O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Avatar

Finanças: Porto precisa de vender 600M€ em Atletas até 2020!

 ●  + 47 comentários  ● 
Como já é conhecido, a Porto SAD apresentou 58,4M€ de prejuízos na época 2015/2016, tendo obtido 76M€ de Proveitos Operacionais, 75,4M€ de Proveitos "totais" com Atletas, que renderam 43,8M€ Proveitos "líquidos" com a Venda de Atletas, a que se juntaram 2M€ de Proveitos Financeiros.



A 26 de Outubro a Porto SAD apresentou o seu orçamento para 2016/2017, prevendo 2,7M€ de lucros, e para tal objectivo ser alcançado terão de obter 115,8M€ com Proveitos "totais" com transacções de Atletas, que representam 68,6M€ de Proveitos "líquidos" com as venda e empréstimo de Atletas. (60% de "mais-valia" considerada)



Atendendo a que a Porto SAD teve na época passada 180M€ de Custos Totais, considerando as transações "líquidas" de Atletas, então isso significa que a Porto SAD poderá alcançar 900M€ de Custos Totais, no período 2015-2020.

O grande "problema" consiste no facto de ter apenas obtido 76M€ de Proveitos Operacionais em 2015/2016 e prever para esta época 98M€.  Considerando uma média de 90M€/Ano de Proveitos Operacionais, isso representará 450M€ de Proveitos Operacionais, no período 2015-2020.

Significa que a Porto SAD para ficar com a situação equilibrada no período 2015-2020 terá de obter 450M€ de Proveitos "líquidos" com Atletas + Proveitos Financeiros, e até agora apenas alcançou (45,8M€ = 43,8M€+2M€). Ficam a faltar 404M€!

No período anterior (2010-2015) a Porto SAD teve Proveitos "líquidos" com Atletas que rondaram os 259M€, a que se juntaram 15M€ de Proveitos Financeiros, e para tal resultado ter sido alcançado teve de vender quase 400M€ em Atletas, em 5 Anos. (64% de mais-valias considerada).

Em 2015-2020, para que a Porto SAD não tenha prejuízos acumulados nesse período, necessitará de obter mais de 400M€ de Proveitos "líquidos" com Atletas, de 2017 a 2020, o que representa 600M€ com a venda de Atletas! (considerando 67% de mais-valias)

Isso representa uma "necessidade" de:
- 150M€/Ano na Venda de Atletas.
- 100M€/Ano em Proveitos "líquidos" com Atletas.
- 5 Titulares vendidos por Ano, a um preço médio de 30M€/cada.
- 5 Titulares vendidos por Ano, com uma mais-valia em média de 20M€ por jogador.
- 20 Vendas de "Titulares", até 2020, por 30M€/cada!

O "problema" é que a Porto SAD tem contratado:
- Atletas com idade avançada (acima de 27 Anos) (Casillas, Maxi Pereira, Felipe, Marcano, Layun, Depoitre, Adrian Lopez), que nunca irão ser vendidos por 30M€/Cada.
-  Atletas "caros" (Ádrian Lopez 11M€ 60%, Imbula 20M€, Oliver pode custar 20M€, Diogo Jota pode custar 22M€), que irão render mais-valias inferiores ao que seria necessário.
- Atletas com percentagens elevadas detidas por outras entidades (Aboubakar 37,5%, Brahimi 50%, Ádrian Lopez 60%, Otávio 65%, Corona 70%), que irão render mais-valias inferiores ao que seria necessário.

Se o Porto precisa de vender 20 Jogadores por 30M€/Cada, com mais-valias de 20M€/Cada, até 2020, neste momento só tem Danilo, Herrera, Rúben Neves e André Silva que poderão encaixar nesse perfil.

Para mim não foi surpresa nenhuma o facto de Fernando Gomes (Actual Administrador Financeiro da Porto SAD) já ter começado a tentar "vender" os 3 titulares (Danilo, Herrera e André Silva) por "95M€"!

Também não me admira que o Jornal O Jogo, dia "sim", dia "sim", faça capa com André Silva.  

O Porto precisa desse dinheiro como de "pão para a boca"!


Não admira portanto as declarações de Angelino Ferreira (Ex-Administrador Financeiro da Porto SAD), na semana passada ao Jornal Expresso (29 de Outubro de 2016) (Link da entrevista completa)

Para memória futura, aqui ficam algumas das frases mais emblemáticas:

"O sucesso desportivo e financeiro estão interligados. As duas linhas de negócio do futebol, nacional e europeu, são as receitas associadas ao espectáculo, ao jogo, e à venda de jogadores, sendo o nosso problema a excessiva dependência dessas receitas. No caso do Benfica menos, que tem um modelo de negócio mais estruturado."

"(Benfica) tem uma dívida financeira de mais de €300 milhões, que é o dobro do FC Porto e Sporting, mas tem activos bem maiores do que os adversários. E uma exploração operacional positiva, ao contrário do FC Porto, desequilibrada nos tais €58,4 milhões."

"Porquê a crise? Pinto da Costa já não tem o poder que antes tinha? Desde logo porque há uma crise desportiva, crise na política de transferência de jogadores e crise financeira."

"A minha saída teve que ver com a estratégia de gestão de SAD que não era coincidente com a da maioria"

Para finalizar, pode ser que os "quadros" de Nuno Espírito Santo fiquem mais valiosos do que os de Picasso, e isso ajude a Porto SAD a pagar as despesas :)

47 comentários via blogger

  1. Ora bem, até 2020 são 4 épocas, dá uma média de 150M€ por época, como os valores dos melhores deles dificilmente passam dos 30M€ em termos médios, terão que vender uns 5/6 todos os anos e só poderão ir buscar jogadores à Equipa B para não subtraírem muito ao dinheiro das vendas.

    Resumindo e concluindo, a ser verdade: já foram; é que é quase impossível conseguirem esses valores em tão pouco tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso. As contas são "fáceis" de fazer:

      Como escrevi no post, isso representa uma "necessidade" de:
      - 150M€/Ano na Venda de Atletas.
      - 100M€/Ano em Proveitos "líquidos" com Atletas.
      - 5 Titulares vendidos por Ano, a um preço médio de 30M€/cada.
      - 5 Titulares vendidos por Ano, com uma mais-valia em média de 20M€ por jogador.
      - 20 Vendas de "Titulares", até 2020, por 30M€/cada!

      Um novo "estouro financeiro" se não acontecer esta época, acontecerá muito provavelmente na próxima época.

      Eliminar
    2. E como fica a situação na U.E.F.A. quanto ao Fair-play financeiro???

      Eliminar
    3. Rui dos Santos, ainda não se sabe.

      Incumpriram agora em 2016. Se nos próximos anos tiverem outro resultado grave, a situação pode ficar muito complicada, com sanções que podem chegar à exclusão das provas da UEFA.

      Andam a brincar com o fogo.

      Eliminar
    4. Vão ter um estouro brutal :D
      Só uma questão Benfica Eagle - Nestas previsões de receitas oeracionais, já estás a contar com o nvo contrato da Meo? É que parece-me que o valor dos direitos televisivos actuais é mais baixo do que vai ser a partir de 2017, ou estarei errado?

      Eliminar
    5. Parte do contrato com a MEO (patrocínio) já entrou em vigor em 2016. Os direito de tv só entram em vigor em 2018 e só abrangem 2 anos, no período 2018-2020.

      Estou a considerar 90M€/Ano, em média de proveitos operacionais, quando em 2016 tiveram 76M€/Ano. O Porto prevê sempre 30M€ ou mais na Champions (passagem aos 1/8Final) e em alguns anos conseguem receitas abaixo disso, como aconteceu em 2016.

      Além do mais, em 2018, altura do início do contrato com a MEO, Portugal corre o risco de só ter 1 clube na Champions League + 1 na pré-eliminatória. As receitas da Champions são incertas. Sem receitas da Champions o Porto teve 56M€/Ano na época passada. Isso em 5 Anos não chega sequer a 300M€ de Proveitos Operacionais (Sem UEFA).

      Se vão ter maior segurança com as receitas da MEO, terão menor segurança com as receitas da UEFA.

      Eliminar
  2. Agradeço desde já ao Eagle, de longe o admin, mais correcto e FACTUAL. A minha área não envolve as contas por isso estes esclarecimentos vêm sempre a calhar.

    O ponto de inflexão foi o golo do kelvin. Pensávamos que com marrecos ganharíamos Campeonatos e quando não ganhamos compramos e compramos tudo e mais alguma coisa pondo em causa o futuro do clube. Já nem falo, nas comissões, até de jogadores da formação não temos 100% do passe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Francisco A. , agradeço o comentário e o elogio, ainda para mais sendo um adepto do Porto.

      Tenho todo o gosto em trocar ideias com adeptos de todos os clubes, desde que sejam cordiais como é o seu caso.

      É verdade que o Porto agora tem maior concorrência de Benfica e Sporting, e se calhar não esperava que isso viesse a acontecer há 3 anos atrás.

      Agora é mais difícil vencer campeonatos, para qualquer 1 dos 3 Grandes.

      O Porto sempre teve estratégias de "alto risco".
      2012 -35,7M€
      2013 +20,5M€
      2014 -40,7M€
      2015 +20,0M€
      2016 -58,4M€

      Estou curioso para perceber as restrições que a UEFA vai obrigar, ao nível do fair-play financeiro.

      Talvez a "troika" da UEFA ainda chegue a tempo de "salvar" o vosso clube.

      Eliminar
  3. Mas alguma vez vendem o Herrera (cepo dos grandes maltratado pelos adeptos) e o Ruben Neves (suplente) por 30 milhões?

    Já para vender o Danilo vai ser preciso enganar algum clube inglês.

    Espero ver o Porto muitos anos na miséria, merecem pelo fizeram ao futebol PT e Benfica em particular.

    ps: Podiam dar destaque a um video que está circular nas redes sociais (memoria gloriosa).

    ResponderEliminar
  4. É por isto que o FC Porto já está em campo para se mudar para novo centro de estágios e optar pela estratégia que Benfica e Sporting já seguem há algum tempo: formar para vender. Até se diz que estando falidos, o erário público (CM Gaia e Porto) encarregar-se-á da construção de dito centro de estágios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que é preciso tempo para formar com qualidade. O CFC só começou a "dar proveitos" ao fim de alguns anos, a formação começa aos 10 anos. O novo paradigma para o Porto poderá vir tarde demais...
      E não se esqueçam que o perfil do treinador também será fundamental para a integração dos novos jogadores.

      Eliminar
    2. Claro!!! Como se o Porto não fosse o bicampeão de sub-19, a equipa B campeã da 2a liga e por aí fora... A formação do Porto está mesmo atrasada! Por outro lado, é só malta da formação do SLB na equipa principal, lol total!!! Esta malta é mesmo ceguinha!!!

      Eliminar
  5. MARQUÊS DA PRAIA E MONFORT

    Parabens BE pela explicação feita em que só não entende quem não quer.
    Sem picardias clubisticas e de forma sucinta explica com muita qualidade a situação dos três grandes.
    Por isso à frente destas três "multinacionais desportivas" não podem estar pessoas cheias de demagogia e que pensam que basta ganhar titulos para funcionar bem.Alguns precisam aprender que 1º há que ter estruturas sólidas para depois aparecerem as conquistas desportivas. O equilibrio financeiro faz o equilibrio desportivo. Mas para isso há que ter gente competente a dirigir o Clube/Empresa e não aventureiros demagogos que mais tarde ou mais cedo levarão à falência. Depois nem feitos financeiros nem desportivos.

    ResponderEliminar
  6. Se necessário for, podemos sempre vender a alma ao Mendes, e recorrer aquele circuito de venda de jogadores ao valência, A.Madrid, Mônaco, e com isso podemos sempre vender suplentes da equipa B por 15 milhões cada, vender lesionados e mancos por 35 milhões e coisa resolve-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que tal umas pastilhas de Kompensam? Essa azia deve ser lixada...

      MG

      Eliminar
    2. Anónimo refere-se aos tais "suplentes da B" que foram agora vendidos por 35M€ + objectivos ao Barcelona (André Gomes) ou que estão a ser assediados pelos "colossos" como João Cancelo e Bernardo Silva? ;)

      Ou refere-se ao melhor jovem da Europa (Golden Boy) Renato Sanches vendido por 35M€ + 45M€ objectivos ao Bayern Munique?

      Ainda bem que as finanças do seu clube não o preocupa.
      Continue assim.

      Eliminar
    3. Ladainha própria dos lagartos que invejosos como são, invejam a venda de jovens por milhões. Até parece que o dinheiro não entrou nas contas e os 30M que estavam em caixa a 30 de junho era dinheiro de Monopólio.

      Esquecem-se que estão a caminho da falência, já que nem os bancos nem ninguém lhes empresta dinheiro. Anteciparam já 30M do contrato de TV de 42M até 2018, gastando-o durante o verão quando não havia outras receitas, já receberam uma parte das vendas 17,5M, estando o resto reservado para os bancos assim como 15M para a Doyen do prémio da Champions. Deste prémio terão que pagar 8,9M para os bancos até 31 de janeiro conforme está no Acordo quadro.
      Enfim, é só dinheiro que têm de desembolsar pelo que prevejo vendas de jogadores já em janeiro. O ano passado foi o Montero, este ano quem será?

      Eliminar
  7. 180 Milhões de custso totais :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 180M€ de custos totais, considerando proveitos líquidos com atletas.
      Se forem considerados proveitos totais com atletas, os custos totais superaram os 210M€ em 2015/2016.

      Eliminar
    2. Já agora:

      "Isto significa que o documento foi validado com apenas 67,6 por cento de aprovação, mas mesmo assim, e tendo ainda em conta que, na temporada 2015/16, tinham-se registado lucros de 11,4 milhões de euros, Pinto da Costa deu "um voto de confiança ilimitada" a Fernando Gomes. A propósito deste prejuízo, o vice-presidente, que é o responsável pela pasta das finanças vincou: "Estas não são as contas que queríamos apresentar, mas devem-se ao facto de, ao contrário de anos anteriores, não se terem registado mais-valias com as transações de passes de jogadores, que permitem receitas extraordinárias."Foi repetida ainda a já conhecida recusa de propostas de 95 milhões por Danilo, Herrera e André Silva, com a novidade da revelação de outra oferta de vulto rejeitada, desta vez por Rúben Neves."
      http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/fc-porto/detalhe/contas-aprovadas-com-676-dos-votos.html

      Danilo, Herrera, André Silva ... e Rúben Neves... parece que sou "bruxo".
      Já andam a promover os 4 jogadores, e já admitem vendas em Janeiro :)

      Eliminar
    3. o Relatório e Contas Individuais (prejuízo de 11,6 milhões de euros) e o Relatório e Contas Consolidado (50,4 milhões de euros também de prejuízo) do Grupo FC Porto referentes ao exercício de 2015/16, com 20 votos contra e 56 abstenções.

      http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/fc-porto/detalhe/contas-aprovadas-com-676-dos-votos.html

      11,6M€ de Prejuizos no Clube (individual) +
      58,4M€ de Prejuizos na SAD
      70M€ de Prejuizos no Clube + SAD
      ... em termos consolidados no Clube registam 50M€ de prejuízos pelo facto de o clube ter 74% da SAD.

      Eliminar
  8. Já agora, acho que é de valor comentar que Reinaldo Teles está de volta aos bancos. Será que o Guarda Abel também volta aos túneis? Isto está realmente agreste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E preocupante...é o tudo por tudo...no Domingo vamos ter uma palhaçada à anos 80...quase que aposto...enfim....Triste futebol Português dos Madureiras Macacos e do Canelas...País sem lei nem justiça...tudo a saque.

      Eliminar
  9. Parabéns por mais um post brilhante e claro no que toca a analisar contas dos clubes. Abraço!

    ResponderEliminar
  10. O aumento das receitas operacionais e o facto de estarmos com resultados operacionais positivos, liberta verbas para os custos financeiros. Considerando a evolução positiva das nossas contas, qual a tua perspetiva quanto à necessidade de venda de jogadores para cobrir os custos financeiros? Existe alguma estimativa da evolução (entenda-se descrescente) dos proveitos líquidos da alienação dos jogadores para fazer face a uma menor dependência de vendas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Martins, a análise do Porto é clara.
      900M€ de Custos totais, em 5 Anos ... com 450M€ de Proveitos Operacionais, precisam de 450M€ de Proveitos líquidos com Atletas + Prov. Financeiros.

      Quanto ao Benfica, com 950M€ de Custos totais, em 5 Anos, e com mais de 625M€ de Proveitos Operacionais (média 125M€/Ano), isso representa 325M€ de Proveitos com Atletas (deduzido do valor contabilístico dos passes) ... e já foram alcançados 86M€. Ficam a faltar 250M€ em 4 Anos (média de 62,5M€/Ano). Isso implica a venda de 2 a 3 titulares por época, como já escrevi em posts anteriores, e é o que o Benfica tem feito desde 2010.

      Eliminar
    2. os 250M€ em 4 Anos significam lucro ZERO entre 2017 a 2020.

      Como já escrevi, o Benfica tem condições para ter lucros anuais de pelo menos 10M€/Ano, e para isso será necessário 75M€/Ano de Proveitos líquidos com Atletas + 125M€ de Proveitos Operacionais, o que representa 200M€/Ano de Proveitos Totais, para os actuais 190M€/Ano de Custos Totais.

      Eliminar
  11. Eagle

    Excelente Post, obrigado pelo esclarecimento

    ResponderEliminar
  12. A condição aparentemente precária do SCP e FCP, pode deixar apreensivos os desportistas portugueses e incentivar a Direcção da Benfica SAD a ser muitíssimo rigorosa na gestão dos activos e na necessidade imperiosa de uma redução significativa do passivo de uma forma Determinada e Rápida. Urge baixar os custos dos juros e "canalizar esse dinheiro" - perto de 20 milhões de euros/ano - para o investimento no futebol. Pede-se muita sabedoria às 3 Direcções, os sócios e adeptos dos 3 clubes agradecem!

    ResponderEliminar
  13. O Porto e o SPorting a gastarem o que não têm a tentarem acompanhar o Benfica, imaginem quando forem obrigados a por o travão, vai ser um passeio para o Benfica.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca nenhuma competição será um "passeio", mas é um facto que o Porto vai ter de desinvestir.

      Eliminar
    2. E isso é interessante? Como será a constituição dos planteis não havendo competidores internos e as competições externas sendo os opositores demasiado poderosos para investimentos de "oitavos de final"?

      Querer "extinguir" os adversários é destruir a competição é deixar morrer o futebol, não será???? Vamos competir contra quem???? O Rio Ave? o Feirense? Fica a questão?

      Eliminar
  14. Sinceramente Eagle, tenho que pena que a solução nos próximas anos para equilibrar os orçamentos tenha que ser vender os melhores jogadores de forma a obter +/- 60 Milhões.
    Compreendo que a situação assim o exige, mas devia haver uma maior contenção em termos de custos.
    Analisando o risco financeiro futuro, a nossa SAD deveria ter alguma preocupação e pensar seriamente em controlar determinados gastos de forma a evitar, ou ter outro peso negocial na venda de jogadores.
    Por exemplo, Carrillo custou 6.6 Milhões + ordenado bruto de +/- 4milhões, temos aqui um gasto anual de 10 Milhões, por um jogador que é suplente e para um posição que estamos muito bem servido. Valerá a pena ? a ser verdade as ofertas que já existiram, não se deveria ter vendido ?
    Taarabt custou 3 Milhões + ordenado bruto de pelo menos 2/3 Milhões, estamos a falar de um custo anual na ordem dos 5/6 Milhões.
    Renovação do Eliseu, que deverá ter um ordenado elevado e, já não apresenta qualidade para tal.
    Pensar seriamente no gasto de Jimenez ; os 3 Milhões de Vera…ainda GOSTAVA de saber quem o indicou ao SLB ??? GASTAR 3 MILHÕES NUM JOGADOR QUE NEM SERVE PARA A NOSSA 2 DIVISÃO, POR FAVOR!
    Os 3 milhões de Benitez ; os 2 Milhões de Celis, etc etc etc
    São inúmeros os casos (nos últimos anos) que tu bem sabes, e para mim, é preocupante verificar que aparentemente não existe muito cuidado nos gastos que se tem.
    A SAD confia sempre nas vendas de jogadores, nas receitas provenientes da UEFA, para ter orçamentos equilibrados e, não se nota uma estratégia de contenção de custos.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AFA,

      Quando tens um rival a gastar 180M€/Ano, tendo apenas 76M€/Ano de Proveitos Operacionais, fica dificil pedir ao Benfica para "desinvestir", quando até conseguimos 126M€/Ano de Proveitos Operacionais e 86M€/Ano de Proveitos com Atletas & Financeiros, e tivemos 20M€/Ano de lucros.

      Quanto ao Carrillo, é preciso confirmar se ganha mesmo 4M€/Ano "brutos". Se ganhar, juntando 1,3M€ de Amortizações representa 5,3M€/Ano de custos totais, metade do que indicas. Está ao nível de um Maxi Pereira ou de um Casillas.

      Quanto a algumas compras de suplentes, benitez, preço excessivo de jimenez, etc, estamos de acordo e já tinha referido essa opinião.

      O Porto vai ser obrigado a conter custos, a bem ou a mal.
      Depois dessa contenção o Benfica terá uma maior folga para contenção de custos.

      Atenção que o Sporting também está a iniciar uma política de "alto risco":
      - Maior dependência de vendas
      - Investimento em jogadores pouco valorizáveis
      - custos a aumentar significativamente.

      Eliminar
    2. Carrillo não ganha mais de 2M/ ano que é o tecto salarial do Benfica. Os 4M é propaganda dos lagartos tentando provar que o Benfica fez um mau investimento.

      Eliminar
  15. quem fala assim "escreve"nao e gago,parabens Benfica Eagle.
    AMM

    ResponderEliminar
  16. Anónimo, 2 Milhões liquidos que para o clube são 4 Milhões brutos, ou acreditas que só ganha liquido 1 milhão????

    ResponderEliminar
  17. Lembram-se disto:
    http://portistaforever.blogs.sapo.pt/1340315.html

    Coitado do Antero, velhos tempos onde usava o scouting do Benfica e andava todo inchado na france football.


    O Porto para o ano se vender 115 milhoes em jogadores tem lucro. Não vai comprar é isso? Se vender 115 milhoes em jogadores vai jogar com quem? Porto B? O Porto está arrumando, podem bem mandar palha para os olhos dos adeptos, que ou vão apresentar prejuizo brutal outra vez e ter problemas com o fairplay financeiro ou vão ter que perder imensa qualidade no plantel.

    ResponderEliminar
  18. Mais um motivo para o SLB ser tetra este ano: Afundar de vez o clube lá de cima e obrigar de uma vez por todas a:

    A) Uma convulsão interna (há muito merecida)

    B) Desivenstimento no plantel (vivem acima das possibilidades há muitos anos)

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Amigo, se és portista, que anda tu a fazer a acreditar no que se diz neste blog, o mais faccioso e anti-portista dos blogs afectos ao SLB!? Isto é tudo gente ceguinha!!!
      O amigo dos números, baseou a sua análise naquilo que lhe deu mais jeito ou seja, a SAD do Porto vai estagnar e até piorar nos próximos 5 anos!!! Mas alguém acredita nisso!? As análises financeiras são como os melões, a cada passo, ou sai bem ou sai mal! São análises sem qualquer registo causal!!!
      Nota: eu gosto de vir aqui, pq sei que todo este ódio ao FCP é sinal da nossa grandeza e ao mesmo tempo, farto de rir!!!

      Eliminar
    3. ***Quote A estimativa é feita de acordo com o que o porto tem gasto ultimamente. Nao é dificil de entender. *** Quote

      Ainda assim, a minha questão é exatamente esta: porque é que é tão fiável garantir que não há alterações na estrutura de custos nos próximos 5(!) anos. A questão da massa salarial é importante sim: se o maxi não renovar o contrato quanto representa a menos nessas contas a 5 anos? 750 mil euros ano (assumindo que ele ganha à volta dos 1,5 pelas duas épocas que penso que foi o que se falou quando ele foi para lá). O Casillas está no Porto a custo zero (se calhar está, não sei...). Estás a dar o exemplo do André Silva, mas no post original estão enumerados outros jogadores que acredito estarem muito mais em linha com o meu argumento: Brahimi, Ádrian Lopez, Imbula, Oliver, não representam absolutamente nada para os custos com pessoal?

      Mais, como comparam os custos em FSEs do Porto com os restantes clubes? A minha questão também se põe em relação às outras rubricas de custos, não apenas à massa salarial.

      Não quero com isto dizer que o Porto tenha contas de fazer inveja a ninguém. A estratégia deles (e por eles assumida) era comprar barato, vender caro. Apenas acho interessante a facilidade com que vemos Bombas em todo o lado, mas que nunca se concretizam, ainda por cima quando aquilo que estou a discutir foi exatamente aquilo que aconteceu na maior parte das empresas em Portugal (ironicamente sem grande impacto no futebol)... Basta ver o caso do Sporting para pensar duas vezes quem é que está mais atrapalhado, se o Sporting ou os bancos que ainda têm lá o dinheiro...

      Quanto ao que o Pinto da Costa vai fazer ou deixar de fazer, não faço ideia. Mas o que o amigo Francisco sabe é que não é nem mais nem menos do Benfica por achar que um pressuposto num exercício (com muito interesse!) devia ser melhor explicado. Francisco

      Eliminar
  20. O que irá safar o Porto nos próximos anos é o extenso talento que têm na formação.

    Já agora quais são as tuas previsões, mais ou menos realistas, quanto aos valores que irão efetivamente fazer?

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes