O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

domingo, 28 de dezembro de 2014

Avatar

Mais uma (não, duas!) oportunidades perdidas

 ●  + 18 comentários  ● 
Eu tinha prometido a mim mesmo que não ia ler as entrevistas de Jorge Jesus para não voltar a ficar com aquela desilusão de quem vê a cagança (dim, não é prepotência, é cagança) de alguém sobrepor-se ao seu imenso talento, derrubando-o... 

... Mas foi mais forte que eu.

... E infelizmente cumpriram-se as minhas infelizes expectativas: Jorge Jesus perdeu mais uma vez a oportunidade de valorizar a equipa, os jogadores, a união, o empenho, enfim o colectivo do qual faz parte... E ao invés partiu para mais duas infindáveis entrevistas em que procurou precisamente demonstrar toda a sua mestria, destacar o o que considera serem seus feitos individuais, chamar a atenção de como é ele que dá dimensão aos jogadores, quase subjugando o contributo dos próprios.

Falhou, outra vez! Apenas mais uma vez!

A entrevista de hoje nem sequer fui capaz de acabar de ler, tendo interrompido profundamente irritado, não com a qualidade de Jesus, não pelo facto de ser este o treinador do Benfica (não desejo, por agora, outro), mas porque me irrita ver alguém tão competente, com tanta qualidade, com tamanha dimensão no seu trabalho, transformar-se num perfeito tonto, num péssimo líder.

Jorge Jesus faz-me lembrar o Nelson Oliveira que vimos no Benfica há três anos: uma tremenda qualidade, mas sempre desperdiçada numa atitude individualista, sobranceira e sempre errático no pensamento... Talvez por isso eles choquem tanto! São iguais!!!

18 comentários via blogger

  1. Não percebo porquê! Já li muitas entrevistas de treinadores em vários países da Europa, e já li vários livros autobiográficos, e não vejo grande diferença. Li pelo menos 4 ou 5 entrevistas do Eriksson e ele diz exactamente a mesma coisa.
    A entrevista foi feita a ele e não aos jogadores nem aos clubes.
    O verdadeiro problema não está nele, está em ti, na tua pessoa, porque és uma pessoa invejosa! E isso nota-se em tudo o que escreves e na tua sofreguidão em arranjar temas para te revelar. A psicologia humana nunca engana!

    Um líder quer-se com um ego grande, como Mourinho ou CR7, que não seja hipócrita porque isso nota-se a km e é castigado por isso pelos seus jogadores.
    Não há treinador mais genuíno em Portugal do que JJ, mas só uma pessoa desprendida nota isso. Uma pessoa invejosa fica ofendida por causa da sua própria baixa auto estima.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. concordo e digo mais:

      o JJ recebeu os prémios com toda a sua equipa técnica presente destacando assim que o prémio é individual mas é o resultado de um trabalho colectivo. na entrevista mencionou também a importância dos jogadores e da direcção.

      não disse mal dos colegas de profissão e elogias uns e até deu uma desculpa para o Lopetegui não poder tirar o máximo dos seus jogadores

      sobre os jogadores deu um dos maiores elogios: ele só pode melhorar o que já tem qualidade...

      há pessoas que não lidam bem com a honestidade... devem preferir treinadores mentirosos e que mintam descaradamente sobre os seus jogadores dizendo que são os melhores do mundo e arredores..

      PS enquanto uns quantos adeptos fartam-se de dizer mal do JJ ou de outros elementos da sua equipa técnica os actuais e antigos jogadores só elogiam... é só ver os elogios do Júlio César ao JJ e ao treinador de GR... mas melhor é ouvir aqueles que já passaram pelo clube...

      Eliminar
  2. A forma como JJ se demarca do que não conseguiu, com as "armas" que lhe deram, e se coloca, outra vez, acima do clube que lhe paga e da equipa que treina, ditarão alguma distância dos homens que comanda. De acordo com o texto acima. E não tenho inveja do homem nem tenho baixa auto estima. Apenas queria que a quem se lhe deu vários "ferraris" ficasse mais vezes e mais à frente e não se tivesse espetado já várias vezes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais grave que isso: a forma como deixa claro que se ganharmos o campeonato este ano, é ele que o ganha APESAR dos jogadores, quando deveria ser o focus dele ser um a ajudar ESTES a serem campeões. Se formos campeões, como desejo, o título é dele E dos jogadores

      Eliminar
    2. Tudo o que afirmas é negado pelas muitas pessoas que trabalham com JJ. Porque será?

      Eliminar
    3. Benfica By GB se te deres ao trabalho de ler no livro que acabei de publicar, o capítulo a Jorge Jesus, onde o meu colega de equipa de então também dá o seu testemunho em relação ao que é trabalhar com este excelente treinador, vais conseguir perceber melhor porque é que ele enfoca tanto o "EU" nos seus discursos. Para quem nunca trabalhou com ele ou então nunca se dedicou a aprender aquilo que ele quer ensinar, nunca vai conseguir compreender e aceitar o porquê de ele dizer o que diz em relação ao seu excelente, repito, trabalho.
      Eu, Siqueira, Aimar, F. Coentrao, Di Maria, D. Luiz, Enzo, Lima, Javi, Witsel e até o Garay por exemplo, pois poderia aqui escrever o nome de quase todos os jogadores que trabalharam com ele, mesmo muitos que raramente jogaram; não só reconhecemos os seus méritos, como todos reconhecemos que nos tornamos muito melhores jogadores com ele... até o mago Aimar.

      Rodrigo.

      Eliminar
    4. mas quem é que tem afirmado constantemente que a qualidade do plantel é inferior... tem sido o Jesus ou têm sido os blogers e a comunicação social??

      Eliminar
  3. Na verdade eu compreendo a razão de tantos auto elogios. O homem está com a mama a acabar, sabe que em mais nenhum outro sitio alguém lhe pega e sobretudo lhe paga o que lhe nós lhe pagamos. A chantagem de se pirar para senhores da fruta já não convence, de outro campeonato alguém acredita que apareça alguém ?

    Assim mais vale ficar por cá, o dinheirito cai na conta todos os meses, sabe que manda em tudo e em todos, pode tratar quem quiser abaixo de cão, e se não ganhar nada, pouco importa. Até não será nada novo. Houve outras épocas que não se ganhou nada. Mas noutras ganhou (quase) tudo. E não há melhor que ele em todo o mundo, universo e arredores.

    Agora há que convencer o presidente, afinal o único que considera estar acima dele. O único de que ainda não é dono e superior.

    Não andará o mestre assim tão distraído que não saiba que o seu estado de graça junto dos adeptos terminou há muito. E arrisco que junto de uma grande maioria. O receio até agora seria encontrar um substituto à altura. Mas agora cada vez mais esse receio se dissipa. Acabou-se o dinheiro, chega de endividamento. Todos sabemos quanto se gastou este ano em compras e mais quanto se terá de gastar para o mestre ficar satisfeito.

    Por mim não quero, semana a semana, ver o estádio cada vez mais vazio. Não quero que os miúdos do Seixal sejam descartados sem terem uma oportunidade séria. Não sou dos que acham que necessitamos de um plantel cinquenta vezes mais valioso que o do Gil Vicente para lhes podermos ganhar. Nem acho que se deva poupar nos titulares no jogo da Champions porque no próximo fim de semana vamos ter o Arouca. Já vi o SLB perder muitos jogos, nunca gostei, mas nem em de todos saí "em brasa". Perder por não querer ganhar, por não tentar tudo, é que não!

    Insubstituíveis nunca tivemos, embora quando alguns saíram achássemos que o eram, mas o clube continuou.

    Mas há uma linha muito ténue entre o futuro risonho, a contenção de despesas, sabermos aproveitar as mais valias que se foram criando com o Seixal, a BTV, conservar o número de sócios angariados, voltámos a ter cada vez mais miúdos a querer ser do Benfica. É por aí que poderemos crescer. Quando seremos campeões europeus ? Não sei, talvez um dia lá longe. Mas não vamos hipotecar o futuro por isso e para isso. É assim tão difícil encontrar alguém que pegue nos jogadores que temos, no plantel e fora dele, acrescentar um ou dois reforços e construir uma equipa que possa jogar sem medo as provas internas ? E fazer melhor figura que a deste ano na LC ? Alguém que se saiba adaptar às circunstâncias ?

    Quando oiço comparar o mestre a Alex Ferguson, lembro-me de quantos miúdos da formação do MU ganharam campeonatos. Meia equipa era sempre garantida. Alguém acredita que isso possa acontecer um dia por cá ?

    É hora de dizer adeus, mas não sem antes agradecer e desejando boa sorte.

    ResponderEliminar
  4. Epá na entrevista ele refere-se várias vezes à equipa técnica e à estrutura mas a tua vontade de "bater" é maior.

    Ass. AnoNNymous

    ResponderEliminar
  5. Aqui, sim, aqui neste tema, GB - Grande Benfiquista - estamos ambos (quase) de acordo.

    Também eu sou dos que me recuso a ler essas entrevistas, li, ouvi apenas os destaques, as manchetes
    feitos nos Mass Media a essas duas 'entre-vistas' de auto-elogio fácil, de auto-loudação estéril...

    E, aproveito para elogiar aqui o Post com várias fotos, feito no Blogue Cabelo do Aimar que está um Must!!!!
    Está de mais, demais... sem dúvida.

    Quanto ao resto, admito que o JJ tem os seus méritos, admito que subiu na vida a pulso... mas, que a nível
    intelectual falta-lhe muito, muito para poder sequer compreender que lhe fica mal estar sempre a inchar o ego, a se ~
    auto-elogiar, babando-se. E ainda por cima julga que é mesmo verdade, acredita mesmo que foi ele quem pegou em pedras em penedos da calçada e fez, moldou jogadores como Coentrão, Di Maria, Matic, Witzel, Enzo Peres...
    O que nem é verdade. Foram esses jogadores que se fizeram a si mesmos, porque são bons.

    E 'esquece' que não fez o mesmo com os Luis Filipes, Emerssons, Cortez, Djalós, Urretas, Jaras e Kardecs...
    Só para citar alguns. Só no Deportivo da Corunha estão lá para aí 5 deitados ao lixo!!!
    E ele 'esquece' que nos seus mais de 5 anos de Treinador já queimou, não aproveitou mais de 100 jogadores que passaram pelos planteis do SLB... e digo 100, mas se calhar até foram 200 !!!

    Mas, a mim, o que mais me irrita e tira do sério.. é que o JJ o Catedrático Masca Chiclas, o Carinhas nunca fala dos verdadeiros craques que o ajudaram a chegar onde chegou. A sorte do JJ como Treinador é que chegou ao SLB na precisa altura em que o SLB passou a mandar no Sistema. É que foi a partir de 2009 que verdadeiramente o SLB passou a dominar a APAF, a CA, a Liga...

    Sejamos claros. A partir daí, o FCP deixou de ter os Ricardos Costas, Luis Guilhermes, os Evangelistas,
    os Fontelas Gomes, os Carraças, João Rodrigues, os Vítores Netos Pereiras, os Lucílios, os Mários
    Figueiredos na mão... E sabemos bem que esses é que mandam, ordenam aos Duartes Gomes, aos Motas,
    Capelas, Esteves, Almeidas, Paixões fazerem os servicinhos bem feitos!!!

    Não sejamos ingénuos nem naifs. A sorte de JJ o Masca Chiclas, o Carinhas foi ter chegado ao SLB na altura
    em que o SLB tomou conta do Sistema. E, repito, fica-lhe mal estar a gabar-se, a ufanar-se de ter feito os Coentrões, Matics, Enzos, Marcoviks...

    E não assumir que por cada um Di Maria, um Salvio que ele 'criou' ele falhou em 10 Djalós...
    E, quer queira, quer não. Mesmo com os favores despudorados, o colinho da APAF Vermelha...

    Em 5 Campeonatos, o JJ só ganhou 2!!!!

    E mesmo esses 2 sabemos como foi...

    ResponderEliminar
  6. NauBenfica29/12/14, 10:28

    O homem é cagão e não vai conter nunca a verborreia autoelogiosa. É só darem-lhe corda, que ele estica-se, e é ele, e ele e só ele. É pena que não tenha capacidade para perceber que um líder, tendo de ser sempre determinado e até disciplinador, terá de ser também capaz de elogiar o esforço daqueles que lidera e enaltecer o êxito como conquista do grupo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Gomes29/12/14, 12:03

      Mas qual é o problema da cagança do JJ? Ele mama 4 milhões brutos por ano, pode defecar quando, como e onde quiser porque a cagança vem de cima, vem do coveiro do LFV e a esse ninguém é capaz de o correr do Benfica.

      LFV é o DDT do Benfica.

      Eliminar
    2. E tu nem nível tens para ser DDT, estás num nível mais abaixo do que puro veneno!

      Eliminar
  7. O que me incomoda no Jorge Jesus é como ele insiste em dizer que o Benfica chegou ao topo da sua forma, que já não é possivel fazer mais, que isto é o máximo que o Benfica consegue fazer, que chegou ao topo, sempre na tentativa de vanglorizar o seu trabalho e diminuindo o potencial de crescimento do Benfica. Ora eu, por muito que tenha sido conquistado nos ultimos anos, pelo menos em termos qualitativos na equipa de futebol, não gosto da idéia de que o Benfica não consegue fazer melhor e por isso, não gosto do Jorge Jesus, com todos os méritos que ele tem. Espero que a estrutura do Benfica consiga fazer a transição para alguém com outro discurso, ambição, capacidade e humildade que consiga trazer uma melhor identidade para o clube.
    Para megalómano nascisista já me basta o presidente.

    ResponderEliminar
  8. Se isto é ser um "verdadeiro" benfiquista, deixa-me então ser um benfiquista do chinês.. Nunca estão satisfeitos com nada, nunca nenhum treinador é bom o suficiente, nunca nenhum presidente é bom o suficiente.. enfim.

    É óbvio que analisando os números a frio,o JJ ganhou apenas 2 campeonatos. Mas podiam ter sido quatro, temos de ser honestos. O único ano em que ele vacilou foi o do Villas Boas e com isso aprendeu. O Vítor Pereira, que não sabe distinguir uma bola de um frigorífico, não faz ideia como ganhou aqueles dois campeonatos.. com colinho, borra descomunal, chamem-lhe o que quiserem.

    Eu, com 30 anos, não me lembro do Benfica jogar bom futebol durante tantas épocas seguidas (não em todos os jogos, mas em média) sem ser com este treinador. Não digo que o Benfica acabe depois de JJ, mas não vai ser fácil arranjar alguém à altura. É óbvio que ele tem limitações na sua expressão verbal, mas o SLB paga-lhe para treinar, não para escrever poemas.


    Fernando Costa

    ResponderEliminar
  9. Embora ja esperando o conteudo da mesma eu li a entrevista até porque nao havia mais nada relevante para ler .
    O que me irrita é que ele so não se coloca numa posição de Luis XIV dizendo que " O Benfica sou eu " porque desconhece essa parte da historia mundial .
    Todos devemos ter um ego grande é sinal de saude mental mas sem cairmos no ridiculo , o ego do Morinho é grande, pois é mas ganhou uma taça UEFA e uma Champions a treinar um clube portugues e deve ter ganho tanto internamente como o JJ ganhou .
    A rabula do Coentrao do Di Maria etc etc comparada com Nuno Valente e Derlei ex Leiria , Paulo Ferreira ex setubal , Maniche sem clube , Costinha ex Monaco ( de outros tempos ) Deco sem fama nem gloria , Ricardo Carvalho ex Leça mostram quem pode ter um ego elevado ou não , por muito que nos custe aceitar houve um clube que ganhou a taça UEFA e a Champions com estes jogadores .
    O que pretendo dizer é que um treinador do SLB ou da fruta tem por obrigação ganhar a nivel interno e criar mais valias ao clube que lhe paga, isto é uma obrigação e quando se consegue o ego pode existir mas fica para saborear sozinho e não de forma constante gritando que eu sou o melhor .
    O problema é antigo vem desde o momento da chantagem que fez a dizer que ia para o norte , ainda hoje nao sabemos se seria verdade ou não , mas sabemos quem foi na conversa e aceitou pagar um salario pornografico e agora ter que permitir entrevistas destas onde so falta mesmo dizer " O benfica sou eu " .

    ResponderEliminar
  10. Para todos aqueles que são realmente Benfiquistas e querem o bem do nosso Benfica.
    Façam o favor de ler o capítulo que eu dedico a Jorge Jesus no meu livro e vão compreender melhor o incompreendido homem que está por trás do excelente treinador que ele é.
    Eu como muitos que tivemos a felicidade de aprender com ele, reconhecemos que nos tornamos MUITO MELHORES jogadores... E quando entre estes temos jogadores já feitos e dos melhores do mundo, como foi o caso de Aimar ou Garay... Compreendemos toda a dimensão de Jorge Jesus e que faz dele um dos melhores do Mundo.

    Rodrigo

    ResponderEliminar
  11. Não te irrites...

    Mas ao lançares achas para queimar JJ só entras em contradição (não desejo, por agora, outro) contigo próprio. Ou seja pretendes estar com deus e o diabo, ignorando a actual situação, prioritária para o clube e benfiquistas que é manter a liderança e ganhar o bi.

    Se JJ puxa dos galões, com legitimidade dada pelo POKER e pelas inovações que criou nas posições dos jogadores que mencionou, e por aqui é apoucado cabe perguntar:

    O que fez o postante para legitimar a sua azia contra as razões de JJ? Ou será que o pasquim do papa croquetes anda a trair os anseios do postante jogando com o pau de dois bicos?'?

    Carlos dos jornais

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes