O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Avatar

E já que estamos numa de parabéns...

 ●  + 9 comentários  ● 

...parabéns ao treinador que com uma equipa secundária está em terceiro lugar no campeonato mais bonito do mundo e um dos mais difíceis.

Nem quero pensar no que poderia fazer num clube grande se lhe permitissem perder 3 campeonatos seguidos e lhe dessem reforços de qualidade! O que teria sido?

9 comentários via blogger

  1. Alguma vez trocava o Koeman pelo Jesus? Nunca na vida!

    ResponderEliminar
  2. Sim, porque uma equipa que tem um jogador de 30M no banco não teve reforços de qualidade. Santa paciência. Está em terceiro e com a equipa que tem o mínimo exigível é o 4°, apesar de, para mim, ter a obrigação de ficar logo atrás dos 2 colossos, acima do campeão do ano passado - esse sim um treinador que merece os parabéns. Palhaçada!
    Eduardo Maximino

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ta a falar do koeman, nao do nuno

      Eliminar
  3. Aspecto que considero essencial: teria sido um treinador que continuaria a respeitar o clube, os jogadores, os sócios, os dirigentes e os adeptos. Como o fez sempre, desde o primeiro ao último dia.

    E se, pela primeira vez com ele, o SLB fosse eliminado na fase de grupos da Champions, não diria que o objetivo fora sempre outro (não deixa de ser verdade, exceto em 2014, que foi rotulado como objetivo chegar à final, e se gastou um pouco mais que o habitual).

    Com a "escola" e os ensinamentos trazidos do país de origem e de Barcelona dava-nos algumas garantias de que o Seixal não serve só para enfeitar. E hoje é essencial descobrir lá uns "André's Almeida's".

    Acho que também nunca o ouviria, a propósito de alguns sucessos que previsivelmente teria, de puxar para si todo o mérito, esquecendo que para isso era pago e esquecendo as muito boas condições que o clube lhe proporcionaria. O mérito seria do todo, e não apenas dele, diria certamente.

    Ah, já me esquecia. E nos dias de hoje pouparíamos uns euritos no salário do treinador, é verdade.

    E se um dia viesse um clube mais endinheirado contratá-lo (sim, com esse treinador, seria possível acontecer), sempre poderíamos ver se por essa Europa fora haverá um outro treinador de algum clube que também ande pelo terceiro lugar, que faça bons jogos com jogadores de vinte euros, que tenha uma boa empatia com os sócios e os adeptos, e perguntamos-lhe se vai ficar disponível em breve. Haveria sempre alternativa, desde que quem viesse não se julgasse maior que o clube.

    Rui Pinheiro

    ResponderEliminar
  4. Antes de mandas estas postas devias tentar conhecer a realidade das coisas.

    O Southampton gastou esta época mais de 70 milhões em contratações.

    O Southampton que é o clube que gasta menos em salários na Premier League, ainda assim gasta mais que o Benfica!

    Labreca

    PS-O Koeman quando cá esteve fez um bom trabalho na Champions mas cagou de alto para a Liga, porque o que dá visibilidade lá fora são as provas europeias.

    ResponderEliminar
  5. sim, o koemen é o maior :p... Quando cá esteve, e como já disseram aqui cagou alto para o campeonato... tinha um plantel em que tinha obrigação de ficar a frente do sporting e de pelo menos dar luta até ao fim ao porto, mas conseguiu ficar a 12pts. Tinha um futebol pouco apelativo e tinha afilhados dos piores que há (Moretto, Beto), deixando no banco Karagounis, Nuno Assis...Shadows, para ti qualquer treinador é bom, desde que o J.Jesus saía de lá.
    Ass:Luís

    ResponderEliminar
  6. Palavra de honra que pensei que se referia ao Marco Silva :-))

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes