Jesus e o ADN do Benfica
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Jesus e o ADN do Benfica

 ●  + 65 comentários  ● 

Portugal, 28 de Agosto de 2012

Queira-se ou não, Jorge Jesus já deixou uma marca incontornável no Benfica e no futebol nacional, através dos anos que tem servido o Benfica, e dos pequenos - grandes títulos que conseguiu conquistar, contra tudo e contra todos, incluindo a mesquinhez ignorante de gentes do próprio Benfica

De facto na nossa história recente, julgo que só Otto Glória serviu o Benfica mais anos do que Jesus, embora em dois períodos distintos e intercalados com, julgo, Bella Guttman. Não consigo encontrar outro treinador com 4 épocas iniciadas, nem no Benfica, nem no FCP ou SCP, esperando que em breve Alberto Miguéns possa satisfazer a nossa curiosidade sobre este aspecto.

Jorge Jesus chega ao Benfica após um mini ciclo descendente do nosso futebol, resultado da incapacidade da Direcção em segurar Koeman (levou-nos aos quartos de final da Champions), deixando depois Fernando Santos ao abandono para o despedir após a 1ª jornada da 2ª época, indo depois recuperar um amigo, Camacho, que contudo nunca conseguiu gerir Rui Costa na equipa e acabou por sair, dizendo com toda a sinceridade que “não sabia que fazer mais”. Veio Quique, depressa conotado com opção de Rui Costa no seu primeiro ano de dirigente. As guerras intestinas no clube fizeram o resto e mais uma vez trucidaram um treinador que a seguir foi recuperar o Atlético de Madrid das posições de descida de divisão, guindando-o à vitória na Liga Europa e na Supertaça Europeia.

Jesus surge neste contexto como escolha de Vieira e como mostra de fragilidade de Rui Costa a quem foram assacadas as responsabilidades pelo “fracasso” de Quique Flores.

Adepto confesso do futebol de ataque, Jorge Jesus implementou uma versão do 4-4-2 em losango (sistema tentado várias vezes por Fernando Santos, com outros intérpretes), com Di Maria no lado esquerdo, Ramires médio interior a descair para o lado direito (fez apenas 1 assistência, mas marcou vários golos na posição de ponta de lança), Javi Garcia como pêndulo de ligação defesa-ataque, dois pontas de lança que combinaram de forma contundente, Saviola e Cardozo, defesas centrais seguríssimos, Luisão e David Luís, o defesa lateral direito que já na altura não tinha alternativa, mas ninguém falava porque não vinha nos jornais, Maxi Pereira e um defesa esquerdo que não me lembro quem era e mais tarde passou a ser Coentrão.

Sorte, mérito, muito trabalho ou cansaço de títulos que o “sistema” tinha dado ao FCP, 4 consecutivos, o que é certo é que o Benfica fez uma época espectacular a todos os níveis, algo de irrepetível nos tempos mais próximos, pois obtivemos 84% de pontos, tantos quantos Mourinho no 1º ano que foi campeão pelo FCP (com boas arbitragens e um bom plantel, vencedor da Taça UEFA).

Os anos continuaram, os jogadores mudaram e Jesus continuou fiel à táctica do 4-4-2 em losango, desvalorizando as lições das derrotas em Anfield Road por 4-1 e em casa do FCP com Proença a arbitrar, por 5-0. Como resultado fomos eliminados da Champions por Shalke04 e Lyon, sem marcar 1 único golo fora de casa. Mas atacamos bastante, como os adeptos gostam.

Na época passada finalmente chegou um sinal de inteligência e reflexão, e vimos o Benfica jogar na Champions e em alguns jogos mais difíceis em 4-2-3-1, o que seguramente teve a ver com a chegada aos quartos de final da Champions e uma receita arrecadada de 20 milhões de euros só em prémios da UEFA.

Apesar dos bons resultados obtidos por este modelo de jogo, inédito no Benfica dos últimos anos (para não dizer desde sempre), ouviram-se e leram-se algumas criticas, quer de fora, quer de dentro. As de “fora”, sabemos que têm uma intenção: ajudar os adeptos a pensar mal. As de dentro confesso que não entendo e só as posso associar à tal burrice pelintra e ignorante que faz escola entre certos adeptos, mais ou menos ilustres do nosso Benfica.

Como nós sabemos que temos uma Direcção que não pensa futebol, negoceia-o à custa de mais e mais empréstimos bancários, esta época temos outra vez o 4-4-2 em losango. O tal modelo de ataque, o tal futebol que é o ADN do Benfica

Jesus limita-se a ir de encontro à história táctica do Benfica. Transformou o 4-4-2 clássico dos anos 60 e 70, no 4-4-2 losango apesar de tudo, um pouco mais consistente nos contra ataques dos adversários. Criticar os modelos de jogo de Jesus é ao fim e ao cabo, criticar os modelos de jogo do Benfica ao longo dos anos, é criticar o tal ADN do futebol de ataque. 

Se algo está mal ou carece de reflexão entre sócios, adeptos e analistas que se interessam por estes pormenores, então temos de por o ADN do Benfica no cerne do debate. Não o treinador que está a fazer história no Benfica...

65 comentários blogger

  1. Excelente reflexão!
    Pena é que a grande maioria dos bloggers e adeptos no geral não pensem como tu.
    Long Live JJ à frente da máquina encarnada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma reflexão mais ampla do que aquelas reflexões enviesadas que alguns fazem, na lógica de matraquilho, tira e põe, e espera que melhore ... o SCP tem praticado essa lógica de matraquilho e é o que se vê ...

      Eliminar
  2. JESUS foi o melhor treinador que passou no BENFICA , nos ultimos 20 anos.
    Jesus fez com que eu voltasse á luz e assisti -se a grandes espectáculos.VIEIRA devia renovar por mais um ano e não andar a reboque de meia duzia de cretinos , que têm ajudado a destruir o clube. OBRIGADO JESUS , por algumas noites de sonho que tenho assistido nos ultimos três anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No cômputo geral, o balanço é largamente positivo .. alguns não entendem assim, mas podiam guardar as suas opiniões para eles ... não é lógico nem me parece aceitável, que os próprios adeptos sejam mais ferozes contra Jesus do que os dos outros clubes ...

      Eliminar
  3. Quatro anos e 1 título não compensam.E as asneiras Emerson,Djaló,etc?Não.JJ não é treinador para o SLB.Trapatoni sabia gerir um plantel,ele não
    ao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trapp fez 65% de pontos, Jesus fez 84%, 70% e 77% ... comparar plantéis é legitimo, pois também concordo que hoje há mais soluções. Mas Trapp não foi embora por acaso ...

      Trapp foi derrotado na final da Taça contra o Setubal, onde pontificava Moretto que depois no Benfica foi tão trucidado como hoje é Jesus, em alguns sectores de adeptos burros e ignorantes ...

      Os titulos não são tudo (que o digam as finanças do clube/SAD), embora admito que certos adeptos do Benfica continuam a viver do passado ...

      E relacinei Jesus com o ADN do Benfica. ONde é que errei?

      Eliminar
    2. Não erras-te Eagle01! Mais uma muito boa análise! Isto é bom para os “ceguinhos” verem que não estão só os títulos em “jogo”, está muito mais para além disso

      Eliminar
  4. Caro Eagle01, ora aí está um belo post, bem pensado, no qual em grande parte concordo e que de facto descreve todo um percurso de Jorge Jesus no Benfica, usando e muito bem a comparação não só com outros treinadores, como também com a própria história do futebol do Benfica, cujo ADN foi precisamente em grande parte do tempo que me lembro de ver futebol um 442, 442 esse que obviamente, com a natural evolução do futebol deixou de ser tão clássico, com alas bem abertos, hoje, quando em missão defensiva, muitas vezes os chamados alas têm de fechar em zonas mais interiores de modo a igualr uma possível superioridade numérica do meio campo dos adversários.
    Cá está Eagle, mesmo deixando aqui alguma legítimas críticas à direcção, quando elas são feitas de forma equilibrada, com sensatez, como é o caso, mesmo que eu ou outra pessoa possa discordar, deve aceitar as ideias dos outros e obviamente debate-las, isso sim é liberdade de expressão e isso sim é próprio de adeptos como nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Se repararem bem no que escrevo, no geral, a minha única preocupação é o Benfica e não quem o representa. Ser polémico é uma opção para suscitar o debate e tirar os esqueletos do armário ... acho que só assim se faz um clube maior ...

      Eliminar
  5. pah que tem o futebol dos anos 60 a ver com o futebol de hoje ? sim é tudo futebol , deve ser isso , o benfica é um clube de atque sim , mas temos de nos adaptar aos tempos e aso adversarios e quanto as derrotas em anfield e no dragao o probelma nao foi tactico pelo menos no meu ponto de vista , qualquer estupido que perceba um bocadinho de bola sabia que aqueles onzes iniciais iam dar merda com a agravante que no dragao estava a repetir o erro , jesus tem muita coisa boa mas tmb tem bastante má , se tivessemos dirigentes a altura jesus nao iria cometer certos erros ate porque se o presidente percebe se de futebol perguntarlhe ia no jogo com o liverpool " mas que merda de onze é esse onde alteras tres posiçoes e enfraquece as e ate entra na equipa quem nao é titular em nome de uma defesa mais forte " ? ja no dragao dirlhe ia " perdes com esse onze outra vez e vais a pé pra lisboa" . os dirigentes do benfica sao fracos muito fracos e jj julga se deus mas é apenas um bom treinador que poe a equipa a jogar um futebol de espetaculo mas pouco consistente e de vez em quando tem umas diarreias cerebrais .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigado pela participação

      só faltou uma palavrinha apenas: escrever o NickName na opção:"Nome/URL"
      custava assim tanto?

      enfim...

      Eliminar
    2. É a tua opinião. Mas para mim o problema foi táctico. Em ambos os casos 4-4-2 em losango, em ambos os casos David Luiz a defesa esquerdo (Quique fez essa experiência com o Olimpiakos e perdemos 5-1), em ambos os casos 2 avançados aos quais não chega o jogo ...

      O Braga ontem fez mais um progresso na afirmação internacional, com o 4-2-3-1 ... o Mourinho com o plantel que tem joga a maior parte das vezes em 4-2-3-1 .. não percebeste? Ora informa-te e depois volta cá para continuarmos ...

      O 4-4-2 em losango, é na minha opinião, um modelo suicida contra equipas de topo ou tácticamente bem organizadas e que jogam sem pressão de ganhar ... Na Champions de há 2 épocas foi o modelo utilizado e foi o que se viu. Com mais ou menos o mesmo plantel (mais Emerson que no ano passado tão brilhantemente chegou aos quartos de final da Champions) .. dá para perceberes?

      Eliminar
  6. Eagle01 quando não vai por caminhos Azevedianos consegue fazer grandes post´s.
    Muito bem assino por baixo. Infelizmente muitos benfiquistas não percebem isso.
    Jesus em 3 anos transformou o futebol do Benfica basta ver os numeros qualquer que seja a perspectiva. Mais vitorias, mais golos, mais assistencia, mais dinheiro, mais transferências, etc, etc. Na Europa chegamos sempre pelo menos aos quartos de final da competição. Para além disso como refere voltou a pôr o verdadeiro ADN do futebol do Benfica. Hoje temos um modo de jogar á Benfica como antigamente, hoje na Luz os Rio Aves e Navais chegam cá e ao contrario de outros anos onde impunham o seu futebol sem grandes dificuldades, Têm medo de ser goleadas, como antigamente.
    Mas como disseste há muita gente que não percebe só perceberá que Jesus ganhar titulos nos Corruptos, aí sim há muita gente que vai chorar.
    Já agora Jesus em 3 anos tem tantas vitorias aos Corruptos como nos 6 anteriores, é verdade sabiam, e enquanto á Lagartagem (reconheço que já não os podemos considerar rivais) nem vale a pena falar pois é demolidor (só 1 derrota do grande Artur Soares Dias)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vou por caminhos "azevedianos", eu vou por caminhos que interessavam ao Benfica, sem complexos de inferioridade ou sem boas maneiras .. é a minha forma de defender o Benfica: questionar tudo ...

      No resto, procurei associar a forma de jogar, por opção, do treinador, ao dito ADN benfiquista .. devemos procurar ser vistas largas quando criticamos o futebol... porque se não, andamos aos circulos, que é o que me parece que andamos há no minimo 12 anos, mais outros 8 em que os problemas financeiros quase destruiram o clube ...

      Eliminar
  7. O Atlhetic de Bilbau também tem um futebol de ataque!!! E colecciona derrotas, atrás de derrotas...a nossa sorte é o facto de jogarmos no campeonato Português...Quantas goleadas demos a equipas de Top!? O ADN do Benfica é ganhar!! É ganhar campeonatos, taças, ligas dos campeões!! É conquistar e merecer o respeito de todos...Olhar para o Benfica como ele realmente é! Enorme...É ser o clube mais portuges de Portugal! É confundir a selecção com o proprio Clube...É ver os heróis do passado e caracteriza-los como jogadores da selecção e do Benfica. O Benfica não é goleadas em casa, campeonatos festejados pelo adversário em casa, não é perder a meia final da Liga Europa com uma equipa como o Braga, não é desperdiçar 5pts de avançado, não é conquistar um campeonato em 3 investido milhões e milhões, não é vencer taças da liga saindo de lá vaiados e com vergonha, não é comprar e gastar milhões e milhões em jogadores de 3classe, que nem para emprestar servem!!! Quantos treinadores tiveram nos últimos anos o orçamento que o JJ dispõe!? Quem comparar os craques do Koaman, ou do Fernando Santos com os craques do JJ!? Desde quando os anteriores treinadores tinham extremos ou GR de 8 milhões!? aquilo que o Benfica gastava num plantel inteiro, gasta o JJ em apenas um jogador!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Primeiro, a sua forma de ver é tão legitima como a minha. Segundo, como é que você pode afirmar que foi Jesus que pediu os jogadores quando há, pelo contrário, outras noticias de que é o Sr.º Vieira que trata das contratações, embora (sublinhado da noticia) de vez em quando ouça o treinador?

      Há muita coisa que você não sabe, outras que eu não sei, o que sei e está à vista é que o treinador tem servido na perfeição para proteger o Sr.º Vieira. Isto é, criticando o treinador, o presidente da Direcção fica com campo de manobra para o despedir e assim, safar-se aos olhos dos adeptos .. o lamentável é que há muita gente que critica o Vieira, pela politica errada e pela destruição do clube (critica que subscrevo e PROVO) e na hora da verdade, põe-se contra o treinador sabendo que assim está a ajudar a miserável orientação desportiva do clube, praticada pelo Sr.º Vieira a mando de interesses exteriores ...

      Por mim, dei uma opinião que é práticamente factual. Gostava de ganhar mais titulos, mas aí estamos em campos distintos: para si foi o treinador que desperdiçou 5 potos, para mim foram os árbitros que os roubaram ... como aliás roubaram a Koeman, a Fernando Santos e outros bons treinadores que passaram pelo Benfica ... (até o Quique foi roubado e acho que você ainda se lembra e deve questionar-se porque cargas de água não há erros daqueles contra o FCP ...)

      Eliminar
  8. não concordo com tudo, hà coisas interessantes outras nem tanto! desde jà quero dizer que sem o sistema tanto camacho como fernando santos e quique flores teriam sido campeoes no Benfica!! convem não esquecê-lo! depois JJ teve planteis dos mais ricos que vimos desde 1994! terceiro, JJ sempre que usou o 4*2*3*1 teve largos elogios dos blogues, dos adeptos e dos tecnicistas benfiquistas: vimos todos que se dizia que jj se tinha tornado mais pragmatico, mais objectivo, etc. e quando tem os primeiros decide prescindir da receita (guimaraes) para voltar à quebrar o nosso bloco em dois como alias no ano passado no jogo contra o porto em casa! quatro, nota-se um cansaço fisico E PSICOLOGICO nos jogadores nos fins de temporada, onde são usados sempre os mesmos 13/14 jogadores que não dà para compreender porque raio o Benfica passa os seus freetimes à negociar jogadores e mais jogadores!!! enfim, as teimosias, tacticas e tecnicas, a bazofia e o egocentrismo que não me lembro ter visto em nenhum treinador do Glorioso antes dele... São para mim muitos factores para não caminhar muito tempo com ele que afinal ganhou muitissimo pouco em relaçaão aos meios e a grandeza do clube: a unica coisa de jeito que ganhou foi um campeonato decidido no ultimo quarto de hora do mesmo (não falo das taças da liga porquê para mim uma taça da liga nunca valerà uma taça de Portugal), nenhuma final europeia, vergonhas com os porcos, enfim para mim sou como o antonio de melo achou que o tempo dele acabou à muito! e pouco me faz ver goleadas e perder o titulo no final! quanto ao resto viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão do cansaço é uma questão de comunicação social. O Benfica tem feito mais jogos que o FCP e o SCP, por exemplo, e é natural que haja mais cansaço. Depois temos as selecções onde o Benfica tem alguns jogadores, o que soma a algum desgaste. De qualquer maneira quando vemos o Maxi Pereira que é dos mais utilizados, e vemos como chega em "forma" ao fim da época, acho que a questão do cansaço tem de ser desvalorizada ...

      Aliás eu sempre entendi que isto são formas que a comunicação social tem para distrair dos adeptos do Benfica, das verdadeiras causas das perdas do campeonato: a arbitragem.

      Porque ninguém se preocupa em mostrar que aqueles erros de arbitragem que os adeptos do Benfica se queixam (a Direcção não), também aconteceram a FCP e SCP .. já reparou que quando se trata de arbitragem a comunicação social tem dois comportamentos distintos? Se o erro beneficia o Benfica, vem na 1ª página mesmo que seja um erro televisivo (exemplo: Benfica-FCP da época passada na BOLA, onde branquearam uma miserável arbitragem com supostos erros de televisão, o que é inacreditável) ou dá polémica nos Trios. Se for contra o Benfica, esconde-se, desvaloriza-se a importância e critica-se a opção do treinador .. é assim há anos, não é só com Jesus, pense lá um pouco ...

      Ora compare com o Gil Vicente-FCP e Gil Vicente-SCP da época passada? O árbitro, Bruno Paixão, foi trucidado .. na 1ª página. E que fez ele? NADA de relevante, pois os analistas de arbitragem, com recurso às imagens de TV também se dividiram em opiniões diferentes ... resultado: Bruno Paixão perdeu as insignias de internacional e o Proença arbitrou a final da Champions .. PENSE ...

      Eliminar
    2. é o teu ponto de vista, respeito-o mas penso que a cotação de jj entre alguns benfiquistas està completamente desmedida em relação à sua real eficacia. compreendo que depois dos desastros do periodo 1995/2009 tenhamos achado jj alguem de genial mas tambem temos que nos recordar em que havia um periodo ligeiramente anterior (1960/1994)onde os nossos rivais directos para titulos eram real madrid, barcelona, milao, bayern, ajax, liverpool, juventus, etc. Faziamos parte deste lote de élite, e isto para mim constitui o adn do Benfica. estamos longe disso hoje mas pronto, evoluções...viva o Benfica!

      Eliminar
  9. Para mim, o ADN do Benfica é vencer, como diz o hino é envaidecer-me por ser não só Benfiquista mas de um clube Vencedor.Pergunto eu-são extraordinarias exibições avulsas, normalmente com equipas mais fracas, que fazem desta equipa de Jesus portadora da mistica e do ADN benfiquista?Jesus tem um campeonato no curriculo em 3!!!epocas, nada mais de importante, no futuro ninguem quer saber de exibições, mas de titulos, de derrotas por 5 com o FCP, de derrotas sucessivas com o mesmo clube no nosso outrora inexpugnavel estadio, de eliminatorias perdidas com o mesmo clube na nosso Estadio, de meias finais europeias perdidas com um clube obscuro chamado Braga, de avanços consideraveis como o do ano passado desbaratados.Que Deus me livre deste ADN do Jesus, e me devolva o verdadeiro, aquele que conheço de sempre.Jesus foi extraordinario para 1 ou 2 epocas, mas defendo para n+os um verdadeiro condutor de Homens, um individuo que não pense nós perdemos, eu ganhei,Precisamos de um treinador com visão, com carisma com Conhecimento, e não só um mestre da tactica que perdeu um campeonato para um treinador como Vitor Pereira.Fui um grande apreciador de Jesus, mas as sucessiva desiluções a que nos conduziu decepcionaram.me e a minha opiniao esta formada.Jesus a fazer Historia?Sinceramente, não me parece que exista nada de historico neste percurso, mas se calhar falta-me esse ADN que desconheço.Saudaçºões Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A história de Jesus relaciona.se com o numero de épocas iniciadas como treinador do Benfica. Acho que fui claro nessa matéria ..

      O resto, sobre o ADN do Benfica e o tal futebol de ataque, pois eu sou contra esse ADN. O meu texto é critico em relação a isso.

      Agora compare o que diziam o Bagão Félix e o Medeiros Ferreira quando criticavam de alto a baixo o Quique Flores, porque este "Benfica ganha mas não convence". Lembra-se? Acho que não ...

      Ao colocar as coisas neste ponto, eu quero suscitar um debate acerca do que somos. Pois estou farto de ouvir "prefiro jogar bem e perder, do que jogar mal e ganhar" e quando há um treinador que pratica aquilo que sempre ouvi, tentar jogar bem mesmo não ganhando, aqui del rei que o gajo é "isto e aquilo" ... vamos olhar-nos ao espelho?

      Eliminar
    2. PS: quando ao Vitor Pereira, acho que já esqueceu como Jesualdo saiu do Benfica e foi ganhar 3 (!) títulos de campeão no FCP .. o problema é que os adeptos não aprendem, e quando não se aprende não podemos estranhar que o clube esteja aos círculos há anos ... Vitor Pereira fez 81% de pontos, mais 1 do que MOurinho quando foi campeão pelo FCP .. e acho que não há comparação entre um e outro, o que há sim, é um controlo TOTAL da arbitragem por parte do FCP, graças à politica da Direcção e do ADN de ataque, em procurar os jogadores certos para derrubar os erros dos árbitros ...

      O Villas-Boas ganhou com 92% (o melhor de Mourinho formam 84% com Decos, e aquele plante que ganhou a Taça UEFA) e hoje é o que se vê. Não dá para perceber porquê?

      Eliminar
  10. concordo comn quase tudo...pra mim este devia ser o ano de afirmação e saída de jj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se por hipótese ele for campeão, faria 50% de vitórias, 2 em 4. Nesse caso a minha opinião é que deveria renovar.

      Contudo não está fácil, porque os adeptos, a maior parte continua a ser uma caixa de ressonância da comunicação social, não parece para aí virada. Parecem preferir que vá par o FCP, ganhar mais títulos (até um incompetente como o Jesualdo ganhou 3 de enfiada) e sem tantos erros de arbitragem. Como sabemos quanto melhor é o treinador, menos erros eles precisam ..

      Já me chegou a história do Mourinho que no Benfica também era novo, não tinha experiência, etc...

      Eliminar
  11. Pequeno grande falha: Jesus nunca jogou num 442 losango mas sim num 4132 com Javi atrás da linha de três médios compostos por Ramires, Aimar e Di Maria e com a dupla avançada Saviola/Cardozo. Nunca foi um losango coisa q o próprio catedrático reconheceu dizendo que não era losango mas tb não dizia o que era. LOL

    Tb me parece completamente errado achar que Jesus muda de táctica/jogadores a pedido dos "adeptos". Peixoto (o tal lateral esquerdo antes de Coentrão), Roberto, Emerson e agora Melgarejo são a prova cabal disso. Jesus faz o q quer tenha ou não o apoio da massa adepta.

    O ano passado na Champions jogamos em 4231 e tivemos bons resultados. Infelizmente no campeonato, nos jogos a doer, Jesus manteve fiel o seu 4132 e com a equipa a defender, colectivamente, mal perdíamos sempre a batalha no meio campo e com isso os pontos que ditaram o campeonato para Vitor Pereira.

    Claro que podemos e devemos falar de arbitragens. E de arbitragens do Proença então temos muito que falar mas nos 5-0 que influência teve Proença? Foi o árbitro que colocou David Luiz a lateral esquerdo passando Coentrão para médio? Vejamos esta maravilha táctica: temos um dos melhores centrais do mundo e temos, segundo o catedrático, um dos melhores laterais esquerdos do mundo. O que ele faz? Mete o central a lateral e o lateral a médio. Tudo pq estava BORRADINHO de medo do Hulk esse assombro de jogador. Rasgados elogios antes do jogo e rasgados elogios depois do jogo. Resultado final esses magníficos 5-0. Até hoje ninguém consegue explicar a táctica maravilha de Jesus nesse resultado inesquecível.

    Podia falar da Supertaça desse mesmo ano mas não adianta pq analisar os erros de Jesus parece que é crime.

    Jesus é o treinador com mais tempo no SLB nos ultimos largos anos, NENHUM outro treinador teve tanto dinheiro à disposição, NENHUM outro treinador teve tão bons planteis. Resultados? Digam-me vocês...até Vítor Pereira tem melhor curriculo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta sim uma excelente análize, nao podia estar mais de acordo mas como diz falar das enormes asneiras de Jesus é de mau benfiquista.

      Eliminar
    2. Caro Pedro, se bem se recorda deixei de teclar sobre futebol consigo após o Lille0 - Benfica0 em que para variar, eu diria, o Pedro efz este papel de desancar no treinador e eu fiz o mesmo papel, defender o treinador. Recorda-se de ter chamado "covarde" ao Koeman?

      Não creio que na altura se tivesse lembrado de que o plantel do Benfica não dava para mais ... agora, por conveniência, para poder sustentar a "agressão" ao Jesus, esse argumento - do dinheiro - já aparece ... temos de ser coerentes Pedro e faça-me justiça: eu continuo do lado do treinador e você não ...

      Sobre o 4-4-2 em losango, pois a representação numérica é mesmo essa que o Pedro fez e que eu não disse que não era: 4-1-3-2, ou seja, um vértice inferior, Javi, um vértice superior Aimar, dois médios interiores/alas e dois avançados. Neste aspecto não me parece que tenha errado.

      Os 5 que você e tanto masoquista benfiquista gosta de lembrar, acontecem porque após o 3-0 o lance que dita a expulsão de Luisão é precedido de falta de Guarin. Se Proença assinala-se a falta de Guarin, já Luisão não tinha a necessidade de dar a tentativa de cotovelada e ser expulso. Com 10 o FCP voltou a dominar o jogo que estava controlado pelo Benfica, após Jesus corrigir o erro evidente que tinha cometido (tenho aqui uma sms que o meu irmão me enviou minutos antes do jogo com a formação do Benfica e eu respondi que "era para levarmos 2 ou 3 ...) e há um penalty que acontece pelo meio dos defesas centrais, feito pelo "melhor defesa lateral esquerdo do mundo", que não teria acontecido se Luisão estivesse lá ...

      Ou seja, perdíamos o jogo, mas não teria acontecido a goleada ... aliás onde anda o treinador que deu a goleada e porque é que a vida NUNCA mais lhe correu bem? Ah, você não tem explicação, mas eu digo-lhe: falta-lhe a dinâmica de vitória dos erros de arbitragem e falta-lhe a comunicação social rafeira e rasteira para o proteger... não acredita? Olhe o Jesualdo ...

      Quanto à Supertaça, mais uma vez estamos em desacordo ... afinal o que fez Jesus nesse jogo? Jogou o Emerson? Não! Jogou o David Luiz a defesa esquerdo? Não! que se passou afinal? Eu digo-lhe: no final da 1ª parte o seu "melhor defesa lateral esquerdo do mundo" foi derrubado por cotovelo nas costas e rasteira de Sapunaru ... o árbitro João Ferreira mostrou amarelo a Coentrão, porque não podia marcar penalty .. afinal estava 1-0 e tudo voltava ao inicio ...

      O seu apego ao "dinheiro", ideia tipicamente lisboeta, de que com dinheiro tudo se resolve, é contrariada pelos factos. O SCP nos ultimos 3 anos investiu mais de 60 milhões de euros em contratações e ganhou o quê com os 6 treinadores que contratou, seguindo a sua, do Pedro e da maior parte dos adeptos que acham que um treinador que não ganhe deve ser posto na rua?

      Entretanto o Braga com uma equipa de dispensados de Lisboa, do SCP e também Benfica, com um treinador escorraçado de Lisboa porque não ganhou, está na Champions e o SCP de Lisboa não está ... pense Pedro, pense ...

      Eliminar
    3. Bem...já falamos de Koeman recentemente e como disse então mantenho TUDO o que disse. Sim, não tínhamos a equipa q temos hoje mas tínhamos equipa para ganhar ao Lille. Infelizmente o caro amigo Eagle teima em não querer ver o que era óbvio na altura: Era mais fácil vencer o Lille em Paris do que o United na Luz. Sempre foi esse o suporte da minha argumentação. Mas adiante...já lá vai.

      Em relação á supertaça "afinal o que fez Jesus nesse jogo?".Lá está...há uma enorme teimosia nos defensores de Jesus em debaterem Jesus e as suas escolhas. Nessa pré época o SLB joga assente numa táctica 433 e variante 4231 com belíssimos resultados, chega ao primeiro jogo oficial muda para o 4132 habitual de JJ e foi tudo à viola (podíamos falar também da questão dos prémios que influenciaram esse arranque de época mas aí, Jesus, como Líder, falhou muito e basta recordar a relação entre JJ e os jogadores nessa fase).

      Voltando aos 5-0 lá está...ao invês de discutir erros de Jesus vamos falar de algo que aconteceu com o resultado em 3-0...OK. Isto é meter a cabeça na areia e ignorar erros próprios. Podemos e devemos discutir e alertar para os erros externos que nos prejudicam mas ignorar os nossos é um erro gravíssimo q o SLB comete anos após ano. Não é por se ignorar os erros q eles deixam de existir.

      O dinheiro. O dinheiro não ganha jogos mas é o dinheiro que permitiu comprar Javi Garcia, Gaitan, Ramires, Saviola, Garay, Witsel, Bruno César, Ola John, Sálvio. Penso que a qualidade destes jogadores é indiscutível e que as verbas para os adquirir não estiveram ao alcance de mais nenhum treinador. Se o sporting gasta o seu dinheiro em cepos é assunto q pouco me importa.

      O que o Eagle não entende ou pelo menos não quer debater é que eu não defendo que JJ por não ganhar deve ser posto na rua. JJ deve ser posto na rua pq é o culpado por o SLB não ganhar. São duas coisas tão diferentes q só mesmo a sua teimosia é que impedem de ver uma coisa tão óbvia. Não é o não ganhar que me preocupa, é a forma como não se ganha. E eu, ao contrário da maioria, aponto FACTOS reais, aponto ESCOLHAS e OPÇÕES de Jesus que me levam a não confiar nele e a querer que saía do SLB. E, quem o defende, nunca rebate esses factos e escolhas.

      Se quiser falar de arbitragens falamos. Não há blogger que ponha o dedo na ferida das arbitragens como eu o q me vale muita fama por essa blogoesfera fora. É só perguntará lagartada e tripalhada por esses blogs fora. Agora falemos também de Jesus e das suas opções. E é isso que normalmente os seus defensores não falam. Há e tal o melhor futebol dos últimos anos. E isso é concrectamente o q? Logo o Eagle que é tão pragmático e objectivo nas suas análises. Melhor futebol significa o q em títulos?

      Eliminar
    4. Caro Pedro, não vemos o futebol da mesma maneira. Você insiste em que ganhar em casa do Lille era mais fácil do que ganhar ao Manchester, mas os FACTOS provam que NINGUÉM GANHOU LÁ e até o todo poderoso Manchester, que você diz que não seria tão fácil de bater, acabou PERDENDO 1-0 em Lille. E você sabe disso ...

      Como sabe que jogadores estavam lesionados e porque teve Koeman de colocar Alcides a defesa direito (se fosse o Jesus era uma invenção), Ricardo Rocha a esquerdo (outra invenção), Leó a médio ala esquerdo (e vão três), Nelson a médio ala direito (e vão quatro invenções) e depois o erro grave, o desenho do 4-4-2 clássico: Petit e Beto no meio, Nuno Gomes e Mantorras na avançada.

      O único erro que vi em Koeman foi ter apostado no 4-4-2 clássico, mas o Pedro entendeu que ele foi "Covarde", não jogou para ganhar ...

      Ora é isso que eu critico no Benfica: este ADN de não sei o quê, que nem é ataque nem dá vitórias ... o simples facto de balizarmos o jogo pela velha máxima "temos de começar por ir logo para cima deles" é revelador do que é o nosso ADN ...

      Quanto aos erros dos árbitros, forma e natureza, óbviamente que continuamos a não estar do mesmo lado. Há uma coisa simples que lhe escapa, não só ao Pedro como à maioria. O treinador do Benfica, como QUALQUER UM NO MUNDO, erra e no final não ganha, vai embora. Os árbitros ERRAM SEMPRE DA MESMA MANEIRA, e no final vão arbitrar a Champions.

      Quer que lhe diga como arbitrou o Proença o Benfica0 - Belenenses 0 ao tempo de Koeman? É que Koeman foi despedido, ou não quis renovar o 2º ano de contrato, mas o Proença continua a tirar penaltys ao Benfica, como tirou nesse jogo!

      Ah, outro pormenor. Os erros dos árbitros não são tratados todos por igual. O Bruno Paixão esteve na derrota de FCP e SCP em Barcelos. Que aconteceu? Foi arbitrar jogos da Liga Europa? Não, foi despromovido de árbitros internacional .. um sinal para os outros ..

      Mas nós no Benfica continuamos a falar de tácticas e treinadores. E pelos vistos assim será nos próximos anos ... como se diz na minha terra, "mais cego é o que não quer ver" ...

      Sobre a sua indirecta dos "títulos que significa jogar bem", eu devolvo com três perguntas: (1)tem a certeza que ganhávamos em Lille com uma equipa mais ofensiva? (2) 30 milhões em prémios da Liga Europa e Champions não lhe dizem nada, mas a mim dizem e muito ... sinal que o património do Benfica está a salvo mais um ano ou dois (3) o Ancellotti gastou dezenas de milhões de euros no Ibrahimovic, Pastore, etc, em 3 jogos vai em 3 empates - mais um que se risca d alista de potenciais candidatos a treinar o Benfica? ...

      Eliminar
    5. Começando pelo fim. Não dei indirecta alguma. 1) Tenho a certeza que ganhávamos ao Lille. E agora? ☺☺. 2) Não percebo a relevância dessa afirmação. Presumo que seja para louvar Jesus. Em que momento da minha argumentação digo que 30 milhões não são bons? Sinceramente uma das coisas q mais me incomodam nestas discussões é porem afirmações na "minha boca" que não fiz. 3) Ancellotti? Nem dado. Longe. E sabe que mais? Dê um salto lá aos arquivos do meu blog e veja quem eu pedi para treinador do SLB antes de chegar o Quique e depois deste sair...

      Lá está...vamos falar de arbitragens ignorando o resto. Não faz sentido. Falemos de arbitragens. TEM TODA A RAZÃO NO QUE FALA. TODA. Não percebo pq diz "óbviamente que continuamos a não estar do mesmo lado". Custa um pouco ler isso vindo de quem eu tanto respeito. Repito q há poucos bloggers q denunciem tanto os roubos q somos alvo como eu. O que eu quero é q me explique o que é q o Proença tem a ver com a táctica de Jesus, com o medo de Hulk ao ponto de desperdiçar um dos melhores centrais do mundo e um dos melhores laterais esquerdos do mundo. É tão simples a minha pergunta ninguem me responde. Mas continuemos com os árbitros. Fomos roubados, mais uma vez pelo Proença, na Luz contra o fcp o ano passado. Por isso perdemos o título. Sem dúvida. Mas nesse jogo tb Jesus cometeu enormes erros q ajudaram ao trabalho de Proença. Se Proença não tem roubado tínhamos sido campeões apesar dos erros de Jesus, se Jesus não tem errado tínhamos sido campeões apesar dos roubos do Proença. E agora? Qual é mais fácil o SLB controlar? É aqui que parece q não se quer discutir.

      Mais, no dia em que os responsáveis do SLB adoptarem a guerra contra os árbitros como eu defendo, estarei na linha da frente para defender o treinador seja ele Jesus, Judas ou o Manel. Mas quando a Direcção diz q está tudo bem na arbitragem a responsabilização pelo falhanço tem q ir para outro lado e com tantos erros do treinador...

      Eu compreendo que o Eagle está a defender uma política, uma estrutura, uma ideologia. E concordo. Mas essa defesa só faz sentido assente em pessoas competentes. Por muito boa equipa que tenha, por muito bons mecânicos q tenha, por muito bom carro que tenha, se tiver um condutor miserável nunca conseguirá fazer frente aos rivais.

      E para lutar com todas as armas contra as arbitragens danosas temos q estar blindados e fortes dentro de casa. E não estamos. É fácil sermos prejudicados pq damos o flanco muitas vezes. E os erros do treinador, demasiados e repetidos, são dar muitas vezes esse flanco onde o sistema entra como e quando quer. Se Jesus é o único culpado? Claro q não. Mas aqui estamos a discutir Jesus.

      Eliminar
  12. A direcção pode cometer muitos erros mas JJ foi campeão no seu primeiro ano com uma grande equipa que lhe foi colocada á disposiçao, a partir do momento em que temos JJ manager temos ZERO campeonatos ganhos. E claro está que nenhum dos antecessores de JJ teve á disposiçao o largo investimento em jogadores de que tem JJ usufruido.
    Mais do que um modelo táctico a história, ADN do SLB passa por ganhar, os dinossauros extinguiram-se e o futebol qual organismo tem evoluido ao longo dos tempos. o saudosismo e lirismo é muito bonito de ver mas no mundo real se queremos o SLB um clube campeão e novamente á altura dos seus pergaminhos é necessário que se adapte ás circunstancias e que nao se prenda ao que pode ser obsoleto/despropositado ou irreal para a ocasião.
    Um campeonato ganho já vai fazer 3 anos não apaga muito embaraço e fracos desempenhos, perder uma presença na final da liga Europa para o Braga tendo vantagem da primeira mão simplesmente não se aceita e está longe de ser o 'ADN' do SLB, onde andava aqui o tal famoso futebol de ataque que nem 1 golo produz? Este não é um caso isolado e ainda nao me esqueci de como se deixou fugir uma vantagem de 7 pontos em 3 jornadas e de desempenhos patéticos como foi o último SCP-SLB, táctica?, inteligencia?,bom senso? nao ví nada NADA DISSO, não ví sequer treinador.
    Para mim já vai tarde e muito tarde.
    Viva o BENFICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os 5 pontos perdidos (não sei onde foi buscar os 7, mas digo-lhe que com 7 de avanço antes do jogo com o FCP, o "sistema" não conseguia parar-nos). Do ano do titulo para o 1º perdido por Jesus houve uma grande diferença: a saída de Di Maria e Ramires, duas setas apontadas às defesas e que construíam muitos golos para Cardozo e Saviola.

      Claro que a comunicação social construiu o tema Roberto, que apesar de ser apontado por tudo e por nada (tal como Moretto), foi o 2º melhor guarda redes da Liga, com 0,92 golos sofridos por jogo. Para vermos como foi tão "mau", eis que Artur Moraes sofreu 0,90 .. e teve um bom defesa do lado esquerdo, o Emerson, vamos ver este ano com um lateral mais ofensivo qual vai ser a média ...

      Pois a comunicação social construiu o tema Roberto, mas os 9 pontos perdidos nas primeiras 4 jornadas, para o FCP, explicam a derrota nesse campeonato. E todos com erros de arbitragem! O paradoxo é que mandaram embora o Roberto, tal como hoje mandam embora o Emerson tudo para legitimar a vitória do FCP no campeonato (Vieira ao serviço dos interesses exteriores, faz o que lhe mandam e não o que deve fazer), e no final o Soares Dias no jogo com o Braga não expulsa o Alan por tackle por trás a Bruno César, 2º amarelo, mas nos dois últimos jogos SCP-Benfica expulsou primeiro Sidnei por encosto de obro que ele entendeu ter sido faltoso e cortado uma jogada de ataque do SCP (pudera o Benfica estava a ganhar 1-0 e o FCP precisava de dilatar a vantagem) e Luisão no ano seguinte por ter feito apenas 2 faltas, a 2ª sem qualquer perigo eminente mas como o SCP estava a ganhar 1-0 e o FCP precisava desses 3 pontos, ele teve de "actuar".

      Depois a culpa é do treinador .. é assim há anos ... para mim não!

      Eliminar
    2. Erro meu nos pontos, mas o que se passou é que perdemos 8 pontos em 3 jornadas e os 5 de vantagem antes de receber os curruptos, se contra estes e a Académica houve o factor apito contra o Guimarães bastou a mestria de JJ, Rodrigo 90 minutos em campo sem estar e condiçoes?!O 442 depois do grande desgaste que foi o jogo na Rússia?! OK depois digam que sao as bruxas...
      Em relaçao aos erros e roubos de arbitragem esses não desculpam os nossos próprios erros, destes dois factores o que é da nossa responsabilidade cabe a nós melhorar e é por aqui que se deve começar, á partida é mais fácil corrigir aquilo que apenas depende de nós do que factores externos, assim como se torna mais difícil e requer mais esforço para que estes nos afectem.
      No segundo ano saiu o Ramires mas quem é que achou que nao era necessário um médio semelhante a ele? Quem é que dispensa Urreta que na sua única oportunidade(apenas foi contra o FCP e ganhámos esse jogo) cumpre e é um dos melhores? Insistencia em Peixoto nas alas (defesa e meio campo) quando é óbvio que ele apenas rende no centro... Na champions e na eliminaçao pelo Braga não ví os arbitros a terem influencia no resultado, ví sim o tal grande futebol de ataque a ser completamente manietado e a nao produzir golos.
      No último FCP a encomenda de árbitro expulsou Emersom mas antes perdoa a expulsao a Djalma e depois valida o tal golo fora de jogo, mas isto nao me impediu de ver que depois de os nossos bravos darem a volta á desvantagem JJ esse esperto acha bem retirar um elemnto do miolo para mais uma unidade ofensiva, passados poucos minutos o FCP empata numa jogada desde a nossa defesa toda ele feita pelo centro, foi apenas coincidencia e o arbitro pois claro...
      JJ já coleciona erros a mais como treinador continuem a fazer de conta que nada se passa e a usar os muitos erros de arbitragem para desculpar sempre a personagem e depois admirem-se que o melhor que se consiga seja taças da liga. Um plantel de 100 milhões golear um Setúbal com menos um elemento a mim muito pouco me diz.

      Eliminar
  13. Acho que no 5.º paragrafo te esqueceste de incluir o nome de Aimar. No entanto, mesmo esse 4-4-2 de futebol de ataque que referes, que faz parte do ADN do Benfica, foi muitas vezes alterado pelo melhor treinador que vi no Glorioso, Eriksson. Há jogos e jogos. Talvez se acima de JJ houvesse um bom Manager, que percebesse de gestão desportiva, os resultados seriam bem lehores. Digo eu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre o Manager estamos de acordo. O problema é que o Rui Costa é um simples empregado do Benfica, que precisa dos 250 mil que lhe pagam por ano, e acho que podia fazer esse papel ... o treinador do Benfica tem uma relação de comunicação fraca, e ninguém do Benfica parece saber como corrigi-la. Eu sei e não sou especialista .. bastava darem-me "poderes" e mesmo de borla eu fazia, com todo o gosto, esse papel ...

      Sobre Eriksson, penso que na 1ª época ele adoptou várias vezes outra táctica aind amais ofensiva, uma táctica que utilizava 3 centrais e mobilizava mais um jogador para o meio campo ... demos muitas goleadas, mas lembro-me de levarmos 4-1 em Guimarães .. anos 80 .. alguns dos que aqui peroram ainda não existiam ...

      Mas repara a outra vertente: até Eriksson só aguentou 3 anos (na 2ª passagem) .. no final o pessoal estava farto dele, pois em 3 anos tinha ganho apenas 1 titulo ... já na altura pelas mesmas razões de agora: arbitragens .. mas o Eriksson é que pagou a estupidez de não sabermos analisar as nossas derrotas ...

      Eliminar
  14. Não me lembro de ver o Benfica jogar tanto futebol como desde que Jesus é o treinador.
    Apenas lhe faço uma critica, ser demasiado teimoso e mesmo quando toda gente vê que ele está errado JJ nunca dá o braço a torcer, exemplos?! Roberto, Emerson e agora estar a queimar um jogador cheio de talento como Melgarejo apostando nele a lateral esquerdo, para consumo interno até é capaz de dar, mas quando começarem os jogos da champions vai levar bolas pelos olhos!
    De qualquer forma penso que este será o ultimo ano de Jesus no Benfica, termina contrato e se formos campeões ele não vai perder a oportunidade de sair por cima, se não ganharmos o campeonato, não tem condições para continuar pois a sua empatia com os adeptos, que neste momento já não é famosa, vai acabar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Benfica chama-se teimosia às convicções. No FCP e SCP essa questão não se coloca, mesmo quando o Vítor Pereira punha o Maicon a defesa lateral, o Moutinho a médio ala, etc ... agora é o Sá Pinto que não inventa nada mas perde com o Rio Ave .. pense, pense pela sua cabeça ...

      Nós no Benfica somos muito dados a falar pelo que dizem os outros...

      Duas notas: Roberto foi o melhor guarda redes que passou no Benfica desde Michel Preud'homme, e já na época passada foi eleito pelos adeptos espanhóis para uma das equipas tipo do campeonato. Foi com Emerson que chegamos aos quartos de final da Champions e vencemos a Taça da Liga, passando por cima do FCP. Vamos ver este ano ...

      Eliminar
  15. Caro Eagle 01,

    Gostei bastante do post e sem dúvida que me revejo na ideia ofensiva de jogo que o JJ tenta implementar no futebol do Benfica.

    De resto toca ao de leve na ferida quando fala no papel dos media na apreciação que os adeptos fazem do futebol praticado pelo Benfica: é que eu tenho a certeza absoluta de que se o JJ jogasse em 433 (que por acaso é o meu sistema, com um trinco e 2 interiores), seria hoje criticado por não jogar com 2 pontas de lança.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se jogasse em 4-3-3 não tenho dúvidas que seria critica por só jogar com 1 ponta de lança, pelos mesmos tipos, adeptos do Benfica ou não, analistas ou não, que elogiam o 4-3-3 do FCP ...

      ALiás há um jogo do Camacho com o Estrela da Amadora, em que ao intervalo ele tira o Rui Costa, estava 0-0 e o Benfica era aquilo que sabemos: muita posse de bola, adversário encostado na defesa, Rui Costa a fazer que corria e situações de golo nada. Trocou Rui Costa por Nuno Gomes e o Benfica deu um banho ao Estrela .. 3-0 e praticamente não conseguiram fazer um remate à baliza do Benfica ...

      Na RTP no dia seguinte, quando o pivot perguntou ao António Tadeia (adepto do SCP e jornalista do grupo do Joaquim) que Rui Costa tinha saído e ficado magoado com a substituição, mas o Benfica tinha ganho 3-0, o Tadeia disse logo: "toda a gente sabe que o Rui COsta gosta de jogar atrás de 2 avançados" ...

      Percebe? Ainda hoje é assim ... só que temos Aimar, mas eles sabem que com 2 avançados, o Benfica perde força no meio campo e fica mais exposto aos "contras" adversários .. e o nosso pessoal engole tudo isto ...

      Eliminar
  16. Esqueçam o passado de JJ no Glorioso. Apoiem-o no presente. E quanto às proximas epocas... calma.

    Até parece que o ADN do Benfica é um misterio. Ora,ora...falemos desta liga e do que é preciso para festejar o titulo 33.

    Digam outra vez trinta e tres.

    ResponderEliminar
  17. Desculpe que lhe diga, caro Eagle01 (escreve num blog sobre o Benfica, é benfiquista, merece o meu respeito) mas é apanágio do Benfica, desde sempre, e mais que noutros clubes, a tolerância perante opiniões diversas. Respeito a sua opinião sobre o JJ mas quem não gosta (já gostei) trem todo o direito a ser respeitado. Não me interessa JJ, não me interessa mais ninguém por cima do Benfica. Mas se entregam um Ferrari a um marreta, tem que ser muito marreta para perder a corrida contra quem tem um carrinho velho. O JJ não sabe rodar a equipa, joga sempre da mesma maneira, não sabe fazer descansar a equipa durante o jogo e está no volante de uma máquina para a qual não tem luvas! O que não faria com esta equipa o Humberto Coelho, por exemplo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro seismilhões, noto nas suas palavras o inverso do que parece querer transmitir, isto é, parece que ficou incomodado com a minha opinião ..

      Eu não posso ficar incomodado com opiniões diversas, pois sei que as há .. aliás normalmente costumo estar do lado das minorias por isso ...

      Quanto ao Humberto Coelho? Não faço futurologia, mas quais os clubes que treinou recentemente? Isso dá-lhe garantias que ele possa saber pegar num "barco" gigantesco e sem timoneiro no que diz respeito ao futebol? Não sei ...

      Eliminar
  18. "e um defesa esquerdo que não me lembro quem era e mais tarde passou a ser Coentrão" que era o César Peixoto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Veja a evolução do modelo: o 4-4-2 em losango passou de ter um defesa esquerdo defensivo e tácticamente completo, para um defesa de ataque, com Coentrão .. os adeptos deliravam com Coentrão e não gostavam (a maior parte) de Peixoto .. aqui está mais uma "fotografia" do ADN do Benfica ...

      Eliminar
  19. Caro Amigo Eagle (((sim somos amigos, Transmontanos e conhecemos-nos há muitos, do Benfica)))

    Eu sei das tuas convicções, temos muitas em comum mas nesta não te acompanho e também não invejo a tua sorte pelos louvores que recebeste de vieiristas mesmo que engolissem a ferroada que não deixaste de espetar no teu "amigo" Vieira.

    E não te acompanho por várias razões. Porque não compreendo as recorrentes comparações de coisas imcomparáveis que por aí e por aqui se vão fazendo.

    Todos sabemos que jj vai para o seu quarto ano e antes de desenvolver o meu raciocínio de fundo gostava de te perguntar. Porque será que jj se aguenta há tanto tempo no Benfica ganhando tão pouco???? Eu sei a resposta mas gostaria de saber o que pensas deste facto incontornável.

    Será que temos que promover uma homenagem nacional ((por Benfiquistas)) ao JJ por este recorde.

    Já nem recuo aos anos 60 e 70 mas ainda te lembras, embora muito jovem que Ericksom ganhou dois campeonatos e dois anos e foi a uma final da Taça Uefa. Que Toni em ano e meio foi campeão e foi a uma fina da TC Europeus. Que depois novamente Ericksom em dois anos voltou a ser campeaõ e foi a outra final dos campeões Europeus e já dou de barato as Taças de Portugal e as finais, algumas perdidas ingloriamente.

    Deixa-me também lembrar-te que os sistema já existia. Já tínhamos os garridos, os Alder dantes, o Rosa alentejano, os pinto Correia, e os Antínio Costa para não falar dos Silvanos, e Gumanaros e muitos outros. Nesses tempos não nos podíamos escudas em escutas e apitos dourados. A gente sabia como eles ganhavam mas não tínhamos provas.

    Depois deixa-me chamar aqui à colação a aura que o jj granjeou como grande valorizador de activos.

    Na verdade nenhum dos jogadores vendidos com boa rentabilidade foi contratado no seu mandato porque dos 80 jogadores ou mais que entraram nestes três anos quantos valorizou. Possivelmente vão-me falar do Witsel, do Javi, do Luisão, do Garay, do Saviola etc,

    Porque não falam dos que desvalorizou e que tinham potencial, Urreta, Kardec, Airton, Jara e muitos outros recambiados para o Brasil ou que andam emprestados por esse mundo fora e que nunca mais vestem a nossa camisola.

    Mas vou particularisar um jogador que é para mim o maior talento que o Benfica tem e fez uma grande primeira época e desapareceu. Já li hoje aqui que ele é um malandro, que está com a cabeça lá fora e eu pergunto: Então há melhor caso para um líder mostrar que o é??? Eu até acho que para potenciar o Gaitas nem é preciso ser um grande condutor de homens. Se ele já tem tudo só precisa de um clic, o que para um verdeiro líder seria natural.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Conde, somos e vamos continuar a ser amigos ... temos é perspectivas diferentes sobre a mesma função e a mesma pessoa ... quando falei em história, referia-me ao numero de anos que ele treina o Benfica. Errei? Acho que não ..

      Eriksson, Toni, e tantos outros, fizeram bons trabalhos mas acabaram por sair devido a não ganharem mais titulos. Como já aqui disse, na 2ª passagem de Eriksson ganhou apenas 1 titulo em 3 anos .. e foi embora pela mesma lógica com que actualmente JJ está a ser avaliada: o número de titulos no campeonato.

      Depois mudamos para outro qualquer, que como os melões, sabemos se é bom depois de cá estar ...

      Recuso-me a alinhar nessa inevitabilidade .. não tem que ser assim. Se tivermos que mudar de treinador, terá de ser por razões ponderosas e desde que o FCP não beneficie disso.

      A ti tanto te dá, mas a mim não. Ando nisto há muitos anos para saber que JJ no FCP ganhará mais e mais limpo que os antecessores. E isso é mau para o Benfica, logo não pactuo ...

      Agora não falei em homenagens ... onde leste isso? Ele é pago para treinar e ganhar. O que eu questiono são os fundamentos do nosso dito ADN ... e isso não depende dele, mas de nós, dos que quando o Trapp ganhou 1-0 a0 Beira Mar na Taça, tive de aturar um adepto que me dizia "prefiro perder e jogar bem do que jogar mal e ganhar como ontem".

      Percebes Conde? Muito dos que aqui mostram admiração pela relação que estabeleci, em alguma altura já pensaram igual .. e agora censuram o JJ por ser muito atacante, mais isto e aquilo ...

      Eliminar

  20. ...continuação

    Sinceramente não sei em que é que o percurso de jj nos pode orgulhar. Não me lembro de em toda a história do Benfica sofrermos as humilhações que sofremos nestes dois ultimos anos. Sermos eliminados da Taça de Portugal por um Leixões, e duas vezes em casa por corruptos e Guimarâes e nem quero lembrar as humilhações no campeonato.

    Como hoje não falaste de JVaA vou falar eu porque há poucos dias alguém se referiu aqui a "equipazeca" do tempo de JVA e até noslembrou todo o palnetel dessa epoca. Possivelmente já não se lembrava dos feitos, que depois engoliu, dessa equipa que Vilarinho resolveu desbaratar e que brilharam por essa Europa fora. Dizia eu que nem corruptos nem lagartos ousaram derrotar essa equipa no antigo magestoso Estádio da Luz e mais, ainda me lembro como fomos derrotados fora e sem nunca ser humilhados.

    Não acham estrano que um treiandor só se afirme depois dos 50 anos, já a cminho da terceira idade???

    Depois também não me esqueço que jj, para im nunca esteve de corpo e alma no Benfica. Foi Campeão e encostou Vieira à parede depois de uma negociata ou pseudo negociata com o corrupto conseguindo com isso fazer-se pagar ao nivel dos melhores 15 treinadores da Europa. Todsos sabem quanto ganha. Também não me esqueço de numa final da Taça, onde deviamos estar, ver o jj na tribuna centra aos beijos com o corrupto como não m esqueço do ódio que vomitava ao Benfica nas conferências de imprensa quando o Benfica jogava com as suas equipas. Eu pasmo com as criticas, justas feitas agora ao Zé Mota que comparadas com as de jj são flores de cheiro.

    Por fim. Nunca na história do Benfica se fez em três anos tamanho investimento. Mais de 100M€.

    Façam as proporções e não comparações e vejam se isto não é verdade.

    E perante tudo isto o que ganhamos...1 Campeonato e 3 Taças da Liga.

    Quanto jogos nestes anos ganhamos a euiapas da nossa igualha.

    Ficam eufóricos por golear setubais, nacionais, Olhanenses, Académaicas????

    Eu não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algure no teu post falas da eliminação da Taça frente ao Leixões. Isso foi com Quique Flores e se estás recordado, acho que não, Benquerença tirou 1 penalty ao Benfica aos 92 mn por duas faltas sobre Nuno Gomes. Ora Quique saiu, porque nada ganhou, veio Jesus e a polémica que se sabe e pergunto-te: Benquerença passou a assinalar os penaltys que vê, a favor do Benfica?

      Pois para o próximo treinador será igual ...

      E não passamos disto ...

      Eliminar

    2. Depois de pulicar o meu comentário mais a frio dei conta desse lapso.

      As minhas desculpas a todos.

      Mas já agora que não me recordo nos 3 anos de JJ fomos sempre eliminados. Pelo Guimarães e pelos corruptos. Qual foi o outro clube que nos eliminou???

      Eliminar
  21. Caro Eagle,
    Sendo eu um admirador confesso do que escreve este é um texto carregado de falácias, permita-me que lhe diga. E para resumi-las todas numa só pergunta, faremos assim: Olhando ao historial de LFV como presidente do SLB, acha que JJ ainda está no clube porquê??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, sabe "quem anda à chuva, molha-se" .. entenda-se, nem sempre posso acertar com todos os amigos e companheiros que têm uma visão de Benfica como tenho ...

      Na minha opinião Jesus tem sido, como TODOS os outros, a almofada do Sr.º Vieira. Cada ano que passe, menos se desgasta o Sr.º Vieira as péssimas opções que tomará, pois ele não está no Benfica para por o Benfica a ganhar ,as sim para o tornar mais e mais dependente, de modo que em cada aumento de capital da SAD, parte do nosso valioso património seja "aspirado" para lá .. e vamos ficando pobres, cada vez mais pobres ...

      Para mim, enquanto Jesus fizer os milhões que tem feito na Champions (julgo que cerca de 10 milhões há 2 anos, 20 milhões na época passada), está a ajudar o "meu" Benfica. Ganhe titulos ou não. O titulo de campeão, nos tempos que correm, com o controlo do FCP na arbitragem, são virtualmente impossíveis (como se viu no ano passado, em que 3 arbitragens consecutivas e cirúrgicas deram 8 pontos ao FCP, 3 deles directos). Mas a presença na Champions e especialmente uma boa Champions, significa mais 1 bom ano de vida do clube! Mais um balão de oxigénio sem ter de vender património ...

      Por isso, dou muita importância a esta questão da Champions, para além de me satisfazer ver que o FCP, como cabeça de série 1, foi eliminado pelo Apoel e Zenit, depois eliminado por nós, pelo treinador casmurro e inventor, enquanto os outros que não são nada disso, levaram 6-1 do Manchester City ... (faltou-lhes aquilo que sabemos e que não queremos ver)

      Eliminar
  22. Este é o ano em que ou Jesus ganha de forma inequívoca o campeonato ou sai. Parece ser óbvio para todos.

    Contudo, hoje, mesmo não ganhando nos últimos dois anos, e apesar de todas as críticas dos seus detractores, que parece terem-se esquecido do que têm sido os últimos 20 anos, há um aspecto particularmente positivo nos 3 anos de Jesus no Benfica: a construção de um clima e mentalidade de estabilidade em torno da equipa de futebol.

    Parece pouco mas não é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "ganhar de forma inequívoca" .. aqui está mais um exemplo do que é o ADN do Benfica. Não basta jogar ao ataque e ganhar. Tem de ser de forma inequívoca ...

      Repare que não estou a censurar .. apenas "colo" argumentos à minha tese, para mostrar aos que discordam, que se pensarem melhor, verão que afinal não disse nada de anormal ...

      Mas cá para nós, se formos campeão com 1 ponto de avanço, já me chega .. sou mais modesto ...

      Eliminar
    2. Mas para mim também basta ganhar com 1 ponto de avanço.

      O problema é que há imensa gente que se esqueceu do que se tem passado no últimos anos e mesmo se tal acontecer (ganhar com 1 ponto de avanço) vai pedir a cabeça de um dos melhores treinadores que passou pelo Benfica nas últimas décadas.

      Porque grande parte dos benfiquistas tem um problema grave: emprenha facilmente pela comunicação social.

      Um jornal manda a papaia de que vão vender o Cardozo por 8 M€ (no mesmo dia em que outro jornal «vende» o Wolkswinkel, ou lá como se chama o gajo, por 18 M€) e aparecem logo gajos a mandar vir com a direcção. Que nada tem a ver com a invenção.

      Se saem 2 crónicas de avençados a dizer que o Cardozo é lento, no dia seguinte aparecem outros a dizer que o gajo é um cepo e que devia ser suplente do Nélson Oliveira...

      É o que há.

      Eliminar

    3. NSC

      Não se esqueça dos 100M€ investidos em 3 anos, coisa que Koeman e trapatoni nãi tiveram e fizera a mesma figura de JJ. Agora imagine esta equipa nas mãso do Tapatoni ou do Koeman.

      Se você puser o Special One a treinar o Guimarães, Gil Vicente ou outro qualquer clube desta dimensão (((sem desprimor))) tambem não ganha nada e é o melhor do Mundo.

      Eliminar
    4. Só há 100M€ porque foram feitas vendas. Que por acaso estão directamente ligadas ao período do Jorge Jesus.

      Eliminar
  23. Na minha opinião foi por isto mesmo que o SL Benfica se perdeu nos últimos 30 anos...
    o SL Benfica não se soube reinventar e ficou preso ás conquistas e à dimensão alcançada no passado já distante. O futebol mudou muito e muito mais com a lei Bosman, penso não fazer sentido comparar o ADN do Benfica dos anos 60/70 para o futebol que se pratica nos dias de hoje... o que interessa são as vitórias e os equilíbrios da equipa que levem a essas mesmas vitórias... ficar preso eternamente ao passado é só continuar a insistir em algo que já deixou de funcionar à muito.
    A metamorfose do plantel de jogo para jogo deve variar conforme o adversário... e nunca manter sempre a mesma táctica mesmo que ela não funcione em nome do ADN... desculpa, mas penso que estás a pensar mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, e quero dizer que concordo inteiramente com o que disseste até à penúltima virgula ... :)

      "o que interessa são as vitórias e os equilíbrios da equipa que levem a essas mesmas vitórias... ficar preso eternamente ao passado é só continuar a insistir em algo que já deixou de funcionar à muito." - excelente, mas é isto que eu penso também .. por isso faço uma abordagem algo irónica ao 4-4-2 losango e às tretas do futebol de ataque ... devíamos repensar a nossa atitude perante o jogo e os adversários, por vezes há muita arrogância de que nem damos conta, mas que estimula a reacção do adversário ... e se os árbitros ajudarem ...

      Eliminar
  24. Caro Eagle essa é muito rebuscada! Porque é que fomos campeões no primeiro ano e não fomos nos seguintes? resposta simples e curta: o Jesus é teimoso e não tem estofo para um clube como o Benfica. Explicando:
    Eu bem gostava que o senhor fosse o Fergunson da Luz, mas ele não tem estofo. Tem a mania que ele é que sabe. Não sabe nada! Sabes porque é que o Ramirez não fez quase assistência no ano em que fomos campeões? Porque ele fazia 2 posições: médio ala (nas fichas de jogo) mas 8 (box-to-box) na realidade. Ele nunca jogou em 4-4-2 puro. Jogou efectivamente em 4-2-3-1, porque o Ramirez fazia o papel do, por exemplo, Tiago anos antes em que também marcou vários golos, inclusivé nas Antas.
    O que aconteceu é que o teimoso do Jesus pensou que tinha jogado em 4-4-2! E no ano seguinte vai de jogar só com um trinco. E levámos 5 no dragão, vimos a festa deles em nossa casa... Enfim um leque de asneiras. O ano passado, quando teve 5 pontos depois de grande parte dos jogos jogar em 4-2-3-1, passou a jogar em 4-4-2 e foi o que se viu. Começou em Guimarães. Este ano quando joga em 4-4-2 puro contra um Braga que já não é tão burro, e mete custódio, Viana e Amorim no meio campo a lutar contra o Javi foi o que se viu. Em setúbal não podemos fazer comparações, pois o jogo correu de feição logo no inicio. Mas como ves, ele é que é teimoso e mantém a ideia que sabe, mas não sabe nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calma, calma Tiago .. tanto erro de análise ... eu falei do ADN benfiquista e tu falas-me de pormenores?

      Ferguson levou 6-1 em casa do City, uma espécie de SCP ou Belenenses lá em Manchester. Como ficarias se Ferguson treinador do Benfica, perdesse 6-1 com o Belenenses em casa? É pá, dizias o MESMO que dizes agora ... porque fez isto em vez daquilo, etc.

      O que foquei no texto são os 4 anos de trabalho, nunca outro antes dele, nos anos mais próximos, conseguiu, e foquei a tendência do Benfica jogar ao ataque e que não jogar ao ataque, como Quique Flores, é atacado porque "vence mas não convence". Percebes?

      Temos um problema de cultura desportiva, completamente desactualizada e baseada no preconceito "dinheiro traz títulos", quando deviamos pensar o futebol como ele hoje é jogado: com equilibrios, com paciência, com perseverança, com concentraçao individual ...

      Sobre o 4-4-2 clássico contra o Braga, desculpa mas estás completamente enganado. Witsel no lugar de Aimar, vértice superior, Javi, vértice inferior, Bruno César médio interior/ala, Sálvio médio interior/ala, Maxi a subir pela direita, Melgarejo pela esquerda, e dois avançados Cardozo e Rodrigo ... O erro de JJ nesse jogo foi precisamente não prescindir do ADN benfiquista, pelo menos tal como o retratei neste texto ...

      Eliminar
    2. PS: O Ramires é o tal "box-to-box" que chamas. É assim que joga no Chelsea. Referi esse facto porque quando começou o campeonato, se bem te lembras, a cassete era "O Benfica vai começar o campeonato sem extremos porque vendeu Di Maria e Ramires". Tal como hoje a cassete é o Jesus inventa e é casmurro, etc. E no ano passado era o Emerson, etc. Percebes? Quis ridicularizar a cassete dos "media" ...

      O Ramires fez uma só assistência porque de facto a sua função NUNCA foi médio ala. Apenas aconteceu num jogo com o Belenenses em que ganhamos 1-0, Ramires assistiu Cardozo .. e se calhar não tinha que acontecer mais vezes, porque era o Maxi que entrava por aí e o Ramires se calhar compensava o Maxi nas subidas ... Ramires não foi bem substituído embora tenhamos bons jogadores nessa função, mas ele é único ...

      Eliminar


    3. Eagle

      Então Man City é o belenenses lá do sitio??? Pois até foi o campeão inglês.

      Se me disseres que o Ferguson é melhor treiandor que o mancini, tudo bem agora o plantel do MU nem de longe se compara com o do City e foi pelo valor individual de muitos do plantel que o City foi campeão.

      Foi eliminado pelo Ceportem?? Foi mas também deu 4 ou 5 aos corruptos. Nem sei precisar.

      Eliminar
    4. Eagle, essa do City ser o sporting lá do sítio é um pouco puxado. Não só por terem sido campeões mas, principalmente, pq na cidade de Manchester o City tem mais apoiantes que o United.

      "Como ficarias se Ferguson treinador do Benfica, perdesse 6-1 com o Belenenses em casa? É pá, dizias o MESMO que dizes agora"

      Este Fergunson, treinador super titulado? Dava alguma telerância pq tem um currículo que fala por si mas não está imune a críticas caso cometesse erros crassos. Tivesse Jesus 10 títulos de campeão nacional no bucho e concerteza que as suas "teimosias" seriam toleradas. Treinadores como Fergunson, Mourinho, Guardiola, Cappelo, podem ter as suas teimosias pq apresentam resultados. Agora Jesus...francamente...não me parece ser lógica a comparação.

      Eliminar
  25. Excelente análise à tactica do JJ e à burrice que tantos o criticam! Mesmo ganhando jogos, o criticam, mesmo dando cabazadas o criticam, mesmo chegando aos quartos de final da Champions League o criticam, mesmo não deixando o Benfica ir às meias finais da Champions League no ano passados (roubadíssimos contra o Chelsea) o criticam… Jesus é o melhor treinador que passou pelo Benfica dos últimos 20 anos! Dá prazer ver o Benfica a jogar à bola! Potencia os jogadores que tem. Desde quando é que o Benfica vende jogadores acima dos 20 Milhões de Euros? Defesas que saíram por 30 Milhões de Euros?

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares