Fair-play é uma treta
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 23 de abril de 2013

Fair-play é uma treta

 ●  + 11 comentários  ● 


Portugal, 23 de Abril de 2013

O Benfica ganhou ao SCP, o jogo teve a matriz táctica esperada, a arbitragem voltou a ser a tábua de salvação do SCP, enfim, pouco ou nada mudou relativamente aos últimos derbys.

Já é quase fastidioso mencionar o nosso 4-4-2 como causa dos problemas de articulação e fluidez de jogo, em particular quando jogamos em casa. Foi assim contra o Bordéus, foi assim contra o Newcastle, enfim, volta e meia quando jogamos contra boas equipas que se apresentam apenas com 1 ponta de lança, temos este tipo de dificuldades de, organizar e sobrepor o nosso jogo ao do adversário que coloca mais unidades no meio campo.

Os sportinguistas e os muitos analistas sportinguistas da comunicação social, pensaram então que o SCP estava a dominar os primeiros 20 mn, quando o que se estava a passar na realidade, era um ajuste de jogo fruto da superioridade numérica do SCP no meio campo (tal como o Bordéus e o Newcastle já referidos). Aliás quando na 2ª parte JJ tirou Cardozo (avançado) para meter Ola Jonh (médio ala, derivando Gaitan para o corredor central), reequilibramos as forças, marcamos o 2º golo e o jogo acabou ali...
A matemática dos modelos tácticos ainda é o que era...

Quanto à arbitragem, parece começar a estar impregnada na cabeça dos adeptos que, sempre que o Benfica não for prejudicado por erros de arbitragem, é sinal que foi beneficiado! Isto acontece porque (1) há agentes activos – comunicação social, dirigentes de clubes adversários - a propagandear a existência de supostos erros de arbitragem que beneficiam o Benfica, ao mesmo tempo que branqueiam erros de arbitragem contra o Benfica, erros que de facto são erros, com argumentos de que “o árbitro tem de decidir em fracções de segundo e não tem as repetições das televisões para o ajudar a decidir”. (2) Porque há agentes passivos – responsáveis benfiquistas – que uma vez mais não reagem, quiçá cumprindo ordens da Direcção do Sr.º Vieira. Não é por acaso que o Sr.º Jesualdo quando era treinador do Benfica nunca protestou uma das várias roubalheiras que lhe haveriam de custar o lugar, tais como Póvoa de Varzim e FCP, e olhem só como o “pássaro agora já canta”...

O SCP fala em particular de um lance de Garay sobre WW onde houve um toque na perna de WW que lhe provoca desequilíbrio (só se vê na TV e de ângulo que julgo que o árbitro não tem). Contudo WW teve sempre o controlo da jogada e conseguiu rematar, coisa que ao longo do jogo e em melhor situação, teve mais dificuldade. Para além disso, e uma vez que criticam o critério largo, há falta de Rinaudo sobre Lima na jogada que antecede esse lance.

Falam também de uma alegada carga de Maxi sobre Capel, em que o que se vê é que Maxi não sabe quem está atrás de si, mas Capel sabe que tem Maxi à sua frente. Visto e revisto o vídeo que a SAPO online disponibilizou, não consegui ver quem rasteirou quem. O árbitro imagino que também deva ter ficado sem saber, tão rápido é o lance. Imprudência de Maxi? Excesso de crença de Capel?

Não vi os analistas sportinguistas tão assanhados quando Soares Dias, na época passada, derrotou o Benfica em Alvalade com 1 penalty duvidoso, sem que antes, aos 3 mn, não quis ver 1 penalty de Polga sobre Gaitan, assinalando um canto que não viu (e que de facto não foi). Mais a expulsão perdoada a Ínsua por entrada em tackle sobre Bruno César aos 5 mn e a expulsão de Luisão com 2 cartões amarelos em duas faltas inofensivas e não tipificadas como perigosas pelo Regulamento de Arbitragem.

O SCP agarra-se à arbitragem para explicar uma época péssima, com 2 presidentes, 4 treinadores e uma carrada de jogadores contratados! Em vez de elogiarem a sua prestação e os grandes golos do Benfica, não! Agarram-se à ilusão e ficção da arbitragem! O fair-play é mesmo uma treta....

Ultrapassado SCP, ultrapassada mais uma “etapa de montanha” de 1ª categoria, falta uma outra e última “etapa de montanha”, também de 1ª categoria, que é no Funchal. Uma vitória nesse jogo, quase garante o título embora tenhamos de estar preparados para as etapas seguintes, adequadas a “roladores”...

Sobre o tema “gestão dos jogadores”, a substituição de Luisão na parte final do jogo, por dores musculares, a somar às incertezas de Gaitán que esteve diminuído na semana anterior, vêm dar razão, em certa medida, ao que escrevi antes. Contra o Paços devia ter sido feita outro tipo de gestão com 3/4 dos jogadores mais utilizados. Isso não foi feito por razões que só JJ poderá assumir e que na minha leitura se prenderam com as pressões da “estrutura” do Benfica. As tais intromissões dos tipos da estrutura dirigente ou que gravitam na sua órbita, tipos que como treinadores nunca ganharam nada, mas têm opiniões sobre tudo.

Vamos ver. O que se viu é que SCP sem competir desde a jornada anterior, apresentou-se fisicamente melhor, contrariando as opiniões que defenderam que isso não iria acontecer por não terem tido competição durante demasiados dias...

11 comentários blogger

  1. No passado domingo houve situações em que o Benfica teve a sorte na apreciação que o Sr.Capela fez das faltas.Se o julgamento fosse outro e as faltas a marcar dessem em golo,nós Benfiquistas a esta hora só falávamos do péssimo jogo que os nossos jogadores fizeram nos primeiros trinta minutos da partida.Acho que na Madeira deve haver outra atitude para trazer os três pontos em jogo.

    Joaquim Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possivel que tenhas alguma razão. Afinal já vimos o Benfica levar penaltys por faltas fora da área. Se isso para ti é normal, para mim continua a não ser. Contudo reconheço que o árbitro, ao contrário dos árbitros mais conhecidos do "sistema", ajuizou a favor do futebol e com isso, "beneficiou-nos". Não nos favoreceu, entenda-se.

      Quanto à atitude dos jogadores, penso que estás equivocado. A questão tem a ver com o numero de jogadores que colocamos no meio campo. 44-2 tem sempre menos do que o 4-3-3- ou o 4-2-3-1. O SCP foi melhor porque teve mais jogadores nessa zona, não porque tenha tido melhores processos de jogo.

      O Benfica está na fase final da época, os jogadores acumulam jogos pelo Benfica e pelas suas Selecções, acho que deves contextualizar melhor essa história da "entrega". O cansaço dos jogadores exige muito cuidado na rotação do plantel, sem perder competitividade mas sem acabar com o que, nalguns casos, está preso por atilhos...

      Eliminar
  2. Boa noite ilustres benfiquistas
    Como em todos os jogos no Estádio do Luz , disse presente e lá estive eu a gritar a plenos pulmões até que a voz me doa pelo nosso Benfica.Equipado a rigor , saltei de emoção com os nossos golos.Regressei a casa feliz e contente pela vitória mas desiludido pela exibição.Esperava mais , muito mais do nosso glorioso.Infelizmente Jorge Jesus continua "sem saber" a ser " teimoso" ou por incrível que pareça a ser " fraco tacticamente" (seja qual for a razão não tem desculpa) que nestes jogos de grau de dificuldade máxima a nossa equipa tem forçosamente de jogar com três médios centro.A sua aposta cega numa dupla neste tipo de jogos tem custado muito caro ao Benfica.Foi assim em Moscovo, jogo que perdemos e hipotecamos a passagem à próxima fase da Liga dos Campeões , foi assim na primeira jornada contra o Braga (empate), foi assim contra o Porto (empate) e foi novamente assim hoje contra o Sporting.O nosso centro do terreno foi uma manta de retalhos cheia de buracos, os jogadores do Sporting tinham todo o tempo e espaço do Mundo, encontrando-se sempre em superioridade numérica , num combate desigual de forças , ficando sempre André Martins livre para fazer o que desejasse naquele espaço de terreno.JJ ao dispor assim o nosso meio campo, deu de presente essa zona do campo, fazendo com que o Sporting controla-se a seu belo prazer o centro do terreno , existindo algumas vezes uma via verde para os jogadores do clube de Alvalade embalarem em grandes cavalgadas pela zona central contra a nossa desamparada defesa que já de si não é famosa por ter centrais rápidos.Quando finalmente Jorge Jesus tardiamente emendou a mão e corrigiu esse erro táctico muito vezeiro nele com a entrada de Ola John e a saída de Cardozo , colocando Gaitan no centro o Benfica começou a ter mais posse de bola , a controlar o jogo sendo a cereja no topo do bolo a grande jogada que culminou no golaço de levantar qualquer estádio por esse mundo fora de Lima.Verifico que continuamos a ter imensos cantos mas todos invariavelmente mal marcados (lacuna essa que se apresenta desde a primeira jornada do campeonato) não tirando proveitos práticos das bolas paradas.Seja cantos ou livres laterais temos um aproveitamento quase nulo esta temporada , algo que deve ser revisto por parte do treinador.Continuo a verificar que nestes jogos a doer os nossos dois médios centro devido à luta injusta contra a tripla adversária têm imensas dificuldades em ligar jogadas e um grande défice de qualidade de passe (raramente fazemos três passes certos seguidos) , demonstramos uma grande dificuldade de recuperação defensiva e uma incapacidade de recuperação da bola gritante, algo que com equipas mais fortes, mais matreiras e mais experientes que o Sporting será uma preocupação constante.Analisando a frio o jogo observamos uma equipa do Sporting superior ao nosso amado clube , mas felizmente para nós algumas das nossas individualidades surgiram no momento certo e fizeram a diferença.Hoje quem ganhou o jogo foi as individualidades e não a força do colectivo.Como equipa estivemos bem pior que o Sporting , valeu a nossa melhor qualidade individual para estarmos mais próximos de festejar um titulo tão desejado.Para concluir mais uma vez na minha modesta opinião JJ colocou-se a jeito para que as coisas não correm-se como todos desejávamos ardentemente que era a vitória.Uma palavra especial a todos os Benfiquistas que estiveram no estádio a apoiar a equipa desde o primeiro minuto ao último.Parabéns a eles e esperemos no próximo jogo em casa estarmos todos a cantar:Nós somos campeões :-)

    P.S:Todas as análises que tenho lido da equipa turca apontam como seu ponto forte o centro do seu meio-campo , jogando normalmente com o Raul Meireles , Topal e Cristian Baroni.Não podemos esquecer ainda que Kujt faz muitos diagonais da direita para o centro.Espero que desta vez Jorge Jesus tenha o bom-senso de reforçar essa zona do terreno , jogando com três jogadores e não dois.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo teu enorme e positivo contributo, mas há dois aspectos que preciso evidenciar. É com Jesus e não com Toni, Jesualdo, Camacho, Trappatoni, Fernando Santos ou Quique Flores que estamos pela primeira vez em não sei quantos anos, em 3 frentes à entrada do último mês de competição. E 3 frentes de qualidade (perdemos na que teóricamente é a menos interessante, a Taça da Liga).

      Segundo, o 4-4-2 não é uma invenção de Jesus é quase uma obrigação neste clube. tenho-me fartado de colocar esta questão como basilar, e não tive até agora grande receptividade dos adeptos. É um facto que eu defendo que na Luz ou fora da Luz contra equipas de qualidade, devemos abandonar o esquema tradicional do 4-4-2, mas também é verdade, e seria desonesto se não o dissesse, no dia em que o Jesus ou outro treinador jogar em casa com FCP ou SCP sem dois avançados, vai ser chamado de "medroso" pela comunicação social, e depois pelos adeptos que regurgitam o que ouvem (recordar a substituição que Koeman fez em Manchester quando tirou Miccolli para meter João Pereira na ala direita desviando Beto para o meio, transformando o 4-4-2 em 4-3-3 - recordaste?).

      É um problema de dificil resolução, mas devemos insistir na questão.

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Se revires o lance do Garay que referes como penalty, admito perfeitamente que o árbitro tivesse marcado.

    Mas muito sinceramente, e depois de revistas as imagens dezenas de vezes, tenho a convicta impressão de que não há penalty nenhum.

    Se reparares, nunca o Garay ataca o holandês nem a bola porque sabe que se o fizesse faria penalty. O que o garay faz é um carrinho ao lado do avançado, tentando colocar as pernas entre a baliza e a bola que vai ser rematada.

    No momento em que o Wolf percebe que o garay faz carrinho, é precisamente quando muda a sua trajetória de corrida e move a sua perna esquerda mais para dentro para promover o contacto com o Garay.

    Há de facto um contacto de joelho, mas é a perna do holandes que vai de encontro à do Garay e não o contrário.

    O lance do Maxi, também admito que tivesse sido marcado penalty. Mas nas imagens, em momento nenhum fico convicto de que haja falta.


    Acho que há um penalty do Maxi já perto do fim do jogo, e acho que Matic poderia ter sido expulso. Agora, o que para mim cai por terra é a teoria de que aos 8 minutos o Benfica já deveria estar a perder 0-2 e com 9 jogadores em campo.

    Ainda assim, acho justo dizer que, neste jogo, nos casos de duvida o arbitro apitou quase sempre a favor do Benfica.

    E acho também que não nos ficaria nada mal enquanto clube, admitir de vez em quando que em certo jogo também podemos ser beneficiados. Acho que admitir que em certo jogo possamos também ter sido beneficiados nos engrandeceria, nos garantiria o respeito dos adversarios, e tornaria mais justificadas as vezes em que falamos que somos roubados, como aconteceu este ano nos jogos contra a Academica e Braga, em que 4 pontos ficaram pelo caminho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escrevi sobre o lance do Garay que "Contudo WW teve sempre o controlo da jogada e conseguiu rematar, coisa que ao longo do jogo e em melhor situação, teve mais dificuldade. Para além disso, e uma vez que criticam o critério largo, há falta de Rinaudo sobre Lima na jogada que antecede esse lance". Isto não quer dizer que eu ache que há penalty, porque não há penalty nenhum. Há falta de Rinaudo sobre Lima, correcto?

      Não, não é correcto porque o árbitro teve um critério largo que começou aos 4 mn quando André Santos deu uma cotovelada no Enzo. Lembras-te?

      Também não há penalty de Maxi sobre Capel, porque NINGUÉM vê se Maxi põe o pé para defender a posição da bola, ou se Capel já tem a bola dominada quando Maxi lhe toca, se é que toca, se é que Capel tinha a bola dominada e não Maxi.. alguém vê alguma coisa?

      Admito que o árbitro podia marcar penalty de Maxi sobre Viola, porque é um lance com boa visibilidade de fácil leitura, como admito que lances desses acontecem bastantes vezes contra nós e não falo disso. Correcto?

      O penalty que els reclama de Jardel é ridiculo. Jardel para segundos antes do contacto. Que pode ele fazer para evitar esse contacto? Atirar-se para o lado para deixar passar o adversário?

      O MAtic pisou o Bruma, lateralmente, isso desde quando é motivo para expulsão? O Bruma antes desse lance tinha dado por trás no Nico Gaitan, também devia ter sido expulso? Se sim, olha, o Matic não fazia falta nenhuma ...

      O Benfica é pontualmente beneficiado por erros de avaliação dos árbitros ou porque se trata de lances de dificil percepção no campo, ou porque se trata de lances onde há muita gente em torno da bola que impede a visão do árbitro. Há e eu admito-o. Assim com por vezes vejo os adversários serem beneficiados da mesma maneira, e também não considero isso como grave. Contudo não sou estupido. Por cada erro que o Benfica é beneficiado, há pelo menos uns 10 em que é prejudicado, desde a falta não assinalada a nosso favor no meio campo, ao cartão poupado, ao penalty sonegado, ao fora de jogo mal assinalado.

      Os árbitros decidem de manual, na esmagadora maioria dos casos. Por isso é que árbitros como Bruno Paixão são "corridos". Esse foi o árbitro da ultima derrota do FCP. Não sejamos inocentes ... MAs também há árbitros que decidem bem ou mal porque estão mal colocados ou porque o lance é dificil.

      Dou o exemplo. Admitindo que não é falta de Rinaudo sobre Lima, admitindo que é falta para penalty de Garay sobre WW, diz-me, como é que o árbitro tem a visão que tu, no sofá, tens? Já pensaste em tentar ver o que o árbitro vê no campo? Já tentaste perceber porque os jornalistas NUNCA têm o mesmo critério, conforme o erro é contra ou a favor do Benfica? No 1º caso, ah e tal, o árbitro não tem TV para ver a repetição, no 2º caso assumem com base na TV os lances que o árbitro não viu ... Percebes porquê seguramente...

      Eliminar
  5. Aguia despreocupada.23 abril, 2013 19:09

    Gostei francamente da analize do Eagle,estou de acordo tambem com o esclarecimento do RedMoon sobre o lance dos penalties,revi varias vezes o lance entre o Maxi e Capel pelo aparato do lance parece penaltie mas revendo mais mais e mais nao e penaltie nao se ve o Maxi rasteirar ninguem o que se ve e o maxi em rodopio e em queda a sua perna entra pelo meio das pernas do Capel sem tocar neste este cai porque o lance e super rapido se virmos bem nao existe 4 penalties como apregoam por ai,e no ultimo minuto nao foi o Maxi nesse lance duvidoso de penalti foi o Jardel mas isso foi um choque de frente entre dois camioes queriam penalties vao la cavalos para outro lado menos no Estadio do meu Glorioso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro, isto é mais do mesmo. Há que criar pressão para o próximo jogo, o alegado presidente do Benfica anda por aí desaparecido enquanto Pinto da Costa vai esgotar a ultima cartada, e assim o Jesus coitado está sózinho. Completamente. Excepto com os adeptos que continuam atrás da equipa.

      Este árbitro que já expulsou Aimar num lance que não viu e de que resultaram 2 pontos perdidos e 2 jogos de castigo, não mudou para nos ajudar. Simplesmente ele adotou um critério largo aos 4 mn quando não penalizou André Santos, por cotovelada em Enzo, e a partir daí o jogo deu no que deu. MAs 90 % dos erros que lhe imputam, não são. São verborreias de uns quantos cretinos que ainda há dias, quando o Benfica foi gamado na Madeira, diziam que os lances eram dificeis de analisar e que o árbitro não tem TV no campo ... uns bons fdp ...

      Eliminar
  6. O Sportém apresentou-se tão melhor fisicamente que saíram dois jogadores lesionados.

    ResponderEliminar
  7. https://www.facebook.com/photo.php?v=10200997851529683&set=vb.1268777271&type=2&theater

    este video prova que a arbitragem foi igual tanto para um lado como para o outro.

    FOI LIMPINHO!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares