num jogo europeu, é goleada na certa,podes escrever isso.

      O Benfica caia sempre na esparrela, ia jogar de igual para igual com eles quando as regras são diferentes para os 2. É muito difícil perceber isto?

      O que me dá gozo, é que o Benfica é humilde e inteligente o suficiente, para jogar com mais cautela, não reagem às picardias e lutam até ao fim. Prefiro 1000 vezes este Benfica do que um a correr e jogar que nem um maluco mas depois sofria as consequências do país que temos, nunca acabávamos o jogo com 11. Quanto clássicos e derbys tivémos jogadores expulsos com o fanfarrão ao comando? Pois..

      Eliminar
    3. "Champs" como diria o mestre da táctica são jogos diferentes, nunca muito abertos, com equipas que nunca nos conhecem tão bem como Aroucas ou Tondelas, o Porto no domingo entrou como quando largam o touro na arena, cheio de força e a correr para todo o lado (basta ver o pau que o filipe enviou no Horta ao pé da lateral para perceber que era um jogo de raiva), a fazer o jogo da vida deles, o Rui Vitoria como sabe que o jogo tem 90 min tem a noção que, e agora vou ter cuidado com as palavras, pois estou apenas a dar um exemplo e não uma suspeita, mesmo que estivessem dopados aquela palheta toda não durava mais de 65min, não consigo ver uma equipa a aguentar 90min naquele ritmo (e não venham com tretas do futebol inglês), e depois deles rebentarem dar a estocada final. De notar que por muitas oportunidades que os comentadeiros falem por aí o golo foi um frango do Ederson que estava à espera do cruzamento, tirando isso bola, ah e as defesas, e tal, zero, bolas lá dentro só essa. Acho totalmente estúpido também apelidar o golo do Lizandro de chouriço, canto curto para desfazer a defesa, o Horta tira o defesa do caminho, centra para um cabeceamento perfeito do Lizandro não é chouriço.

      O Sporting deu um banho de bola em madrid, perdeu, voltou a jogar muito em Dortmund, perdeu, o Porto massacrou o Benfica e empatou, quero lá saber, fomos roubar 2 pontos a casa do nosso principal adversário onde já levamos 5 com o mestre da táctica, em maio podem dar a taça rui santos ao NES, que espero estar a comemorar o 36.

      Já agora dava algum jeito não perder dois jogadores por semana, gostava de ver o RV com a equipa totalmente disponível na segunda volta contra o Porto, aí comento bola.

      Eliminar
    4. Mas qual fórmula ou estigma? Típico de alguém sem noção.
      O Porto joga com jogadores dopados, como aconteceu o ano passado com o André André que estava dopado e foi ele que marcou o golo. Desde que começaram com o passaporte biológico a "força" dele foi-se abaixo. No verão é vendido!
      Com o Sporting o ano passado RV ainda estava a deslagartizar os jogadores do Benfica do fedor do JJ, trabalho que levou 6 meses depois de ter uma pré época miserável
      E não me esqueci do trabalhinho dos árbitros que ajudaram no servicinho. Haja noção e cura para a bipolaridade!
      Ganhamos ao lagartos em Dezembro e não perdemos mais nenhum jogo até Maio!

      Eliminar
    5. Ou então, como também se vê, uma maior premissividade ao jogo físico dos nossos adversários nesses jogos... o Luisão partiu o braço num lance que era falta e nada... só para dar um exemplo.

      Eliminar
    6. Também se pode ver a coisa por este prisma: Rui Vitória foi escolhido para vencer campeonatos e não clássicos. O Koeman, por exemplo, era bom em clássicos. o Kike tb. JJ nem por isso. Rui Vitória tem muito mais de Eriksson ;)

      Eliminar
    7. Jogar contra um Bayern e um Atlético não é jogar contra grandes. Não é o mesmo que jogar contra o Sporting ou o Porto. Tu contra os primeiros ofereces o dominio do jogo e optas por explorar as falhas, contra os segundos tu queres dominar e ganhar. Não é a mesma coisa, porque se for, foi o que fizeste em Alvalade o ano passado. Foste dominado, defendeste bem e marcaste na unica vez que tiveste oportunidade. Foi o que fizeste em Madrid. 2 golos 2 remates à baliza.

      O que tu queres é um jogo de dominio com vitória sobre o adversário. Era preciso Rui Vitória ser um outro treinador... Não quer isto dizer que tem sido totalmente mau. Mas há muita coisa que não se entende.

      Eliminar
    8. Contra as reservas do Bayern e a jogar como um Tondela. Convém não esquecer.

      Eliminar
    9. Não é estigma. A diferença é que o Porto e o Sporting agigantam-se qd vão jogar contra o Benfica. Lá fora, têm outro tipo de respeito. Aqui, aumentam os níveis de agressividade e de concentração ao máximo porque vencer o Benfica é sempre o maior feito anual.

      Eliminar
    10. Oh Jorge Nelson, o único jogo que venceram foi com o Atl. Madrid tal e qual o Fatima, Torreense ou Gondomar também já venceram o Porto ou o SLB.
      Qual agigantam-se qual carapuça. Alguma o FCP apagou a luz a jogar com o Porto?!

      Eliminar
    11. Rsssssssss Rssssssss Rsssssss

      Eliminar
  6. LOLOL.....

    Quer dizer... o Benfica VS Porto... onde perdemos 2-1 depois de estar a ganhar 1-0, o Porto ganha o jogo sem saber ler nem escrever!! Faz 2 golos em quase 2 remates a baliza....

    Enquanto o Benfica dominou por completo e o Casillas teve umas 5 ou 6 defesas de golo!!

    ResponderEliminar
  7. E depois o Benfica encara este ultimo clássico sem 5 titulares... para mais jogadores de cada sector e com características diferentes dos seus suplentes!!!

    Grimaldo
    Fejsa
    Jonas
    Jardel
    Rafa

    Gostava que tirassem 5 jogadores influentes do Porto para ver o que acontecia. Tirem o André Silva, Danilo, etc etc.

    pois.

    ResponderEliminar
  8. Uma publicação e comentário na onda do costume do benfiquista que só vê pequenino. Como aliás é costume. Nunca apoiaste este treinador não seria agora que o farias.

    Querer analisar o trabalho dum treinador com os 7 jogos contra os supostos grandes sem analisar os momentos dos jogos ou a conjuntura é tão ridículo que dói.

    1 - Ganhámos um jogo contra um grande. O jogo decisivo para ser campeão, na casa do principal rival e candidato ao título da altura. Só isso deveria ser suficiente para te envergonhares da publicação que fizeste.

    2 - Jogo da Supertaça, jogo em casa com o Sporting, Taça com o Sporting ou no Dragão. Tudo jogos completamente diferentes mas com um denominador comum. Equipa completamente em renovação. Supertaça nem se fala, jogaste sem pré-época. Jogos com o Sporting e Porto com o treinador à procura de um onze, limitado com inúmeras lesões, sem muitos jogadores fulcrais.

    3 - Jogo do Porto na Luz: completamente dominado pelo Benfica, muito mais que este empate no domingo. Em condições normais o Benfica teria vencido por 3 ou 4.

    4 - Dizer que se falha nos jogos grandes quando esse mesmo Benfica venceu no Vincente Calderon a equipa que viria a ser finalista vencida da Liga dos Campeões, ou a mesma equipa que venceu o Zenit fora, ou mesmo a equipa que fez os 2 jogos que fez contra o Bayern.

    Devias corar-te de vergonha da publicação que colocaste.

    O Benfica é diferente. Para o Benfica o campeonato ganha-se ficando em primeiro! Não se ganha vencendo os rivais. O nosso campeonato não é ganhar ao Porto ou ao Sporting, o nosso campeonato é ter mais pontos que todos. Sinto vergonha alheia desta publicação. Num blog dominado pelas criticas ao tricampeão, seja anti-Vieira ou anti-Rui Vitória, haja as finanças para manter este blog minimamente apetecível.

    ResponderEliminar
  9. Redmoon, parabens pela coragem de escrever factos de quem percebe de futebol! Concordo 100% contigo, Rui Vitoria deve me isso contra os grandes e neste jogo a par do de Alvalade em que ganhamos no ano passado foi uma vergonha o futebol apresentado.
    Será da mentalidade do treinador ou dos jogdores? Creio que será do treinador, respeita em demasia e no plano tatico demonstra uma das suas lacunas como treinador, o aspeto tatico de Rui é razoavel... Espero que aprenda e com a vinda dos jogadores lesionados a qualidade suba porque é bem precisa para o que aí vem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, o jogo da época passada fora contra o Sporting que nos catapultou para o título é em tudo muito semelhante ao de há duas épocas do Benfica de JJ contra o Sporting de Março Silva, que igualmente nos catapultou para o título. A grande diferença é que no tempo de JJ para o Benfica continuar na frente, bastava o empate e o jogo foi gerido em função desse resultado, o que aconteceu é que num dos poucos remates do Sporting depois de um passe de Samaris, eles passaram para a frente a oito minutos do fim e depois foi com um pouco de sorte tal e qual como eles que chegamos novamente ao empate. O jogo da época passada era necessário a vitória para nós colocar na frente a caminho do título. E foi com este objectivo que se preparou o jogo; o Benfica entrou a jogar para marcar e quando conseguiu, começou a jogar somente pela certa.

      LR

      Eliminar
  10. O BEnfica está em primeiro com cinco ponto de vantagem para o Sporting e para o Porto, tem 11 jogos em casa e 9 fora para jogar enquanto Porto e Sporting é o inverso, teve imensas lesões, chegando ao ponto caricato de ter que ir buscar um miudo de 17 anos, lembrar que a onda de lesões, não só tirou qualidade mas tambem criou uma maior desgaste fisico nos restantes, pq não houve possibilidade de rotatitividade... Perante isto estar a falar que o homem deve-nos o quer que seja.

    Benfica contra grandes só na Europa, em Portugal há um grande, depois há outros 17 em que o jogo do ano é quando recebem o Benfica, o Porto e o Sporting que abram um secção no museu para taças "Jogamos muita bem contra o Benfica" que o Benfica abre uma para o 36 o 37 o 38 and so on and so on.

    O Rui Vitoria o ano passado jogou igual para igual nas antas, só nao ganhou graças ao Soares Dias, deu um banho de futebol na luz ao Porto e dominou completamente em alvalade até ao golo, depois baixou linhas e o Sporting consegui ter UMA oportunidade de golo no jogo do titulo, isto é estar por baixo tacticamente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Fernando Tadeu,

      "Benfica contra grandes só na Europa, em Portugal há um grande, depois há outros 17 "

      Benfica contra grandes só na Europa? E eu pergunto, o Benfica na Champions, apenas superou a fase de Grupos 4 X (1995, 2006, 2012 e 2016), o Ranking da UEFA reflete o desempenho do Benfica na Champions, ou apenas quando é repescado para a Liga Europa?

      Só há um Grande em Portugal? E eu pergunto, porque razão o Benfica tem sido pequeno com esses "grandes"? (Ederson aos 48 minutos estava a ver um amarelo por anti jogo no Dragão, nem o G Redes do Tondela o fez).

      O Benfica disputou neste legado do Prof de ginástica, 4 derbys, e 3 clássicos, balanço desses 7 jogos:
      1 vitória, 1 empate e 5 derrotas... Quem são mesmo os Grandes e pequenos observando esta amostra?

      Em Dezembro o JJ irá à Luz dar novo banho de bola, e voltar a ganhar, ou pelo menos empatar!

      O Prof Rui não confunde o Benfica com o VSC, mas este Benfica joga á Vitória do Prof Rui, "bater nela", a unica diferença, hoje tem muitos protagonistas que desempatam, mas ideia de jogo do Prof ginástica? Zero, bola!

      Em 10 jornadas, o Benfica junta 2 auto golos decisivos a abrir marcadores, e 2 golos marcados em ressaltos (Salvio e Semedo), quem se recordar da assistencia surreal do Mitroglou em Kiev no 2º golo, confirma que a vaca neste ultimo ano não tem azedado o leite...

      Carlos Janela "Opaca"

      Eliminar
    2. alerta vermelho09/11/16, 22:29

      Olha anónimo,todos nós sabemos muito bem que o sperding, quando ganha ao BENFICA, considera que ganhou o seu campeonatozinho! Lá está a mentalidade do campeonatozinho bem patente!

      Eliminar
    3. alerta vermelho09/11/16, 22:43

      O sperding é que quando ganha ao BENFICA, considera que ganhou o seu campeonatozinho nessa época! Depois, podem não ganhar mais nada que já ficam contentes! BENFIQUISTAS, não se deixem embarcar na lógica do campeonatozinho! Além do mais a época passada é ilusória no que a este assunto diz respeito, porque JJ teve a sorte de fazer num curto espaço de tempo três jogos com o BENFICA, e nessa altura conhecia muito melhor a equipa do BENFICA,(esteve lá seis anos) do que RV (tinha acabado de chegar). Quem treina muito tempo uma equipa, e sabe onde ela é forte, também sabe onde ela é fraca. BENFIQUISTAS ABRAM OS OLHOS! NÃO PERCEBEM QUE ELES ESTÃO É TODOS COM UM GANDA MELÃO, E QUE NEM COMENDO A RELVA TODA CONSEGUEM GANHAR! QUANDO ALGUÉM FAZ TUDO PARA VENCER E NÃO CONSEGUE, QUE LHE RESTA FAZER? LAMENTAR-SE, E TENTAR DENEGRIR O ADVERSÁRIO! É SIMPLES!

      Eliminar
    4. Ou palhaço janela obrigado pelo soundbites de avençado, obrigado pela azia hilariante. As perguntas que fizestes tão respondidas no meu comentario anterior, não dás para mais, não tenho culpa.

      O Vitoria do Prof Rui, foi o melhor vitoria em 20 anos e tinha mais pontos à 10 jornada que o Zmerding do JAsus, engraçado não é?

      São só 111 golos em 44 jogos, estar a falar em ressaltos é de gente burra.

      Azedado é mais para os lados do Lumair, a azia é a tanta que azeda tudo. Nós em carnide ri-mos e ri-mos cada vez que vocês abrem a boca.


      Obrigado volta sempre palhaço.

      Eliminar
  11. Sou o Xavier08/11/16, 22:44

    A diferença está em como a equipa olha para os jogos que tem a fazer. Acredito e já está mais que provado que o Rui Vitória olha para cada jogo com a mesma importância, cada jogo tem o mesmo peso, seja em casa com o Tondela ou no Dragão. Enquanto... Que outros continuam a fazer rascunhos ou a elevar o seu próprio nome, quando jogam com o Benfica, ganham motivação extra... Põe os jogadores a comer relva! Foi o que se viu.

    Enfim, estamos a 5 pontos de cada candidato ao titulo. E é continuar com o bom trabalho.

    Já agora, ainda não vi ninguém falar sobre isto. MAS vou puxar do assunto e gostava sinceramente que algum administrador pensasse no assunto.
    O próximo jogo do Benfica é com o grande Marítimo para a Taça de Portugal (jogo para ganhar... tenho saudades de levar o farnel ao Jamor haha). Suponhamos que o Benfica ganha. Adivinhem com quem joga o Benfica antes da receber o Sporting??? Ora nem mais, o Maritimo... Coincidência??? Não sei, mas em caso de vitória o Marítimo pode querer vingar-se no campeonato. Praiense nisso, digo... Pensem nisso!

    ResponderEliminar
  12. 5 titulares indiscutiveis fora do jogo contra o porto.

    Eles metem a carne toda no assador, empatam contra o campeão que está a 50% e já são a melhor equipa.

    Esquece os jogos contra o Porto e o Sporting e preocupa-te antes com os Setubais e Besiktas desta vida.

    ResponderEliminar
  13. Entrámos numa fase em que os únicos motivos de alegria do Porto e do Sporting durante uma época são as vitórias nos jogos contra o Benfica. O Benfica tem que gerir as épocas para vencer campeonatos e fazer boa figura na Liga dos Campeões, eles têm que gerir as épocas para conseguirem vencer o Benfica em 2 jogos. Estamos quase a entrar na fase em que nem isso eles vão conseguir fazer. E já vamos vencer o próximo jogo contra o Sporting uma vez que eles não se podem dar ao luxo de não apostar tudo no jogo da Liga dos Campeões na Quarta-feira anterior na Polónia. Eles precisam muito das receitas das provas europeias. Não criem fantasmas onde eles não existem. Para isso já bastam os jornalistas e os nossos adversários.

    Sérgio.

    ResponderEliminar
  14. O Benfica de Rui Vitória tem um padrão de jogo.

    O Benfica entra relativamente forte nos jogos até entre os 15 e os 25 minutos, depois abranda e já perto do intervalo (5 minutos) volta a "acordar"; também entra relativamente forte nas segundas partes, mas por pouco tempo (até aos (50/55 minutos), por fim volta a "acordar" entre os 70 e os 80 minutos.

    Se repararmos bem vemos que é normalmente isto o que acontece, até nos jogos com os outros grandes, independente de termos marcado ou sofrido golos fora dos períodos de "estado desperto" ou "adormecimento".

    O grande problema é que contra equipas mais fracas esta estratégia normalmente é bem sucedida, contra os grandes que não só são mais fortes como estes jogos tém uma carga emocional maior e aí penso que temos sido mais fracos que os nossos rivais.

    Em todo o caso, e mesmo preferindo ser campeão não ganhando nenhum jogo grande a não ser campeão e ganhar os jogos todos, já sinto saudades de uma vitória clara sobre outro grande, o grande Benfica também é feito das vitórias nos jogos grandes.

    ResponderEliminar
  15. Este bate boca interessa a quem??? Quem é que foi campeão??? Andais à procura do sexo dos anjos...???

    ResponderEliminar
  16. Águia Preocupada09/11/16, 00:21

    Não li o texto todo. Tenta ser mais sucinto, pois são sempre demasiado extensos...
    Mas do que entendi, o que deveria acontecer era o Benfica ter sido humilhado, tal o banho de bola que levou... Sim, porque os outros jogam sempre munta bem e ganham porque merecem SEMPRE!
    O futebol não é uma ciência exacta e é por isso que tantos adeptos gera e apaixona no mundo inteiro!
    Que graça ou interesse geraria, se sempre ganhassem os melhores? Só 2 ou 3 jogos teriam interesse!...
    Jogamos sempre encolhidos contra os grandes? Quais grandes? Os de cá do burgo, que tudo fazem para desestabilizar, inclusive usar da violência, da intimidação, do condicionamento dos agentes de cada jogo? Esses são demasiado pequeninos e só com estratagemas conseguem parecer grandes!
    A questão que devemos colocar é: Porque é que normalmente jogamos sempre bem contra os grandes da Europa e por cá encolhe-mo-nos?
    - Jogamos, nos últimos anos, duas finais europeias e jogamos sempre melhor que os adversários...
    - Jogamos com Manchester, com Liverpool, com Juventos, Atlético de Madrid, com Bayern de Munique...
    Mas estes, jogam futebol só dentro de campo... Enquanto que por cá...


    ResponderEliminar
  17. E o xarope para a tosse nao conta?????
    Os outros perdem pontos com equipas mal classificados
    e jogam tudo com o SLBL

    eles os outros correram muito mais parecendo maratonistas
    e foi isso que fez a diferença

    ResponderEliminar
  18. É um prisma de ver coisa, ainda assim sempre empolado pela imprensa.
    Podes também ver que a Itália costuma ter muitas vezes sorte.
    Parece-me também que a tendencia tem sido o Benfica dar a iniciativa do jogo intencionalmente e tenho um feeling que nos proximos derbys mesmo estando eles a jogar muito e até a ganhar nunca vão estar descansados porque temos sempre conseguido marcar nos jogos decisivos e isso vai deixá-los nervosos.

    Parece-me também que os rivais conseguem preparar melhor estes jogos ao nivel da comunicação, há muitos anos que é assim, com mentiras, manipulações mas a verdade é que conseguem.

    ResponderEliminar
  19. Facto: O melhor jogo do Porto contra o pior jogo do Benfica deu EMPATE!!!
    Antigamente perdíamos 0-5 na Luz.
    Com o Rui Vitória esqueçam os rolos compressores e as elevadas notas artísticas. Obviamente que poderão acontecer ocasionalmente, mas devemos aceitar (ou não) o estilo do treinador.

    ResponderEliminar
  20. benfiquista a serio09/11/16, 03:30

    neste ultimo jogo o rui vitoria errou no 11 e nas mudanças tardias. eu, como mero benfiquista de bancada tinha apostado no seguinte onze:
    ederson, semedo, luisao, lindelof, eliseu, andre almeida, horta e danilo, guedes, jimenez e cervi

    eu estou convicto de que com este onze a vitória seria nossa.

    agora temos de olhar em frente, e corrigir os erros do passado, por isso, mantenho a minha confiança no rui vitoria e espero que este corrija os erros do passado.

    fica aqui um alerta: quem dá 16 milhoes por um rafa lesionado tem de dar 1 milhao pelo melhor fisioterapeuta do mundo. estou farto de tantas lesões e de tanta demora na recuperação dos lesionados, algo está mal, por isso, há que corrigir com urgencia, seja contratando um ortopedista e, ou, um fisiterapeuta e, ou ou um preparador fisico do melhor que exista no mundo pois tantos milhões investidos em jogadores para estes estarem sempre lesionados, não compreendo, não aceito e exijo que isto seja sanado mesmo que seja preciso investir 1 ou 2 milhões em contratar fisioterapeutas, ortopedistas e preparadores fisicos da elite mundial nesses sectotes.

    ResponderEliminar
  21. Não te tirando razão, também eu perferia ter visto uma exebição mais personalizada por parte do Benfica, mesmo que isso, e como já foi dito noutros comentários não vale de nada, tendo como exemplo o jogo da luz do ano passado em que fomos superiores e pontos 0.

    Não deixa de ser auspicioso saber que jogamos com 5, sim 5 jogadores de altissima qualidade no "estaleiro" e dos que jogaram vêm de lesões perlongadas e não tem o ritmo competitivo necessario para um jogo destes.

    Acho que os 11 que têm jogado começa a acumular fadiga, os casos de Guedes e Salvio que rebentam rapidamente. Isto porque não há outros para jogar.

    Por isso , é como tu dizes assino por baixo perdendo os jogos todos com os grandes e ser campeão, mas ainda tenho esperança que com o regresso dos jogadores lesionados , de ver cumnprido esse desejo de ver um grande jogo com um dos Grandes.

    ResponderEliminar
  22. Red moon, o ano passado até Dezembro fomos como equipa, quase sempre comidos, apesar de o jogo no dragão a primeira parte ser toda nossa com as mais claras situações! Na luz não jogamos tão mal como se diz, o sporting nas 3 oportunidades faz os golos e aí morreu o jogo!
    Agora na segunda volta dominamos completamente o porto que teve a imensa sorte do jogo e podiamos ter goleado. Já contra o sporting a primeira parte foi mesmo nossa, o jonas recuou sempre criando superioridade no meio campo, depois na segunda parte baixamos claramente e tivemos alguma sorte de não dicar empatado, mas tudo isto é muito bonito quando se tem jogos da champions e vamos a alvalade ganhar e eles em 5 jogos este ano pós Champions ganham 1!!! Neste momento tmb exijo que alguns derbis caiam para o nosso lado com futebol que se veja igualmente, mas 5/6 jogadores muito importantes lesionados conta muito!!!

    ResponderEliminar
  23. Independentement de termos jogado melhor ou pior ou estarmos por cima ou por baixo a meu ver NINGUEM tem o direito de exigir seja o que for ao Rui Vitoria. O que ele fez o ano passado... nao acredito que haja outro treinador que teria conseguido fazer o mesmo. Este ano com as lesoes estamos em primeiro destacados.

    Se ha alguem que pode exigir e o Rui Vitoria. Exigir que nos todos estejamos sempre no estadio a apoiar exigirque a Direccao esteja sempre presente. O resto ele e os jogadores farao e em Maio estaremos no Marques

    abraco
    Ze

    ResponderEliminar
  24. O importante é ganhar, o resto são peanuts, vale bola. Não quero Benfica à Peseiro, quero Benfica a pontuar e a ser campeão

    ResponderEliminar
  25. Bom dia.
    A resposta às tuas duvidas é muito simples.
    Os "pequenos" dão tudo contra os grandes.Neste momento até porto e sporting dão tudo contra o Benfica.
    Vide a miséria que tem sido a época do porto e o jogo que fizeram contra nós. Incrivel.
    Vide os sapos o ano passado onde o que interessava era ganhar ao Benfica.
    Concluindo: Em Maio quero ser Tetra, com ou sem vitórias contra sapos e corruptos.
    Fernando Pinto

    ResponderEliminar
  26. O RedMoon por dentro tava mortinho por um mau resultado para cascar em cima do vitória eheh já agora, o teu grande ídolo Jesus, esteve assim tão bem no Benfica nos jogos contra o porto?

    ResponderEliminar
  27. Acho que este post é um exagero, senão vejamos:
    O inicio da época passada foi complicada, perdeu bem a super-taça com os lagartos e perdeu bem em casa com os mesmos.

    Com o porto perdeu mal no dragão e até jogou bem e não mereceu perder. Na luz com o porto o Benfica perdeu em casa e jogou muito bem e merecia ter goleado o porto.

    Em alvalade ganhou e esteve tacticamente perfeito, foi matreiro e aproveitou a oportunidade que teve. (se fosse o Mourinho tinha sido perfeito, como foi o Vitória teve sorte)

    Este ano, no dragão, na minha opinião não fez uma grande exibição, principalmente na primeira parte, mas na segunda, lá está aproveitou a oportunidade que teve e marcou, foi matreiro, tacticamente perfeito. (lá está, se fosse o Mourinho tinha sido perfeito, como foi o Vitória teve sorte)

    Bom era quando o Benfica fazia boas exibições, tinha vitórias morais e campeonatos 0.

    Para mim tá bom assim, deixem as vitórias morais para o porto e para o sporting.

    A. Lopes

    ResponderEliminar
  28. Excelente texto, com o qual concordo totalmente.

    De resto, o jogo em que o Benfica ganhou no Dragão há 2 anos, não foi muito diferente deste último. A grande diferença foi a (grande) eficácia do Benfica e a (falta de) eficácia do Porto.

    O que me aborrece mesmo é a maneira como o RV parece alterar o ADN da equipa nestes jogos. Parece que joga sempre para empatar. Sempre sem ambição, excepto quando precisa do resultado. Excepção feita ao jogo na Luz do ano passado contra o Porto.

    Para já, e para inverter esta tendência, vamos jogar para ganhar contra o SCP na Luz em Dezembro próximo!!

    Pedro Miguel

    ResponderEliminar
  29. O Benfica, para mim, até pode perder os 4 jogos contra os "Grandes" desde que chegue a Maio e estejamos a enfestar!!!

    ResponderEliminar
  30. E RV não aprendeu nada, mais uma vez apresentou um meio-campo a dois, com Samaris e Pizzi.

    ResponderEliminar
  31. "Na derrota em casa com o Porto, algum azar também, mas uma equipa que começa a ganhar 1-0 se táticamente estiver bem dificilmente perde o jogo". Então no domingo pode-se dizer que um equipa a ganhar por 1-0 aos 90 minutos se estiver bem tacticamente dificilmente não ganha o jogo não é? O grande cérebro é que é o mestre da tactica por isso é que fora do Glorioso tem ganho tanto e tanto.
    Mas um treinador Campeão com o máximo de pontos, ganhar o Taça da Liga, Supertaça, chega aos quartos da Champions eliminado 3-2 pelo Bayern de Guardiola (sem Jonas e Gaitan), a unica equipa nos ultimos anos que ganhar no Calderon ao Atletico de Simeone, já em 1 ano e meio com tantas vitorias fora na Chapions como o Génio em 6, com o recor de vitorias fora na Liga, é fraco pois nos classicos tacticamente está por baixo. Brilhante eu não diria melhor aliás RedMoon deves ser o melhor analista futebolistico do Mundo. É caso para dizer mais vale cair em graça do que ser...

    ResponderEliminar
  32. Ricardo Mendes09/11/16, 11:56

    O Benfica este ano fez dois jogos mais bem conseguidos, ambos contra clubes amigos. Belenenses e Paços. O resto, foram ganhando através de lances fortuitos e com muita estrelinha pelo meio, como auto-golos que desbloquearam jogos -Nacional e Feirense. Em Chaves, foram dominados a maior parte do tempo e conseguiram sair de lá com a vitória.

    Dizer que, neste momento, o Benfica é o clube que melhor joga em Portugal, é uma anedota... só se for fora das quatro linhas. Nenhum dos 4 grandes joga à bola, neste momento sem ser a espaços.

    Não passa de mais uma cortina de fumo do gabinete de propaganda para dizer que tudo é perfeito e que esta quantidade surreal de lesões é algo perfeitamente normalíssimo. Contra equipas organizadas, levam banho de bola. Mas tens razão, no final contam os pontos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada09/11/16, 15:41

      Quem te dera a ti, lagartóide verde rastejante, ter os resultados que criticas... Já te esqueceste da felicidade sentida pela "manita" do Tonel? Benesses destas todos tem... Só que uns, aproveitam-nas... Enquanto que outros esbanjam-nas... Não é verdade?!

      Eliminar
    2. 16 vitorias fora consecutivas todas com lances fortuitos? o ano passado bateu recorde de pontos, golos marcados, etc, o improvável numero de lesões especialmente de supostos "titulares", perder o Fejsa antes do dragão, ganhar o tri, quartos da champions com o Bayern e taça da liga, supertaça...

      Achar que foi sorte é que é uma anedota.

      Só uma achega, o Benfica perdeu os jogos com o SCP numa altura em que o treinador do SCP tinha passado 6 anos com os jogadores e RV apenas alguns meses, e na supertaça chegou 3 dias depois de estar a jogar a 3000m de altitude numa pré época planeada de modo desastroso MESMO ASSIM o SCP ganhou ai sim com um chouriço do Carrillo.

      Eliminar
    3. Ricardo Mendes09/11/16, 21:08

      Paulo Duarte, sê inteligente. Avalia a postura das equipas pequenas perante um Sporting, Porto, e, a postura dos mesmos contra um Benfica. Sabes qual é a diferença? A "Super-estrutura" encarnada já leva um avanço de 8 anos a subjugar os presidentes das mesmas.

      Quantos são sócios ou partes integrantes das negociatas do Pablo Escobar dos pneus? Porque é que o Benfica ganha tantos pontos contra as equipas pequenas e com as grandes é uma nulidade completa?

      Pensa bem. Não sejamos hipócritas.

      Cumprimentos.

      Eliminar
  33. O ano passado jogámos muito bem contra o Porto e perdemos.
    Quando precisámos ganhar em Alvalade fomos lá e vencemos a equipa que melhor jogava no campeonato nacional (com direito a prémio atribuído pelo RS).
    Nestes jogos há que ser pragmático - foi assim que vencemos Atlético em Madrid, o Zenit na Luz e em S. Petersburgo e empatámos com o Bayern.
    Como foi assim que em 2013(???) tinhamos ganho na Luz e empatado em Turim com a Juve. Até na fase final da era JJ o Benfica (ex: os 0-2 nod Dragão), contra adversários mais complicados, apostava sobretudo na transição rápida e não em ataques continuados.
    Com o RV contra este tipo de adversários já se viu que o mais importante é não sofrer golos tentando sempre aproveitar uma oportunidades.

    ResponderEliminar
  34. Zé Carlos09/11/16, 12:57

    RedMoon

    Estás a esquecer a enrabadela que o Rui Vitória deu no Judas na final da Taça em 2013.

    ResponderEliminar
  35. Aquelas duas equipas a que chamam de "grandes", na verdade têm mentalidade pequena, pois se contra o Benfica até "comem a relva", já a regularidade no campeonato deixa algo a desejar (e ainda bem!). Também sou daqueles que não se importam de perder os jogos com fcp e scp, logo que o meu Benfica fosse campeão...Se os adeptos dos outros "grandes" dão tanto valor ao campeonato porque não exigem dos respetivos clubes que ganhem o máximo de pontos???? Ah, já percebi, a pastilha não dura sempre...?!?!?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, é verdade... deve ser por isso que nos últimos 40 anos o FCP venceu 22 e o SLB apenas 15 Campeonatos !!!

      Eliminar
    2. Águia Preocupada09/11/16, 19:42

      Venceu? Ou foram vitórias consequências de benesses? Vocês bem tentam esquecer o "Apito Dourado", mas nunca irão conseguir... Ora confessa lá!...

      Eliminar
    3. Ricardo Mendes09/11/16, 21:13

      Águia Preocupada, fala o roto para o nú. Essas Paixões levam-te de Mota a cantar umas ACapellas, não? Tudo que, hipocritamente, criticaram sobre a máfia do norte, estão vocês a fazer há cerca de 7/8 anos. Pimenta no traseiro dos outros é refresco, não? Desde que o teu clube ganhe, não interessam os meios, não é?

      Já dizia o outro, pelos vistos, uma arbitragem corre bem desde que o Benfica ganhe.

      Eliminar
    4. alerta vermelho09/11/16, 22:03

      Ricardo Mendes estás cada vez mais imbecil!Então porque é que o BENFICA não é hepta ou octo campeão se anda a fazer o mesmo que o porco fez? Tem mas é vergonha de teres o Carlos Dolbeth e o Fernando Correia a trabalharem na tv, dessa espelunca que é o teu clube! Assumam que são um clube não ganhador que nada entende de futebol já há decadas seguidas, e deixem de tentar ganhar com choradinhos e pressões. Vocês sabem muito bem que se não for assim, não ganharão nunca!

      Eliminar
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  37. O problema é que os adversários internos conhecem e exploram muito bem as fraquezas do SLBENFICA. E Não é de hoje.
    Nos tempos do outro era igual. Aquele meio campo de 2 jogadores era a zona explorada pelos adversários, assim como aqueles famosos Emersons e outros que são do conhecimento publico.
    No passado fim de semana foi igual, um meio campo inexistente e alas que não ajudavam.
    Urge, ao SLBenfica, ao seu treinador, equipa técnica e à sua (famosa) estrutura trabalhar isso. Olhar para as fraquezas e torná-las pontos fortes, pois no final nao estão a jogar sozinhos.
    No entanto, saliento que neste momento os futuros negócios (na calha para Janeiro)condicionam(ex.Salvio)a estratégia do treinador, assim como o numero de lesoes que teimam em não largar o plantel do SLBenfica.
    Como costumo dizer o SLBenfica0o melhor Gestor de Homens como treinador da sua equipa prinicial, mas isso não faz dele um treinador de Topo.
    Sim, sei que vou ser atacado pois ele ganhou títulos e títulos (muito) importantes, mas é a minha opinião.
    Venho RV no futuro dentro da estrutura a trabalhar toda a componente de formação do SLBenfica, onde nos últimos anos ele tem dado cartas como ninguém em Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo Mendes09/11/16, 21:18

      A única fraqueza que o Benfica tem (SLV actualmente) refira-se, para além do cadastro do presimente tricolor ilegítimo(caso raro no futebol mundial), é mesmo um professor de ginástica pôr os jogadores a correr desenfreadamente sem qualquer noção táctica, com as lesões que se conhecem. Vai correndo bem, enquanto os clubes pequenos abrem as pernas, porque, contra os grandes, é a história que se conhece.

      Espero que a nova branca da Colômbia faça melhor, que não sirva só para pôr o presimente tricolor ilegítimo ainda mais Millionário.

      Eliminar
  38. A RV a única coisa que exijo é ser campeão. Ponto.

    ResponderEliminar
  39. Sou honesto...
    O Benfica jogou mal, embora na 1ª parte a coisa "soou-me" a premeditado....Vitória parecia que queria a equipa a "enervar" o porto, a obrigá-los a subir as linhas, a descurar as coberturas e tudo mais, se reparar-mos o Porto esteve por cima toda a 1ª parte mas oportunidades claras de golo teve 2 para 1 do Benfica, ou seja, estava tudo ela por ela, na 2ª parte o Benfica tempo assumir o jogo só que o Guedes não "aparecia" aliás o puto esteve muito mal, e a falta de um Guedes em forma levou a que Cervi Sálvio e Pizzi ficassem sempre isolados sem apoios interiores, assim que Vitória mexe na equipa (já depois do golo é certo) a equipa cresceu e aos poucos foi empurrando o Porto lá para trás.

    Quero com isto dizer que o Vitória é um génio da tática, NOP, quero apenas dizer que o Vitória não é o "burrinho" que toda a gente pensa, ele lançou quem tinha de lançar a titular, o problema foi que Guedes não correspondeu e o Eliseu não serve, e para comprovar que ele sabe que cometeu uma pequena gaffe, foi vê-lo a assumir o jogo depois em quase 4-3-3, jogando de peito aberto contra o "melhor Porto da época" e mesmo assim a empurrá-los lá para trás mesmo com suplentes a jogarem a titulares na sua equipa.

    Contra o Sporting acredito que se Fejsa não recuperar a equipa andará mito por estes moldes:

    Semedo--Luisão--Lindelof--Grimaldo
    ----------------Samaris----------
    ------Pizzi----------------------
    ---------------Rafa-------Cervi--
    Sálvio---------------------------
    ---------------Mitriglou---------

    ResponderEliminar
  40. "Ou é o porto e o Sporting que teem a fórmula de nos dominar quase sempre a meio campo, e consequentemente o jogo" - palavras do autor do post num dos comentários acima.
    Têm a fórmula têm. E aposto que é amarela.

    Deves estar com saudades daqueles jogos com o Jesus em que o Benfica dominava e goleava, não é? Lembro-me assim de uma goleada por 0-5 com o Porto, de uma outra de 1-3 para a taça na Luz, incapaz de segurar um resultado de 2-0 nas antas. E daquela última goleada de 1-1 em Alvalade com o golo do Jardel no último minuto. Lembras-te?... aquele jogo em que massacrou o Sporting do Marco Silva.

    Já agora recordava-te alguns episódios nas Antas que talvez ajudem a explicar a supremacia do FCP nestes jogos. Aquele estádio onde o Benfica é recebido com mais ódio do que um inimigo numa guerra. Criolina no balneário, bolas de golfe, pedradas, cotovelos do Paulinho Santos, entradas a matar do valoroso e superior adversário a passarem impunemente, ambiente de absoluto terror nos túneis, capangas armados, guarda Abel, super dragões, Nuno Madureira, foguetório junto ao hotel...
    Sabes que estes hábitos não acabam de um dia para o outro...

    Em relação ao RV inverter a tendência dos clássicos, que segundo a tua estatística conta 5 derrotas em 7 jogos, parece que isso já começou.
    É que nos 2 últimos jogos o Benfica ganhou 1 e empatou outro. Por acaso os jogos até foram nos campos dos adversários. Por acaso os adversários até estavam absolutamente desesperados por uma vitória. E o Benfica conseguiu o resultado que mais lhe convinha.
    Já agora deixava aqui algumas estatísticas do último jogo com o Porto, para que as tuas fontes não sejam apenas os comentadores do Record e da SportTV:
    Remates (FCP/SLB): 17/12
    Ocasiões criadas: 13/11
    Duelos ganhos: 51/54
    Cantos: 6/9
    Posse de bola: 50%/50%
    (fonte: goalpoint)

    De facto, naqueles números sempre tão usados para se provar que um clube dominou o outro, a posse de bola e os cantos, o FCP esmagou o SLB: eles com uns magníficos 50% de posse de bola contra uns míseros 50% de posse de bola do SLB. Nos cantos a supremacia ainda foi maior: eles conseguiram a estratosférica marca de 6 cantões. Nós uns modestos 9 cantinhos e ainda por cima só 1 teve aproveitamento.

    Termino tentando ajudar-te a responder a uma pergunta que fazes. A razão de o Benfica equilibrar o jogo a meio campo contra o Bayern e o Atlético de Madrid e não o conseguir fazer contra o Sporting e o Porto.
    É que o Bayern e o A. Madrid são das equipas europeias mais fortes fisicamente. O Sporting e o Porto, contra o Benfica, são um fenómeno, um verdadeiro portento físico.
    Vais ver alguns jogadores do Sporting que se arrastam em campo (Bryan Ruiz, Markovic, etc.,) surgirem na Luz, daqui a umas semanas, como autênticos cavalos selvagens.
    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  41. A questão antes de ser tática é de atitude, de luta …de não deixar o adversário respirar…pensem nisto : A grande razão do Atlético de Madrid ter-se tornado numa equipa que se bate e ganha aos melhores do Mundo, com muito menos recursos (nos últimos anos só ganhou a Real, Barça E Bayern –as equipas mais fortes do Mundo ) foi a forma como não deixam jogar, a forma como fazem uma teia no meio campo em que os adversários têm dificuldade em trocar a bola; a forma como se batem por cada bola; o SLB é muito passivo na casa dos nossos rivais.
    Na minha opinião faltou atitude, garra, vontade de jogar e de ganhar na maior parte do jogo.
    A 1º parte mostrou uma falta gritante de querer, de vontade, de marcar em cima, de não deixar jogar, de meter o pé, de fazer faltas!!!
    A ideia que dá é que a “ mensagem “ dada aos jogadores adversários foi “ vida ou morte ; vamos bater-nos até não poder mais… etc etc”
    A nossa “ vão com calma; vamos ver que o dá; são só 3 pontos “ etc etc
    Não admito esta atitude contra rivais, pq depois dá nestas exibições que têm acontecido sempre que jogamos contra eles.
    Não pode ser…como adepto do glorioso quero sempre humilhar os nossos rivais…SEMPRE!
    Se não der, ao menos temos que nos bater até á exaustão….nem os deixar respirar!!!
    Quando se vê que o adversário jogava á vontade , os avançados quando recuavam entre linhas recebiam a bola á vontade, viravam-se em direção á nossa baliza e embalavam, perante o olhar dos nossos jogadores, é inadmissível.
    Ao invés, das poucas vezes que a bola chegava ao Gonçalo e ao Mitroglou o que acontecia??? estavam logo marcados, eram logo apertados…..uma atitude completamente diferente da nossa.
    Podemos jogar mais defensivamente, aceito ; podemos jogar em contra ataque, aceito….mas quando o adversário tem a bola no nosso meio campo…nem pode respirar…isto é o mínimo aceitável!!!
    Já em Kiev, mesmo a jogar em contra ataque, não se esqueçam que os avançados do Kiev isolaram-se 2 vezes perante Ederson….então estamos a defender e o adversário isola-se ???
    Devemos sem posse de bola ser muito mais agressivos e não ser tão passivos, não se deve marcar com os olhos; deve-se encostar, meter o pé, ganhar bolas…..é o mínimo!!!
    Já nem vou falar de quando sofremos pressão alta, não sabemos sair a jogar…..já nem falo disso senão era mais um texto igual!!
    Em relação aos jogos com o zenith e o Bayern , não sofremos uma pressão tão intensa logo á saída da nossa área e, quando nos deixam jogar, conseguimos equilibrar as coisas!!
    Tanto no Dragão, como em Alvalade, somos logo pressionados…para “eles” é o jogo do ano e “comem” a relva.
    Não viram a nossa atitude passiva na 1ª parte???? Andre Silva e Jota recuavam 2 metros para receber a bola e os nossos defesas ficavam a marcar com os olhos!! Depois é só embalar em direção á nossa Área!!

    ResponderEliminar
  42. No rescaldo do jogo também fiquei piurso com as constantes perdas de divididas e segundas bolas que permitiam à vara voltar a tacar passados poucos segundos.
    Mas realmente considerando quem estava atrás do apito, acredito que a equipa estivesse precavida para a cartonaria que ia sair se houvessem muitas porradas nas divididas e todos sabemos para quem seriam e com quantos jogadores acabaríamos o jogo.
    Isso, aliado aos jogadores que não podem fortalecer a equipa, terá sido provavelmente um risco calculado mas onde o factor sorte entra em elevada percentagem.
    Mas, fazendo um resumo e no balanço do já ocorrido na época passada e na presente, quem achar que o Rui Vitória não é o treinador que o Benfica precisa nesta altura, que o diga!

    ResponderEliminar
  43. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  44. A pensar à frente, contratar 2 laterais esquerdos e um ou 2 guarda-redes. O grimaldo e o ederson "devem sair brevemente".

    ResponderEliminar
  45. Por falar em jogos contra os grandes, espero que no próximo SLB-SCP (11/12/2016) a formação benfiquista esteja fisicamente recuperada e com ritmo competitivo e, nesse caso, eu apostaria em:
    Ederson
    Semedo Lindelof Jardel Grimaldo

    Fejsa

    Pizzi Horta Rafa

    Jonas
    Mitroglou

    Penso que este onze será suficiente para acabar com a crença que reina no balneário do Porto e Sporting e segunda a qual, os seis pontos em disputa com o SLB são favas contadas.

    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  46. Shadows
    Tens direito á tua opinião, mas não podes esquecer-te de todos os lesionados e a mensagem sempre positiva do RV: não vale a pena lamentarmos, pois dentro do plantel com a qualidade que tem, existe sempre alternativas. Parece que vem aí o Rafa, que penso ser aquele jogador que irá esticar mais o jogo.

    ResponderEliminar
  47. alerta vermelho09/11/16, 22:14

    Caro Redmoon, já diz a sabedoria popular que os cães ladram e a caravana passa! Então e porque não deixá-los ladrar! O que aconteceu muito pura e simplesmente foi que quem precisava de ganhar eram eles, mas não ganharam. Vai daí frustradissímos, outro remédio não tiveram, além de alegarem que se fartaram de jogar, que fizeram mais pela vitória, e réu téu téu pardais ao ninho! Uma coisa é certa, NÃO GANHARAM! Nem jogando o máximo que sabem, conseguiram ganhar! Penso que ao fazeres este post, lhes estás a alimentar a conversa, e estás a deixar-te levar para o terreno que eles querem! Muito mais bonito é deixá-los roerem-se de inveja, até se auto flagelarem! Desde quando é que se dá atenção a seres insignificantes!

    ResponderEliminar
  48. É por demais evidente, Red Moon. RV é um excelente líder e tem capacidades claras na gestão do balneário, na atitude, no discurso. Mas falta-lhe demasiado em termos estritamente técnicos...o Benfica não é um workshop de team building! Se bastassem os soft skills, contratávamos a coach do Éder para treinar o tricampeão...

    Na minha opinião, uma mistura dos hard skills de JJ com os soft skills de RV daria um treinador perfeito...

    Neste clássico, a entrada de André Horta para terceiro médio, que eu e muitos outros tínhamos defendido de início, mudou o jogo - não no sentido de o passarmos a dominar, mas pelo menos de o equilibrar...

    Mesmo mantendo o 4x1x3x2, o Pizzi nunca poderia estar tão baixo (quase em linha com o Samaris) nem o Guedes tão alto (quase em linha com o Mitrogolo). Porque, como tínhamos dois extremos puros que pouco jogo interior deram e saíamos na primeira fase de construção com seis (!) jogadores, entre essa linha de seis e a de quatro na frente, esteve um deserto de 40 metros, pelo que nunca conseguimos construir jogo dentro do bloco do Fruta Corrupção Pancadaria...a nossa construção foi sempre, até à entrada do Horta, ou inexistente ou fora do bloco (como se a baliza estivesse na linha lateral!) ou de futebol directo do Ederson...uma miséria, como dizes, que foi comum a todos os clássicos e derbies, à excepção da recepção ao FCP na Luz, onde de facto podíamos perfeitamente ter goleado. Mas não se diz que todas as regras têm excepções que as confirmam?...

    Isto chateia-me porque eu só descanso com o hexa de 2019! ;)

    Benfiquista Primário

    ResponderEliminar
  49. pois só que já se dizia, e com razão, o mesmo do outro e embora o modelo de jogo e o modo de o encarar seja diferente entre ambos a tactica utilizada tem sido a mesmo e esse é que é o problema a tactica é excelente perante equipa de menor dimensão e tem muitas deficiência para equipa de nível igual ou superior.
    e ou nesses jogos se muda a tactica ou os resultados vou continuar mais ou menos os mesmos que até aqui.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes