Curtas: Bernardo Silva e News Benfica
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Curtas: Bernardo Silva e News Benfica

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 

Bernardo Silva:

"PS, BE e Livre votaram esta sexta-feira contra a solidariedade do parlamento para com o futebolista internacional português Bernardo Silva, condenado recentemente por um ato racista por parte da Federação Inglesa de Futebol (FA).

Socialistas, bloquistas e a deputada única do partido da papoila, Joacine Moreira, chumbaram o ponto n.º 2 do voto de repúdio e condenação apresentado pelo CDS-PP "contra o racismo no desporto e de solidariedade para com o atleta da seleção nacional Bernardo Silva" (Manchester City), enquanto o PAN se absteve.

O ponto n.º 1 do documento, que repudiava qualquer prática de racismo, foi aprovado por unanimidade.

"Importa separar o que é racismo de uma mera brincadeira entre amigos que se estimam e respeitam. Algo que não aconteceu com o atleta Bernardo Silva, um dos melhores jogadores portugueses da atualidade, de ética desportiva irrepreensível, de fair-play reconhecido e elogiado por todos os treinadores e jogadores, que foi vítima destas confusões quando, por brincar com um grande amigo numa rede social, foi condenado pela federação inglesa a 1 jogo de suspensão, multa de 58 mil euros e a frequentar um programa de educação presencial, por atos racistas", lia-se no documento." - Record.


Curiosamente, todos se acotovelaram em demonstrar solidariedade com Cristiano Ronaldo num processo em que se falava de uma possível violação. 

Quem não tem o bom senso de estar do lado de um atleta e homem exemplar numa decisão injusta e desproporcionada (e perigosa para a liberdade de expressão) dificilmente terá bom senso noutras coisas mais graves.

Lamentável.

News Benfica:

 A imitação da Newsletter criada no FC Porto, dizem, por Paulo Gonçalves, hoje vem falar de escandalo no hóquei em patins.

Como se não houvesse mais nada para discutir no SL Benfica, como por exemplo, a operação vergonhosa que vai retirar dos cofres da Luz mais de 30 milhões de euros.

Na verdade, as arbitragens no hóquei não são piores das do futebol. E se o SL Benfica não toma posições de força na altura devida, não se pode queixar mais tarde, tipo Sporting, de que tem títulos em falta.

Aliás, como o presidente do SL Benfica não coloca os pés nos pavilhões para ver um único jogo das modalidades, percebe-se que numa semana de indignação dos benfiquistas com o que se está a passar na SAD a News Benfica venha tentar desviar as atenções com textos tipo Calimero.

Pena é que nada se tenha escrito com tanta indignação quando o FC Porto beneficiou de um adiamento de jogo que estava a perder com o Estoril.

Não me lembro de o SL Benfica contestar na FPF o não cumprimento dos Regulamentos quer no estádio, com um invasão de campo ilegal, que na não realização do jogo no dia seguinte.

Lamentavelmente, as estruturas do clube estão ao serviço do branqueamento da acção desta direcção ou em particular do seu presidente. 




12 comentários blogger

  1. Apesar de não haver intenção racista, são brincadeiras que saem para praça pública e legitima amanhã ou depois que uma qualquer criança preta na escola tenha que ouvir os seus colegas brancos a chamarem lhe chocolate e afins.

    ResponderEliminar
  2. Curiosos estes tempos em que vivemos.
    Há um tipo que brinca com outro, que por sua vez não leva a mal, pois conhecem-se há anos.
    Mas há um organismo controleiro (hoje são mais que muitos) que considera ofensa e grave, aquilo que o suposto ofendido não levou a mal, penalizando o "ofensor", manchando-lhe a sua imaculada reputação de jovem equilibrado, sensato e socialmente saudável.

    De nada valeram as opiniões muito positivas e favoráveis ao nosso Bernardo e que foram pronunciadas sem medo pelo seu treinador do City (Guardiola), da selecção nacional (Fernando Santos) e até, pasme-se, do muito ofendido Benjamin Mendy.

    Só vos digo que isto começa a ficar feio. Muito feio mesmo.
    Quem conhece um pouco da História, sabe que muitos dos conflitos começaram por palermices deste tipo, aparentemente inócuas mas que comportam doses cavalares de intolerância e até ódio.

    Compreendo que muitos de nós encolhamos os ombros e não valorizemos estas patetices.
    Mas se não nos indignarmos e mostrarmos essa indignação, não sei aonde isto vai parar.
    Há quem agora queira pensar e sentir por mim, classificando o que deve por mim ser ou não considerado ofensa.

    Parece anedota, mas acontece em pleno século XXI e, pasme-se, na Europa.


    *nota : fica o aviso para redobrado cuidado na utilização das redes ditas...sociais. Que de sociais já vimos que pouco ou mesmo nada têm. São antros de bufos, controleiros e intriguistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As brincadeiras pessoais acontecem entre pessoas ou num círculo apertado de amigos. Quando se convocam 800000 seguidores para acompanharem a "brincadeira pessoal", a brincadeira deixa de ser pessoal e passa a ser pública. Dá para perceberes?

      Eliminar
  3. cardeal richelieu22 novembro, 2019 20:59

    se essa gente toda tivesse coluna cervical já o Ronaldo não tinha o nome lá no heliporto da Madeira e aquelas condecorações. sejamos sérios. Esse Ronaldo foi um bandalho .comprou a moça ponto. pagou o silêncio porque? era cadeia e mais nada ou aqui ninguém tem filhas? o que o Bernardo fez uma brincadeira em que o companheiro nem passou cartão tem.lá comparacão. não existe vergonha na presidescia nem nesses partidos

    ResponderEliminar
  4. Dois pesos e duas medidas.. Quanto à newsletter foi recordação do toupeira Gonçalves, aquele que o líder tanto gosta(pudera quanto mais bandido melhor) e defende com unhas e dentes, que se for ilibado volta para a estrutura num estantinho... Enfim como diria o Dr Gohze Pablito, Vieirices...

    ResponderEliminar
  5. Brancos falarem de racismo soa me sempre a hipocrisia,"eu até tenho um amigo preto, não sou racista" balelas desse tipo está o mundo cheio# NÃO AO RACISMO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hipocrita és tu. Onde já se viu não se poder falar de racismo por se ser branco. Racismo é o que tu escreveste... É assumir que uma determinada cor de pele não pode falar sobre certos assuntos por causa do seu tom de pele.
      Volta para debaixo do teu calhau, barata de extrema esquerda.

      Eliminar
  6. Não ao racismo concordo plenamente mas sem levar aos extremos. O Bernardo não deveria ter sido castigado já que o colega não levou a mal porque compreendeu perfeitamente que se tratava duma simples brincadeira. Conclusão: qualquer dia não podemos ter amigas/os de raça negra visto não podermos brincar com eles (pelo menos com palavras). Ridículo e eu não sou nada racista, tenho sobrinhos " mulatos".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estranha conclusão: não vale a pena ter amigos negros porque não podes brincar com eles... Se os teus amigos só te interessam para brincares, apta por um labrador retriver, são muito brincalhões. Quanto a pessoas, aconselho-te a não brincares com ninguém à frente de outras oitocentos mil (!) como fez o Bernardo. Cumprimentos aos teus sobrinhos.

      Eliminar
  7. Shadows, como é que o Paulo Gonçalves criava o dragões diários, que tem uns 5 anos ou menos, se ele nessa altura trabalhava no Benfica???

    ResponderEliminar
  8. Ainda este assunto?
    Nem o próprio Bernardo Silva se veio insurgir contra o castigo nem sequer desculpabilizar-se publicamente, porque raio teria que vir alguém por ele??
    O castigo é bem aplicado, ponto.
    O Bernardo Silva se queria brincar, que brincasse em privado. Se mostrou publicamente, agora que arque com as consequencias.

    ResponderEliminar
  9. é uma imbecilidade pensar que castigar um piada, mais, uma brincadeira entre 2 pessoas (que foi tornada pública é certo mas não deixa de ser entre duas pessoas) que isto é combater o racismo. A auto proclamada luta anti-racista anda a perder tempo e energia com fait divers em vez de efectivamente lutarem contra casos de discriminação, muitas vezes cometidos por instituições do Estado. Mas claro, isso é chato, dá trabalho, é mais fácil estar nas redes sociais a apontar dedos a figuras públicas na era do fascismo da linguagem.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares