Assalto ou 'assalto'?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 19 de março de 2013

Assalto ou 'assalto'?

Avatar
 ●  + 11 comentários  ● 
"Na madrugada de 10 de Fevereiro, a sede da Federação Portuguesa de Futebol foi assaltada. O computador do presidente, Fernando Gomes, da sua assistente e de Vitor Pereira - presidente do Conselho de Arbitragem da Federação - foram furtados.

A PSP está a investigar se o assalto à FPF foi simulado, já que o assaltante parecia conhecer as instalações onde, num período de 12 horas, esteve duas vezes. 

O roubo pode ter sido encomendado num quadro de guerra de árbitros." - in Pasquim do Serpa.

O assalto foi peculiar. Um assaltante que não se preocupou em esconder a cara, em ter deixado para trás ferramenta(s) com que entrou nas instalações e sangue, o facto de ter lá estado 2 vezes em 12 horas, e por onde supostamente acedeu.

Mas os aspectos estranhos não ficaram por aqui.
A rapidez com que o sempre discreto Fernando Gomes veio a público tomar esse roubo como um ataque à sua liderança surpreendeu. Ou Fernando Gomes já tinha sido ameaçado ou esse indignação não passou de uma cortina de fumo para o sucedido.
É que só bastante mais tarde é que foi tornado público que também o computador de Vítor Pereira tinha sido roubado.

Ora, que informações sensíveis poderia ter o computador de Fernando Gomes ou da sua secretária? A agenda dos almoços do presidente da Federação?

Seria o verdadeiro alvo Vítor Pereira e as informações sobre os árbitros contidas no seu computador?
Ou nada mais que um ato de intimidação por alguém, que a mando de um terceiro mostrou como nada ou ninguém está a salvo?
Será que é um 'assalto' efectuado a pedido da 'legalidade'?

O assunto está nas mãos da mesma justiça que matou o Apito Dourado. 

11 comentários blogger

  1. deve ser como o caso do funcionário do fcporto que se suicidou com dois tiros na cabeça,isto é disparou um tiro na cabeça e depois de morto disparou de novo na cabeça.
    tudo caladinho ninguém fala.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há que reavivar a memória dos homens da justiça e do cidadão comum desse estranho facto.

      Eliminar
  2. O mais caricato deste filme, é o facto do edificio exatamente ao lado da sede da FPF, pertencer ao Departamento de Investigação e Acção Penal(DCIAP)...



    ResponderEliminar
  3. Já ninguém se admira com nada! A mim, o que me causa espanto, é ver o Benfica do lado destes bandalhos...

    ResponderEliminar
  4. Águia Preocupada19 março, 2013 14:41

    Para mim, tudo o que aconteceu não passou de uma encenação! Com que intenções, é o que falta saber! Esta gente tem no sangue os genes da corrupção e só sabe viver envolta em nuvens e nevoeiro!
    Quer dizer, o ladrão esqueceu-se de roubar umas coisitas e voltou ao local do crime... Só é emganado quem quer...

    ResponderEliminar
  5. Pergunto-me se esta será mais uma história que morre sem nunca se apurar coisa nenhuma. Como a do Pereira Cristovão, como essa do suicídio, que nunca vi verdadeiramente confirmada ou desmentida, como a de Cadorin que vem hoje no "benfiquistas desde pequeninos", como a do adepto do Braga que morreu atropelado, ou tantas outras.

    ResponderEliminar
  6. Há realmente contornos disto ser um filme muito mal amanhado. Feito por um bando de azeiteiros que apenas tenta tapar o sol com uma peneira já extremamente deformado com o passar dos últimos trinta anos.

    Concordo que a instituição Sport Lisboa e Benfica deva pensar muito bem as palavras que deve dizer sobre este caso. Agora que demore tanto tempo a dizê-las... isso também gera confusão em quem está sempre actualizado nestes assuntos, que somos nós bloggers/internautas.

    Como isto comporta muitas mensagens codificadas para muitos agentes do futebol, posicionados aqui e ali, é claro que só é cego quem o quer ser: Tal como o apito dourado, a utilização ilegal de jogadores por parte do porto, o adiamento ilegal do jogo de setúbal, os desacatos na final do campeonato de basquetebol da época passada e a tal morte do dirigente no curral... este é mais um caso que não será investigado e que já estava morto e enterrado à nascença.

    Como tenho perdido a paciência em escrever sobre isto repetidamente, centro-me agora em continuar no apoio às equipas do nosso clube. Em aumentar o fervor no apoio por parte de todos. Em não deixar que a mística do Sport Lisboa e Benfica adormeça.

    Saudações gloriosas

    ResponderEliminar
  7. Só espero que tenha sido o TRIPULHA, para podermos saber todos os pormenores e detalhes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se te disser que o TRIPULHA apenas cumpriu ordens de alguém interessado em ilibar o PDC?

      Vejo que muitos benfiquistas gostam muito desse sujeito, mas ele apenas foi o responsável para que as escutas deixassem de ser legais. Por isso pensem bem antes de o elogiarem.

      JF

      Eliminar
  8. Desconfio que os assaltantes só são descobertos quando descobrirem quem matou o tal nas instalações das antas...

    xico caçador

    ResponderEliminar
  9. Estão a proceder a um daqueles inquéritos cuja resolução é nada, como de costume. Somos a pátria dos inquéritos para inglês ver.
    Pois, o portista que apareceu morto com um tiro na mioleira! Acho que sim, que devemos falar disto até à exaustão, para chatear os ouvidos a quem de direito.
    O mais importante, porém, é centrarmos as nossas preocupações e energias no nosso Glorioso.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares