O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Ainda e sempre, o fantasma de Vale e Azevedo...

Avatar
 ●  36 comentários  ● 
De quando em vez o fantasma de Vale e Azevedo volta a pairar sobre o Benfica, e especialmente neste blogue é uma delicia quando tal acontece. É a altura em que os ânimos aquecem, numa relação de amor e ódio sentida de forma bem particular por cada um.

No seguimento do excelente post do Shadows, Vale e Azevedo voltou, mas Damásio nunca saiu de cá, quero saudar mais uma vez alguém que há muito faz parte deste blogue com os seus deliciosos comentários, o Conde de Vimioso, com quem nem sempre concordo, mas um daqueles que leio sempre com especial atenção. Sem o conhecer pessoalmente parece-me um Puro Sangue, com o enorme mérito de dizer sempre aquilo que pensa (tão raro nos dias de hoje) e de ser incisivo nas suas opiniões. Para alem de, obviamente, conhecer mais dos meandros da bola do que alguma vez eu poderei conhecer.

E eu, sem ter dados para julgar a veracidade daquilo que escreve e vai dizendo, quem sou eu também para negar o que diz? Como posso eu negar ou contradizer alguém que aparentemente esteve tão dentro dos assuntos enquanto eu me limitei a observar de fora? Por isso, para que fique claro, neste assunto não julgo ninguém, limito-me a ler aquilo que se vai escrevendo, independentemente de ser o Conde a defender o ex-presidente ou outro qualquer a atacá-lo.

Mas sobre este assunto, gostaria também de adicionar o meu quinhão à festa, e o meu quinhão é analisar este assunto de uma outra perspetiva. É que eu, se calhar na minha ignorância, acho que sempre que se fala do assunto Vale e Azevedo se faz de uma perspetiva errada. É que passa sempre a ideia, pelo menos por parte daqueles que defendem o ex-presidente, que foi o Sistema que derrubou Vale e Azevedo, que foi a justiça, bem ou mal exercida por quem de direito, que tirou Vale e Azevedo do Benfica. E é aqui que a teoria falha na minha opinião, porque se bem me lembro, os problemas de Vale e Azevedo com a justiça atingiram o seu ponto alto quando os sócios do Benfica já tinham eleito outro Presidente, ou seja, Vale e Azevedo já não era o presidente do nosso clube. Foram os sócios que tiraram Vale e Azevedo do Benfica, não foram os tribunais, não foi o Sistema. Bem ou mal, foram os sócios. Aquilo que se passou depois, no que ao caminho que o Sport Lisboa e Benfica seguiu daí em diante diz respeito, é completamente irrelevante. Só é relevante para a vida de Vale e Azevedo. 

E se eu aceito, que nessa célebre eleição, talvez tenha havido uma certa influência dos jogos de poder, uma certa campanha mediatizada pela comunicação social para que fosse Vilarinho o novo presidente, há algo que apesar de tudo me parece absolutamente inegável: É que Vale e Azevedo só caiu, ou melhor, caiu principalmente, porque qualquer Presidente corre o sério risco de cair quando os seus resultados desportivos foram durante três anos pouco mais do que miseráveis. E essa é para mim a verdade, embora saiba que alguns defensores do ex-presidente queiram por vezes passar a imagem contraria, de que o Benfica era uma equipa fortíssima, cheia de brilhantes jogadores, que nunca tinha perdido com o FCPorto em casa e réu téu téu pardais ao ninho.

O percurso de Vale e Azevedo nos seus três anos do Benfica é este, para que conste:

1997/1998
Campeonato: Segundo classificado a 9 pontos do FCPorto
Taça de Portugal: Derrota na ½ final com o Braga 2-0
Taça UEFA: Eliminação na primeira ronda com o Bastia

1998/1999
Campeonato: Terceiro Classificado a 6 pontos do Boavista e a 14 do FCPorto.
Taça de Portugal: Derrota nos 1/16 de final em casa com o Setúbal 0-2.
Liga dos Campeões: Eliminação na fase de grupos

1999/2000
Campeonato: Terceiro classificado a 4 pontos do FCPorto e a 8 do Sporting
Taça de Portugal: Derrota nos 1/8 com o Sporting 3-1
Taça UEFA: Eliminação na Terceira Ronda com o Celta Vigo (7-0 e 1-1)

Este era pois um Benfica futebolisticamente medíocre, um Benfica dirigido por Vale e Azevedo que falhara nos seus objetivos desportivos, com uma imensidão de sócios que, tal como acontece em qualquer situação semelhante, estava ávida de mudança, ávida de sucesso desportivo, e Vilarinho foi por assim dizer uma alternativa que apareceu, que prometeu Jardel e não cumpriu, mas que representava isso para os Benfiquistas: novamente a esperança e uma nova luz ao fundo do túnel.

Claro que me recordo bem desses tempos, da catadupa de capas de jornais sempre cheias com calotes ou dívidas que o Benfica não pagava, lembro-me de como os jornais passavam a ideia de um Benfica sem credibilidade nem dignidade, lembro-me até da minha meninice, nas discussões de futebol com amigos Lagartos ou Tripeiros na escola, em que até já eu dizia, pois que mais poderia eu dizer, que todos as dívidas que eles inventavam para nos denegrir ou humilhar, não eram problema nenhum pois o Benfica simplesmente já decidira que não pagava. E se não pagava era como se não houvesse dívidas nenhumas. Pois que mais poderia um Benfiquista dizer nessa altura, se não brincar com as situações?

E essa é para mim a verdade. Vale e Azevedo caiu porque desportivamente falhou, e aliado a isso tinha associada a si a imagem de um Benfica profundamente ferido nos seus valores e na sua dignidade, que ainda assim não teria peso nenhum na cabeça dos sócios, fosse o Benfica da altura um clube ganhador. Caiu como tantos outros Presidentes caíram, e o que o tornou figura incontornável na história do clube foi o que se passou depois, os seus problemas com a Justiça que o tornaram numa espécie de mártir e no fantasma que há-se sempre surgir de vez em quando na mente de cada um, quando alguém quiser invocar um momento específico que tenha mudado o curso da nossa história. 


 E o fantasma é esse: é que para os defensores de Vale e Azevedo, o futuro do Benfica com Vale e Azevedo seria sempre brilhante, algo que será sempre facílimo de dizer, visto não haver qualquer hipótese de contraditório.

36 comentários blogger

  1. Caro Redmoon,

    Gostei de ler o artigo. Foram efectivamente os sócios que derrubaram Vale e Azevedo, que sem a protecção "garantida" por ser presidente do Glorioso, foi sendo acusado e indiciado de tudo o que de mal fez. Não tenho quaisquer dúvidas de que se tivesse continuado como presidente, nunca teria passado qualquer dia na prisão.

    No entanto discordo de um ponto. Vale não caiu porque teve uma mandato miserável em termos de titulos, ou porque o Benfica vivia assolado de dívidas e mau nome na praça pública.
    Vale caiu, porque Vilarinho garantiu o apoio de Eusébio e prometeu o Jardel.

    ResponderEliminar
  2. superaguia1904@hotmail.com16 novembro, 2012 10:27

    Deixar passar cheques em branco a candidatos bem falantes, que prometem mundos e fundos, tratando dos problemas com superficialidade, apresentado soluções fáceis e imediatas, foi a melhor "lição" que Vale deixou.

    O clube tornou-se mais humilde, trabalhador e determinado, recuperando assim caracteristicas fundamentais que estiveram na sua génese e que lhe permitiram ser o clube vencedor e grandioso em que se tornou.

    O fantasma não é VA mas a extinção do clube. O gozo na praça pública. Os calotes publicitados. A desunião. A incoerência. Os egos. O protagonismo exacerbado dos notáveis. A incapacidade das equipas. O "fim" das modalidades. A deserção de adeptos e sócios. O descalabro continuado, dia após dia.

    Este é o verdadeiro fantasma que jamais poderá a pairar no clube.

    Que sirva para eliminar os vendedores de banha da cobra que apareçam a eleições no Benfica, para todo o sempre.

    Os sócios votaram de forma esclarecida e esclarecedora. Que todos saibam tirar as devidas ilações.


    ResponderEliminar
  3. O Benfica no tempo do Vale e Azevedo era uma anedota. Desportiva e institucionalmente. Não passava uma semana sem que se enchessem páginas de jornais com salários em atraso ou dívidas a outros clubes. E só em Portugal é que alguém que responda à justiça é um "mártir", como alguns comentadores neste blogue querem fazer crer (não o Redmoon, bem entendido). Convém também lembrar que, enquanto foi presidente do Benfica, os tribunais não lhe tocaram; foi apenas após perder as eleições que teve que fugir do país e ir para Londres, onde tem vivido confortavelmente todos estes anos. De igual modo, enquanto for presidente do Porto -- cargo que só deixará quando bater as botas -- Pinto da Costa viverá impunemente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Blablabala...

      Factos...nome dos bois.

      Fugiu????

      Não fales do que não sabes nem engravides de ouvido.

      Blablablabla

      Eliminar
    2. http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1005940&especial=Vale%20e%20Azevedo&seccao=SOCIEDADE
      http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=1127926
      http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1006064&especial=Vale%20e%20Azevedo&seccao=SOCIEDADE
      http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=647956
      http://www.publico.pt/Sociedade/vale-e-azevedo-condenado-a-cinco-anos-de-prisao-no-caso-ribafria-1289826
      http://www.ionline.pt/portugal/vale-azevedo-pode-ser-expulso-vez-da-ordem-dos-advogados

      etc, etc... (deixei de fora os salários em atraso, ficava aqui o resto do mês)

      Percebeste agora? Ou é preciso que te explique mais devagar?

      Eliminar
    3. ... e ficaram de fora também as dívidas a outros clubes.

      Eliminar

    4. Fala do que sabes, do que viste do que assististe ou agora os pasquins já são crediveis.

      Não diz aí em algum lado que tambem foi sócio dos corrupto????

      Blablablabla......

      Como é que um indigente como tu pode explicar alguma coisa se não passa de um néscio.

      Eliminar
    5. Deixa ver se percebi... portanto, tu achas que quando, ao longo dos anos, surgem notícias de múltiplas condenações em diversos julgamentos, essas notícias são falsas. São os jornais que são "pasquins" e não são "credíveis". E o néscio sou eu?, ó otário! Talvez eu devesse enviar também um autógrafo para o teu puto, parece que isso ajuda com trouxas como tu.
      Fico-me por aqui. Daqui a bocado estás a dizer que o Relvas também não é trafulha, é apenas incompreendido...

      Eliminar

    6. A meio do teu comentário ainda estava indeciso em perder algum tempo e provar-te que não tenho receios de ser desmentido, sou objectivo e por isso não reproduzo cassetes que tu transmites por aí muito arranhadas.

      Assim acho não dever per tempo com indigentes como tu cuja inteligência ainda deixa espaço na cabeça de um alfinete.

      Além de burro também és cego.

      Eliminar
  4. Subscrevo o post na generalidade. Porém, só gostava de deixar duas opiniões:

    1ª Vale e Azevedo não caiu porque desportivamente falhou. Vale e Azevedo caiu porque foi "vítima" (não subentendam mal esta palavra) da gula de um grupo de cavalheiros que o denegriram até mais não poder. É que, se Vale e Azevedo tivesse caído por uma questão desportiva, porque é que Filipe Vieira já não foi "expulso" do clube pelos sócios?

    2ª Pessoalmente, nunca apoiei Vale e Azevedo e acho que ele nunca seria um bom presidente para o nosso clube. Como tal, não acho que o futuro do Benfica tivesse brilhante. Aquilo que nunca aceitarei, independentemente de tudo, é o "movimento" que foi montado para denegrir o homem e a perseguição que lhe está a ser feita por ter afrontado o sistema.

    Apesar de tudo, alguma sorte ainda teve Bruno Carvalho (na minha opinião outra nódoa) ao ter-se livrado da má fama de, como em tempos disse Vieira, ser o garoto que vinha assaltar o Benfica - sistuação que acabaria por redundar no conhecido golpe nos estatutos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada16 novembro, 2012 12:57

      Afinal quem é que assaltou o clube? Bruno Carvalho ou quem promoveu e manipulou a seu belo prazer a alteração dos estatutos?

      Quanto ao post, é sempre difícil, impossível mesmo, prever um futuro que não aconteceu nem acontecerá.
      Votei VA na primeira eleição. Vi que me enganou já não lhe dei o benefício da dúvida na segunda.
      Mesmo na dúvida desse futuro sempre incerto e que não aconteceu, eu não gostaria de ver o meu clube pelas ruas da amargura como o vi nesses tempos de má memória! Por culpa dele, nossa e da má publicidade que os nossos detractores utilizavam diariamente.
      VA caiu por uma série de circunstâncias e não só pelos resultados. A ser assim, Vieira há muito tinha sido corrido. É verdade que a máquina infernal está bem montada e oleada e hoje é muito mais difícil destronar alguém nas condições em que se encontra Vieira.
      VA foi ingénuo e não percebia dos reais meandros do futebol e dos seus perigos. E caiu como jamais o corrupto lá de cima e o oportunista cá de baixo alguma vez cairão. Porque quando tal acontecer, eles sabem bem o que os espera...

      Eliminar
  5. Red, Vale recebeu um Benfica de rastos de Damásio. Financeira e desportivamente. E tentou mudar. Cometeu erros como todos cometem e aos poucos foi aprendendo e criando um plantel cada vez mais forte. Tenho a absoluta convicção que se ele ganha as eleições, Mourinho não saía, e seríamos campeões e teríamos entrado num belo ciclo de vitórias. Um dos erros q Vale cometeu, e ele assume, foi ter dado tudo a Souness pq acreditou que podia ser campeão nesse ano (um pouco como Vieira e Veiga fizeram com Koeman). De resto, olhar para a classificação final é irrelevante pq sabemos bem como as coisas se processam em Portugal. Kandaurov marca um golo limpo nas Antas q é anulado. Se esse golo é validado o SLB vencia o jogo e o campeonato dava uma volta. Não vencemos e foi o que aconteceu em todos os outros anos.

    ResponderEliminar
  6. Concordo com quem diz que não foram apenas os resultados desportivos a ditar a queda de Vale e Azevedo. Houve, claro, outros factores, entre os quais o trunfo Jardel e o famoso abraço de Eusébio a Vilarinho.

    Porei no entanto as coisas ao contrário, todos esses trunfos seriam absolutamente irrelevantes fosse o Benfica da altura um clube ganhador. Infelizmente não era, e tudo o resto veio por arrasto.


    LFV não caiu sendo presidente de um clube perdedor por duas razões:
    Primeiro, pela propaganda em torno de Vale e Azevedo, trunfo usado durante mais de uma década pelo actual presidente para legitimar o epiteto de Salvador e Guardião do Templo. Quanto a mim erradamente.

    EM segundo, porque houve com a queda de Vale e Azevedo a sensação, certa ou erradamente, que o clube tinha finalmente batido no fundo, e que sair dele levaria tempo. A falta de resultados desportivos foi sendo justificada aos olhos dos sócios, pela necessidade de recuperar o clube, Não estou a justificar o comportamento, estou apenas a dizer que a estratégia utilizada pela actual direccçao foi essa, legitimar o seu poder, denegrindo a e recordando sempre a direcção de Vale e Azevedo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RedMoon,

      Completamente de acordo com a tua análise.

      Mas como é possível, aos olhos (e ouvidos) dos sócios, andar 10 anos a bater no ceguinho JVA como se fosse o culpado pela actual incompetência de gestão?

      Naturalmente que também percebo que as alternativas são inexistentes. Ainda assim, sempre julguei que os votos nulos reflectissem o descontentamento dos benfiquistas. Aparentemente não existem, dentro dos 22.676 votantes, benfiquistas descontentes (só 3%, salvo erro)...

      E isso, para mim, é um lamentável e preocupante sinal da falta de exigência dos sócios. Já para não falar da da direcção: lembro a rábula do "ganhar 3 campeonatos em 4". Pelos vistos, é preciso estabelecer uma meta máxima, não vá a gente desatar a ganhar mais do que isso, sem deixar nada para os outros!

      Eliminar
  7. Eis algo que sempre me fez alguma confusao:

    Porque razao Joao vale e Azevedo nunca deu, ou quase nao deu, entrevistas desde que foi condenado? Porque nao apareceu a publico a explicar os actos de que era acusado? Sera que estava proibido de falar por lei? Ou da parte dos orgaos de comunicacao social nunca houve interesse em q JVA falasse?

    E que tal uma entrevista de JVA a este blogue? Uma entrevista com mente aberta e sem ideias pre concebidas! Ninguem tem o contacto do homem?

    Esse sim, seria um excelente furo jornalistico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. superaguia1904@hotmail.com16 novembro, 2012 14:57

      Que VA explique em tribunal.

      Também se pode entrevistar pessoas do clube que sabem de que forma VA lesou o clube!

      Eliminar
    2. Redmoon,

      Essa também é uma dúvida que me assalta. Porque é que o homem nunca falou? Quer dizer, até disse umas palavras mas a jornalista que o entrevistou esteve sempre mais preocupada em fazer perguntas que não interessavam nada para o caso. Sim, porque para mim não me interessava onde é que ele vivia nem quem é que lhe pagava a renda...

      Quanto ao repto da entrevista, estou completamente de acordo. Espero é que não apareçam por aí entraves misteriosos e acontecimentos caricatos como aqueles que se deram dias antes das últimas eleições e que visavam somente dissuadir aqueles que ainda procuram alguma verdade...

      Eliminar
    3. Penso que você anda distraído. JVA deu VÁRIAS entrevistas quando esteve detido no EPJ e já em Inglaterra. Numa delas dada à Visão, chegou a afirmar que, se foi absolvido de devolver o dinheiro ao Benfica que alegadamente dizem ter roubado (o tal milhão de dólares, 190 mil contos na altura), e se ele tem um processo contra o Benfica em que reclama ser credor de 7 milhões de euros, então poderá um dia concluir-se que ele roubou o próprio dinheiro ...

      A questão que devia ser esclarecida é outra: a DIRECÇÃO DO BENFICA DEVIA MOSTRAR O COFRE ONDE ALEGADAMENTE ESTAVAM OS DOCUMENTOS FALSIFICADOS DOS CONTRATOS COM A EUROÁREA.

      Eliminar

    4. Eu tenho essas entrevistas todas.

      Mas todos sabemos que a Máfia e a justiça perante as verdades assobiam para o ar ignorando.

      Eliminar
  8. Jota Pê

    Todas as direccoes tiveram meritos e demeritos, e as de LFV e JVA nao foram excepcao.

    Ja defendi LFV em muitas ocasioes e ja lhe elogiei muitas façanhas, mas sem divida que LFV é o principal responsavel pelo fantasma JVA. É de facto incrivel como mais de 12 anos depois JvA continua a ser lembrado sempre q interessa justificar todo o mal e todo o perigo no caminho do benfica.

    Se Jva continua a ser fantasma e nunca foi esquecido, é porque de facto LFV nunca quis que ele morresse.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia Preocupada16 novembro, 2012 17:17

      "Se Jva continua a ser fantasma e nunca foi esquecido, é porque de facto LFV nunca quis que ele morresse."

      E porque será?! Não será muito mais fácil esconder os nossos erros alertando e exaltando os dos outros?!

      Eliminar
  9. Um texto que pretende explicar que JVA caiu pelos resultados desportivos (embora o autor, num flik flak digno de Pragal Colaço, já tenha corrigido num dos comentários) e comete uma data de erros grosseiros, não merece credibilidade. Vamos às correcções:

    1997/1998
    Campeonato: Segundo classificado a 9 pontos do FCPorto (falta referir que Damásio deixou o Benfica a 10 pontos em apenas 4 jornadas, ou seja, JVA com os "toscos" ingleses recuperou 1 ponto ao FCP e obteve a Liga dos Campeões)
    Taça de Portugal: Derrota na ½ final com o Braga 2-0 (errado, foi 2-1 e após prolongamento. Podia acrescentar que o jogo foi em Braga. A FPF tinha marcado o jogo anterior do Braga para uma sexta feira, um Boavista-Braga, e o SCP-Benfica para um sábado. O tal jogo em que o "porteiro" de discoteca Brian Deane deu um show de bola aos entendidos do futebol português. Resulta que o Benfica teve menos 1 dia de descanso, de sábado para terça feira, que o Braga. Perdemos no prolongamento. Se calhar teve a ver ...)

    Taça UEFA: Eliminação na primeira ronda com o Bastia (erro brutal. Esta eliminação é assacada a Damásio, Manuel José. Vale e Azevedo nem sonhava que ia ser presidente do Benfica)

    1998/1999
    Campeonato: Terceiro Classificado a 6 pontos do Boavista e a 14 do FCPorto (correcto, mas à 25ª jornada, a 9 do final, o Benfica estava a 1 ponto do FCP antes de receber o Boavista, onde para variar fomos roubados por António Costa. Se a instabilidade criada pelos "notáveis" não tivesse acontecido, se Souness não fosse castigado por todas as edições de jornais diárias, o Benfica esse ano podia ter feito muito mais).

    Taça de Portugal: Derrota nos 1/16 de final em casa com o Setúbal 0-2 (errado, o jogo foi em Setúbal)

    Liga dos Campeões: Eliminação na fase de grupos (sim, mas só passava 1, esqueceu? Em 6 grupos passavam os primeiros e os 2 melhores 2ºs lugares).

    1999/2000
    Campeonato: Terceiro classificado a 4 pontos do FCPorto e a 8 do Sporting
    Taça de Portugal: Derrota nos 1/8 com o Sporting 3-1 (sim, em casa por sinal)
    Taça UEFA: Eliminação na Terceira Ronda com o Celta Vigo (7-0 e 1-1) (sim, oitavos de final, o Celta depois eliminou a Juventus por 4-0 e 0-1)

    São estes os miseráveis resultados desportivos? Porque não faz aqui a comparação com os resultados do mandato de Vilarinho com Vieira a gestor desportivo? Como presumo que é honesto, acho que a vai fazer. E pode ir mais longe. Faça também a comparação com o mandato de Damásio, para ficar claro que JVA não agravou a miserável situação desportiva herdada, mas sim estabilizou o Benfica e se mais não fez, obviamente porque teve de lutar contra o "sistema", a comunicação social e os notáveis pindéricos, como Manuel Botto que a meio do mandato já tinham assumido serem candidatos no acto eleitoral seguinte. A instabilidade criada ESTRATÉGICAMENTE de fora para dentro com vários a ajudar, explica em parte os menores resultados desportivos de JVA.

    Mas quando se fala de JVA e esquece que foi Mourinho que foi ressuscitar o quase falecido Pinto da Costa e dar-lhe os 2 títulos europeus que permitem ao FCP ultrapassar o Benfica, e sabendo que foi a anedota Vieira quem desastradamente quis recuperar o Mourinho que Vilarinho tinha despedido, enfim, vir aqui falar do mandato desportivo de JVA, desculpe lá mas isto é conversa para indigentes...

    ResponderEliminar
  10. Caro Eagle,

    Sim, ja percebi por outros posts que voce é o homem das estatisticas, por isso nao vou discutir.

    Eu quando quero saber algo vou à net, agora estou no telemovel e nao vou confirmar, mas se o jogo do setubal foi fora em vez de em casa, ok, desculpas pelo lapso mas assim estava no site.

    E se quiser, aqui porei a fonte mais logo, para nao pensar que me enganei de proposito. O mesmo se aplica ao resultado com o Braga. Com prolongamento ou sem, veja, la que diferença.

    Sobre as eventuais entrevistas à Visao, desculpe la tambem se nao a li, moro em Inglaterra, e sabe, nem tudo se vende em cada esquina. Acompanho como posso.

    No resto tambem nao vou rebater, porque me parece que voce foi o unico a ler o post ao contrario e a deturpar tudo o que disse.

    Mas pelo menos todos ficámos a saber que o Benfica desportivamente era uma maquina, e que tudo mais que de negativo se diz da gestao de jvA era tambem boato.

    Voce tambem vai concerteza achar que a dispensa a custo zero de joao pinto foi um acto de gestao genial, alias como todos pudemos comprovar na epoca seguinte quando levantou o caneco pelo Sporting!

    Alias, tb nao percebi o porque da comparacao dos resultados desportivos com Damasio. Mas eu disse que os de Damasio eram melhores ou comparei-os sequer?! Os de Damasio eram a mesma merda, tal como merda foram os de Vilarinho e merda teem sido os de LFV, e a merda nao passou a ser boa com JVA. Em resumo: tudo a mesma merda de ha 20 anos para ca.

    Eu, e se voltar a ler o texto, vera que me quis manter numa posicao neutral em relacao as falcatruas de que JvA era acusado. Mantenho me neutral porque admito que nao sei. Ha muito que deixei de confiar no que a justiça decide. Admito que em muitos assuntos JVA tenha sido entalado.

    Alias, pelo que perebi do sei comentario, os socios do benfica eram todos parvos. Desportivamente o benfica era um colosso, em termos de honra nao havia nada de que nos pudessem acusar, a dispensa de Joao pinto foi genial.Os socios votaram Vilarinho porque so o amigo Eagle sabe pensar pela sua cabeça. Os outros sao todos tolinhos.



    ResponderEliminar
  11. E ja agora, caro Eagle, se a eliminacao com o bastia foi com Damasio, pode confirmar se a eliminacao com o colosso europeu Halmstad em 2000/2001 na primeira ronda da taca uefa foi ou nao com JvA?

    ResponderEliminar
  12. Realmente, um azar do caraças. Entao afinal o caro Eagle lembrou se que a eliminacao com o bastia foi com Damasio e nao se lembrou que a com o halmstad foi com JVA, e vejam la, a um mes do acto eleitoral com Vilarinho?!

    Realmente, os resultados desportivos nao tiveram nada a ver com o assunto

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. RedMoon

      Não sou muito bom nisso de datas mas penso que essa derrota com o Halmstad não foi no periodo de eleições.

      Não terá sido numa epoca anterior??? Penso que sim.

      Eliminar
  13. E os célebres 7-1 com o Celta de Vigo foram uma invenção dos jornalistas avençados ...

    E esta estória do meu particular amigo Carlos Gamarra fui eu que inventei há uns minutos atrás ...

    " Gamarra esteve oito meses no Benfica. Contratado por Manuel Damásio, recorda a reunião em que Vale e Azevedo lhe comunicou que o seu passe fora vendido ao Corinthians.
    "Um dia fui trabalhar de manhã e disseram-me:

    "Você tem de ir para o Brasil". "Porquê?", perguntei. Responderam: "O Corinthians quer contratá-lo e nós temos de vender, porque precisamos de dinheiro".

    Foi Vale e Azevedo quem mo disse. Eles deviam-me algum dinheiro e eu fui ao escritório dele, com a minha mulher. Estavam para aí cinco ou seis directores, todos com charuto e começaram a falar.
    Ficámos a ouvir. Disseram que estavam felizes por mim, porque sabiam que eu não gostava de Lisboa.
    Foi nessa altura que a minha mulher disse que, por ela, ficava o resto da vida em Portugal. Eles falaram, falaram, mas acabaram por pagar aquilo que me deviam.
    Se não pagassem, eu não assinava o contrato e inviabilizava o negócio com o Corinthians", relembra o central do Inter de Milão, que desconhecia o facto de Vale e Azevedo se encontrar preso." ...

    E já agora,alguém se lembra como foi processado o contrato de transferência do Scott Minto para o West Ham no valor de 1 milhão de libras ?

    Bla... bla... bla...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Mas afinal o que é que nos querias dizer????

      Que o Damásio tinha deixado o Benfica falido e que o Gamarra foi vendido.

      Quanto a essa dos charutos deves ser tu que queres dar uma de engraçado... Sabes porquê????

      Porque no escritório do JVA não havia cinzeiros.

      Sabes porque sei???

      Estive lá muitas vezes e azar ou sorte a minha...eu fumo.

      Sim o Scot foi vendido e mais????????

      Sabes, virtude é saber estar calado quando não se tem ou não se sabe dizer nada e o contrário chama-se imbecilidade.

      Eliminar

  14. Caro RedMoon

    Se não me conheces parece embora deve enfatizar que não só digo o que penso como também só falo do que sei.

    Interpretem como quiserem mas há muito poucas pessoas que estejam habilitadas a discutir o mandato de JVA como eu e não por idolatria, que é coisa que não cultivo, mas por uma doença que cada vez mais se agrava e que não tenham dúvidas mas mandará para o outro lado com antes do devido tempo, essa doença é o SLB.

    Outra pessoa, que eu corroboro viveu também muito de perto e intensamente essa década de 90, é o Eagle 01.

    Sendo nós dois educados nessa ruralidade Transmontana transmissora, noutros tempos, dos valores bem amassados em caracter, honra, dignidade, frontalidade e verdade a que os progenitores ainda se permitiram acrescentar alguma formação academica mas onde o Benfiquismo era cego, esse aprendio-o e continuamos a defendé-lo com os valores que atrás vos referi porque muito acima de qualquer personalidade está o Benfica.

    Tanto eu como ele demos muito tempo, gastamos dinheiro e NUNCA auferimos um cêntimo que fosse. A nossa dedicação foi por amor, paixão e defesa perante tudo e todos do SLB.

    Posto isto direi que se em tempos assumi por iniciativa própria a defesa de JVA fosse onde fosse e perante quem fosse a determinada altura achei por bem que o tempo fosse o julgador, que paulatinamente e à medida que os seus inimigos definharem irá ressurgindo a verdade. Claro que nunca evitarei um desafio ou até uma ""guerra"" embora mesmo nestas circunstância nunca use todo o arsenal.

    Hoje só quem for indigente é que ainda engole ou remoei todas essas patranhas e ciladas que ao Homem foram pertuadas.

    Por falar em ""Cilada"" deixem-me aqui confidenciar-vos um pequeno pormenor que serve também aos interessados que pretendam inteirar-se melhor do que foram esses tempos.

    Mesmo na prisão JVA telefonava-me pelo menos uma vez por semana e um dia disse-me que estava a escrever um livro sobre o seu mandato mas focado na situação que lhe tinham criado e num desses telefonemas perguntou-me que título lhe havia de de dar ao que respondi ""CILADA" mas ele sempre mais moderado disse-me que se fica pela ""A ARMADILHA".

    É Com ele ainda na prisão que esse livro foi ""lançado", acto em que estive presente, tendo ele posteriormente tido a gentileza de me fazer enviar dois exemplares, para mi e meu filho, com as respectivas dedicatórias.

    Surpreendeu-me pois se muitas vezes lhe tnha dito que por ""dinheiro não mas por um ideal ia até à morte.

    Pois a surpresa foi a sua dedicatória que reza assim: ""Tudo vale a pena quando se defendem ideias e ideais""

    Titulo: ARMADILHA

    Editora: Letras Gordas....Lisboa....Novembro de 2002.

    Já agora deixem-me transcrever aqui a primeira página do seu livro e que é uma citação.

    """Se alguém se encontrar na situação de não poder defender os seus direitos, quaisquer que sejam as circunstâncias,contra a agressão de um determinado grupo de pessoas, não há limites para as exigências que lhe serão feitas, nem para as humilhações que terá de aceitar."""

    Não não é dele, esta citação é de ...WINSTON CHURCILL.

    ResponderEliminar


  15. Caro RedMoon

    É fácil concordar comigo porque me pauto pela verdade e raramente opino pois vou mais na descrição daquilo a que assisti ou vivi e por factos e como amo acima de tudo a verdade, portanto....

    Red, já por muitas vezes cataloguei por aqui muitos Benfiquistas de net, sem querer ser depreciativo, mas para dizer que anda por aqui muita juventude, uns felizardos porque hoje têm aceeso ao que no meu tempo para sabermos tinhamos que viver in loco e a diferença é essa prque que viveu in loco não conheceu só o teclado, conheceu pessoas, entre dirigentes, roupeiros, médicos, motoristas, jogadores e esse patrimonio mantém-se com alguns lá dentro e outros a manterem-se bem relacionados, ao longo de mais 40 anos. Fiz-me entender????

    Quando tu dizes que JVA caiu pela falta de resultados tenho que te dizer que não sabes o que dizes e que esse foi possivelmente o ultimo factor.

    A campanha,interna de Benfiquistas e até de alguns do staf, outros que foram minados e externa de todas as estruturas do futebol a que se juntava o algoz oliveirinha contribuiram muito mais do que isso dos titulos.

    Se te disser que houve laguns resultados durante a campanha eleitoral que nem os próximos da direcção perceram como um jogo em Paços de Ferreira a jogar contra que se empatou 1-1 mas que se jogou péssimamente. Foi um jogo que nunca esqueci porque também houve coisas que também não percebi e como foi mesmo em cima das elições mas mesmo assim é bom não esquecer que o Jornal a Bola a três dias das eleições numa sondagem ainda dava 70% a JVA. É certo que nesses três dias muita coisa aconteceu, algumas que se sabem e outras que poucos sabem

    Concordarás que procuraste estribar algumas das tuas opiniões ou duvidas em factos e para isso
    recorreste ao patrimonio desportivo desse mandato. Ora se tu tiveste logo a seguir o mandato mais humilhante da história do Glorioso com sextos e quartos lugares, com a estabilidade que JVA não teve, com Jardeis, com Eusébios e com todos os milhões dos amigos de Vilarinho, como ele apregoou fácil e constatar, como reconheceste nos comentários, que escolheste mal o trunfo.

    E aqueles dias que Portugal saiu à rua com quase 100.000 em Matosinhos no ultimo desses dias. Sim falo do ciclismo e dessa volta a Portugal que depois tentaram e deu flop. Também conta ou não.

    De João Pinto também não fales porque não sabes nada nem de dinheiros nem de comportamentos.

    Quanto a dinheiros parece que ainda andam por aí umas questões em tribunal em que o entalado não é o Benfica e se quiseres saber mais o Shadowus ou o Benfiquista de Braga dão-te o email.

    És um jovem e por isso deixa este veterano dizer-te: As coisas muitas vezes não são o que parecem.

    Quanto ao resto dos comentários que inicialmente pensei comentar mas que me arrenpi até de subscrever algumas indigências, direi que há por aí muita gente nos quais me incluo que mesmo não podendo falar do abstrato não tenho duvidas que o benfica hoje seria muito melhor.

    É que a Máfia e o sistema desse tempo comparados com a actualidade, hoje, é uma brincadeira.

    Depois convém não esquecer as consequências demolidoras que a vitória sobre o oliveirinha e o sistema e o respeito e força que o SLB ganhariam.

    Sim, porque a direcção de JVA tinha um projecto para o Benfica e tinha conselheiros que tinham sido responsáveis pelo sucesso de um grande clube Europeu.

    PS-Red o que é para mim confrangedor e que tu também referes é haver Benfiquistas, que nos dias de hoje e depois de tanto tempo, ainda se lambuzam quando um dos maiores trunfos na campanha de Viera foi JVA e o oliveinrha.

    Quem diria.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conde,

      Obrigado pelo teu enorme comentário, que mais uma vez li com enorme atenção. Não vou, claro, entrar pelo caminho de que tudo o que JVA fez foi bem feito. Acho que não, que cometeu erros e alguns penalizaram-no.

      MAs claro, não precisava das tuas explicações para o saber, mas o que disseste confirma o que já sabia: que nós o Zé Povinho, o Zé Povinho que alimenta no fundo esta indústria chamada futebol, só sabe o que alguns poucos querem que saibamos. Muito se passa por detrás das cortinas, que no fundo até é bom que não saibamos, porque se soubéssemos perdíamos a paixão e dedicávamos o nosso interesse a outra coisa qualquer.

      ALiás, isso não é so no futebol, é em tudo na vida, nas guerras, o poder da comunicação social é incrível.

      COntinua a contar de vez em quando algumas das coisas que sabes. Terás sempre aqui um leitor assíduo, mesmo que por vezes não concorde com tudo o que leia.

      Sobre aquilo que vais contando, até hoje nunca me deste razões para duvidar da sua veracidade.

      A não ser que também tu tenhas sido enganado:))

      CUmprimentos

      Eliminar
  16. Uma apreciação extremamente redutora ó Red, mas você era menino na altura como diz, não era?. Pronto, paciência. Mas se você aceitar a minha ajuda eu explico ou tento pelo menos. A época de JVA foi como que um 25 de Abril em "miniatura", pois ...mas você tambem não o sentiu, mas faça lá um esforço imagine...

    António José

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Analogia perfeita e que o povo Benfiquista festejou por esse país fora mas como o país também alguns boicotaram para beneficio próprio.

      Eliminar

  17. RedMoon

    Deste teu ultimo comentário, que agradeço, mexeu comigo a última frase a que respondi de forma extensa ((é sempre assim)) mas chegado ao fim , se é que isto teria fim, achei por bem não publicar, por ser extenso e também porque não como acima disse não é meu intuito prolongar estas discussões.

    Se te interessar ler diz para onde o deverei mandar, para o blogue ou para onde quiseres.

    Fica em arquivo morto pois pode até um dia volat a ser-me útil.

    Abraço

    ResponderEliminar
  18. Conde,

    Se assim é envia me entao esse comentario para o email. Lerei com todo o interesse. Abraço

    O viriato dar te a o meu email

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking