O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


6 de junho de 2012

Entrevista de RGS ao NG (1ªparte)

 ●  16 comentários  ● 
Endereço desde já os parabéns quer ao Viriato quer o Geração pela dignidade que a entrevista trouxe ao NG mostrando que novos patamares de comunicação com os Dirigentes do SLB poderão ser alcançados  desde que sustentados na competência, determinação, boa-fé e amor ao Benfica.
Com a vénia e o respeito que me merece todo o Dirigente do Benfica e sem pôr em causa quer a dedicação quer o amor de RGS ao nosso clube nem tão-pouco as suas competências é minha convicção de que ele, representa a antítese do que deve ser um Dirigente de topo de um grande clube de futebol; carismático, simples e objetivo. RGS será um excelente Dirigente em modo backoffice, nunca da linha da frente.
Isto mesmo se conclui desta entrevista na qual, geralmente, há excesso de palavras das quais, algumas das vezes, não se consegue extrair uma conclusão clara. 
Comunicação:
O que aqui está em causa não é a competência de João Gabriel a qual é incontestável, mas a necessidade de alteração da estratégia de comunicação. O que temos vindo a verificar há décadas, é que a postura de sobriedade, de responsabilidade, de elevação, de coexistência pacífica que tem vindo a ser adotada pelos Dirigentes do Benfica, não tem grangeado o reconhecimento quer institucional quer jornalístico quer público que merece. Ao invés, a postura provocatória, acintosa, jocosa, intimidatória, chantagista e oportunista, colhem as simpatias hipócritas e temor gerais - salvo honrosas exceções - dos que sempre encontram justificações patéticas para a cumplicidade ou cobardia.
Quanto à presença de RGS em “O Dia Seguinte”, aparentemente, não percebe o que está em causa! Com todo o direito de participar em eventos do género, está em desvantagem perante interlocutores formalmente desvinculados dos seus clubes e por isso, com maior liberdade de argumentação, da qual poderá resultar prejuízo para a dignidade de um titular de um órgão do clube. Estaria bem entre pares, o que não é o caso.
Ao referir que  “as intervenções sobre o futebol devem ser feitas em primeiro lugar, por quem vive o futebol por dentro”, mostra grave défice de perceção da gestão desportiva. Os Técnicos devem manter-se à margem de polémicas, totalmente concentrados no seu trabalho, tal como os Atletas. Outra entidade, nomeadamente o Diretor Desportivo, Vice-Presidente ou Presidente deverão assumir essa responsabilidade conforme a importância de cada caso.
A propósito dos alegados “Bufos”, atestou RGS a idoneidade, competência e empenho dos mesmos na causa Benfiquista, parecendo ignorar que é sempre difícil a um Benfiquista aceitar tal situação, abrindo-se um fator de dissenção entre adeptos, da qual beneficiam os adversários. Há certamente Benfiquistas igualmente competentes para os mesmos cargos, com a vantagem da criação de sinergias benéficas para o clube.
Há pois que mudar, gerir os outputs informativos com inteligência em benefício do clube, estabelecer parcerias com entidades com posições de relevo na comunicação, falar aos adeptos a partir do futebol mas para além deste, dirigir observações, sugestões ou reivindicações aos órgãos das instituições desportivas ou de política desportiva. Enfim, alargar o universo dos destinatários e dos temas, sempre nos padrões característicos do Benfica, não bastando  o anunciado propósito de antecipação.
Direitos Televisivos:
Indicia a intenção da Direção decidir conforme os desejos dos Adeptos, manifestando o seu empenho pessoal, deixando porém em aberto todos os cenários. Aceito que, por enquanto, não seja oportuno abrir o jogo. Mas volto a dizer; renovar com a Olivedesportos, NÂO, por dinheiro nenhum! Nenhum dinheiro paga a dignidade de um Benfiquista. Rua com essa gente.
FPF, Liga de clubes e posicionamento global do Benfica:
Sabemos quais os princípios que o Benfica defende para o futebol, mas, o que está em causa é a estratégia seguida para os alcançar. Acreditar na capacidade dos novos titulares da FPF para a sua prossecução, como se viu, foi um erro grave.
“Se -  quem foi eleito com o voto do Benfica - não tem vontade, capacidade querer, desejo, ou, no limite, interesse, em que não se repitam “Apitos Dourados”, então que se demita”; “Talvez tenhamos de começar a dizer em público o que sempre dissemos em privado”; “voemos então - nos tempos que aí vêm - como…águias”. Estas afirmações de RGS, apesar de revelarem a intenção de mudança de estratégia, mostram uma grande indefinição e insuficiente determinação quanto à forma de o fazer. Há que perceber de uma vez por todas que o peso do Benfica neste domínio, depende da capacidade persuasora de todo o seu universo. Ninguém prestará a menor atenção às reivindicações dos nossos Dirigentes se não forem acompanhadas de “poder” adequado. É este poder dissuasor que tem que ser construído, sem violar os grandes princípios que norteiam o nosso clube.
Considero muito grave a subestimação da influência de personalidades titulares dos órgãos do grupo FCP na envolvente condicionadora do futebol, como faz RGS, tal como a negação da convergência político-partidária com os interesses desportivos do mesmo grupo, e bem assim, o défice de conhecimento que revela quanto à possibilidade de constituição do Conselho Consultivo do clube, demonstrando-se assim, a efetiva ausência de nova estratégia, por parte da Direção do nosso clube. Assim não vamos lá!
Relativamente ao afastamento de investidores da estrutura acionista do Benfica, não está em causa a violação das regras do mercado! Está em causa sim, termos entre portas um dos maiores inimigos do Benfica, detestado por todos os sócios, convictos que tal personagem tudo fará em benefício do nosso adversário! Está em causa a coesão entre Benfiquistas e entre estes e os Dirigentes da SAD e do Clube! Não perceber isto é um erro de palmatória! Ora precisamente, o que se espera de um Presidente do Benfica é capacidade para encontrar investidores com interesse efetivo em defender o Benfica e para persuadir os acionistas indesejados de terem acesso às decisões estratégicas da SAD, a vendê-las. E não me venham falar em amizades pessoais ou dívidas de gratidão. A união dos Benfiquistas está acima de tudo isso.
Relativamente à UEFA disse RGS: “…será um caminho a seguir, se o desmando continuar, na próxima época”! Isto é que está aqui uma açorda hem? Mas o desmando vai continuar! Não tem a UEFA nalgumas das suas comissões; nomeadamente de arbitragem - tinha que ser -, na de anti-doping e outra que não recordo, elementos com fortíssimo vínculo ao FCP? Esse projeto já devia estar delineado! Um grupo de Dirigentes de mais alto nível da SAD já deveria ter exigido uma reunião com os Dirigentes da UEFA para tratar desse assunto! Estão à espera de quê? Quem quer ganhar tem que se antecipar ao adversário! É uma regra chave do futebol que também se aplica à gestão empresarial.
(Continua)

16 comentários blogger

  1. A CS está formatada para pacovios ou iletrados. E por isso, o que dá é "a postura provocatória, acintosa, jocosa, intimidatória, chantagista e oportunista, colhem as simpatias hipócritas e temor gerais - salvo honrosas exceções - dos que sempre encontram justificações patéticas para a cumplicidade ou cobardia."

    Mas tudo isto é o reflexo das politicas que os partidos de governo têm implementado na Lei de Imprensa. E principalmente no tipo/programa de ensino que é ministrado aos futuros jornalistas e ainda ao papel pouco menos que decorativo que a entidade da carteira profissional exerce pelo respeito do codigo deontologico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto06 junho, 2012 21:08

      É verdade águia,porém, façamos nós o nosso papel, denunciando bam alto e sem papas na lingua, essa situação. Tal exige um projeto de ação específico e outra atitude concertada.

      Eliminar
  2. Águia Preocupada06 junho, 2012 13:41

    "Ninguém prestará a menor atenção às reivindicações dos nossos Dirigentes se não forem acompanhadas de “poder” adequado. É este poder dissuasor que tem que ser construído"...
    Há muito que defendo, que não é com comunicados, com ataques e respostas, com violência verbal, que se vencem certos personagens.
    É preciso esse poder dissuasor, um poder intimidatório pela postura e não pela acção. E isso, não com Vieira nem com esta direcção que se obtém.
    Não é depois de 12 anos que Vieira e seus pares vão construir o respeito e a consideração que perderam ao longo desses mesmos anos, ou que nunca granjearam.
    É preciso um presidente, cuja postura e actuação imponha respeito, admiração e consideração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto06 junho, 2012 21:16

      Concordamos no essencial e reconheço que fundamenta bem a sua opção embora possa não ser inteiramente justo. Porém, há que apresentar alternativas de candidatos com esse perfil! No entanto, como já referi, esse poder perssuasivo não á alcançável por uma só pessoa, mas sim por uma comunidade. A comunidade dos Benfiquistas, que, efetivamente, precisa de um lider! Estaremos prontos a constitui-la? Ou preferimos manter-nos sossegadinhos esperando que alguém faça o trabalho todo? Esta é a grande questão. Mas também sei que só um lider incontestável poderá conglomerar os Benfiquistas numa só "nação".

      Eliminar
  3. @ Oh meu caro ANTÓNIO BARRETO, o Sr Benfiquista RGS foi convidado pela Sad porque tem conversa e faz bem "o papel" de avançar com os cenários.Sem mandar,e poder decidir nada, lá vem com as historias que mais convém a quem manda.Se for preciso até vai para a oposição só para a dividir a união,muito necessária para criar-se uma alternativa credível.

    De valor era serem criados espaços neutros(casas do Benfica???) à Sad, para procurar união nas ideias, para haver alternativas credíveis, coisa que até agora só o "sempre atrasado nas decisões" fez,o Bagão...adiou outra vez!!!

    Ontem acordei e por causa das influências televisiveis ,tinha sonhado... Paulo Bento treinador do Benfica e Humberto a falar como presidente do Sport Lisboa e Benfica... tanta "qualidade" que é trocada e trabalham para a Selecção deste tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto06 junho, 2012 21:32

      Caro Luis! Até pode ser como diz! Porém seria um gravíssimo erro subestimar a inteligência dos Adeptos e o seu amor ao clube! Por isso mesmo é que estas entrevistas são importantes, pois permitem-nos fazer um diagnóstico mais preciso confrontando a Direção com as suas responsabilidades.

      Não pense em Bagão Félix para o Benfica.Sendo um extraordinário Benfiquista e um economista do mais alto gabarito, falta-lhe outra faceta do perfil.

      O espaço neutro que falta é por exemplo "O Movimento de cidadania Benfiquista" ou, por exemplo,a "Associação dos Amigos do Benfica",com estatutos apropriados.

      Ninguém ganhará no nosso clube enquanto se mantiver o status quo! Ou alteramo-lo ou ficamos a ver passar os combóios.

      Eliminar
    2. @Benfiquista António Barreto, "a inteligência dos Adeptos e o seu amor ao clube!".
      -Mas não há factos suficientes para o "percurso" dos últimos 20 anos???... eu pelo menos andei a ver os "comboios",camionetas de jogadores com ciclos e mais ciclos, "euforias" populares não nos faltaram nem faltam.
      -Precisa-se sim, é de lucidez e posições firmes e intransigentes na Politica Desportiva.
      Aqui o luis louva o Vosso Brilhante trabalho na discussão do Presente e Futuro da Nossa Religião.E a 1ª entrevista ao RGS foi um bom pontapé de saída. Não queria de modo algum,ofender o meu caro Benfiquista António Barreto e peço desculpa pelo desabafo,mas já estou fartinho do RGS e até estou de acordo com ele na Nossa posição televisiva.

      O que o imbecil do luis deseja é uma profunda reflexão Desportiva, que una Homens e Mulheres , Ricos ou Pobres, a esta Maravilhosa Religião que é o Sport Lisboa e Benfica, feita em exclusivo por Benfiquistas para os Benfiquistas,competindo contra os "outros" todos.

      O que o Luis pensa é colocar uma "Bomba" na Federação e trazer o Humberto Coelho para a Nossa Casa, o Bagão ia para a assembleia:)

      Normalmente mais de 10 anos o mesmo Lider...já é record e ganhamos tão pouco, acreditando e apoiando sempre as "virgens" nesta Nossa Historia, com mais de 100 anos de tempo.

      Eliminar
  4. António Barreto07 junho, 2012 11:41

    Não há dúvida de que estamos em consonância! Também estou farto, farto, de nos tratarem como parolos! Temos que mudar de vida seja como for; Quem quer que seja o novo Presidente do nosso clube tem que erguer de forma decidida e definitiva a bandeira da revolta, seja a que preço for! O nosso Benfica e a Democracia merecem. Portanto, temos que obrigar os candidatos " a cantar". E RGS cantou muito, mas mesmo muito mal! Prefiro um VP a tempo inteiro, remunerado mas totalmente dedicado ao clube.

    Bagão Félix seria sem dúvida alguma um excelente Presidente da AG e quanto ao Humberto, "é um crime" de lesa Benfiquismo mantê-lo fora do Benfica.

    Os 10 anos que considera excessivos têm outra faceta; aquisição de know how em todas as vertentes! Desperdiçá-lo poderá constituir um erro grave! Ou aparece um candidato indiscutível ou mantén-se o que está, complementando e aprofundando as competências da atual Direção. E aqui temos uma palavra a dizer.

    Espero que leia a minha crónica completa a esta entrevista, pois há matéria relevante para refletir.

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Eu não concordei com tudo o que o presidente Vieira fez ao longo destes anos, mas também fez muita coisa boa. Em termos financeiro, o Benfica estava arruinado, conseguiu recuperar as modalidades amadoras, tem uma estrutura forte no futebol, o que nos permitiu construir um plantel forte através de icons mundiais como o Saviola e o Pablito Aimar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. @Joao Bartolomeu , sabias que outro Bartolomeu quando ia pro mar aviava-se em terra!!!
      Quando ia no mar alto as aves davam o primeiro sinal da aproximação a terra.
      O Benfica não acabou com as modalidades, após o azedo, o buraquinho era muito grande,a seguir tudo o que se fizesse só podia ser melhor, do exalverca veio alguém que se mexia já na industria desportiva e com o euro 2004 até leiria tem um estádio de cadeiras coloridas.Em alverca também aumentaram o estádio e ambos não ganharam nada.enfim o Benfica Ganhou alguma coisa, pouca para tantos anos, mas Ganhou e continuou...continua a ser roubado e de varias maneiras... O roubo que me preocupa mais é a da Politica Desportiva.

      João e só respondi porque lembrei-me da "carta de amor pela camisola10" da Nossa Ancora, o Rui ao Pablito que tem uma mãe a fazer "batatinhas fritas" que o Saviola gosta desde pequeno(ele nunca foi grande em altura).Olha não foi preciso nenhum mendes ou vieira para os pequenos virem vestir o Manto da Nossa Casa, durante este tempo.

      Eliminar
    2. Luis; é um erro grave subestimar o trabalho extraordinário que Filipe Vieira tem feito no Benfica...e um ato de grave ingratidão! A saída de FV, constituiria um retrocesso gravíssimo para o clube! Defendo o ajustamento e reforço da trajetória consolidanto todas as competências adquiridas, que são mesmo muitas! A todos os níveis!

      Eliminar
    3. @António Barreto, o FV assumia a Presidência da Fundação,e ele próprio abria a tal alternativa credível...o Sport Lisboa e Benfica está sempre primeiro e o actual presidente viaja muito de avião, e aquilo no continente africano não é seguro.
      O que o imbecil do luis não subestima é a Cultura Benfiquista, nos seus mais de 100 anos de Historia.
      Meu caro Benfiquista será ingrato para com os Benfiquistas ao fim de 12 anos (dou de borla os do exalverca) andar de braço dado com aqueles "homens sem lei"???

      No meu ponto de vista, quando o Manuel Vilarinho deu a cara, e tinha com a pasta do Futebol o FV,este era daqueles que conhecia melhor as manobras desportivas deste país.
      Sabes o que se discutiu nestes últimos comunicados ou notas ali sinais de ingratidão???

      Normalmente 10 anos é muito tempo.

      Eliminar
    4. António Barreto08 junho, 2012 18:32

      Respeito a tua opinião mas discordo frontalmente, não rejeitando apreciar qualquer outra eventual candidatura idónea.

      Eliminar
    5. @António Barreto ,Benfiquista rejeitavas uma candidatura idónea, lançada na normalidade da democracia pelo próprio Presidente do Clube ???

      Eliminar
  6. Luis, também houve em tempos um senhor chamado Luis de Camões, mas que só via de um olho, portanto via menos do que os outros ;)
    Eu considero que o Luis Filipe Vieira fez algumas coisas boas pelo Benfica. Tudo bem, que não ganhámos muitos títulos nacionais a nível de futebol. Mas, e a nível das outras modalidades? Ainda este ano, ganhámos o título nacional de basquetebol, e estamos na luta pelo titulo de futsal e hóquei. E no voleibol, fomos à final. E acho que todos viram, como foi este campeonato…assim que o treinador do Porto disse que podiam-nos entregar as faixas de campeões, tudo mudou. Achas que é curiosidade? Eu acho que não. Acho que a nível global, o Luis Filipe Vieira e a restante estrutura tem vindo a fazer um bom trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joao Bartolomeu sabes qual foi a foto que o "papa pastor azulinho" escolheu para o seu livro a vangloriar-se do seu trajecto(usando todos os meios para ganhar), ora foi, meia cara(de porco velho maquilhado), porque só um olho dava para ser rei!!!

      O imbecil do luis também considera algumas coisas positivas e estruturantes , mas meu caro na Politica Desportiva, já perdi a paciência com esta Liderança 2002/2003 Ponto Final.

      Se aparecerá alguma alternativa credível, ai já entramos num assunto mais profundo.
      Mas uma coisa é certa, devido a agitação da Blogosfera Benfiquista os 2 candidatos azulinhos à Presidência, já saíram da toca para lançar confusão na reflexão...tempo.

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking