O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Bonito e Merecido - Parabéns Luisão

Avatar
 ●  + 5 comentários  ● 


REDMOON - 16 de Setembro de 2011 A Luz será sempre a tua casa, Capitão


Vivo em Inglaterra, e por isso este último Benfica X Man Utd (Night para Jorge Jesus), era mais do que um jogo de Champions League para mim.

Era um jogo de honra, já que convenhamos, por estes lados o futebol inglês é rei, toda a gente é do Manchester, do Chelsea, do Arsenal ou do Tottenham, e falar-se do Benfica ou do Porto ou do futebol português é falar do desconhecido. Só se lembram do futebol português quando algum jogador do nosso campeonato aterra em Inglaterra, que é então quando me vêm perguntar quem é David Luís, Ramirez ou Vilas Boas

Por isso, eles julgavam realmente que o Benfica era o Bolton e que iria ser acima de chapa 5, e eu lá andei a semana toda a levar com eles e a dizer-lhes que talvez tivessem uma surpresa.

E tiveram essa surpresa. Não uma surpresa completa porque essa seria a vitória mas, pelo menos nestes últimos dias sinto o respeito dos ingleses que parecem admirados por o Benfica ter uma equipa que tem bons jogadores e que sabe jogar à bola.

Sim, já tinham algum conhecimento de anos anteriores, do massacre que o Everton sofreu há dois anos nas nossas mãos numa eliminatória da Liga Europa, eliminatória essa que preferi ver na televisão inglesa em vez de na portuguesa e onde ouvi os comentadores referirem-se ao Benfica como a equipa mais parecida ao Barcelona em termos de futebol jogado mas, convenhamos, é diferente medir forças com o Everton ou com um colosso como o United.

E à parte a exibição, que sem ser brilhante meteu o United em sentido, gostei como tanta gente me veio perguntar nos últimos dias quem era aquele “pretinho” que jogava na nossa defesa e que tinha metido o Rooney no bolso. E eu respondi-lhes cheio de orgulho: “Ah esse esqueçam, se pelo David Luís pagaram 25, pelo "pretinho" têm de pagar pelo menos 35!”

E este post é por isso mas não só, a minha homenagem a Luisão, não apenas pelo jogo grandioso que fez na última quarta feira mas, por tudo o que tem feito ao serviço do nosso clube nas últimas oito épocas. 

Luisão é um defesa central fabuloso, a quem muitos de nós não mostramos o devido reconhecimento, porque olhamos para ele quase como prata da casa, como um dado adquirido. É mais fácil idolatrarmos outros, Di Marias e David Luíses por exemplo, porque sentimos que, esses sim, nos podem fugir, aliás, como fugiram.

Mas o capitão Luisão tem forçosamente de figurar no grupo restrito dos notáveis jogadores que passaram pelo Benfica ao longo da sua história. Alguns têm pelo Luisão um misto de sentimentos. Não lhe perdoam algumas declarações, alguns momentos em que mostrou vontade de sair.

Pois sinceramente aqui digo: Luisão é daqueles que porventura teria merecido pisar outros palcos ao longo da sua carreira. Eu, se fosse o Luisão, das duas uma: ou ficava realmente melindrado e perguntava se era por ser preto; ou então só me restava rir da situação. É que eu não tenho a mínima dúvida em afirmar que o Luisão é bem mais jogador do que o David Luís e o David é que vai para o Chelsea; tal como não tenho dúvida que o Luisão é bem mais jogador do que o Garay e o argentino é que veio do Real Madrid.

Em oito anos de Benfica a verdade mantém-se: O parceiro vai mudando mas, o patrão, a trave mestre todos sabem quem é e tem um só nome: Luisão. 

E é por isso que no devido contexto compreendo algumas das declarações menos felizes do brasileiro. É que Luisão não chegou ao Benfica por ser do Benfica desde pequenino. Chegou ao Benfica como chegaria ao Porto ou a Londres, aprendeu a gostar do clube mas sem esquecer a ambição que legitimamente tinha de ir o mais longe possível na sua carreira.

O tal salto que se calhar merecia ter dado não aconteceu, e a recente renovação de contrato mostra que preferiu a estabilidade e o tornar-se num dos símbolos do clube encarnado, a troco de um salto mais pequeno para um clube que pouco ou nada acrescentaria à sua carreira. Luisão ganha bem? Pois ganha mas merece-o. Merece-o bem mais do que quase todos os outros. Estes não sao tempos de pagar amor com palavras bonitas. Luisão é profissional de futebol e merece que o Benfica, ao não o deixar sair, se aproxime pelo menos dos valores que outros clubes se propõe a pagar-lhe.

E por tudo isso aqui deixo o meu “Obrigado Luisão”. Eu próprio me esqueço por vezes que vestes a nossa camisola há oito épocas, e muitas mais vezes me esqueço de elogiar o que fazes, preferindo elogiar outros que fazem menos que tu, se calhar por saber que és daqueles que estás sempre lá e, surpresa surpresa é quando não cumpres.

Ainda a época passada, com a defesa do Benfica a meter água por todos os lados nos jogos de pré-época, com um David Luis à deriva e toda a gente a desculpar-se com o mundial e a falta de férias, pois tu chegaste, fizeste dois treinos e pegaste de estaca, sem desculpas de presenças em mundiais, falta de férias nem falta de pré-época. Sem desculpas, como é timbre daqueles que nao fogem às responsabilidades.

Quando justificaste há poucos dias atrás as tuas declarações menos felizes do último defeso com algum descontentamento que sentiste no final da última época, acredita que te entendo. Porque tu foste daqueles que na final da taça da liga do ano passado foste à bancada entregar a tua camisola aos adeptos no final do jogo, e essa mesma camisola te foi humilhantemente devolvida, juntamente com os piropos de que eras uma vergonha.

Luisão, uma vergonha?! 

Tu, meu caro, da minha parte, todo o respeito do mundo. Grande jogador e grande homem. A Luz será sempre a tua casa.

5 comentários blogger

  1. Muito bonito, sim sr. Parabéns Capitão.

    ResponderEliminar
  2. Bonita homenagem. Ele fome não está a a passar que está a construir um palácio no Brasil. Final da época, mais uma homenagem e Adeus. Um jogador que quis bater com a porta, não uma, nem duas. Não saiu porque não houve propostas de grande valor. Romantismos é no livro de história.

    ResponderEliminar
  3. Da mais inteira justiça.
    Todos sabemos que ao longo da sua carreira no Benfica, vários interesses o tentaram (e porventura ter-se-á sentido tentado) para dizer adeus. Todavia, por uma razão ou por outra não o fez e atingiu um estádio que muito poucos (e esses foram de outros tempos...) o conseguiram.
    Tal como muitos outros o seu trajecto não foi consensual, pois há sempre opiniões para todos os gostos e gestos e atitudes que por vezes o magoaram e o levaram a reagir. Isso demonstra a sua personalidade, pois se ele realmente tivesse querido partir, tal como todos os outros, tê-lo-ia feito.
    Tudo o resto são balelas para entreter.

    ResponderEliminar
  4. Ainda me lembro dos posts do ngb a deitar abaixo o capitão.

    ResponderEliminar
  5. Aí acima está mais um...há quem não tenha emenda ( nem respeito por quem alcança performances que ficam para a
    história do clube - nem a evidência os convence ! )

    S.A.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica