O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Avatar

Finanças: Os 3 Grandes (Época 2014/2015)

 ●  + 85 comentários  ● 
Fonte: Relatórios e Contas da Benfica SAD, Porto SAD e Sporting SAD (CMVM)


Benfica: A Benfica SAD aumentou a sua facturação face a 2013/2014, subindo dos 184,7M€ para os 186,0M€, tendo os custos igualmente subido dos 170,5M€ para os 178,9M€, devido à aquisição do Benfica Stars Fund e aumento dos gastos com transações de jogadores. O lucro em 2014/2015 situou-se no 7,1M€.

Seguindo as boas práticas de gestão, a Benfica SAD tem mantido os proveitos operacionais próximos dos custos operacionais (102,0M€ vs 106,5M€), e os proveitos com a venda de jogadores (78,8M€) permitiu cobrir o investimento em jogadores + custos com a transacção de jogadores (43,9M€), e também os custos financeiros e custos de investimentos (28,8M€). Esta época, com a aquisição do Benfica Stars Fund existiram custos de investimento "líquidos" a rondar os 6M€ que estão considerados nesta última rúbrica.

Uma SAD em Portugal tem de vender sempre jogadores para pagar as contratações e os custos com os juros da Banca, e é isso que o Benfica tem feito. A Benfica SAD obteve 78,8M€ essencialmente com proveitos nas transacções de Enzo Perez, Bernardo Silva, João Cancelo, Oblak, Markovic e Cardozo. As vendas de Ivan Cavaleiro e de Lima só serão registadas em 2015/2016. Tal como já escrevi há alguns dias a Benfica SAD tem de começar a ser mais criteriosa nas Contratações que realiza, investindo apenas nas posições-chave da equipa titular, e dessa forma poderá evitar investir em "suplentes/emprestados" caros e dispendiosos.

Em termos de Activo e de Passivo, o Benfica tem a sua situação equilibrada com um Activo de 430,2M€ e Passivo de 429,6M€, sem ter necessidade de recorrer aos VMOC's como a Sporting SAD fez, ou sem recorrer a Interesses sem Controlo como aconteceu com a Porto SAD. Os 2 rivais tiveram de recorrer a aumentos de capital das SAD's, nos últimos meses, para cobrir prejuízos que têm vindo a acumular.


 
Porto: A Porto SAD viu a sua situação financeira e patrimonial agravar-se imenso nos últimos meses, devido aos prejuízos das últimas épocas. Sem o Aumento de Capital da SAD poderia ter corrido o risco de ficar de fora das Competições Europeias, devido aos prejuízos acumulados. Em 2014/2015, a Porto SAD vendeu muitos mais jogadores do que na época passada e essa política ajudou a inverter a situação da Porto SAD, que apresentou 186,8M€ de proveitos e 166,8M€ de custos.
 
No entanto os 20M€ de lucro só foram possíveis porque a Porto SAD, de uma forma pouco transparente, anunciou a 1 hora da "época" terminar um princípio de acordo para a transacção de Jackson Martinez, por 35M€, mas essa transferência só foi oficializada pelo Atlético de Madrid 2 semanas após o exercício económico 2014/2015 ter terminado. Sem essa operação a Porto SAD teria tido tido prejuízos superiores a 10M€.

Em termos de Proveitos Operacionais, a Porto SAD alcançou 93,6M€ e teve Custos Operacionais de 110,3M€, tendo um saldo negativo "crónico", mas esse saldo ainda é mais negativo do que aparenta ser porque a Porto SAD registou nesta época o prémio de participação na Champions League que normalmente registava no final da época passada, já que costumava fazer o registo no exercício económico em que o apuramento acontecia.

A Porto SAD na época 2014/2015 gastou 70M€ de custos de pessoal, tal como já tinha sido previsto que aconteceria nas análises anteriores, o que originou um aumento de 20M€ nos custos de pessoal em apenas 1 época.

Em termos de Venda de Jogadores a situação também não estava "famosa". Segundo o orçamento previsional do início da época, a Porto SAD necessitava de 66M€ de mais-valias com venda de jogadores para equilibrar as suas contas e tiveram de registar a venda de Danilo nos últimos dias de Março, para equilibrar o orçamento dos Primeiros 9 meses do ano, e também anunciaram a transferência de Jackson Martinez a 1 hora de terminar o exercício de 2014/2015 e conseguiram dessa forma "salvar" as contas nos últimos momentos da época terminar. Mais uma vez confirmou-se o que tinha anunciado há 6 meses, ao prever a venda de Jackson e de Danilo. A venda de Alex Sandro só será considerada em 2015/2016.

Em termos de Activo e de Passivo, a Porto SAD tinha capitais próprios negativos que apenas foram resolvidos com a incorporação de 47% da EuroAntas (detentora do Estádio do Dragão) nas contas da Porto SAD, tendo o Porto realizado a consolidação segundo o método integral, considerando 100% dos Activos e 100% dos Passivos dessa empresa, eliminando operações intra-grupo e considerando os Interesses Sem Controlo (58,3M€) que dizem respeito ao Porto Clube.
 


Sporting: A Sporting SAD facturou quase metade da Benfica SAD e da Porto SAD e gastou menos de metade da Benfica SAD e da Porto SAD, apresentado 100,5M€ de proveitos e 81,2M€ de custos.

Para estes resultados, muito contribuíram 5 situações GRAVES e pouco TRANSPARENTES, que terei de voltar a analisar:
 
1ª situação (Caso Rojo/Doyen): Para esses resultados muito contribuiu o registo a 100% da venda do Rojo, e novamente reafirmo que é pouco compreensível como é que os auditores da Pwc (pricewaterhousecoopers) permitiram registar a totalidade da mais-valia do Rojo, sem a realização de uma provisão, tendo em conta o litígio da Doyen com o Sporting no TAS (Tribunal Arbitral do Desporto). Só nesta operação existem mais de 15,75M€ de proveitos questionáveis, que por norma não deveriam ter sido registados da forma que o foram. A Doyen só recebeu 3M€ e reclama pelo menos 18,75M€ + juros de mora.

2ª situação (Caso BES/BCP): Para o resultado positivo apresentado, a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros atribuído pelo NovoBanco e Millenium Bcp, que terá rondado os 10M€/Ano a 15M€/Ano, além de proveitos financeiros considerados devido à "reestruturação" com a banca, que superaram os 10M€ registados em 2014/2015.

Ou seja, sem a influência destas 2 situações "anormais" (Caso "Rojo/Doyen" e Caso "BES/BCP"), os Resultados com Atletas deveriam ter sido agravados em 15M€ e os Resultados Financeiros deveriam ter sido agravados em mais de 20M€. Ou seja, a Sporting SAD teria facturado cerca de 75M€ e teria tido custos a superar os  90M€, apresentado mais de  15M€ de prejuízos em 2014/2015, em vez dos 19,3M€ de lucros apresentados.

Em 2015/2016 poderá acontecer exactamente o contrário. Não poderão considerar os mais de 10M€ de proveitos financeiros "anormais" por causa da reestruturação, e se perderem o caso Doyen, em vez de terem os 15M€ de proveitos registados em 2014/2015, poderão ter 15M€ de custos "extra" registados em 2015/2016. Quanto ao perdão de juros, parece que essa situação de "concorrência desleal" está para durar.

 
Ao nível dos Activos e Passivos, surgem outras 3 situações igualmente "graves" face às 2 situações que referi anteriormente sobre os Proveitos e Custos (caso Rojo e caso BES). 

3ª situação (VMOC's): A Sporting SAD teve de recorrer a uma reestruturação financeira que envolveu um aumento de capital da SAD, passagem da SPM para a SAD (empresa detentora dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade), e recorreu a 127,9M€ de VMOC's, que são obrigações (financiamento) que serão obrigatoriamente convertidas em acções dentro de menos de 1 Ano (1ª emissão) e 10 Anos (2ª emissão). Quanto às VMOC's das 2 uma: ou o Sporting dentro de 3 meses arranja 55M€ "brutos" e 47,9M€ "líquidos" (1ª emissão de VMOC's) e dentro de 10 Anos arranja 80M€ (2ª emissão de VMOC's) para adquirir as duas emissões de VMOC's, ou então a Sporting SAD passará a ser detida maioritáriamente pela Banca, ou por "investidores externos", no espaço de 3 meses ou de 10 anos. Apesar de as VMOC's não serem registadas contabilisticamente como Passivo, na prática são responsabilidades que o Sporting terá de assumir se quiser manter o controlo maioritário da SAD.

4ª situação (Direitos de Superfície): Com base na informação do R&C, sabe-se que o Sporting "valorizou" os direitos de superfície do Estádio de Alvalade em 208,9M€ "brutos" e 146,1M€ "líquidos", e passou-os para a Sporting SAD! Esta é uma mera operação de "cosmética" para tornar mais bonito o R&C da SAD, já que se trata de uma operação intra-grupo, sem qualquer reflexo no R&C Consolidado do Grupo Sporting.

5ª situação (Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting - Clube e SGPS): Tal como avisei, em 1ª Mão e em "Exclusivo", neste Blog há mais de 1 ano, a situação do Grupo Sporting é muito "grave". Essa situação foi confirmada  pelo próprio Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, na AG do Sporting realizada a 28 de Junho de 2015:

174,7M€ de Activo consolidado
487,1M€ de Passivo consolidado
(312,5M€) de capital próprio negativo
 
... e Prejuízos acumulados de 357,5M€
(situação a 30 de Junho de 2013)

Link: Finanças: Grupo Sporting com 174M€ de Activo e 487M€ de Passivo (em 2013)

Considerando as 5 situações relativas ao Sporting: 1) "Caso Rojo", 2) "Caso BES", 3) VMOC's que poderão levar à venda do Sporting à Banca ou a Investidores Externos, 4) Operação de "cosmética" com os direitos de superfície do Estádio de Alvalade, 5) Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting (Clube e SGPS), é fácil de perceber a "péssima" situação em que o Grupo Empresarial do Sporting se encontra.

85 comentários via blogger

  1. Quem ler este post até pensa que é o Benfica que está saudável financeiramente e que o Sporting é que tem um passivo bancário corrente superior a 200 milhões de euros. Mais uma análise enviesada e incorreta, com as lentes vermelhas corretamente acionadas e um belo par de mentiras. Onde está a análise à valorização do plantel do Benfica para o ativo, completamente inflacionada (superior a 100 milhões de euros) em comparação com o do Sporting (avaliado em 20 milhões de euros)? E já agora, o "ativo" de 400 milhões também não inclui o estádio avaliado em mais de 100 milhões? Se é para falar em operações de cosmética, porque não perguntar à SAD qual é a receita "liquida" com a BTV? Dedique-se a comentar futebol, porque de finanças percebem 0. O problema da internet é que permite a qualquer pessoa pegar num documento PDF e tirar as conclusões que melhor lhe convêm. Sei que este comentário será censurado, mas fica de qualquer forma para vossa análise.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E algum destes está saudável financeiramente?loooool
      Não sei porque é que perdem tempo nestas guerrinhas.

      Eliminar
    2. Ó DM, ora explique lá onde é que existe 1 única mentira no post????
      Deixe de ser lagarto aziado! Santa paciência.

      O Benfica investiu muito mais dinheiro que o Sporting, na contratação de jogadores, por isso o Activo é maior, tal como investiu mais em Outros Activos. O Benfica tem o Estádio na SAD e o Sporting meteu os tais "direitos de superfície" na SAD

      Os benfiquistas é que percebem 0 de finanças, mas o Sporting é que tem mais de 357M€ de prejuízos consolidados acumulados!

      Não apanhe muito sol ou frio que isso faz mal à cabeça ;)

      Eliminar
    3. Não é perder tempo nas guerrinhas. Isto é um blog do Benfica e não estou à espera de ler uma análise isenta. Mas uma análise falseada e opaca não, como é o caso. Se é para fazer uma comparação entre as finanças dos 3 grandes, que se faça uma comparação justa. Dizer que o Benfica segue "as boas práticas de gestão" só pode ser considerado uma comédia quando tem sucessivamente dado prejuizos operacionais e criticar o Sporting que apresenta um resultado operacional positivo em mais de 6 milhões (na realidade esses quadros têm erros porque o lucro operacional do Sporting foi efetivamente de 7,3 milhões de euros). Nenhum dos 3 está saudável financeiramente, mas o Sporting a curto/médio prazo, fruto do rigor financeiro agora implementado e das negociações com a banca que se traduziram na emissão de VMOC's com juro mais baixo (4%/ano) têm a situação "controlada" - que é como quem diz que até 2025 tem que apresentar lucros liquidos de 10 milhões ano. O Benfica também tem o empréstimo do estádio a um juro mais baixo que lhe permite obter custos de financiamento mais baixo, assim como o Porto, portanto as VMOC's não são o "perdão exclusivo" que se fala - até porque a banca não dá nada a ninguém e as VMOC's têm um custo não-financeiro elevadissimo para o Sporting. Eu ficava seriamente preocupado se o meu clube tivesse cerca de 230 milhões de euros em divida a vencer a 1 ano. Isso sim, é motivo de preocupação a curto prazo.

      Eliminar
    4. Ó Sportinguista "aziado" DM... tenha calma que dentro de dias vou apresentar a análise 2010-2015, e nessa altura estou para ver o que dirá sobre o "seu" Sporting :))

      Sem as aldrabices e esquemas dos "Resultados com Atletas" e dos "Resultados Financeiros"... o Sporting tinha apresentado mais de 15M€ de prejuízo. Isso é um FACTO. Deveu-se ao caso Doyen e Caso "Perdão de dívida e de juros da Banca".

      Quanto aos VMOC's, vá ler o seu R&C... a 1ª emissão vence dentro de poucos meses.
      Vá analisar o R&C da Sporting SAD. Está lá preto no branco a data em que vence a 1ª emissão dos VMOC's.

      Eliminar
    5. Oh Eagle,

      O que o DM fala dos 230 M€ a 1 ano eu também já li algures... Como o Benfica pensa ultrapassar esse problema?

      - Pagar parte dessa?
      - Renegociar a outra parte?
      - Substituir Empréstimos aos Bancos por Empréstimos Obrigacionistas?

      Eliminar
    6. Benfica Sempre, como o DM é Sportinguista não está atento às entrevistas do nosso Director Financeiro!

      A solução já foi apresentada. O Benfica irá emitir novos empréstimos obrigacionistas e bancários com taxas de juro MAIS BAIXAS, e de preferência a longo prazo, que é o que as empresas normais fazem.

      Aliás, eu já tinha EXPLICADO essa situação há meses. Quando as taxas de juro estão a baixar uma empresa nunca deve fazer logo os empréstimos de longo prazo. Deve ir gerindo empréstimos de curto prazo, com revisão da taxa de juro em baixa, e depois sim, quando as taxas de juro baixam imenso deve fazer empréstimos de longo prazo.

      Um exemplo: nos últimos empréstimos obrigacionistas dos 3 Grandes, emitidos há poucos meses, o Benfica foi o que teve taxa de juro mais BAIXA (4,75%) enquanto que o Sporting ficou com taxa de juro de 6,25% e o Porto 5%.

      Eliminar
    7. Era o que eu pensava, mas esclarecido por ti melhor...

      Eliminar
    8. Então, se como refere, o benfica vai ter taxas de juro mais baixas nos empréstimos bancários, significa que também vai ter um perdão de juros?

      É que o caro lampião passa a vida a dizer que o Sporting teve um perdão de juros...

      A banca nunca deu nada a ninguém meu caro.

      Na altura, as condições de negociação jogaram a favor do Sporting no sentido que obteve taxas de juros mais baixas, mas por outro lado também viu virem serem-lhe impostas medidas a executar, como cortes de custos que limitaram os orçamentos de todas as modalidades.

      Ou a banca negociava ou ficava com um PER nas mãos, algo que ninguém quer.
      Tal como acontece com as dívidas das famílias à banca, esta última prefere negociar e receber menos, do que nada receber ou ficar como monos nas mãos (estádio e academia por exemplo) de que não se conseguiria livrar sem perder ainda mais dinheiro.

      O benfica pode seguir o mesmo caminho que o Sporting e renegociar a dívida em troca de juros mais baixos, mas para isso acontecer terá de aceitar aquilo que a banca lhe impuser.
      Estarão dispostos a isso?

      Mas talvez esse momento não esteja tão longe como isso, sobretudo partir do momento em que as vendas deixarem de ser expressivas como têm sido nos últimos anos.

      Eliminar
    9. ó Anónimo Sportinguista, onde é que as FAMILIAS têm perdão de juros e de dívidas??? Ganhe juízo! :)))
      Os Bancos vão em cima da casa, do carro, da mobília, dos depósitos, dos salários, etc.

      O Benfica tem vindo a renegociar os juros mais baixos, a preços normais de mercado, tal como acontece com as restantes empresas.

      Ninguém tem taxas de juro a ZERO %, pagando apenas alguns juros se tiver lucros ... como está a acontecer com o Sporting.
      Considerando apenas a última época (2014/2015) o Sporting teve um perdão de custos financeiros de 15M€ a 20M€! É um FACTO!

      Eliminar
    10. Como sempre, quando faltam os argumentos vêm os insultos :)

      A explicação para os 230 milhões de passivo financeiro corrente realmente fantástica. Emite-se novos empréstimos com taxas mais baixas. Que solução milagrosa, na volta ainda emitem é 230 milhões de VMOC's. Esses 230 milhões de passivo corrente terão de ser refinanciados mas com empréstimos de curta duração. Emissões obrigacionistas têm um prazo de 3 anos. E também é engraçado ouvir dizer que os outros "andam a empurrar os problemas para a frente" e depois a solução para os 230 milhões de empréstimos a vencer num ano é... contrair novos empréstimos mas de duração mais longa :) As incongruências acumulam-se, assim como as falsidades e começa a tornar-se cada vez mais dificil justificar-se perante as questões que lhe coloquei. Esses factos são suportados pelas suas mentiras, porque aquilo que aparece nos relatórios é claro como a água: o Benfica caminha a passos largos para o abismo financeiro e este suposto "desinvestimento" (que de desinvestimento tem muito pouco - vamos chamar-lhe "rodagem de dinheiro") advêm das dificuldades de financiamento da Benfica SAD que até as linhas de crédito já tem tido dificuldades em renovar com custos suportáveis. O próximo que vier que resolva o problema, creio que o "reinado Vieira" está a chegar ao fim. Afinal, o homem já está no top50 dos mais ricos de Portugal já usou e abusou o suficiente dos 14 milhões

      Eliminar
    11. Ó DM, dedica-te à pesca, que disto não percebes NADA!

      "“Os acionistas da Benfica SAD votam a 26 de novembro, em assembleia geral ordinária e extraordinária, a transferência para resultados acumulados do lucro consolidado de 7,1 milhões de euros, obtido no exercício de 2014/15.

      Na assembleia geral, cuja convocatória foi hoje enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), será ainda votada uma alteração dos estatutos da sociedade que prevê que a emissão de obrigações – deliberada pelo Conselho de Administração, com o parecer favorável do Conselho Fiscal -, deixe de depender da prévia autorização da assembleia geral.

      Nos termos da proposta a votar pelos acionistas, esta alteração visa “implementar um procedimento mais expedito no contexto de emissões que venham a ser realizadas no futuro”, uma vez que “a emissão de obrigações constitui um importante e regular instrumento de captação de financiamento por parte da sociedade”. "
      http://geracaobenfica.blogspot.pt/2015/11/o-novo-paradigma-continuacao.html

      Comentário nesse post:




      Benfica Eagle 05 novembro, 2015 14:30

      Ainda há pouco expliquei isso, em comentário ao post "finanças: os 3 grandes (Época 2014/2015)"
      http://geracaobenfica.blogspot.pt/2015/11/financas-os-3-grandes-epoca-20142015.html

      A Benfica SAD está a deixar as taxas de juro baixar, e em breve irá lançar novas emissões de obrigações + empréstimos de longo prazo, com taxas mais baixas. Nos próximos meses acredito que é possível o Benfica obter empréstimos com taxas de juro abaixo dos 4%.

      Entrevista de Domingos Soares de Oliveira, em Julho de 2015:
      http://serbenfiquista.com/usernews/domingo-soares-de-oliveira-entrevista-expresso-o-benfica-conseguiu-tornar-se-independente

      Eliminar
    12. Sobre as famílias, um bocadinho mais de contacto com a realidade não te fará mal, pareces desconhecê-la, tal como pareces desconhecer a aversão da banca a ficar com mais casas em carteira (carros e outros bens são outra história).

      Novamente, o Vieira pode sempre ir negociar a dívida do benfica com a banca da mesma maneira que BdC o fez, só que têm primeiro de estar à beira de um PER, e aceitar as condições que a banca lhe impuser.

      Acho que o quadro que colocaste neste post tem rubricas bem elucidativas sobre as condições que foram impostas ao Sporting.

      Eliminar
    13. Anónimo, estás bem enganado. Conheço MUITO BEM.

      Se o Sporting fosse uma família já estava a viver DEBAIXO da PONTE!

      Mas como são Viscondes "falidos", tiveram perdão de juros e de dívida, e ainda os deixam pensar que são donos do palacete onde vivem.

      Eliminar
    14. Eagle estas a bater num muro... Eles percebem mas não querem mostrar.
      É óbvio e público que essa dúvida vai ser renegociada a juros de mercado... Que estão num mínimo histórico. (embora se preveja que a fed vai começar a aumentar e com isso possam aumentar no mundo todo... O que até me dava jeito :))

      Eliminar
    15. Nuno Martins, esse DM Sportinguista percebe ZERO disto. Já anda por cá há algum tempo. Já está bem "identificado" ;)

      Quanto à europa, analisa o case-study do Japão e o que lhes aconteceu durante vários anos.
      Não esperes por grandes subidas de taxas de juro na europa. O BCE tem as taxas de juro muito baixas, e continuará assim durante alguns anos.

      O FED (EUA) é outro assunto bem diferente. Estão a ter uma política algo distinta, porque também estão noutro contexto.

      Abraço

      Eliminar
    16. Eu não percebo nada e estou bem "identificado", e enquanto isso a SAD do Benfica pede carta branca para fazer os empréstimos que quiser :)

      http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/CONV57552.pdf

      E o mais incrível é que isso é saudado nos comentários do Benfica Eagle como se fosse algo bom! Retirar todo e qualquer poder de decisão aos sócios. Um novo projeto Roquette mas com uma cara diferente.

      Eu percebo ZERO por estou a ir contra a linha editorial. Percebo bem mais que os autores deste blog que se limitam a ir buscar valores aleatórios a tabelas do relatório e que percebem tanto de contabilidade que possivelmente não saberão sequer o que é o SNC, caso contrário não passariam a vida a falar da história do Rojo e das provisões quando isso está mais que explanado e foi aprovado sem reservas pelo auditor. Essa falta de conhecimento fica patente quando começa a falar da politica monetária do BCE que está bem longe de ser de manutenção de taxas de juro baixas e querer dissociá-lo das decisões da FED. E realmente as emissões de obrigações do Benfica estão altamente dependentes das decisões do BCE. E é perfeitamente credível emitir 100 milhões de euros de obrigações durante o próximo ano, pro exemplo, para cobrir metade das necessidades de financiamento (a juntar aos 40 que já estão no mercado). Quanto maior a vossa cegueira e falta de conhecimento, mais o grande líder vai afundando o barco e enchendo os bolsos.

      Já o aconselhei mais que uma vez para se preocupar com as contas do Benfica e fazer a essas uma análise a 20% da que faz para o Sporting (que o incomoda muita mais). No dia em que aparecer aqui a explicação para os packs 15 milhões e para os camiões de jogadores que vão rodando entre Benfica-Atlético-Valência-Mónaco.

      Eliminar
    17. Claro que não PERCEBES NADA... DM .... estás a ser ignorante ;))

      Quem tem de aprovar empréstimos obrigacionistas são os accionistas da SAD, e não os sócios!!! Cada vez que emites opinião só dás os tiros nos pés. Uma coisa é a Assembleia Geral da SAD e outra diferente é a Assembleia Geral do Clube.

      Quanto a política monetária vai investigar algo chamado "quantitative easing", e depois tenta ter argumentação de "adulto", ou de alguém que percebe minimamente os assuntos sobre os quais tenta argumentar.. Ah e investiga o case-study do Japão e tenta verificar se está mais próximo da realidade europeia ou da realidade dos EUA.

      Quanto aos teus "conselhos", estou-me a MARIMBAR para o teu aconselhamento!
      EMITO E CONTINUAREI A EMITIR OPINIÃO SOBRE AS CONTAS DO SPORTING, e se tu e o Bruno de Carvalho ficam AZIADOS ... AZAR!!!

      Passar bem!

      Eliminar
    18. "E o mais incrível é que isso é saudado nos comentários do Benfica Eagle como se fosse algo bom! Retirar todo e qualquer poder de decisão aos sócios."
      Li bem DM?!? Então no scp quem manda? não é o sobrinho a banca e demais investidores? ou queres dizer que é bdc e os socios que mandam? - Isso é o que ele vos está a fazer pensar... Com este sim é caso de quem vier que feche a porta... Este ano só com encargos com pessoal deve ser uma brutalidade (até o presidente auto-se-aumentou), ou achas que é o Patricio e o Brian Ruyz que vãos ser vendidos por 15M, caso o scp não seja campeão nem o William (a proposito também pretende 2.5M/ano - será outro Carrillo?)
      Como por aqui na aldeia se diz ele contou com o ovo no cu da galinha, a Champions que também traria um patrocinador...

      Eterno 29!

      Eliminar
    19. João Carlos05/11/15, 19:46

      o dm conseguiu pôr o benfica eagle em modo CAPS LOCK.

      Eliminar
    20. Só quero mandar mais umas achas para a fogueira: O sporting não paga juros se tiver lucros... é bem pior que isso. Só paga juros (e de 4%, quando na altura o "mercado" cobrava muito mais que isso. Atente-se por exemplo aos 6,25% que pagaram no ultimo EO) de distribuir dividendos!!! Coisa que nunca aconteceu numa SAD em Portugal e duvido que alguma vez aconteça.

      Em relação ao passivo corrente da BSAD, como é evidente é bastante alta, mas como também deveria ser evidente, é algo que será transformado em passivo não corrente... Além disso, está a ser estudada (julgo que já até já foi iniciado o processo com este último EO emitido) uma solução de re-agendamento e re-classificação da dívida financeira do grupo Benfica (toda ela dentro da BSAD) que vai conduzir a uma menor dependência à banca.

      Tecnicamente, não se trata de uma reestruturação, mas vá, para simplificar, podemos disso isso. Pelo que sei, não se trata de qualquer "corte", antes uma planificação a médio/longo prazo da dívida e menor exposição a determinados players no mercado (Novo Banco). Na prática conduzirá a uma menor factura financeira e permitirá um planeamento do financiamento a médio prazo.

      Abraço

      Abraço,

      Eliminar
    21. Sim, confirmo o que escreveste Anónimo.
      Também tenho essas informações.
      Abraço

      Eliminar
  2. Eagle,

    Explica lá como é que o Sporting com este quadro tão complicado, consegue ir buscar um treinador tão caro, contratar meia-dúzia de jogadores, e pelo que sai nas noticias além de não querer vender ninguém em Janeiro, parece que o JJ ainda precisa de mais alguém!!!
    Para não falar do que saiu Ontem relativamente à oferta que fez por carrillo para ele renovar...

    Já o Porto teve que se desfazer de meia equipa para resolver o assunto + a operação EuroAntas , mas mesmo assim não à dúvida que é o clube que melhor vende...


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sporting? Vai perguntar aos Angolanos ;)

      Porto? Sim, vendeu bem, ao nível do que o Benfica tem feito nos últimos anos.
      Já tinha avisado há muitos meses que o Porto teria de vender metade do 11 titular.
      O problema é o próximo verão (Brahimi 50%, Aboubakar 30% a 50%, Herrera 50%, etc)

      Eliminar
    2. Até um leigo como eu sabe que os três grandes estão com graves problemas financeiros,
      Agora no que toca ao Sporting é que eu também me interrogo meu caro.

      Eliminar
    3. Sim mas eu posso estar enganado, mas o único preocupado em equilibrar as coisas, nomeadamente baixar o passivo, é o Benfica...
      Os outros 2 estão a empurrar os problemas para a frente... Embora o Porto tem sempre margem de manobra, coisa que o Sporting sem ajuda externa não tem...

      Eu relativamente ao Porto já aqui disse o que penso, Pinto da Costa quer sair em alta e não está a olhar a meios para que tal aconteça... Quem vier atrás que feche a porta!!!

      O Sporting se vão esperar a resolver a situação para tentar ganhar o campeonato... Para não falar que a permanência do Badochas como Presidente está ligada ao sucesso Desportivo e ele sabe-o bem.

      Eliminar
    4. É evidente que o fcp vai ter problemas no próximo defeso e lá terá de vender o Rúben neves. A grande questão é: quem venderá o benfica para cobrir o défice crónico? O Gaitán? Por quanto? E o Gaitán bem vendido não chegará.
      É meter o Mendes já ao corrente da situação porque vai ter muito trabalho pela frente.

      Eliminar
    5. No espaço de 2 anos o Benfica tem, por exemplo, Gaitan, Salvio, Samaris, Talisca, Gonçalo Guedes, Nelson Semedo para vendas chorudas. E o Franco Cervi e o Zivkovic serão jogadores a valorizar também.

      A grande questão é que ao contrário do Porto esses jogadores são todos detidos a 100% pelo Benfica.

      Eliminar
    6. Concordo que o principal problema do fcp será a baixa percentagem que detém dos passes dos atletas com mais mercado.
      Voltando ao benfica, quais serão as necessidades de mais-valias com transferências de jogadores para o exercício deste ano? Certamente não serão inferiores a 50/60M€. Num exercício rápido, faça-me aí um desenho dessas possíveis movimentações no mercado considerando, naturalmente, que o valor da venda não poderá ser considerado na sua totalidade como mais valia.
      PS: não vale dizer 15M€ pelo Hélder Costa.

      Eliminar
    7. Esqueces-te de alguns não tão valiosos, mas que todos juntos também geram receita:

      Pizzi
      Fejsa
      Jonas
      Lindelof (Acho que vai acabar por sair)
      César (Emprestado)
      Djuricic (Caso continue fora do Baralho)

      Eliminar
    8. Anónimo das 11:32, sim considero que as necessidades de proveitos com jogadores (mais-valias) deverão rondar os 50M€/60M€. Cerca de 20M€ já estão assegurados com Lima e Ivan Cavaleiro.

      A prestação da Champions League e os patrocínios irão permitir aumentos consideráveis nos proveitos operacionais que podem rondar os 110M€-120M€


      Benfica Sempre (11:42) sim o Benfica tem outros jogadores que podem render 5M€/10M€. Os que citei em cima são jogadores que podem render 20M€/30M€ em futuras vendas, já que são titulares ou potenciais titulares. É neste tipo de jogadores que o Benfica deve investir, e deixar-se de certos investimentos em suplentes caros e que rendem pouco.

      Eliminar
    9. Este Ano o verdadeiro incremento a nível de receita vai ser mesmo a Champions, Neste momento já vamos com 16,5 M€ ganhos e se a coisa correr bem poderemos chegar aos 25 a 30 M€.

      O ano passado devemos ter ficado pelos 11M€...

      Eliminar
    10. Sim, os prémios da champions subiram 30% a 40% (1º aumento), o market pool para Portugal também vai aumentar imenso (2º aumento), e chegando aos 1/8 de final (algo que não temos conseguido nos últimos anos) representará um 3º aumento de receitas na champions.

      Os patrocínios também vão aumentar vários milhões devido à Emirates, Huawei, etc.

      Eliminar
    11. Mais um excelente artigo, obrigado.
      Relativamente aos patrocínios, sabes se a Huawei é a multinacional que o presidente referiu como estando prestes a ser anunciada com parceira do Benfica?

      Eliminar
    12. A Huawei já é parceira tecnológica do Benfica. Se essa parceria também implicará uma vertente de patrocínio considerável, é uma questão de aguardar.

      Eliminar
    13. Entre receita adicional da Champions e ordenado de jj, só este ano e até agora já temos ganhos superiores a 10M, como o Benfica Sempre diz, o ano passado 11M este ano 16,5M (até agora) mais o ordenado de jj que já não se paga...

      Eterno 29!

      Eliminar
    14. Benfica Eagle,

      Já escrevi em resposta à tua "conversa" com o tal de DM. Fui o anónimo (desculpa, foi esquecimento não assinar) que deitou "achas para a fogueira".

      Agora, deixa-me que te pergunte, porque dizes que "patrocínios também vão aumentar vários milhões devido à Emirates, Huawei, etc."? Em quantos milhões pensas tu que possa aumentar? e gostaria também de te perguntar se sabes, e no caso de saberes, se o podes dizer, de alguma coisa mais "por dentro", concretamente em relação a algum naming que possa estar a aparecer. É que, sinceramente, não creio que a rubrica de patrocínios vá subir assim tanto como se pensa... o meu palpite ronda os 20/30 % mais. Como já se percebeu a renovação com a Adidas não trouxe impacto significativo e temo que a Emirates não seja um valor tão maior do que recebíamos da PT como muitos julgam.

      Abraço,
      Zé Benfica!

      Eliminar
    15. Zé, se os patrocínios subirem 20% a 30% numa época isso é mau???
      Numa altura em que o Porto e o Sporting nem sequer conseguem arranjar patrocinador para as suas camisolas???
      Eu acho que se isso acontecer, ou seja, se os patrocínios subirem de 20M€/Ano para 25M€/Ano será excelente.

      Eliminar
    16. Sim, seria excelente. :) Mas parece-me difícil...

      Daí ter perguntado se saberias se estaria algum naming na calha (há rumores, mas só isso). É que entre o que se perde no global com a PT e se ganha nas camisolas com a Emirates, deve andar ela por ela... os 20/30% a mais que referi, era em relação aos novos contratos (Emirates), a esse valor há que subtrair os contratos que se "perderam" (bancada), que não sendo substitutos por outros... deve ficar tudo muito igual.

      Claro que quanto mais, melhor, mas confesso-me não muito optimista (a não ser que apareça algo mais num futuro breve)

      Zé Benfica!

      Eliminar
  3. Excelente análise.

    Bola encarnada

    ResponderEliminar
  4. Não deveria o quadro dizer respeito ao 4° trimestre em vez do 3?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida Islander. Tratou-se de uma gralha que já foi corrigida.
      Agradeço o alerta que deixaste.

      Eliminar
    2. Agradeço eu o esforço na compilação e interpretação da informação. O que continuo a achar assustador é o peso dos custos financeiros, parecem-me insustentáveis. ... a nível operacional as coisas até parecem equilibradas e num caminho positivo. Mas nova venda grande será necessária esta época e a nossa equipa sem gaitan e mais algum vai sentir imenso. ...
      Quanto aos outros, o novo aumento de custos com pessoal nos corruptos vai ser interessante de ver no próximo ano e estou muito incrédulo que os calimeros não vendam ninguém em Janeiro. ..

      Eliminar
    3. Tem em atenção os 6M€ do Benfica Stars Fund que estão nessa rúbrica (custos financeiros + custos de investimento).
      Espero que em 2015/2016 o saldo dos resultados financeiros + investimentos fique abaixo dos 18M€, com tendência para descer nos próximos anos.

      Eliminar
  5. BE, o que são "Interesses Sem Controlo" ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Porto passou 47% da EuroAntas, e os 53% ficaram no Porto Clube, mas utilizou o método de consolidação integral (100% dos Activos e 100% dos activos da EuroAntas, na SAD).

      Como a SAD apenas detém 47% da EuroAntas tem de considerar os tais "Interesses Sem Controlo" que diz respeito ao "Capital" que pertence ao Clube, e não à SAD.

      Eliminar
  6. Confirma-se, então, que a situação dos lagartos é mesmo má. Infelizmente, já ultrapassei a fase em que tal situação, como desportista, me preocuparia. O que têm insultado e caluniado o Benfica leva-me a que me esteja a rir e muito .... com a total ignorãncia dos seus adeptos face a esta grave situação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas ele ataca o Benfica para o foco não estar virado para os podres da direcção dele.
      Teorias da conspiração de minha parte?Não!

      Eliminar
  7. Resumindo estão os 3 tecnicamente falidos, o resto é conversa e engenharias financeiras, tão apreciadas em Portugal, na Alemanha já tinham pago tudo o que devem ou já tinham descido de divisão os 3, aliás da forma como se gere em Portugal não sei se havia clubes suficientes na primeira divisão.
    Balanços, Balancetes, Relatorios de Contas, é tudo uma mentira estão cheios de engenharias financeiras, mas acredita quem quer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está equivocado. Tecnicamente falidos seria terem capital próprio contabilístico negativo.
      Se há alguém que anda com engenharias financeiras evidentes é o Sporting!

      Eliminar
    2. Ok e achas que as empresas alemãs não aldrabam nada, não é. Não sei se conheces a Volkswagen.

      Eliminar
    3. Que é que tem a ver a manipulação das emissões de gases com os R&C?

      Se não sabes, os alemães já fizeram uma PROVISÃO, para fazer face aos prejuízos futuros, algo que o Sporting se recusou a fazer no caso DOYEN :)))

      Eliminar
  8. Mais uma boa análise. Aliás normal nos teus posts. É fazer os quadros e as contas... Só quem não perceber nada de aritmética pode questionar as conclusões que tiras. É tudo público... É só somar. Claro que aparecem sempre os mesmos a comparar passivo bancário com vmocs e passivo com receitas... Enfim.
    Relativamente ao Sporting pessoalmente acho que não vale muito a pena insistir nisso dos direitos de superfície... Se conseguisses arranjar um rc que mostrasse que é determinada data eram valorizados em x e a partir de outra data passaram a ser valorizados em x+y é que conseguias demonstrar essa cosmética. As vmocs vencem já em Janeiro não é? A partir daí é que eles vão deixar de dizer que estamos sempre a falar nisso e vão perceber a gravidade da situação (e que isso não aparece nas contas mas tem de ser pago na mesma... Ou não!). Para o pessoal que pergunta como podem pagar 5M pelo treinador a resposta é fácil... Financiamento externo, abdicar de "juntar" para pagar vmocs e quem vier quis feche a porta!
    O Porto vai no bom caminho... Deixa rebentar. Este ano ainda tem previsto ter de fazer mais valias em vendas superiores ao ano passado... Sendo que os jogadores para venda são menos (embora já tenham vendido o Alex) e em % pequenas! E no ano passado foram aos 4os da champions o que diminuiu a necessidade de fazer tanta mais valia. Gostava só que me explicasses algo (porque apesar de não ter dúvidas na matemática a parte dss regras contabilísticas escapam totalmente a minha formação... ao consolidar pelo método integral a euroantas mesmo que depois integre os restantes 53% não é um aumento de capital pois o capital já está todo integrado. Correto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno Martins, é importante salientar a cosmética do Sporting, porque depois aparecem Sportinguistas a afirmar... como é possível o Sporting Consolidado ter apenas 174M€ de Activo se apenas na SAD estão lá mais de 200M€?
      A resposta é simples: Mais de 146M€ de Activo na SAD é "cosmética contabilística" devido aos direitos de superfície ;)))
      Quanto às VMOC's, sim a 1ª emissão, de acordo com o R&C do Sporting, vence em Janeiro de 2016.

      O Porto apesar de tudo tem mais receitas operacionais do que o Sporting e tem mais "nome" do que o Sporting na valorização e venda de jogadores. Agora, isso não invalida que estejam a seguir uma política desportiva de enorme risco. Diria mesmo que neste momento têm a política desportiva com maior risco da história do Porto:
      -- > Cada vez compram mais caro, com percentagens de passe cada vez mais reduzidos, e com necessidades de vendas superiores de ano para ano.

      Eliminar
    2. PS: Se o Porto Clube passar os 53% que detém da EuroAntas para a SAD, o Activo e o Passivo da SAD continua igual. A única coisa que muda é o valor dos "Interesses Sem Controlo" passarem para "Capital Social", através de "aumento de capital". :)

      Eliminar
  9. De todos os programas, debates, assembleias ou conferências sobre caixas, vouchers, Marcos Ferreiras desta vida, mensagens, túneis, colinhos, cérebros ou jogadores acabados, o que verdadeiramente interessa perguntar às actuais e futuras administrações dos grandes é:

    - Como é que se propõem resolver este problema aparentemente galopante e insustentável? Face às insuficientes fontes de rendimentos tradicionalmente inerentes aos clubes, de onde virá o dinheiro para pagar os compromissos assumidos e dívida acumulada? Como se estão a precaver para o que aí vem? Está o futuro dos clubes, enquanto propriedade maioritariamente dos adeptos, posto em causa?

    Parabéns pelo post. Serviço público.

    RedMist

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curioso... o passivo financeiro total da Benfica SAD até baixou face ao que acontecia há 1 ano.

      A taxa de juro baixou para 4,75% no último empréstimo obrigacionista ... quando há 2 e 3 anos (em plena crise financeira mundial) o Benfica tinha empréstimos bancários com taxa de juros a 10%! Ah e nós não temos perdão de juros como o Sporting teve, pelo facto de estar na mesma situação da "Grécia".

      Perante estes factos fica difícil de entender o problema "galopante e insustentável" que supostamente tenta atribuir também ao Benfica :)))

      Eliminar
    2. 1. Sendo verdade que o passivo do Benfica tem vindo a baixar e que têm perceptivelmente sido tomadas decisões no sentido de melhorar a situação presente e futura do clube (da qual o empréstimo obrigacionista a 4,75% é apenas um de muitos exemplos), a verdade é que o trabalho está longe de estar feito, não havendo azo a despesismos (e posso-te apontar alguns) só porque a nossa situação não é tão má como a de outros.

      2. Os problemas apontados neste capítulo a Sporting e FC Porto não são de agora. Os anteriores relatórios já eram reveladores das possíveis consequências à abordagem financeira tida no sentido de permanecerem desportivamente competitivos. Se não rectificam essa política, não será certamente por desconhecimento – a meu ver, é porque concluíram ser demasiadamente tarde para voltar atrás face à dívida e compromissos assumidos, sendo essa a única maneira de continuarem a fazer dinheiro – nomeadamente, de assegurar a crónica vaga numa Champions que poderá em breve fechar uma das três portas normalmente atribuídas aos grandes e cuja prova constitui a principal “montra” para jogadores. Em Portugal, é bom ser campeão, mas o fundamental é o apuramento para a Liga dos Campeões. Sem essa entrada nos últimos 6 anos, o Benfica não estaria onde está hoje.

      3. No caso do Benfica, o facto dos activos serem superiores aos passivos não é conversa que alguma vez me tenha agradado. Um passivo a rondar os €400M não é algo para ser tomado de ânimo leve. Sendo o termo “galopante” mais apropriado aos outros grandes, já o termo “insustentável” aplica-se, a meu ver, aos 3, dependendo fundamentalmente das medidas aplicadas não a diminui-lo, mas, por uma questão de decência, a procurar extingui-lo. Diga-se, em Portugal, mesmo para o Benfica, não é tarefa que deva ser encarada com leveza.

      4. Sendo um facto que uma dívida de €400M no Benfica, não é o mesmo que uma dívida de €400M no Sporting ou FC Porto, não é este aspecto ou o facto de outros terem enveredado por aventureirismos que me faz tirar o foco do essencial, do que tem de ser feito à revelia de qualquer pressão popularucha que surja. Ainda que seja perceptível que se “respira” actualmente melhor no Benfica quando comparadamente com os restantes, desafio-te a teres todas essas certezas absolutas se, por exemplo, contrariamente ao até então verificado, o Benfica estiver 6 anos sem ir à Champions.

      5. Percebes a volatilidade de tudo isto?

      RedMist

      Eliminar
    3. Ok, a tua opinião agora ficou mais clara, e no geral concordo contigo.

      Até 2017/2018 Portugal poderá ter 2 a 3 equipas na Champions League.
      No entanto em 2018/2019 corre o risco de ficar apenas com 1 a 2 equipas na Champions League, e se baixarmos do 6º lugar na UEFA então ai sim a rivalidade interna irá aumentar muito mais.
      A presença nos grandes palcos é importante para qualquer clube europeu, seja de que país for.

      Quanto ao passivo, como é óbvio, já manifestei a minha opinião de que o Benfica tem de ser mais criterioso nas contratações.
      Gastou-se 90M€ (2013-2015) em contratações e renovações, das quais 70M€ em contratações, das quais 55M€ em suplentes/emprestados. Estes 55M€ levaram a financiamento externo, ou seja, passivo. Este é um "aspecto" ao qual irei dar muita atenção nos próximos anos, tal como o EMPRÉSTIMO DA SAD AO CLUBE, que espero que seja resolvido até 2016!

      Eliminar
  10. Benfica Eagle, uma questão de quem não percebe nada de contabilidade:

    Os resultados da BTV estão refletidos no RC? As contas da BTV entram nesta R/C ou é à parte por ser uma empresa distinta? Se é à parte, a BTV paga dos direitos ao benfica?
    Gostava, se souber, que abordasse estes assuntos.

    Antecipadamente grato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, claro que a BTV entra no R&C CONSOLIDADO da Benfica SAD.
      A BTV é uma das empresas do perímetro de consolidação da Benfica SAD.

      Eliminar
    2. E qual foi o relfexo nas contas? Ou seja, o Benfica ganhou mais com a BTV do que se tivesse apenas vendido os direitos à Olivedesportos? Qual foi o "lucro" da Btv?

      Eliminar
    3. Ele já disse isso em outro Post, 36M€ Brutos e cerca de 25 M€ Liquidos...

      A oferta da Sport TV contemplava uma Média de 21 M€/Ano

      Eliminar
    4. Claro que sim. As receitas de TV chegaram aos 35M€, o dobro de Porto e Sporting.
      Os custos com a BTV têm rondado os 10M€-11M€, e o "lucro" foi superior à proposta da Olivedesportos (Média de 22,2M€/Ano considerando prémio de assinatura + valor crescente ao longo dos anos).

      Eliminar
    5. Benfica rejeita proposta de 22,2 milhões por época da Olivedesportos
      PÚBLICO 06/03/2012 - 12:31
      http://www.publico.pt/noticia/benfica-rejeita-proposta-de-111-milhoes-da-olivedesportos-1536572

      Eliminar
    6. Folgo em saber. Essa tem sido uma questão pouco abordada. Questionou-se muito a viabilidade do projecto aquando da sua criação, mas pelos vistos, tendo-se revelado um sucesso, a cobertura mediática é quase 0.
      Uma grande opção de gestão, tanto mais que desconheço qualquer outro clube que tenha feito o mesmo...
      Obrigado Benfica Eagle

      Eliminar
  11. Eagle, de facto o SCP tem um passivo consolidado enorme ; era consultável no site deles, em que o relatório e contas a junho 2014 tinha um passivo de 430 Milhões.( atenção que mesmo sendo consolidado não sei se estavam todas as empresas do grupo).
    Mas agora com este novo site, não se vê nada!! pudera!! eheheheh apagaram mesmo!!!

    Mas atenção, sendo justo e corrige-me se estiver errado, também as contas do nosso clube, recentemente analisadas em Assembleia geral , apresentam um passivo de +/- 100 Milhões, certo ?
    Portanto devemos ter um passivo global proximo dos 520 Milhões , mesmo assim superior ao deles.
    Claro que também facturamos o dobro.....
    Do grupo FCP nada de sabe....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AFA diz isso ao sportinguista DM, que anda muito "nervoso" e a tentar argumentar neste post :)))

      Quanto ao Benfica CLUBE, não é bem assim, o passivo exigivel é inferior a 30M€.
      O Benfica meteu no CLUBE muitas provisões e diferimentos, devido ao capital próprio contabilístico das várias sociedades onde o clube tem participação (como é o caso da Benfica SAD).

      Além do mais, o Benfica investiu mais de 60M€ (via directa e via sgps) em acções da BENFICA SAD que estão avaliadas como ACTIVO em poucas centenas de milhares de euros, na contabilidade do clube... porque o Benfica "Clube" optou por avaliar as acções não ao preço de custo, nem ao preço de mercado, mas sim a um preço de acordo com o capital próprio contabilístico das sociedades.

      Eliminar
  12. Excelente post.
    Gostaria que me explicasse, se possível, se tem ideia do activo e do passivo do Benfica clube, e o porquê das cotas de sócios passarem todas para o clube.

    LManuel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda há pouco respondi a isso.

      O Activo do clube ronda os 20M€/30M€ porque as acções da SAD estão quase avaliadas em "0". Custaram mais de 60M€, mas o Benfica não usa o preço de custo, nem o preço de mercado, mas sim um preço de acordo com o capital próprio contabilístico, nas "contas" do Benfica "Clube".

      O Passivo exigivel do clube ronda os 20M€/30M€, e além disso existem mais de 70M€ de provisões e diferimentos que na verdade não é passível exigivel. Foram constituídas essas provisões para eventuais perdas no capital próprio contabilístico da Benfica SAD, SGPS, etc. À medida que a SAD tem melhorado essas provisões têm baixado.

      As quotas dos sócios são e sempre foram do Clube. O que acontecia é que o clube passava 75% para a SAD (numa altura em que a SAD tinha poucos recursos) e agora a SAD já não tem tanta necessidade dessa verba, mas o clube tem essa necessidade, até porque existem 45M€ de empréstimos da SAD ao clube que têm de ser pagos.

      Não faz sentido oferecer 10M€/Ano de "borla" à SAD e ainda estar a dever 45M€ à mesma SAD a quem "oferecemos" 10M€ por Ano.
      Esse é um dos maiores disparates dos últimos anos, e já por diversas vezes manifestei esta opinião.

      Eliminar
  13. Boa Eagle,
    mais pareces um ponta de lança, cada tiro cada melro.
    Obrigado
    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luigi SLB, é a diferença entre ser-se um "benfiquista informado e que por acaso percebe sobre estas temáticas"... e a diferença entre ser-se um "anti-benfiquista venenoso" como alguns sportinguistas e portistas que ainda se dão ao trabalho de tentar argumentar, como é o caso do DM.

      A realidade é que cada vez aparecem menos "infiltrados" desses por cá, mas alguns ainda tentam ;)
      No entanto, nem todos são "tapados". Agora já começam a existir alguns sportinguistas e portistas a confirmar nos seus blogs o que eu previa para as finanças dos seus clubes, há muito tempo atrás :)))

      Abraço

      Eliminar
    2. "e a diferença entre ser-se um "anti-benfiquista venenoso" como alguns sportinguistas e portistas"... esqueceste te de incluir alguns benfiquistas na frase! Há 4 ou 5 costumeiros que não apareceram por cá!

      Eliminar
  14. A situação do Sporting era merecedora de uma tese de mestrado, um real case study. Como pode um grupo de sociedades sobreviver com mais de 300M€ de capitais próprios negativos e ainda em cima disso obter perdões de juros? Pior do que isso, é o que já se diz por aí que o caso Rojo já está "tratado", estando previsto mais endividamento a um juro perto de zero. As engenharias têm que ser tantas, que só mesmo a existência de capitais externos de origem duvidosa podem explicar isto, e vir a ser a única tábua de salvação do clube. Mas a que preço?
    Infelizmente no futebol só se vive o momento, o que interessa é o que o JJ disse ao ouvido do árbitro. Contudo, o momento não vai ser sempre bom, e se no final acontecer o que prevejo - o sporting nada ganhar - o que vai ser disto tudo? Se fosse sportinguista estava muito preocupado. Mas isso, como se costuma dizer, é para o lado que durmo melhor.


    Quanto ao Benfica, nos últimos anos desenvolvi uma expectativa para o Benfica que infelizmente não foi possível até hoje. Face às grandes vendas sucessivas de jogadores e sucesso desportivo factualmente atingido nos ultimos 5 anos, muito melhor do que, por exemplo,nos 5 anos anteriores a esse, pensei que seria possível termos hoje uma situação um pouco distinta.

    Como disse o Benfica eagle, é importante os resultados operacionais (sem atletas e operações financeiras) serem tendencialmente positivos. E embora não o sendo, estão muito perto disso (4,7M€ negativos). O maior problema é o resultado financeiro: se é inevitável recorrer à banca ou outro tipo de empréstimos, ter um resultado negativo de 23,7M€ apenas considerando este aspecto, é uma autêntica ruína. Basicamente, temos de vender um Matic por ano só para pagar juros. (ou dois, se considerarmos que o real proveito com as vendas leva sempre umas talhadas em comissões e percentagens pertencentes a terceiro). E mais terrivel se torna olhar para isso quando vemos que o peso do estádio e academia no endividamento (e consequentemente na sua remuneração) é cada vez menor face ao bolo total.
    O que significa isto? Temos contratado demasiado, e demasiadamente caro. Infelizmente, apenas agora se sabe com mais pormenor os reais proveitos que temos tido com os atletas que vamos vendendo. Um exercício interessante seria pegar em todos os valores de compras e vendas dos últimos anos, com todos os custos associados (comissões e afins), e verificar o saldo. Não tenho absoluta certeza, mas se calhar chegaríamos a uma conclusão desoladora.
    Concluir dizendo, acho que apesar da gestão globalmente positiva, tinhamos condições para estar melhor, e principalmente dependendo muito menos de terceiros (financiadores, empresários, fundos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. J. Carreira, gostei do teu comentário.

      Um alerta... nos 23,7M€ estão os resultados financeiros + resultados de investimentos (incluindo a compra do Benfica Stars Fund).
      Espero que em 2014/2015 esse saldo ronde os 17M€/18M€.

      De resto tudo ok. A gestão de contratações tem de ser mais criteriosa.

      Eliminar
    2. Teremos de continuar a vender atletas para fazer face a esses custos financeiros elevados, infelizmente.

      E mais, apesar de podermos prever talvez um aumento dos proveitos operacionais (Emirates e a mais que provavel passagem na Champions) temo que desçam as receitas da BTV e ainda mais as de bilheteira (se bem que o ano passado já não foram grande coisa face à eliminação precoce das provas europeias) caso desportivamente a época se revele negativa a um curto prazo (não ganhar em Braga será a morte anunciada no campeonato). E temo também que os custos operacionais não desçam, apesar da diminuição nos gastos com equipa técnica, não creio que em termos de salários de jogadores exista uma diminuição.

      Já com atletas, teremos neste momento um saldo também pouco positivo face ao que será necessário para manter os resultados positivos, pelo que será mesmo inevitável a venda de um grande activo.

      Muitos parabéns pela análise e pelo trabalho (que não é pouco).

      Saudações gloriosas

      Eliminar
  15. Grato pelo trabalho, isto deixa-me algo tranquilo "for the moment"...
    "Seguindo as boas práticas de gestão, a Benfica SAD tem mantido os proveitos operacionais próximos dos custos operacionais (102,0M€ vs 106,5M€)"
    MUITO IMPORTANTE!
    A politica de aquisição e alienação de jogadores deve ser RIGOROSÍSSIMA, temos que manter o plantel de forma coerente ano após ano, vender 2 ou 3 jogadores e contratar 2 ou 3 jogadores... manter as traves mestras com algum esforço nos ordenados... Júlio (contratar já uma boa alternativa), Luisão, Jardel (é guerreiro), Samaris, Gaitan, Salvio e Jonas... e Guedes, João Carvalho, Renato e Nelson por 3 anos pelo menos!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo a 100%, o mal é andar-se a contratar 10 ou 15 jogadores a cada época e tentar afirmar ao mesmo tempo que pretendem apostar na formação. A "bota não bate com a perdigota"

      O Benfica deve contratar 3 titulares por ano, vender 3 titulares valorizados, e o resto deve ser jovens da formação + equipa B, e algum negócio de ocasião (tipo Jonas e Julio César).

      Eliminar
  16. O Porto teve um lucro 3 vezes superior ao do Benfica (21 vs 7) e tem um passivo que é 1/3 inferior ao do Benfica (-150 milhões) mas o Porto é que está mal.
    Uau!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bastava a operação de Jackson não ter entrado a 60 minutos da "época" terminar e o Porto tinha prejuízos :)

      O Porto esteve pior do que está neste momento, e como já escrevi noutros 2 comentários:

      "Porto? Sim, vendeu bem, ao nível do que o Benfica tem feito nos últimos anos.
      Já tinha avisado há muitos meses que o Porto teria de vender metade do 11 titular.
      O problema é o próximo verão (Brahimi 50%, Aboubakar 30% a 50%, Herrera 50%, etc)"


      "O Porto apesar de tudo tem mais receitas operacionais do que o Sporting e tem mais "nome" do que o Sporting na valorização e venda de jogadores. Agora, isso não invalida que estejam a seguir uma política desportiva de enorme risco. Diria mesmo que neste momento têm a política desportiva com maior risco da história do Porto:
      -- > Cada vez compram mais caro, com percentagens de passe cada vez mais reduzidos, e com necessidades de vendas superiores de ano para ano."

      Eliminar
    2. O porto poderá continuar à beira do abismo por muito, muito mais tempo pelo simples facto das vendas (incompreensíveis) que faz todos os anos:
      - Bruno Alves, 29 anos... 22 milhões
      - Lizandro Lopez, 28 anos, último ano de contrato... 26 milhões
      - Lucho, 29 anos... 24 milhões
      - Cissokho, contrato em Janeiro ao Setúbal por 300 mil euros, supostamente seria vendido ao Milan (chumbou nos exames médicos - perceberam a idade, digo eu) em Julho pela clausula de 15 milhões por 100% do passe, acaba por ir um mês depois para o Lyon pelos mesmos 15 milhões por... 80% do passe !!!
      - Falcão renova contrato em Julho (!!!), aumentando a clausula de 35 para 45 milhões, é contratado 2 semanas depois pelo Atlético Madrid pela clausula de 45 milhões.
      - Moutinho e James... 70 milhões
      - Mangala, 30,5 milhões por pouco mais que 50% do passe
      - Fernando, renova contrato em Fevereiro (!!!), é vendido ao M. City 4 meses depois por 15 milhões, quando poderia ter assinado de borla 4 meses antes.
      - Danilo, no último ano de contrato, vendido no último dia de Março (curiosamente um dia antes de entrada em vigor, pela FIFA, da actual limitação de comissão na venda/compra por intermediação de negócio) ao Real Madrid por 31,5 milhões
      - Jackson, 28 anos, anunciado um "principio de acordo" para resolução do contrato "pela clausula de rescisão" de 35 milhões às 23:00 de 30 de Junho com o Atlético Madrid. Se é para accionar a clausula, para quê haver "princípio de acordo"? Negocio só confirmado em Espanha um mês depois.
      - Alex Sandro... 26,5 milhões

      E muitos, muitos mais haveria para enumerar. Estes são só os que, assim de repente, me apeteceu dizer. Coisas que as regras de mercado não conseguem explicar.

      Enquanto for assim, estão sempre salvaguardados.

      Um abraço,
      Zé Benfica!

      Eliminar
    3. Zé Benfica, o Porto tal como o Benfica consegue vender bem. é um facto.

      A questão que alertei em comentários anteriores é o facto de o Porto cada vez comprar mais caro, ter menores percentagens dos passes, e ter de ano para ano maiores necessidades de vendas de jogadores.

      Além do Alex Sandro, que já conta para 2015/2016, vai ter de vender Brahimi, Herrera e mais algum titular.

      Eliminar
    4. E vendem.. qual é o problema? Se há coisa que aprendi a não duvidar é que encontram sempre maneira de fazer negócios que têm tanto de milagroso quanto de inexplicáveis.

      Qual destes jogadores que citei vale o que pagaram por ele? São tudo negócios, que as leis de mercado não explica.

      Bem sei que também nós já vendemos gente a preço acima do que o mercado perceberia, mas sempre com contrapartidas (ex: 30 milhões por Coentrão, mas em sentido inverso veio meio Garay por 5,5 milhões).

      Apenas Witsel foi vendido pela clausula, aparentemente, sem contrapartidas... de resto, todas as avultadas vendas que fizemos são, grosso modo, metade ou na melhor das hipóteses 2/3 do que o porto faria:
      Só dou este exemplo( mas podia dar muitos mais): Matic, 25 anos, com contrato acabado de renovar (e comprámos a % de passe que não tínhamos, valorizando a mais de 30 milhões), vendido 3 meses depois, em Janeiro... por 25 milhões... ou seja, 80% de um Danilo em último ano de contrato e que ainda ficou 3 meses "emprestado".

      Eles com 4 jogadores que venderam nas últimas duas janelas de transferências (Danilo, Fernando, Jackon e Mangala) conseguem mais-valias superiores ao que nós fizemos com as vendas de 8/9 campeões e bi-campeões que vendemos nos últimos 2 anos.

      Não sei como se pode competir com isto...

      Abraço,
      Zé Benfica!

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes