Sigam o exemplo do melhor: Pressionem os submissos.
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sigam o exemplo do melhor: Pressionem os submissos.

 ●  + 10 comentários  ● 

Conforme eu avisei aquando da vitória do Porto sobre o Leiria B e como é tão evidente no post efectuado hoje de manhã pelo pjsimões sobre a estatística da Liga de Clubes de faltas nos jogos da Liga de Benfica e Porto os clubes pequenos são muito menos agressivos quando jogam contra Porto que contra Benfica!!!

Curiosamente em Espanha passava-se/passa-se a mesma coisa: contra o Real Madrid os pequenos excedem-se e contra o Barcelona levantam o pé (basta ver a atitude com que muitas equipas jogam em Camp Nou). Só que neste caso o Mourinho não dorme e logo que chegou lá atirou a matar sobre os clubes pequenos e a falta de atitude defendendo a sua equipa.

Posto isto, eu tenho que me interrogar: porque é que ninguém do Benfica se insurge contra estas atitudes lesivas dos clubes pequenos??
Custa muito dizer ao Jorge Jesus para mandar uma laracha sobre este assunto e colocar pressão sobre os clubes pequenos e o Porto ao mesmo tempo e mostrar que estão atentos a estas situações?

Ou será que a nossa Direcção ainda pensa que o Benfica está num pedestal e não se deve envolver nestes assuntos? É que fechar os olhos a situações destas não funcionou muito bem nas ultimas décadas!
Uma sugestão: aproveitem o boicote aos jogos fora para sugerir aos clubes pequenos que enquanto estas atitudes não acabarem não acaba o boicote. Contactem os opinion-makers benfiquistas para mencionar isto (Sílvio Cervan, Leonor Pinhão, APV...).

Infelizmente, este é mais um aspecto em que a Direcção se descuidou e deu o flanco (e faz-lo ano após ano...) aos Corruptos. Sigam o exemplo do melhor treinador do mundo e condicionem estes compadrios.

10 comentários blogger

  1. Há uma pequena diferença entre o que se passa em Espanha e o que se passa em Portugal. É que em Espanha se levantam o pé é por falta de crença na vitória, em Portugal é por falta de espinha dorsal.

    ResponderEliminar
  2. E isso muda o facto que alguém do Benfica devia apontar este facto e pressionar os clubes pequenos através da imprensa?

    Basta fazer o que o pjsimões faz e recolher as estatísticas no site da Liga.

    ResponderEliminar
  3. E falar do prejuízo do Benfica que só em 2 épocas ultrapassou os 55M de €!!!

    José

    ResponderEliminar
  4. As escutas do processo “Apito Dourado” (as que já foram postas no You Tube, e as que se seguirão) são o nosso Santo Graal. Tantos anos a denunciar a corrupção e, finalmente, a prova irrefutável. E pela voz dos próprios corruptos. (Melhor do que isto, só uma confissão em directo na televisão, mas isso já seria um milagre.) Convém fechá-las a sete chaves, para memória futura.

    No entanto, apesar da sua importância histórica, o efeito da sua publicação tem sido quase nulo.

    Na minha opinião, é necessário dar-lhes visibilidade internacional.

    Ora, na época 2003-2004, o treinador do Porto, era o José Mourinho. Estranhamente, ou talvez não, de Mourinho nunca se ouviu uma palavra sobre este assunto. É certo que nessa época, o Porto, além do campeonato, ganhou também a Liga dos Campeões, mas se o 2º golo do Manchester, na 2ª mão dos oitavos de final, não tivesse sido anulado por fora de jogo, inexistente, sublinhe-se, do Scholes, o Porto nunca teria ganho essa taça.

    Se eu fosse o José Mourinho e soubesse que o Presidente do clube que eu treinava, acompanhado por uma cáfila de batoteiros e aldrabões da pior espécie, andou a manobrar na sombra para garantir as vitórias e os troféus que me deram fama e proveito, eu cá ficava chateado, muito chateado mesmo. A menos que tivesse conhecimento da marosca, e nesse caso ficaria calado que nem um rato, não me fosse salpicar de lama.

    Ao invés, se eu fosse um jornalista desportivo espanhol, ou italiano, ou inglês, aproveitaria a primeira oportunidade para confrontar o “special one” com as escutas, e não deixaria de me espantar com a forma como o “melhor treinador do mundo” se viu envolvido (se deixou envolver?) numa história abjecta de promiscuidade, compadrio, subserviência, violência e corrupção.

    Jaime Palha

    ResponderEliminar
  5. O sr mourinho deve lembrar-se bem quando esteve no lado de lá.Se os tem no sítio,bote faladura,senão,mesmo "sem querer"fica com eles entalados na porta e para sempre ligado ao clube condenado por corrupção,por se ter aproveitado das benesses concedidas em que "por acaso",fazia descansar 90% dos atletas antes dos jogos da LC,tal era a confiança que se a cisa não entrasse alguem havia de empurrar,nem que fosse o macaco ou o guarda abel.

    ResponderEliminar
  6. O mourinho deveria era ter vergonha, senão fosse o amigo olegário o ano passado via a champions league por um canudo. Ganharam ao barcelona com a maior injustiça que eu vi até hoje. Mas isso ele já está habituado, às ajudas do costume.

    ResponderEliminar
  7. Deviam falar do fabio faria o ano passado.ahahahahahah

    ResponderEliminar
  8. Por acaso quando ouvi o Mourinho dizer isso lembrei-me logo de que em Portugal a história era a mesma.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares