O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Avatar

Jorge Jesus está a milhas do Ferguson de 1986.

 ●  + 25 comentários  ● 


A choradeira em torno da possível saída de Jorge Jesus começa a chegar a pontos inimagináveis. Em especial por quem só analisa a parte dos 6 anos de JJ no Benfica que lhes convém.

O companheiro Redmoon teve a gentileza de me citar(mais ou menos) no que diz respeito à minha opinião sobre o ainda treinador do nosso clube. (Grande abraço, seu “bife” !! loool)
Começando na comparação com Alex Ferguson, a teoria de que Jorge Jesus é equivalente à lenda escocesa é ridícula.

Alex Ferguson vai para o Manchester com vários títulos de campeão escocês e outros troféus domésticos pelo Aberdeen, intrometendo-se no domínio do Rangers e do Celtic.
Também já vinha com 2 títulos europeus no currículo: Taça das Taças em 1983 onde vence na final o Real Madrid de Stielike, Juanito, Santillana, Camacho ou Gallego e a Supertaça Europeia da temporada respectiva.

O que é isso comparado com treinar os “cascalheiras” do campeonato português? Deve ser pouco,  pelo visto.

Jorge Jesus, com o seu vencimento+prémios é neste momento muito caro. É uma realidade. Só no que perdemos em receitas adicionais pelas saídas precoces da Champions chegava para lhe pagar vários contratos de 6 anos.

A tal ideia de jogo que é tão vincada por Jorge Jesus não passa de um esquema que funciona bem com clubes fracos, mais ou menos com clubes menos fracos e é claramente um fracasso com clubes com outro nível. Não são os jogadores, mas sim o treinador a grande falha na Europa.

Além disso, a gestão que Jorge Jesus faz do plantel e dos jogadores jovens disponíveis é demasiado dispensiosa. Quantos milhões não foram deitados à rua com jogadores a quem foram negadas oportunidades e que acabaram por sair a custo zero? Quem lhes pagou o salário durante esse tempo? Foi o Jorge Jesus dos seus 4M? Não me parece.

Como já se analisou neste espaço, se aos valores(anunciados) das vendas dos últimos anos deduzirmos os valores das aquisições, os montantes entregues a terceiro que detinham parte dos passes, bem como os custos só com Jorge Jesus(quase 30M) e com os salários do plantel já esse valor não seria suficiente.

Também não se pode deixar de parte todos os encargos com o serviço de dívida bem como os custos adicionais com toda a estrutura do clube.

Falam em lucros? Milhões? Só mesmo quem vive iludido por engenharias financeiras ou acredita em “milhões” sem fim é que pode ignorar o tempo dificílimo que os clubes portugueses vivem.

Será difícil de entender se Luis Filipe Vieira renovar o contrato com Jorge Jesus por valores iguais ou superiores aos actuais. No máximo, salário em 3M e prémios dependentes da performance na Europa e no Campeonato. E obrigatoriedade de integrar jovens da formação, num modelo em que Rui Costa e outro a indicar, juntamente com o treinador, possam decidir no princípio da temporada esses jogadores que ficarão a tempo inteiro no plantel principal.

Tudo o que fuja disto será entrar num caminho de contradição, pois um treinador que ainda andaria a penar por clubes de segunda se não fosse o Benfica não pode achar que é indispensável. Não tem resultados para isso.

Ao contrário do que tem sido comentado por aqui, não acredito que seja um processo fechado. Acho que a continuidade de Jorge Jesus está em aberto.

Se for para ganhar o mesmo e fazer o mesmo tipo de gestão, que vá embora.
Se for para se adaptar ao que o Benfica precisa e pode dar, então que continue.

25 comentários via blogger

  1. O mestre JJ é só o treinador do benfica com mais titulos de sempre num clube com mais de 100 anos. Não há comparação!!

    ResponderEliminar
  2. E tu estás a milhas de seres um verdadeiro benfiquista.

    ResponderEliminar
  3. E tu estás a milhas de seres um verdadeiro benfiquista , tu és mais um aziado que não dá uma para caixa., vai-te tratar.

    ResponderEliminar
  4. Demasiado previsível.

    Sempre que o Redmoon escreve um post, aí vem a resposta ao que foi escrito na forma de um novo post de modo a torná-lo secundário.

    Falta de respeito por um colega de blog, para além de falta de nível.

    Tendo alguma opinião para dar deveria ser dada no respectivo post na forma de comentário.

    PS Caro Shadows depois de ler este comentário, encaixe e apague como faz normalmente aos meus comentários ;)

    ResponderEliminar
  5. "Se for para ganhar o mesmo e fazer o mesmo tipo de gestão, que vá embora"

    Se ele ganhar 3 títulos por ano, campeonato incluindo, é natural que os dragartos queiram que ele se vá embora.... penars.

    ResponderEliminar
  6. Respeitando o teu raciocínio, eu não pretendi comparar Jorge Jesus a Ferguson.

    A comparação serviu para vincar a ideia de que é irrelevante se em determinada altura os resultados não foram os melhores, se no final se enveredou por um caminho que nos últimos dois anos (e também em grande parte dos 4 anteriores) foi de inegável sucesso.

    Às vezes é preciso construir as bases para o futuro passando por um período negro (mas que pode também ser de aprendizagem)

    Ferguson passou por esse período, Jorge Jesus também, e seria simplesmente estúpido que numa altura em que os resultados desportivos se solidificam, se deitasse tudo abaixo para voltar a construir de novo, sem saber bem os resultados finais dessa nova construção.

    E quanto ao resto, comparações há muitas e coisas que não podem ser comparadas também. Ferguson teve os jogadores que quis durante o tempo que quis. Já com JJ, sabemos bem que ano após ano, perde aquilo que de melhor tem e tem de voltar a construir...

    Por isso, apesar de JJ estar no Benfica há 6 anos, projectos de continuidade são no manchester, não são no Benfica!

    E é isso que há muita gente que não entende... Que todos os anos JJ inventa pelo menos 1/2 jogadores, enquanto outros de renome mundial têm anos em que não inventam nenhum, valendo-se sim daqueles bons que lá ficam carreiras inteiras e que nunca há o risco de perder.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Geraldo02/06/15, 01:59

      Além de que o Fergunson, a maior parte da sua carreira foi passado no Manchester United, tirando os proveitos que é orientar uma grande equipa... Ganhar LC com craques, é fácil, mas nem todos o conseguem. Difícil é tentar ganhar a mesma competição com jogadores dos distritais... E já agora, o Shadows é treinador para falar em modelos de jogo?

      Eliminar
  7. Comecem a fazer um post a sério sobre Rui Vitória - o senhor que se segue.

    Aproveitem e comecem a opinar sobre a inclusão de Nani e a viragem para contratações no mercado português.

    Concordam com a chegada de Tiago?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente....estás a leste....
      JJ cedeu...e já renovou...!
      Scp há muito foi descartado. ..
      Crentes

      Eliminar
    2. Estás tremendamente enganado, ó Malheiro.

      Eliminar
  8. Se for para escreveres o mesmo neste blog, "que vá embora"!

    ResponderEliminar
  9. Epa vocês ou são atrasados mentais ou acham que todos somos estúpidos?
    Fazem 5 posts por dia a falar da saída do JJ... e depois falam em choradeira??? Vá lá... controlem se!
    Obrigado por não deixares passar o comentário que fiz ontem ao post em que pedias apoio ao teu Sporting.
    Abraços

    ResponderEliminar
  10. So se da valor aos maiores artistas quando partiram. Eu estou a gozar agora.

    ResponderEliminar
  11. Olha, e assim de avanço, porque é que não metes a viola no saco? Sinceramente, quanto mais te leio mais acho que não vês um único jogo de futebol - apenas estás sempre em cima do zerozero. Tudo, para ti, se resume à estatística. Pois olha, na minha opinião (vale tanto como a tua) o Ferguson não sabia sequer o que é um triângulo. Uma equipa sempre em três linhas, com poucos movimentos interiores e sempre a mil à hora. Não é o meu futebol preferido. Sorry. Acho piada a estas comparações: o United, para além de ter uma formação interessante, conseguiu sempre segurar os principais jogadores e ainda investir camiões de dinheiro nos melhores do mundo. A sério que querem mesmo comparar o United com o Benfica? (E mesmo assim, de vez em quando, ganhamos-lhes!!)

    O Jesus é um excelente treinador, mesmo que termine todos os anos no último lugar do campeonato. O mesmo vale para o V. Pereira, por exemplo. Sabes porquê? Porque as equipas deles, independentemente do valor individual (vale recordar que os treinadores não jogam), demonstram cabalmente organização, domínio dos fundamentos básicos do jogo e processos muito evoluídos. Ao nível do melhor que se faz no mundo. Os resultados são sempre consequência disto - e mesmo assim só pode ganhar um.

    Estes dois são, na minha opinião, melhores treinadores do que o Mourinho de hoje em dia - mas, claro, tu vais dizer que ele ganhou isto, aquilo e mais o diabo-a-quatro. Pois, com a equipa que ele tem (em termos de qualidade individual) até eu me arriscava a ser campeão. Mesmo sem saber ler, nem escrever.

    Sabes o que o Jesus trouxe ao Benfica e tu já não sabias o que isso era: trouxe a obrigatoriedade, para os adversários, de estarem sempre ao melhor nível. Caso contrário, levam. O V. Pereira foi campeão dois anos seguidos e para consegui-lo teve de fazer duas épocas com apenas uma derrota no campeonato e com um plantel, em termos globais, melhor do que o do Benfica. Achas coisa pouca? E mesmo assim, sabemos o que aconteceu para ter sido esse o desfecho.

    Portanto, o Benfica não acaba mas qualquer pessoa com dois dedos de testa e o mínimo conhecimento sobre futebol sabe que o Jesus é topo-topo. Gostava de recordar que a mesma Juventus (a única diferença é o Morata), que vai enfrentar o Barcelona no próximo sábado, para a final da Champions, foi eliminada há um ano pelo Benfica. E no jogo da segunda-mão foi simplesmente incrível o que a equipa do Benfica fez tacticamente, contra um adversário muito mais forte (mas muito mais!) em termos individuais. Os homens passaram uma hora e meia fora-de-jogo. LOL

    E o Conte, por exemplo, é que é bom?

    ResponderEliminar
  12. "Alex Ferguson vai para o Manchester com vários títulos de campeão escocês e outros troféus domésticos pelo Aberdeen, intrometendo-se no domínio do Rangers e do Celtic.
    Também já vinha com 2 títulos europeus no currículo: Taça das Taças em 1983 onde vence na final o Real Madrid de Stielike, Juanito, Santillana, Camacho ou Gallego e a Supertaça Europeia da temporada respectiva"

    Verdade, curiosamente o Aberdeen de Ferguson foi eliminado nas Meias Finais da T Taças pelo FC Porto em 1984, ano seguinte a ter ganho uma Final ao Real. FC Porto que disputou a sua 1ª Final Europeia (das 5 Finais a unica perdida), contra a Juventus de Trapa, Platini, Rossi, Boniek e Companhia!

    Afinal recordar é viver, foi a 2ª temporada desportiva do legado de Pinto da Costa, uma lenda viva, e sucessor de uma outra lenda, um tal Santiago Bernabeu!


    Manuel Carroilas!

    ResponderEliminar
  13. Faz posts a apoiar o Sporting de Lisboa que é o que sabes.
    Nuno

    ResponderEliminar
  14. pois está. milhas acima. aliás - anos-luz acima.

    cura-te.

    ResponderEliminar
  15. Mais outro post prenhe de desonestidade intelectual. Então a crítica às contratações de camiões de jogadores, essa é brilhante. Isso não acontecia antes de JJ? Então quem deve ser criticado?

    O passado anterior ao Benfica não interessa para nada. O que importa é que, destes 6 anos, só num o Benfica ficou completamente de fora do campeonato (2010/2011), depois de um começo desastroso. Jesus transformou o Benfica num eterno competidor. E, já que falas tanto em Europa, o ranking actual também é "dele".

    Sim a Champions podia ser melhor. E depois? Tudo tem um tempo. A estabilidade tem sido a nossa vantagem. Gastam-se milhões em jogadores da treta e querem poupar 1 milhão no treinador, para depois perder no resto.

    Sim, JJ pode ser o Ferguson do Benfica. Um treinador com estabilidade, para levar a cabo um trabalho de longo prazo, com jogadores que reconhecem o contributo que JJ lhes dá. Os poucos que não o fazem são tipos como tu. Tipos que num blog do Benfica, expressam satisfação pela vitória dos lagartos na Taça. Esse é o calibre do teu Benfiquismo.

    Tem vergonha, pá. A cada post só te enterras mais.

    ResponderEliminar
  16. O JJ não tem resultados que o justifiquem. Tirando um bicampeonato ao fim de 31 anos. E uma taça europeia ao fim de 27. E duas taças europeias seguidas ao fim de 50.
    A ideia de jogo do JJ não funciona com equipas boas, pá. Nas últimas 6 épocas, houve 3 em que o campeonato português não teve equipas boas. E a Juventus do ano passado era uma merda. A deste ano é que é boa. ´
    Continua que vais bem, Shadows. Quem aprecia falácias, gosta de ler.

    ResponderEliminar
  17. Para quem quer diminuir os feitos do benfica a importância da taça da liga fica aqui um número:

    Segundo os dados da GFK/CAEM na sexta-feira, às 19.45 horas, 1,890,500 espectadores assistiram na TVI ao triunfo do benfica na taça da liga. A final da taça de Portugal no domingo às 17.15 horas, foi visto na RTP 1 por 1,634,000 espectadores.

    Eu sei que vão dizer que há mais benfiquistas, e eramos nós que estávamos a ver o jogo, é verdade e também é verdade que nós também somos gente... Nós contamos!

    Não quero dizer que a taça da liga é mais importante do que a taça de Portugal só quero dizer que a taça da liga conta para muita gente!

    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  18. Não sou desse tempo, mas o que era Man Utd antes da entrada do Ferguson? Um actual Tottenham? O que fez o escocês é incomparável, e é um insulto esta ligação ao Jesus. É um monstro do futebol mundial, alguém que numa das ligas mais fortes do mundo, foi capaz, aí sim, de mudar por completo o paradigma do Man Utd, nacionalmente e internacionalmente. E não sendo um dado extremamente importante, foi dos poucos treinadores capaz de ombrear e fazer frente Às equipas do José Mourinho.

    Jesus é muito bom, mas estão-se a deixar influenciar pelo título de campeão nacional acabadinho de conquistar, esquecendo tudo o que de errado já fez- Fosse extremamente competente, hoje em vez de 3, teria 5 títulos de campeão nacional.

    Esta história do se fica ou não fica, nem me aquece nem arrefece. Apenas desejo que seja resolvida o mais cedo possível para ficar com uma ideia do esquema tático e que jogadores ficarão no plantel.
    Eu já o disse várias vezes, Marco Silva seria de sonho. Vamos lá ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo a 100%

      Jose Inacio

      Eliminar
    2. Paulo Geraldo02/06/15, 02:05

      Jorgen80, o Maicon manda cumprimentos.

      Eliminar
  19. "Se for para ganhar o mesmo e fazer o mesmo tipo de gestão, que vá embora."

    LOL


    PS falam que o Jesus pode vir a ser o Ferguson do Benfica... claro que ainda não o é... faltam muitos anos para isso... e quem falou nisso foi a comunicação social...

    ResponderEliminar
  20. Paulo Geraldo02/06/15, 01:52

    O JJ para ti deve ser burro, só deve conseguir ganhar a equipas fracas, o Ferguson, era o melhor do mundo, mas tu também não és muito inteligente... Escreves sempre sobre o mesmo, abordando o assunto sempre da mesma forma, com ideias que todos já sabemos quais são... Quem é inteligente, conhece vários temas, sabe falar sobre ele... Se o JJ sair, vai começar a falar sobre o Ferguson?

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes