O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Avatar

As Finanças dos 3 Grandes (Primeiros 9 meses da época)

 ●  + 89 comentários  ● 


Após mais de 3 anos de afastamento da Blogosfera, devido ao facto de não ter disponibilidade para manter os vários projectos na Blogosfera Benfiquista em que estava envolvido, recebi um convite do Geração Benfica para colaborar neste Blog. A minha disponibilidade continua reduzida, e aceitei este convite para escrever, de vez em quando, sobre temáticas relacionadas sobre Gestão Desportiva, Marketing Desportivo, Finanças dos Clubes e da Industria do Futebol, entre outros temas relacionados.
Esta semana foram publicados os 3 Relatórios e Contas do 3º Trimestre das SAD’s do Benfica, Porto e Sporting, e nesse sentido justifica-se o facto de ser realizada uma breve análise à situação económica e financeira das SAD’s dos 3 Grandes.
Face aos resultados apresentados, que refletem os 9 primeiros meses da época, pode-se tirar uma primeira conclusão importante: A SAD do Benfica facturou mais do que as SAD’s do Porto e do Sporting juntas! 138M€ vs 115,4M€ (70,3M€+45,1M€)
Ao nível dos Proveitos Operacionais (sem considerar os proveitos com Venda de Atletas e os proveitos Financeiros), o Benfica apresenta 72,9M€ vs 80,2M€ no total das outras 2 SAD’s (56,3M€+23,9M€).
Ao nível dos Proveitos com Vendas o resultado foi de 62,2M€ vs 30,3M€ (12M€+18,3M€), e para este resultado muito contribuíram as mais-valias obtidas com Matic, Rodrigo e André Gomes.
Apesar de o Benfica ter praticamente o dobro dos Proveitos Operacionais do Porto e Sporting juntos, a SAD do Porto tenta rivalizar com o orçamento de futebol do Benfica, numa estratégia de altíssimo risco, diria mesmo irresponsável, que terão necessariamente de alterar. Em apenas 9 meses a SAD do Porto obteve 38,7M€ de prejuízo, e se não venderem jogadores até 30 de Junho de 2014 os prejuízos rondarão os 55M€ numa época apenas, colocando em risco a participação nas competições europeias desse rival em 2015-2016, devido ao fair-play financeiro da UEFA.
Outro dado importante é o facto de os proveitos com os direitos televisivos terem aumentado 220%, demonstrando o sucesso da Benfica TV. É previsível que em 12 meses a Benfica TV possa alcançar os 30M€ de receita anunciados por Luís Filipe Vieira.
Nestes primeiros 9 meses o Benfica apresenta lucros de 15,8M€, o Porto prejuízos de 38.7M€ e o Sporting apresenta lucros de 700 mil euros.
Quanto aos Balanços, o Benfica tem quase toda a sua actividade na SAD (incluindo o Estádio, Centro de Estágio, Benfica Tv e um financiamento da SAD ao Clube de 45M€), e por esse facto apresenta mais do dobro do Activo dos rivais.
Ao nível do Capital Próprio as 3 SAD’s estão no negativo, embora a situação do Benfica de momento seja a menos gravosa, o que indica que as SAD’s portuguesas terão de seguir um modelo de desenvolvimento mais sustentável e mais assente na formação e prospecção, não tentando viver acima das suas possibilidades.
Como conclusão, a previsão para as contas anuais deverá ser a seguinte:
- O Benfica poderá continuar a apresentar lucro anual sem vender ninguém até 30 de Junho, embora o lucro final será menor do que o lucro apresentado para os primeiros 9 meses. Qualquer venda que se faça este verão já irá contar para o equilíbrio do orçamento para a próxima época 2014/2015, numa atitude de gestão desportiva responsável.
- O Porto terá de vender Mangala, Jackson e Fernando para equilibrar as contas desta época, e se calhar as mais-valias dessas vendas não chegarão para suportar os 55M€ de prejuízos anuais previsíveis caso não venda ninguém até 30 de Junho, já que não detêm a totalidade dos passes e face ao valor das vendas têm de ser subtraídos os valores actuais dos 3 jogadores no Balanço da SAD, as comissões de venda (+-10%), o mecanismo de solidariedade (5%), entre outros custos. Além dessa situação, caso na próxima época o Porto não se qualifique para a Champions League (terá de disputar a pré-eliminatória de acesso) isso poderá representar um enorme cataclismo nas contas da SAD do Porto, que neste momento enfrentam enormes riscos para a sua sustentabilidade.
- O Sporting terá de vender pelo menos 1 titular até Junho de 2014, para continuar com a situação equilibrada até final da época, embora a situação seja menos preocupante do que a catastrófica situação do Porto, e na próxima época participando na Champions League o clube de Alvalade até poderá ter um aumento considerável de receitas que não tem obtido nas últimas épocas.

89 comentários via blogger

  1. E eu que pensava que o Benfica estava falido!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devo vir tarde de certeza mas gatay.. Oblak fugiu.... Rodrigo ja foi... Siqueira foste... Enzo ui tb xau Jesus falas mt alto... Cardozo? Ninguem lhe pega... Gaitan fica? Sera? Viva o poderio financeiro do Benfica... Agora vendam pa pagar ao bes e rápido.... Meterem Rodrigo e André Gomes nas vendas dar periodo e justo agora saude financeira????? Tello.. Brahimi... Casemiro...adrian....indi... Danilo...alex Sandro... Oliver.... Cha cha cha.... Quaresma...sami.... Herrera...maicon... Tenham mt medo do clube falido

      Eliminar
    2. Mesmo sem meia equipa fomos campeões

      Eliminar
  2. Excelente análise! Baseada em factos concretos, sem tentar influenciar a opinião de outrém. Parabéns! Devia escrever mais, penso que aumentaria exponencialmente a qualidade deste blog.

    ResponderEliminar
  3. Até que enfim que pelos vistos há alguém ligado a este blogue que consegue ler R&C e que não se limita a amplificar a ignorância de todos aqueles que só sabem falar do passivo única exclusivamente. Só mesmo quem é totalmente ignorante na matéria é que alguma vez pode dizer dissociar no caso do Benfica o aumento do,passivo com o aumento de activo e de investimento realizado nos últimos anos. Quanto aos resultados operacionais, só mostram que o Benfica e único dos três grandes que tem capacidade de se auto-sustentar tendo em conta o seu dia a dia. Já os outros dois em especial para o clube lá de cima, as contas mostram bem que estão a viver bem acima das suas possibilidades.

    João da Neves

    ResponderEliminar
  4. Saudades destas análises... Obrigado pelo regresso. grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rave_n, quando for pertinente irei escrever a minha opinião sobre estes assuntos. Grande Abraço!

      Eliminar
  5. Sou o que menos entendo de contas mas falou quem sabe muito bem vindo Benfica Eagle o texto e muito esclarecedor gostei sinceramente..

    ResponderEliminar
  6. Uma análise bastante interessante!
    Pela 1a vez vejo uma comparação dos vários R&C dos 3 grandes.
    Não existindo um "campeonato dos R&C", este texto, a ser verdade os valores apresentados, demonstra que o clube que está melhor é o SLB.
    Para os "jornalistas" que apenas olham para o Passivo, lanço o seguinte desafio:
    Se tivessem que investir 1€ numa SAD, qual escolhiam?

    José Ribeiro

    PS: Na Bola a notícia é "Relatório e Contas com balanço positivo de 30.5 milhões de euros"- ?!?! Enviem este post para o "jornalista"...

    ResponderEliminar
  7. Não deixa de ser preocupante que o Benfica em 9 meses tem 15,8M de lucro, mas à custa da venda de Matic+Rodrigo+André Gomes. Não fosse essas vendas e teria valores negativos preocupantes.

    Uma epoca má e a dificuldade em vender jogadores torna tudo mais complicado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago Fouto,

      Existem 62M€ de proveitos (mais-valias) com as vendas, mas também existem 29M€ de custos e amortizações dos jogadores, além do custo relacionado com os juros do investimento em jogadores, que representa cerca de 10M€/Ano, para além dos juros de outros investimentos.

      A actividade operacional do Benfica (sem considerar jogadores e juros) é a mais equilibrada e sustentável dos 3 Grandes. Isso são factos objectivos. Nem se trata de uma opinião.

      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Realmente os números estão lá mas a tendencia para nos levar onde se pretende também lá está. Basta uma pequena analise na parcela de proveitos com atletas para verificar que a diferença reside apenas aí. O SLB faturou 62 M(fundamentalmente das vendas do Rodrigo, A. Gomes e Matic) e o FCP 12M (pois neste período praticamente não vendeu ninguém), ou seja uma diferença de 50M. Valor esse que se retirarmos das contas do SLB este apresentaria um resultado negativo de cerca de 35M, ou seja muito próximo do valor apresentado pelo FCP. Se a isto adicionarmos o fato das mais valias exepcionais conseguidas na maior longevidade (chegada à final) na liga europa, adicionando ainda a tão afamada receita com a BenficaTV, facilmente se verifica quem anda nas ruas da amargura. Com isto se vê que não é só o FCP que está dependente da venda de jogadores.

      Eliminar
    3. obviamente o benfica ainda precisa e vai precisar de vender mas menos que o porto. senão vejamos, o benfica tem a Btv que vai gerar lucros cada vez maiores, nao podemos esquecer que as amortizações foram de 10M e que mesmo tendo feito algum dinheiro em ir a final da liga europa isto não se equipara ao fazer uma boa campanha da liga dos campeões, ao qual o benfica tinha obrigação de fazer melhor (cabeça de serie).

      Eliminar
  8. Como se sabe os dados concretos dos R&C se o SLB, pelo menos, ainda não tornou publico o seu R&C?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/PCT50666.pdf

      Eliminar
  9. CMVM,sabem o que é??
    Está lá tudo!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Já ouviu falar de relatórios intercalares ?

    http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/PCT50666.pdf

    ResponderEliminar
  11. eu sei que o blog é benfiquista mas este post sobre relatorio e contas dos grandes podia ver as coisas de forma mais imparcial...

    vender o que esta a vista de todos como uma "estrategia de altissimo risco do porto" e nao ver a estrategia de altissimo risco que é o passivo do benfica...

    Olhar para o relatorio deste trimestre em que o benfica "vendeu" 3 jogadores e o porto apenas um... sem o enquadrar numa perspectiva anual (no espaço de um ano o porto vendeu mais que o benfica - JMoutinho, James e Otamendi para referir os mais volumosos)

    ha 10 anos que a estrategia do porto é de suportar o defice operacional com grandes vendas,.. onde está a novidade? Fernando e Jackson podem ser vendidos, tal como foram o Moutinho, o Lucho, o Lisandro, o Falcao, o Palito, etc.. E para o ano serao o Alex Sandro, o Mangala, e depois o Quintero e o Danilo, e depois o Manuel e o Manuel. Esta politica tem-se mantido estavel até ver (sim um dia mudara porque tudo muda...mas nada indica que tenha que ser este ano para alem dos blogs benfiquistas que tem fontes seguras de que o edificio financeiro do porto esta a ruir)...

    agora a estrategia de fazer crescer o passivo (ja para la do dobro do porto), é que nunca podera ser uma politica estavel. O benfica nao pode eternamente fazer crescer o passivo sob pena de passar um mau bocado (vide sporting).
    Qual o tecto gerivel de passivo do benfica? isso nao sei...é certamente superior ao do sporting (porque é um clube com maior dimensao)...
    mas tenho muitas duvidas que seja aceitavel estar para la do dobro do porto que é por onde andam neste momento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A estratégia orçamental do Porto é muito dependente de receitas transaccionais. Basta um mau momento desportivo, e puff, os mercados fecham-se. Isto cria divida, e falta de competitividade no ataque às novas épocas. Foi estável enquanto a Banca podia financiar tudo emais alguma coisa. Nesta altura e muita a diferença entre receitas do Porto e Benfica (as que não estão dependentes de resultados desportivos) e já é muito saliente e evidente que a BTV está a tornar-se um dínamo de receitas (não era a toa que o Porto queria revisões automáticas nos contratos sportv, para 80% do contrato benfica, mitigava a capacidade financeira do benfica).

      Eliminar
    2. Benfica SAD - Passivo concentrado numa só empresa.
      Porto SAD - Passivo desconcentrado em várias empresas.

      Eliminar
    3. Hugo Valente

      A estratégia do Porto é de altíssimo risco por ter apenas 60M€ de proveitos "garantidos" para a próxima época e ter custos anuais que rondam os 150M€!!!

      SE conseguirem a qualificação para a Champions e tiverem boa prestação conseguem 20M€, e SE venderem mais 3 ou 4 titulares na próxima época conseguem 60M€ a 70M€ em mais-valias chegando aos 150M€ de proveitos necessários. No entanto temos aqui muitos "SE's". Algo que no caso do Benfica, na próxima época não se coloca.

      Quanto à questão do Passivo, nenhuma estratégia é de risco sem se considerar a relação Activo/Passivo e a relação Proveitos anuais/Passivo.

      O Activo/Passivo está equilibrado embora eu defenda, desde há muitos anos, que os Capitais Próprios tem de subir, obtendo-se melhores resultados do exercício. Numa fase de investimentos em "contra-ciclo" também sei que é mais complicado de se obter esses lucros, mas nos próximos anos é desejável que isso aconteça.

      Quanto à relação Proveitos/Passivo, uma SAD que tem um rácio de 160/400 (0,4) (2,5 anos de actividade para pagar o passivo) é um rácio aceitável e equilibrado.

      Quem dera que uma família comprasse Casa/Carro/Mobília e em 2 anos e meio de trabalho conseguisse "pagar" o seu passivo ;)

      Cumprimentos

      Eliminar
    4. Escapou-lhe esta frase do artigo: "Quanto aos Balanços, o Benfica tem quase toda a sua actividade na SAD (incluindo o Estádio, Centro de Estágio, Benfica Tv e um financiamento da SAD ao Clube de 45M€), e por esse facto apresenta mais do dobro do Activo dos rivais."
      Não pode comparar passivos pois são de âmbitos diferentes....

      Eliminar
    5. Eagle,

      Em principio, qualquer empresa responsavel tem uma dimensao ideal de passivo. Esse passivo é gerivel e nao cresce nem diminui. Nenhuma SAD tem interesse em reduzir o passivo a zero (porque o passivo é dinheiro muito mais barato do que capitais proprios). Com esse passivo estavel, qualquer empresa responsavel apontara para ter custos anuais iguais as suas receitas. Como dizes que o porto tem 60M€ garantidos de proveitos, acrescento eu que tera muitos milhoes de euros garantidos de vendas (Jackson e outros). Dessa forma, obvio que a SAD do Porto aponta para um orçamento anual de 60M€ receitas + xM€ de vendas. Até aqui tudo normal... Um ano melhor (epoca mourinho ou epoca Vilas Boas) permite reduzir esse passivo, um ano pior permite aumentar... Bottom Line - passivo mais ou menos estavel. Se um dia ninguem mais comprar jogdores ao porto...ok ai podemos falar de riscos no clube... mas até o SLB esta dependente dessas receitas extraordinarias..dependente.... e com o dobro do passivo para sustentar.

      Quanto ao benfica... eu considero aqui maior risco porque o benfica nunca soube estabilizar o passivo e este tem aumentado. Claro.. o activo tambem... de outra forma ja tinha implodido.. a questao é que é tudo activo que nao pode ser transaccionado - estadio, BTV, etc. Este activo tem que ser usado para gerar receitas... mas.. outra vez..ate agora, ainda nao conseguiu estabilizar.
      Porque usas proveitos/passsivo?? o benfica como sabes nunca pode usar os seus proveitos para pagar o passivo... tens que descontar os custos e ai é que a porca torçe o rabo.
      O racio proveitos/passivo é altamente dependente do negocio - um negocio com uma margem de lucro alta (consultoria por exemplo) é totalmente distinto de um outro negocio que por cada euro de proveito recebe apenas um centimo de lucro (supermercados). Neste caso hipotetico de supermercados 160M€ de proveitos renderia 1,6M€ de lucro... seria algo como 250 anos para pagar o passivo...

      A BTV é um projecto interessante... mas caramba, de repente acham que tem a galinha dos ovos de ouro e dentro de mais um ano o benfica vai receber 100M€ anuais da televisao...ou mais...

      Eliminar
    6. Sr. Hugo Valente.
      Benfica com um B grande por favor. Afinal de contas o Sr. está na nossa casa....não é sr. hugo valente?

      Eliminar
    7. João Carvalho31/05/14, 10:49

      Discordo. Tanto as vendas de jogadores como a entrada na Champions são na minha opinião receitas extraordinárias, podem acontecer ou não. Assim como o seu montante. São muito difíceis de prever e de orçamentar, embora possa ser feito uma simulação (ao fim e ao cabo o orçamento é uma simulação). A melhor prova é a entrada do Porto este ano na Champions. Terá de forçar entrada passando o play-off, ninguém pode garantir que passa. Garantir isso de antemão é o primeiro passo para que não aconteça.
      Chamar essas receitas de "garantidas" acho eu que é uma forma de arrogância e que pode levar a graves dissabores. Um gestor responsável não faz isso e deve ter sempre um plano B de emergência.

      Posso dar um exemplo concreto. Se este ano o Porto não conseguisse vender mais nenhum jogador tinha de fechar as portas. Tão simples como isso. As vendas do Mangala e do Jackson, por exemplo, já têm destino.

      Eliminar
    8. Hugo Valente, o João Carvalho explicou o que qualquer pessoa responsável deve pensar.
      Nenhuma SAD pode ter 60M€ de receitas garantidas no início de uma época e pensar gastar 150M€ nessa época!!!
      Mais grave se torna essa irresponsabilidade quando se sabe que o Fair-Play Financeiro vai começar a doer a sério.

      Eliminar
    9. Eagle e Joao,

      entao mas se o porto nos ultimos 10 anos equilibrou uma estrategia baseada em receitas extraordinarias...
      entao quereriam voçes que o porto a cada ano assumisse o pior cenario e elaborasse orçamentos baseados apenas nas receitas garantidas?... dessa forma nao so ja nao haveria passivo como a sad estaria a distribuir dividendos...
      qualquer empresa responsavel quando faz o seu orçamento nao assume o pior cenario mas sim o cenario medio. Anos bons reduzem passivo, anos maus aumentam... é assim.
      Portanto claro que tem que assumir vendas....e claro que tem que assumir alguma coisa da champios...se nao me engano é normalmente passar fase de grupos e nada mais. Este foi um ano mau... tal como o anterior com as vendas do james e moutinho foi um ano bom...
      Com jogadores com o mercado do mangala e do jackson nao me parece irresponsavel assumir um orçamento alto...

      Joao... essa das vendas terem destino é uma distorçao dos factos. os passes do mangala e do jackson foram dados como colateral num emprestimo. Em caso de venda dos passes o porto tera que pagar o emprestimo ou dar outro colateral ao banco (outro passe por exemplo... ou que raios ate pode dar o estadio..é um colateral nada mais).
      E nao vejo como defendem que o Benfica (Viriato nao é minha intençao ofender ninguem.... :)) está numa situaçao diferente... entao para cumprir com o orçamento nao teve que vender o Matic abaixo do seu valor em dezembro?...isso é o que????

      Eliminar
    10. João Carvalho31/05/14, 17:14

      Hugo, estás iludido em relação ao Jackson e Mangala. Não se podem mudar as regras quando o jogo já começou. E não podem dar o estádio. Obviamente.

      O que o Porto fez nos outros anos não interessa absolutamente nada. As circunstâncias mudam, o mercado está sempre a mudar e até a qualidade da gestão muda. O passado não pode ser extrapolado para o futuro. Um jogador que parta a perna deixa logo tudo de pantanas.

      Os orçamentos em geral fazem-se sem a inclusão de proveitos extraordinários. Obviamente podem construir-se diversos cenários mas um orçamento, que no fim de contas e acima de tudo é um instrumento interno de ajuda à gestão, como um mapa quando se anda por caminhos desconhecidos, não deve incluir proveitos extraordinários.

      Cada um gere a sua empresa como quer, a tolerância ao risco varia de investidor para investidor, mas quando uma empresa é cotada em bolsa deve existir muito bom senso e alguma prudência. Contar que se vai todos os anos à Champions e se atinge os oitavos, vendas de 80M por ano, etc, não é correcto acho que é perigoso. E este ano estamos a ver isso.

      É por pensar assim que o Sporting está onde está e o Porto vai a caminho em passo acelerado.

      Eliminar
    11. hugo, não se pode gerir uma empresa com base nos ses. temos de ter por base tanto a situação económica e reduzir custos operacionais pois receitas extraordinárias não dependem de nos. sendo benfiquista e cego por o meu clube tenho de dar valor a quem compreende isto e no caso do sporting, esta compreensão de que era preciso reduzir custos foi benéfica para o clube e ate gerou mais sucesso desportivo. apesar de ainda faltar muito para chegar a uma situação financeira como a do benfica (apesar de não estar assim tão estável). apesar de tudo acho que o benfica precisava urgentemente de reduzir a folha salarial e cada vez mais apostar na formação pois só trás vantagens: alem de sabermos logo a qualidade destes, não se investe tanto em jogadores e tanto em salários.

      Eliminar
  12. Quem sabe, sabe...

    QUE SAUDADES!

    Uma lição de finança para perceberem os não financeiros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço o desafio e o convite. Abraço

      Eliminar
  13. Óptimo post. Partilho e tenho defendido que o Porto tem um modelo de negócio ultrapassado e de elevado risco. depende muito de transferências de jogadores, logo de receitas transaccionais. Logo quando corre mal, precisa de endividamento. A BTV para mim é a chave pois coloca as receitas recorrentes do benfica bem acima dos 100 milhões (alias como ja vem bem clarificado nos relatórios deloitte). Para "andar" na mesma velocidade o Porto precisa de arriscar mais, e fica financeiramente exposto. Se não alterar-se a estratégia no Porto, eu diria que é financeiramente uma "pequena Grécia" a espera de acontecer. Qt ao benfica , julgo que esta a caminhar o caminho correcto. O negócio core é entretenimento (a experiência de um jogo de futebol), e os canais de distribuição são os tradicionais (estádio) , os modernos (televisão) e novos canais digitais (tablets etc..). Esta Apple approach , com a mutação que temos a nível mundial em termos de novos habitos, permite capitalizar mais que apenas o espaço do país. Ou seja estamos a "monetizar" a dimensão global do Benfica, com a golpada Benfica TV. não me espantaria de ver em 2/3 anos os 600 mil assinantes médios por temporada e receitas em torno dos 70/80 milhões/ano. A ver vamos....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas atenção o Benfica também está muito dependente das transferências. O Benfica apresentou um lucro de 16M. E vendeu 3 jogadores por 55M de euros. Se não tivesse vendido ninguém ficava com um prejuízo de 40 Milhões... Claro que se vende sempre alguém... Da mesma forma que o Porto vai vender...

      O Benfica tem mais 8M em 9 meses de custos financeiros, juros, que o Porto. Isso descontado à BTV não torna assim a situação tão diferente...

      Eliminar
    2. Receitas em torno dos 70/80? Acho que 600 mil assinantes médios é muito. Um número irrealista... Espero que não, mas sinceramente não me parece...

      Eliminar
    3. Tiago Fouto tomo a liberdade de fazer copy-paste a uma resposta que lhe dei ao seu 1º comentário, sobre o mesmo assunto das vendas do Benfica:



      "Benfica Eagle 31 Maio, 2014 00:55

      Tiago Fouto,

      Existem 62M€ de proveitos (mais-valias) com as vendas, mas também existem 29M€ de custos e amortizações dos jogadores, além do custo relacionado com os juros do investimento em jogadores, que representa cerca de 10M€/Ano, para além dos juros de outros investimentos.

      A actividade operacional do Benfica (sem considerar jogadores e juros) é a mais equilibrada e sustentável dos 3 Grandes. Isso são factos objectivos. Nem se trata de uma opinião.

      Cumprimentos"

      Eliminar
    4. Tiago , obviamente que o Benfica não está imune às receitas transaccionais das vendas. Mas é claramente muito menos do que o Porto. E essa diferença , na minha opinião, vai acentuar-se nos próximos dois anos.

      Quanto à Benfica TV, no meu modelo caseiro de avaliação - e utilizando os pressupostos do DSO e da SAD - os assinantes médios desta época foram em torno dos 270/275 mil. e isto aponta para +/- 32/34 milhões euros proveitos só nos primeiro 12 meses, retirando os custos daria +/-25 milhões net income. Fazendo fé que esta média em 2014/2015 sobe para 375 mil (terminamos a época com quase 400 mil assinantes) estaremos já a falar de uma receita de 44 milhões ano (tirando custos , que DSO aponta estarem em torno dos 9 milhões) estamos a falar de 35 milhões em 2015. Quanto aos 600 mil , vamos ver o meu central case aponta para algo em torno dos 450/500 mil , mas como disse no post, o mundo esta a alterar os seus padrões e hábitos de consumo. Não ficaria surpreendido de ver a oferta digital do canal (sobretudo em suportes de nova geração) crescer bem acima da média. Alias, digo te até mais. se o negocio for escalável para fora de portas, e um ou outro apontamento for feito na oferta (como foi o caso da liga inglesa) a 5 anos acho que isto é brincadeira para valer um milhão assinantes médios. Claro que já estive enganado antes.. abç

      Eliminar
  14. O Porto está ainda pior.
    As vendas do Mangala e do Jackson estão "earmarked" pelos bancos, isto é, terão de ser vendidos obrigatoriamente antes de Outubro para pagar um empréstimo de 30M aos bancos. Por isso, esse dinheiro não poderá ser utilizado nem para investimentos nem pagamento de dívidas que têm a atletas e funcionários ou a outras fontes. Esse dinheiro terá de vir de outras vendas.

    ResponderEliminar
  15. E alguém sabe ao certo qual é o passivo consolidado mais elevado dos 3? Será que depois da entrevista do LFV nenhum jornalista teve interesse em esclarecer o assunto?

    ResponderEliminar
  16. «O passivo do conjunto Sporting no seu todo segundo o “entendido” ROC anda nos 430 milhões. Mas estaria muito pior se por lá estivesse GL.»Companheiros,tirei esta pérola de um blog lagarto.É por isso que o nosso presidente LFV afirmou que o passivo do Benfica não era o maior.FS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pedro Santos Guerreiro, esta semana referiu um relatório que circula no sistema financeiro, que refere que o Sporting tem mais 300M€ de passivo além da SAD. Ou seja, o passivo total do Sporting ronda os 550M€.

      Eliminar
    2. Realmente sempre ouvi dizer que o passivo do Sporting seria a rondar os 500 milhões, se fossem os 200 e qualquer coisa milhões que BC apresentou, ou 300, não era caso para tanto alarme, em termos de passivo claro...

      Eliminar
  17. Nuno Moreira31/05/14, 07:27

    Excelente analise. A verdade e que clubes Portugueses para serem competitivos na Europa tem de assumir estas estrategias de risco na base de venda de jogadores.
    A parte que nao tem sido referido mas que entendo importante e o valor de custos financeiros indicados como 18M€. Ou seja, ainda nao comecou o ano e partimos logo do negativo com uma grande responsabilidade financeira. Alguem sabe quando termina o emprestimo do Estadio? Na reportagem do Veja dava a entender que nao faltava muito... No meu entender grande parte do sucesso futuro do Benfica passa de facto por acabar de pagar o estadio, trabalhar a formacao e a idenrificacao precoce de talentos para realizacao de mais valias e boas campanhas desportivas e o desenvolvimento mundial da marca Benfica, nomeadamente BTV. Depois podemos ser muito grandes....

    ResponderEliminar
  18. Benfica Eagle, como portista deixe que o felicite pela análise aos RC dos 3 grandes, eu cá confesso-me completamente ignorante nesses aspetos.
    Tenho apenas curiosidade num aspeto, que diz respeito à BTV, todas as previsões apontão para receitas na ordem dos 30M (nada de anormal, tendo em conta o universo de adeptos benfiquistas) mas não vi ainda (que me lembre) qualquer previsão de despesa da BTV! Acho que só depois de se saberem exatamente essa diferença de valores é que se poderá falar em sucesso, ou não, da BTV! Ou existe no RC algum dado que nos permita saber isso?

    Cumprimentos,
    André Guimarães

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. André Guimarães, agradeço a sua visita, o seu comentário, o seu interesse na BTV e estou à vontade para trocar opiniões com qualquer adepto, seja de que clube for, apresentando cortesia e boa educação como você o fez.

      Quanto à Benfica TV, como qualquer projecto de subscrição que inicia a sua actividade, nos primeiros meses as receitas do projecto não foram iguais às receitas que neste momento o projecto está a ter.

      Sabe-se que o Benfica facturou em direitos televisivos:
      - 4,8M€ no 1º trimestre,
      - 7M€ no 2º trimestre,
      - 8,8M€ no 3º trimestre

      É previsível que chegue a mais de 10M€ no 4º trimestre, o que dará 30M€ de receita no 1º ano de subscrição.
      No entanto, basta que no próximo ano a receita se mantenha estável para chegar aos 40M€/Ano (10M€ por trimestre).
      A despesa ronda os 9M€/Ano, o que poderá significar um "valor liquido" de 21M€ esta época e de 31M€ na próxima época.
      É possível que o nº de subscritores na próxima época aumente ainda mais, e nesse cenário as receitas podem chegar aos 50M€ e o valor liquido poderá aproximar-se dos 40M€.

      Estou à vontade para falar sobre este assunto. É provável que não saiba, mas eu fui uma das poucas pessoas que desde há 7 anos já escrevia que os direitos televisivos do Benfica valiam os 40M€/Ano, mesmo antes de a direcção do Benfica se manifestar publicamente sobre o assunto, e numa altura em que a grande maioria dos benfiquistas na altura não acreditava e desdenhava essas opiniões. Na próxima época o mais certo é esse ser o valor obtido pelo Benfica em direitos televisivos, que é algo mais do que justo face à dimensão dos seus adeptos.

      Cumprimentos

      Eliminar
    2. Ao que li em comentários acima, parece que os custos rondarão os 9 milhões. Não sei é se aos 30 já estão deduzidos os custos... Estamos a falar no primeiro ano de BTV e se tiver um lucro de 20 milhões é absolutamente fantástico...

      Eliminar
    3. Mas estão a falar somente em subscrições. ..
      Então e a publicidade, vendas dos jogos para o estrangeiro e todas as outras receitas inerentes à Benfica Tv?

      Eliminar
  19. Od adeptos do Porto que comentam, sempre em negação, esquecem-se de uma coisa muito importante, do cash flow. O Porto tem um cash flow muito negativo, acima dos 20M negativos em 9 meses. Esse facto, não ter dinheiro para pagar os compromissos de curto prazo nem a possibilidade de se financiar para o fazer (aumento do passivo), é o primeiro passo para a falência.
    O Benfica é dos 3 grande de longe o que tem a gestão mais eficiente e mais equilibrada. Isso mede-se pela percentagem dos resultados operacionais em relação aos proveitos operacionais, o que a tabela acima não permite ver.

    ResponderEliminar
  20. Destaco neste trabalho de comparação dos resultados das 3 SAD's o facto da do Benfica apresentar gastos financeiros (juros empréstimos bancários e obrigaccionistas, fundamentalmente) superiores aos do Porto e muito superiores aos do Sporting, por motivos diferentes.
    Face ao Sporting, resultado certamente da tal reestruturação financeira ("perdão" de juros durante largos anos) que BES e BCP acordaram. São valores na ordem dos 16/17 M € no final do ano.
    Quanto ao Porto, resulta da sua não inclusão nas Contas consolidadas da Empresa que detém o estádio, com impacto em Activos e Passivos que deverão, pelo menos, andar na ordem dos 150 M€, o que com uma taxa de juro de 7/8% representaria encargos entre os 11/12 M€ anuais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não é líquido que tenha existido perdão ao Sporting, na medida em que se tal acontecesse seria um escândalo e o mesmo tratamento teria de ser dado aos outros clubes.

      O que acontece é que o Sporting tem 300M€ de passivo no clube (informação divulgada por Pedro Santos Guerreiro), e como tal não apresenta esse custo dos juros no R&C da SAD.

      Quanto ao Porto, é verdade que o Estádio do Dragão se encontra numa empresa chamada EuroAntas que não consolida na SAD e também se sabe que o Centro de Estágio pertence à C. M. de Gaia (com empréstimo de longo duração a baixo custo) e como tal também não consolida na SAD.

      São realidades incomparáveis, e por isso referi o facto de os Activos da Benfica SAD são o dobro dos Activos das restantes SAD's pelo facto de serem considerados na nossa SAD, o Estádio, Centro de Estágio, Benfica Tv, e ainda um financiamento da SAD ao clube na ordem dos 45M€.

      Eliminar
    2. Benfica Eagle,

      Antes de mais os meus parabéns pela excelente analise que fez neste nosso espaço de Benfiquistas, espero que seja a primeira(?) de muitas.

      Quanto ao assunto EuroAntas e Centro de estágio gostaria de esclarecer uma duvida. Permita-me que faça uma pequena citação da sua anterior resposta: "Quanto ao Porto, é verdade que o Estádio do Dragão se encontra numa empresa chamada EuroAntas que não consolida na SAD e também se sabe que o Centro de Estágio pertence à C. M. de Gaia (com empréstimo de longo duração a baixo custo) e como tal também não consolida na SAD."

      Tem a certeza que essas empresas não estão consolidadas? É que fiz uma breve leitura pelo R&C e está lá discriminada pelo menos a EuroAntas. O centro de estágios, dado que não pertence ao Porto, é natural que possa não aparecer, nem sequer tenha passivo atribuído, dado que quem arca com as despesas é a CM de Gaia.


      Com os melhores cumprimentos,
      JF

      Eliminar
    3. JF,

      no R&C da Porto SAD apenas estão considerados 1,2M€ de investimentos tangíveis (edifícios, terrenos, etc)

      Como é que poderia estar incluído o Estádio na SAD, com um valor desses? :)

      O que existe é um pagamento anual da SAD à EuroAntas, e a contabilidade dessa empresa permanece "escondida".

      Cumprimentos

      Eliminar
    4. Caro Benfica Eagle,

      Ainda a respeito da questão dos juros do Sporting, chamo a atenção para o facto do Passivo bancário da sua SAD, que só esse conheço, rondar, números gordos, 200 M€. Os gastos financeiros contabilizados são de cerca de 5M€. Isto dá uma taxa de juro anual de cerca de 3%. Incomparável com a da Benfica SAD.
      Acho pouco crível que haja juros relativos à SAD que estejam a ser debitadas a outras Empresas do grupo.

      Eliminar
    5. Verifiquei agora que esta questão foi abordada mais abaixo, onde até os cálculos coincidem com os que referi. Fica assim sem efeito.

      Eliminar
  21. O que o presi disse na sua entrevista, foi o que se chama de "tapar o sol com a peneira". Óbvio que se referia ao SCP. É também óbvio que falar de quem tem o maior passivo, é conversa de encher chouriço. As coisas não têm comparação, não podem ser comparadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, se bem me lembro da entrevista, Luís Filipe Vieira apenas se referiu a esse assunto porque o jornalista tocou nesse ponto indicando que o Benfica teria o maior passivo.

      A única resposta possível de Luís Filipe Vieira foi indicar que essa informação é falsa, e que investigasse melhor o assunto.

      Não compete ao LFV andar a dar conhecimento da contabilidade total do Porto e do Sporting. Esses clubes é que deveriam ser mais transparentes e apresentar publicamente, e de forma acessível, os seus relatórios e contas consolidados de todo o Grupo Empresarial.

      Eliminar
  22. Ora vamos lá decompor,um pouco, os números do R&C:

    Excluindo resultados de passes, num ano atípico (FC Porto morto e SLB no topo), tens uma diferença de €9MM.
    Tens €170MM de dívida bancária a mais no SLB
    O SLB teria que ser melhor, na mesma proporção, do que o FC Porto (assumindo que eram iguais no que resulta de entradas e saídas), durante 18 anos...
    Há muita forma de pegar nos números.
    Tinha um colega que diziaque os números não mentem mas os mentirosos usam os números como bem lhes interessa.
    Hoje, preferia gerir o Porto do que qq um dos outros. De caras!

    Empréstimos bancários da SAD, sem estádio, são €190MM superiores ao do FC Porto.
    O FC Porto acaba de pagar o estádio daqui a 3 anos.
    O SLB tem dívidas de €80MM e pagará juros e capital até 2024!!!
    Só este ano já tem que pagar uma "batelada" de dinheiro. Ou isso, ou mais um empréstimo obrigacionista.

    €290MM de dívida bancária da Benfica SAD, não incluindo o estádio (o que mata o argumento da "consolidação" que normalmente é usado).

    A Porto SAD tem menos de €120MM de dívida bancária - quando perguntarem onde estão as mais valias das transferências, estão aqui, nestes €170MM de diferença. estes €170MM excluem Rodrigo e A. Gomes. Coloca aqui €8MM do Garay, €55MM de Enzo+Gaitan e €7MM do Cardozo. Faltam €100MM.

    Publicidade e sponsorização: Adidas com super contrato,PT nem se fala, ... SLB, €12MM; FC Porto, €11MM.

    Outra nota sobre o quadro dos empréstimos bancários é que, no caso da Benfica Estádio, o valor em vez de baixar (por pagamento), sobe.
    Fala-se em reduzir o passivo, mas aumenta-se em 22MM a divida.

    Todo o burro come palha é preciso é saber dá-la!

    Esperemos que os próximos anos sejam de sucesso desportivo por parte do SLB, e atenção que é isso que quero, porque senão...lá teremos a sporntinguizaçao no nosso Clube!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Mário,

      Sem transferência de atletas temos SLB 75.8 e FCP 58.3, o que dá na realidade 17.5 e não 9 como referiu.

      Quanto ao estádio está, pelos vistos muito bem informado relativamente à Euroantas. Relativamente ao SLB deixe-me informá-lo que quando da reestruturação da dívida e absorção da Benfica Estádio pela SAD, a dívida foi consolidada. Não faz sentido neste momento dizer que o Estádio está ou não pago. Sabe-se que a Benfica Estádio, no passado aumentou a divida para financiar o clube e por ai fora. Neste momento o endividamento externo está todo na SAD.

      Quanto ao resto, lá em cima há coisas muito estranhas, em ano de crise e com menos receitas de cativos e bilheteira o merchandising aumenta mais de 50% e por aí fora.

      O nosso endividamento é preocupante? Sem dúvida, mas em termos orcamentais temos mais realismo.
      O endividamento e o orçamento dos outros, é importante comparar porque disputam o campeonato conosco. Quanto ao resto, é problema deles.


      Abraço

      João

      PS: é como a informação, que a ser verdade, contratam em período de contenção (são eles que dizem) Shikabala e Montero com encargos de 2,4M€ e 2,7M€ (ano).

      Eliminar
    2. Mário Rodrigues, Boa Tarde

      1ª Nota) Excluindo transacções de jogadores ... e juros ... a diferença não é de 9M€ mas sim de 15,3M€ em apenas 9 meses! (-2,9M€ / -18,3M€) Essa é a rúbrica a ser analisada, ou agora na torre das Antas inventou-se uma nova classificação contabilística?? :)

      2ª Nota) Existe mais Passivo, e existe mais Activo. Se eu tiver contraído empréstimo para 3 apartamentos e você tiver contraído empréstimo para apenas 1 apartamento é natural que a minha dívida bancária seja maior do que a sua. Esquecer-se que eu tenho 3 apartamentos e você tem apenas 1 apartamento denota alguma má fé ;)

      3ª Nota) O Porto acaba de pagar o estádio daqui a 3 anos??? Como é que sabe isso, se as contas da EuroAntas nunca foram conhecidas e nem se sabe o passivo de tal sociedade? Essa EuroAntas tem contas mais escondidas do que uma off-shore ;) Para "suposto" adepto do Benfica parece muito preocupado com as contas desse clube, mas desconhece alguns factos importantes ;)

      4ª Nota) Afirmar-se que o Benfica tem muito dinheiro para pagar este ano demonstra a pouca compreensão de como funciona o financiamento de uma empresa. Numa altura que os juros estão altíssimos (devido à crise financeira internacional) é natural que os compromissos de financiamento sejam a curto-prazo, renovados consecutivamente, de forma a ir aproveitando os juros menores que serão praticados nos próximos anos. Agora paga-se 8% e dentro de 1 a 2 anos volta aos 6% a 7%.

      5ª Nota) A sua tentativa de relacionar o passivo apenas com os jogadores é no mínimo absurda, já que o passivo do Benfica serviu para investir mais de 194M€ em Activos intangíveis (jogadores, marca benfica, direitos televisivos) que neste momento já estão "Amortizados" em 92M€, e além disso permitiu investir mais de 247M€ em activos tangíveis (terrenos, estádio, centro de estágio, galeria comercial, museu, equipamento básico, equipamento administrativo, etc) que neste momento já estão amortizados em 84M€. Os investimentos tangíveis e intangíveis totais da Benfica SAD foram de 441M€!!!!

      Sabe quais foram os investimentos da Porto SAD? 1,2M€ líquidos de Activos tangíveis e 119M€ brutos (64M€ líquidos) de Activos intangíveis (sobretudo jogadores).

      Estamos a comparar 441M€ de investimentos totais da Benfica SAD com 120M€ de investimentos totais da Porto SAD?!?!?!? Mais uma vez, referir-se ao passivo sem comparar o volume dos investimentos das 2 SAD's denota má-fé.

      6ª Nota) Relativamente à publicidade e sponsorização, o contrato com a Adidas só há cerca de 1 mês foi renovado para o dobro, não se reflectindo ainda nas contas apresentadas. Quanto aos patrocínios dos namings e da camisola do Benfica, tratam-se de contratos muito antigos, e se o Benfica com contratos antigos consegue ainda estar ao nível do Porto (o mesmo aconteceu com os direitos televisivos) é sinal que com as renovações dos contratos de publicidade o Benfica poderá receber muito mais do que o Porto nos próximos tempos ;)

      7ª Nota) Relativamente aos empréstimos da Benfica Estádio ao nível do "project finance" a sua dificuldade em consultar o R&C e de fazer contas de somar (não corrente pág. 27 e corrente pág. 28) é que fez com que não entendesse que o financiamento do project finance baixou de 64,9M€ para 58,9M€ em vez de "aumentar" como tentou escrever.

      8ª Nota) A sua afirmação "fala-se em reduzir o passivo, mas aumenta-se em 22M€ a dívida" é no mínimo um hino à "azelhice" em termos de finanças. Você por acaso sabe o que significa passivo?? E o que significa dívida?? O passivo baixou de 440M€ para 423M€ (Pág. 14 do R&C do 3º Trim.). Aprenda a consultar os R&C se pretende argumentar sobre contabilidade e finanças.

      Para terminar, uma última nota... você é que sabe que "palha" anda a comer, mas de facto para ter de o corrigir 8 vezes, de facto a sua palha anda com muito má qualidade.

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. O Balanço dá uma fotografia da empresa numa determinada data. Actualmente ninguém gere empresas pelo Balanço, isso é coisa do passado para os bancos e seguradoras. Gerir pelo Balanço é como conduzir um carro pelo espelho retrovisor. Já passou à História.

      Mas se se derem ao trabalho de verificar os balanços do Porto dos últimos 3 anos irão verificar uma deterioração constante dos mesmos. A nível de passivo e os custos do seu financiamento têm aumentado. Também tem havido uma descida constante dos rácios dos proveitos, a capacidade de gerar resultados positivos.

      O Porto em virtude de não consolidar todas as empresas do grupo, não mostra todos os activos nem passivos (nem sequer discrimina todos os custos que estão escondidos nos FSE), por isso o Balanço do Porto não pode ser comparado ao do Benfica porque este engloba tudo, estamos a comparar alhos com bugalhos. Era interessante saber os activos e os passivos das empresas fora da consolidação. Penso que as pessoas teriam uma surpresa!
      Porque não os mostram, têm algo a esconder?

      A Demonstração de resultados é muito mais dinâmica e mostra como a gestão está a ser feita, como foi feita e como irá ser feita. Mostra a competência da gestão e dos gestores. A diferença entre os proveitos do Benfica e do Porto tem vindo a aumentar ano após ano a favor do Benfica. O rácio entre os resultados operacionais e os proveitos operacionais mede a qualidade e a eficácia da gestão. O Porto está a anos luz, os seus proveitos operacionais não conseguem cobrir os custos operacionais em mais de 30%.

      O cash flow é um dos rácios mais importantes de uma empresa e acho estranho que tenha sido ignorado por todos os adeptos do Porto que discutem os R&C. Esse facto originou este ano, e o ano passado, salários em atraso no Porto que têm de ser cobertos durante o período de verão. Neste momento o cash flow do Porto comparado com o do Benfica deve ser superior a 60M€.

      Uma empresa sem liquidez fecha! Ponto! A não ser que alguém lhe deite a mão, como aconteceu com o Sporting. E aconteceu com Portugal com a Troika.

      Tendo dois dos activos mais valiosos e líquidos já "reservados" pelos bancos, Jackson e Mangala (deste têm apenas 56%), para pagar um empréstimo de 30M€, se neste momento não fosse possível ao Porto vender mais nenhum jogador o Porto fechava as portas em Agosto! O Benfica não! A diferença é abismal!

      O que está a acontecer ao Porto não é uma situação pontual é o culminar de um lento processo que tem vindo a ser preparado ao longo dos últimos anos.

      Mas para os benfiquistas ainda bem que os portistas andam de olhos fechados. Lembram-me os sportinguistas que só acordaram quando os bancos lhes deitaram a mão antes de caírem no abismo.

      O Porto vai ter de fazer um downsizing parecido ao Sporting. Vai ter de reduzir os custos totais em pelo menos 40M€/ano.



      Eliminar
    4. Correção, queria dizer que o cash flow gerado pelo Benfica em 9 meses é superior ao do Porto em mais de 60M€.

      Eliminar
  23. Ora vamos lá decompor,um pouco, os números do R&C:

    Excluindo resultados de passes, num ano atípico (FC Porto morto e SLB no topo), tens uma diferença de €9MM.
    Tens €170MM de dívida bancária a mais no SLB
    O SLB teria que ser melhor, na mesma proporção, do que o FC Porto (assumindo que eram iguais no que resulta de entradas e saídas), durante 18 anos...
    Há muita forma de pegar nos números.
    Tinha um colega que diziaque os números não mentem mas os mentirosos usam os números como bem lhes interessa.
    Hoje, preferia gerir o Porto do que qq um dos outros. De caras!

    Empréstimos bancários da SAD, sem estádio, são €190MM superiores ao do FC Porto.
    O FC Porto acaba de pagar o estádio daqui a 3 anos.
    O SLB tem dívidas de €80MM e pagará juros e capital até 2024!!!
    Só este ano já tem que pagar uma "batelada" de dinheiro. Ou isso, ou mais um empréstimo obrigacionista.

    €290MM de dívida bancária da Benfica SAD, não incluindo o estádio (o que mata o argumento da "consolidação" que normalmente é usado).

    A Porto SAD tem menos de €120MM de dívida bancária - quando perguntarem onde estão as mais valias das transferências, estão aqui, nestes €170MM de diferença. estes €170MM excluem Rodrigo e A. Gomes. Coloca aqui €8MM do Garay, €55MM de Enzo+Gaitan e €7MM do Cardozo. Faltam €100MM.

    Publicidade e sponsorização: Adidas com super contrato,PT nem se fala, ... SLB, €12MM; FC Porto, €11MM.

    Outra nota sobre o quadro dos empréstimos bancários é que, no caso da Benfica Estádio, o valor em vez de baixar (por pagamento), sobe.
    Fala-se em reduzir o passivo, mas aumenta-se em 22MM a divida.

    Todo o burro come palha é preciso é saber dá-la!

    Esperemos que os próximos anos sejam de sucesso desportivo por parte do SLB, e atenção que é isso que quero, porque senão...lá teremos a sporntinguizaçao no nosso Clube!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mário Rodrigues, Boa Tarde

      1ª Nota) Excluindo transacções de jogadores ... e juros ... a diferença não é de 9M€ mas sim de 15,3M€ em apenas 9 meses! (-2,9M€ / -18,3M€) Essa é a rúbrica a ser analisada, ou agora na torre das Antas inventou-se uma nova classificação contabilística?? :)

      2ª Nota) Existe mais Passivo, e existe mais Activo. Se eu tiver contraído empréstimo para 3 apartamentos e você tiver contraído empréstimo para apenas 1 apartamento é natural que a minha dívida bancária seja maior do que a sua. Esquecer-se que eu tenho 3 apartamentos e você tem apenas 1 apartamento denota alguma má fé ;)

      3ª Nota) O Porto acaba de pagar o estádio daqui a 3 anos??? Como é que sabe isso, se as contas da EuroAntas nunca foram conhecidas e nem se sabe o passivo de tal sociedade? Essa EuroAntas tem contas mais escondidas do que uma off-shore ;) Para "suposto" adepto do Benfica parece muito preocupado com as contas desse clube, mas desconhece alguns factos importantes ;)

      4ª Nota) Afirmar-se que o Benfica tem muito dinheiro para pagar este ano demonstra a pouca compreensão de como funciona o financiamento de uma empresa. Numa altura que os juros estão altíssimos (devido à crise financeira internacional) é natural que os compromissos de financiamento sejam a curto-prazo, renovados consecutivamente, de forma a ir aproveitando os juros menores que serão praticados nos próximos anos. Agora paga-se 8% e dentro de 1 a 2 anos volta aos 6% a 7%.

      5ª Nota) A sua tentativa de relacionar o passivo apenas com os jogadores é no mínimo absurda, já que o passivo do Benfica serviu para investir mais de 194M€ em Activos intangíveis (jogadores, marca benfica, direitos televisivos) que neste momento já estão "Amortizados" em 92M€, e além disso permitiu investir mais de 247M€ em activos tangíveis (terrenos, estádio, centro de estágio, galeria comercial, museu, equipamento básico, equipamento administrativo, etc) que neste momento já estão amortizados em 84M€. Os investimentos tangíveis e intangíveis totais da Benfica SAD foram de 441M€!!!!

      Sabe quais foram os investimentos da Porto SAD? 1,2M€ líquidos de Activos tangíveis e 119M€ brutos (64M€ líquidos) de Activos intangíveis (sobretudo jogadores).

      Estamos a comparar 441M€ de investimentos totais da Benfica SAD com 120M€ de investimentos totais da Porto SAD?!?!?!? Mais uma vez, referir-se ao passivo sem comparar o volume dos investimentos das 2 SAD's denota má-fé.

      6ª Nota) Relativamente à publicidade e sponsorização, o contrato com a Adidas só há cerca de 1 mês foi renovado para o dobro, não se reflectindo ainda nas contas apresentadas. Quanto aos patrocínios dos namings e da camisola do Benfica, tratam-se de contratos muito antigos, e se o Benfica com contratos antigos consegue ainda estar ao nível do Porto (o mesmo aconteceu com os direitos televisivos) é sinal que com as renovações dos contratos de publicidade o Benfica poderá receber muito mais do que o Porto nos próximos tempos ;)

      7ª Nota) Relativamente aos empréstimos da Benfica Estádio ao nível do "project finance" a sua dificuldade em consultar o R&C e de fazer contas de somar (não corrente pág. 27 e corrente pág. 28) é que fez com que não entendesse que o financiamento do project finance baixou de 64,9M€ para 58,9M€ em vez de "aumentar" como tentou escrever.

      8ª Nota) A sua afirmação "fala-se em reduzir o passivo, mas aumenta-se em 22M€ a dívida" é no mínimo um hino à "azelhice" em termos de finanças. Você por acaso sabe o que significa passivo?? E o que significa dívida?? O passivo baixou de 440M€ para 423M€ (Pág. 14 do R&C do 3º Trim.). Aprenda a consultar os R&C se pretende argumentar sobre contabilidade e finanças.

      Para terminar, uma última nota... você é que sabe que "palha" anda a comer, mas de facto para ter de o corrigir 8 vezes, de facto a sua palha anda com muito má qualidade.

      Cumprimentos

      Eliminar
  24. O problema destas contas, tal como LFV mencionou, nao refletem as contas consolidadas de todo o grupo, e isto ê perfeitamente notório nas contas do Porto .

    ResponderEliminar
  25. Eagle e Joao,

    entao mas se o porto nos ultimos 10 anos equilibrou uma estrategia baseada em receitas extraordinarias...
    entao quereriam voçes que o porto a cada ano assumisse o pior cenario e elaborasse orçamentos baseados apenas nas receitas garantidas?... dessa forma nao so ja nao haveria passivo como a sad estaria a distribuir dividendos...
    qualquer empresa responsavel quando faz o seu orçamento nao assume o pior cenario mas sim o cenario medio. Anos bons reduzem passivo, anos maus aumentam... é assim.
    Portanto claro que tem que assumir vendas....e claro que tem que assumir alguma coisa da champios...se nao me engano é normalmente passar fase de grupos e nada mais. Este foi um ano mau... tal como o anterior com as vendas do james e moutinho foi um ano bom...
    Com jogadores com o mercado do mangala e do jackson nao me parece irresponsavel assumir um orçamento alto...

    Joao... essa das vendas terem destino é uma distorçao dos factos. os passes do mangala e do jackson foram dados como colateral num emprestimo. Em caso de venda dos passes o porto tera que pagar o emprestimo ou dar outro colateral ao banco (outro passe por exemplo... ou que raios ate pode dar o estadio..é um colateral nada mais).
    E nao vejo como defendem que o Benfica (Viriato nao é minha intençao ofender ninguem.... :)) está numa situaçao diferente... entao para cumprir com o orçamento nao teve que vender o Matic abaixo do seu valor em dezembro?...isso é o que????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hugo Valente, é normal que se façam orçamentos previsionais.

      O que não é normal é que as receitas garantidas para a próxima época do Porto sejam de +- 60M€ e os custos rondem os 140M€ a 150M€. Será necessário garantirem presença na champions league, e valorizarem e venderem 4 titulares para tapar o buraco. Esta época serão Otamendi, Mangala, Fernando, Jackson. E na próxima época quais os jogadores que poderão render 100M€ (60M€ de mais-valia)??

      O que não é normal é que a Porto SAD com apenas 120M€ de investimentos totais tenha 209M€ de passivo, e a Benfica SAD com 441M€ de investimento totais tenha 423M€ de passivo.

      Isso são factos.

      Se o Benfica estivesse nessa situação financeira tinha existido "revolução" na Luz há muito tempo.


      PS: O Benfica no verão anterior não vendeu ninguém, recebeu criticas, e por isso é que esta época já terá uma estratégia mais prudente.

      Eliminar
  26. Muitos parabéns Eagle!

    Tenho corrido os vários tópicos associados às contas do nosso Glorioso e este foi o melhor, o mais esclarecedor que encontrei.

    Como também sei um pouco da "poda", mas não tenho paciência nem tempo para estar a ler com atenção os vários RC, gostaria apenas que tivesses analisado as necessidades financeiras de curto prazo dos clubes. Porque em termos operacionais as contas até poderão estar equilibradas, mas os prazos das dividas bancárias, poderão levar a vendas aceleradas, que é o que penso que acontece com o Benfica. Talvez para a próxima leves isso em conta.

    Um abraço e muito obrigado pelo teu tempo

    Tico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tico, quando respondi ao Mário Rodrigues abordei essa situação em comentário:

      "Afirmar-se que o Benfica tem muito dinheiro para pagar este ano demonstra a pouca compreensão de como funciona o financiamento de uma empresa. Numa altura que os juros estão altíssimos (devido à crise financeira internacional) é natural que os compromissos de financiamento sejam a curto-prazo, renovados consecutivamente, de forma a ir aproveitando os juros menores que serão praticados nos próximos anos. Agora paga-se 8% e dentro de 1 a 2 anos volta aos 6% a 7%."

      O Benfica, além do project finance da Benfica Estádio tem apostado sobretudo em:
      - Empréstimos bancários de curto prazo, renovados consecutivamente.
      - Papel comercial, com renovações a curto prazo mas com validade de médio prazo.
      - 3 empréstimos obrigacionistas com validade de 3 anos, que se vão renovando.
      - além dos jogadores que compramos que nem sempre são pagos de imediato e entram no passivo (dividas aos clubes e as vendas aos fundos).

      Devido à situação difícil da Banca o Benfica diversificou bem as fontes de financiamento, através do papel comercial e dos empréstimos obrigacionistas, tal como outros clubes europeus fizeram.

      É expectável que o financiamento continue a ser assegurado, e nos próximos anos a taxa de juro média baixe dos 8% actuais para 7% ou mesmo 6%.

      Um abraço

      Eliminar
    2. O Sporting já antecipou o recebimento de 2 anos e meio do contrato com a Oliveidesportos, mais de 27 milhões, através de uma operação de factoring.
      O RC do Sporting refere isso muito disfarçadamente e acho curioso que ainda ninguém tenha pegado neste assunto.

      Américo Macedo

      Eliminar
    3. O Porto fez o mesmo ou parecido. Também está nos R&C antigos.

      Eliminar
  27. NauBenfica31/05/14, 19:20

    Obrigado pelo esclarecimento, Benfica Eagle! É extraordinário que toda a gente que fala do passivo dos três grandes, apresente a situação do Benfica como a mais grave. E assim se faz jornalismo e se comenta em Portugal.

    ResponderEliminar
  28. Muito bem isto sim é esclarecer os Benfiquistas com "classe e sabedoria " sem ofender ninguém o melhor que já li aqui parabéns Eagle
    Domingos

    ResponderEliminar
  29. Um ponto que me parece que ainda não foi focado e que o relatorio do Sporting refere muito disfarçadamente é que o Sporting já recebeu antecipadamente, através de factoring mais de 27 milhões, 2 anos e meio de contratos, da Oliveidesportos, portanto já antecipou receitas muito importantes.
    Gostava de saber se concordam com a minha leitura.
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Factoring é uma forma de financiamento ;) Nada de especial. É muito utilizada por exemplo por empresas exportadoras.
      A garantia dada pelos empréstimos são receitas futuras, em vez de se dar de garantia casas, carros, passes de jogadores ou outro tipo de garantias.
      Cumprimentos

      Eliminar
  30. BenficaEagle,

    Parabéns pelo texto e pelas respostas prontas e esclarecedoras. Claramente o melhor que tenho vista em termos de análise dos R&C do Benfica. Obrigado por este "serviço público".

    ResponderEliminar
  31. Só tu para conseguir ler posts de gestão e finanças.. Obrigada :)

    ResponderEliminar
  32. Ola Benfica Eagle,

    parabéns pelo post e é um prazer ter-te na nossa família...

    Como eu pouco percebo disto queria te fazer algumas perguntas que possam parecer um pouco "estupidas" para quem percebe disto, mas tens de ter a noção que a grande maioria é como eu...

    Quando falamos em amortizações, estamos a falar em custos que já tivemos e que amortizámos contabilisticamente numa serie de anos ou estmaos a falr apenas de juros?
    "Existem 62M€ de proveitos (mais-valias) com as vendas, mas também existem 29M€ de custos e amortizações dos jogadores, além do custo relacionado com os juros do investimento em jogadores, que representa cerca de 10M€/Ano, para além dos juros de outros investimentos. "

    Falava-se há uns anos atras que a divida do estádio era paga diretamente por patrocinadores, ouvi que as publicidades às bancadas iriam directamente para as contas dos bancos. O que mudou? quanto será esse valor?

    Quais são os valores actuais publicidade de camisolas, Patrocínio principal da camisola, Benfica tv (já falas no próximo ano em 40M), Publicidade da Sagres? faltando receitas de bilheteira, de outros patrocínios extraordinários e competições europeias, qual a % que as anteriores receitas fixas deveriam ter?

    Já que se fala na BTV (parece que uma manobra comercial par atrair adeptos dos outros clubes que poderá dar frutos) qual o custo cm as plataformas (se pagamos e quanto) e quais as receitas de publicidade no canal. fala-se que se anulam, é verdade?

    sendo um relatório consolidado, os 75% das quotizações que vão para o benfica clube, contam para esse relatório? temos só um relatório ou vários?

    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Benfiquista de Braga.

      Agradeço as Boas-Vindas.

      Quanto às tuas perguntas:
      Amortizações: é isso mesmo, custos que já tivemos a adquirir imóveis, estádio, centro de estágio, jogadores, etc. e que têm de ser amortizados ao longo de uma série de anos. No caso dos jogadores se compras um jogador por 10M€ com um contrato de 5 anos, tens de amortizar 2M€/Ano. A Amortização segue uma lógica de "poupança" com o objectivo de uma empresa depois ter dinheiro para comprar uma nova máquina, um novo carro, etc. quando os anteriores ficarem velhos. O Benfica em 9 Meses considera cerca de 40M€ de Amortizações (respeitantes a imóveis + jogadores) e juntando a isso o lucro de 15M€ então diz-se que o Benfica teve um cash-flow de 55M€ (entrou mais dinheiro do que saiu).

      No caso dos jogadores, quando adquires um jogador vais ter o custo das Amortizações, mas também tens o custo do financiamento desse dinheiro. As pessoas falam muito das receitas na venda de jogadores, mas esquecem-se dos custos envolvidos nas compras (amortizações + juros do valor das contratações) que depois têm de ser compensados.

      Quanto aos namings das bancadas, permitiram cerca de 40M€ em 10 anos e ajudaram a pagar parte do financiamento do estádio, sim. Isso está correcto. No entanto a dívida do estádio não tem sido apenas paga pelos namings. O estádio custou 160M€ e o namings representam cerca de 40M€. Existem outras fontes de financiamento.

      Patrocínios: O anterior contrato da Adidas rondava os 5M€/ano. Foi anunciado há 1 mês que o Benfica renovou contrato e passa a receber 10M€/Ano, algo que aliás era expectável, já que todos os principais clubes andavam a renovar pelo dobro dos anteriores contratos. O Patrocínio da camisola terá de ser o próximo grande contrato de publicidade a permitir aumentos de receita. Espero que o Benfica feche um grande contrato com uma multinacional para pagar o justo valor. Além da camisola, se o Benfica juntar o naming do estádio a esse patrocínio seria excelente.

      Quanto à questão das receitas fixas, se o Benfica tiver 100M€ de custos operacionais, terá de ter pelo menos de 100M€ de proveitos operacionais (que incluem uma série de rúbricas). Essas rubricas devem estar sempre equilibradas face aos custos operacionais.

      Quanto à BTV as % que o Benfica recebe das plataformas não é conhecida. Acredito que se com 300 mil subscritores conseguimos 30M€ de receita (nº de subscritores até Março 2014), então com 500 mil subscritores poderemos chegar aos 50M€ de receita anual. Os custos da BTV respeitantes ao Benfica rondam os 9M€/Ano.

      Quanto às quotizações, dantes a SAD recebia 75% e o clube 25%. Agora a % inverteu-se (25% para a SAD e 75% para o clube).
      A SAD consolida quase toda a actividade. No clube devem estar cerca de 30M€ de receita anual que não diz respeito à SAD. A SAD rondará mais de 160M€. Daí Luís Filipe Vieira esta semana ter afirmado que em termos globais o Benfica ronda os 200M€ de receita (incluindo venda de jogadores). Se temos 130M€ de proveitos sem jogadores confirmam-se as minhas expectativas (100M€/Ano para a SAD e 30M€/Ano para o clube). Quanto ao R&C individual do Clube, costuma ser disponibilizado aos sócios em pdf no site oficial, mediante login.

      Espero que tenha esclarecido a maior parte das dúvidas.

      Grande Abraço

      Eliminar
  33. Em relação ao sucesso/insucesso da BTV, há previsões de quanto vale a liga Inglesa? É que estou aqui numa dúvida existencial na perda financeira que seria a perda destes direitos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não existem detalhes quanto a essa dúvida existencial ;)

      Eliminar
  34. Caro Benfica Eagle,
    Em primeiro lugar, os meus parabéns pelo post que é excelente.
    Olhando para as contas do Sporting, acho estranho que um clube que tem uma dívida bancária, expressa no balanço, de mais € 200 M tenha somente € 4,7 M de custos financeiros. Paga juros de menos de 3% ao ano?
    Isso não me parece possível no contexto financeiro actual.
    As contas do Sporting estão auditadas? Os auditores apresentaram reservas?
    Francamente e numa primeira análise parece.me haver muita cosmética nas contas do Sporting.
    Joaquim Moura

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existe pouca transparência quanto à questão da Sporting SAD. Fui analisar o R&C 2012/2013, e num parágrafo lê-se o seguinte: "Os empréstimos bancários decorrem essencialmente do processo de reestruturação financeira contratado pelo Grupo Sporting com os bancos Millennium BCP e BES em 30 de dezembro de 2008, sobre a qual não tem ocorrido pagamento sobre o serviço da dívida. No entanto, importa salientar que estes montantes encontram-se sujeitos a nova reestruturação financeira em curso, conforme divulgado na nota 33, pelo que há um compromisso para que a respetiva dívida não seja exigida a curto-prazo."

      Por outro lado, o Sporting tem tido financiamentos de factoring e de empréstimos bancários muito baixos "Euribor a 3M + 1% ou 3,41%" e neste cenário o Sporting anda a ser "ajudado" pela Banca. Essas taxas de juro são muito baixas e não se praticam no mercado.

      Eliminar
  35. Bom texto. Falta referir os adiantamentos por Factoring do SCP em relação aos "Direitos televisivos épocas futuras do SCP" no valor de 27.302M o que equivale a 18 meses de adiantamento (mais mês, menos mês). E que no último ano e meio (nem sequer) receberam de créditos futuros 64.709M. pág.32 do R&C. Não entendo como ninguém fala disto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Repito o esclarecimento quanto ao factoring:

      "Benfica Eagle01 Junho, 2014 01:09

      Factoring é uma forma de financiamento ;) Nada de especial. É muito utilizada por exemplo por empresas exportadoras.
      A garantia dada pelos empréstimos são receitas futuras, em vez de se dar de garantia casas, carros, passes de jogadores ou outro tipo de garantias.
      Cumprimentos"

      O que não é normal é terem de pagar apenas 3,41% de taxa de juro no factoring e em alguns empréstimos bancários taxa de juro EURIBOR + 1%. Aí sim andam a ser ajudados pela banca.

      Eliminar
  36. Obrigado Benfica Eagle pelo post e pelos esclarecimentos!

    Eu não entendo nada de finanças por peço-te que me esclareças algumas questões.
    1) essas contas referem-se ao total do Benfica (clube + sad) ou apenas à sad?se é só à sad como prevejo, então qual é o ativo/passivo do nosso clube? Ou seja,as contas totais, que é isso que realmente importa. ..

    2) é possível saber o mesmo em relação aos nossos rivais?

    3) na tua opinião o que se devia alterar/melhorar perante as circunstâncias?

    ResponderEliminar
  37. Eagle,

    Consegues identificar no relatório os valores do empréstimo do Farina?

    Obrigado.

    Manu

    ResponderEliminar
  38. Eis um post que deu origem a uma conversa bem alimentada por todos os intervenientes (mesmo o tal "benfiquista" muito preocupado com as contas do fcp). Não sou um expert em economia mas sei alguma coida de contabilidade para ter os olhos abertos e não "comer a palha que me dão".

    Há no entanto algo que gostaria de colocar para esclarecimento melhor e onde se pode ver que não há hipotese de se compararem as costas do SLB à das outras SAD's.
    Quando falamos no preço da construção dos Estádios há que ter em atenção que o SLB construiu um COMPLEXO DESPORTIVO E COMERCIAL - engloba Estádio, 2º campo para a formação, piscinas, area comercial, dois pavihões,. E aqui sim o preço tanto quanto penso rondou os 140 milhões. Lembro que o SLB fez um 1º orçamento e depois pediu um aumento porque surgiram outras questões.
    As outras SAD's construiram um Estádio e pouco mais. O SLB teve que partir do menos zero para construir tudo isto e só depois começar a estruturar um modelo que fosse dando resultados financeiros para cobertura das despesas, ao mesmo tempo que foi melhorando a componente desportiva. Esta é importante pois é dela que faz entrar a maior parte das receitas, quer em transacções de atletas quer em merchandising. Dai que, tecnicamente, o valor do Estádio foi dado como liquidado em 2011.. Isto visto de uma maneira simples porque contabilisticamnete é feito de maneira diferente.

    Todo este debate é esclarecedor e só falta dar o mérito a quem o tem. A qualidade dos gestores do SLB que têm a credibilidade da Banca para relançarem o SLB nos caminhos da Glória de que esteve afastado devido a chicos espertos que pulularam em volta do SLB.

    MARQUÊS DA PRAIA E MONFORTE.

    ResponderEliminar
  39. gostaria de saber quanto gastam em pormenor os três grandes em salários e quais os jogadores mais bem pagos...

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes